Arquivo da tag: Manoel

Manoel Junior confirma pré-candidatura ao Governo do Estado

oelO vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), descartou, nessa terça-feira (13), qualquer possibilidade de disputar o cargo de deputado federal nas eleições deste ano, como vem sendo especulado por setores da imprensa paraibana.

“Não disputarei o cargo de deputado federal, nem de estadual”, assegurou.

Com relação a sua participação no pleito, Manoel Junior revelou que vem dialogando com os seus aliados e aguarda as definições do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), mas ressalta que já colocou o nome à disposição do grupo das oposições para disputar o cargo de governador.

“Estamos dialogando, mas já recebi várias manifestações de apoio de partidos da oposição em torno do lançamento do meu nome para disputar o governo Estado, missão esta que aceito com muito entusiasmo”, declarou.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Diretório decide e Manoel Jr. confirma desistência; PMDB vai indicar nome para vice de Cartaxo

manoel-juniorO deputado federal Manoel Júnior (PMDB) anunciou, nesta sexta-feira (22), que não é mais pré-candidato a prefeito de João Pessoa para apoiar a reeleição do atual administrador municipal Luciano Cartaxo (PSD).

Em decisão unânime do diretório municipal, os pemedebistas optaram por formar legenda com o PSD e não com o PSB, apontando o partido do governador Ricardo Coutinho se posicionou contra ascendência do vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Manoel alegou que estava enfrentando grande resistência dentro do partido e dificuldades financeiras para manter a candidatura própria. Revelou ainda, que não será o vice de Cartaxo, mas pretende indicar o nome.

O deputado federal e presidente municipal do PMDB, Manoel Júnior, destacou que aguarda a convenção partidária para a legenda para homologar a decisão de apoiar o PSD do prefeito Luciano Cartaxo em João Pessoa.

“Posso falar em nome do PMDB de João Pessoa”, afirmou destacando que a decisão não contou com a opinião dos diretórios de cidades como Campina Grande, Guarabira e Patos que contavam com a aliança com o PSB.

Manoel Júnior afirmou que respeita a decisão destes diretórios. “Em Campina Grande quem é responsável pelo PMDB é o deputado federal, Veneziano Vital do Rego; em Guaraiba é Roberto e Raniery Paulino”, afirmou lembrando que os próprios correligionários o pediram para manter a candidatura.

“Todos os meus companheiros sabem disso, não foi um momento que eu criei, eu tentei de todas as formas viabilizar o processo eleitoral, não fiquei parado, mas o partido nacional e estadualmente não teve condições para que pudéssemos estar com a candidatura”, disse.

Yves Feitosa / Marília Domingues / Adelton Alves

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PMDB terá candidatura própria, Ricardo e Cartaxo querendo ou não, diz Manoel Jr.

manoel-junior“Em nenhuma parte do planeta partido menor ganha de partido maior. O PMDB vai ter candidatura própria, queira Ricardo Coutinho ou não, queira Luciano Cartaxo ou não”, foi o que afirmou o deputado Manoel Júnior (PMDB), durante entrevista à Rádio Arapuan nesta quinta-feira (28).

O parlamentar indagou ainda o porque de sua candidatura causar temor nos adversários. “Eu não sei porque atemoriza tanto a candidatura do PMDB. Nós teremos a oportunidade de debater com o candidato do Governo e com o atual prefeito sobre os problemas e possíveis soluções para a cidade de João Pessoa. Porque que o PMDB, o maior partido do Estado não pode ter uma candidatura à prefeito de João Pessoa?”.

Manoel Júnior ressaltou que a PMJP deve ser tratada com respeito e que não servirá a nenhuma força política. “A Prefeitura de João Pessoa precisa ser tratada com respeito. Ela não pode ser um puxadinho do Governo do Estado. João Azevedo nada mais é do que uma figura que vai ser um teleguiado de Ricardo Coutinho e João Pessoa não precisa disso. João Pessoa já passou por esse momento. Eles vão enfrentar nas urnas alguém que sabe pensar, não serei subserviente ao Palácio e nem a ninguém. Talvez seja isso que eles temam”, frisou o deputado.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Sobre as intenções de votos dos deputados Gervásio Maia e Trocolli Júnior, ambos peemedebistas, mas declararam que estão com o candidato do PSB, indicado pelo governador Ricardo Coutinho, Manoel Júnior disse que este posicionamento é de infidelidade partidária. Ele aproveitou para alfinetar Trocolli quando comentou que o deputado foi pressionado a apoiar o candidato de Ricardo.

