Arquivo da tag: jovem

Jovem diz que foi expulso de EJC por ser homossexual; Igreja fala em ‘mal entendido’

jovemO estudante universitário Janilson Mororó, da cidade de Tacima, no Curimataú do estado, a 153 km de João Pessoa, usou sua conta no Facebook para comunicar que estava deixando o Encontro de Jovens com Cristo (EJC) por ser homossexual. O pedido para saída teria sido do administrador da paróquia local.

A declaração do jovem tem gerado polêmica nas redes sociais. O estudante escreveu na mensagem que: “Ele [o padre] pediu pra todos aqueles que têm relacionamentos amorosos com outra pessoa do mesmo sexo, se afastassem do EJC. É esse o amor acolhedor que ele prega no altar? Estou me afastando, mas eu sou e sempre serei EJC, querendo ou não!”.

Janilson comentou o fato nas redes sociaisFoto: Janilson comentou o fato nas redes sociais
Créditos: Reprodução/ FacebookMororó estava no grupo religioso há quase um ano, mas, segundo ele, o envolvimento com os trabalhos da Igreja vem ocorrendo há muito tempo. “Sempre fui de dentro da Igreja. Ajudava em tudo. Canto no ministério, fui o responsável pela visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida nossa cidade, sempre estive à frente dos trabalhos da festa de nossa padroeira. Vários padres passaram por nossa paróquia e sempre tive bom relacionamento e respeito com todos”, disse.

O pedido de afastamento foi feito durante uma reunião entre o padre e coordenadores do EJC local. O pároco teria comentando que pessoas que têm relacionamentos entre homem com homem e mulher com mulher que se afastassem dos trabalhos do EJC. “Depois disso, decidi me afastar porque não ficaria bem pra imagem do grupo. Aliás, não só eu, mas a maioria do grupo se afastou por conta dessa decisão”, explicou Janilson Mororó.

Ao Portal Correio, o monsenhor José Nicodemos, administrador da Diocese de Guarabira, que coordena a paróquia de Tacima, disse que tudo não passou de um mal entendido e que determinou o retorno do jovem aos trabalhos que vem desenvolvendo na Igreja.

“Fiquei sabendo da história que ocorreu com o jovem Janilson, em Tacima. Os fatos chegaram até ele distorcidos. Determinei que ele retornasse aos trabalhos na paróquia e que nem eu nem o padre temos preconceitos com os homossexuais. Ele foi colhido por todos nós. Não podemos julgar nem condenar ninguém. O rapaz vem desenvolvendo um bom trabalho na Igreja e, além disso, é um bom moço”, falou o monsenhor.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem é preso suspeito de tentar matar o próprio pai no Litoral Norte

sireneUm jovem de 20 anos foi preso em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (12), suspeito de tentar matar o próprio pai com um golpe de faca, na zona rural de Mamanguape, Litoral Norte do estado, a 62 km de João Pessoa.

De acordo com o sargento Sharllon Leite, da Força Tática da 2ª CIPM, o crime aconteceu no fim da tarde da quarta-feira (11) e o suspeito fugiu por uma área de vegetação.

“A vítima foi socorrida para o Hospital e Emergência e Trauma da Capital, devido à gravidade constatada pelo Samu, e passamos a realizar buscas na região para prender o suspeito, o que aconteceu depois de mais de seis horas de diligências, perto da casa dele, onde o jovem pretendia retornar achando que a PM não estava mais a sua procura”, detalhou.

O suspeito foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil, em Mamanguape. De acordo com o boletim divulgado nesta quinta-feira pelo Hospital de Emergência e Trauma, a vítima passou por procedimentos médicos e segue internada em estado regular.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem é baleada por comparsas após assalto na PB e é socorrida pela PM

(Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

Uma jovem de 18 anos suspeita de participar de um assalto foi encontrada baleada na zona rural de Lagoa de Dentro, no Agreste paraibano, na madrugada desta quarta-feira (11). Segundo informações repassadas pela vítima à Polícia Militar, ela foi baleada por comparsas e abandonada com uma motocicleta após o grupo assaltar um posto de combustíveis na cidade de Pedro Régis, no Litoral Norte da Paraíba.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, a jovem foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ela deu entrada na unidade de saúde por volta das 3h40 (horário local), com dois ferimentos causados por arma de fogo, na perna e no tórax.

De acordo com o hospital, a jovem passou por procedimentos médicos de emergência e até as 8h (horário local) seguia internada em estado considerado regular.

A Polícia Militar informou que, a princípio, está descartada a hipótese da jovem ter sido baleada em uma reação das vítimas ao assalto do qual ela é suspeita de ter participado. A jovem, que segue internada sob custódia, tem antecedentes criminais e envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem é levado para o Trauma com copo no ânus

Hospital-de-TraumaUm jovem foi socorrido ato Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, para retirada de um copo introduzido no ânus.

