Arquivo da tag: junho

Preços do etanol e gasolina no mês de junho na Paraíba são os menores do Nordeste

Os valores do etanol e da gasolina na Paraíba foram os menores do Nordeste no mês de junho, de acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A pesquisa também compara os preços dos combustíveis no mês de maio na região nordestina.

Segundo o levantamento, a Paraíba comercializou em junho a gasolina mais barata do Nordeste, com o litro vendido a R$ 3,922, enquanto o maior preço foi do Piauí com R$ 4,417.

Levantamento aponta valores dos combustíveis no Nordeste — Foto: Ticket Log/Divulgação

Levantamento aponta valores dos combustíveis no Nordeste — Foto: Ticket Log/Divulgação

O estado paraibano também vendeu o etanol mais barato, por valor médio de R$ 3,156, enquanto o maior preço foi do Maranhão com R$ 3,699, em junho.

No mês de maio, o menor preço da gasolina também foi o valor vendido na Paraíba, de R$ 3,761, enquanto o Piauí comercializou o produto por R$4,25, o maior preço do Nordeste.

Também foram pesquisados os valores dos combustíveis Diesel, Diesel S-10 e Gás Natural Veicular (GNV). Em comparação com o mês de maio, apenas o etanol não aumentou em junho na Paraíba e apresentou um recuo de 0,7% no valor.

G1

 

Governo paga salários de junho na segunda e terça-feira da próxima semana

O pagamento dos salários de junho dos servidores estaduais será realizado nesta segunda (29) e terça-feira (30). No primeiro dia, recebem os aposentados e pensionistas e no segundo dia, os servidores da ativa.

“Apesar de o Estado contabilizar uma perda superior a R$ 220 milhões em sua receita, devido à pandemia do coronavírus, o Governo tem realizado todos os esforços para garantir o pagamento do funcionalismo público dentro do mês trabalhado”, ressaltou o secretário da Fazenda, Marialvo Laureano.

Calendário:
29/06- aposentados e pensionistas
30/06- servidores da ativa

PB Agora

 

 

Região Nordeste registra o etanol e a gasolina mais caros no início de junho

Apesar do cenário de alta nos preços para o período, alguns Estados ainda mantiveram comportamento de recuo nos preços
A Região Nordeste apresentou cenário de alta nos preços durante os primeiros 15 dias de junho de acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Os valores que desde janeiro vinha caindo tiveram uma ligeira alta no período. A gasolina que em maio foi vendida ao preço médio de R$ 4,011 já pode ser encontrada a R$ 4,105, alta de 2,34%. O etanol também teve aumento, 0,86%, chegando às bombas nordestinas por R$ 3,365. Já o preço do diesel comum esteve no mesmo patamar de maio e continua a ser vendido pela média de R$ 3,210 por litro, enquanto o diesel S-10 teve aumento de 0,59% e foi comercializado a R$ 3, 239.

“O comportamento dos preços dos combustíveis foi de alta em todo o País devido ao aumento no repasse às refinarias que já havia sido anunciado em maio. O Nordeste acompanhou esse cenário, mas trouxe um fato diferente quanto ao diesel comum, que manteve a mesma média do fechamento de maio. Pode ser que esse preço tenha uma alteração até o final do mês, mas precisaremos analisar o cenário até lá para entender se essa variação será de acréscimo ou decréscimo”, analisa o Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

Ao analisar os preços nos Estados nordestinos, o IPTL aponta que o Piauí continua vendendo a gasolina mais cara da região por R$ 4,393, um aumento de 3,4% em relação a maio. O Estado também tem o maior valor para o diesel que foi vendido a R$ 3,356, com uma ligeira alta de 0,5%. Já o diesel mais barato está no Rio Grande do Norte, comercializado a R$ 3,025 com recuo de 0,80%. A gasolina mais barata foi encontrada nas bombas Paraibanas por R$ 3,853 mesmo com alta de 2,4%.

