Arquivo da tag: maconha

Adolescente de 13 anos tenta entrar em cadeia com maconha colada nos pés em Belém

Um adolescente de 13 anos de idade foi flagrado com maconha colada nos pés. Ele estava na Cadeia Pública de Belém para visitar o irmão. O fato aconteceu na tarde desse domingo (8).

Os policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) conduziram o adolescente até a Delegacia de Polícia Civil.

A maconha foi encontrada com o adolescente durante a revista pessoal feita aos visitantes dos detentos. Ele a droga apreendida foram apresentados ao delegado para as providências legais.

 

clickpb

 

 

Polícia encontra 65 kg de maconha e cocaína, armas e explosivos em depósito de Campina Grande

Um depósito que servia para guardar drogas foi descoberto pela Polícia Civil nesta segunda-feira (19), em Campina Grande. No local foram apreendidos 65 quilos de maconha e cocaína, além de armas e explosivos. A apreensão foi feita pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande.

A Polícia Civil chegou ao local depois de receber uma denúncia anônima, através da linha 197. O depósito fica no bairro Malvinas. Lá estavam 60 quilos de maconha, 5 quilos de cocaína, uma arma longa e 47 artefatos explosivos. Não foi confirmada a prisão de nenhum suspeito no local.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o local servia como depósito para as drogas que já estavam preparadas para serem fracionadas e consumidas. Ainda segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que o local pertence a um presidiário suspeito de roubo de veículos e tráfico de drogas.

 Foto: Ramirez São Pedro/DRE

G1

 

Julian diz que universidades são antro da esquerda: “Você sai de cabelo vermelho e fumando maconha”

Eleito em 2018 naquela onda que apontava o fim da farra no Brasil, o deputado federal Julian Lemos (PSL) é um daqueles seguidores que não tem apenas admiração pelo líder. Tem o mesmo estilo. Assim como o presidente Bolsonaro (PSL), é dono de frases que causam reações imediatas e ficam ecoando por algum tempo no imaginário popular. Seja pelo bem ou pelo mal.

Na noite desta segunda, 12, à vista das câmeras do programa Frente a Frente, do jornalista Heron Cid, da TV Arapuan, Julian disse várias delas, mas uma foi a campeã.

No mesmo dia em que diversos representantes das universidades públicas da Paraíba passaram a tarde, durante audiência pública na Assembleia Legislativa da Paraíba,  criticando o programa Future-se do Governo Federal, que pretende abrir o capital privado para financiamento das instituições federais, Julian resumiu bem ao seu tom o que acha do ensino superior público no Brasil. “As universidades se tornaram um antro da ideologia de esquerda. Você entra de um jeito e sai de lá parecendo uma arara, cabelo vermelho e fumando maconha”, disparou assim mesmo, sem constrangimento.

Isso depois de ter dito, entre as observações mais suaves, que a “esquerda é sebosa” e desejar que “bandido se lasque”.

Durante o programa, no entanto, não se limitou apenas a ataques. Fez dois elogios. Um ao paraibano Sérgio Queiroz, que integra o Governo Bolsonaro. A quem Julian classificou como seu “sonho de candidato” a prefeito de João Pessoa nas eleições de 2020. E outro ao vice-presidente da República, General Mourão. “É um cara fantástico”, definiu.

De resto, ninguém mais escapou.

O programa Frente a Frente vai ao ar todas as segundas-feiras pela TV Arapuan, a partir das 21h30, sob o comando de Heron Cid.

Redação Paraíba

 

 

 

Estudantes portavam maconha, LSD, skank, R$ 26 mil e carro roubado

O casal de estudantes preso nessa sexta-feira (12) suspeito de tráfico de drogas portava 38 kg de maconha, LSD e skank, além de um carro roubado, segundo informou a Polícia Rodovidária Federal (PRF) após a conclusão da ocorrência.