“O deputado Gervásio Maia já se declarou publicamente que vota no candidato do PSB, para mim isso é infidelidade partidária, porque ele assumiu a postura do candidato do governador. O deputado Trocolli Júnior que há dois meses atrás disse que votaria no candidato do partido à prefeito de João Pessoa e hoje mudou de ideia. Mas quem pode explicar porque mudou é o próprio deputado. Talvez ele tenha sofrido alguma pressão do governador, até uma ameaça de entrega de cargo, não sei”, provocou.

O deputado Manoel Júnior fez questão de ressaltar que sua candidatura à Prefeitura de João Pessoa, se trata de outro momento político e que os projetos idealizados por outras gestões para a cidade não saíram da teoria. “Nós estamos em outro momento, isso que atemoriza esse pessoal. Estamos interagindo com vários partidos políticos para a consolidação de boas parcerias. Em João Pessoa o que foi dito verbalmente em campanha, não está sendo cumprido. As obras não saem do papel, cade o BRT? A cidade está largada, quem anda na periferia sabe a quantidade de lixo e a Prefeitura não responde a essas questões, como também na área da Saúde e da Segurança Pública”, completou.

Por Fabrícia Oliveira

Manoel Jr cotado para assumir o Ministério da Saúde; reunião da bancada deve definir

manoel-juniorA bancada do PMDB na Câmara dos Deputados está reunida, em Brasília, desde o final da tarde desta terça-feira (22), para definir os nomes que serão levados pelo líder do partido, Leonardo Picciani (RJ), à presidente Dilma Rousseff (PT), para serem escolhidos para integrar a nova configuração do governo. De acordo com o Jornal O GLOBO, os nomes levantados pela bancada são dos deputados Manoel Junior (PMDB-PB) e Marcelo Castro (PMDB-PI). O paraibano, inclusive, pode assumir o Ministério da Saúde.

— Ficou sinalizado que um dos ministérios seria o da Saúde e que o outro seria algo na área de infraestrutura. A presidente demonstrou ter predileção por deputados do PMDB, então vamos definir nessa reunião da bancada agora à tarde para levar esses nomes. Existe um desejo de participar e ser ouvido nesse processo. A presidente foi expressa ao dizer que a partir de agora haverá a mesma correlação de forças para as bancadas da Câmara e do Senado — afirmou Picciani.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Segundo o deputado, foi dito à presidente que o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, não é indicação da bancada, apesar do grupo “ter apreço” por ele. O nome do ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, também não está sendo cogitado pelos deputados do PMDB para representar a bancada.

Ontem, em reunião com Picciani e com o vice-presidente Michel Temer, Dilma pediu que o deputado apresentasse dois nomes para compor o governo no âmbito da reforma administrativa que será concluída em breve.

A presidente, no entanto, não especificou quais seriam os ministérios oferecidos à bancada peemedebista. Na ocasião, Dilma quis apenas assegurar que o PMDB da Câmara teria interesse em fazer indicações para a Esplanada e, assim, garantir seu apoio ao governo. Picciani irá se reunir com a presidente até o final do dia para levar as indicações e a expectativa é que Dilma dê mais detalhes sobre o espaço que será ocupado.

Até o momento, os nomes levantados pela bancada são os dos deputados Manoel Junior (PMDB-PB) e Marcelo Castro (PMDB-PI). Os critérios para escolha dos dois deputados se basearam no fato de ambos terem afinidade com a área de Saúde por serem médicos e também por votarem com o governo, ao contrário de outros médicos na bancada que fazem oposição sistemática ao governo, como o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS). Outros nomes cotados são José Priante (PMDB-PA) e Leonardo Quintão (PMDB-MG).

Deputados do partido dizem que a reforma agora tem que ser definitiva. Caso a presidente não ofereça um espaço significativo para o PMDB, isso significará um rompimento com o governo.

