Arquivo da tag: lamenta

Ministro lamenta que Plano Nacional da Educação tenha ficado para 2014

 

 Na última semana de atividades no Congresso antes do recesso, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, lamentou nessa segunda (16) que os parlamentares não tenham aprovado, em caráter terminativo, o Plano Nacional de Educação (PNE). A matéria deve ser votada nesta terça (17) no Senado, mas, como o texto foi alterado, terá que retornar à Câmara. O ministro acredita, no entanto, que o plano seja aprovado assim que os parlamentares retomarem as atividades, no próximo ano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Espero que essa matéria seja eleita prioridade estratégica logo na retomada dos trabalhos. Como [ela] é para o país deve ser para o Congresso. Já perdemos tempo demais na tramitação e precisamos resolver isso. Assim que voltar [às atividades], a Câmara dará prioridade absoluta e encerraremos esse capítulo”, disse ele, após participar de solenidade de entrega do 27° Prêmio Jovem Cientista, no Palácio do Planalto.

Mercadante espera que a próxima fase da tramitação seja rápida, pois ao retornar à Câmara o texto não poderá mais ser alterado ou receber novas emendas. “Na Câmara é uma votação só. Ou é o texto da Câmara ou é o do Senado. Não há mais possibilidades de emendas”, acrescentou.

O PNE estabelece 20 metas para melhorias na educação pelos próximos dez anos. Entre os pontos estão a universalização do ensino fundamental e do ensino médio e a oferta de creches e ensino integral. O plano também define a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação e prevê a participação dos tribunais de Contas da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios no acompanhamento da meta de ampliação do investimento público em educação.

Thais Araujo e Yara Aquino, da Agência Brasil

Prefeita de Massaranduba é diplomada e lamenta falta de transição administrativa

 

A nova prefeita da cidade de Massaranduba, Joana D’Arc Coutinho (PSC), foi diplomada pela Justiça Eleitoral no começo da noite desta segunda-feira (17), ao lado da vice-prefeita Maria Rogério.[bb]

A solenidade, que foi presidida pelo juiz da 16ª zona eleitoral de Campina Grande, Dr. Manoel  Maria Antunes de Melo, aconteceu no Ginásio “O Ribeirão” e contou com as presenças de pessoas do povo, além de autoridades convidadas, exemplo do deputado estadual Guilherme Almeida (PSC).

Em seu discurso, Joana D’Arc disse que estava muito agradecida a Deus pela vitória, mas que a partir de agora não é prefeita apenas dos que votaram nela, mas de toda cidade.

Em outro momento, Joana D’Arc lamentou que o ainda prefeito da cidade não tenha colaborado com a transição parta o novo Governo: “Infelizmente não sei como estão as finanças municipais. Peço até um pouco de paciência nos primeiros meses de gestão, pois sei que encontrarei muitos problemas pela frente”.

A vereadora Simone da Silva Zeca falou em nome dos vereadores que foram diplomados na mesma solenidade. O evento foi abrilhantado com a apresentação da Banda de Música da Polícia Militar de Campina Grande.

Em entrevista, Joana anunciou o nome de Valdeque Nóbrega como o secretário de Administração. Os demais serão divulgados nos próximos dias.

Presenças na solenidade do ex-prefeito Antônio Mendonça Coutinho e familiares; do presidente da Câmara Municipal, José Aderaldo Lima; do Promotor Dr. Lúcio Mendes Cavalcante, entre outros.

 

A ELEIÇÃO – Joana D’Arc foi eleita  com 4.482 votos, ou seja, 56,76 por cento dos votos válidos. A nova prefeita (esposa do ex-prefeito Antônio Mendonça) disse que pretende resgatar o potencial da cidade em termos de eventos, investir muito em educação, em saúde e em benefícios voltados para o homem do campo.

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Presidente nacional do PT lamenta posicionamento de Maranhão e descarta vinda de Dilma à Paraíba

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (17), em João Pessoa, para falar sobre a campanha do partido na capital da Paraíba. O petista, na ocasião, lamentou o posicionamento do ex-governador José Maranhão que colocou o PMDB como um partido neutro neste segundo turno das eleições.

