Arquivo da tag: luta

Presidiários do RN mandam ‘alô’ para facção de João Pessoa: ‘estão com a gente nessa luta’

presidiariosEm um vídeo que circula pelas redes sociais nesta quarta-feira (18), presidiários do Rio Grande do Norte pertencentes à facção identificada como Sindicato do Crime enviam mensagem de agradecimento a outros grupos criminosos que atuam no Brasil, incluindo a paraibana Okaida.

“Mandar um alô para nossos parceiros, que estão com a gente nessa luta”, diz um dos presos nas imagens, que estão com baixa qualidade, antes de declarar guerra contra o PCC.

paraiba.com.br

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Maicon Andrade vira luta com ponto no fim e conquista medalha de bronze

 (Foto: REUTERS / Peter Cziborra)
(Foto: REUTERS / Peter Cziborra)

Prazer, Maicon Andrade! Os entusiastas do taekwondo o conhecem como uma das promessas do Brasil na modalidade. Neste sábado, na Arena Carioca 3, porém, o lutador expandiu as fronteiras e deu seu cartão de visitas ao grande público após conquistar a medalha de bronze com a vitória por 5 a 4 – dramática, diga-se – contra o britânico Mahama Cho. De pouco conhecido ao pódio nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro: aos 23 anos de idade, o atleta de Ribeirão das Neves (MG) escreve a página mais relevante de sua curta – e já vitoriosa – história.

A proximidade de uma medalha olímpica, aparentemente, deixou Maicon Andrade e Mahama Cho intimidados. Os atletas, combativos em seus confrontos anteriores, travaram um primeiro round morno, com pouca movimentação e troca discreta de golpes. Eles se estudavam, ameaçavam chutes laterais – sem contundência – e ainda se acostumavam com a ideia de que estavam na luta mais importante de suas carreiras.

No segundo round, Cho arriscou um chute giratório para tentar acertar Maicon. O brasileiro desenhou um chute rodado, contudo, passou sem qualquer contato físico. Na sequência, o britânico “esquentou” e, ao esticar a perna, conectou ótimo chute alto: 3 a 0. O anfitrião ainda descontou e anotou seu primeiro ponto. Apesar da vantagem no placar, a luta ficou franca, enfim. Maicon apostou nas combinações de chutes, mas foi para o intervalo com dois pontos atrás no placar.

taekwondo, Maicon Andrade, Mahama Cho (Foto: REUTERS / Peter Cziborra)Maicon Andrade e Mahama Cho travaram uma batalha dura durante os três rounds (Foto: REUTERS / Peter Cziborra)

O terceiro round começou sob gritos de “eu acredito!” E Maicon seguiu à risca: foi para cima e fez a vantagem cair para um ponto. Logo depois, a virada relâmpago: 4 a 3. A alegria, porém durou pouco, com empate ligeiro do britânico. A menos de dez segundos do fim, quando o “golden point” surgia no horizonte, Maicon desempatou, anotou 5 a 4 e explodiu o “caldeirão”. Houve tempo de pedir replay por um suposto chute na face desferido pelo brasileiro – pedido indeferido pela arbitragem. A dois segundos do fim, bastou a Maicon Andrade segurar o placar e correr para as arquibancadas e se jogar nos braços da mãe, dona Vitória, dos treinadores e dos amigos.

Com a bandeira do Brasil em punho, Maicon circulou a arena e recebeu aplausos e gritos de incentivo dos compatriotas. Próximo da área de combate, colocou a bandeira no chão, a beijou e agradeceu. O esforço do jovem, que trabalhou como garçom e pedreiro no início da carreira, enfim, foi recompensado.

globoesporte

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Após luta contra o câncer, Ken Humano morre em Uberlândia

Foto: Instagram/ @celsosantebanes / Reprodução
Foto: Instagram/ @celsosantebanes / Reprodução

Celso Santebañes, o Ken Humano, morreu nesta quinta-feira (4), em Uberlândia, Minas Gerais, após cinco meses de luta contra um câncer. O modelo estava internado no Hospital de Clínicas da Univerisdade Federal de Uberlândia desde 26 de maio, quando começou sessões de quimioterapia. Uma pneumonia bacteriana contraída nesta quarta-feira (3) complicou seu estado de saúde.

