Arquivo da tag: Litoral

Vice-prefeito da Baía da Traição fica preso às ferragens em grave acidente no Litoral

O vice-prefeito da  Baía da Traição, Josemar Bernardo dos Santos, mais conhecido como Duda, do PTB, ficou ferido após sofrer um acidente de carro, no início da noite de ontem, sábado (07), após colidir em outro veículo, na localidade Grotão nas proximidades da Aldeia Caeira, na PB 041 entre Baía da Traição e Mataraca, e capotar várias vezes.

O político era quem dirigia o carro quando o acidente aconteceu. Além dele, também ficou ferido um passageiro que o acompanhava no trajeto.

Os ocupantes do outro veículo deixaram o local sem prestar socorro à vítima. Duda ficou presos nas ferragens, mas consciente.

Equipes do Samu e Bombeiros foram acionadas por terceiros e prestaram os primeiros socorros às vítimas.

 

pbagora

 

 

Incêndio atinge casa de veraneio em Jacumã, Litoral Sul da Paraíba

Uma casa foi incendiada em Jacumã, no Litoral Sul da Paraíba, nesta segunda-feira (20). De acordo com a proprietária do local, um grupo teria arrombado uma janela da casa e realizado o incêndio. O Corpo de Bombeiros vai investigar o caso.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as equipes foram acionadas por volta das 12h, após moradores da área ouvirem uma explosão, e chamas serem vistas. No local, o fogo foi contido pelas equipes, mas o incêndio já estava em estado avançado, prejudicando toda a casa.

A casa de veraneio estava vazia na hora do ocorrido, e o fogo não se espalhou além da propriedade. O Corpo de Bombeiros vai realizar perícia e investigar as causas do incêndio.

Incêndio atinge casa, em Jacumã, Litoral Sul da Paraíba — Foto: Walter Paparazzo/G1

Incêndio atinge casa, em Jacumã, Litoral Sul da Paraíba — Foto: Walter Paparazzo/G1

 

G1

 

 

Tubarão martelo, com risco de extinção, é capturado no Litoral Sul paraibano

Um tubarão martelo foi capturado na Praia do Sol, Litoral Sul paraibano, na noite da última quinta-feira (17).

Segundo as informações que foram divulgadas neste sábado (19), a captura foi feita por dois pescadores que estavam trabalhando na região e perceberam o animal enroscado na rede.

Foram necessárias quatro pessoas para retirar o tubarão.

Não hpa informações sobre se o animal foi devolvido ao mar. A espécie corre risco de extinção e tem proteção internacional contra a sua pesca e o seu abate.

PB Agora

 

 

Homem suspeito de agredir enteado de 2 anos é morto a tiros em Rio Tinto, Litoral Norte da PB

O homem suspeito de agredir o enteado de 2 anos, em Rio Tinto, no Litoral Norte da Paraíba, foi morto a tiros na manhã deste sábado (24). De acordo com a Polícia Militar, Jailson Joaquim, de 28 anos, foi assassinado na frente da casa da mãe dele. Ele foi atingido por três tiros e morreu ainda no local.

De acordo com a Polícia Militar, Jailson Joaquim era suspeito de agredir o enteado de 2 anos. A mãe do menino, uma adolescente de 17 anos, companheira de Jailson, também era suspeita das agressões cometidas contra a criança.

Na manhã deste sábado, quando estava na frente da casa da mãe dele, Jailson foi assassinado a tiros. Conforme a polícia, ainda não se sabe se o homem foi morto por um ou mais suspeitos e que a Polícia Civil investiga se a morte dele tem relação com às agressões cometidas contra a criança.

Menino deu entrada no hospital pela 2ª vez

No dia 20 de agosto deste ano, o menino de 2 anos deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, pela segunda vez, com hematomas que teriam sido causados pelas agressões.

O avô materno da criança contou à assessoria de imprensa da unidade de saúde que foi chamado pela filha para levar a criança para um hospital. A adolescente disse ao pai dela que o filho havia sido picado por abelhas.

No entanto, no Hospital Municipal do Valentina, em João Pessoa, a equipe identificou que não se tratavam de picadas, mas de agressões, e encaminhou a criança para o Hospital de Trauma.

Mãe do menino foi detida

O Conselho Tutelar de Rio Tinto e a Polícia Militar foram acionados. A PM informou que, após ser detida, a mãe da criança afirmou que apenas ela havia batido no menino, porque ele a desobedeceu e a respondeu. O padrasto da criança havia fugiu do local.

