Arquivo da tag: manda

Vereador do Brejo paraibano diz que “manda” na polícia e paga “por fora”

cassianoricardoUma gravação envolvendo o vereador de Gurinhém, Cassiano Ricardo (PT), que vazou nas redes sociais provocou polêmica no Brejo paraibano. No áudio, o parlamentar afirma que “manda” na Polícia Militar e é “peixe” do governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Aqui quem manda sou eu. Tô com carta branca do governador do estado da Paraíba que votei nele, dei voto a ele, eu e o prefeito Tarcísio…agora o caba que chega aqui e tira onda comigo…se os homens embasarem, eu manda nem olhar, fazer vista grossa”, declarou.

Mais adiante, ele diz que “ajeitou a alimentação” dos policiais e paga “um por fora” a eles. “Ricardo Coutinho foi o meu peixe, votei com ele. Eu consegui agora o posto de polícia e os contatos foram grandes. O major, o tenente, fora o comando… o comando aqui sou eu. Ou tem ofício ou tem que pedir ordem pra eu”, disse.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A polícia já determinou a abertura de um procedimento administrativo para investigar as declarações do parlamentar e encaminhou a gravação para o Ministério Público de Gurinhém.

 

Por: Blog do Gordinho

 

TJ manda Assembleia suspender processo de votação da LOA

tjpbO juiz convocado do Tribunal de Justiça Marcos William concedeu medida liminar, atendendo um pedido do Ministério Público Estado, no sentido de suspender o processo de tramitação da Lei Orçamentária Anual (Loa/2015) na Assembleia Legislativa, até que o governador Ricardo Coutinho proceda os ajustes nas propostas orçamentárias de cada poder.

No último dia 20, o Ministério Público da Paraíba ingressou com um mandado de segurança contra o Estado da Paraíba com o objetivo de assegurar a integridade das propostas orçamentárias da instituição e dos demais poderes. De acordo com o órgão, o governador Ricardo Coutinho “fez consideráveis reduções nas propostas dos demais poderes e instituições autônomas”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Tribunal de Justiça teve a proposta reduzida de R$ 588.894.332,00 para R$ 486.761.791,00;  a Assembleia Legislativa de R$ 298.339.000,00 para R$ 257.260.710,00; o Ministério Público de R$ 236.397.556,00 para R$ 199.140.627,00; o Tribunal de Contas de R$ 137.211.000,00 para R$ 115.124.675,00 e a Defensoria Pública de R$ 90.561.196,00 para R$ 57.702.328,00.

“A demanda judicial é uma atitude democrática e republicana no que se refere ao questionamento da distribuição das verbas orçamentárias dos órgãos e poderes”, destacou o procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora. “Já que não houve consenso, a judicialização é um caminho natural. Pelo Ministério Público defendemos o cumprimento da LDO que alcança todos os poderes e instituições”, afirmou.

Ele lembrou que posicionamento semelhante foi tomado pelo Ministério Público Federal e nos estados de Alagoas e Rio Grande do Norte.

 

LENILSON GUEDES

Justiça manda WhatsApp quebrar sigilo de chat com montagem ‘pornô’

whatsappCom base no Marco Civil da Internet, a Justiça de São Paulo mandou o Facebook liberar o conteúdo de conversas no aplicativo de chat WhatsApp que espalhavam montagens pornográficas feitas com as fotos de uma estudante universitária paulista. No começo do ano, a rede social adquiriu o app em um negócio de US$ 19 bilhões.

As mensagens eram trocadas em grupos fechados do app, que viraram um recurso para disseminar fotos da chamada “vingança pornográfica”. A exposição de jovens e mulheres dessa forma se multiplicou no Brasil. Algumas vítimas não suportaram o sofrimento e se suicidaram.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As fotomontagens da estudante de engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie foram feitas a partir de imagens dela publicadas em seu perfil no Facebook. Em sua decisão, o relator do processo, juiz Salles Rossi, da 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, também obrigou o Facebook a ceder os números dos IPs (o protocolo de internet identifica dispositivos conectados à internet) dos indivíduos que pegaram a foto da estudante para fazer as alterações.