— Se a gente não participar do governo agora com essa reforma, é um rompimento automático. O problema é grave. Se somos aliados, temos que participar de coisas importantes. Não adianta querer dar qualquer ministério — afirma um peemedebista.

PADILHA DIZ QUE INDICAÇÃO PRESSUPÕE APOIO À DILMA
Após descartar a hipótese de o PMDB vir a assumir o Ministério da Saúde, o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, disse que, se a bancada do partido na Câmara aceitou o convite da presidente Dilma Rousseff para discutir cargos na Esplanada, o natural é que se comprometa a votar os projetos de interesse do governo.

— Neste caso, (a sugestão de nomes para o ministério) está sendo indicada pela bancada inteira e, presumo que a bancada, vai ter compromisso absoluto com as posições do governo dentro da Câmara —disse Padilha.

A bancada do PMDB na Câmara tem votado sistematicamente dividida, apesar de ser o principal aliado da presidente. Houve somente uma melhora nas votações durante o primeiro pacote de ajuste fiscal, que cortou benefícios previdenciários e trabalhistas, quando o vice Michel Temer e Padilha estiveram à frente da articulação política do governo.

Sobre a reforma ocorrer em meio à discussão do pacote de ajuste que prevê aumento de impostos e à votação de vetos, entre eles, o do reajuste do Judiciário, Padilha disse que muitos integrantes do governo na mira do corte estão descontentes e que o ideal para o governo é minimizar os danos com os aliados.

— (Che) Guevara tinha uma expressão que o poder, ninguém entrega olimpicamente. Se tivermos que extinguir ministérios, e esta é a proposta, há pessoas que estão desconfortadas. A sabedoria do governo agora é fazer que este desconforto seja o menor possível e que isso não venha a ter influencia nas votações — afirmou.

Com O Globo

Manoel Jr diz que ato na ALPB foi “baderna”

ManoelO deputado federal Manoel Júnior (PMDB) classificou como “baderna” a confusão ocorrida, nesta sexta-feira (10),  durante visita do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), a Assembleia Legilativa da Paraíba. O peemedebista participava de sessão do projeto ‘Câmara Intinerante’, mas o evento acabou sendo suspenso por falta de segurança e invasão de manisfestantes.

De acordo com Manoel Júnior, as “vaias” contra o colega de parlamento foram  de “uma minoria”  de forma “orquestrada”.

“Obviamente não foram lá espontaneamente. Foram pessoas orquestradas e organizadas para fazer aquele papel feio que vimos lá”,  acusou   Manoel Júnior.

Ainda segundo Manoel Júnior, o “estardalhaço” ocorrido na Casa de Epitácio Pessoa foi “vergonhoso” em relação aos dois temas que estavam sendo debatidos no evento.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Uma coisa é você contestar.  Isso é da democracia. Outra coisa é você contestar com agressão física, verbal ou a integridade”, argumentou o parlamentar.

Roberto Targino – MaisPB

Manoel Júnior assume candidatura de Cássio e pede voto para tucano em comício

manoel juniorO deputado federal Manoel Júnior (PMDB) já foi visto em alguns eventos políticos ao lado do senador e candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB) no decorrer da campanha eleitoral deste ano.

Mas neste fim de semana, o parlamentar resolveu subir no palanque de Cássio e sem reservas pediu votos para o tucano. “Vamos votar no 45 da libertação da Paraíba. Vamos à vitória, meus amigos e que Deus ilumine a todos”, discursou.

Manoel Júnior é um dos peemedebistas que chegou a defender uma composição entre o PSDB e PMDB para enfrentar o governador Ricardo Coutinho (PSB) nas urnas.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Neste fim de semana, ele também participou de atividades de campanha ao lado de Cássio em Nova Floresta.

 

 

BlogdoGordinho

Manoel Jr. e Milanez descartam apoio a Cássio e dizem que o PMDB está unido

PMDBSeguindo a orientação do PMDB nacional e estadual o deputado federal Manoel Júnior (PMDB) reforçou em entrevistas na manhã deste sábado (14) o seu apoio a pré-candidatura a governador do Estado pelo PMDB, na pessoa de Veneziano Vital do Rego.