“É com pesar que o Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia informa que o paciente Celso Santebañes, portador de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo, faleceu às 16h30 do dia 4 de junho de 2015 em decorrência de agravamento do quadro clinico pela pneumonia na fase de imunossupressão da quimioterapia”, diz a nota enviada pelo hospital.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Natural de Araxá, no interior de Minas, Celso descobriu que estava com leucemia em janeiro e, desde então, batalhava para vencer a doença. O Ken Humano chegou a ficar internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em coma, durante o tratamento. Aos 21 anos, Santebañes ficou mundialmente conhecido por conta de uma série de cirurgias que fez para ficar parecido com o famoso boneco.

 

Terra

Ativista dos EUA luta pelo direito de a mulher mostrar os mamilos

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Você já parou para pensar em como os mamilos femininos são censurados? Embora os seios sejam superexpostos e estejam por todo lado, os mamilos femininos precisam estar sempre escondidos. Os dos homens, ao contrário, podem se mostrar livremente, inclusive nas ruas. Essa observação levou a fotógrafa e ativista norte-americana Lina Esco a criar o projeto “Free the Nipple” (liberte os mamilos, em tradução livre do inglês), em 2014.

A diferença de tratamento entre os mamilos de cada gênero causa desigualdades na imposição de leis sobre nudez, sempre mais restritivas em relação ao corpo feminino, e provoca problemas para atividades comuns, como amentar: mães têm de se esconder ou, pelo menos, se cobrir se precisarem amamentar seus bebês em locais públicos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Reprodução/Instagram

Foto que está no Instagram do projeto “Free the Nipple”

Para Lina Esco, essa contradição é resultado da mentalidade que vê o corpo e a sexualidade femininos como mercadoria. “Transformam os seios em um objeto –como algo sexual–, e a mulher não pode decidir sobre como ‘usar’ o próprio corpo”, disse ela ao “Mic”, site de notícias norte-americano.

E completa: “Só porque o nome do nosso movimento é ‘Free the Nipple’, não significa que queremos o mundo inteiro engajado em uma revolução a favor do topless. O projeto é sobre ter esse direito e essa escolha”, declarou. Esco explica que o direito de expor os mamilos está diretamente ligado à censura sobre o corpo feminino, à diferença de salário entre homens e mulheres e à vergonha de amamentar.

No Brasil, a fotógrafa Julia Rodrigues, do Rio de Janeiro, que teve uma foto censurada no Facebbok por mostrar os mamilos de uma modelo, promove a campanha “Pode e Não Pode”. Em sua página na rede social, a brasileira posta fotos de homens e mulheres sem camisa. Com um porém: para não ser bloqueada, as modelos femininas aparecem com uma tarja preta escondendo os seios.
Uol

Comerciante reage a assalto, luta com ladrão, mas é assassinado na PB; ninguém foi preso

Reprodução/ arquivo pessoal/
Reprodução/ arquivo pessoal/

O comerciante Antônio Carlos da Silva, 56 anos, foi assassinado a tiros ao reagir a um assalto na tarde desta quarta-feira (18), na cidade de São Bento, a 434 km de João Pessoa. A vítima ainda entrou em luta corporal com um dos assaltantes.

Segundo o capitão Cunha Lima, comandante da Polícia Militar de São Bento, dois homens chegaram ao mercadinho da vítima em uma motocicleta e um dos assaltantes invadiu o estabelecimento.

“O assaltante entrou no mercadinho e anunciou o assalto. As imagens do circuito de câmeras flagraram quando o comerciante lutou três vezes com o bandido. É possível quer a briga entre eles. Após ser agredido, o assaltante atira contra Antônio”, falou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Antônio Carlos ainda chegou a ser socorrido para o hospital local, mas não resistiu e morreu. A vítima foi atingida com dois tiros. A delegada Silvia Alencar, que vai investigar o crime, revelou que, na hora do assassinato, o criminoso estava usando uma toca, capacete e calça.

“Os suspeitos ainda não foram achados. Devido os trajes, as pessoas disseram que não deu pra reconhecer os assassinos. Quem souber de alguma informação pode ligar para o 197 da Polícia Civil”, comentou.