O Conselho Tutelar de Rio Tinto declarou que acompanha a situação desde o dia 15 de agosto, quando foi comunicado sobre a primeira entrada da criança no Hospital de Trauma de João Pessoa. Pontuou ainda que, como não existem casas de acolhimento no município, foi estabelecido que, depois da alta médica, o menino ficaria com os avós.

Um relatório foi feito, um procedimento foi aberto e a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba foram acionados. O Conselho salientou que acreditava que a criança estava com os avós e que segue acompanhando o caso.

G1

 

Marinha emite alerta de mau tempo para o litoral da Paraíba e outros estados

A Marinha do Brasil emitiu um alerta de mau tempo com ventos que poderão ter intensidade de até 60km/h (33 nós) no litoral dos estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte. Aviso é válido entre a noite deste domingo (4) até a manhã desta quarta-feira (7).

Nesse período também poderá ocorrer ondas, em alto-mar, de direção Sudeste a Leste entre 3,0 e 4,0 metros nas proximidades do litoral entre os estados da Bahia, ao norte de Salvador (BA), e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal (RN), entre a manhã da segunda-feira (5) e a manhã e a quarta-feira (7).

Haverá condições favoráveis à ocorrência de ressaca com ondas de direção Sudeste até 2,5 metros entre Salvador (BA) e Touros (RN), entre o dia 5 pela manhã e o dia 7 pela manhã.

Nesse período, os pescadores devem evitar o mar, e as pessoas precisam ficar atentas às ondas que podem se aproximar das áreas de beira-mar. A recomendação da Marinha é de que praticantes de esportes náuticos em geral, embarcações de esporte, recreio e pesca não naveguem em águas abertas.

É possível encontrar todos os avisos de mau tempo em vigor no site da Marinha do Brasil. Informações adicionais de meteorologia também podem ser encontradas na página de serviços meteorológicos da Marinha.

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

 Foto: Felipe Ramos/G1

G1

 

Litoral paraibano tem 19 praias impróprias para o banho neste final de semana

Neste final de semana, 19 praias do Litoral paraibano estão impróprias para o banho de acordo com relatório divulgado pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). Outros 36 pontos foram classificados como próprios.

Confira:

João Pessoa

– Praia do Bessa, próximo à desembocadura do maceió;

– Praia de Manaíra, 100 metros à direita e à esquerda da quadra de Manaíra, dos imóveis nº 315 e 1461, localizados na avenida João Maurício, e da galeria pluvial no final da avenida Senador Ruy Carneiro;

– Praia do Cabo Branco, 100 metros à direita e à esquerda do final das ruas Gregório Pessoa de Oliveira e Áurea, da rotatória ao final da avenida Cabo Branco e da desembocadura de galeria pluvial;

– Praia da Penha, em frente às desembocaduras do Rio Aratu e do Rio do Cabelo;

– Praia do Arraial, em frente à desembocadura do Rio Cuiá;

– Praia do Sol, em frente à desembocadura do Riacho Camurupim

Cabedelo

– Praia do Jacaré, na margem direita do estuário do rio Paraíba;

– Praia do Poço, ao final da rua Santa Cavalcante;

– Ponta de Campina, em frente à galeria de águas pluviais;

Lucena

– Praia de Bonsucesso, ao final da rua Mariano de Souza Falcão;

– Praia de Ponta de Lucena, em frente à desembocadura da Camboa;

Conde

– Praia de Carapibus, ao final da rua Maria Carmelita Vasconcelos;

Pitimbu

– Praia Bela, em frente ao maceió;

– Praia do Maceió, em frente à desembocadura do Riacho Engenho Velho;

– Praia da Guarita, 100 metros à direita e à esquerda da desembocadura da lagoa;

– Praia do Azul/Santa Rita, em frente às galerias de águas pluviais;

– Praia de Ponta dos Coqueiros, em frente à desembocadura da lagoa;

– Praia de Acaú/Pontinha, em frente à desembocadura do Rio Goiana;

– Praia de Pitimbu, nas proximidades do final da rua da Paz.

PB Agora

 

 

Homem é esfaqueado pelo irmão em briga por terreno no Litoral Norte

Uma briga entre irmãos por um terreno resultou com um deles esfaqueado no município Jacaraú, no Litoral Norte paraibano. A vítima foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

De acordo com a polícia, o pai de ambos deixou o terreno como herança. No entanto, de acordo com familiares, o agressor já havia recebido a parte que lhe cabia por direito, mas teria ficado insatisfeito e passou a exigir mais dinheiro.

Na discussão, ao tentar defender a mãe, a vítima foi atingida por uma facada no pescoço. O homem de 29 anos foi socorrido para o Trauma de João Pessoa. Ele passou por procedimentos médicos e recebeu alta.

