Arquivo da tag: líder

Treze desencanta e derruba o líder Sampaio Corrêa-MA

Foram dois meses sem vencer um jogo. Mas neste domingo, o time alvinegro finalmente deu um chute no azar e conseguiu desencantar na Série C do Brasileiro. Melhor ainda: em cima do até então invicto e líder Sampaio Corrêa do Maranhão, no estádio Amigão, com show do meia Marcelinho Paraíba.

A vitória por 3 a 0 sobre o time maranhense, com gols marcados por Marcelinho Paraíba (2) e Anderson Penna, deixou o Galo um pouco mais aliviado na competição. Isso porque, o time chegou aos seis pontos e saiu da zona de rebaixamento no Grupo A. Já o Sampaio deixou a liderança, com 11 pontos.

Pressionado pelos maus resultados nas últimas rodadas, o Treze entrou em campo disposto a se recuperar na competição, contra o líder Sampaio Corrêa. A prova disso foi que, logo aos dois minutos, o time saiu na frente do placar.

Marcelinho Paraíba cobrou a falta com precisão, a bola foi no ângulo e saiu para o abraço. Festa da torcida trezeana. O Sampaio não se abalou e foi pra cima do Treze em busca do empate. Thiaguinho mandou para a área, a bola passou por todo mundo e sobrou para Cesinha. O atacante ajeitou e bateu da entrada da área, mas para fora.

O Galo estava melhor em campo. E já nos acréscimos chegou ao segundo gol. Marcelinho Paraíba cobrou o escanteio, Juninho desviou de cabeça, e o zagueiro Anderson Penna apareceu, de carrinho, para ampliar.

Foto: Ascom/Treze

Foto: Ascom/Treze

Na segunda etapa, o Bolívia Querida veio com duas modificações: Moisés e Esquerdinha nos lugares de Victor e Lucas Gabriel. Já o Galo manteve a mesma formação e o ímpeto do primeiro tempo.

Aos cinco minutos, o time alvinegro ampliou para 3 a 0, com gol de pênalti convertido por Marcelinho Paraíba. Júlio Pacato fez o cruzamento e na sequência, o defensor do Sampaio desviou de mão. O camisa 10 cobrou com tranquilidade para marcar o seu segundo tento no jogo.

Com a vitória praticamente construída, o Treze procurou jogar com mais cautela para não ser surpreendido pelo adversário nos contra-ataques. E foi assim até o apito final do árbitro gaúcho Vinicius Gomes do Amaral

Ficha Técnica

Treze x Sampaio Corrêa-MA

Data: 02/06/2019

Local: Estádio Amigão/Campina Grande

Competição: Série C/ Grupo A (6ª rodada)

Arbitragem: Vinicius Gomes do Amaral, André da Silva Bitencourt e Fabrício Lima Baseggio (RS)

Gols: Marcelinho Paraíba (aos 2’ do 1ºT) para o Treze, Anderson Penna (aos 46’ do 1ºT) para o Treze, Marcelinho Paraíba (aos 5’ do 2ºT) para o Treze

Cartões amarelos: Victor, Douglas Assis (SC), Juninho, Júlio Pit, Gil (T)

Treze: Mauro Iguatu, Thiaguinho, Anderson Penna, Júlio Pit e Silva; Juninho, Diego Silva, Marcelinho Paraíba (Patrick) e Cesinha (Gil); Júlio Pacato e Eduardo (Maxuel Samurai). Técnico: Flávio Araújo.

Sampaio Corrêa: Andrey, Everton, Vitor (Moisés), Douglas Assis e Lucas Gabriel (Esquerdinha); Eloir, Felipe Dias, Cleitinho (João Paulo) e Welder; Dedé e Ulisses. Técnico: Julinho Camargo.

 

Paraibaonline

 

 

 

Líder do governo anuncia adesão da prefeita de Serra da Raiz

Líder do governador João Azevedo na Assembleia Legislativa da Paraíba, o deputado Ricardo Barbosa anunciou na quarta-feira (20) a adesão de Adailma Fernandes, prefeita de Serra da Raiz.

Conforme postagem do próprio parlamentar nas redes sociais, ele recebeu em seu gabinete a gestora acompanhada do vice prefeito Luiz Machado, secretários Anderson Fernandes e Valdir Lima. A reunião teria acontecido com objetivo de destravar recursos e buscar novos projetos para serem executados pelo governo em parceria com o município.