“Eu lamento essa postura de José Maranhão de ter colocado o PMDB neutro. Isso só faz com que o PT no futuro possa ter um posicionamento igual a este. Mas isso já é uma coisa superada. O importante é que a maioria dos peemedebistas, deputados e vereadores, já declarou apoio a candidatura de Cartaxo”, afirmou Rui Falcão.

O presidente petista disse, também, que veio a João Pessoa para confirmar a presença do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva na cidade para participar da campanha de Cartaxo. “Eu vim também para anunciar e oficializar a vinda de Lula. Ele deve vir na tarde do dia 23 ou no dia 24. Lula vai estar nas três capitais onde o PT está disputando o 2º turno, Fortaleza, João Pessoa e Salvador”, confirmou.

Cartaxo, no entanto, não contará com a presença da presidente Dilma Rousseff, segundo informou Rui Falcão que confirmou a ida da petista apenas para Salvador.

Luciano Cartaxo – O candidato Luciano Cartaxo disse que a presença de Ruy Falcão em João Pessoa foi importante para a campanha e que a vinda de Lula será ainda mais positiva. “Foi muito importante a vinda dele nesse momento, isso vai ser muito positivo. A vinda de Lula também servirá para reafirmar a nossa aproximação com o governo federal”, disse.

Fonte: Politicapb

Solânea: Kaiser Rocha diz que ex-prefeito está bem e lamenta boatos

 

A informação de que o ex-prefeito de Solânea (PB), Valdomiro Jaime da Rocha, teve complicações no estado de saúde deixou a população apreensiva e tem causado especulações, algumas delas, para pessoas próximas da família, desrespeitosas.

A reportagem do FOCANDO A NOTÍCIA conversou com o filho do ex-prefeito, advogado Kaiser Nogueira Pinto Rocha. Ele confirmou que seu pai se encontra em João Pessoa e que está passando bem. Que permanece fazendo exames de rotina e em breve retornará para a cidade.

Redação/Focando a Notícia

Hervázio Bezerra lamenta não votação do empréstimo da Cagepa

Foto: paraibaonline

O líder do governo Hervázio Bezerra (PSDB) lamentou a não votação do pedido de empréstimo da Cagepa na sessão desta quarta-feira na Assembleia Legislativa.

– É lamentável não termos a votação e isso atenta aos princípios democráticos. Aqui no parlamento você tem que decidir, quando não há consenso tem que decidir no voto. Esse aval já foi discutido amplamente e chagamos a exaustão. Essa corda esticando é ruim para os dois poderes – destacou ele.

As declarações repercutiram na Rádio Caturité AM.

paraibaonline

Episcopado brasileiro lamenta a morte do cardeal dom Eugênio Sales

 

dom-eugenio-sales1-268x300Cardeal arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal arcebispo de Sâo Paulo (SP), dom Odilo Pedro Scherer, o arcebispo de Salvador (BA), Primaz do Brasil, dom Murilo S.R. Krieger e dom Jaime  Vieira Rocha, arcebispo de Natal (RN)se manifestam, com pesar, pelo falecimento do cardeal dom Eugênio Sales.

Cardeal dom Raymundo Damasceno anunciou que participa nesta quarta-feira, 11 de julho, do velório e sepultamento do Cardeal Eugênio. O velório será realizado na Catederal do Rio de Janeiro, a partir do meio-dia desta terça-feira. A missa de corpo presente será celebrada nesta quarta-feira`(11), às 15h e, em seguida, o sepultamento.

Cardeal dom Odilo Pedro Scherer enviou mensagem ao arcebispo do Rio de Janeiro: “Estimado Dom Orani. Tendo recebido a notícia do falecimento do Eminentíssimo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Salles, Arcebispo Emérito do Rio de Janeiro, quero expressar minha pessoal solidariedade ao senhor e a toda a estimada Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. Dom Eugênio foi um grande Arcebispo, um Pastor que amou profundamente a Cristo e sua Igreja e, por ela, se dedicou inteiramente. Como Cardeal teve grande solicitude pela Igreja no mundo inteiro, sempre unido ao Papa, Sucessor de Pedro, zelando pela unidade da Igreja e pela fidelidade no cumprimento de sua missão. Como Arcebispo do Rio de Janeiro deixou uma marca indelével de seu pastoreio nessa Arquidiocese que amou e serviu sem reservas. Seu testemunho de homem da Igreja também marcou profundamente a Igreja no Brasil. Por isso, agora, elevo minha prece de gratidão a Deus pela vida e pela ação pastoral e evangelizadora de Dom Eugênio, pedindo ao Pastor dos pastores que o acolha nos “prados eternos” e lhe conceda a vida plena na Casa do Pai”.