Durante a sua participação Manoel revelou também que o PSC do suplente de deputado Leonardo Gadelha que está pretenso a seguir com o PSDB, voltou atrás e reabriu as conversas com o PMDB.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Para Manoel Júnior, o PMDB tem tudo para vencer as eleições contra o atual governador Ricardo Coutinho (PSB). “Veneziano não está com mandato nenhum, não está fazendo obras, não tem Diário Oficial a sua disposição, mas até o final de maio isso vai mudar”, colocou.

Com o mesmo pensamento, o vereador Fernando Milanez disse que não tinha nenhuma dúvida de que a aliança PMDB-PT está totalmente “selada” na majoritária e na proporcional. Afirma que o sentimento reinante nos partidos é de total unidade.

PBAgora

‘EM RESPEITO À JUSTIÇA ELEITORAL, O PORTAL FOCANDOANOTICIA.COM.BR SUSPENDE TEMPORARIAMENTE A PUBLICAÇÃO DE COMENTÁRIOS POLÍTICOS NESTE ESPAÇO PARA EVITAR EVENTUAIS CASOS E INTERPRETAÇÕES DE PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA E/ OU USO PARA DENEGRIR PRÉ-CANDIDATOS. AGRADECEMOS AOS LEITORES PELA COMPREENSÃO.

Morte do cordelista Manoel Monteiro repercute nas redes sociais; corpo ainda será liberado

Manoel Monteiro tem mais de 150 publicações
Manoel Monteiro tem mais de 150 publicações

Depois de ter tido sua morte constatada em Belém do Pará, neste sábado (7), após dias desaparecido, o corpo poeta e cordelista Manoel Monteiro deverá ser velado no Teatro Severino Cabral, em Campina Grande, conforme afirmou o filho do artista, Robson Monteiro

 

Segundo ele, a irmã Kátia Monteiro foi ao Pará para tratar das questões legais para a liberação do corpo, que se encontra no Instituto Médico Legal do Estado, no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Ainda não podemos dizer com certeza quando e como será o translado. Minha irmã ficou responsável por resolver essa situação. Quanto ao local de sepultamento, ainda estamos decidindo onde será. Tudo ainda está dependendo da liberação e vinda do corpo”, disse Robson, consternado.

A morte do cordelista repercutiu nas redes sociais, onde foi feita uma campanha para a localização do mesmo. Internautas deixaram publicações na página oficial do artista no facebook, lamentando o ocorrido e prestando solidariedade à família. Em postagem, o usuário da rede Anderson Souza exprimiu sua tristeza lançando a hashtag #LutoCampina.

A Universidade Estadual da Paraíba, entidade que mantém em seu acervo várias publicações do poeta, recebidas por doações do próprio, emitiu uma nota oficial lamentando o acontecimento. De acordo com as palavras da instituição, Manoel Monteiro contribuiu significativamente para a valorização da cultura do Nordeste, chegando a ser considerado o mais importante cordelista brasileiro, com uma produção densa e diversificada, envolvendo praticamente todas as áreas da atividade humana.

Manoel Monteiro da Silva era diabético e havia tido, meses atrás, um infarto. Era natural de Bezerros, a 102 km de Recife (PE), mas desde 1955 morava em Campina, onde foi radicado.

Ele era membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel e tinha mais de 150 folhetos publicados.

 

Por Gustavo Medeiros

Veja diz que Cícero e Manoel Júnior receberam doações de empresas envolvidas na Operação Lava-Jato

cicero-lucenaA revista Veja colocou dois políticos paraibanos na lista dos beneficiários de empresas envolvidas no esquema investigado pela Polícia Federal na ‘Operação Lava-Jato’ e que trata de repasses irregulares feitos por fornecedores da Petrobrás sob suspeita. Entre os beneficiados, segundo o site da Veja, estão o senador Cícero Lucena (PSDB) e o deputado Federal, Manoel Júnior (PMDB).

Cícero Lucena recebeu, segundo a reportagem, R$ 25 mil. A doação foi da empresa Engevix na campanha de 2006, quando ele se elegeu senador.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Já Manoel Júnior recebeu R$ 50 mil em doações da empresa OAS Construtora, que figura na lista das empresas investigadas. A doação foi feita nas eleições de 2010.

manoel_junior

Dos deputados e senadores da atual legislatura, pelo menos 121 receberam dinheiro oficialmente como doação de campanha de empresas investigadas pela operação Lava-Jato.

