Arquivo da tag: ligação

Estudo encontra ligação entre dor crônica e transtornos de ansiedade

ansiedadeUma pesquisa feita por cientistas da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, descobriu uma conexão entre dor crônica e ansiedade, além de um possível tratamento que possa ser usado neste caso.

As conclusões do estudo mostram que o aumento do Polipeptídeo ativador da adenilato-ciclase pituitária (PACAP) – um neurotransmissor que o corpo libera em resposta ao estresse – é também aumentado em resposta à dor neuropática, contribuindo para os sintomas das dores crônicas.

O PACAP está presente em diversas funções biológicas, como neurotransmissor, neuromodulador, neuroprotetor e fator neurotrófico. Além disso, estudos sugerem que o PACAP desempenha um importante papel na modulação do comportamento social, aprendizagem e memória.

Neste estudo, os pesquisadores analisaram como a substância PACAP percorria uma das vias do sistema nervoso para o cérebro, passando da medula espinhal para as amígdalas. Assim, eles foram capazes de observar onde o estresse e as vias de dor crônica se cruzavam.

“A dor crônica e os distúrbios relacionados a ansiedade andam juntos com grande frequência,” diz o autor sênior Victor Maio, Ph.D., professor de ciências neurológicas na Universidade de Vermont.

Em um estudo realizado em 2011, os mesmos pesquisadores descobriram que a PACAP era evidente em mulheres que apresentavam sintomas de estresse pós-traumático. Os pesquisadores notaram que quando uma substância projetada para bloquear a PACAP era aplicada, a dor reduzia significativamente.

O próximo passo para os pesquisadores será desenvolver compostos de moléculas pequenas que possam combater completamente as ações da substância PACAP. “Ao aplicar este mediador, temos a oportunidade de bloquear a dor crônica e os transtornos de ansiedade. Esta seria uma abordagem completamente diferente, fugindo dos medicamentos tracionais, como sedativos, hipnóticos e relaxantes musculares.”, comenta Victor.

minhavida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Cientistas escoceses estudam ligação entre dor e depressão

dorA dor, sobretudo a crônica, tem aspecto emocional e se manifesta fisicamente. Assim como a depressão, a experiência afeta o pensamento, o humor e o comportamento, e, por isso, estabelece com ela uma relação íntima: a dor é deprimente, ao passo que a depressão provoca e intensifica a dor. Os mecanismos por trás desse círculo vicioso são pouco compreendidos, mas pesquisadores da Universidade de Edimburgo, na Escócia, sugerem que a dor crônica (DC) é causada pelo acúmulo de pequenos efeitos genéticos associados aos mesmos fatores de risco, genéticos e ambientais, para o distúrbio da depressão maior (DDM). A pesquisa, publicada na revista PLoS Medicine, indica também que fatores genéticos e DC em um dos cônjuges contribuem para o risco da complicação desconfortante e da DDM no parceiro.

Segundo a equipe liderada por Andrew McIntosh, a contribuição genética para a dor crônica resulta da ação integrada de diversos fatores de risco ligados aos genes, com herdabilidade de 38,4%. Os efeitos cumulativos desses elementos de vulnerabilidade genética para a DDM também aumentam a chance de DC. McIntosh considera a associação uma descoberta inesperada. “Até a data, ela não havia sido rastreada em estudos do tipo. Nossos achados sugerem que existe uma relação genética potencialmente importante”, diz.

A pesquisa foi baseada em dados de 23.960 indivíduos do estudo nacional escocês Generation Scotland: Scottish Family Health Study e também em informações fenotípicas e genotípicas de 112.151 indivíduos do United Kingdom Biobank — estudo britânico que investiga contribuições genéticas e ambientais para o desenvolvimento de doenças. Outro achado que surpreendeu a equipe foi que a análise dos dados indicou que o ambiente compartilhado com cônjuges representa 18,7% do risco para DC. As razões por trás do percentil não são claras, mas, segundo os estudiosos, é possível que esse comportamento seja aprendido ou resultado do ato de cuidar de alguém com uma doença crônica incapacitante.

