Arquivo da tag: Lagoa Seca

Dupla armada assalta passageiros de ônibus entre Campina Grande e Lagoa Seca, na PB

Dois homens armados fingiram que eram passageiros para assaltar cerca de 30 pessoas que estavam dentro de um ônibus intermunicipal, na tarde desta quarta-feira (2). O crime aconteceu por volta das 15h, o veículo estava entre as cidades de Campina Grande e Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba, quando o grupo foi rendido.

Foram roubados dinheiro, celulares e outros objetos pessoais das vítimas. Os suspeitos fugiram do local a pé. A Polícia Militar realizou buscas, mas até as 18h30 desta quarta-feira nenhum assaltante havia sido localizado.

Ao G1, a Polícia Civil informou que já existe uma linha de investigação sobre o assalto e que os suspeitos teriam feito outros roubos na região.

G1

 

Princípio de rebelião é registrado no Lar do Garoto, em Lagoa Seca, no Agreste da PB

Um princípio de rebelião foi registrado na manhã desta sexta-feira (27) no Centro Educacional Lar do Garoto, em Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, a rebelião pode estar relacionada à prisão de um agente socioeducativo nesta quinta-feira (26), após ser flagrado por câmeras fornecendo drogas aos internos.

Conforme o comandante do Comando de Policiamento Regional I (CPR1), em Campina Grande, coronel Cunha Rolim, o princípio de rebelião foi registrado, mas os agentes teriam conseguido conter os internos ainda na manhã desta sexta-feira. Equipes da Polícia Militar foram acionadas ao local para dar apoio ao procedimento de revistas nas alas do Centro Educacional após a rebelião.

“Esse é mais um princípio de tumulto, pela terceira vez neste mês de setembro, um grupo de menores conseguiu arrombar as celas e tentou contra outro grupo de menores que estava no seguro, na parte isolada. Mas a situação está contida, não teve nenhum menor ferido, apenas com escoriações por passar pelos buracos das celas”, explicou o coronel Cunha Rolim.

Segundo o comandante do CPR1, cerca de 12 celas foram danificadas pelos internos. “Desta forma, eles tiveram acesso a uma parte externa do Centro Educacional. A PM foi acionada, contivemos o local e agora o Bope vai fazer uma operação de segurança, como é de costume para retirar alguma material que esteja irregularmente dentro das celas”, relatou.

O coronel explicou que ainda não é possível confirmar se o tumulto tem a ver com a prisão do agente socioeducativo. “A Polícia Militar não pode confirmar se esse tumulto tem relação com a prisão do agente, até porque esses menores sempre fazem isso, geralmente pelas questões que existem aqui dentro entre eles mesmo”, salientou Cunha Rolim.

Tentativa de fuga

Ainda de acordo com o o comandante do CPR1, houve tentativa de fuga. “Desta vez, os internos tiveram acesso a parte das muralhas do local, o que não é comum. Mas os policiais estavam atentos, o reforço chegou rápido e não houve nenhuma fuga”, esclareceu.

Os internos teriam conseguido sair das celas por buracos feitos nas paredes. “Essa instituição tem uma estrutura antiga, e os internos conseguiram arrombar as paredes. Agora essas paredes vão passar por reformas, a Fundac já informou isso, que vão concretar essas paredes pela questão de segurança e pra evitar esse tipo de tumulto”, destacou o comandante.

Até as 11h desta sexta-feira (27), viaturas da Polícia Militar permaneciam na entrada do Lar do Garoto. O coronel Cunha Rolim informou ainda que a segurança externa do local está ativada e que existe um número considerável de agentes socioeducativos dentro do Centro Educacional. “A PM ajuda na questão da segurança externa, mas a segurança interna é de responsabilidade da Fundac”, concluiu.

Agente socioeducativo preso

Um agente socioeducativo do Centro Educacional Lar do Garoto, em Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba, foi preso na noite da quinta-feira (26) suspeito de fornecer drogas aos internos da unidade. De acordo com a delegada plantonista, Elizabeth Beckman, a ação do agente foi flagrada por câmeras de segurança após a direção receber uma denúncia e passar a monitorar a conduta do homem.