A montagem feita por eles colocava a imagem em posições pornográficas e foi espalhada nos grupos “Atlética Chorume” (sic) e “Lixo Mackenzista”. Segundo a decisão da Justiça, os conteúdos dessas conversas entre os dias 26 e 31 de maio de 2014 deverão ser liberados. A estratégia da advogada e mãe da estudante, Adriana Serrano Cavassani, de mover a ação contra o Facebook é usar as informações obtidas para identificar os autores para responsabilizá-los criminalmente. “Não só quem cria, mas quem divulga também comete o crime”, diz Cavassani.

As imagens traziam ainda o número de celular da jovem, que passou a receber ligações de homens propondo programas sexuais. Cavassani diz que a filha recebeu ligações de alunos do Mackenzie, FEI e da Poli-USP.

Suicídio
A mãe e advogada afirmou ao G1 que a repercussão das imagens fizeram a filha pensar em suicídio. A jovem planejava ainda concluir o curso de engenharia no exterior. “Na hora do desespero, eu pensei: ‘Eu faço qualquer coisa para você não sofrer mais por isso’. Mas eu ia sacrificar a vida da minha filha por meia dúzia de inconsequentes.”

A decisão foi emitida no começo de setembro, mas publicada em definitivo nesta semana. O Facebook tem cinco dias para cumpri-la. A empresa tentou evitar quebrar o sigilo das conversas. A rede social afirmava não poder ceder dados do WhatsApp, porque ainda não concluiu a aquisição do app. Argumentou ainda que as informação pedidas estão na plataforma do WhatsApp Inc, uma companhia com sede nos Estados Unidos e sem representação no Brasil.

Com base nas prerrogativas do Marco Civil da Internet, em vigor desde junho de 2014, o juiz descartou a defesa do site. “O serviço do Whatsapp é amplamente difundido no Brasil e, uma vez adquirido pelo Facebook e somente este possuindo representação no país, deve guardar e manter os registros respectivos, propiciando meios para identificação dos usuários e teor de conversas ali inseridas determinação, aliás, que encontra amparo na regra do artigo 13 da Lei 12.965/2014 (conhecida como Marco Civil da Internet)”, escreveu. Procurado pelo G1, o Facebook informou não comentar casos específicos.

De acordo com Cavassani, além da ação contra o Facebook, há um inquérito em andamento e um processo criminal vai ser ajuizado nos próximos dias acusando os envolvidos por calúnia e difamação. Já há indícios de que entre cinco e seis jovens participaram da ação. Além disso, a advogada vai entrar com uma ação civil para pedir indenização assim que todos os envolvidos forem identificados. “Vou pedir uma indenização compatível ao sofrimento e ao abalo emocional que ela vem sofrendo até os dias de hoje”, afirmou.

G1 

Justiça manda Rômulo Gouveia retirar do ar propaganda no Facebook, sob pena de multa

romulo-gouveiaA juíza Niliane Meira, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), acolheu em parte a representação interposta pelo Ministério Público Eleitoral contra o vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), pré-candidato a senador, e determinou a retirada imediata de postagem de sua fanpage no Facebook em que consta sua foto, o número do PSD e a sigla em destaque do partido, assim como as curtidas e comentários referentes à postagem.

A decisão da juíza também determina a retirada imediata da fanpage do presidente estadual do PSD de toda publicação que faça menção a qualquer informação sobre o pleito. “Seja por meio de número possivelmente utilizado para o pleito, comentários que utilizem o termo senador, candidato ou que projetem a imagem do representado como melhor opção para preencher o cargo que pretende disputar”, despachou.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O vice-governador tem 24 horas para excluir a publicação. Caso contrário, terá de pagar multa diária no valor de R$ 1 mil.

Na ação, o Ministério Público Eleitoral pediu a aplicação de multa ao alegar  que Rômulo Gouveia teria praticado propaganda eleitoral antecipada, através do Facebook. “A inserção da publicidade enaltece a pessoa e a imagem política do representado, levando ao conhecimento do eleitor a sua possível candidatura, apresentando-o como o mais apto ao exercício do cargo pleiteado de Senador de República”.