Dom Murilo S.R. Krieger divulgou nota: “A Arquidiocese de São Salvador da Bahia cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento do Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, 23º Arcebispo desta Arquidiocese Primaz (1968 – 1971) e Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. Ao fazer esta comunicação, a Arquidiocese de São Salvador da Bahia pede a todos os seus filhos que elevem preces a Deus pelo seu descanso eterno e rende seu tributo de gratidão àquele que aqui trabalhou e que tanto amou esta terra e esta gente”.

Dom Jaime Vieira Rocha apresentou a seguinte Nota:

“A Igreja de Jesus Cristo que está e é presença viva na Arquidiocese de Natal, por seu pastor e guia, Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, em comunhão com toda a Igreja do Rio Grande do Norte, publicamente, vem manifestar sua solidariedade e pesar pelo falecimento do Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, filho desta terra potiguar, nascido em Acari, formado padre e bispo no seio de nossa querida Arquidiocese, onde serviu com amor e criatividade pastoral.

Dom Eugênio, sem dúvida, deixa para toda a Igreja e sociedade, um inesgotável legado, de homem de fé, de homem Igreja, firme nos propósitos e convicções, amante da verdade, que é Deus, atuante da Caridade, servidor da Justiça, comprometido com a promoção e defesa da dignidade da pessoa humana, especialmente, dos mais necessitados e excluídos.

À família de Dom Eugênio, na pessoa do nosso venerável irmão no episcopado Dom Heitor de Araújo Sales, a sempre atual gratidão pela oferenda de tão grande servidor da Igreja de Cristo, insigne benfeitor da Igreja Católica no Rio Grande do Norte, em especial, da Arquidiocese de Natal.

Recomendamos aos padres de todas as paróquias e comunidades eclesiais pertencentes à Igreja particular de Natal, a celebrarem a Missa de Exéquias em sufrágio da alma de Dom Eugênio de Araújo Sales.

Por fim, convido todo o clero, autoridades, agentes de pastoral e fiéis católicos e homens e mulheres de boa vontade para, conosco, celebrarmos a Santa Missa de Exéquias em sufrágio da alma de Dom Eugênio, no 7º dia de sua partida para a Casa do Pai Eterno, a se realizar no dia 14 de julho, às 1l horas, na Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Apresentação”.

OUTROS BISPOS

Dom Frei Diamantino Prata de Carvalho, bispo de Campanha (MG): “Neste momento em que a Igreja eleva a Deus o seu hino de ação de graças pela vida, obra e ministério de Sua Eminência Reverendíssima Dom Eugênio Araújo, Cardeal Sales, quero em meu nome pessoal, e da Diocese da Campanha, MG, apresentar ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom Orani João Tempesta, O. Cist, DD. Arcebispo Metropolitano, aos Senhores Bispos Auxiliares e ao Reverendíssimo Clero do Rio de Janeiro, e a todos os irmãos e irmãs desta amada Parcela do Povo de Deus, as minhas orações pela páscoa de Dom Eugênio.

Eu trabalhei, como frade franciscano, na Paróquia Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, de 1978 a 1983, quando pude testemunhar o carinho do Senhor Cardeal Sales para com os sacerdotes e o povo de Deus. Sinto-me recompensado pelo seu ministério, de quem fui seu modesto colaborador como Padre. Rogo ao Bom Pastor Jesus Cristo dar-lhe a felicidade eterna no céu”.

Dom Pedro Fedalto, arcebispo emérito de Curitiba (SC): “Associo-me fraternalmente ao meu amigo Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, a Dom Heitor de Araújo Sales, seu irmão, aos seus familiares e a todos da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, para exprimir-lhes meus sentimentos de pesar pela morte do eminentíssimo cardeal dom Eugênio.

Logo que tive conhecimento de sua morte, elevei a Deus preces por sua alma. Sempre o considerei amigo. Sou-lhe gratíssimo pelo convite que me fazia para participar do curso de formação anual dos bispos no Rio de Janeiro, por ele promovido, e pelas diversas vezes que esteve em Curitiba a meu convite.