Um levantamento feito pelo site de VEJA nos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que 96 dos parlamentares da Câmara e 25 do Senado estão na lista de beneficiados por repasses feitos por fornecedores da Petrobras sob suspeita.

Algumas dessas empresas são investigadas por terem comprovadamente depositado recursos na MO Consultoria, empresa de fachada do doleiro Alberto Youssef, ou são suspeitas de colaborar para o esquema de coleta de recursos tocado pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. O grupo de congressistas recebeu, ao todo, 29,7 milhões de reais de um conjunto de 18 grupos empresariais sob suspeita.

Confira a lista completa dos beneficiados, segundo a Veja:

NOME SIGLA UF CARGO DOAÇÕES SUSPEITAS RECEBIDAS

ALEXANDRE LEITE DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$420.000,00

BETINHO ROSADO DEM RN DEPUTADO FEDERAL R$60.000,00

GUILHERME CAMPOS DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$450.000,00

IRAJA ABREU DEM TO DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00

JORGE TADEU MUDALEN DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00

JULIO CAMPOS DEM MT DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00

JULIO CESAR DEM PI DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

JUNJI ABE DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

LAEL VARELLA DEM MG DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

ONOFRE SANTO AGOSTINI DEM SC DEPUTADO FEDERAL R$15.000,00

ONYX LORENZONI DEM RS DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

PAUDERNEY AVELINO DEM AM DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00

RODRIGO GARCIA DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$466.000,00

RODRIGO MAIA DEM RJ DEPUTADO FEDERAL R$300.000,00

JANDIRA FEGHALI PC do B RJ DEPUTADO FEDERAL R$260.000,00

ADEMIR CAMILO PDT MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

PAULO PEREIRA DA SILVA PDT SP DEPUTADO FEDERAL R$80.000,00

SEBASTIAO BALA ROCHA PDT AP DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00

ANIBAL GOMES PMDB CE DEPUTADO FEDERAL R$270.000,00

ARTHUR OLIVEIRA MAIA PMDB BA DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00

CELSO MALDANER PMDB SC DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00

EDUARDO CUNHA PMDB RJ DEPUTADO FEDERAL R$500.000,00

FABIO TRAD PMDB MS DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

GERALDO RESENDE PEREIRA PMDB> MS DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

HENRIQUE EDUARDO ALVES PMDB RN DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00

LEANDRO VILELA PMDB GO DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

MANOEL JUNIOR PMDB PB DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

PEDRO PAULO PMDB RJ DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

RAUL HENRY PMDB PE DEPUTADO FEDERAL R$65.000,00

ROSE DE FREITAS PMDB ES DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00

THIAGO PEIXOTO PMDB GO DEPUTADO FEDERAL R$240.000,00

ALINE CORREA PP SP DEPUTADO FEDERAL R$863.000,00

JOSE OTAVIO GERMANO PP RS DEPUTADO FEDERAL R$620.000,00

JULIO LOPES PP RJ DEPUTADO FEDERAL R$350.000,00

LUIZ FERNANDO FARIA PP MG DEPUTADO FEDERAL R$600.000,00

NELSON MEURER PP PR DEPUTADO FEDERAL R$500.000,00

REBECCA GARCIA PP AM DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00

ROBERTO BRITTO PP BA DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00

ROBERTO TEIXEIRA PP PE DEPUTADO FEDERAL R$500.000,00

ARNALDO JARDIM PPS SP DEPUTADO FEDERAL R$350.000,00

ROBERTO FREIRE PPS SP DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00

STEPAN NERCESSIAN PPS RJ DEPUTADO FEDERAL R$30.000,00

AELTON FREITAS PR MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

ARACELY DE PAULA PR MG DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00

BERNARDO SANTANA DE VASCONCELLOS PR MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

HENRIQUE OLIVEIRA PR AM DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

JOSE ROCHA PR BA DEPUTADO FEDERAL R$90.000,00

LUCIANO CASTRO PR RR DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

SANDRO MABEL PR GO DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

ABELARDO CAMARINHA PSB SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

ANTONIO BALHMANN PSB CE DEPUTADO FEDERAL R$230.000,00

BETO ALBUQUERQUE PSB RS DEPUTADO FEDERAL R$40.000,00

DOMINGOS NETO PSB CE DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00

FERNANDO COELHO FILHO PSB PE DEPUTADO FEDERAL R$65.000,00

CARLOS EDUARDO CADOCA PSC PE DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