O agente foi flagrado por volta das 18h, quando, segundo a delegada, as câmeras registraram o momento em que ele entregava um material suspeito a três internos na ala provisória do Centro Educacional. Depois disso, a direção e outros agentes foram até a ala e encontraram a droga.

G1

 

Caminhão tomba e carga é saqueada entre Lagoa Seca e Esperança

Um motorista de caminhão perdeu o controle enquanto trafegava na BR 104, entre as cidades de Lagoa de Roça e Esperança, na tarde de ontem, sábado (07), e acabou tendo toda a carga que transportava saqueada.

O veículo transportava alimentos, em sua maioria biscoitos. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o momento que vários pedestres fogem com os mantimentos. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local, mas não teve como conter a população.

Segundo informações, o motorista teve apenas ferimentos leves, já dois ajudantes que estavam com eles tiveram fraturas nas pernas e foram socorridos por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

Veja imagens divulgadas por internautas:

 

PB Agora

 

 

Agência dos Correios é explodida e suspeitos jogam grampos na rua durante fuga, em Lagoa Seca, PB

Uma agência dos Correios localizada na cidade de Lagoa Seca, na Paraíba, foi explodida por um grupo de homens na madrugada desta segunda-feira (1º). Eles chegaram em carros e atiraram várias vezes. Na fuga, os suspeitos jogaram grampos na rua para evitar a chegada da polícia no local.

No entanto, o carro de uma mulher que estava em trabalho de parto acabou sendo atingido pelos grampos e teve os pneus furados. Ela saía da cidade de Arara para fazer o parto. A mulher precisou ser socorrida com urgência pela Polícia Militar e foi encaminhada até o Hospital da FAP, em Campina Grande.

A mulher conseguiu chegar a tempo no hospital e o parto foi realizado. De acordo com moradores da cidade, uma agência bancária também foi atingida pelos suspeitos. Até as 6h20 não havia informações sobre os valores e objetos roubados do local. Ninguém foi preso.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

G1

 

Rebelião deixa feridos no Lar do Garoto, em Lagoa Seca, PB e Polícia Militar encontra espetos

Equipes da Polícia Militar foram acionadas para o centro educacional Lar do Garoto, em Lagoa Seca, no Agreste paraibano, na tarde desta terça-feira (4). O Centro Integrado de Operações da Polícia Militar confirmou o chamado era para apoio no controle de um princípio de rebelião. Mas, ao chegar no local, os policiais se deparam com uma rebelião já em andamento.

A informação sobre feridos foi confirmada pelo presidente da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Noaldo Meireles, que disse que ao todo 22 internos tiveram ferimentos leves. Por volta de 21h a Polícia Militar confirmou que três internos precisaram ser levados para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

A Polícia Militar também informou a reportagem da TV Paraíba que foi encontrado um bilhete, mas o conteúdo não foi divulgado. De acordo com a Polícia Militar, os internos conseguiram abrir algumas grades pra ter acesso ao pátio. Cinco internos foram vistos em cima do muro já para fugir, mas foram impedidos por policias que usaram armas com munições de borracha.

G1 tentou contato com a direção do Lar do Garoto e com a Delegacia de Polícia Civil em Lagoa, mas não teve sucesso. O presidente da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Noaldo Meireles, disse que vai abrir um procedimento administrativo para apurar o caso. A suspeita da Fundac é de tentativa de fuga com a proximidade do São João.

“Nos últimos anos temos percebido que sempre na semana de abertura do São João 2019 em Campina Grande acontecem planos e tentativas de fuga. Uma revista já estava programada para a próxima quinta-feira (6). No ano passado havia um plano e há dois anos tivemos um rebelião mais grave com mortes”, disse ele.

Revista no Lar do Garoto

Ainda durante a tarde desta terça-feira, a Polícia Militar deu apoio a um procedimento de revista. O presidente da Fundac disse que na revista foram encontrados três pedaços de cadeado, quadro espetos de ferro, quatro pedaços da cabo de vassoura, um lápis e um pedaço de madeira.