Por Correio Braziliense

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

PMDB critica Ricardo por ligação com Movimento dos Sem Terra na Paraíba

Protesto-PMDBRevoltado com ataques à sede do seu partido durante por manifestantes pró Dilma Rousseff durante a tarde, o tesoureiro do PMDB estadual, Antônio Souza, criticou, na noite desta quinta-feira (12), a ligação do governador Ricardo Coutinho com movimentos sociais que depredam o patrimônio público e privado, como o Movimento do Sem Terra (MST).

Em entrevista ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Rádio Arapuan  FM,  Antônio Souza lembrou que o socialista chegou a posar em foto com o boné no MST durante evento no sertão do Estado.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Eu não sei como é que se passa a autoridade de nosso estado selar fileira com MST, selar fileira com militantes do PT, incentivar invadir e queimar o asfalto de BR com pneus, de invadir sede de partidos, repartições públicas. Agora ele tem que entender que o PT saiu do governo, a anarquia vai acabar”, disparou Antônio Sousa.

Sobre os ataques a sede do PMDB, Antônio Souza disse que existem as instituições para dar voz ao contraditório e não há necessidade de se fazer “baderna”.

Roberto Targino – MaisPB

Irmãos recebem ligação de ‘falso sequestro’ e enganam suposto sequestrador

A advogada e cantora Rebeca Nemer recebeu uma ligação sobre o suposto sequestro de uma irmã, no último sábado, e resolveu “virar o jogo”. Como só tem um irmão. o também advogado e comediante Jonathan Nemer, que estava com ela no momento, ela resolveu pregar uma peça no falso sequestrador junto com o irmão. O vídeo da conversa foi publicado nas redes sociais e teve mais de 334 mil compartilhamentos em dois dias.

Rebeca passa o telefone para Jonathan e os dois começam a falar com o suposto sequestrador. O homem do outro lado da linha pede R$ 20 mil pelo resgate de “Renata”, a tal irmã. Fingindo desespero, Jonathan oferece R$ 700, dizendo ser tudo o que tem em casa no momento.

– Foi a primeira vez que recebi esse tipo de ligação, mas já tinha ouvido muitas pessoas que passaram por isso, então não nos desesperamos. – disse Jonathan ao jornal EXTRA por e-mail.

Jonathan e a irmã, Rebeca, tiram sarro de suposto sequestrador
Jonathan e a irmã, Rebeca, tiram sarro de suposto sequestrador Foto: Reprodução / Facebook

O suposto sequestrador, que não parece desconfiar que tudo não passa de uma brincadeira, negocia, dizendo que “vai ajudar”: pede para o rapaz colocar mais R$ 300, para completar R$ 1 mil.

– Tenho certeza de que ele não desconfiou, porque eu fingia que estava chorando, e se ele tivesse desconfiado ele teria desligado e não ficado tanto tempo na linha. – comentou o humorista.

Jonathan, então, resolve ser mais radical: sugere que o sequestrador peça o dinheiro do resgate para a própria sequestada, que estaria devendo ao irmão. Depois de alguma conversa, ele coloca um ponto final no papo: “Ah, eu nem gosto tanto dela assim. Tchau, abraço!”.

O advogado, ciente de que esse tipo de crime é bastante comum, dá um conselho:

– Se alguém ligar, não se desespere, porque o fator que determina cair no golpe é o emocional, então o ideal é manter a calma, não dizer nomes e insistir pra falar com a pessoa, fazer perguntas pessoais, e por fim, tentar contato com a pessoa que ele diz ter sequestrado – recomendou Jonathas.

Extra

Após ligação anônima, corpo de vigilante dos Correios é encontrado em matagal

Reprodução/Catolé News
Reprodução/Catolé News

O corpo de um vigilante de 27 anos, que trabalhava na agência dos Correios na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão, foi encontrado em um matagal no bairro de Monte Tambor, na tarde desse sábado (3). De acordo com informações do 12º Batalhão da Polícia Militar, a vítima foi achada morta após uma ligação anônima.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O carro do vigilante, um Corsa Chevrolet azul, estava abandonado com as portas destravadas e a chave na ignição, a cerca de 200 metros de onde o corpo foi encontrado. O Corpo de Bombeiros auxiliou a polícia para achar e fazer a remoção do corpo.

Ainda segundo o 12º BPM, o vigilante pode ter sido assassinado durante a madrugada de sábado, pois existem indícios de que ele tenha sido arrastado até o matagal. No local, havia marcas de sangue.