Agradeço a Deus por todo o bem que Dom Eugênio realizou em Natal, Salvador e Rio de Janeiro. Que Deus o tenha na glória do Paraíso!”

Fonte: cnbb

Focando a Notícia

Haddad lamenta desistência de Erundina em sua chapa

Fernando Haddad e Luiza Erundina durante evento em que o PSB havia formalizado o apoio ao petista na última sexta-feira …

O pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, lamentou a decisão da deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) de desistir da vaga de vice em sua chapa. “Não gostei, gostaria que ela permanecesse”, disse o petista, em tom de desolação. “Não contávamos com essa decisão”, emendou.

Haddad passou esta terça-feira em visita à região de Aricanduva, na zona leste da Capital, e cancelou seu último compromisso de agenda, que era uma plenária com a militância local, para atender a uma reunião de emergência em sua residência, no bairro do Paraíso, na zona sul da cidade.

O petista explicou aos militantes que Erundina ficou incomodada com uma aliança com o PP de Paulo Maluf e que, por isso, teria que se reunir com as lideranças de sua sigla para definir os novos rumos de sua campanha. Assim que se explicou, Haddad ouviu de uma militante: “Maluf não dá, gente.”

Maluf recebe em sua casa o pré-candidato do PT à Prefeitura de SP, Fernando Haddad, e Lula (Foto: Adriana Spaca/Brazil …

O pré-candidato disse que recebeu um telefonema do presidente nacional do PSB, governador de Pernambuco, Eduardo Campos, dizendo que manterá o apoio integral da sigla à sua candidatura. “Estávamos celebrando a espécie de retorno da Erundina, mas em respeito ao seu sentimento e até agradeço o apoio que ela reiterou à minha candidatura, mas como cidadã”, afirmou.

Indagado sobre como ficará a vaga de vice, aberta com a desistência de Erundina, Haddad afirmou que vai conversar com as lideranças partidárias que o apoiam e que vai aguardar a decisão do PCdoB até o final desta semana. Ele revelou que assim que foi comunicado por Campos, avisou o ex-ministro do Esportes Orlando Silva sobre a desistência de Erundina. “Eu não tinha plano B, até porque seria uma indelicadeza. E porque eu mantinha a expectativa que ela permaneceria conosco.”

O pré-candidato do PT descartou, num primeiro momento, um vice indicado pelo PP. E disse que tem outros nomes em mente. Haddad justificou a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na casa de Maluf sob o argumento de que o PP queria homenagear o ex-presidente por considerá-lo uma liderança à altura do ex-presidente da República Juscelino Kubitschek. “O apoio à minha candidatura era uma deferência à liderança do presidente Lula.”

Segundo Haddad, o PT é um partido como os outros que buscam suas alianças nessas eleições municipais. E que não seria justo o PP apoiar o governo federal, da presidente Dilma Rousseff, e não servir para apoiar a sua candidatura na Capital. “Nós queremos aliança com todos os partidos (da base do governo Dilma Rousseff), como é que um partido que apoia o governo federal pode não servir para nos apoiar no plano municipal? Não faz o menor sentido do ponto de vista da democracia moderna.”

Estadão

Cássio lamenta falecimento do Monsenhor José Trigueiro do Vale


Tão logo tomou conhecimento do falecimento do monsenhor José Trigueiro do Vale, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) externou profunda lamentação pela perda de um “homem comprometido com a fé em Deus e a educação”. O Monsenhor José Trigueiro era um homem admirado por várias gerações por todos os serviços prestados à comunidade paraibana e deixa um legado marcado pela religiosidade e pela sua vasta atuação em prol da educação.

Ao se solidarizar com a família do monsenhor, Cássio destacou o grande senso de responsabilidade social, com que o religioso traçou as suas atividades e se tornou referencia educacional e religiosa de milhares de paraibanos. Além do Unipê do qual foi um dos fundadores e reitor, o Monsenhor José Trigueiro do Vale foi um dos idealizadores do Instituto Dom Adauto.

A missa de corpo presente do Monsenhor José Trigueiro do Vale será celebrada pelo arcebispo da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, às 17h, na Igreja de Lourdes, onde ocorrerá o sepultamento, logo após a celebração, nesta segunda.

Assessoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Vital lamenta insensibilidade de governo em reconstruir torre da igreja Matriz de Sousa

 

Foto: Assessoria

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) lamentou nesta quarta-feira (02) a falta de sensibilidade do governo do Estado em reconstruir a torre matriz da igreja de Nossa Senhora dos Remédios em Sousa.

Para Vital é inconcebível que uma obra de tamanha importância para a comunidade católica do Sertão tenha passado tanto tempo sem que o governo sinalize com a boa vontade de realiza-la. “É lamentável que o governo tenha abandonado uma obra tão importante como essa e de grande valor para o povo de Sousa” lamentou.

O parlamentar disse que estava solidário com o povo de Sousa e com o padre José Milton Alexandre atual administrador paroquial que na última sexta-feira manifestou a sua indignação e do povo em geral da cidade quanto a não conclusão da reforma das torres.

Vital ressaltou que por conta da não reconstrução da torre a comunidade tem sido prejudicada visto que as Missas estão celebradas no salão ao lado. A igreja matriz de Sousa segundo ele é um dos patrimônios culturais do Sertão de grande valor sendo tombado pelo Instituto Histórico e Artístico do Estado da Paraiba (Iphaep).

A segunda torre direita da Igreja Nossa Senhora dos Remédios não resistiu à força das chuvas e desabou em abril do ano passado. A torre abrigava o relógio e o sino da Igreja Matriz sousense, foi ao chão durante uma chuva, soterrando a pia batismal e destruindo o terraço interior, e uma importante parte do painel central do forro, pintado no século passado pelo artista pernambucano Luís Correia, em estilo clássico, com colorido exuberante, estando o painel central maior, pintado por um casal húngaro em vias de desabamento.

A primeira torre caiu coincidentemente também em um domingo na madrugada do dia 29 de abril de 2007. As duas torres estavam com infiltração e por isso desabaram.

A centenária torre direita da Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, da cidade de Sousa, foi erguida a partir do ano de 1814, com traços de arquitetura barroca, por iniciativa do então vigário Luiz José Correia de Sá.

Vale dos Dinossauros – Recentemente Vital do Rêgo também manifestou a sua preocupação em relação do Vale dos Dinossauros, localizado na região polarizada pela cidade de Sousa. Patrimônio histórico da humanidade o sítio arqueológico também se encontra abandonado. O parlamentar defende a revitalização do Vale, com ênfase para a exploração turística e para o estudo e pesquisa.

Concordando com o deputado André Gadelha (PMDB), Vital  disse que o Vale dos Dinossauros tem um enorme potencial turístico e histórico, mas a Paraíba não está sabendo aproveitar esse tesouro histórico.

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Tite lamenta eliminação e tenta se reequilibrar: ‘Por dentro estou p…’

Talvez o fato de a coletiva do presidente do Mário Gobbi ter sido antes da sua tenha ajudado o técnico Tite a ficar mais calmo. Após a eliminação do Corinthians para a Ponte Preta, nas quartas de final do Campeonato Paulista, neste domingo, o técnico do Timão não mostrou qualquer tipo de exaltação em suas palavras. Pelo menos por fora.

– Por dentro estou p… – resumiu o comandante alvinegro.

Além de parabenizar o bom futebol da Ponte Preta, em especial na marcação, Tite ressaltou a importância de a Macaca ter saído na frente (venceria por 3 a 2). Segundo ele, em um jogo de “mata”, a equipe que marca primeiro fica com uma vantagem emocional muito maior para o restante do jogo.

– A grande lição que fica é que equilíbrio emocional é fundamental quando você sai atrás em fases importantes como essas. Quando a vaga é decidida em apenas 90 minutos, o jogo é de resultado, não de campanha. Pegamos um goleiro em uma tarde boa, um time com estratégia de contra-ataque. Foi fatal – declarou Tite.

Apesar das falhas de Julio Cesar e da falta de pontaria do ataque corintiano, o técnico corintiano conseguiu achar motivo para elogiar a sua equipe.

– Gostei de ver que a equipe não desistiu, não fugiu de sua responsabilidade, não se retraiu, lutou até o fim – finalizou o técnico.

A próxima partida do Corinthians será apenas no dia 2 de maio, contra o Emelec, no Equador, pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América.

Tite, técnico do Corinthians, no jogo com a Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Tite não se conforma com derrota para a Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Globoesporte.com