Arquivo da tag: Luiz Couto

Diário Oficial do Estado traz exoneração de Luiz Couto de secretaria da Agricultura

A edição do Diário Oficial do Governo do Estado (DOE) que circulou neste domingo (25), com data retroativa a última sexta-feira (23), trouxe a exoneração do secretário de Agricultura Familiar do Estado, Luiz Couto (PT).

A decisão, publicada em edição extra, ocorre no mesmo dia que petista anunciou apoio à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) a prefeito de João Pessoa.

Durante o anúncio, Couto chegou, até mesmo, a criticar o governador João Azevêdo (Cidadania) ao acusá-lo de “se aliar a pessoas que mais prejudicaram a gente”

CONFIRA PUBLICAÇÃO

VEJA EDIÇÃO COMPLETA

Diario-Oficial-24-10-2020-SUPLEMENTO

Em entrevistas a setores da imprensa, aliados do governador teriam justificado a decisão ao ressaltar que “Luiz Couto foi desrespeitoso e até debochado com João Azevedo, quando abandonou o cargo de secretário de Agricultura, não comunicou nada ao governo e ainda disse que ia tirar férias, de forma unilateral, para fazer campanha eleitoral”.

O petista chegou a dizer que tiraria férias do cargo, mas sequer chegou a comunicar a decisão ao chefe do executivo.

REVEJA ANÚNCIO

pbagora

 

Secretários Luiz Couto e Geraldo Medeiros não deverão deixar cargos para disputar Prefeituras, revela Nonato Bandeira

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Luiz Couto, e o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, não devem disputar as eleições municipais 2020. O secretário de Comunicação Nonato Bandeira revelou ao Arapuan Verdade desta quarta-feira (3) alguns nomes que entregarão os cargos no Governo do Estado e em outros órgãos para a corrida eleitoral.

Ele não mencionou o nome de Geraldo Medeiros entre os que deixarão o cargo e descartou que Luiz Couto entregue a pasta para disputar o pleito.

Os nomes desses dois secretários estavam sendo bastante sondados para a disputa em João Pessoa e em Campina Grande. Geraldo Medeiros é um médico reconhecido pela gestão do Hospital de Trauma de Campina Grande, onde atuou especificamente até assumir a Secretaria de Gestão da Rede Hospitalar do Estado e depois passar a comandar a Secretaria de Estado da Saúde.

Luiz Couto foi cotado como aposta do PT para as eleições municipais da Capital. No entanto, Nonato Bandeira descartou que ele esteja deixando a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar para concorrer ao cargo de prefeito.

Em algumas entrevistas, o padre já havia negado a possibilidade de disputar o pleito. Da mesma forma, Geraldo Medeiros descartou a possibilidade.

O prazo para desincompatibilização nos cargos termina nesta quinta-feira (4), já que o primeiro turno está marcado para 4 de outubro, exatos quatro meses de intervalo entre as duas datas.

 

clickpb

 

 

Executiva nacional e PT-PB voltam a endossar nome de Luiz Couto para disputar a PMJP

A presidente nacional do PT, Gleissi Hoffman, e a presidente municipal da sigla em João Pessoa voltaram a apontar o nome do ex-deputado federal Luiz Couto (PT) como principal opção da sigla para concorrer às eleições municipais no pleito desse ano.

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, nesta sexta-feira (22), as dirigentes ressaltaram que a sigla tem outros nomes, mas o de Luiz Couto é o com maior aceitação. De acordo com Gleisi, existem bons quadros do partido na capital paraibana, mas o do ex-deputado federal Luiz Couto chega com mais força.

“Resgatar nosso legado no município, dos grandes investimentos de Lula e Dilma nas cidades e conquistar governos que ajudem a apontar o caminho futuro para o desenvolvimento local e o resgate do projeto de governo popular iniciado com Lula, em 2003 é nossa missão”, destacou Gleise

 

PB Agora

 

 

‘Esse padre pode fazer zuada na campanha’, diz Jackson sobre Luiz Couto disputar PMJP

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Jackson Macedo, disse, nesta quarta-feira(11), que o ex-deputado federal Luiz Couto possui um bom perfil para a disputa pela prefeitura de João Pessoa nas eleições deste ano.

Para Jackson, se o PT tiver o mínimo de estrutura o religioso pode surpreender nas eleições. “Se a gente tiver um fôlego, uma ajudazinha, esse padre pode fazer uma zuada na campanha”, avaliou.

Apesar de reconhecer o potencial de Luiz Couto, Jackson Macedo disse que é preciso consultar o ex-deputado sobre a disposição dele em concorrer ao cargo de prefeito. “Ele já disputou o Senado, foi duas vezes candidato a prefeito, foi deputado federal, então temos que saber dele se tem essa disposição para o executivo”, comentou.

paraiba.com.br/

 

 

Líder do PT admite candidatura de Luiz Couto na Capital e vê Congresso avaliando crime de responsabilidade de Bolsonaro

O deputado federal José Guimarães participou neste sábado ao lado do deputado federal Paulo Teixeira de reunião do Partido dos Trabalhadores em Recife e João Pessoa projetando ao final a possibilidade da candidatura do ex-deputado Luiz Couto à Prefeitura da Capital.