A polícia achou perto do carro um documento de identidade de um homem, que não foi revelado, e investiga se ele tem participação no crime. O corpo foi levado o Instituto Médico Legal de Patos, onde será feito a perícia para descobrir como o homem foi morto.

 

portalcorreio

Operação ‘Concutere’: Couto diz que ligação de policiais com o tráfico de drogas é uma vergonha

 

luiz couto“O vazio da imbecilidade humana se faz no obscurantismo do coração”. Esta foi à frase proferida pelo deputado Luiz Couto (PT), da tribuna da Câmara Federal, ao ser informado da Operação ‘Concutere’, executada pelo Grupo de Operações Especiais (GOE)) da Polícia Civil da Paraíba, que prendeu na terça-feira (19/2), em João Pessoa, policiais civis e um delegado suspeitos de integrarem uma organização criminosa que extorquia traficantes.

Couto disse que construiu o vocábulo durante a caminhada com aqueles que lutam contra o que chamou de crimes sádicos de corrupção, milícia privada, extorsão, tráfico de drogas e grupos organizados de extermínio. “Essa expressãodemonstra a minha indignação e intolerância com policias que “deviam proteger a sociedade e estão desonrando as fardas”, acrescentou.

Tomando como base o relato do delegado que comandou a operação, Cristiano Jacques, o deputado relatou que, no ato da prisão, os policiais civis cobravam dos traficantes até R$ 30 mil para livrar os flagrantes e depois do pagamento faziam apenas o Termo Circunstanciado da Ocorrência (TCO) para em seguida liberá-los.

“Afirmo, como parlamentar e defensor de direitos humanos, que a corrupção policial em conexão com o tráfico de drogas tem acarretado uma vergonha nacional diante dos olhos humanos, que se opõem a estes devastadores e destruidores da corporação chamada Polícia”, bradou.

Por fim, Luiz Couto parabenizou o secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds), Cláudio Coelho Lima, e o GOE pela pelo sucesso da operação denominada ‘Concutere’, “que significa balançar as arvores para que o fruto caia”.

Ascom Dep. Luiz Couto

 

 

Custo do minuto de ligação de telefone fixo deve subir ainda este mês

Após mais de um ano sem alteração, o custo do minuto de ligação do telefone fixo deverá subir, em média, 0,56% este mês. Os índices estão sendo estudados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A área técnica já apresentou a proposta à procuradoria da agência e o preço da assinatura mensal não sofrerá aumento.

O reajuste valerá para as concessionárias Oi, Vivo (Telefônica), Sercomtel, CTBC e Embratel. No cálculo será utilizado o Índice de Serviços de Telecomunicações (IST) entre 14 meses (de julho de 2011 a outubro do ano passado) e 15 meses (de agosto de 2011 a outubro de 2012), que ficou em 5,5%, abaixo do IGP-DI (9,31%) e do IPCA (6,85%) do mesmo período.

O número de usuários de telefonia fixa chegou a 44 milhões no fim do ano passado, alta de 2,3% frente a 2011, segundo informações do Sinditelebrasil, associação que reúne as empresas de telefonia fixa e móvel. Em dezembro de 2011, a cesta básica (assinatura mensal, minutos e habilitação) da Oi e as ligações interurbanas da Embratel subiram 1,969%. E as tarifas da Vivo, CTBC (Triângulo Mineiro) e Sercomtel (Paraná), 1,954%.

Antes de aprovar o reajuste, é sorteado um conselheiro relator que estuda a proposta, que depois será votada pela diretoria. Para calcular o aumento das ligações fixas, será utilizado o IST em 15 meses. Um técnico explicou que as empresas não vão perder, porque a partir de agora o aumento será concedido a cada 12 meses, sendo regularizado em outubro deste ano.

O IST é composto, principalmente, por IPCA (47,96%), INPC (3,7%) e IGP-M (6,82%). Mas o reajuste é sempre menor. A fórmula prevê a aplicação do fator X (índice de produtividade), que reduz a tarifa, este ano em 4,7%.

