Arquivo da tag: Kaká

Hulk e Neymar são chamados, mas Kaká e Robinho ficam fora da seleção pré-Copa

felipãoO técnico Luiz Felipe Scolari anunciou nesta terça-feira 16 convocados para o amistoso de 5 de março contra a África do Sul, o último teste da seleção brasileira antes da lista final para a Copa do Mundo. A relação, composta apenas por atletas que atuam no exterior, manteve a base da Copa das Confederações. As grandes ausências foram Kaká e Robinho, ambos do Milan, além de Lucas, do Paris Saint-Germain. Já as novidades ficaram por conta de Fernandinho, do Manchester City, e Rafinha, do Bayern de Munique.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
A convocação para o último teste pré-Copa foi dividida em duas partes. Nesta terça, apenas jogadores ‘estrangeiros’ foram relacionados. A lista será completada na última semana de fevereiro por outros três atletas que atuam no Brasil. O UOL Esporteapurou que a medida visa aguardar a recuperação do atacante Fred, que sofreu lesão e desfalcou o Fluminense na última semana.

Caso Fred não tenha condições de atuar, Felipão chamará outra opção caseira. Jô, do Atlético-MG, e Leandro Damião, do Santos, são os preferidos. A delegação da seleção viajará para Johanesburgo, na África do Sul, no dia 1º de março.

Se o histórico dos últimos Mundiais for mantido, praticamente todos os convocados para enfrentar a África do Sul estarão na equipe que buscará o hexa. Desde 1994, mais de 90% dos atletas convocados para o último amistoso antes da lista final acabaram chamados para a Copa.

A convocação para a Copa do Mundo será divulgada somente em 7 de maio, quando o Brasil iniciará sua preparação para a competição.

Confira os convocados para o amistoso contra a África do Sul:

Goleiro: Júlio César (Toronto FC-CAN)
Laterais: Daniel Alves (Barcelona-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP) e Rafinha (Bayern de Munique-ALE)
Zagueiros: Thiago Silva (Paris Saint-Germain-FRA), David Luiz (Chelsea-ING) e Dante (Bayern de Munique-ALE)
Volantes: Paulinho (Tottenham-ING), Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE) e Fernandinho (Manchester City-ING)
Meias: Ramires (Chelsea-ING), Oscar (Chelsea-ING), Hulk (Zenit-RUS), e Willian (Chelsea-ING)
Atacantes: Neymar (Barcelona-ESP) e Bernard (Shaktar-UCR)

Uol

Felipão anuncia a lista sem Kaká e Ronaldinho; Bernard é a surpresa

felipãoNem Ronaldinho Gaúcho, nem Kaká. O técnico Luiz Felipe Scolari divulgou nesta terça-feira a lista dos 23 jogadores convocados para defender a Seleção na Copa das Confederações e deixou os dois campeões mundias de 2002 fora. A principal surpresa da relação é o meia-atacante Bernard, do Atlético-MG.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Nós não somos um clube, um estado. Somos o Brasil. Convocamos de acordo com o que pretendemos para agora e para a Copa do Mundo, o que achamos o caminho certo para a Seleção. Independentemente de quem torce para A ou B, de quem for escolhido ou não, que nós possamos trabalhar juntos em junho pela nossa Seleção. É isso que eu peço a todos – disse Felipão antes do anúncio da lista.

INFO convocação brasil copa das confederações (Foto: Editoria de arte)

Outra ausência marcante é o volante Ramires, do Chelsea, que deu lugar a Luiz Gustavo, do Bayern. Os jogadores da Seleção vão se apresentar no dia 27 de maio, no Rio de Janeiro. Nos dois primeiros dias de atividades, o grupo, que vai ficar hospedado no Hotel Sheraton, em São Conrado, vai realizar exames médicos de rotina. A partir daí, Felipão iniciará as atividades na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, também na Zona Sul.

– Acredito que esta seja a convocação mais importante da Seleção desde que chegamos à CBF. Estamos voltados exclusivamente para o preparo da Seleção. Nós vamos procurar seguir o calendário, que nos dá agora, inicialmente, a Copa das Confederações. Depois, a Copa do Mundo. Nós estamos voltados, com nosso trabalho, nossa atenção, totalmente à Seleção. É tempo de Seleção. Não é tempo de eleição. Razão pela qual, com maior respeito a todos, eu pediria humildemente que toda nossa atenção seja voltada à Seleção. Renovo a confiança no trabalho da comissão técnica, que ficará conosco até 2014. O trabalho tem a confiança da CBF. Eles têm total liberdade na convocação e na escalação da Seleção – disse o presidente da CBF, José Maria Marin.

