Arquivo da tag: lugar

Lula segue em primeiro lugar, aponta Datafolha

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) cresceu e aparece no segundo lugar da corrida para a Presidência em 2018, empatado tecnicamente com a ex-senadora Marina Silva (Rede).

É o que aponta a primeira pesquisa Datafolha após a divulgação de detalhes da delação da Odebrecht, que atingiu em cheio presidenciáveis tucanos –que veem o prefeito paulistano, João Doria (PSDB), surgir com índices mais competitivos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por sua vez, mantém-se na liderança apesar das menções no noticiário recente da Lava Jato.

O Datafolha fez 2.781 entrevistas, em 172 municípios, na quarta (26) e na quinta (27), antes da greve geral de sexta (28). A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O deputado Bolsonaro, que tem posições conservadoras e de extrema direita, subiu de 9% para 15% e de 8% para 14% nos dois cenários em que é possível acompanhar a evolução. Nesses e em outros dois com candidatos diversos, Bolsonaro empata com Marina.

Ele é o segundo nome mais lembrado de forma espontânea, com 7%. É menos que os 16% de Lula, mas acima dos 1% dos outros.

Com uma intenção de voto concentrada em jovens instruídos e de maior renda, Bolsonaro se favorece da imagem de “outsider” com baixa rejeição (23%) e do fato de que o Datafolha já registrava em 2014 uma tendência conservadora no eleitorado.

Ele parece ocupar o vácuo deixado por lideranças tradicionais de centro-direita do PSDB, golpeadas na Lava Jato, confirmando a avaliação de que há espaço para candidaturas que se vendam como antipolíticas em 2018.

O senador Aécio Neves (MG), que terminou em segundo em 2014 e hoje é investigado sob suspeita de corrupção e caixa dois, é o exemplo mais eloquente da crise tucana. É tão rejeitado quanto Lula: não votariam nele 44%, contra 30% no levantamento de dezembro passado. Sua intenção de voto oscilou de 11% para 8%, quando era de 26% no fim de 2015.

Já o governador Geraldo Alckmin (SP) viu sua rejeição pular de 17% para 28%, e sua intenção de voto oscilou para baixo, de 8% para 6%. Até a delação da Odebrecht, em que é suspeito de receber R$ 10,7 milhões em caixa dois, ele passava relativamente ao largo da Lava Jato.

Marina, com “recall” de candidata em 2010 e 2014, registra tendência de queda nos cenários de primeiro turno. Para o segundo turno, ela segue na liderança, mas empata tecnicamente com Lula.

O ex-presidente mostra resiliência enquanto surgem relatos de sua relação com a construtora OAS e tendo a possibilidade de ficar inelegível se for condenado em duas instâncias na Lava Jato.

Nos dois cenários aferíveis, suas intenções subiram para 30%, saindo de 25% e 26%.

Lula atinge assim o terço do eleitorado que era considerado, antes da debacle do governo Dilma Rousseff, o piso de saída do PT. Parte do desempenho pode estar associado à vocalização da oposição ao governo Michel Temer (PMDB), impopular.

Já na pesquisa de segundo turno, Lula derrota todos exceto Marina e um nome que não havia sido testado até agora: o do juiz Sergio Moro, que comanda processos contra o ex-presidente na primeira instância da Lava Jato.

Sem partido, Moro supera Lula numericamente, com empate técnico: 42% a 40%. No cenário de primeiro turno em que é incluído, o juiz chega tecnicamente em segundo. Neste cenário, o apresentador Luciano Huck (sem partido, mas sondado pelo Novo), estreia com 3%.

Outro neófito na pesquisa é Doria, que tem tido o nome cada vez mais citado como pré-candidato ao Planalto. Ele ultrapassa seu padrinho Alckmin, ainda que dentro da margem de erro. E tem duas vantagens importantes: ainda não é um nome nacionalmente conhecido e tem baixa rejeição, de 16%.