 

blogdogordinho

Messi manda recado ao Barça: ‘Se não me quiser, buscarei uma solução’

messiselecaoefePela primeira vez, Lionel Messi admitiu uma possibilidade de deixar o Barcelona. Em sua conta na rede social chinesa “Weboo”, o craque argentino mandou um recado à diretoria do clube antes de ir à Argentina para dias de descanso e, posteriormente, preparação para a Copa do Mundo no Brasil. O curioso é que, segundo a própria imprensa espanhola, Messi assinou o “maior contrato do mundo do futebol” nesta segunda-feira. Ele passará a receber € 20 milhões (R$ 60,5 milhões) líquidos por ano, enquanto o luso Cristiano Ronaldo ganha € 17 milhões (R$ 51,5 milhões) do Real Madrid.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Com respeito a mim, estou muito feliz de seguir em minha casa como sempre disse. Esse ano não foi como esperava nem foi dos meus melhores, mas estou convencido de que, assim como com o grupo, o ano que vem será diferente. São as pessoas do Barcelona que decidem o que fazer com o meu futuro, mas minha intenção é continuar já que sigo sentindo o mesmo carinho da parte deles, mas se assim não for buscarei uma solução – disse.

Sobre os fracassos do Barça na temporada, Messi pediu desculpas à torcida. O time teve a oportunidade de salvar o ano com o título do Campeonato Espanhol, mas apenas empatou no Camp Nou com o Atlético de Madrid, que se sagrou campeão. Com direito a uma atuação abaixo da média do camisa 10, que rendeu críticas e 37% dos votos da torcida em enquete no jornal “Sport” pedindo por sua saída.

– A verdade é que as coisas não aconteceram como esperávamos, foi um ano duro individual e coletivamente. Ainda assim, tivemos a oportunidade de cumprir uma meta no último jogo e não soubemos aproveitá-la. Só posso pedir perdão a todo o barcelonismo e prometer que no ano que vem voltaremos a estar à altura deste clube.

Messi barcelona treino (Foto: REUTERS)Lionel Messi deixou no ar a possibilidade de sair do Barcelona pela primeira vez (Foto: REUTERS)

 

globoesporte

Ministro manda soltar presos da Operação Lava Jato e ordena que ação vá para o STF

supremo-tribunalO ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta segunda-feira (19) a libertação imediata de todos os presos da Operação Lava Jato e solicitou que a Justiça Federal do Paraná envie ao STF todos os inquéritos e processos relativos ao caso.

Zavascki deu a ordem ao decidir sobre pedido da defesa do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, um dos presos da operação. Costa questionou ao Supremo se, em razão do envolvimento de deputados no caso, a Justiça Federal do Paraná tinha competência para determinar a prisão dele e tomar decisões no processo.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em resposta ao pedido, o ministro afirmou que o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo caso no Paraná, deveria ter remetido o processo ao STF assim que surgiram os primeiros indícios do envolvimento de deputados federais com o suposto esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas – por ter prerrogativa de foro, deputados federais só podem ser investigados no âmbito do Supremo Tribunal Federal. No texto da decisão, Zavascki diz que as investigações da Polícia Federal apontaram ligações de Youssef com os deputados André Vargas (sem partido-PR), Luiz Argôlo (Solidariedade-BA) e Cândido Vaccarezza (PT-SP).

Com isso, Zavascki decidiu suspender os processos e os mandados de prisão por entender que pode ter havido “ilegalidade” nos atos de Moro. De acordo com a assessoria da Polícia Federal, cinco presos da Lava Jato estão na carceragem da PF em Curitiba e outros sete em penitenciárias na região metropolitana da capital paranaense, entre os quais Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef, apontado como articulador da quadrilha de lavagem de dinheiro alvo da operação da PF.

Advogados
O advogado Fernando Augusto Fernandes, que defende Paulo Roberto Costa, informou por meio da assessoria que a decisão do ministro Teori Zavascki demonstrou que “existe Suprema Corte neste país”, já que a primeira instância não tinha competência para o processo.

O advogado Antonio Augusto Figueiredo Basto, defensor de Alberto Youssef, disse que a decisão do ministro Zavascki é “correta” e confirma a tese que ele vinha defendendo, a de que o juiz Sérgio Moro não tinha competência para atuar no processo.

Passaportes retidos
Apesar de ter concedido a liberdade aos réus, Teori Zavascki proibiu que eles deixem as regiões onde residem. O ministro também determinou que todos os presos entreguem seus passaportes às autoridades policiais em até 24 horas.

