Arquivo da tag: Lucena

Menino morre em hospital após ser resgatado durante afogamento na praia de Lucena

O menino que se afogou na praia de Lucena, no Litoral da Paraíba, na tarde deste sábado (2), morreu no Hospital de Trauma de João Pessoa.

Ele chegou a ser resgatado pelo helicóptero Acauã, da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

A criança tinha seis anos de idade. A família esteve no hospital para todo o protocolo após a morte do menino.

clickpb

 

Homem é espancado a pauladas por marido de suposta amante em Lucena

Um homem de 31 anos foi espancado a pauladas pelo marido da suposta amante no município de Lucena. A agressão aconteceu na noite desta segunda-feira (29).

Segundo informações o suspeito teria utilizado um bastão para agredir a vítima, porque descobriu a traição.

A vítima foi socorrida por terceiros para a Unidade Mista de Saúde da cidade, mas devido a gravidade das lesões ele foi transferido para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Ele sofreu dois cortes na cabeça e teria chegado na Unidade de Lucena desorientado, a princípio por ter ingerido bebida alcoólica antes da agressão. Contudo, a equipe do Hospital de Trauma informou que a vítima já chegou consciente e orientado

A esposa da vítima só soube da suposta traição ao chegar no hospital para ver o estado de saúde do marido.

A Polícia não informou se o agressor foi preso ou fugiu.

clickpb

Travessia de balsa Cabedelo/Lucena será suspensa no dia 31/10

A travessia Cabedelo/Lucena e Lucena/Cabedelo será suspensa na próxima quarta-feira, dia 31 de outubro, das 14h às 16h para exercício que será realizado no Porto de Cabedelo.

A informação foi publicada, por meio de informativo, pela Capitania dos Portos da Paraíba. O trajeto é frequentemente realizada por moradores e turistas que circulam entre os municípios.

Confira o documento:

 

 

pbagora

Criança de 5 anos morre ao ser atingida por galho de árvore em Lucena

Uma fatalidade no litoral paraibano. Um criança de 5 anos morreu na tarde do domingo (26) após ser atingida por um galho de árvore na cidade de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. De acordo com a Unidade Mista de Saúde, para onde a criança foi encaminhada, a menina chegou a ser atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu ao ferimento e morreu no hospital.

Segundo relato da família da criança na unidade de saúde, a menina estava brincando perto de uma árvore. Ao tentar se pendurar, um dos galhos rompeu e ela caiu, em seguida foi atingida na cabeça pelo galho da árvore.

A menina foi levada ao hospital pelos familiares e, em seguida, atendida por um médico com ajuda de uma equipe do Samu. Foram realizados alguns procedimentos para tentar reanimar a criança, mas sem sucesso.

pbagora

Exército vai investigar origem de arsenal apreendido pela polícia em Lucena

O Exército Brasileiro instaurou um procedimento administrativo para investigar a origem dos explosivos, das munições e das armas apreendidas com criminosos e apresentadas nessa terça-feira (7) pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil da Paraíba. O arsenal, que inclui um fuzil americano com capacidade de destruir até uma aeronave, foi encontrado com quatro homens presos após assaltar um carro forte, na última segunda-feira, na região metropolitana de João Pessoa.

O objetivo dos militares é descobrir a origem e os possíveis responsáveis pelo extravio dos explosivos, que só podem ser usados por empresas cadastradas. Ao final das investigações, os militares irão acionar a Justiça.

Na manhã desta quarta-feira (8), o 15º Batalhão de Infantaria Motorizada, ( 15º BIMtz), instalado no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, encaminhou à sede do GOE dois oficiais para iniciarem os trabalhos de análise nos explosivos. O tenente Sidney Teixeira e o sargento Geisel Carvalho são integrantes da seção de Fiscalização e de Serviços Controlados do 15º BIMtz. Eles explicaram que o material apreendido pela polícia passará por uma análise de rastreamento, com o objetivo de descobrir de qual local eles foram retirados.