O minuto da ligação local, com impostos, custa R$ 0,10797 na Oi; R$ 0,10423 na Vivo; R$ 0,13811 na Sercomtel; e R$ 0,13358 na CTBC. Já a assinatura mensal custa R$ 43,78 na Oi; R$ 41,38 na Vivo; R$ 42,46 na Sercomtel; e R$ 40,29 na CTBC.

O Globo

Nota à imprensa: candidato a vereador se defende e nega ligação com traficante

Nota à imprensa: candidato a vereador nega ligação com traficante e diz que conversa com pessoas de origens as mais diversas

Em referência a matérias veiculadas ontem em portais da internet, o candidato a vereador Felipe Leitão (PP) vem lamentar publicamente qualquer tipo de conotação político-eleitoral que se tenciona fazer entre a sua candidatura e a Operação Liberdade, realizada na manhã dessa sexta-feira (31) pela Polícia Civil na região metropolitana de João Pessoa.

Tal como todo candidato, Felipe Leitão vem realizando atividades diárias de peregrinação a diversos bairros desta Capital, nas quais pede a confiança e o voto dos eleitores, destaca suas ações enquanto esteve à frente do mandato de vereador, bem assim seus projetos futuros. Em todos esses movimentos Felipe Leitão conversa com pessoas de origens as mais diversas, de quem recebe apoio e constantes pedidos de entrega de material de campanha. Impossível, pois, para qualquer candidato, manter o controle efetivo sobre onde a propaganda impressa possa vir a chegar ou até mesmo nas mãos de quem possa parar.

O candidato Felipe Leitão aguarda a completa elucidação dos fatos de maneira absolutamente tranquila, se colocando à disposição das autoridades para qualquer tipo de esclarecimento. Destaca, ainda, o agradecimento pelas inúmeras manifestações de apoio recebidas nas últimas horas de amigos, eleitores, políticos e candidatos.

Por fim, o candidato Felipe Leitão considera o combate às drogas essencial ao aprimoramento das condições de vida em João Pessoa.

Assessoria de Felipe Leitão

Anatel deve proibir operadora de celular de fazer nova cobrança quando ligação cair

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve passar a proibir as operadoras de telefonia celular de cobrarem por novas chamadas para um mesmo número caso a ligação caia. A medida vem depois de o Ministério Público do Paraná ter acusado a TIM, com base em relatório da própria Anatel, de derrubar intencionalmente a ligação dos clientes do plano Infinity para ganhar a mais pela cobrança de uma nova chamada. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

A medida da Anatel atingirá todas as operadoras, mas a TIM deve ser a mais afetada. A proposta é dar 2 minutos para que as pessoas refaçam suas ligações sempre que houver uma queda, independente do motivo. Durante esse período, as operadoras não poderão cobrar pela nova chamada.

No dia 7 de agosto, O Ministério Público do Paraná ingressou com ação judicial solicitando a retomada da suspensão das vendas de chips da operadora de telefonia TIM Celular no estado. A medida tem por base relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) segundo o qual a operadora derrubou de propósito as chamadas feitas pelo  plano Infnity – em que o usuário é cobrado por ligação, não pelo tempo de duração da conversa.

As conclusões da agência se deram depois de monitoramento em todo o Brasil, comparando quedas entre usuários do Infinity aqueles que não tem o plano. Segundo a Anatel, em um único dia –  8 de marco deste ano – a TIM derrubou 8,1 milhões de ligações e faturou, com isso, um extra de R$ 4,3 milhões.

A assessoria da Anatel não confirmou a informação dada pelo jornal, mas disse estar apurando o assunto.

Rede Brasil Atual

Homem morre eletrocutado quando fazia ligação em poste no Sertão

Um acidente de trabalho foi registrado por volta das 14h20 deste domingo (03), no bairro da Alto Cruzeiro, no município de Sousa, Sertão paraibano. Um homem morreu eletrocutado quando manuseava um equipamento de som.

Vítima caída após choque

Vítima caída após choque

De acordo com informações, Jonas Batista de Sousa, 36 anos, estava em um poste de energia elétrica fazendo uma ligação de som no Bar da Fazenda, quando sofreu uma forte descarga.

Com a força da corrente elétrica, o homem caiu de uma altura de aproximadamente 3m e morreu na hora.

O SAMU foi acionado e quando chegou no local a vítima já estava morta.

Hyldo Pereira, com informações do Sertão Informado