Na hipótese de ser o candidato tucano com Lula, Doria pontua 9% no quarto lugar. Sem Lula, sobe para 11% mas fica na mesma posição, ultrapassado por Ciro Gomes (PDT) –que tenta se posicionar como nome da esquerda caso o petista não concorra. No segundo turno, Doria perderia para Lula, Marina e Ciro.

Folha de São Paulo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Detento é aprovado em 1º lugar em curso de biblioteconomia da UFPB

 (Foto: João Rosas/Arquivo Pessoal)
(Foto: João Rosas/Arquivo Pessoal)

O detento Rodrigo Antônio Monteiro, de 38 anos, foi aprovado em primeiro lugar, com média 591,82, para o curso de biblioteconomia na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através das 14 vagas reservadas para cotistas, por meio da realização do Enem Para Privados de Liberdade (Enem-PPL) em 2016. O detento está preso há cinco anos e cumpre pena de 31 anos por roubo e abuso sexual.

De acordo com o diretor do presídio, João Rosas, o mesmo preso foi aprovado também em primeiro lugar para o curso de Letras no ano anterior, usando a nota do Enem 2015 e através do Sistema de Seleção Unificado (Sisu), mas a burocracia o impediu de fazer o curso presencial.

O preso cumpre pena há dois anos na penitenciária Geraldo Beltrão, mas já passou por outros presídios do sistema carcerário da Paraíba. A penitenciária dispõe de um sistema de ensino, onde uma cela foi transformada em biblioteca e sala de aula, proporcionando a ressocialização através da leitura e do estudo.

Para João Rosas, “a grande questão agora é para tornar esse sonho realizado”, declarou. A direção da penitenciária quer que o detento consiga, pelo menos, fazer o curso de Educação à Distância. Com inscrição para o ProUni realizada, é possível que, desta vez, Rodrigo consiga realizar o sonho do ensino superior.

“De toda forma a gente vai fazer a matrícula dele na quinta-feira, no curso de biblioteconomia”, disse o diretor. A penitenciária agora aguarda a documentação original do detento que deve ser entregue pela família. “Acredito que para o Ensino à Distância vamos conseguir”, ressaltou.

Segundo o diretor, a reação do candidato foi de surpresa, mas também de felicidade, ao ser mais uma vez aprovado, mesmo estando privado da liberdade. “Ele tem muita esperança de, efetivamente, poder cursar”, declarou João Rosas.

Detento foi aprovado em primeiro lugar das 14 vagas reservadas para modalidade de cotas (Foto: Reprodução/Sisu)Detento foi aprovado em primeiro lugar das 14 vagas reservadas para modalidade de cotas (Foto: Reprodução/Sisu)

Processo de inscrição
A inscrição do detento no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os Privados de Liberdade é realizada, primeiramente, através de um formulário físico encaminhado em seguida para a coordenadora de educação da Gerência de Ressocialização do Estado. No entanto, no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) quem inscreve é o diretor da penitenciária, João Rosas.

Quando começa o prazo para a escolha do curso, com a divulgação diária das notas de corte, o resultado de cada detento é analisado individualmente e as opções vão sendo verificadas. “Levamos ao conhecimento deles e eles fazem as escolhas”, explicou João.

Mais aprovações
Além do detento aprovado em Biblioteconomia, mais três aprovações aconteceram no sistema penitenciário da Paraíba. Um detento da Penitenciária Raimundo Asfora (Serrotão) foi selecionado para o curso de Letras na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), com média 659,08. Outro detento, com média 606,52, da Penitenciária Desembargador Flóscolo da Nóbrega (Roger), foi aprovado no curso de Física da UFPB. Dentre os presos aprovados, uma mulher também foi selecionada, com média 616,10, para o curso de pedagogia na UEPB.