 

blogdofelipesilva

 

 

“Nosso plano A, B, C, D e E é Lula em 2018”, diz líder do PT

O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), disse nesta quinta-feira que o partido só trabalha com o cenário que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao Palácio do Planalto em 2018, embora –diante da possibilidade de ele ser barrado por razões jurídicas– não descarte totalmente a hipótese de apoiar um nome de outra legenda.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

“A gente não fecha a porta para outro candidato. Agora o nosso plano A, B, C, D e E é Lula candidato”, disse o deputado em entrevista à Reuters.

“Não estamos trabalhando com a hipótese de ser outro candidato, é o nome mais forte, mais viável eleitoralmente, politicamente é um camarada que é a maior liderança do país. Para a gente abrir mão do Lula e ficar discutindo plano B, não tem nenhum sentido”, acrescentou.

No dia 12 de julho, o juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-presidente –líder nas principais pesquisas de intenção de voto para 2018– por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no processo que envolve a compra de um tríplex no Guarujá (SP).

Pela Lei da Ficha Limpa, Lula ficaria impedido de concorrer a cargo eletivo no próximo ano se o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmar a sentença dele até a eleição. Outra restrição é que, no caso de confirmação da sentença, o TRF-4 pode determinar a prisão de Lula.

Zarattini defendeu que Lula é “absolutamente inocente” no processo. Para o deputado, a única prova do processo é a delação do ex-presidente da OAS Leo Pinheiro, que acusou o ex-presidente de ser o dono oculto do apartamento. Segundo o petista, Pinheiro fez delação porque estava preso havia um ano, fora condenado a 23 anos de prisão e, idoso, iria passar o resto da vida na cadeia.

Zarattini afirmou que, embora seja cedo para falar de alianças para 2018, a tendência é que partidos que atualmente apoiam o governo do presidente Michel Temer não fiquem coligados com Lula. “Quem ficar com Temer, para nós não interessa porque nós somos oposição radical ao governo. Então, como é que vamos compor com alguém que está no governo?” questionou.

Desde a corrida de 2002, os candidatos do PT incluíram em suas coligações, além de partidos de esquerda, legendas de centro e até direita para estruturar as respectivas campanhas do partido a presidente.

Bolsonaro

O petista avaliou que o deputado Jair Bolsonaro (RJ), bem cotado nas pesquisas para o Planalto, que recentemente decidiu se filiar ao pequeno PEN para ser candidato a presidente, corre o risco de não ter condições para viabilizar a sua campanha.

Segundo Zarattini, Bolsonaro não vai ter “nenhum partido estruturado nacionalmente nem ter tempo de TV”.

“Como ele vai fazer campanha para ser vitorioso? Nem sempre é possível fazer o impossível”, ironizou.

O líder do PT citou o exemplo do atual prefeito de São Paulo, João Dória, que, apesar de não ser um político tradicional, tinha por trás o apoio da máquina do PSDB de São Paulo, partido que governa o Estado de São Paulo há mais de duas décadas.

O próprio Bolsonaro, no entanto, tem crescido nas pesquisas de opinião sem contar praticamente com o apoio de seu atual partido, o também pequeno PSC.

Reuters

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Líder da facção criminosa PCC é preso usando identidade falsa na Paraíba, diz PM

Divulgação/Polícia Militar
Suspeito estava em carro clonado quando foi preso

Um homem de 32 anos foi preso, na noite dessa quarta-feira (3), em Campina Grande, suspeito de ser um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), que foi fundada em São Paulo, mas já tem ramificações em todo o país.

 

Segundo a Polícia Militar, Naudvânio Ferreira da Silva é um dos criminosos mais procurados da Região Nordeste e tem envolvimento com casos de homicídios, roubos, tráfico de drogas, falsificação de documentos, porte ilegal de arma e vários outros crimes na Paraíba, Pernambuco e em outros estados.

De acordo com o subcomandante do 2º Batalhão, major Damasceno Bernardo, a prisão do suspeito aconteceu durante uma abordagem no Distrito Mecânico de Campina Grande. “Ele passou em um veículo pela viatura da Força Tática que fazia rondas no local e os policiais desconfiaram da atitude dele ao perceber a presença da PM. Foi feita então uma abordagem e constaram que ele estava apresentando documento pessoal falso e o veículo era clonado”, disse.