Na decisão, o ministro Zavascki diz que o Supremo decidirá posteriormente sobre a legalidade dos atos assinados pelo juiz Sérgio Moro.

“É de se deferir a liminar, até para que a Suprema Corte, tendo à sua disposição o inteiro teor das investigações promovidas, possa, no exercício de suas competência constitucional, decidir com maior segurança acerca do cabimento ou não de seu desmembramento, bem como da legitimidade ou não dos atos até agora praticados.”

Lava Jato
Deflagrada em março deste ano, a operação investiga um suposto esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões.

Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras, foi preso em 20 de março por suspeita de interferir nas investigações sobre um suposto pagamento de propina em troca do favorecimento a empresas em contratos para a construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Segundo a PF, familiares dele tentaram destruir documentos apreendidos na residência da família e que serviriam como prova. Além disso, foram apreendidos na casa da família R$ 700 mil e US$ 200 mil em espécie.

G1

PENSÃO: Juiz manda prender 109 por mês na Paraíba

pensão-02 No ano passado, o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) recebeu 8.592 pedidos de pensão alimentícia. No mesmo período, foram 3.639 processos de execução de alimentos, que ocorre quando o pai ou o responsável pela pensão atrasa o pagamento. É o caso da auxiliar de cozinha, Telma Silva, que há quatro meses aguarda que o pai dos dois filhos pague a pensão. Quando isso ocorre por três meses seguidos, o juiz determina a prisão. Só em 2013, foram 1.312 mandados, uma média de 109 por mês.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para requerer a pensão alimentícia, o pai, a mãe ou um parente responsável precisa ter a guarda legal da criança ou adolescente (até 18 anos de idade). Esse é um problema para a dona de casa, Jussara Maria. Ela divide os cuidados da criação das duas netas (de 3 e 5 anos) com a filha que era casada e se divorciou do marido. Ficou acordado sem entrar na Justiça que o pai pagaria R$ 200 mensais. “O pai das meninas é aposentado. Só que quem toma conta do dinheiro dele é a mãe. Ele estava dando certinho. Só que, quando ela soube que minha filha arrumou outro homem, disse que não daria mais o dinheiro das meninas. Uma coisa é minha filha. Outra são as meninas, minhas netas, que precisam”, relatou.

Já o caso de Telma Silva é diferente. Ela recebe a pensão alimentícia há oito anos, logo após a assinatura do divórcio. Durante esse tempo, sempre houve atrasos e acordos para o pagamento parcelado. No entanto, ontem, ela entrou com uma ação de execução de alimentos. “Há quatro meses que ele não paga. Vim pedir ajuda na Defensoria. Quero que seja descontado do salário dele assim fica mais certo eu receber. Antes ele dava o dinheiro e eu assinava um recibo”, revelou.

Segundo o defensor público Benedito Santana, normalmente a mãe representa o filho menor de idade. “Há também a possibilidade do pai ofertando. No caso da mãe ela vem requerendo, em representação ao filho. Mas acontecem casos em que a criança se encontra com a mãe, ela não pediu os alimentos e o pai se antecipa ofertando”, afirmou, destacando que qualquer pessoa que tenha a guarda legal do menor de idade pode pedir a pensão alimentícia.

Jornal Correio da Paraíba 

Funcionária erra e manda e-mail com teor sexual para toda empresa

mulher-computador.jpgUma recepcionista do Reino Unido mandou acidentalmente para toda empresa em que trabalha um e-mail no qual discorria sobre a sua vida sexual com o namorado, de acordo com informações do jornal Daily Mail publicadas na quinta-feira.

A recepcionista havia enviado uma breve mensagem para os colegas da empresa por e-mail relatando que uma van que vendia sanduíches estava estacionada do lado de fora da empresa. Mas ela acidentalmente escreveu a mensagem no topo de um e-mail particular e enviou toda uma lista de conversas anteriores com conteúdo sexual no mesmo correio eletrônico. O namorado trabalha na mesma empresa.