Cela foi transformada em sala de aula e biblioeteca na Penitenciária de Segurança Máxima Geraldo Beltrão (Foto: João Rosas/Arquivo Pessoal)Cela foi transformada em sala de aula e biblioeteca na Penitenciária de Segurança Máxima Geraldo Beltrão (Foto: João Rosas/Arquivo Pessoal)

O Enem-PPL recebeu 852 inscrição na Paraíba, no entanto, apenas 44 se inscreveram no Sisu. De acordo com a Gerência de Ressocialização do Estado, 24 reeducandos conseguiram atingir nota para certificação do ensino médio. “Para garantir essa certificação é necessário [atingir] 450 pontos em cada área de conhecimento e 500 pontos na redação”, explicou a gerente do órgão, Ziza Maia.

*Sob supervisão de Taiguara Rangel

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Flamengo bate o Santos, ‘rouba’ 2º lugar e fica a uma vitória do vice

O Flamengo só depende de suas forças para ficar com o vice-campeonato brasileiro de 2016. O time carioca levou a melhor sobre o Santos na tarde deste domingo, no Maracanã, venceu o duelo da 37ª rodada da Série A por 2 a 0 com gols de Guerrero e Diego e agora só precisa de uma vitória para garantir o segundo lugar da competição nacional.

A vitória leva o Flamengo a 70 pontos, contra 68 do Santos, que cai para terceiro. Quem ficar com o vice-campeonato terá em seus cofres R$ 3,4 milhões a mais na conta, já que o segundo colocado leva R$ 10,7 milhões, enquanto o terceiro fatura R$ 7,3 milhões.

Na última rodada, porém, o Santos, teoricamente, terá vida mais fácil que a do Flamengo. Enquanto o time da Vila Belmiro recebe o já rebaixado América-MG, o Flamengo visita o Atlético-PR, melhor mandante do Brasileiro e que ainda briga por Libertadores, na Arena da Baixada. Os jogos, assim como todos da 38ª rodada, acontecem às 17h do próximo domingo.

Festa no Maracanã, e no Allianz

Gilvan de Souza / Flamengo

Um gol de Guerrero – aproveitando saída errada do Santos –  logo aos 4min deixou não só o Maracanã em festa, mas principalmente o Allianz Parque, já que o gol do atacante rubro-negro deixava o Palmeiras ainda mais perto do título brasileiro. Para evitar o taça palmeirense, o Santos precisava então de pelo menos dois gols, que não vieram. A festa ficou completa, nos dois estádios, com o golaço de Diego já aos 39min do segundo tempo.

Flamengo melhor. Santos tem a bola, mas não produz

Apesar de ficar com a bola a maior parte do jogo, o Santos pouco produziu. O Flamengo, por sua vez, desde o apito inicial foi mais perigoso, especialmente aproveitando a velocidade nos contra-ataques. Dorival Júnior tentou deixar o time mais criativo, colocando Léo Cittadini e depois o prata da casa Arthur Gomes. Mas não adiantou.

Quem foi bem: Diego

Diego atuou pela primeira vez contra o Santos desde que deixou o clube da Vila Belmiro, em 2004, para se transferir para o Porto, de Portugal. E não decepcionou. O meia chamou o jogo, apareceu bem na maioria dos ataques, foi alvo de várias faltas santistas e, já no fim, marcou um golaço.

Quem foi mal: Vitor Bueno

Desde que se recuperou de uma lesão muscular na coxa, Vitor Bueno ainda não conseguiu reencontrar o bom futebol. Discreto, acabou substituído no início do segundo tempo.

Rafael Vaz chora após ser substituído

O zagueiro flamenguista sofreu uma falta de Ricardo Oliveira logo no começo do segundo tempo, caiu de mau jeito e precisou ser substituído com dores no ombro. Ele recebeu tratamento imediato no banco de reservas, foi imobilizado e seguiu para o vestiário chorando.

Garantido no G-3

Com a vitória do Flamengo e a derrota do Atlético-MG para o São Paulo, o time carioca se garantiu ao menos no G-3 do Campeonato Brasileiro. Com isso, entrará na próxima Libertadores, assim como o Santos, já na fase de grupos.