 

portalcorreio

América Latina enfrenta epidemia de obesidade após luta contra a fome

obsidadePaola Flores, que pede frango frito em um restaurante de comida rápida na capital da Colômbia, é um dos milhões de latino-americanos que lutam com a obesidade, uma epidemia que castiga a região mais duramente do que outras áreas em desenvolvimento no mundo.

Mais de 56% dos adultos latino-americanos estão acima do peso ou obesos, em comparação com uma média mundial de 34%, de acordo com um relatório do Instituto de Desenvolvimento do Exterior, divulgado no ano passado.

O problema crescente costuma afetar principalmente os mais pobres na sociedade, e traz o risco de sobrecarregar os sistemas de saúde pública da América Latina e reduzir os ganhos econômicos no longo prazo, dizem os especialistas.

“Comprar um combinado para a família de frango frito, batatas fritas e refrigerante pode alimentar a mim e meus três filhos a um preço que posso pagar”, disse Flores, uma secretária, que aguardava na fila.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Desde 1991, o número de pessoas que passam fome na América Latina caiu quase pela metade, de 68,5 milhões para 37 milhões em dezembro. Embora a região seja a única que está no caminho certo para atingir as metas da ONU sobre a redução da fome até 2015, muito menos atenção tem sido dada ao combate à obesidade.

Mais ricos, mais gordos
Na década passada, as economias de rápido crescimento impulsionadas pela expansão no consumo de matérias-primas, incluindo o México, Colômbia e Brasil, têm visto uma classe média em ascensão com um gosto por alimentos processados que são mais ricos em sal, açúcar e gordura.

Benefícios em forma de transferências monetárias, adotados por alguns dos governos de esquerda da região, particularmente o Brasil, fazem com que as pessoas tenham mais dinheiro para gastar com comida.

Os governos e os programas de nutrição agora precisam se concentrar em garantir que as pessoas comprem mais alimentos ricos em fibras e proteínas, tais como frutas e legumes, disseram autoridades da ONU.

“No passado, o principal problema que tínhamos na América Latina era a subnutrição. Nós tentamos enfatizar programas de alimentação escolar e suplementos para as famílias”, disse Yenory Hernandez-Garbanzo, encarregada de nutrição na Organização da ONU para a Alimentação e Agricultura (FAO).

“Agora, temos de olhar para a foto maior. Estávamos alimentando essas famílias com uma grande quantidade de energia, mas não as ensinamos a ser equilibradas em suas dietas”, disse Yenory à Reuters.

Problema grave
A obesidade é a doença crônica que mais cresce, matando 2,8 milhões de adultos a cada ano. Condições relacionadas com a obesidade, incluindo diabetes e doenças do coração, agora causam mais mortes do que a fome, de acordo com o Fórum Econômico Mundial.

“A rápida elevação dos índices de obesidade na América Latina e no mundo traz enormes desafios sociais e coloca um grande fardo sobre os indivíduos afetados, bem como a economia e os sistemas de saúde pública no mundo”, disse Florencia Vasta, especialista na Aliança Mundial para Melhor Nutrição.

Segundo o Instituto Nacional do México para a Saúde Pública, o país enfrenta a crise de obesidade mais aguda da região, com 70% dos adultos com sobrepeso ou obesos. A obesidade custou à economia mexicana cerca de US$ 5,5 bilhões em 2008, disse Florencia. Se o problema não for solucionado, a previsão é que a cifra chegue a US$ 12,5 bilhões em 2017.

Costa Rica, Uruguai e Colômbia introduziram medidas para promover a alimentação saudável nas escolas, enquanto o Equador adotou controles na rotulagem de alimentos.

Especialistas dizem que uma das razões por que a obesidade é um problema tão grande na América Latina advém do poder das empresas multinacionais de alimentos e bebidas, em especial as dos Estados Unidos.

“Um dos maiores problemas aqui é a influência da indústria de alimentos”, afirmou a especialista em nutrição Melissa Vargas, da FAO. “Elas têm … um monte de influência política e dinheiro para a publicidade.”