G1

 

Ex-prefeito de Lagoa Seca, PB, Bola Coutinho é preso após condenação por desvio de verbas

O ex-prefeito de Lagoa Seca, Francisco José de Oliveira Coutinho, mais conhecido como Bola Coutinho, foi preso nesta terça-feira (26) após ser condenado pela Justiça Federal a seis anos de reclusão em regime semiaberto. A carta de guia de prisão foi assinada pela juíza Emanuela Mendonça Santos Brito, titular da 10ª Vara Federal e que responde pela 6ª Vara Federal. O ex-gestor começou a cumprir a pena, no Presídio do Monte Santo, em Campina Grande.

O advogado Felipe Reul, que integra a defesa de Bola Coutinho, disse que não estava autorizado pela família para falar sobre a prisão do ex-prefeito de Lagoa Seca.

Bola Coutinho, que foi prefeito quatro vezes de Lagoa Seca, foi condenado por crimes de responsabilidade, entre eles, apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio; utilizar-se, indevidamente, em proveito próprio ou alheio, de bens, rendas ou serviços públicos; e empregar subvenções, auxílios, empréstimos ou recursos de qualquer natureza, em desacordo com os planos ou programas a que se destinam.

A Justiça acatou a denúncia do Ministério Público Federal. Bola Coutinho foi denunciado, ainda prefeito de Lagoa Seca, de 1983 a 1988, por “ter admitido contratados na prefeitura, cuja contraprestação pelos serviços, que, de todo modo, não eram prestados, seriam salários, mas sim os benefícios previdenciários e de assistência do regime geral, sendo que a verba destinada aos pagamentos dos salários era apropriada pelo então prefeito”.

Condenado em primeira instância, Bola Coutinho recorreu da decisão ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Recife. O recurso foi indeferido. Depois, o ex-prefeito impetrou recurso junto ao Superior Tribunal de Justiça, mas não obteve êxito. Depois, foi ao Supremo Tribunal Federal, mas o ministro Dias Tofolli indeferiu o recurso.

No regime semiaberto, Bola Coutinho vai poder sair do Presídio Monte Santo de dia para trabalhar e se recolher, no período da noite, nos finais de semana. Ele também teve os direitos políticos suspensos e está inabilitado para ocupar cargo público.

G1

 

Quadrilha rende família com idosos e rouba granja em Lagoa Seca, PB

Assaltantes reviveram granja em Lagoa Seca durante roubo no domingo (4) (Foto: Reprodução/TV Paraíba )

Uma família moradora de uma granja na zona rural de Lagoa Seca, no Agreste paraibano, foi feita refém durante um assalto registrado no domingo (4). De acordo com a Polícia Militar, cinco homens armados invadiram a propriedade pouco antes das 6h (horário local). O caseiro da granja foi o primeiro rendido pela quadrilha.

Após render o funcionário do local, os assaltantes foram até a casa principal e renderam a família: um casal de idosos e dois netos adultos. Segundo relato das vítimas à polícia, os assaltantes se dividiram pelos cômodos e reviraram móveis em busca de objetos de valor.

“Eles saíram mexendo em tudo, jogando tudo, caçando alguma coisa de valor”, relatou o caseiro que preferiu não ser identificado.

Uma das netas do casal de idosos estava dormindo quando foi acordada por um dos assaltantes que uma arma de fogo na cabeça. Segundo a neta, os bandidos em todo momento perguntavam por armas, dinheiro e joias. Toda ação dos bandidos durou cerca de 40 minutos.

A quadrilha fugiu da granja levando três televisores, quatro notebooks, celulares, caixas de som, videogame, micro-ondas, dinheiro e as chaves dos carros. Todo o material recolhido da casa foi colocado em uma das caminhonetes da família e levada pelos assaltantes. Uma motocicleta também foi roubada no local pela quadrilha.

O casal de idosos precisou ser levado para o hospital por estar em estado de choque. Um dos idosos precisou ser encaminhado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta de um problema médico de pressão alta. O caso foi registrado pelas vítimas na delegacia da cidade de Lagoa Seca.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Ônibus escolar de Lagoa Seca é alvo de vandalismo e tem poltronas arrancadas

Ônibus escolar é depredado em Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba. (Foto: Márcio Rangel/Prefeitura de Lagoa Seca)

Um ônibus que leva os alunos da zona rural de Lagoa Seca, no Agreste paraibano, para assistir às aulas em uma escola localizada no Centro da cidade, foi destruído na noite de terça-feira (8). Segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura, várias poltronas foram arrancados e jogadas pelas janelas quando o veículo estava em deslocamento.