O suspeito foi levado para a Central de Polícia Civil e teve a identificação verdadeira descoberta. Ele estava com dois mandados de prisão em aberto por nove crimes, decretados pelas justiças da Paraíba e de Pernambuco. O preso é natural de Campina Grande e era um dos líderes na cidade da facção criminosa que é comandada de dentro dos presídios do Sudeste do país. Ele ficará à disposição da Justiça.

Portal Coorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Novo líder: Flamengo começa bem, segura pressão e vence o Atlético-PR

Foto: Reginaldo Pimenta / Raw Imagem / LANCE!
Foto: Reginaldo Pimenta / Raw Imagem / LANCE!

O Flamengo conquistou uma importante vitória na Libertadores, na noite desta quarta-feira, no Maracanã. O Rubro-Negro carioca venceu o Atlético-PR por 2 a 1 e assumiu a liderança do Grupo 4. Guerrero e Diego chamaram a responsabilidade e decidiram a favor dos donos da casa, diante de um bom público. Nikão descontou no segundo tempo, dando esperanças para o Furacão, mas o empate não foi possível.

O Flamengo jogou bem na maior parte do tempo e teve lampejos que lembraram o time do Brasileiro de 2016, com trocas de passes envolventes.

O jogo começou debaixo de muita chuva, com o Flamengo sendo empurrado pela sua torcida. Aos seis minutos, Trauco lançou Guerrero entre os dois zagueiros do Atlético-PR. O peruano livrou-se da marcação, chutou em cima do goleiro, mas mostrou raça e ganhou a disputa de bola no rebote, cabeceando para o fundo da rede.

O Maracanã explodiu de alegria com o primeiro gol e sacudiu novamente nove minutos depois. Arão foi à linha de fundo, na direita, e cruzou para o meio da área. Diego recebeu a bola limpa e fez o que dele se espera: a diferença. O meia não vacilou e chutou com categoria, no ângulo esquerdo de Weverton, que ficou sem ação: 2 a 0.

Lutando para esboçar reação, o Atlético-PR chegou com perigo em poucas ocasiões. Do outro lado, o Rubro-Negro carioca queria mais. Diego acertou uma bomba no travessão aos 26. O lance tirou o tradicional ‘uhhh’ da galera. Depois, os donos da casa passaram a trocar muitos passes, valorizando a posse de bola, até o intervalo.

O segundo tempo começou um pouco mais devagar do que a primeira etapa. No entanto, não faltou emoção. Assim como no início da partida, o Atlético-PR tinha muitas dificuldades para encontrar espaços na defesa do Fla. No entanto, aos 13 minutos, os visitantes finalmente encaixaram uma boa jogada e descontaram. Lucho González lançou para Douglas Coutinho, que cruzou da ponta direita para a área, onde Nikão só empurrou para o gol vazio.

Como esperado, o Atlético-PR se animou para buscar o empate e pressionou o Flamengo. A saída de Diego – por causa de uma contusão – causou ainda mais apreensão entre os mandantes. A torcida da casa, então, fez sua parte, cantou alto e incentivou o time da Gávea para segurar a vitória. Nos minutos finais, o Furacão ainda teve um gol anulado por impedimento.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Data/hora: 12/04/2017, às 21h45
Local : Maracanã
Árbitro : Wilson Lamourox (COL)
Auxiliares : Wilmar Navarro (COL) e Dionisio Ruiz (COL)
Cartões amarelos: Deivid (ATP); Donatti e Pará (FLA)
Público e renda: 53.389 pagantes / 58.588 presentes / R$ 3.336.297,50
Gols: Guerrero, 6’/1°T (1-0); Diego, 15’/1°T (2-0); Nikão, 13’/2°T (2-1)

FLAMENGO : Alex Muralha, Pará (Cuéllar, 42’/2°T), Réver, Donatti e Renê; Márcio Araújo, Arão e Diego (Matheus Sávio, 21’/2°T); Trauco, Gabriel (Cirino, 26’/2°T) e Guerrero. Técnico : Zé Ricardo.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid (Luiz Otávio, 25’/2°T), Rossetto e Lucho (João Pedro, 29’/2°T); Coutinho, Nikão e Eduardo da Silva (Grafite, 11’/2°T). Técnico : Paulo Autuori.