No dia 2 de junho, a Seleção vai encarar a Inglaterra, no Maracanã, na abertura oficial do estádio para os torcedores brasileiros. No dia seguinte, a delegação embarcará para Goiânia para realizar a segunda parte da preparação. No dia 9, o último amistoso antes da estreia nas Confederações. O time canarinho terá a França pela frente, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O Brasil está no Grupo A do torneio ao lado de Japão, Itália e México. A estreia da Seleção de Felipão na Copa das Confederações será no dia 15 de junho, contra os japoneses, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Quatro dias depois, o rival será a equipe mexicana, em Fortaleza. No dia 22, o time nacional terá os italianos pela frente, na Fonte Nova, em Salvador.

– Tive algumas dificuldades em razão que tinham muitos outros bons jogadores que poderiam estar na lista, mas de acordo com alguns critérios que envolve a participação de grupo estes são os escolhidos – afirmou Felipão.

 

Globoesporte.com

Felipão confirma Seleção com três atacantes. Kaká fica na reserva

Mowa Press
Mowa Press

O técnico Luiz Felipe Scolari praticamente definiu a seleção brasileira durante o treino desta quarta-feira, em Genebra. O time canarinho vai enfrentar a Itália, nesta quinta-feira, às 16h30m (de Brasília), com apenas dois zagueiros: Dante e David Luiz. Thiago Silva começou a atividade tática na reserva, mas também foi utilizado no time principal. Porém, sua vaga não está assegurada. Quem ficará mesmo  no banco será o meia-atacante Kaká, do Real Madrid. Além disso, o comandante confirmou que o time canarinho vai atuar com três atacantes: Fred, Hulk e Neymar.

O próprio treinador confirmou a informação na coletiva desta quarta-feira, minutos antes do início da atividade. Com isso, a Seleção vai entrar em campo com a seguinte formação: Julio César, Daniel Alves, Dante (Thiago Silva), David Luiz e Filipe Luís; Fernando, Hernanes e Oscar; Hulk, Neymar e Fred.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Vamos iniciar a partida com três atacantes. Normalmente, o meu time é o que inicia as atividades – revelou Felipão.

O treinador também falou que Kaká iniciará a partida no banco de reservas.

– A ideia é utilizá-lo no decorrer do jogo de e quem sabe não iniciar a partida da próxima semana, contra a Rússia. Vamos ver o transcorrer do jogo. Queremos que ele mostre o seu potencial, se está em condições ou não. Observar o ambiente dele com os outros jogadores e a característica dele com os outros jogadores.

A outra surpresa foi a presença de Thiago Silva no início da atividade entre os reservas. O jogador, recém-recuperado de um problema muscular, fez apenas duas partidas pelo PSG desde que retornou aos gramados. Em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, o defensor admitiu que teria uma conversa com o médico do time canarinho, José Luís Runco. Na segunda parte da atividade, Felipão escalou o “Monstro” ao lado de David Luiz no time principal.

Quem ganhou mesmo a confiança de Felipão foi o volante Fernando. O jogador foi confirmado pelo treinador entre os titulares e ganhou elogios.

– A chance não caiu no colo dele. Ele está fazendo por merecer. Quando ele jogou contra o Fluminense, ele foi muito bem. A Copa do Brasil, eu era o treinador do Palmeiras, e sei bem como ele jogou contra nós. Independentemente das lesões de A, B ou C, ele seria o titular absoluto nessa partida. Quero dar essa chance e acho que ele tem condição de proteger bem a minha zaga e deixar a minha equipe mais tranquila. Se jogar o que tem jogado no Grêmio, ele será de uma utilidade muito grande para nós.

O confronto entre Brasil e Itália será transmitido ao vivo pela TV Globo, Sportv e GLOBOESPORTE. O site também acompanha em Tempo Real.

 

 

Globoesporte.com

Felipão chama Kaká e Diego Costa. Ronaldinho fica fora de amistosos

O técnico Luiz Felipe Scolari convocou nesta terça-feira a Seleção para os amistosos contra a Itália, em Genebra (Suíça), no dia 21, e a Rússia, em Londres (Inglaterra), no dia 25. O meia Kaká, do Real Madrid, e o atacante Diego Costa, do Atlético de Madri, são as novidades. Ronaldinho Gaúcho, do Atlético-MG, está fora.