MARCELO AGUIAR PSC SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

ANTONIO IMBASSAHY PSDB BA DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

BRUNA FURLAN PSDB SP DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00

EDUARDO GOMES PSDB TO DEPUTADO FEDERAL R$350.000,00

FERNANDO FRANCISCHINI PSDB PR DEPUTADO FEDERAL R$10.000,00

MARA GABRILLI PSDB SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

NELSON MARCHEZAN JUNIOR PSDB RS DEPUTADO FEDERAL R$25.000,00

OTAVIO LEITE PSDB RJ DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

PAULO ABI ACKEL PSDB MG DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00

RAIMUNDO GOMES DE MATOS PSDB CE DEPUTADO FEDERAL R$30.000,00

REINALDO AZAMBUJA PSDB MS DEPUTADO FEDERAL R$330.000,00

RODRIGO DE CASTRO PSDB MG DEPUTADO FEDERAL R$300.000,00

ARLINDO CHINAGLIA PT SP DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00

BENEDITA DA SILVA PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$3.000,00

BIFFI PT MS DEPUTADO FEDERAL R$160.000,00

CANDIDO VACCAREZZA PT SP DEPUTADO FEDERAL R$675.000,00

CARLOS ZARATTINI PT SP DEPUTADO FEDERAL R$480.000,00

DEVANIR RIBEIRO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00

EDSON SANTOS PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$60.000,00

GABRIEL GUIMARAES PT MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

IRINY LOPES PT ES DEPUTADO FEDERAL R$15.000,00

JILMAR TATOO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

JOAO PAULO LIMA PT PE DEPUTADO FEDERAL R$65.000,00

JORGE BITTAR PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$75.000,00

LUCI CHOINACKI PT SC DEPUTADO FEDERAL R$30.000,00

LUIZ ALBERTO PT BA DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00

LUIZ SERGIO PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00

MAGELA PT DF DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

MARCO MAIA PT RS DEPUTADO FEDERAL R$80.000,00

NEWTON LIMA PT SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00

ODAIR CUNHA PT MG DEPUTADO FEDERAL R$320.000,00

PAULO TEIXEIRA PT SP DEPUTADO FEDERAL R$123.000,00

PEDRO EUGENIO PT PE DEPUTADO FEDERAL R$125.000,00

RUI COSTA PT BA DEPUTADO FEDERAL R$2.000,00

VICENTE CANDIDO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$130.000,00

VICENTINHO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$116.000,00

ZE GERALDO PT PA DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00

ZECA DIRCEU PT PR DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00

JORGE CORTE REAL PTB PE DEPUTADO FEDERAL R$60.000,00

JOVAIR ARANTES PTB GO DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00

SILVIO COSTA PTB PE DEPUTADO FEDERAL R$75.000,00

INACIO ARRUDA PC do B CE SENADOR R$100.000,00

VANESSA GRAZZIOTIN PC do B AM SENADOR R$500.000,00

CRISTOVAM BUARQUE PDT DF SENADOR R$50.000,00

JAYME CAMPOS PFL MT SENADOR R$25.000,00

EUNICIO OLIVEIRA PMDB CE SENADOR R$1.000.000,00

JOSE SARNEY PMDB AP SENADOR R$50.000,00

LUIZ HENRIQUE PMDB SC SENADOR R$40.000,00

ANA AMELIA PP RS SENADOR R$50.000,00

BENEDITO DE LIRA PP AL SENADOR R$400.000,00

CIRO NOGUEIRA PP PI SENADOR R$150.000,00

MAGNO MALTA PR ES SENADOR R$200.000,00

MARCELO CRIVELLA PRB RJ SENADOR R$100.000,00

LIDICE DA MATA PSB BA SENADOR R$200.000,00

CICERO LUCENA PSDB PB SENADOR R$25.000,00 

FLEXA RIBEIRO PSDB PA SENADOR R$150.000,00