A abordagem ocorreu no km 69 da BR-230, no município de Sobrado (PB). O casal estava em um veículo VW Voyage com placas clonadas e seguia de Campina Grande para João Pessoa.

Segundo a PRF, o automóvel havia sido roubado em Pernambuco e no interior do carro, havia 38 kg de maconha, 10 gramas de Skank, também conhecida como supermaconha, e 25 unidades de LSD. Além da droga, havia ainda R$ 26 mil em espécie.

O homem, de 23 anos, estudante universitário, foi preso pela PRF em dezembro do ano passado também com um veículo roubado e drogas. A jovem da mesma idade não possuía ficha criminal. Ambos foram detidos e encaminhados à Polícia Civil.

 

portalcorreio

 

 

Duas mulheres são presas com cerca de 50 quilos de maconha

Duas mulheres foram presas e flagrante na tarde deste sábado (15) acusadas de tráfico. Com elas, a Polícia Militar apreendeu cerca de 50 quilos de maconha. De acordo com a polícia, elas vinham com a droga da cidade de Caruarú, no Pernambuco com destino à João Pessoa quando foram interceptadas.

As suspeitas, de 38 e 28 anos, estavam em um carro e foram interceptadas quando passavam no Distrito de Galante, em Campina Grande, onde os policiais realizavam uma blitz.

A droga estava separada em quatro sacos, dentro do porta-malas do veículo. Uma das presas, a de 38 anos, já cumpre pena por tráfico de drogas e usa uma tornozeleira eletrônica.  A maconha ainda seria ‘tratada’ para a venda, segunda as presas, que não revelaram qual bairro iriam fazer a entrega.

De acordo com o comandante da 3ª Companhia do Policiamento de Trânsito do BPTran, capitão Ralisson Andrade, as duas atuavam no tráfico como transportadoras de drogas, conforme as informações que foram levantadas a partir do momento da prisão da dupla. “Elas são paraibanas e estariam atuando nesse transporte de drogas. Elas usavam GPS para escolher rotas alternativas, com o objetivo de evitar vias movimentadas nas cidades e tentar não passar por fiscalizações, mas foram surpreendidas com uma blitz da 3ª CPTran, que abordou o veículo e encontrou as drogas no carro”, disse.

Além das drogas, os policiais encontraram com as acusadas um caderno de anotações com todas as despesas financeiras da viagem, desde combustível até a alimentação. Elas foram apresentadas com todo o material apreendido a Central de Polícia Civil, em Campina Grande.

paraiba.com.br

 

 

Polícia Federal apreende mais de 1,5 tonelada de maconha na Paraíba

Mais de 1,5 tonelada de maconha foi apreendida na tarde desta sexta-feira (14) durante a Operação Mar do Atlântico deflagrada pela Polícia Federal em João Pessoa e Cabedelo. Além da apreensão da droga, duas pessoas foram presas em flagrante. A ação também contou com a participação da Polícia Militar.

Segundo a PF, a operação teve o objetivo de combater uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de entorpecentes. A droga apreendida é conhecida como ‘skunk’, uma maconha prensada dotada de maior concentração de substância psicoativas. Esta foi a maior apreensão de ‘skunk’ da história da Polícia Federal na Paraíba.

Os dois presos e a droga foram encaminhados para a sede da Polícia Federal em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Os homens responderão, segundo a PF, pelo crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena pode alcançar até 15 anos de prisão.

Foto: Divulgação/Polícia Federal

G1

 

PM descobre plantação de maconha com mais de 700 pés no Sertão do Estado

A Polícia Militar através do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga – GEOsAC, realizou na tarde de 06 de junho, operação na região de Teixeira PB, resultando na erradicação de plantio contendo aproximadamente 715 pés de cannabis sativa (maconha).

A plantação encontrava-se em meio a vegetação espinhosa da caatinga e dispunha de sistema de irrigação sofisticado dividido para atender vários locais, possivelmente com intuito de dificultar a identificação dos pontos de cultivo.