LanceNet

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Empresário é apontado como líder de quadrilha que atuava na PB e em PE

 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um empresário, de 39 anos, foi identificado na manhã desta quarta-feira (22), como suspeito de liderar uma quadrilha especializada em explodir caixas eletrônicos nos estados da Paraíba e Pernambuco. Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito é dono de um arsenal apreendido na cidade de Barra de Santana e Queimadas, ambas no Agreste paraibano, no mês de novembro do ano passado.

O empresário é suspeito de ser um dos líderes desta quadrilha e teve mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele está foragido e a polícia pede que se alguma pessoa souber o paradeiro do homem, ligue para o Disque Denúncia 197.

Na ocasião, a polícia apreendeu, munições, explosivos, máscaras de palhaços, seis fuzis, uma submetralhadora, cinco pistolas e nove coletes à prova de balas. Entre os explosivos, pelo menos 29 dinamites com detonadores estavam nos materiais.

Ainda conforme a Polícia Civil, o empresário Erivaldo Nascimento dos Santos, conhecido como “Neguinho do Gás”, atua em Campina Grande, no ramo de revenda de gás de cozinha e similares. A investigação já durava meses e após exames periciais ficou constatado que  as armas apreendidas serviam a uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos. Dentre os armamentos estavam fuzis de fabricação russa.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Em jogo de oito gols, Campinense vence Auto Esporte e encosta no líder do Estadual

Foto: Paraibaonline
Foto: Paraibaonline

Em um jogo emocionante e de muitos gols, o Campinense venceu o Auto Esporte por 5 a 3 no Estádio Almeidão, no fechamento da 13ª rodada do Campeonato Paraibano. Augusto, foi o grande nome do confronto com a marcação de três gols do triunfo raposeiro. Os outros foram anotados por Diego Torres e João Paulo. Pelo lado do Auto, marcaram Gil Bala, Isaías e Cesinha, respectivamente.

Com o resultado, a Raposa segue firme na vice-liderança, agora com 25 pontos, três a menos que o líder  Botafogo-PB. Já o Auto estacionou na terceira posição, com 19. Na próxima rodada, o Campinense vai encarar o rival Treze, enquanto que o Alvirrubro pega o Botafogo, no Botauto pessoense.

O JOGO

Mesmo jogando fora de casa, o Campinense entrou em campo determinado a conquistar mais uma vitória no Estadual. Tanto é que partiu com tudo para cima do Auto Esporte e abriu o placar  logo aos 18 minutos. Após cobrança de falta de Diego Torres, o goleiro Danilo deu rebote nos pés de Augusto, que teve o trabalho de colocar para dentro das redes.

Apesar de dominar o jogo, a Raposa acabou sendo surpreendida em um lance de contra-ataque do Alvirrubro. O meia Gil Bala avançou sozinho e se aproveitou de uma falha do goleiro Gledson para empatar a partida, aos 39 minutos.

No entanto, aos 47, o Campinense voltou a ficar na frente do marcador, com gol de pênalti   marcado por Diego Torres. E após a cobrança, o árbitro João Bosco Sátiro encerrou o primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o time rubro-negro voltou com o estreante Fábio Gama em lugar de Casagrande. Já o Auto trocou Gil Bala por Samuel. Mas logo aos dois minutos, a Raposa marcou o terceiro. Maranhão recebeu e cruzou na medida paraa Augusto finalizar em gol.

Apesar de ter tomado o terceiro gol, o Auto Esporte não se abalou. Foi para cima dos raposeiros e conseguiu diminuir o placar com Isaías, aos 21 minutos. Animado, o Auto partiu em busca do empate. E conseguiu. Fernando Pires saiu jogando errado, Léo Lima ficou com a bola e tocou para Cesinha, chutar sem chances para Gledson. Aos 32 minutos.

O gol incendiou o jogo na reta final. O Campinense, que dominava o adversário, agora passou a buscar a vitória a todo custo. E conseguiu sacramentar o placar nos minutos finais com mais dois gols. João Paulo desempatou aos 43 e Augusto, o artilheiro da noite, anotou o quinto. Foi o terceiro tento do atacante no jogo.