G1

Técnico de Nick Diaz pede para que resultado de luta com Anderson Silva seja alterado

nick-diazAs consequências do caso de doping de Anderson Silva começam a aparecer. Após o anúncio do resultado positivo para o uso de um anabolizante, o técnico de Nick Diaz, derrotado por “Spider” na madrugada do último domingo, em Las Vegas, pediu para que o resultado da luta seja modificado. Para Cesar Gracie, o brasileiro se beneficiou com o uso de uma substância proibida para melhorar seu desempenho no combate.
“Na minha opinião é necessário que o resultado seja mudado, porque o cara usou drogas que o favoreceram na luta. Silva está com a idade mais avançada, mas se você precisa de anabolizante para lutar, então você não deve lutar”, declarou Gracie, em entrevista ao site americano TMZ.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A Comissão Atlética do Estado de Nevada atestou positivo no exame antidoping para o uso de metabólitos da substância proibida drostanolona, anunciado na última terça-feira. Nick Diaz, por usa vez, foi pego no exame por uso de maconha. Cesar Gracie saiu em defesa de seu lutador e avisou que a substância encontrada no norte-americano não faria o mesmo efeito que as usadas pelo brasileiro.

 

“Qualquer um que tenha um pouco de cérebro sabe que maconha não aumenta a performance”, completou.

 

O embate contra Diaz, pelo UFC 183, foi cercado de expectativa por conta da ausência de mais de um ano de “Spider” no octógono. O ex-campeão dos pesos-médios fraturou o tornozelo esquerdo na luta em que buscava recuperar o cinturão diante de Chris Weidman, realizada em dezembro de 2013.

 

Após serem pegos nos exames, Silva e Diaz serão julgados pela Comissão Atlética de Nevada, nos Estados Unidos, no dia 17 de fevereiro.

Super Esportes 

Relaxado, Anderson Silva diz ue se sente um estreante para luta contra Nick Diaz

andersonO que soou como desrespeito para muitos, para Anderson Silva foi algo perfeitamente normal. Fãs lamentaram a ausência de Nick Diaz no treino aberto do UFC 183, realizado na quarta-feira, mas o Spider preferiu não gerar polêmica com seu adversário de sábado. Com uma cabeça totalmente “relax”, o brasileiro não deu bola para o ocorrido. Pelo contrário. Alongou seu treino em frente aos torcedores, fez a alegria deles e deu seu show particular.

– O Nick faltou porque perdeu o voo. Não é um desrespeito. Os fãs gostariam que ele estivesse aqui, mas ele perdeu o voo, é normal – afirmou Anderson.

Parado há 13 meses desde que fraturou a perna esquerda na revanche com Chris Weidman, o ex-campeão dos médios do UFC aparentou a tranquilidade de sempre na entrevista para os jornalistas presentes pós-treino aberto. Anderson disse se sentir um estreante.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– O carinho dos fãs, a forma como estão me recebendo, isso está sendo bastante importante. Me sinto como se estivesse estreando no UFC. Estou bem feliz por isso.

A seguir, veja a entrevista do Spider na íntegra, por tópicos:

Ausência de Nick Diaz:
– Aconteceu o mesmo que aconteceu comigo. Eu também perdi meu voo para cá. Acho que houve o mesmo com ele, não sei.

Treinou pelos dois?
– Não, eu sempre faço isso. Treinei bastante, e a gente está naquela fase de perder peso, né?

Calor do público:
– Estou muito feliz, muito empolgado.

Mais leve:
– Acho que é o carinho das pessoas, por todo esse tempo que fiquei parado. O carinho dos fãs, a forma como estão me recebendo, isso está sendo bastante importante. Me sinto como se estivesse estreando no UFC. Estou bem feliz por isso.

Apoio dos brasileiros no treino aberto:
– Queria agradecer a todos eles, aos que estão no Brasil, e aos críticos também. Quero agradecer a todos, vou dar o meu melhor e tentar vencer a luta.

Reação na volta ao octógono:
– Não sei, vai depender de como começa a luta. Quando tiver o primeiro contato, vou saber.

treino aberto Anderson Silva, spider (Foto: Evelyn Rodrigues)Anderson Silva bate manopla com Luiz Dórea (Foto: Evelyn Rodrigues)

Visita à casa do TUF Brasil em Las Vegas:
– Foi legal, bacana. Os meninos estão bem empolgados. Acho que vai ser bem legal esse TUF. O Shogun é um amigo antigo, a gente já treinou junto e está com a mesma filosofia.