No hospital, ele teria sentado sobre o copo de propósito, mas o objeto acabou quebrando.

Ele foi até a Unidade de Pronto Atendimento de Cruz das Armas pedir ajuda e posteriormente levado para o Trauma.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Jovem suspeito de matar vereador em Pocinhos, PB, é encontrado morto

vereadorUm jovem de 18 anos suspeito de matar um  vereador na cidade de Pocinhos, no Curimataú paraibano, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (26), em uma estrada que dá acesso ao município de Olivedos, na mesma região. O crime contra o vereador ocorreu na tarde do domingo (25) depois que o parlamentar foi em busca de suspeitos que teriam invadido uma fazenda dele.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, Durval Barros, o corpo do jovem foi encontrado em uma estrada a cerca de 10 quilômetros da fazenda do vereador, mas a polícia acredita que ele foi capturado e executado em outro lugar, antes de ser deixado no local.

A Polícia Civil não tem pistas de quem teria assassinado o jovem de 18 anos, mas acredita que o crime tenha sido praticado em vingança pelo assassinato do vereador.

Ainda segundo a Polícia Civil, o segundo suspeito de ter invadido a fazendo do vereador e de ter participado da morte dele não foi encontrado. O delegado disse que boatos prejudicaram as investigações. “Na manhã desta segunda-feira (26) foram espalhadas informações de que três pessoas foram encontradas mortas e até divulgaram fotos dizendo que eram dos suspeitos. Mas, a verdade é que a fazenda foi invadida por duas pessoas e apenas um foi morto. O outro suspeito está foragido”, disse ele.

O delegado informou que o jovem encontrado morto era morado de um assentamento no distrito de Nazaré. “O outro suspeito que está foragido pode ser alguém do assentamento, mas também recebemos a informação de que pode ser um morador do Centro de Pocinhos, que conhecia a rotina [da fazenda]”, disse.

Relembre o caso
Um vereador da cidade de Pocinhos foi morto depois de perseguir dois suspeitos de ter invadido a fazenda dele, na zona rural do município. Os dois homens teriam invadido a propriedade e roubado cerca de R$ 700 de um caseiro. Ao saber do crime, o vereador foi em busca dos suspeitos, segundo a Polícia Civil, e tentou abordá-los. O vereador não estava armado, foi baleado e morreu.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Polícia investiga se jovem morta em assalto na PB foi caso de execução

vitimaA morte da jovem de 25 anos na noite da quarta-feira (21) na Vila dos Teimosos, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, agreste da Paraíba, foge dos padrões de latrocínio, de acordo com a delegada que investiga o caso, Ellen Maria. Latrocício seria a primeira linha de investigação, mas a Polícia Civil não descarta a possibilidade de ter sido execução.

A mulher foi morta quando chegava em casa com o marido. Em depoimento, o homem disse que o atirador anunciou o assalto, a esposa se assustou soltando uma sacola no chão e o rapaz atirou. “Temos alguns fatos que podem levar a crer que foi execução: o tempo da ação do criminoso e o fato dele ter atirado quando ela já estava caída”, relatou a delegada Ellen Maria.

Imagens
O sistema de monitoramento de câmeras de um condomínio que fica próximo à casa da vítima registrou o momento em que um homem de casaco azul vai em direção à mulher e ao marido dela. A ação dura cerca de 15 segundos.

O atirador chega na rua sem disfarces e, após o crime, volta encapuzado e correndo. Ele usa uma moto para fugir que está em rua paralela.

Histórico
Segundo a delegada, não há confirmação se a mulher tinha envolvimento com crimes. “Nós sabemos que ela já teve um relacionamento com um ex-presidiário e tudo isso vai servir para as investigações”, explicou Ellen Maria.

O celular da vítima foi apreendido e será periciado. A polícia também solicitou o aparelho do marido da mulher, mas que esse teria desaparecido. A partir de agora, ainda de acordo com a polícia, o principal é localizar o atirador e com as informações de possíveis ligações dele com a vítima o caso seja esclarecido.

Filhos da vítima presenciaram o crime (Foto: Henrique Epifanio/TV Paraíba)Filhos da vítima presenciaram o crime (Foto: Henrique Epifanio/TV Paraíba)

 

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem é morta após reagir a assalto em Campina Grande, diz polícia

latrocinioUma jovem de 25 anos foi morta com um tiro na cabeça depois de reagir a uma tentativa de assalto, no bairro Bodocongó, em Campina Grande, no Agreste paraibano. O crime ocorreu no início da noite desta quarta-feira (21), quando um assaltante tentou roubar o celular da vítima. A mulher estava acompanhada do marido. Os dois filhos dela, de 7 e 8 anos, viram a mulher ser morta.