Ficha Técnica

Campinense: Glédson, Joécio, Fabinho (Duda), Osvaldir e Rafael Jensen; Fernando Pires, Magno (João Paulo), Diego Torres e Augusto; Casagrande (Fábio Gama) e Maranhão.  Técnico: Sérgio China
Auto Esporte: Danilo, David (Bruno), Tiago Bob, Fábio Bilica e Tadeu; Jé (Cesinha), Émerson Bastos, Gil Bala (Samuel) e Léo Lima; Van Basten e Isaías. Técnico: Severino Maia
Árbitro – João Bosco Sátiro

Assistentes –  Sousa Júnior e Tarcísio José
Gols – Augusto (C), aos 18min, Gil Bala (AE) aos 38min; Diego Torres (C), aos 47min do 1º T; Augusto (C) aos 2min, Isaías (AE) aos 20min, Cesinha (AE), aos 32min, João Paulo (C), Augusto (C) aos 45min do 2º T
Cartão amarelo – Émerson Bastos (AE),Osvaldir (C)

paraibaonline

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Senador citado na Lava Jato é o novo líder do Governo Temer no Senado

ROMERO-JUCAO Palácio do Planalto confirmou a indicação do senador Romero Jucá (PMDB-RR) para assumir a liderança do governo no Senado e do deputado André Moura (PSC-SE) para ocupar a vaga de Jucá como líder do governo no Congresso Nacional.

As mudanças foram negociadas nos últimos dias e fechadas nesse sábado (4), após conversas do presidente Michel Temer com os parlamentares.

André Moura, que era líder do governo na Câmara, deixou há duas semanas o posto. Em seu lugar, assumiu o também deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Já o senador Romero Jucá substituirá Aloysio Nunes (PSDB-SP), que foi nomeado por Temer ministro das Relações Exteriores.

O anúncio dos novos líderes foi formalizado na noite de desta segunda-feira (6) pelo Palácio do Planalto. Por meio de nota à imprensa, o governo disse que Moura e Jucá “somarão esforços no Congresso para promover a votação e aprovação das reformas essenciais para a sociedade brasileira”.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Líder do governo afirma que privatização da Cagepa partiu do governo federal; oposição quer debate

cagepaA possível privatização da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa) se tornou munição para os que fazem oposição ao Governo do Estado. O líder governista, Hervázio Bezerra (PSB) se apressou em dizer que a proposta partiu do governo federal.

Em entrevista ao programa 60 Minutos, da Rádio Arapuan, o socialista se posicionou contra a privatização, mas defendeu que o tema seja discutido amplamente. Ele destacou que o governo federal tem feito uma série de imposições aos governos estaduais para que sejam concedidos benefícios e firmados convênios.

“A nível de estado, acho que se a proposta de privatização chegar com uma imposição do governo federal, pelo perfil do governador Ricardo Coutinho, acredito que ele irá resistir até o último ponto”, afirmou Hervázio, acrescentando que a orientação do governador em relação ao tema ainda não é conhecida.

“Discussão não caiu do céu”

Os argumentos dos governistas, no entanto, não convenceram o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, que afirmou, em entrevista ao 60 Minutos, que a discussão sobre a privatização da Cagepa “não caiu do céu”.

“Não existe a necessidade de privatização da Cagepa por não estar em situação como a do Rio de Janeiro, com salários atrasados, dívidas”, pontuou.

Ruy destacou que a Cagepa está gerando lucro para o Estado. “A Paraíba foi onde o valor da água mais subiu no Brasil percentualmente. A Cagepa está financeiramente muito bem e acredito que esses aumentos não foram dados com a intenção de privatizá-la”, opinou.

O tucano acredita que a situação da Paraíba foi inserida em uma discussão mais ampla, que aborda várias outras privatizações nos estados.

Secretária nega privatização

O secretário de Estado dos Recursos Hídricos, João Azevedo, afirmou que em relação a uma possível privatização da Cagepa “estão confundindo alhos com bugalhos”.

“São duas ações que são completamente diferentes e estão misturando: uma coisa é o estudo que o BNDES está fazendo de cada estado sobre os modelos para universalização do saneamento básico; outra coisa é essa medida que saiu ontem do governo federal para que os estados que estejam endividados e quiserem regularizar sua situação façam várias coisas, como privatização. O que não está relacionado a Paraíba. Está muito mais relacionado ao estado do Rio de Janeiro”, explicou.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Fred marca três vezes na goleada do líder Atlético-MG sobre o América-MG

atleticoPassadas quatro rodadas da edição 2017 do Campeonato Mineiro, apenas o Atlético-MG segue com 100% de aproveitamento na competição. Na quarta rodada a equipe treinada por Roger Machado venceu o clássico com o América-MG, por 4 a 1. Fred fez três e ainda deu a assistência para o gol de Maicosuel. Hugo Almeida descontou para o rival.