ANGELA PORTELA PT RR SENADOR R$1.000.000,00

GLEISI HOFFMANN PT PR SENADOR R$2.420.000,00

HUMBERTO COSTA PT PE SENADOR R$1.530.000,00

JOSE PIMENTEL PT CE SENADOR R$1.000.000,00

LINDBERGH FARIAS PT RJ SENADOR R$2.300.000,00

PAULO PAIM PT RS SENADOR R$2.000,00

WALTER PINHEIRO PT BA SENADOR R$200.000,00

WELLINGTON DIAS PT PI SENADOR R$250.000,00

ARMANDO MONTEIRO PTB PE SENADOR R$300.000,00

EPITACIO CAFETEIRA PTB MA SENADOR R$50.000,00

Bancada da Lava-Jato 

GRUPO PARLAMENTARES FINANCIADOS CARGO TOTAL EM DOAÇÕES

ARCOENGE 3 DEPUTADO FEDERAL R$ 266.000,00

ARCOENGE 1 SENADOR R$ 100.000,00

GRUPO ALUSA 7 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.160.000,00

GRUPO ALUSA 3 SENADOR R$ 420.000,00

GRUPO ANDRADE GUTIERREZ 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 10.000,00

GRUPO ANDRADE GUTIERREZ 1 SENADOR R$ 100.000,00

GRUPO CAMARGO CORREA 31 DEPUTADO FEDERAL R$ 6.245.000,00

GRUPO CAMARGO CORREA 8 SENADOR R$ 5.900.000,00

GRUPO EGESA 14 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.350.000,00

GRUPO EIT 8 DEPUTADO FEDERAL R$ 784.000,00

GRUPO ENGEVIX 11 DEPUTADO FEDERAL R$ 475.000,00

GRUPO ENGEVIX 2 SENADOR R$ 90.000,00

GRUPO GALVAO 11 DEPUTADO FEDERAL R$ 600.000,00

GRUPO GALVAO 4 SENADOR R$ 630.000,00

GRUPO HOPE 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 30.000,00

GRUPO IESA 1 SENADOR R$ 200.000,00

GRUPO JARAGUA 4 DEPUTADO FEDERAL R$ 600.000,00

GRUPO MENDES JUNIOR 7 DEPUTADO FEDERAL R$ 552.000,00

GRUPO MENDES JUNIOR 1 SENADOR R$ 50.000,00

GRUPO OAS 24 DEPUTADO FEDERAL R$ 2.043.000,00

GRUPO OAS 7 SENADOR R$ 3.200.000,00

GRUPO QUEIROZ GALVAO 12 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.862.000,00

GRUPO QUEIROZ GALVAO 1 SENADOR R$ 2.000,00

GRUPO TOME 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 30.000,00

GRUPO TOYO SETAL 2 DEPUTADO FEDERAL R$ 43.000,00

GRUPO UTC 14 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.963.000,00

GRUPO UTC 3 SENADOR R$ 1.150.000,00

RAUL ANDRES ORTUZAR RAMIREZ 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 10.000,00

WILSON DA COSTA RITTO FILHO (sócio do grupo Hope) 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 10.000,00

 

BLOGDOGORDINHO

Manoel Júnior compra dores de Cunha Lima e pede que Tião se retrate

cassio- manoel jrO deputado federal Manoel Júnior (PMDB) comprou as dores do Grupo Cunha Lima após ataques do presidente estadual do PSL, Tião Gomes, e exigiu uma retratação pública por parte do deputado estadual.

Em entrevista recente, Tião Gomes chegou a afirmar que o Grupo esteve por dez anos no poder e não teria feito nenhuma obra no Estado, causando revolta tucana e motivando até nota de repúdio por parte do PSDB na última sexta-feira (7).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O peemedebista declarou em entrevista aos radialistas Rudney Araújo e Tony Souza, da Rádio Rural de Guarabira, que o histórico de Tião Gomes não lhe dá condições para ele falar mal dos Cunhas Lima e alegou que o grupo não pode ser menosprezado diante a “bonita história” na política paraibana.

Manoel Júnior alegou que Tião Gomes foi “infeliz” em suas declarações e lembrou que, assim com o grupo político liderado por José Maranhão, o outro liderado por Cássio e Ronaldo Cunha Lima também fizeram muito pelo Estado.

Roberto Targino 

com informações de Rudney Araújo, em Guarabira