– Kaká está sendo convocado dentro da igualdade que eu vou dar a todos os jogadores. Todos vão ter um, dois jogos no mínimo, nas mesmas posições e depois eu escolho – disse Felipão.

Na estreia do treinador, o Brasil perdeu por 2 a 1 para a Inglaterra em 6 de fevereiro, no estádio de Wembley. A CBF tem ainda mais três amistosos marcados antes da Copa das Confederações, mas esta foi a última convocação com atletas que atuam no exterior. No dia 24 de abril, a Seleção pega o Chile, no Mineirão, somente com jogadores que atuam no país. Depois, já com o grupo do torneio-teste da Copa do Mundo, o time de Felipão terá pela frente Inglaterra (2 de junho, no Maracanã) e França (9 de junho, na Arena do Grêmio) pela frente.

Em relação à primeira convocação do treinador, as novidades são: Dedé (Vasco), Diego Cavalieri (Fluminense), Diego Costa (Atlético de Madri), Fernando (Grêmio), Kaká (Real Madrid), Luiz Gustavo (Bayern de Munique), Thiago Silva (PSG) e Marcelo (Real Madrid). Hernanes (Lazio), que havia sido chamado, ficou fora da derrota para os ingleses por lesão. Estão fora agora Adriano (Barcelona), Ronaldinho (Atlético-MG), Luis Fabiano (São Paulo), Leandro Castán (Roma), Miranda (Atlético de Madri), Diego Alves (Valencia) e Arouca (Santos).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Kaká não atua pela Seleção desde 14 de novembro de 2012, quando foi titular no empate de 1 a 1 com a Colômbia. Convocado pela primeira vez para vestir a amarelinha, Diego Costa tem 24 anos e está no Atlético de Madri desde 2010. Nascido no Sergipe, o atacante nunca atuou profissionalmente no Brasil e já passou por clubes como Braga (Portugal), Celta, Valladolid e Rayo Vallecano (Espanha).

– Venho observando o Diego desde que assumi a Seleção, com detalhes que coletei nos últimos jogos e com técnicos europeus com que tenho contato. Ele merece essa oportunidade para que possamos observá-lo, e tem uma característica importante para o grupo:, é muito forte, sabe guardar posição, luta muito mais do que é imaginado – explicou o treinador.

A comissão técnica e os jogadores vão se reunir em Genebra no dia 18. No dia seguinte, Felipão fará a primeira atividade antes do duelo contra os italianos, no dia 21, às 16h30m (de Brasília), no Estádio de Genebera. Quatro dias depois, a equipe canarinho vai encarar a Rússia, em Londres, às 16h30m (de Brasília).

Arte Convocados Felipão seleção brasileira (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)
Globoesporte.com

Mano chama Kaká e atletas que atuam no Brasil para jogo 1.000 da Seleção

O técnico Mano Menezes convocou força máxima para o amistoso do dia 14 de novembro, contra a Colômbia, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. O confronto será o milésimo da história da seleção brasileira. Sem novidades e com a mesma base que goleou Iraque e Japão há pouco mais de duas semanas, o comandante voltou a chamar o meiaKaká, do Real Madrid, e confirmou a presença dos atletas que atuam no futebol brasileiro, entre eles o atacante Neymar, do Santos…

A delegação da Seleção vai seguir para os Estados Unidos na manhã do dia 12 de novembro e retorna no dia seguinte ao duelo contra o time de Falcao García e companhia. Com isso, os jogadores que atuam no Brasil convocados por Mano Menezes não perderão a 36ª rodada da competição nacional e as partidas seguintes do Campeonato Brasileiro, que acontecerão nos dias 17 e 18.

Convocação mano menezes brasil  (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

[B]A lista de Mano (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)[/B]
Ao todo, nove atletas que atuam em solo verde e amarelo foram convocados. Corinthians e Santos, que não brigam mais por título ou lutam contra rebaixamento, tiveram dois nomes cada um (Paulinho, Fabio Santos, Arouca e Neymar). Atlético-MG e Fluminense, que disputam o caneco cabeça a cabeça, só cederam um cada (Réver e Thiago Neves, respectivamente). Com um atleta cada, aparecem também Botafogo (Jefferson), Internacional (Damião) e São Paulo (Lucas).