Primeira vitória no Maracanã em 2016

Depois de três tropeços consecutivos dentro do Maracanã (empates contra Corinthians, Botafogo e Coritiba), o Flamengo enfim voltou a vencer em seu estádio.

Juiz ‘caseiro’ segue invicto para os mandantes

Ainda antes da partida, o Santos se mostrou preocupado com a escalação do árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO) para a partida deste domingo. Isso porque, até então, nenhum time visitante havia vencido em jogos apitados por ele: eram cinco vitórias dos anfitriões e dois empates. E a história se repetiu no Maracanã, com mais um triunfo do time mandante.

FLAMENGO 2 X 0 SANTOS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27/11/2016 (domingo)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Auxiliares: Alessandro R. de Matos (BA – Fifa) e Bruno R. Pires (BA – Fifa)
Cartão amarelo: Diego (Flamengo)
Público e renda: 33.924 pagantes; 37.615 presentes / R$ 1.601.982,00
Gols: Guerrero, aos 4min do primeiro tempo; Diego, aos 39min do segundo tempo

FLAMENGO
Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz (Juan) e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Gabriel (Fernandinho), Everton e Guerrero (Leandro Damião)
Técnico: Zé Ricardo

SANTOS
Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Yuri e Zeca; Renato (Arthur Gomes) , Thiago Maia e Lucas Lima; Victor Bueno (Leo Cittadini), Copete e Ricardo Oliveira
Técnico: Dorival Júnior

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Samuka Duarte defende atuação de advogado: “Machado, bote a cabeça no lugar”

samukaApresentador de programa de rádio e televisão do Sistema Correio de Comunicação, Samuka Duarte gravou áudio que está circulando nos grupos de WhatsApp, em que diz ser contra a atitude de seu colega Emerson Machado em criticar o advogado Bruno Deriu.

De Acordo com Samuka, o seu colega responde pelos seus atos e defendeu o advogado em atuar na defesa do cliente, independente do crime.

“O advogado está no papel dele, eu respeito o advogado e não sou a favou de tudo que Machado faz. Todo advogado estuda para defender o seu cliente, quando é contratado. Machado, bote a cabeça no lugar, vamos fazer o trabalho correto. Cada um no seu quadrado”, diz Samuka.

O caso

A OAB/PB emitiu uma nota no final da manhã desta quarta-feira (23), repudiando o tratamento dado pelo radialista Emerson Machado, conhecido por Mofi, ao advogado de defesa dos acusados da morte da vendedora Viviany Crislei, Bruno Augusto Deriu, durante apresentação na Central de Polícia, nesta terça-feira (22).

De acordo com a nota, o advogado foi alvo de achincalhes por parte do radialista, durante reportagem policial transmitida pela TV. A OAB ressalta a atitude preconceituosa do comunicador com o profissional no exercício da função e afirma que vai adotar medidas cabíveis para reparação do ato.

A nota é subscrita pela diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba, pelo Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba e pela Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional da Paraíba.

portal25horas

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Paraibano Petrúcio Ferreira sai do último lugar e conquista terceira medalha

petrucio-ferreiraQuando viu, pela televisão, o que tinha acabado de fazer na final dos 400m T47 (para amputados), nem Petrúcio Ferreira acreditou. Depois de ser o último atleta a fazer a curva que antecede a linha de chegada, Petrúcio imprimiu, nos últimos metros, uma arrancada fantástica e absolutamente inesperada para ficar com a prata – a terceira medalha em três provas que competiu. “Se eu tivesse ali mais ou menos uns dois metros até a linha de chegada, quem sabe eu não teria beliscado o ouro”, calcula o campeão e recordista mundial nos 100m e dono de uma medalha de prata no revezamento 4x100m T42-T47, ao lado de Yohansson Nascimento, Alan Fonteles e Renato Nunes.