Os dados do IPTL ainda apontam para um aumento de consumo do etanol em alguns Estados como Maranhão, Pernambuco e Rio Grande do Norte que em maio não haviam registrados dados de consumo suficientes para análises. O Maranhão inclusive desponta com o etanol mais caro da região nesse início de junho. O combustível foi comercializado a R$ 3,655.

Ainda de acordo com o estudo realizado pela Ticket Log, os preços apresentados nessa primeira quinzena de junho demonstram que, embora existam perfis diferentes em cada veículo, foi mais vantajoso financeiramente abastecer com gasolina em todos os Estados do Nordeste.

Sobre a Ticket Log

A Ticket Log integra a divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, juntamente com Repom e Edenred Soluções Pré-Pagas, com o propósito de valorizar o tempo das pessoas para que possam aproveitar mais e melhor a vida. A marca, que atua no mercado urbano, conecta pessoas e empresas a uma mobilidade inteligente por meio de soluções inovadoras que otimizam processos e apoiam no controle da gestão de deslocamento para organizações de todos os tipos e tamanhos.

Com mais de 25 anos de experiência, a Ticket Log conta com 30 mil empresas-clientes, administra, por ano, 1 milhão de veículos em sua base de clientes e quase 2,5 bilhões de litros de combustível, com uma rede de mais de 36 mil comerciantes credenciados. Entre os produtos disponíveis, estão: Ticket Car com a funcionalidade Log&Go, que permite o pagamento de diferentes meios de transporte e serviços veículos, como lavagens ecológicas de automóveis (App Easy Carros), caronas compartilhadas (App Zumpy), serviços de assistência 24h (App Fácil Assist) e recarga do bilhete único (Onboard Mobility); Ticket Fleet e Gestão de Manutenção.

A marca é uma das Maiores e Melhores do Transporte na categoria “Automação e Informática”, no prêmio promovido pela OTM Editora e foi reconhecida como uma das “As 500 Maiores do Sul”, ranking promovido pela revista Amanhã. Também foi eleita uma das melhores empresas para trabalhar na região Sul pela consultoria global Great Place to Work ® Institute (GPTW).

 

Caixa anuncia calendário de novos saques do FGTS; liberação começa em 29 de junho

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, anunciou neste sábado (13) que as liberações emergenciais do FGTS começarão no dia 29 de junho. Essa data é para o crédito em conta do trabalhador nascido em janeiro.

O saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de janeiro, estão liberados a partir de 25 de julho.

Essa nova liberação do saque do FGTS se deu em razão da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e a renda dos trabalhadores.

Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa fixou datas diferentes para a liberação do crédito em conta e para o saque em espécie ou transferência dos valores. O calendário considera o mês de nascimento do trabalhador.

Veja as datas a seguir:

“A cada semana realizaremos o credito digital na conta dos brasileiros. Sempre às segundas feiras, com exceção do dia 8 de setembro, porque dia 7 é feriado. Teremos, a partir do dia 29, pelas próximas 12 semanas a cada segunda feira, 5 milhões de brasileiros recebendo esse depósito e terão o saque sendo permitido a partir de cada sábado”, afirmou Guimarães.

Terão direito aos saques os trabalhadores que tenham contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) do FGTS. Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045.

Se o trabalhador tiver mais de uma conta de FGTS, o saque será feito primeiro das contas de contratos de trabalho extintos (inativas), iniciando pela conta que tiver o menor saldo.

Depois, o dinheiro será sacado das demais contas, também iniciando pela que tiver o menor saldo. Independentemente do número de contas do trabalhador, o valor não pode passar de R$ 1.045.

Assim, ninguém poderá tirar mais do que esse valor, ainda que tenha duas ou três contas com saldos superiores a essa quantia.