Com os gols no clássico, Fred chegou a cinco no Campeonato Mineiro e se isola na artilharia da competição. A partida com o América-MG marcou também o retorno de Robinho aos gramados. Após desfalcar o time por cinco partidas, entre Estadual e Primeira Liga, o atacante entrou durante o segundo tempo fez sua estreia na temporada 2017.

Fred marca três vezes e leva a bola do jogo para casa

“Fazer gols no clube que já joguei é especial”, declarou Fred dois dias antes do clássico com o América-MG. E o centroavante do Atlético-MG viveu essa situação três vezes neste domingo. O camisa 9 marcou os três primeiros gols do Atlético no clássico com o América-MG. Como promoção divulgada pela Federação Mineira de Futebol, Fred vai levar a bola do jogo para casa. O atacante atleticano é o artilheiro do Estadual com cinco gols. Na goleada sobre o América, Fred ainda teve tempo de dar uma assistência.

Robinho entra no segundo tempo e tem participação discreta

Aos 21 minutos da etapa final o técnico Roger Machado colocou Robinho em campo, no lugar de Cazares. Desfalque nos primeiros jogos do ano, por causa de uma lesão na costela, Robinho fez sua estreia na temporada 2017 pelo Atlético. No entanto, o camisa 7 teve participação discreta nos minutos que ficou em campo. É verdade que sofreu algumas faltas, mas errou passes e não conseguiu puxar os contra-ataques. Robinho apareceu bem já no final da partida, quando deu o passe para Fred fazer o terceiro dele no clássico.

Camisa sem listras nas costas faz Atlético jogar de branco

Por ser o mandante no clássico com o América-MG, o Atlético poderia jogar com a camisa tradicional, preta e branca. No entanto, o modelo provisório, utilizado nos primeiros meses de 2017 não tem listras nas costas. Para evitar confusão com o América jogando de branco, ficou decidido que o Atlético jogaria com a camisa branca e o América com a preta e verde.

Domingo de aquecimento para o Carnaval e com muitas crianças

A quantidade de crianças no Mineirão impressionou. E por uma simples razão. Como cortesia para o sócio, o Atlético liberou um acompanhante de até sete anos de idade. Muitos pais aproveitaram o domingo de sol em Belo Horizonte para levar os filhos no estádio. Fez que começou para a torcida alvinegra bem antes de a bola rolar. Em uma ação do clube para os sócios, um aquecimento para o Carnaval aconteceu na esplanada do Mineirão, com a lata de cerveja sendo vendida por R$ 2 para o sócio da modalidade preta e por R$ 4 para o sócio da modalidade prata.

Cazares tenta repetir golaço da final da Copa do Brasil

O Atlético não foi campeão da Copa do Brasil no passado, acabou derrotado pelo Grêmio. Na partida final, em Porto Alegre, o empate em 1 a 1 ficou marcado pelo golaço de Cazares, que percebeu o goleiro Marcelo Grohe adiantado e chutou ainda do campo de defesa. E o camisa 10 do Atlético tentou repetir o golaço neste domingo, contra o América-MG. Aos 31 minutos do primeiro tempo Cazares percebeu João Ricardo adiantado e arriscou, mas dessa vez não acertou o rumo da meta.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 4 X 1 AMÉRICA-MG

Data: 19/02/2017 (domingo)
Horário: 17h (de Brasília)
Motivo: 4ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 29.458 presentes
Renda: R$ 507.715,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira e Felipe Alan Costa de Oliveira (ambos MG)
Cartões amarelos: Danilo (CAM) Juninho e Rafael Lima (AFC)
Gols: Fred aos 26 do primeiro tempo; Fred aos 11, Hugo Almeida aos 14 minutos, Fred aos 43 e Maicosuel aos 46 do segundo tempo

ATLÉTICO-MG
Giovanni, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Danilo (Maicosuel, aos 21 do 2º), Otero (Yago, aos 37 do 2º) e Cazares (Robinho, aos 21 do 2º); Fred.
Treinador: Roger Machado.

AMÉRICA-MG
João Ricardo, Auro, Rafael Lima, Messias e Pará; Gustavo Blanco (Rubão, aos 36 do 2º), Juninho, Ernandes, Renan Oliveira e Gérson Magrão (Marion, aos 22 do 2º); Hugo Almeida
Treinador: Enderson Moreira.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br