Segundo o Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), a mulher estava entrando em casa, com o marido, quando o suspeito se aproximou e anunciou o assalto.

O autor do crime não teria sacado arma no momento da abordagem e a mulher jogou uma sacola. De acordo com o relato de testemunhas à polícia, o homem sacou a arma e atirou na cabeça dele. Depois disso, ele fugiu.

O marido da vítima contou a polícia que estava com uma criança de dois meses no braço e que o suspeito chegou a apontar a arma para eles, mas não atirou e fugiu correndo. O casal havia saído do bairro Liberdade a caminho de casa. Os dois filhos da mulher, que estava em casa esperando a mãe, presenciaram o crime. As crianças estavam se preparando para participar de uma cantata natalina, segundo o relato do marido. A Polícia Militar iniciou buscas, mas, até as 19h30 desta sexta-feira, ninguém foi preso.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem morre baleada em bar após suspeito confundi-la com ex-mulher

sireneUm mulher de 24 anos foi morta após ser baleada por engano em um bar na cidade de Brejo do Cruz, no Sertão paraibano, na noite de sexta-feira (9). Segundo informações repassadas pelo soldado Jair, da 2ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar, o suspeito acreditou que a vítima fosse uma ex-mulher, que no momento do crime estava acompanhada de um homem na mesa do bar.

De acordo com o soldado Jair, o suspeito, de 37 anos, passou pela frente do bar por volta das 20h (horário local) e avistou uma mulher que seria uma ex-companheira com um outro homem na mesa, fato que teria motivado os disparos. “Ele passou pelo bar, viu os dois, foi em casa, pegou o revólver e chegou atirando”, comentou. A mulher foi baleada e ainda foi encaminhada para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito foi preso em flagrante e a arma usada no crime apreendida. De acordo com a Polícia Militar, durante a prisão, o suspeito contou várias versões e aparentava estar embriagado. “Ele começou a falar coisas sem sentido, que a mulher teria feito ameaças de morte, depois que não a conhecia”, explicou o soldado Jair. O homem que estava com a jovem na mesa do bar também foi atingido, mas sem gravidade, segundo a polícia.

Após a prisão em flagrante, o suspeito foi levado para delegacia de São Bento, cidade vizinha a Brejo do Cruz. A princípio, conforme levantamento da Polícia Militar, o suspeito não tinha passagens pela polícia. Na delegacia ele deve prestar depoimento e permanecer preso à espera da audiência de custódia.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem sofre tentativa de homicídio em Solânea, mas não sabe identificar acusado

sireneO jovem Cassiano Domingos, de 23 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio na zona rural do município de Solânea. Contudo, ele não soube informar à polícia quem seria a pessoa com intenção de o matar, já que o tiro veio de uma direção ignorada enquanto ele retornava à sua casa.

A informação sobre a tentativa de assassinato veio do hospital local que recebeu a vítima, prestou os primeiros socorros e o encaminhou para Campina Grande. A Policia Militar foi chamada para registrar o caso e interrogou Cassiano.

Ele informou aos policiais que estava em um bar na cidade de Solânea e que ao sair com destino a sua residência, no Sítio Alagoinha dos Bragas, foi alvejado com um disparo de arma de fogo na região da virilha.

O tiro foi disparado nas proximidades da Chã de Santa Tereza. Cassiano relatou que não viu quem atirou. A polícia não informou se a vitima tinha inimigos com interesse em matá-lo ou se ele já vinha recebendo ameaças.

Compareceu ao local a viatura 6932, que constatou os fatos e efetuou rondas a fim de encontrar algum suspeito, mas não obteve êxito.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem com deficiência mental é internado suspeito de estupro na PB

sireneUm adolescente de 17 anos com deficiência mental foi internado na quarta-feira (23) em uma clínica psiquiátrica de Campina Grande após ser detido como suspeito de estuprar uma criança de 11 anos. O caso aconteceu na terça-feira (22), na cidade de Conceição, no Sertão paraibano, dentro da casa vítima.

De acordo com o delegado Glauber Fontes, testemunhas relataram que o adolescente invadiu a a residência quando a menina estava sozinha. “Mesmo sem acontecer a conjunção carnal, nesses casos já fica configurado o estupro”, explicou, completando que a menina foi salva por vizinhos.

Glauber Fontes disse ainda que, após fazer um levantamento do histórico do adolescente, foram constatados dois casos parecidos. O delegado informou que a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba solicitaram a internação do jovem. “A medida foi necessária devido à gravidade do caso e ainda por causa histórico do rapaz. A partir de agora, ele vai ficar sendo acompanhado pela equipe médica”, disse.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br