Na ocasião foram presos três homens, os quais eram dois proprietários e um funcionário do imóvel Rural. Além da droga foram apreendidos uma motocicleta fan 160 de cor preta com indícios de irregularidade visto a divergência placa/chassis, balanças, materiais utilizados para cultivo da terra, cadernetas com anotações, celulares e duas aves silvestres.

Os presos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Teixeira para autuação com base no crime previsto no art. 33, 1°, II, na Lei. n° 11.343/06, cuja pena é de reclusão de 05 a 15 anos e multa. As aves foram entregues mediante protocolos específicos ao Batalhão Ambiental, sendo o identificado como proprietário autuado também por crime ambiental. GEOsAC- Tropa de Fogo e Movimento.

Assessoria

 

 

Três homens são presos com maconha e crack em Alagoa Grande, na PB

Três homens foram presos depois de serem flagrados com drogas, na tarde desta quarta-feira (8), em Alagoa Grande, no Brejo paraibano. Entre as drogas apreendidas estavam maconha e crack.

A prisão ocorreu após uma denúncia anônima feita pelo número 197 da Polícia Civil. Com o grupo, a polícia apreendeu dois quilos de maconha e ainda 50 gramas de crack. Os suspeitos e as drogam foram levados para a delegacia de Polícia Civil na cidade.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Luciano Soares, os três homens foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e também por associação criminosa.

Foto: Luciano Soares/Polícia Civil

G1

 

Polícia prende jovem com 2,5 kg de maconha em Guarabira

Na tarde da terça-feira (26), numa ação integradas das polícia Militar e Civil, foi preso em flagrante, no conjunto João Cassimiro, em Guarabira, por acusação de tráfico de drogas, o elemento Sidney Santos Pinheiro da Silva, de 20 anos.

De acordo com o delegado seccional da Polícia Civil, Hugo Lucena, em entrevista ao repórter Zé Roberto, da Rádio Constelação FM, o marginal estava de posse de pelo menos 2,5 kg de maconha prensada, pronta para o consumo.

Hugo também revelou que possivelmente a droga não pertence ao jovem que foi flagrado com o entorpecente e procura o traficante. Sidney também estava em companhia de uma adolescente e pode responder por corrupção de menor.

“O jovem preso disse que a droga lhe pertence, mas temos toda certeza que ele serve apenas como mula, que transporta a droga e estamos em busca do verdadeiro traficante. Elevai responder pelo crime de tráfico de drogas e possivelmente por corrupção de menor, já que uma adolescente estava em sua companhia”, destacou o delegado.

Em entrevista, o jovem disse que se utiliza do tráfico de drogas porque não encontra emprego e não quer roubar para sobreviver.

 

portal25horas

 

 

Mulher é presa em João Pessoa ao tentar viajar para o RJ com mais de 20 kg de maconha

Uma mulher de 29 anos foi presa na rodoviária de João Pessoa tentando embarcar com mais de 20 kg de maconha escondidos em uma mala e em uma mochila, no fim da tarde desta segunda-feira (20), de acordo com informações da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da capital.

Segundo o delegado Braz Morrone, a delegacia recebeu uma denúncia de que uma mulher, com determinadas características, iria viajar para o Rio de Janeiro, tentando transportar a droga.

Com isso, policiais foram até a rodoviária, detectaram qual ônibus faria esse trajeto e, ao entrar no veículo, identificaram a suspeita pelas características que tinham sido informadas na denúncia. Conforme o delegado, a mulher confessou que tinha entorpecentes na bagagem.

Ela foi autuada em flagrante, prestou depoimento e vai passar por audiência de custódia. O delegado Braz Morrone ainda declarou que investigações devem ser realizadas para tentar identificar qual seria o destino final da droga e se o caso tem relação com alguma associação criminosa de João Pessoa.

G1