O ouro realmente não veio por uma questão de centésimos – oito, para ser mais exato. O cubano Ernesto Blanco venceu com o tempo de 48.79, enquanto Petrúcio marcou 48.87. O austríaco Gunther Matzinger, que já tinha encaminhado o segundo lugar, acabou sendo pego de surpresa pelo ritmo alucinante do brasileiro terminou em terceiro, com 48s95. “Foi em um piscar de olhos. Muitos pensavam que eu não estava chegando, mas, durante a corrida, eu vinha pensando que eu chegaria neles. E quanto mais eu pensava, mais eu me aproximava deles”.

Especialista em provas curtas, Petrúcio correu os 400m pela segunda vez em sua meteórica carreira. Antes da prata nas Paralimpíadas, só tinha percorrido a distância no evento-teste do atletismo, justamente para chegar ao índice que garantiu sua classificação para os Jogos. “Não é minha prova. Ainda não gosto de correr os 400m e prefiro correr os 100m e os 200m. Como não teve os 200m, tive que migrar para os 400m. Eu estava inscrito nela e tinha que dar o meu melhor. Ontem [16] eu me classifiquei e o pensamento era de que eu iria me superar e fazer melhor do que eu já tinha feito”, diz.

A desvantagem para os adversários mais calejados na distância foi encurtada com frieza, precisão e calculismo impressionantes para quem está há apenas dois anos no atletismo. “Uma das minhas estratégias foi me poupar nos primeiros 200m da prova para soltar toda a energia que eu economizei nos metros finais e tentar buscar medalha. Foi um pouco difícil de colocar em prática, porque com o grito da torcida em um Engenhão lotado, você quer ir de qualquer jeito para chegar em primeiro. Eu tive que manter a calma e correr tudo aquilo que eu treinei, para que fluísse durante a prova”, explica. “Se eu tivesse arrancado um pouquinho antes, talvez tivesse faltado fôlego para os últimos metros e nem com a prata eu teria ficado”.

Nova geração

Expoente da nova geração do atletismo paralímpico do Brasil, Petrúcio, de apenas 19 anos, diz que, apesar de se despedir do Rio de Janeiro com três medalhas, ainda está longe de atingir o seu ápice. “Qualquer treinador costuma me dizer que eu ainda estou na base. Sou iniciante. Ainda preciso melhorar alguns fundamentos, como corrigir a passada, uma elevação de joelho, a movimentação do braço. Creio que daqui a quatro anos eu consiga melhorar mais ainda a minha performance”.

O menino de São José do Brejo do Cruz, no interior da Paraíba, perdeu parte do braço esquerdo em um acidente com uma máquina de moer capim, quando tinha dois anos de idade. Ele tentava imitar o pai, que usava o equipamento antes de começar a alimentar as vacas da fazenda em que viviam. A velocidade de Petrúcio o levou trocar as quadras de futsal pelas pistas de atletismo, chegando a resultados maiúsculos em muito pouco tempo: “Correr me deixa feliz. Apesar de ser alto rendimento, eu entro na pista para brincar. Quem nunca brincou de apostar corrida? Eu entro na pista com essa leveza e preparado para dar o meu melhor”.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Brasil sofre, mas bate Colômbia e sobe para 2º lugar com Tite

neymarO Brasil sofreu, chegou a ver a Colômbia ameaçar a virada, mas conseguiu vencer o jogo e manter o aproveitamento de 100% sob o comando de Tite. Com gols de Miranda e Neymar, os donos da casa fizeram a festa do público presente em Manaus, na noite desta terça-feira (6), na 8ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Marquinhos fez gol contra no fim do 1º tempo.