O governo federal informa que todos os 60,8 milhões de trabalhadores que possuem contas no FGTS poderão ser beneficiados com os saques. Segundo a Caixa, devem ser liberados R$ 37,8 bilhões. Cerca de 30,7 milhões de trabalhadores poderão sacar todo seu recurso no FGTS (50,5% do total).

Poupança digital

Neste sábado, o governo também editou uma medida provisória autorizando o pagamento do FGTS em contas da poupança social digital da Caixa. O texto foi publicado em edição extra do “Diário Oficial da União” (DOU).

A poupança social digital da Caixa é uma modalidade simplificada, aberta para quem recebe benefícios governamentais e com limite de saldo e movimentação.

O texto da MP amplia o funcionamento da poupança social digital. Assim, passa a ser possível receber, além dos créditos referentes ao FGTS, outros benefícios pagos pela União, estados e municípios, exceto os previdenciários.

O objetivo, segundo o governo, é agilizar os pagamentos e evitar aglomerações em meio á pandemia do novo coronavírus.

“Nesse contexto, a criação da conta poupança social digital promove agilidade e inclusão financeira de forma eletrônica para grande parte da população, e ainda garante maior segurança e controle nos pagamentos dos benefícios emergenciais”, informaram a Caixa e o Ministério da Economia.

“Além disso, a utilização da conta digital evita afluência de pessoas nos bancos e reduz a logística necessária para a distribuição dos recursos”, concluíram.

 

G1

 

 

DECIDIDO: no combate à covid-19, cidades da grande JP terão lockdown e rodízio de veículos a partir de 04 de junho

Durante a reunião ocorrida na manhã desta sexta-feira, dia 29, entre o governador João Azevêdo e os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), Santa Rita, Emerson Panta (PSDB), Cabedelo, Vítor Hugo (DEM), Conde, Márcia Lucena (PSB) e de Bayeux, Jefferson Kita (PSB), ficou decidido que as cidades terão lockdown e adotarão o rodízio de veículos.

As medidas mais rígidas se devem ao aumento de casos confirmados de covid-19 na região polarizada por João Pessoa.

A medida acontecerá dos dias 4 a 14 do mês de junho.

Para isso serão instaladas barreiras entre os bairros e entre os municípios, para desestimular a circulação e forçar o isolamento social.

Os únicos estabelecimentos autorizados a funcionar serão os essenciais. Entre eles estão farmácias e supermercados.

A Construção Civil também terá que paralisar totalmente as atividades, sendo permitidas apenas as obras consideradas essenciais, como reformas e manutenções dos hospitais.

Haverá também o rodízio de veículos com alternâncias de circulação entre as placas pares e ímpares.

As regras serão implantadas aos poucos. Do dia 1º ao dia 4 de junho, haverá uma campanha educativa para preparar as pessoas para a implementação das medidas.

PB Agora

 

 

Atendimento remoto do INSS é prorrogado até o dia 19 de junho

O atendimento remoto nas agências da Previdência Social aos segurados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi prorrogado até o dia 19 de junho. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Portaria Conjunta 17.

No dia 20 de março, outra portaria definia o atendimento remoto até o dia 30 de abril.

Segundo a Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, a medida “visa a proteção da coletividade durante o período de enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus (Covid-19)”.

Durante esse período, os casos que dependem de perícia médica serão analisados sem atendimento presencial. O segurado terá que anexar atestado médico pelo portal ou aplicativo. O instituto vai antecipar parte do valor do benefício devido ao segurado.

Meu INSS

Para acessar o Meu INSS é preciso digitar o endereço no seu computador ou instalar o aplicativo no celular gratuitamente. Estão disponíveis mais de 90 serviços.

Segundo a Secretaria da Previdência, para saber como gerar a senha, além de aprender a solicitar serviços e benefícios, basta acessar o site.

