Arquivo da tag: locais

MEC divulga locais de prova da 2ª aplicação do Enem; 4 mil farão provas na PB

enemOs locais de prova da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis na internet. Os estudantes farão as provas nos dias 3 e 4 de dezembro. Na Paraíba, cerca de 4 mil estudantes tiveram o exame adiado por conta de ocupações em locais de prova. Em todo país, o número de candidatos afetados ultrapassou 271 mil. Os novos locais de prova podem ser consultados no site do Inep e no aplicativo do Enem para plataformas Android, iOS e Windows Phone.

A recomendação é que os estudantes conheçam antes o local da prova para evitar atrasos no dia do exame. O esquema da segunda aplicação será semelhante ao da primeira. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia, os candidatos terão quatro horas e 30 minutos para responder a 90 questões das áreas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia serão cinco horas e 30 minutos para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Segunda aplicação

O Enem foi aplicado nos dias 5 e 6 de novembro para 5,8 milhões de candidatos. Devido a ocupações de escolas, universidades e institutos federais, o Ministério da Educação adiou o exame para um grupo de estudantes que fariam a prova em 405 locais de diferentes estados. Esses estudantes receberam um aviso do Inep por mensagem no celular e e-mail. A ocupação de escolas ocorrem em diversos estados, em protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que limita os gastos do governo federal pelos próximos 20 anos, e a reforma do ensino médio,

Os locais de prova serão todos alterados. Segundo o instituto, os novos locais terão o padrão necessário para a aplicação das provas e não correrão risco de ocupação até a realização do exame.

As provas serão diferentes daquelas aplicadas no início do mês, mas manterão o mesmo nível de dificuldade, o que, de acordo com o Inep, garantirá a isonomia entre os candidatos. O resultado do Enem será divulgado para todos os participantes no dia 19 de janeiro.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

MEC divulga locais de prova do Enem nesta quarta-feira, a partir das 15h

enemOs candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 terão acesso às informações sobre os locais de prova nesta quarta-feira (19), a partir das 15h. O cartão estará disponível pela internet e também no aplicativo do Enem, disponível nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

O cartão de confirmação de inscrição, além do local, data e horário de prova, terá o número de inscrição do estudante, a opção de língua estrangeira e, quando for o caso, a indicação de atendimento especializado e específico e a solicitação de certificação do ensino médio.

Para obter o cartão, o participante deve acessar o site do exame, na área destinada ao participante. É preciso informar CPF e senha.

Para evitar os já famosos atrasos, uma dica para os candidatos é fazer o caminho de casa até o local de prova antes da data do exame para conhecer o trajeto e evitar imprevistos. No dia da prova é recomendado chegar com antecedêcia ao local – os portões abrem uma hora antes do início do exame.

Enem

As provas do Enem 2016 serão nos dias 5 e 6 de novembro. Mais de 8,6 milhões de candidatos se inscreveram neste ano. Nos dois dias de prova, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar na localidade onde moram o horário exato do exame. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia de aplicação do exame, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de quatro horas e meia. No segundo dia, os participantes terão cinco horas e meia para resolver questões de linguagens e códigos, redação e matemática.

A nota do exame é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) além de ser requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Para se preparar para o exame, o candidato pode acessar a plataforma Hora do Enem, que disponibiliza gratuitamente um plano de estudos individual. O estudante faz um cadastro no qual preenche o curso que pretende fazer. O site também permite ao candidato participar de simulados nacionais, além de ter acesso ao Mecflix – portal com mais de 1,2 mil videoaulas.

 

Agência Brasil

 

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

TRE abre primeiro turno das Eleições 2016 em todo estado; eleitor terá mais de 1,8 mil locais de votação

urnaForam abertos às 8h da manhã deste domingo, os mais de 1,8 mil locais de votação em todo o estado, que devem receber mais de 2,8 milhões de eleitores paraibanos até às 17h.

Ao todo, estão sendo disponibilizadas 10.351 seções na Paraíba. Em João Pesssoa, é o maior colégio eleitoral do estado, abrigando 1.483 seções. Em segundo lugar, aparece Campina Grande, com 887 seções.