A segunda vitória consecutiva já fez a arquibancada voltar a gritar que “o campeão voltou”, assim como aconteceu na final olímpica. A equipe de Tite mostrou um futebol ofensivo durante todo o primeiro tempo e sofreu um pouco mais no segundo tempo porque desperdiçou chances de matar a partida ainda no primeiro tempo. Vale destacar que a seleção pentacampeã ainda não havia vencido duas partidas seguidas na busca por uma vaga na Rússia.

Além de ter feito o gol no segundo tempo, Neymar apareceu bem e sofreu muito com a dura marcação colombiana. No intervalo, inclusive, se irritou com os adversários. Jesus, destaque do jogo contra o Equador, não foi tão acionado e acabou substituído por Taison. Essa foi a primeira vez que um técnico vence as duas primeiras partidas comandado a seleção desde 1981, quando Telê Santana conseguiu o feito.

O resultado faz o Brasil chegar aos 15 pontos e dividir a vice-liderança com a Argentina, que só empatou com a Venezuela. A Colômbia, por sua vez, cai para a 5ª colocação, com 13 pontos. O líder é o Uruguai, que tem 16 e atropelou o Paraguai.

O Brasil volta a se concentrar no início de outubro para enfrentar a Bolívia, em Natal, pela 9ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Depois, vai para a Venezuela enfrentar os donos da casa no dia 11 de outubro.

Treino reflete no primeiro minuto

“Nem o mais otimista torcedor imaginava um começo de jogo assim”. A frase de Galvão Bueno reflete bem o que foi o início da seleção brasileira. Nos primeiros 15 minutos, a seleção sufocou a Colômbia. Não só com o gol de bola parada com a cabeçada de Miranda, insistentemente treinada por Tite, mas pelo domínio de bola. Os colombianos não conseguiram chegar perto de assustar o Brasil, que, por sua vez, exibiu um futebol leve, de toque de bola e de fácil chegada no ataque adversário.

Neymar volta a sofrer com a marcação colombiana

Após quatro faltas duras sofridas no primeiro tempo, tendo sido aplicada a lei da vantagem em uma delas, Neymar não demorou a se irritar com os já antigos rivais colombianos. No final do primeiro tempo, o atacante foi se proteger de uma entrada da defesa adversária com a perna mais alta e acabou agredindo o adversário. Ao sair do campo no intervalo, ainda de cabeça quente, bateu boca com o quarto árbitro na entrada do túnel que dá acesso aos vestiários.. Vale lembrar que na Copa do Mundo ele teve a lesão na vértebra contra o mesmo rival. Na Copa América, se envolveu em outra confusão que o suspendeu por quatro partidas.

Gol contra foi única tentativa da Colômbia

A Colômbia tentou o gol em uma ocasião. E conseguiu com um gol contra. Em cruzamento na área, Marquinhos desviou e colocou contra a própria meta, sem nenhuma chance para Alisson defender. Durante os 45 minutos, foi só assim que os adversários tiveram a chance. A resposta foi imediata. Gabriel Jesus fez pivô para Neymar, que deu belíssimo chute, mas viu Ospina fazer defesa melhor ainda.

Neymar: “Eu estou aqui!”

O Brasil sofreu no segundo tempo. Chegou a se ver envolvido por toque de bola do adversário, especialmente após a entrada de Cuadrado. Tite resolveu responder com a escalação de Giuliano no lugar de Paulinho. A solução foi prender a bola e trabalhar vbastante até a hora de finalizar. Foi assim que Neymar chutou cruzado do lado esquerdo para o direito e não dar chances para a defesa de Ospina. Foi o gol a da vitória e a comemoração copiada de Cristiano Ronaldo: “Eu estou aqui!”. A Colômbia pressionou nos momentos finais e assutou a torcida, mas não fez o suficiente para empatar.

Paulinho suspenso

Paulinho foi a surpresa da lista de Tite para as Eliminatórias da Copa do Mundo. E já não poderá estar na próxima rodada, contra a Bolívia. Ele tomou um cartão amarelo contra o Equador e outro nesta terça contra a Colômbia. Daniel Alves e Miranda, que também estavam pendurados, não sofreram cartão amarelo.