– Já havia refeito antes do jogo porque não teremos prejuízo em relação aos clubes que vão jogar o Campeonato Brasileiro. Sempre que tivermos a chance de repetir e o sentimento de que as coisas estão evoluindo, nós temos que aproveitar a oportunidade. Até a Copa das Confederações, vocês mesmos me lembraram, que nós teremos poucas chances de fazer isso. – disse Mano em entrevista coletiva.

Mano Menezes convocação Seleção (Foto: Mowa Press)

[B]Mano Menezes chamou 21 jogadores para amistoso contra a Colômbia (Foto: Mowa Press)[/B]
Os jogadores que atuam na Europa vão ter uma facilidade a mais após a partida. Todos voltarão de voos fretados para o Velho Continente.

Nomes que figuraram nas últimas listas como Marcelo (Real Madrid), Dedé (Vasco) e Alex Sandro (Porto) não foram chamados por conta de lesão.

Perguntado se a lista divulgada é a base para Copa das Confederações em 2013, Mano respondeu:

– A Copa das Confederações não vai começar hoje. Meio subjetivo esse pensamento, essa avaliação. Se começasse amanhã essa seria para jogar, mas não será amanhã. E temos jogadores importantes fora dela. É obvio que eu penso em contar com eles pelo que significam, pelo acréscimo que podem dar ao time que vai encarar a Colômbia.

Sobre o amistoso em si, Mano foi só elogios ao time colombiano.
– Será um dos jogos mais difíceis do ano. Voltamos a jogar contra uma equipe sul-americana, com as características de que temos na América do Sul. Tem mais rivalidade nesse tipo de jogo, pela repetição de jogos do passado. Vai exigir muito da Seleção e temos que continuar evoluindo da maneira que estamos jogando, e acima de tudo eu espero uma boa atuação.

Globoesporte.com

Ídolo da nova geração, Kaká volta confiante e cauteloso: ‘Calma’

Kaká está de volta à seleção brasileira. Não mais como um fã de veteranos como Ronaldo, Ronaldinho, Rivaldo e cia, mas sim como ídolo dos jovens Neymar, Lucas, Oscar e Giuliano. Convocado novamente depois de mais de dois anos, o meia do Real Madrid se apresentou em Breslávia, na Polônia, otimista. Mas cauteloso.

– É um recomeço, sim. Desde a Copa do Mundo de 2010 que não estava na Seleção. Mas em relação ao Mundial de 2014 é preciso ter calma. Estou chegando agora e ainda tem muita coisa pela frente. O grupo tem jogadores novos, com peso grande e tem condições de ser vencedor – comentou Kaká, em sua chegada.

Ídolo de muitos jovens jogadores da atual seleção brasileira, Kaká, aos 30 anos, vive uma situação diferente no time de Mano Menezes.

kaka seleção brasileira apresentação (Foto: Leandro Canônico/Globoesporte.com)Kaká se apresentou nesta segunda à Seleção na Polônia (Foto: Leandro Canônico/Globoesporte.com)

– É uma situação nova para mim (ser ídolo de uma geração de jogadores). Eu senti isso antes e agora estou do outro lado. É muito positivo isso. Dessa galera muitos eu ainda não conheço pessoalmente, como o Neymar e o Giuliano. O Lucas eu conheço porque fui ao São Paulo recentemente.

Há quase um ano sem lesões, Kaká afirmou estar bem fisicamente para essa retomada. Sua última participação com a camisa da Seleção foi na derrota por 2 a 1 para a Holanda, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Desde então, ele foi chamado em novembro passado, mas cortado por lesão.

É uma situação nova para mim. Eu senti isso antes e agora estou do outro lado. É muito positivo isso. Dessa galera muitos eu ainda não conheço pessoalmente, como o Neymar e o Giuliano”
Kaká

– Estou bem, me sinto bem fisicamente. E também estou tecnicamente bem. Estou tendo essa oportunidade nova e quero aproveitar.

Principal nome do atual grupo de Mano Menezes para os amistosos contra Iraque, dia 11, em Malmo, na Suécia, e diante do Japão, dia 16, na Breslávia, na Polônia, Kaká não quer assumir toda a responsabilidade. Mas admite ter papel importante na divisão com as demais promessas do time verde e amarelo.

– Chego para dividir a responsabilidade com esses jovens jogadores. É um momento importante.