Ainda de acordo com a assessoria, um grupo de jovens, que utiliza o transporte diariamente teria praticado o ato. Um boletim de ocorrência foi registrado pela prefeitura na Delegacia de Polícia Civil de Lagoa Seca.

Por conta do fato, a prefeitura adiantou que pretende instalar câmeras de segurança dentro de todos os veículos que fazem o transporte estudantil do município.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Professores de Lagoa Seca ocupam prefeitura em protesto pela aprovação de projeto na Câmara

O servidores do magistério no município de Lagoa Seca paralisaram as atividades nesta quinta-feira (04) e ocuparam a prefeitura da cidade, em protesto contra a aprovação de projeto que reformula o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Magistério. O plano foi aprovado sem o conhecimento e sem a participação da categoria e do sindicato que representa os professores.

O ato teve início em frente à sede do Sintab de Lagoa Seca e reuniu dezenas de professores do município. Eles se sentem prejudicados com a retirada de direitos pelo prefeito Fábio Ramalho e dos vereadores de sua base.

“A categoria mostrou sua indignação diante do golpe sofrido, pois o sindicato estava dialogando com a gestão através de uma comissão de representantes dos professores que estavam avaliando as alterações e acompanhando as negociações, já que estava acordado com o prefeito, que o sindicato junto com a comissão de fazer estudos para mostrar alternativas à proposta do município”, afirma o Sintab.

Para o sindicato, desde o início, a intenção da administração de Lagoa Seca era a de cortar direitos dos trabalhadores, pois apesar de toda dificuldade no processo de estudo do PCCR, como a demora na entrega de documentos solicitados, quando eram entregues chegavam de forma incompleta. O sindicato afirma que os professores e o próprio sindicato foram surpreendidos com a aprovação do Plano de Cargos Carreira e Remuneração do Magistério na Câmara Municipal, sem que fosse respeitado o estudo realizado pelo Sintab e pela comissão e sem respeito principalmente aos direitos dos professores da rede municipal.

Os professores chamam a aprovação do plano de golpe, pois segundo eles o projeto foi apresentado à Câmara de forma sorrateira e pegou de surpresa até os vereadores da oposição, que pediram vista ao projeto, mas tiveram os pedidos negados.

“O sindicato repudia e lamenta que a gestão tenha se negado a dialogar e preferiu usar esses meios, que em nada tem a ver com um governo democrático e ético”, afirma o sindicato, que ameaça nova ocupação da prefeitura, desta vez, por tempo indeterminado, se não houver revogação da lei.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Homens tentam assaltar viatura da Polícia Militar em Lagoa Seca, na PB

sireneCinco homens trocaram tiros com a Polícia Militar na noite dessa quinta-feira (2), após tentarem assaltar uma viatura, na zona rural em Lagoa Seca, no Agreste paraibano. De acordo com as informações repassadas pelos policiais, após a ação criminosa, os suspeitos conseguiram fugir.

A ocorrência foi registrada por volta das 22h (horário local) no Sítio Quicé. Segundo o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), a viatura fazia rondas quando perceberam que a estrada estava bloqueada com pedras. Quando pararam o veículo, foram surpreendidos pelos suspeitos, que saíram de um matagal e anunciaram o assalto.

Os policiais revidaram a ação e anunciaram voz de prisão aos criminosos, houve troca de tiros e os homens conseguiram fugir. Ninguém ficou ferido. A poucos metros do local do tiroteio, os policiais encontraram três homens amarrados na mata e um veículo Ford Fiesta que seria das vítimas. O trio contou aos policais que os suspeitos tinham tomado o carro em assalto e em seguida amarrado os três.

No local, a Polícia Militar encontrou também duas motos, que provavelmente estariam sendo usadas pelos criminosos. A equipe da Polícia Militar apreendeu os veículos e já repassou o caso para a investigação da Polícia Civil.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br