Cadeiras vazias

Apesar de todo o carinho da torcida durante os dias em Manaus, a seleção não teve estádio lotado nesta terça. Muitas cadeiras, especialmente no setor superior atrás dos gols estavam vaziais. Mais de cinco mil ingressos “encalharam” nas bilheterias. O fato é algo incomum nos jogos do Brasil em casa. Com ingressos mais baratos a R$ 200 (meia a R$ 100), a CBF foi alvo de críticas e chegou a correr o risco de levar o jogo para a Arena Amazônia por conta de uma ação judicial que determinava a redução dos preços – o que não ocorreu.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 x 1 COLÔMBIA

Data e hora: 06/09/2016 (terça-feira)
Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Árbitro: Patricio Lostau (Argentina)
Auxiliares: Ivan Núñez e Gustavo Rossi (ambos da Argentina)
Cartões amarelos: Medina (COL); Paulinho, Neymar, Marcelo e Giuliano (BRA)
Gols: Miranda, no 1º min do 1º T; Marquinhos, contra, aos 36 min do 1º T; Neymar, aos 28 min do 1º T

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Marcelo; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho (Giuliano), Willian (Philippe Coutinho) e Neymar; Gabriel Jesus (Taison)
Técnico: Tite

COLÔMBIA: Ospina; Stefan Medina, Óscar Murillo, Jeison Murillo e Farid Díaz; Carlos Sánchez, Macnelly Torres (Cuadrado), Wilmar Barrios e James Rodríguez; Muriel e Bacca (Martínez)
Técnico: Jose Pékerman

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

TRE-PB atinge terceiro lugar no ranking nacional da biometria

treO Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), comemora, nesta quinta-feira (10), a conquista do terceiro lugar geral no ranking nacional da biometria, divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o presidente do TRE-PB, desembargador João Alves, o ranking é uma competição sadia e o maior beneficiado é o eleitor.

Nesta quinta, a Justiça Eleitoral paraibana registrou o percentual de 54.25% do objetivo da revisão eleitoral com coleta de dados biométricos, que corresponde a  493.953 eleitores cadastrados até o momento.

Para o eleitor que ainda não realizou o cadastramento biométrico, o desembargador João Alves alerta que, além de obrigatório, o cadastro é de extrema importância para garantir a lisura do processo eleitoral.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A biometria leva cerca de 12 minutos para ser concluída no cartório ou no posto de atendimento biométrico. Mesmo quem não é obrigado a votar – pessoas com mais de 70 anos de idade, analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos – devem fazer o cadastramento.

O não cumprimento desta obrigação acarretará
no cancelamento do título eleitoral, suspensão do CPF, bloqueios de conta bancária, de auxílios sociais (como o bolsa família e o auxílio creche), dentre outros prejuízos.

 

Ascom

Preso em PE suspeito de articular ataques a bancos da PB e ocupar lugar de ‘Beira-Mar’

Divulgação/ Secom PB Operação foi comandada pelo GOE
Divulgação/ Secom PB
Operação foi comandada pelo GOE

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo de Operações Especiais (GOE), prendeu, nessa quarta-feira (22), em operação realizada na cidade de Santa Cruz do Capibaribe (Agreste pernambucano, a 190 km de Recife), um homem suspeito de chefiar uma quadrilha especializada em assaltos a bancos.

Segundo a polícia, José Ricardo de Souza Silva, conhecido como ‘Seu Chico’ ou ‘Nogueira’, ocupava o espaço deixado por um criminoso conhecido como Gilson Beira-Mar, atualmente recluso em presídio federal e investigado por vários crimes, dentre eles ataques à instituições bancárias e tráfico de drogas.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O trabalho da equipe do GOE contou com dois meses de investigações e desarticulou a organização criminosa que atuava sob a liderança de Seu Chico, um dos principais articuladores de explosões a banco na Paraíba. Antes da prisão de José Ricardo, outros integrantes da quadrilha foram presos no dia 15 de julho, na Paraíba e nos estados do Maranhão e Piauí.