Em algumas horas o e-mail tinha sido enviado para outras empresas e foi parar em redes sociais como o Twitter. A funcionária afirmou que ficou mortificada por ter enviado o e-mail e pediu desculpas por qualquer ofensa que causou. Bruce Webster, diretor de recursos humanos da empresa, disse que e-mails pessoais não são incentivados no trabalho e ele ia tomar as medidas adequadas em relação aos funcionários. Ele relatou ainda que o casal estava devastado pelo conteúdo enviado e que a empresa pedia desculpas por qualquer ofensa causada pelo conteúdo.

 

 

Terra

Em Cuité, juiz manda prefeitura parar de usar retroescavadeira pra evitar compra de votos

A prefeitura de Cuité foi obrigada por decisão judicial a encostar uma retroescavadeira que estava sendo acusado de fazer serviços em propriedades rurais particulares no município. A decisão foi da Justiça Eleitoral que atendeu a liminar presente numa Ação de Investigação Judicial Eleitoral que apura conduta vedade por parte da prefeita Euda Fabiana, candidata à reeleição. A ação foi movida pela coligação encabeçada pelo PSB, que tem Tárcio Rodrigues como candidato. Ele acusa a prefeita de usar a máquina do município em favor de sua reeleição. Tendo como ato específico o uso de uma retroescavadeira para fazer barreiros em propriedades rurais privadas. A Justiça entendeu que, para analisar a AIJE, deveria conceder a liminar determinando a suspensão do uso do equipamento, a fim de não permitir que o “favor” seja revertido em voto para a prefeita.

Luís Tôrres

Reservas decidem, Galo derrota o Botafogo e ainda manda no Brasileiro

Numa tarde em que Ronaldinho e Seedorf brilhavam, quem decidiu a partida neste domingo, no Independência, foram dois reservas do Atlético-MG que entraram em campo no segundo tempo. Neto Berola, que ficou 107 dias sem jogar se recuperando de fratura por estresse na bacia, recebeu passe de calcanhar de Carlos César e marcou aos 43 minutos da etapa final o gol da vitória por 3 a 2 do líder do Campeonato Brasileiro – e antecipadamente campeão simbólico do primeiro turno – sobre o Botafogo.

Os outros gols do time mineiro, que soma 42 pontos, foram marcados por Escudero e Jô, com Andrezinho fazendo os da equipe carioca, que está em sétimo lugar, com 27 pontos. Com três pontos e duas vitórias a mais do que o Fluminense, o Galo iniciará o segundo turno na liderança, mesmo com uma partida a menos do que seus concorrentes.

Ronaldinho e Seedorf tiveram atuação de destaque no reencontro dos dois ex-milanistas. O camisa 49 fez um lançamento que originou o primeiro gol e deu o passe para o segundo. E o holandês acertou um belo passe para Rafael Marques sofrer pênalti, convertido por Andrezinho.

– Temos que ter mais atenção. Perdemos muitos gols e acabamos nos complicando, mas parabéns para a torcida, o ambiente aqui estava ótimo. O Botafogo mostrou que está nesse campeonato. O jogo foi disputado para vencer, mas parabéns para o Atlético – afirmou Seedorf.

Berola, que substituiu Escudero aos 28 minutos do segundo tempo, havia atuado pela última vez em 3 de maio, contra o Goiás, pela Copa do Brasil.

– Eu não sei nem falar a emoção que estou. É muito grande. Estamos de parabéns, e acho que voltei bem – afirmou o camisa 99.

Esta foi a segunda vez que o Atlético-MG levou dois gols num mesmo jogo no Brasileiro (a outra foi na nona rodada, na vitória de 4 a 3 sobre o Figueirense), a primeira em casa, onde seu retrospecto é quase perfeito: agora são oito vitórias e um empate.

Na próxima rodada, os dois times fazem clássicos estaduais no domingo. O Atlético-MG pega o Cruzeiro às 18h30m, no Independência, e o Botafogo enfrenta o Flamengo às 16h, no Engenhão.