Motivação do TUF:
– É tentar fazer que esses garotos entendam o quanto é importante eles saberem qual é a filosofia das artes marciais e que consigam realizar o sonho deles, que é ser lutador do UFC.

Sentiu falta da adrenalina?
– É bom estar de volta. Me sinto muito em casa no UFC. Estou bem feliz com tudo o que está acontecendo e espero fazer uma boa luta contra o Nick Diaz no sábado.

Dieta:
– No treino aberto a gente treinou um pouquinho mais porque ontem (terça) eu fui no fast food (risos).

Falta de Nick é um desrespeito?
– O Nick faltou porque perdeu o voo. Não é um desrespeito. Os fãs gostariam que ele estivesse aqui, mas ele perdeu o voo, é normal.

Relaxado:
– Estou feliz com a minha volta. Só o fato de estar pisando aqui de novo, depois de tudo o que aconteceu, do ano horrível que passei, tenho que estar feliz e agradecer a Deus, pedir a Ele só para me dar sabedoria para lidar com tudo isso de novo e seguir em frente.

Pensa na perna?
– Não penso mais, isso é passado.

Parte mais difícil do camp:
– A parte mais difícil foi a fisioterapia, para voltar a força da perna, a agilidade dos movimentos. Isso foi um pouquinho mais difícil.

treino aberto Anderson Silva, spider (Foto: Evelyn Rodrigues)Spider se preparando para começar a atividade (Foto: Evelyn Rodrigues)

Melhor vibe da vida:
– Foi um ano em que fiquei com a minha família, com meus filhos e meus amigos de verdade. Alguns vão, outros vêm, os que são reais ficam. Foi isso que aconteceu. Estou muito feliz. Também acho que é a idade, né? A idade também te deixa mais tranquilo (risos).

Equipe grande:
– São as pessoas que sempre estiveram comigo. Alguns não puderam vir. São umas 45 pessoas no total.

Sentimento da família na volta:
– Eles continuam preocupados. O Kalyl, meu filho, não quer (que Anderson continue lutando) de jeito nenhum, aí tive que fugir dele.

Luta mais importante da carreira?
– Acho que neste momento é. Depois que passar, virão outras. Todas elas foram importantes. Esta, neste momento, é a mais importante, sim.

Anderson Silva retorna ao octógono neste sábado, contra Nick Diaz, no UFC 183. O evento terá transmissão ao vivo do Combate a partir de 21h30 (de Brasília). O Combate.com fará o acompanhamento de todos os detalhes em Tempo Real. Na sexta-feira, canal e site transmitem a pesagem oficial a partir das 21h45. Confira o card completo:

UFC 183
31 de janeiro de 2015, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL
Peso-médio: Anderson Silva x Nick Diaz
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Kelvin Gastelum
Peso-leve: Joe Lauzon x Al Iaquinta
Peso-médio: Thales Leites x Tim Boetsch
Peso-meio-médio: Jordan Mein x Thiago Alves
CARD PRELIMINAR
Peso-galo: Miesha Tate x Sara McMann
Peso-médio: Ed Herman x Derek Brunson
Peso-mosca: Ian McCall x John Lineker
Peso-médio: Rafael Sapo x Tom Watson
Peso-pena: Diego Brandão x Jimy Hettes
Peso-médio: Rick Monstro x Ildemar Marajó
Peso-médio: Thiago Marreta x Andy Enz

 

Combate

 

Gol luta para manter título de mais vendido em 2014

volkswagen-lanca-nova-versao-do-gol.Parece que teremos um final de ano emocionante da disputa do título de modelo novo mais vendido do Brasil. Na primeira quinzena de dezembro, o Gol decidiu reagir diante do Palio e assumiu a posição de líder no período, colocando 743 unidades de diferença em relação ao compacto da Fiat. Assim, a diferença entre eles caiu de 1.577 do final de novembro para 834 exemplares.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No entanto, a segunda metade de dezembro terá dois feriados e um naturalmente um movimento fraco de fim de ano e festas, ficando difícil para o Gol vencer a briga com o Palio. Parece que ele não vai querer entregar a posição que manteve por 27 anos sem luta. Bom, vamos ver até o último dia do ano para ver quem leva o título de mais vendido de 2014.