Ele revelou à reportagem da Revista NORDESTE que o Congresso Nacional discutirá no decorrer da próxima semana os crimes de responsabilidade cometidos pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, entre eles o vídeo estimulando reações contra o Congresso e STF.

– O Congresso tem muitos assuntos sérios para decidir na proxima semana a partir da derrubada do veto do presidente à emenda impositiva que precisa se efetivar, bem como os vários crimes de responsabilidade produzidos pelo Presidente, logo a consequência de medidas em torno do Impeachment também serão analisados – frisou.

GOVERNOS REAGEM CONTRA MOTIM DE PMs – José Guimarães informou que o governador Camilo Santana com apoio de diversos governadores aprovou medida urgente na Assembléia Legislativa do estado consolidando a punição dos amotinados sem possibilidade de anistia.

– O Governo do Ceará trabalha para resolver o Motim nos próximos dias diante do apoio dos governadores de reforçarem a segurança do Ceará para implodir a crise – disse ele acrescentando “que o presidente Bolsonaro só reagiu renovando a presença das forças federais depois que governadores apoiaram Camilo Santana até enviando tropas, se necessário”.

MORO NADA FEZ – O líder petista comentou que o ministro Sérgio Moro durante todo motim dos PMs no Ceará “apenas foi a Fortaleza fazer uma foto sem se envolver como devido para construir uma solução, pois o Governo conta com vários apoiadores ao movimento militar”.
Para ele, o ministro não se esforça nem age para resolver o problema pelo envolvimento de agentes do Governo apoiando o motim.

 

Por Walter Santos

 

 

Na reta final da campanha, Lula escreve nova carta à Paraíba e reforça importância de ter Luiz Couto no Congresso

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) encaminhou, nesta segunda-feira (1), nova nova carta direcionada ao povo da Paraíba. No texto, ele agradece pelo apoio dos paraibanos que, de acordo com as pesquisas de intenção de votos, deverão votar em sua maioria no candidato a presidente do PT, Fernando Haddad.

Lula lembrou ainda a importância da eleição de Luiz Couto (PT) como senador em um cenário tendo Haddad como presidente.

Segundo Lula, a eleição de Luiz Couto é fundamental para fazer o Brasil voltar a sonhar, ao lado de Haddad.

Confira a íntegra do documento:

Em nova carta à Paraíba, Lula diz que Luiz Couto é fundamental para ajudar o Brasil voltar a sonhar

 

PB Agora

 

Luiz Couto diz que Temer faz “chantagem explícita” com políticos para aprovar Reforma da Previdência

O deputado federal Luiz Couto (PT) cobrou do Governo Federal o pagamento dos grandes devedores da Previdência.  O rombo ultrapassa os R$ 400 bilhões. Segundo o deputado, as maiores dívidas não cobradas são da Varing (empresa falida) e da JBS.

De acordo com o deputado, não há rombo na Previdência, o que há é uma ineficiência na cobrança dos devedores.

A expectativa do governo é votar já em janeiro a matéria, e luta para conseguir os 308 votos necessários para a aprovação. “No dia 19 de fevereiro está marcado para começar a discussão. Em janeiro não entra, eles podem querer falar depois do Carnaval. O Brasil só funciona plenamente depois do Carnaval”, disse Couto.

Luiz Couto chamou de “chantagem explícita” a condicionante imposta pelo presidente Michel Temer de só liberar recursos aos municípios se a reforma for aprovada.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PT garante coligação com PSB em 2018 e apresenta Luiz Couto como pré-candidato ao Senado

O diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba se reuniu na noite desta quarta-feira (20) e emitiu uma resolução estabelecendo as diretrizes políticas que serão adotadas em 2018 e ratificou a pré-candidatura do deputado federal Luiz Couto ao Senado. O partido também firmou a intenção de permanecer compondo aliança com o PSB, declarando o apoio à candidatura do pré-candidato a governador, João Azevêdo.

O presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo ressaltou que “o PT faz parte de um bloco progressista na Paraíba e vai permanecer nele. Logicamente se não houver mudança de conjuntura em 2018, o PT compõe uma chapa progressista com o PSB e outros partidos”.

Em relação à intenção do partido de lançar Luiz Couto ao Senado, Jackson considera que a candidatura é importante para a representatividade do partido no Congresso. “O PT quer apresentar essa alternativa ao campo progressista paraibano porque definitivamente precisamos eleger um senador de esquerda na Paraíba. E logicamente trabalhar com a chapa proporcional, eleger Lula, um senador do PT, aumentar nossa bancada na Assembleia Legislativa e manter nossa representação no Congresso Nacional”, afirmou Jackson.