O agressor foi preso em flagrante e levado à delegacia.

 

PB Agora

 

 

Aesa prevê chuvas para o litoral paraibano nesta quarta-feira

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) prevê, nesta quarta-feira (13), chuvas passageiras com nebulosidade variável para a faixa litorânea. Já para o Agreste e Brejo, apenas nebulosidade variável.

Para a região do Semiárido – Alto Sertão, Sertão e Cariri-Curimataú –, a previsão é de nebulosidade variável, com máxima de 35º C e mínima de 22º C para o Cariri-Curimataú.

Confira a temperatura para as demais regiões do Estado:

Litoral – máxima de 32ºC e mínima de 25ºC

Agreste – máxima de 32ºC e mínima de 21ºC

Brejo – máxima de 29ºC e mínima de 21ºC

Alto Sertão – máxima de 38ºC e mínima de 23ºC

Sertão – máxima de 38ºC e mínima de 24ºC

 

Secom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Aesa descarta ocorrência de fortes tempestades no Litoral da PB neste fim de semana

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) tranquiliza a população descartando que um ‘furacão’ esteja se formando no oceano e atinja o litoral paraibano nesse fim de semana. As redes sociais têm divulgado uma forte tempestade, que seria a pior chuva dos últimos 50 anos na Paraíba.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, as informações veiculadas nas redes não são oficiais, ‘são boatos para alarmar a sociedade’. Ela advertiu para a possibilidade de chuvas moderadas a fortes na faixa litorânea do Estado e disse que a população deve tomar as providências comuns em caso de chuvas fortes.

Nas redes sociais foram veiculadas informações acerca de um comunicado do Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul (Alert-AS). O comunicado alerta que o tempo indica muita precipitação, com previsão de mais ocorrências de fortes chuvas, colocando João Pessoa e outras 67 cidades da Paraíba em risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

A Capitania dos Portos da Paraíba também emitiu alerta de ressaca em todo o Litoral paraibano. O aviso, que é válido até as 9h de amanhã, informa à população sobre ondas que podem chegar aos 2,5 metros. Segundo a Capitania dos Portos, a orientação é de que pescadores que usem embarcações de pequeno e médio porte evitem a navegação durante o período de ressaca.

Além disso, a Capitania pede que embarcações de médio a grande porte redobrem a atenção quanto ao material de salvamento, estado geral do casco e dos motores, bomba de esgoto do porão, além de equipamentos de rádio e outros itens de segurança. Aos praticantes de esportes náuticos, a Capitania solicita que evitem a prática desses esportes nesse período. Em caso de emergência, entrar em contato com a Capitania dos Portos através dos telefones 0800 281 3071 (Disque Segurança de Navegação); 185 (Salvamar Nordeste); (83) 3241-2805 (plantão da Capitania); ou o WhatsApp (83) 9 9302-9294.

pbagora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Aesa prevê temporal no Brejo e Litoral da Paraíba neste final de semana

A Agência Executiva da Gestão das Águas na Paraíba (Aesa-PB) emitiu sinal de alerta para possível temporal neste final de semana nas regiões do Brejo e Litoral. A previsão indica muita chuva nessas regiões.

De acordo com o serviço de meteorologia da autarquia, nesta sexta-feira (7)  já foram registradas chuvas de baixa intensidade em 10 municípios paraibano, entre eles, João Pessoa e Campina Grande.

Segundo a previsão do tempo da Aesa para esta sexta-feira (7), o tempo permanece instável sobre a faixa leste nordestina, em especial, nas áreas adjacentes à costa paraibana. Assim sendo, as atuais condições meteorológicas se mantêm favoráveis à ocorrência de chuvas, principalmente na região compreendida entre o Litoral e o Agreste da Paraíba.

A temperatura vai de 29º  no Brejo para 32º no Sertão.

Em João Pessoa, a coordenadoria municipal de Proteção e Defesa Civil  entrou em estado de prontidão e monitora as áreas de risco na Capital.

De acordo com o coordenador, Noé Estrela, a Defesa Civil permanece em observação constante sobre possíveis avisos de atenção emitidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Os alertas possuem quatro níveis de risco: leve, moderado, alto e muito alto. “Quando uma região com risco elevado de incidentes como deslizamentos e enxurradas é visitada por frentes frias ou por concentrações de nuvens que podem gerar pancadas de chuvas, o aviso é emitido imediatamente”.

De acordo com Noé Estrela, a Cemaden ainda não emitiu nenhum sinal de alerta.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br