Globoesporte.com

Kaká volta à Seleção, e Mano chama apenas um atleta por clube brasileiro

Kaká está de volta à seleção brasileira. Nesta quinta-feira, o técnico Mano Menezes confirmou o retorno do apoiador do Real Madrid para os amistosos contra o Iraque, em 11 de outubro, em Malmo, na Suécia, e diante do Japão, em Breslávia, na Polônia, cinco dias depois. Além disso, o treinador decidiu convocar apenas um jogador por clube brasileiro para não prejudicar as equipes no Brasileirão.

Assim, os goleiros Victor (Atlético-MG) e Jefferson (Botafogo), o zagueiro Dedé (Vasco), os meio-campistas Fernando (Grêmio), Thiago Neves (Fluminense), Paulinho (Corinthians) e Lucas (São Paulo) e os atacantes Neymar (Santos) e Leandro Damião (Internacional) perderão duas partidas do campeonato nacional, nas rodadas 29 e 30. Segundo a CBF, os atletas retornam a tempo de entrar em campo em 17 de outubro, pela 31ª.

– Exatamente nesse período no ano passado vivenciamos esta situação. Naquele período, fizemos a convocação sem limitador. Entendemos que dessa vez é possível sem prejuízo para o que consideramos prioritário, que é a Seleção. Para novembro (NR: há uma data Fifa no dia 14) não faremos nenhuma convocação de jogadores dentro do país, porque teremos uma interferência mais forte. A menos que não tenha mais probabilidade de prejuízo nenhum – disse o treinador.

A novidade na convocação é o zagueiro Leandro Castán, ex-Corinthians e atualmente no Roma. A delegação embarca para a Europa no dia 7 de outubro (domingo de eleições municipais) e treinará sempre na Polônia (só irá à Suécia para a partida com o Iraque, treinado por Zico). A previsão de chegada dos jogadores ao Brasil é na manhã de 17 de outubro, dia da 31ª rodada do Brasileirão.

Kaká ainda não disputou partidas oficiais na temporada

Kaká derrota Brasil jogo Holanda (Foto: Getty Images)Kaká não entra em campo pela Seleção desde
derrota para Holanda na Copa (Foto: Getty Images)

Kaká retorna à Seleção após mais de dois anos sem disputar uma partida com a amarelinha. O último jogo de Kaká pelo time canarinho aconteceu no dia 2 de julho de 2010, na derrota por 2 a 1 para a Holanda, pelas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul. De lá para cá, o jogador passou por uma cirurgia no joelho e inúmeros problemas musculares.

Vale lembrar que Mano Menezes chegou a convocar o atleta para os jogos diante do Gabão, em Libreville, e diante do Egito, em Doha, no Qatar, no final de 2011. Porém, por conta de lesão, Kaká acabou cortado e não voltou a ser chamado pelo comandante. Na última quarta, em amistoso do Real Madrid, contra o Millonarios, da Colômbia, o atleta fez três gols e deu uma assistência.

Até o momento, o camisa 8 não disputou nenhum jogo oficial com a camisa do Real Madrid na atual temporada. Amistosos, no entanto, foram sua especialidade. Dos seis de pré-temporada, o ex-são-paulino esteve em campo em cinco, sendo ausência apenas no primeiro, diante do Real Oviedo. Ele foi titular contra o Benfica (derrota por 5 a 2), Los Angeles Galaxy (vitória por 5 a 1) e Celtic (vitória por 2 a 0). Contra Santos Laguna (2 a 0) e Milan (5 a 1 a favor), o craque brasileiro deixou o banco de reservas e teve boas atuações.

Nenhuma, porém, pareceu impressionar o técnico José Mourinho. O treinador português chegou a não convocar Kaká sequer para o banco de reservas em três oportunidades pela Supercopa da Espanha e Campeonato Espanhol. Na última quarta, o meia enfim recebeu uma chance como titular, no amistoso diante do Millonarios, da Colômbia: ele não decepcionou e deixou o gramado tendo marcado três dos oito gols do time merengue.

– (Kaká) Jogou bem, como toda a equipe. A resposta dele e a da equipe foi possível porque se dedicam a trabalhar bem, como outros que não tinham jogado em partidas oficiais – disse Mourinho após o jogo. A expectativa passa a ser sua presença ou não no próximo domingo, diante do Deportivo La Coruña, no Santiago Bernabéu, pela 6ª rodada do Espanhol.

Lista convocados Mano Menezes Seleção 27/09 (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

Globoesporte.com