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba prevê que até às 20h, já seja possível divulgar os resultados em algumas cidades do estado.

maispb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

MPPB responsabilizará prefeitos por locais de bancos e caixas

reuniãoO Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai cobrar das instituições bancárias o cumprimento da legislação estadual que responsabiliza os bancos na garantia de segurança à população dentro das agências e em locais de funcionamento de caixas eletrônicos. Ao mesmo tempo, também vai cobrar responsabilidade dos prefeitos para que tenham mais critérios no momento de autorizar e conceder alvarás para funcionamento de bancos e nos locais de caixas 24 horas.

Mas antes dessas medidas, em trinta dias, integrantes do Ministério Público da Paraíba e da Procuradoria Geral do Estado (PGE) vão preparar uma proposta de minuta para a regulamentação da lei estadual que dispõe sobre segurança bancária no estado da Paraíba. A Lei Estadual 10.228, de 23 de dezembro de 2013, de autoria do ex-deputado estadual Francisco de Assis Quintans (DEM), foi aprovada pela Assembleia Legislativa da Paraíba e sancionada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) há mais de um ano, mas ainda não foi regulamentada.

Esses foram os principais pontos definidos na tarde desta quinta-feira (23), durante a primeira reunião promovida pelo MPPB que visa uma mobilização junto a órgãos estaduais e federais para traçar uma articulação conjunta no combate à criminalidade envolvendo agências bancárias e pontos de caixas eletrônicos no estado da Paraíba.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Estamos fazendo esta articulação para cobrar dos bancos e dos municípios o cumprimento da legislação, com o intuito de defender a população dessa modalidade de violência”, destacou o procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, adiantando que a reunião, a partir de agora, será transformada em um comitê permanente para lidar com o problema.

Nesse primeiro encontro, ocorrido na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em João Pessoa, o MPPB reuniu o secretário estadual de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima; o primeiro-tenente do Exército Expedito Sandro de Barros Silva, do 1º Grupamento de Engenharia; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF), inspetor Jefferson Costa; o procurador-geral adjunto do estado, Paulo Soares Madruga; e os promotores de Justiça que integram o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Criminais e de Execução Penal (Caocrim) e do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do MPPB.

Ainda irão compor esse comitê permanente representantes da Polícia Federal (PF) da Polícia Militar, dos Procons municipais e do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon). A próxima reunião será marcada dentro de 30 dias, quando será apresentada a minuta para a regulamentação da Lei 10.228. “A responsabilidade dos bancos e dos municípios serão cobradas, mas nós e os demais órgãos envolvidos continuaremos o nosso trabalho para coibir e diminuir esse tipo de violência perpetrada contra a sociedade”, destacou Bertrand Asfora.

MaisPB

Chuvas atingem 92 cidades da PB, com alagamentos e estragos em vários locais

Reprodução/Instagram/@felipefranca1
Reprodução/Instagram/@felipefranca1

Choveu em 92 municípios da Paraíba entre segunda e terça-feira (24), segundo informou na tarde desta terça-feira (24) a Agência Executiva de Gestão da Águas (Aesa). As maiores precipitações foram registradas no Sertão do Estado e no Litoral. Em alguns casos, elas deixaram estragos, mas a Defesa Civil do Estado informou que não recebeu nenhuma notificação.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, onde mais choveu em todo o estado foi no município de Santa Cruz, no Vale do Piancó, no Sertão do Estado, com o registro de 91 milímetros. Seguido por Pombal, também no Sertão, com 74 milímetros, e Mari, na Zona da Mata (a 60 quilômetros de João Pessoa), também com o registro de 74 milímetros.

No Litoral, o município mais chuvoso foi João Pessoa, com 65.2 milímetros, seguido de Cabedelo, com 62.8 e Baía da Traição, com 54.9 milímetros.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Marle informou que a previsão é de que as chuvas continuem no estado, principalmente no Sertão, onde deve ter ocorrências isoladas. O volume de chuvas, segundo a meteorologista, é consequência de zona de convergência intertropical e é considerado normal para essa época do ano.

Ela disse que, no Sertão, essas chuvas são comumente registradas entre os meses de fevereiro e maio. Já na região do Litoral, elas acontecem entre os meses de março e julho.

Chuvas provocam estragos, mas também trazem alegria

As chuvas causaram estragos em algumas localidades, mas na maioria das cidades, principalmente do Sertão, que sofre com a seca, as precipitações são motivo de muita alegria.

O clima nos municípios pode ser sentido através das redes sociais. São fotografias e vídeos que registram a ação das chuvas nos rios, pontes e nas ruas das cidades.