 

Agência Brasil

 

 

Geraldo Medeiros projeta flexibilização do isolamento social a partir de junho: ‘eu acho que a população não suporta mais muito tempo, e os segmentos econômicos’

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, disse nesta quinta-feira (21) em entrevista ao Correio Debate que existe a possibilidade de flexibilização do isolamento social a partir de junho: “eu acho que a população não suporta mais muito tempo, e os segmentos econômicos”.

“Nós estamos num período já longo de isolamento. Eu acho que a população não suporta mais muito tempo, os segmentos econômicos. Então, é claro que nós temos essa compreensão também e acredito que até o final do mês, nós tomamos outras diretrizes na condução desse processo. Até porque, a nossa esperança, se houver a receptividade da população até o final do mês, é que essa curva comece a entrar num processo de decréscimo”, explicou, revelando que já estuda a perspectiva de iniciar um processo gradual de flexibilização do isolamento.

 

clickpb

 

 

Presidente do TRE/PB trata como possível convenções remotas: “Só poderemos ter previsão mais realista em junho”

O desembargador José Ricardo Porto, presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), que em entrevista ao portal já se manifestou contrário ao adiamento das eleições municipais deste ano, agora opinou sobre à possibilidade de as convenções partidárias serem realizadas de modo remoto, por causa da pandemia do coronavírus.

Para Porto, há um prazo elástico até começarem efetivamente as movimentações oficiais em torno das eleições municipais deste ano e com isso, é pouco provável que haja o adiamento da mesma por conta da pandemia de coronavírus. O primeiro turno das eleições está programado para acontecer no dia 4 de outubro e de acordo com os prazos regimentais, as convenções só podem acontecer em agosto, assim como é em agosto que termina o prazo para o registro de candidaturas.

“As eleições de 2020 serão absolutamente atípicas, em razão da pandemia. No TSE já existe vários estudos como o ano eleitoral será processado. No tocante à realização das convenções partidárias, também planos estão sendo elaborados e planejamentos para verificar a viabilidade dessas convenções serem realizadas de modo remoto, possivelmente por meio de videoconferência. Mas tudo isso ainda são estudos. Só poderemos ter uma previsão mais realista no final do mês de junho, quando saberemos se haverá uma curva ascendente ou descendente do covid-19”, comentou o presidente do TRE-PB.

José Ricardo Porto citou ainda declarações do ministro Luis Barroso e disse que a prorrogação do mandato dos parlamentares por conta de um adiamento do pleito seria uma solução aterradora. “Todos os segmentos da sociedade estão preocupados com o combate desse vírus. Mas o pessimismo é o câncer da alma, eu sou um otimista e acredito que as eleições irão se processar. Estamos iniciando hoje o dia 1º de abril e as convenções irão acontecer em agosto e o período de registro de candidaturas começara dia 23 também de agosto, teremos um prazo elástico para que possamos avaliar a propagação do vírus se esta em forma crescente ou decrescente. O ministro Luis Barroso disse com toda a propriedade que a prorrogação de mandato é uma ideia aterradora” declarou, destacando ainda que: “Poderemos suprimir carreatas, passeatas e comícios, porque esses eventos, certamente, se transformarão em focos da propagação da doença”.

 

pbagora

 

 

Pico da Covid-19 na Paraíba será no início de junho, diz estudo da UFPB

Um estudo desenvolvido pelo Laboratório de Inteligência Artificial e Macroeconomia Computacional (Labimec) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) aponta que o pico de contágios por Covid-19 na Paraíba será no início de junho, atingindo 5% da população, com 190.078 casos.

O prognóstico é mantido quando aplicado, por exemplo, à cidade de João Pessoa, sendo esperados 35.457 casos, o que corresponde a 4% da população do município.

“Com estas previsões, podemos auxiliar gestores públicos no enfrentamento da pandemia, por meio de tomada de decisões, a fim de gerenciar os riscos”, avalia Maria Daniella Silva, uma das pesquisadoras responsáveis pelo estudo.