Na terceira colocação ficou o Onix, bem próximo do Palio. HB20, Ka e Uno aparecem logo depois. O Sandero está bem posicionado em sétimo, enquanto o Prisma praticamente ganhou a briga com o Siena, assumindo a posição do sedã da Fiat. O Fox (sem a versão CrossFox) fecha o grupo dos 10 mais vendidos.

Logo depois surge o Corolla em bom 11º lugar, seguido do HB20S que também está em boa fase, assim como o Fit. O Fiesta continua entre os mais vendidos em 14º, seguido pela apagado Voyage, que não consegue voltar ao grupo dos 10. O up! vem na sequência com duas unidades de diferença para o Cobalt. Logan, Celta e Classic fecham os 20 mais emplacados do período.

Veja abaixo os 20 modelos mais vendidos na 1º quinzena de Dezembro:

1)            Gol – 10.403

2)            Palio – 9.660

3)            Onix – 8.945

4)            HB20 – 6.334

5)            Ka – 5.974

6)            Uno – 4.969

7)            Sandero – 4.889

8)            Prisma – 4.793

9)            Siena – 4.650

10)         Fox – 3.925

11)         Corolla – 3.796

12)         HB20S – 3.782

13)         Fit – 3.443

14)         Fiesta – 3.199

15)         Voyage – 3.046

16)         Up! – 2.776

17)         Cobalt – 2.774

18)         Logan – 2.440

19)         Celta – 2.255

20)         Classic – 2.091

 

clickpb

Dia Mundial de Luta Contra a AIDS será discutido em sessão especial na CMJP

 

Dia Mundial da Luta Contra a AidsNesta segunda-feira (01), é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, uma decisão da Assembleia Mundial de Saúde, em 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU). A data, adotada no Brasil a partir de 1988, serve para reforçar a solidariedade, a tolerância e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/AIDS. Para tratar da temática na Capital, tramita na Câmara Municipal de João Pessoa, o requerimento de Nº 079/2014, de autoria do vereador Ubiratan Pereira – Bira (PT), para realização de uma Sessão Especial, prevista para as 15h, do próximo dia 10. A sessão alusiva à data terá como tema: “Desafios atuais para quem vive e convive com AIDS/HIV”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“O preconceito e a discriminação contra as pessoas vivendo com AIDS/HIV continuam sendo as maiores barreiras no combate à epidemia, ao adequado apoio, à assistência e ao tratamento e ao seu diagnóstico. Os estigmas são desencadeados por motivos que incluem a falta de conhecimento, mitos e medos. Por tanto, precisamos encontrar uma forma de quebrarmos os preconceitos contra a doença e seus portadores, e sermos mais solidários do que somos por natureza. E acabar com o preconceito e aumentar a prevenção devem se tornar hábitos diários de nossas vidas”, afirmou o parlamentar.

Sobre a Luta

As campanhas realizadas, explicando as maneiras de contágio e prevenção, também visam diminuir o preconceito em relação aos portadores do vírus HIV, causador da AIDS, descoberto em 1979, pelo Instituto Pasteur, na França. Desde então, a Organização Mundial da Saúde passou a escolher grupos sociais atingidos pela AIDS e definir estratégias para uma campanha com o objetivo de sensibilizar a opinião pública.

Sobre o Vírus

A sigla do vírus em português significa Síndrome da Imunodeficiência Humana. O vírus da AIDS atua como um parasita ao se instalar em uma célula e age como um oportunista, baixando a imunidade das pessoas. Dessa maneira, os portadores podem facilmente ficar doentes, o organismo não consegue se defender sozinho. Assim, as pessoas não morrem de AIDS, mas sim de uma doença que aproveita a baixa do sistema imunológico. A transmissão do vírus não acontece pelo ar ou pelo toque, é necessário que haja condições específicas como relações sexuais sem camisinha, transfusão de sangue contaminado, uso de seringas já utilizadas, etc. A AIDS ainda não tem cura, mas quanto mais cedo à pessoa infectada iniciar o tratamento médico, mais possibilidades de estabilizar a doença e, consequentemente, manter uma boa qualidade de vida.

Assessoria de Imprensa