Em Mamanguape, no Litoral Norte do estado, internautas postaram foto de uma rua que teve o calçamento destruído por conta da enxurrada. O registro teria sido feito no Bairro Terra Nova.

Chuvas causaram estragos em Mamanguape, revelou internautaFoto: Chuvas causaram estragos em Mamanguape, revelou internauta
Créditos: Reprodução/Instagram/@felipefranca1

Já em Catolé do Rocha, no Sertão, ruas ficaram alagadas, dificultando o trânsito de veículos.

 

Chuvas deixaram trânsito difícil em CatoléFoto: Chuvas deixaram trânsito difícil em Catolé
Créditos: Reprodução/ Catolé News

Em Santa Luzia e São José do Sabugi, no Sertão, e em Junco do Seridó, no Cariri, o espetáculo proporcionado pela cachoeiras e enxurradas puderam ser vistas e comemoradas por internautas paraibanos que compartilharam nesta terça-feira (24) imagens e comentários sobre os casos.

Em Pombal, também no Sertão, a Aesa registrou 74,1 milímetros de chuvas, o suficiente para alagar ruas da cidade.

Pombal teve alagamentosFoto: Pombal teve alagamentos
Créditos: Reprodução/Diário do Sertão

Na maioria das cidades onde ocorreram chuvas, as precipitações trouxeram felicidade e esperança de que os mananciais que abastecem os municípios consigam recarga de água suficiente para amenizar o problema de desabastecimento registrado já em cerca de 30% das cidades paraibanas.

Apesar dos casos registrados pelos internautas, a Polícia Rodoviária Federal e a Defesa Civil do Estado não registraram ocorrências ou chamados nos municípios.

A Polícia Rodoviária Federal, no entanto, alertou os motoristas para redobrar os cuidados com a direção na época de chuvas. A recomendação é dirigir com segurança, sem ultrapassar limites de velocidade e manter a calma e a paciência nas áreas de tráfego intenso.

Em João Pessoa, a atenção é para o trecho da BR 230, onde fica localizada a barreira da comunidade São Rafael, onde há perigo de deslizamento de terra. A PRF informou que o trecho é monitorado pela Defesa Civil do Município.

 

 

portalcorreio

Dona Inês: Projeto de Lei que institui meia-entrada em locais públicos para doadores de sangue foi aprovado

dona inesPor unanimidade, os Vereadores da Câmara Municipal de Dona Inês aprovaram na noite desta segunda-feira, 16 de março, o Projeto de Lei de Nº 008/2015 de autoria do Vereador Demétrio Ferreira, que institui meia-entrada em locais públicos, esporte e lazer para os doadores de sangue no Município.

Para o Presidente da Casa Legislativa, autor do Projeto, há muitas pessoas no município que são doadoras de sangue, e que tem sua carteirinha de doador. “A Lei é apenas uma forma de incentivar essas e outras pessoas a participarem desse ato tão importante; que é o da doação de sangue”. Demétrio acrescentou que os responsáveis por eventos de lazer que não cumprirem com a Lei, serão multados e o valor será destino ao fundo municipal de cultura.

Além desse projeto, também foram aprovados o Projeto de Lei de Nº 009/2015, de autoria do Vereador Manoel Ferreira, “Neco de Lolô”, que denomina de Rua Tabelião Maviael Alves Moreira a artéria pública identificada como Rua Projetada do Loteamento Moreira, Bairro Nova Conquista nesta cidade e o Requerimento de Nº 007/2015, de autoria do Vereador Demétrio Ferreira, que solicita a realização de uma sessão solene para discutir a Campanha da Fraternidade 2015.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A sessão solene acontece na próxima segunda-feira, 23 de março.

Matérias apresentadas do Poder Executivo

Projeto de Lei de Nº 010/2015 que dispõe sobre alienação de veículos, pertences a Prefeitura, o de Nº 011/2015, que dispõe sobre a política municipal de atendimento aos direitos da criança e do adolescente e o Projeto de de Lei de Nº 012/2015, que altera a redação da Lei Municipal Nº 648/2013.

Matérias apresentadas do Poder Legislativo

Requerimento de Nº 006/2015 de autoria do Vereador Dema Henrique, que solicita a construção de uma Escola de Ensino Infantil no Povoado de Cozinha e o Requerimento de Nº 008, que solicita a realização de audiência pública para discutir o resgate da história do futebol amador do município.

As matérias serão votadas nas próximas sessões.