A estimativa foi realizada com base no modelo epidemiológico SIR, usado para medir a evolução de epidemias contagiosas. Para isso, indivíduos de determinada população são definidos em Susceptíveis (S), Infectados (I) e Recuperados (R).

Para o estudo, foram feitas três suposições: a população é constante, com isso, não é levado em consideração os nascimentos e as mortes durante a pandemia; os indivíduos são igualmente susceptíveis à doença; as pessoas ficam imunes após uma única infecção.

Maria Daniella Silva explica que os resultados não estão levando em conta nenhuma medida de contenção de interação humana. “Isso achataria a curva, ou seja, reduziria o número máximo de infectados”.

O modelo de previsão também não considera a existência de subnotificação dos casos. “O número de infectados pode ser maior que o apresentado oficialmente. Todo modelo de previsão está sujeito a erros”.

Nesta terça (12), segundo a Secretária de Saúde do Estado, a Paraíba registrou o maior número de casos e óbitos em um único dia. Foram 252 novos casos de Covid-19 e 15 óbitos causados pela doença. Assim, a Paraíba atingiu 2.777 casos de Covid -19. Desses, 154 faleceram e 601 se recuperaram. Outros 3.137 casos investigados já foram descartados.

Por meio dos boletins da pasta estadual, o Laboratório de Inteligência Artificial e Macroeconomia Computacional da UFPB levantou que, das mortes provocadas pela Covid-19, 60,2% pessoas tinham 60 anos ou mais, grupo de risco da doença. Outras 74,2% tinham comorbidades, tais como hipertensão, diabetes e problemas cardíacos. Com relação ao sexo das vítimas, 36,6% são mulheres e 63,4% homens, com média de idade de 64 anos.

Isolamento

A partir de dados da geolocalização de smartphones do sistema Android captados pela Google, o laboratório da UFPB também analisa o nível de circulação de pessoas em determinados locais, com a finalidade de monitorar o cumprimento da política de isolamento social.

Os dados constatam que houve uma grande variação na circulação de pessoas no dia 21 de abril, que foi o máximo de isolamento social no período, chegando a uma variação negativa de 78% da circulação de pessoas em lojas e ambientes de recreação, devido ao feriado de Tiradentes.

Já no dia 26 de abril, foi observado grande aumento da circulação de pessoas e um certo descumprimento da política de isolamento implementada, o que pode ser preocupante para o sistema de saúde paraibano e para a sociedade como um todo.

Reações

O mapeamento do Twitter, produzido pela unidade de pesquisa, teve como foco a reação dos usuários brasileiros a notícias relacionada à Covid-19. Para isso, foram coletados 90 mil tweets de 4 a 8 de maio.

Através de machine learning, um método de análise de dados, os tweets da segunda-feira (4) apresentaram um novo ápice do sentimento negativo. Isso ocorreu devido a notícias e acontecimentos do final de semana, além da divulgação de que o país havia ultrapassado 100 mil casos confirmados e mais de 7 mil óbitos.

Na dia 7 de maio, houve uma redução brusca desse sentimento, que pode ser atribuída à divulgação da descoberta, por parte de Israel, de um anticorpo que “neutraliza” o coronavírus e também ao relatório feito pelo Imperial College de Londres, com foco no Brasil, que recomenda a adoção de medidas mais severas para conter a explosão da pandemia.

Desde então, algumas cidades começaram a discutir e implantar o lockdown, isolamento total, e a reação de “alívio” por parte de alguns usuários foi captada, uma vez que o Twitter se trata de uma ferramenta de monitoramento em tempo real.

As análises do laboratório acompanham a pandemia do novo coronavírus desde o início de abril. O grupo é formado ainda pelos pesquisadores Cássio Besarria, Valéria Besarria, Fabyan Esberard, Pierre Hítalo, Flávio Macaúbas, Daniel Campesi e Guilherma Mazala. É possível acompanhá-los pelo perfil do laboratório no Instagram.

 

ascom