De acordo com o tenente Sidney Teixeira, que é o chefe da Seção de Fiscalização e de Serviços Controlados do 15º BIMtz, o uso dos explosivos é monitorado pelo Exército e apenas empresas cadastradas e acompanhadas pelos militares são autorizadas a utilizar o material.  Ele alertou que uso indevido de explosivos é crime com pena de prisão.  Além de investigar os explosivos, os militares também farão uma análise nas munições e armas apreendidas.

“Iremos fazer um rastreamento para descobrir a origem desse material. Toda munição possui uma numeração que indica lote e data de fabricação. Vamos entrar em contato com as fábricas para determinar a origem”, afirmou o tenente Teixeira.

As apreensões ocorreram na segunda-feira (6), após quatro homens assaltarem um carro forte, na estrada que dá acesso ao município de Cruz do Espírito Santo (PB). O grupo usou explosivos para destruir um carro forte, mas não conseguiu levar o dinheiro que havia no veículo, graças a um dispositivo que protege as cédulas. Em seguida, os assaltantes roubaram um veículo e fugiram para uma granja. Como o carro possuía um rastreador, a polícia conseguiu localizar os criminosos e houve confronto. Após troca de tiros e negociação, os homens se renderam e seguem presos em penitenciária de João Pessoa.

Com os criminosos, foram encontrados pistolas, fuzis, artefatos explosivos e coletes balísticos e cerca de 1.800 munições  intactas, além daquelas que foram deflagradas durante a troca de tiros com a polícia. Todos os armamentos são de fabricação estrangeira e de uso restrito das Forças Armadas. O que mais chamou a atenção dos agentes de segurança foi um fuzil de calibre 50, de fabricação americana, com alto poder de destruição. Ele tem capacidade de alcançar um alvo a 4.500 metros de distância e pode destruir a fuselagem de uma aeronave. O equipamento é considerado uma arma de guerra pelos militares. “Nós iremos também analisar esse armamento, que, em hipótese alguma, pode ser usado em área urbana. É uma arma de guerra”, afirmou o tenente.

A delegada do GOE, Karina Alencar, disse que os presos fazem parte de uma quadrilha que já vem sendo investigada por polícias de vários estados e Polícia Federal, por prática de roubos a carro-forte.  Os presos  foram identificados como Livaci Muniz da Silva ( mais conhecido como Galeguinho), de 34 anos; Romário Gomes Silveira, de 29 anos; Antonio Arcênio de Andrade Neto, de 28 anos; e Vanilson Pereira de Macedo, de 32 anos.

A delegada afirmou que ainda serão feitas novas diligências para concluir o inquérito, cujo prazo para ser encerrado é de 10 dias. Ela acrescentou que todo o material apreendido será colocado à disposição da Justiça após o término das investigações.

 

Secom

Homem é baleado dez vezes em Lucena, mas sobrevive

Na noite desta quinta-feira (12), um homem de 34 anos, foi atingido por dez disparos de arma de fogo e sobreviveu.

O homem identificado como Josildo, foi atingido na estrada que liga a BR-230 ao município de Lucena, na região metropolitana de João Pessoa.

Após ser atingido, ele foi socorrido por um veículo particular até a Unidade Mista da cidade e, em seguida, transferido para o Hospital de Trauma, que até o momento não revelou o seu atual estado de saúde.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Grupo explode caixa eletrônico e atira em transformador de poste em Lucena, na PB

(Foto: Danilo Alves/TV Cabo Branco)

Um grupo de pelo menos quatro assaltantes explodiu um caixa eletrônico de uma agência bancária na madrugada desta sexta-feira (6) na cidade de Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, após atacar a agência, os criminosos atiraram e danificaram o transformador de energia em um dos postes, deixando os moradores sem energia elétrica.

Ainda segundo a Polícia Militar, os assaltantes chegaram ao local em um carro Chevrolet Celta prata, instalaram os explosivos e detonaram o caixa eletrônico que ficava na entrada na agência, que fica em uma área residencial do Centro da cidade. O crime foi registrado por volta das 4h desta sexta.