Ainda conforme a polícia, José Ricardo é apontado como um dos assaltantes mais procurados do Nordeste. Ele é investigado desde 2008, porém nunca havia sido preso. A operação que prendeu o suspeito recebeu o nome ‘Phantom’, que significa ‘fantasma’, em inglês.

Nesta quinta-feira (23), o delegado geral de Polícia Civil da Paraíba, João Alves, o delegado titular do GOE, Allan Terruel, e a adjunta Karina Torres apresentam detalhes da investigação e prisão do suspeito, em coletiva na sede do Grupo de Operações Especiais, em João Pessoa.

Portal Corrreio

Paraíba figura em 9º lugar na lista dos estados onde as pessoas são mais imprudentes no trânsito

acidenteUm levantamento feito com base na Pesquisa Nacional de Saúde 2013, elaborada pelo IBGE, apontou os estados brasileiros nos quais acontecem mais acidentes no trânsito e a falta do uso de equipamentos de segurança como cinto e capacete. No ranking, a Paraíba apareceu em nono lugar na lista de lugares onde as pessoas são mais imprudentes no trânsito.

Os acidentes de trânsito são uma das principais causas de morte no Brasil. Mesmo assim, tem muita gente que anda de carro sem cinto de segurança, ou pior, pilota uma moto sem usar capacete.

A escala no ranking começa do estado onde mais se registrou acidentes e, dos dez primeiros lugares, seis são de estados no Nordeste. O primeiro da lista é Piauí, seguido do Maranhão e Ceará. A Bahia figura no sétimo lugar, em nono vem a Paraíba e Sergipe em décimo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Na Paraíba, os dados indicam que apenas 67% da população usa cinto de segurança no banco da frente. Esse número é reduzido quando a pergunta refere-se ao uso do cinto no banco de trás, apenas 35,4% afirmam usar.

As estatísticas para moto são superiores. 69,8% afirmam usar capacete ao pilotar motocicleta, enquanto 63,5% garantem usar capacete em passageiros.

Quanto aos acidentes no trânsito, apenas 3,9% das pessoas que participaram da pesquisa afirmaram ter lesões. E 14,7% indicou ter sequelas de acidentes no trânsito.

No país, 79,4% das pessoas usam cinto de segurança no banco da frente. Porém, quando estão no banco de trás, os brasileiros ficam bem menos cuidadosos: apenas 50,2% usam cinto.

 

(com Exame)

blogdogordinho

Após ganhar em 2º lugar, ex-BBB Amanda vai ser a capa da ‘Playboy’ de junho

amandaAline achou que era cedo demais e que a proposta não mudaria a sua vida. Mas Amanda pode mostrar ao mundo o que Fernando viu no “BBB 15”. A morena está negociando para ser a capa da “Playboy” em junho. Mas, como de costume com as modelos que saem na revista, ela faz a desentendida. “Não sei de nada, muitas pessoas me procuraram, mas não falei com ninguém ainda, não acertei nada”, desconversa.

Amanda tem tempo de sobra para as fotos que só serão exibidas no meio do ano. A própria paulista disse à Retratos da Vida que posaria nua por um bom projeto e uma proposta financeira interessante. “Não tenho problemas com a nudez ou pudor com o corpo. Acho a anatomia feminina linda e se for para fazer algo bem feito, por que não?”, justifica.

Além de Amanda, a revista vai trazer as seguintes capas: em maio, a bailarina Ivi Pizzott, do “Domingão do Faustão”; em julho, Renata Santiago, musa fitness; para agosto, a revista procura um nome forte para estrelar a capa de aniversário, e em setembro, Janaina Santucci, sósia da ex-panicat Aryane Steinkopf.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM




 

 

FONTE:

  • Jornal Extra