Assessoria da Câmara de Vereadores de Dona Inês-PB

Ao lado de lideranças locais, Ricardo diz que vitória em Patos será ainda maior no 2º turno

ricardoUma multidão recebeu o governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB) na noite do último sábado (11), em comício realizado na cidade de Patos. Ao lado da prefeita Francisca Mota (PMDB) e do deputado estadual eleito Nabor Wanderley (PMDB), ele agradeceu a recepção calorosa e a votação expressiva que recebeu na cidade.

Nabor Wanderley fez um discurso mais incisivo e mandou um recado para o público presente e para o governador. “Quando entramos numa luta, entramos de corpo e alma para ganhar e para vencer”, ressaltou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ele acrescentou que o PMDB da Paraíba está aliado com o PSB para somar e levar Ricardo à reeleição. “Vamos votar, neste segundo turno, na reeleição da presidenta Dilma e na reeleição do nosso governador, Ricardo”, completou.

A prefeita Francisca Motta endossou as palavras de Nabor Wanderley e reforçou o pedido de votos para Ricardo e Dilma. Para ela, a partir de agora, todos precisam se engajar na campanha para ampliar a votação que o socialista obteve no primeiro turno no município.

“Sei que a população de Patos vai trabalhar muito para ampliar a vantagem de Dilma e Ricardo em nosso município”, ressaltou Francisca.

No seu discurso, Ricardo agradeceu a votação expressiva que recebeu em Patos, e reconheceu a importância de seus aliados do PMDB e do PT na cidade. O governador voltou a criticar o candidato do PSDB por não ter, em sete anos que administrou o Estado, feito nada por Patos e toda a região. O comício contou com a presença de dezenas de prefeitos e vereadores da região.

 

portalcorreio

Eleitores já podem consultar locais de votação na internet

urnaOs eleitores que não sabem onde vão votar no dia 5 de outubro já podem fazer uma consulta rápida no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A pesquisa pode ser feita a partir do nome completo do eleitor ou com o número do título eleitoral.

O site também informa onde pessoas que votarão no exterior ou solicitaram voto em trânsito deverão comparecer. Nesses casos a votação será só para o cargo de presidente da República. Para receber os votos em trânsito 216 seções foram criadas. Quem preferir também poderá fazer a consulta por meio de aplicativos que podem ser baixados gratuitamente em smartphones que utilizam sistema iOS ou Android.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a Justiça Eleitoral, as seções no exterior funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais onde existam serviços do governo brasileiro. As missões diplomáticas ou repartições consulares comunicarão aos eleitores votantes no exterior o horário e o local da votação. Apenas os eleitores que estiverem com nome no caderno de votação da seção eleitoral poderão votar.

O eleitor deve apresentar documento oficial com foto e o título de eleitor. No caso de não comparecimento, deve justificar a ausência. Para isso é preciso preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que pode ser obtido gratuitamente nos cartórios eleitorais, nos postos de atendimento ao eleitor, nas páginas da internet do Tribunal Superior Eleitoral e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de cada estado e, no dia do pleito, nos locais de votação ou de justificativa.

O formulário preenchido deve ser entregue nos locais destinados pelo eleitor, que precisará apresentar um documento oficial de identificação com foto.

Agência Brasil

Aplicativo gratuito permite consulta de locais que ficarão sem energia na Paraíba

aplicativoUm aplicativo gratuito permite aos consumidores paraibanos consultar locais que ficarão sem energia devido a manutenções na rede elétrica do estado. Através do Energisa On, os usuários podem acessar mapa e verificar locais e datas em que o serviço será suspenso.

O aplicativo está disponível no site da concessionária de energia, na guia “Manutenção de Rede”. Após informar município e bairro a ser consultado, o usuário é informado a respeito dos dias, horários e ruas em que ocorrerão as próximas interrupções na área pesquisada.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

É necessário ressaltar, no entanto, nem sempre que uma área precisa de manutenção, o serviço é suspenso. Algumas tecnologias adotadas pela Energisa possibilitam a realização de aparos sem o desligamento da rede, como gerador móvel, subestação móvel, transferência de carga, manutenção em rede energizada e megajumper.

O desligamento programado só acontece quando não é possível o emprego dessas tecnologias. São nesses casos que os clientes são informados do horário em que o fornecimento de energia elétrico será suspenso através do aplicativo.