Jô ronaldinho gaucho atlético-mg gol botafogo (Foto: Pedro Vilela / Agência Estado)Ronaldinho abraça Jô (Bernard atrás), após o segundo gol do Atlético-MG (Foto: Pedro Vilela / Ag. Estado)

Botafogo começa jogo mais presente ao ataque

Com o estádio lotado, incendiado pela empolgação dos atleticanos, a partida começou a cem por hora, mas surpreendentemente com o time visitante mais presente no campo do ataque. Com marcação adiantada e forte no meio do campo, o Botafogo tomava a bola e procurava sair com velocidade para o ataque, enquanto o time mineiro insistia em lançamentos altos para Jô. No espaço de dois minutos, o uruguaio Lodeiro – pela primeira vez titular – teve duas chances de marcar. No lado oposto, apenas um chute de fora da área, desferido por Leandro Donizete, nos primeiros dez minutos, levou algum perigo.

jogo movimentado

5 GOLS média 2.4
26 FINALIZAÇOES média 23.5
CAM BOT TOTAL MÉDIA*
GOLS 3 2 5 2.4
FINALIZAÇÕES 18 8 26 23.5
NA TRAVE 0 0 0 0.5
DEFESA DIFÍCIL 0 3 3 3.1
*média parcial do campeonato até 19/08/2012

 Quando Ronaldinho saiu da ponta-esquerda e buscou espaço pelo meio, o Galo criou sua primeira chance clara, aos 13, mas Bernard desperdiçou, porém com méritos para a boa saída de gol de Jefferson. O time mineiro já havia controlado o ímpeto inicial do Botafogo, mas não suas boas opções ofensivas, especialmente com Elkeson, que fazia boa partida. A questão era acertar a marcação na defesa.

O Atlético-MG então passou a ter presença mais constante no ataque e desperdiçou ótimas chances com  Escudero e Junior Cesar. Num momento em que a partida estava mais presa às duas intermediárias, Jadson tirou o pão da boca de Leandro Donizete na saída de bola do Atlético-MG e deu a Andrezinho, que passou para Elkeson na direita. O camisa 9 cruzou rasteiro, dentro da área, buscando Jadson na pequena área. Léo Silva chegou a tirar, mas Andrezinho ficou de frente para Victor e colocou por cima do goleiro do Atlético-MG para abrir o marcador.

O time da casa sentiu o baque, e o visitante passou a dominar, até que numa bobeada no lado esquerdo de sua defesa cedeu o empate. A bola parou na meia-esquerda nos pés de Ronaldinho, que lançou Jô, absolutamente livre na área. Ele dominou no peito e tentou tocar por baixo de Jefferson, que conseguiu impedir. Mas a bola sobrou para Escudero, que tinha o gol aberto e para lá chutou: 1 a 1.

Galo chega à vitória em contra-ataque

O líder do Brasileiro iniciou a etapa final como se esperava que começasse o jogo: pressionando o Botafogo. Depois de criar algumas boas oportunidades, virou o jogo, aos oito minutos, quando Ronaldinho recebeu livre na área pelo lado esquerdo, esperou a saída de Jefferson e deu de bandeja o gol para Jô. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar. O Botafogo parecia não ter voltado do vestiário e poucas vezes ia ao ataque com a mesma força da primeira etapa. Certamente pensando nisso, Oswaldo de Oliveira tirou o meia Lodeiro e pôs o centroavante Rafael Marques aos 16 minutos.

O Atlético-MG já não tinha o mesmo fôlego do início, passou a jogar mais nos contra-ataques e cometeu o erro de deixar Seedorf praticamente sem marcação no meio. Por outro lado, o Botafogo também deixava Ronaldinho, que se deslocava constantemente para puxar os contragolpes, muito livre. Apesar de mais presente no setor ofensivo, a equipe carioca encontrava muitas dificuldades de criar boas chances, não só pela postura mais defensiva do adversário, mas porque Rafael Marques não conseguia se encontrar.

Porém, o craque o encontrou. Seedorf fez ótimo lançamento para Rafael Marques, que matou a bola no peito dentro da área e, quando ia finalizar, foi derrubado por Leonardo Silva. Pênalti que Andrezinho cobrou muito bem, aos 35 minutos, no canto esquerdo de Victor, para empatar.

Após levar o gol, o Galo adiantou a marcação, mas foi num contragolpe que chegou à vitória. Aos 43, depois de nova bobeada de Rafael Marques no ataque, o time mineiro tomou a bola e partiu para o ataque. Berola recebeu passe perfeito de calcanhar de Carlos César, que substituíra Serginho, e tocou com calma e categoria por cima de Jefferson e sair para comemorar. Delírio no Independência: o Galo vingador continua mandando no Campeonato Brasileiro.

GLOBOESPORTE.COM