Os suspeitos foram vistos fugindona direção da cidade de Mamanguape. O carro supostamente usado pelos assaltantes teria sido abandonado em uma das saídas da cidade, ainda de acordo com a polícia. A Polícia Civil foi acionada, mas até as 8h desta sexta-feira não havia confirmação de que o grupo conseguiu levar dinheiro do caixa.

A mesma agência foi alvo de criminosos em novembro do ano passado. Desde janeiro de 2017, foram registrados 51 casos de ataques a bancos na Paraíba, conforme dados do Sindicato dos Bancários da Paraíba. Moradores de Lucena informaram que seria feito pagamentos no banco sexta-feira.

Até o início da manhã desta sexta nenhum suspeito de envolvimento com o assalto tinha sido preso. Uma equipe da concessionária de energia elétrica na Paraíba, Energisa, foi acionada para reestabelecer o fornecimento em Lucena.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Casal é morto em Lucena; crime pode ter sido ‘acerto de contas’

casalUm casal foi executado, na madrugada deste domingo (24), na cidade de Lucena, no Litoral Norte paraibano. Informações dão conta que o duplo homicídio aconteceu na favela do bairro 13, na comunidade Carapeta.

O homem foi identificado como Bruno de Analice e era pescador. A identidade da mulher ainda não foi revelada. Eles seriam usuários de drogas e tiveram a casa incendiada na noite de ontem (23).

A polícia foi acionada e busca pistas para tentar encontrar os suspeitos. Acredita-se que o crime pode estar relacionado com um provável acerto de contas, já que as vítimas eram usuárias de drogas.

MaisPB

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Bandidos explodem caixa do Bradesco em Lucena

Caixa-do-BradescoPoliciais do 7º Batalhão da Polícia Militar frustraram, na madrugada deste sábado (19), mais uma ação contra o terminal de autoatendimento do banco do Bradesco, na cidade de Lucena. Os criminosos chegaram em dois carros, explodiram o caixa, mas não tiveram tempo de acessar os cofres por causa da chegada rápida das viaturas que realizavam uma ação de segurança durante a madrugada, no município.

O comandante do 7º Batalhão, coronel Júlio César, destacou a ação rápida dos policiais, que foi fundamental para frustrar a ação, mas alertou para o fato da vulnerabilidade em que se encontra o terminal de autoatendimento na cidade. “O caixa fica isolado apenas por uma porta de vidro, sem câmeras no local, praticamente exposto no meio da rua, o que de certa forma facilita e atrai a atenção de criminosos”, revelou o oficial, ao lembrar que esta foi a terceira vez que foi frustrada uma ação do tipo no local.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Caixa do Bradesco 2

Coronel Júlio César disse ainda que vai provocar uma discussão com o poder judiciário da cidade para buscar providências por parte do banco. “Já havíamos entrado em contato com a juíza local e na próxima segunda-feira, às 9h, estaremos nos reunindo novamente com ela e outras autoridades locais para discutir, entre outros, este assunto, pois mesmo com nossos esforços voltados para inibir a ação dos bandidos, a população não pode ter esse risco iminente por causa da vulnerabilidade das instalações em que o caixa se encontra. Segurança pública é responsabilidade de todos”, pontuou.

Caixa do Bradesco 1

MaisPB

Dom Lucena faz novo remanejamento de padres na diocese de Guarabira

Dom-LucenaO Bispo da Diocese de Guarabira, Dom Francisco Assis Dantas de Lucena, acaba de confirmar novo remanejamento de padres na circunscrição diocesana. O anúncio foi feito durante celebração da Santa Missa neste domingo, 24, na catedral de Nossa de Senhora da Luz.

Dom Lucena anunciou que o Padre Joaquim Felipe, da Paróquia Santa Ana de Tacima e Riachão, será transferido para a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Areia, onde auxiliará o atual pároco Monsenhor José Nicodemos.

O recém-ordenado Padre Kleber Rodrigues Oliveira seguirá para Tacima e Riachão onde será vigário paroquial e ajudará o administrador paroquial Padre José Antonio.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

As alterações nas paróquias fazem parte da dinâmica pastoral diocesana e são utilizadas quando o Bispo entende que há necessidade para tal.

Rafael San com Pascom