A resolução aprovada na reunião da Executiva é pautada em análises da conjuntura nacional e estadual, situando o partido nesse contexto. O documento aponta que a conjuntura brasileira está passando por um momento de mudanças profundas, refletidas na perda de apoio dos golpistas e a retomada das forças do campo progressista no cenário político. Esse momento, conforme o texto, se dá em face da grave situação econômica do país, precarizando os direitos dos trabalhadores; as denúncias de corrupção envolvendo o presidente ilegítimo Michel Temer e outros líderes da direita conservadora, bem como a agenda de reformas ultraliberais.

Na reunião também foi pontuada como prioritária a solidariedade ao presidente Lula, que será julgado por acusações das quais não há provas, no dia 24 de janeiro no TRF-4, em Porto Alegre. A partir de janeiro, todos os diretórios estaduais do PT no país farão as inaugurações dos comitês em defesa da democracia e da candidatura do presidente Lula. Na Paraíba, o lançamento do comitê estadual será no dia 13 de janeiro, em João Pessoa. No dia 24 do próximo mês, caravanas de todo o país também estarão em Porto Alegre para prestar solidariedade a Lula. “A Paraíba vai participar desse evento e também organizar atividades na capital e em outros municípios do Estado. Já começamos a pensar sobre isso e definimos uma comissão de organização desse evento”, comunicou Jackson Macedo.

O texto da resolução aprovada lembra que o povo brasileiro já demostrou que está ao lado do Presidente Lula e que impedir sua candidatura é a prova cabal do julgamento político que o partido vem sofrendo do Judiciário. “Lula deve ser candidato porque nele está depositada a esperança de milhões de brasileiros e brasileiras por um novo tempo em nosso país”, diz o texto. “Lula é o plano A, B e C do PT para 2018. É o nome dele que simboliza um projeto de desenvolvimento nacional e de inclusão dos mais pobres. Qualquer discussão em torno das eleições de 2018 nos Estados passa pela questão nacional e por como se posicionam as forças políticas locais [em relação ao governo] Temer e sua agenda. É hora de se ter posições claras”, observa outro trecho.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Na Câmara, Luiz Couto parabeniza padre Adauto por declaração contra Temer na missa

Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), Luiz Couto (PT-PB) elogiou a atitude do Padre Adauto, da Paróquia de Pirpirituba. Na semana passada, o religioso falou sobre a crise política brasileira e chegou a citar nominalmente os deputados nos quais os

católicos não devem votar.

“O Padre Adauto é um homem que tem uma sensibilidade muito grande com aquilo que acontece no meio do povo. Indignado com a situação daqueles que votaram pela não investigação do Presidente da República Michel Temer, ele se manifestou em uma celebração, revelando o nome dos paraibanos que foram infiéis à vontade do povo, que queria o afastamento do Presidente Michel Temer”, disse Couto.

O parlamentar petista parabenizou o colega de batina e ressaltou que ele exerceu um papel importante. “A população o aplaudiu naquele momento porque não aceita que haja dois pesos e duas medidas porque muitos parlamentares disseram: sou contra a corrupção, mas o Presidente vai ser julgado depois, quando ele sair.

Ora, esse é o reconhecimento de que, de fato, as denúncias são robustas, são gravíssimas. Não há como não votarmos quando chegar a nova denúncia para o afastamento do Presidente Michel Temer, para que, de fato, o povo brasileiro possa saber que, no Brasil, quem comete crime tem que ser punido, tem que ser julgado, tem que ser condenado, tem que pagar a pena. E, na justiça, vai ter o direito ao contraditório, vai ter o direito à defesa”, declarou Luiz Couto.

Para o deputado petista, é um motivo de honra o discurso do Padre Adauto: “Ele é um homem de muita fé e está antenado com as questões do nosso País e o Brasil precisa ter cada vez mais pessoas como ele, que trabalham na perspectiva de fazer com que o país possa ter um quadro diferente, condenando aqueles que cometem crimes”.

A recomendação do Padre Adauto, de Pirpirituba, foi para que os eleitores não mais votem em Aguinaldo Ribeiro, André Amaral, Benjamin Maranhão, Efraim Filho, Hugo Motta, Rômulo Gouveia e Wilson Filho. A referência foi ao fato dos seis primeiros terem votado contra a investigação a Michel Temer, enquanto o último não compareceu à sessão e alegou ter perdido o voo para a capital federal.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Luiz Couto prevê nova fase de resistência contra privatização do BB e CEF

O deputado federal Luiz Couto declarou em entrevista ao WSCOM, nesta sexta-feira (21) que a luta contra o Governo Temer precisará ser ampliada para impedir a nova fase de privatização do Banco do Brasil , Caixa Econômica Federal entre outros.

– Este é um momento a exigir mais luta, disse o deputado durante o ato pelas “Diretas Já” no Ponto de Cem Réis.

Walter Santos

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br