Aplicativo é gratuito e está disponível no site da EnergisaFoto: Aplicativo é gratuito e está disponível no site da Energisa
Créditos: Reprodução

 

portalcorreio

Comissão da Verdade cita locais de tortura e pede investigação às Forças Armadas

THIAGO VILELA/CNV
THIAGO VILELA/CNV

A Comissão Nacional da Verdade quer que as Forças Armadas investiguem unidades sob sua responsabilidade que, durante a ditadura (1964-1985), funcionavam como centros de tortura. Relatório preliminar com sete locais foi divulgado na tarde dessa terça (18) pelo colegiado. Segundo o coordenador da CNV, Pedro Dallari, as informações apuradas indicam uma situação de desvio de finalidade, ou seja, instalações militares usadas para a prática de torturas. “E não foi algo eventual, ocasional. Houve um padrão, uma situação rotineira. A tortura se converteu numa política pública”, afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dos sete locais, quatro são do Rio de Janeiro: Destacamento de Operações de Informações do I Exército (DOI/I Ex), 1ª Companhia de Polícia do Exército da Vila Militar, Base Naval da Ilha das Flores e Base Aérea do Galeão. Os demais ficam em São Paulo (Destacamento de Operações de Informações do II Exército,  DOI/II Ex), Recife (Destacamento de Operações de Informações do IV Exército, (DOI/IV Ex) e Belo Horizonte (Quartel do 12º Regimento de Infantaria do Exército).

No pedido entregue à Defesa, a CNV afirma que não se trata de investigação sobre como ocorreram torturas e mortes nessas instalações, o que já documento e reconhecido pelo Estado brasileiro. Mas sustenta que é “imperioso o esclarecimento de todas as circunstâncias administrativas que conduziram ao desvirtuamento do fim público estabelecido para aquelas instalações, configurando o ilícito administrativo do desvio de finalidade, já que não se pode conceber que próprios públicos (…) pudessem ter sido formalmente destinados à prática de atos ilegais”.

O pedido já foi feito ao ministro da Defesa, Celso Amorim. “Ele nos recebeu muito bem. Temos tido excelente relacionamento com o Ministério da Defesa e com as Forças Armadas”, disse Dallari. A CNV espera que sejam organizadas comissões de sindicância para averiguar cada caso. “O relatório não é analítico e não faz juízo de valor, tem elementos comprobatórios de uma situação fática.” Situação que ele define como o uso de instalações militares “de maneira contínua, organizada, obedecendo padrões, para a prática de tortura”.

Para ele, o pedido é razoável: “Eles é que têm condições de, num curto espaço de tempo, nos contar essa história. Chegou a hora de as Forças Armadas nos darem uma contribuição efetiva. Já vêm dando, com documentos”. O coordenador salientou as palavras “apoio” e “colaboração” para definir o pedido feito à área militar. “Há uma proposta sólida do ponto de vista legal, jurídico.”

“Temos o direito de exigir que todo o Estado brasileiro participe das investigações”, acrescentou o integrante da comissão José Carlos Dias. “Não queremos dividir as responsabilidades das atribuições que nos foram dadas. Estamos abrindo um diálogo que pode ser frutífero”, comentou Rosa Cardoso, que também compõe a comissão. “Se eles não atenderem ao nosso pedido, faremos de outra forma. Não há nenhuma armadilha para, através da sindicância, chegar à autoria.”

O historiador Paulo Sérgio Pinheiro, outro integrante e ex-coordenador da CNV, observou que as violações aos direitos humanos eram praticadas em locais que não eram clandestinos, mas de serviço público. “Imagine funcionários batendo ponto: ‘Hoje é meu dia de tortura’. Isso dentro de um prédio público, do Estado brasileiro. Enquanto tinha gente usando máquina de escrever, tinha gente usando pau-de-arara na sala ao lado.”

A comissão também citou gastos do erário público com esse tipo de atividade. “O desvirtuamento de uso é um dano ao erário. Além disso, os atos ilícitos também geraram dano à medida que o Estado brasileiro teve de indenizar as pessoas (vítimas de torturas)”, argumentou Dallari.

Araguaia

A guerrilha do Araguaia, ocorrida no início dos anos 1970, será discutida em maio pela Comissão da Verdade, no que devem ser as duas últimas audiências públicas do colegiado. Segundo Dallari, uma será realizada no Rio de Janeiro e outra, em Brasília. Depois disso, a CNV deverá se concentrar na sistematização e redação de seu relatório final, a ser divulgado em novembro.

 

 

Redação RBA