Arquivo da tag: jovem

Bananeiras: Jovem é morto e mulher fica ferida em suposto acerto de contas

vitimaUm jovem de 17 anos e uma mulher de 20 foram vítimas de um atentado, nesta segunda-feira (20), nas proximidades da Chã do Lindolfo, município de Bananeiras. O rapaz, Wesley Ferreira da Silva, não resistiu e morreu no local, já Severina Melo Fontes da Silva foi encaminhada para o Hospital de Trauma de Campina Grande. O estado de saúde dela ainda não foi divulgado.

O homicídio e a tentativa de homicídio ocorreu nas primeiras horas da manhã e até o momento nenhum acusado foi preso.

O delegado seccional de Solânea, Diogenes Fernandes, em contato com a equipe do Focando a Notícia, informou que a suspeita é de acerto de contas ou disputa de território do crime. “O jovem Wesley (Bananinha) tinha algumas passagens pela polícia por furto em Bananeiras e Solânea e recentemente foi apreendido com arma e drogas, aonde o mesmo era suspeito junto com sua companheira Silvinha de tráfico de drogas, por esse motivo a polícia trabalha até o momento com duas hipóteses, a de dívidas de drogas ou de disputa de território. Informo que a Polícia Civil está em diligência por isso ainda não temos mais detalhes”, disse.

 

Focando a Notícia

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem é preso suspeito de matar esposa grávida a facadas na Paraíba

presoUm homem de 23 anos foi preso em flagrante na noite de quarta-feira (15) suspeito de matar a esposa grávida, de também 23 anos, na cidade de Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, o homem discutiu com a companheira dentro da casa em que moravam e em seguida desferiu vários golpes de faca. A mulher, que estava com pouco mais de três meses de gestação, morreu no local.

Após o crime, o suspeito tentou se esconder em um matagal próximo à casa, mas foi localizado por uma equipe da Polícia Militar e preso. O delegado que registrou o caso, Jaime José, explicou que antes da discussão em casa, o casal foi visto em um bar da localidade Alto do Cemitério, onde também moravam. Os dois foram para casa e então iniciaram uma discussão.

“O suspeito brigou com a esposa porque ela não gostava do fato do companheiro passar muito tempo fora de casa. Os dois beberam muito, discutiram por ciúmes. Ele tentou sair de casa, ela impediu, e no calor da discussão, ele deu a primeira facada. A mulher tentou correr, mas ele desferiu mais facadas”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, o casal havia sido preso há pouco tempo por roubo e estavam em liberdade condicional. “Ela cumpria no presídio Bom Pastor e ele no presídio do Roger. Agora, depois disso, deve voltar para cumprir a pena anterior e pagar pela de agora”, completou.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem é preso em João Pessoa acusado de matar avó em Solânea

sireneFoi preso, na tarde desta segunda-feira (13), no Centro de João Pessoa, um jovem suspeito de ter matado a avó enforcada. O crime aconteceu em outubro de 2016, dentro da casa da vítima, no município de Solânea, 145 km de João Pessoa.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estava morando em Bayeux, na região metropolitana, e trabalhando no Centro de João Pessoa. A prisão foi realizada por policiais do setor de inteligência da Polícia Militar.

“Os policiais conseguiram localizar o suspeito e o prenderam enquanto ele trabalhava nas proximidades da antiga Central de Polícia. O suspeito foi levado para a 5ª Delegacia Distrital (em Bayeux) e depois seguiu para a Central de Polícia Civil”, informou um agente da Polícia Civil.

Preso, o suspeito vai permanecer na carceragem da Central de Polícia Civil, onde aguardará uma audiência de custódia, prevista para esta terça-feira (14).

Segundo a Polícia Militar em Solânea, a idosa de 66 anos foi enforcada no dia 3 de outubro. O corpo da vítima foi encontrado após a polícia arrombar a porta da casa da idosa.

 

Portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem reconhece homem que furtou seu celular, discute e é esfaqueado

(Foto: Walter Paparazzo/G1)
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um jovem de 22 anos foi esfaqueado na manhã desta quarta-feira (1º) no bairro Treze de Maio, em João Pessoa, pelo mesmo homem que teria furtado o celular em um bar no sábado (25). Segundo informações do sargento Henrique, do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a vítima reconheceu o suspeito, foi tirar satisfações, acabou brigando e foi esfaqueado.

“O suspeito conheceu a vítima no bar e pediu para usar o telefone celular dele para fazer uma ligação para a mãe. O bandido saiu da mesa e levou o celular embora. Na manhã desta quarta, a vítima encontrou o homem que tinha levado seu celular e foi cobrar a devolução do aparelho. Foi quando o suspeito puxou a faca e atacou”, explicou o policial.

O jovem foi socorrido por uma equipe da Polícia Militar e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ele foi atingido por dois golpes de faca, um no peito e outro nas costas. “A nossa primeira reação foi socorrer a vítima, pelo quadro em que ele se encontrava, com duas perfurações. Acredito que o estado de saúde dele é grave”, comentou o sargento.

O suspeito dos dois crimes foi preso em flagrante pela Polícia Militar e encaminhado para Central de Polícia. Ainda de acordo com o sargento Henrique, o furto aconteceu em um bar também no Treze de Maio no sábado.

O Hospital de Trauma de João Pessoa confirmou que o jovem deu entrada na unidade por volta das 6h50 e passou por procedimentos médicos de emergência. O estado de saúde não do jovem não foi informado pelo hospital até as 10h.

Jovem esfaqueado foi socorrido pela Polícia Militar e levado para Hospital de Trauma de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)Jovem esfaqueado foi socorrido pela Polícia Militar e levado para Hospital de Trauma de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem de 18 anos é morto a tiros no meio da rua em Esperança, na PB

disparo-de-arma-de-fogoUm jovem de 18 anos foi assassinado a tiros no meio da rua na tarde deste sábado (25), em Esperança, no Agreste da Paraíba. Segundo a polícia, o rapaz já tinha sido apreendido mais de uma vez, quando era menor de idade, por envolvimento com o tráfico de drogas.

Informações preliminares dão conta de que o rapaz estava andando na rua, no bairro de Catolé, quando dois homens chegaram e dispararam vários tiros contra ele. A vítima foi socorrida por moradores e levada para o Hospital Municipal de Esperança, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda de acordo com a polícia, o jovem já tinha sido apreendido por tráfico de drogas quando era adolescente. O corpo foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol), em Campina Grande.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem é morto com facada no pescoço em Campina Grande

sireneUm jovem de 28 anos morreu na madrugada deste domingo (19), em Campina Grande, no Agreste paraibano depois de ser ferido com uma facada no pescoço. Segundo as primeiras informações divulgadas pelo Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), a vítima sofreu o corte profundo e perdeu muito sangue.

O crime aconteceu na Rua da República, no bairro Centenário, por volta de 1h. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas, ao chegar no local constatou que a vítima já estava morta.

Até a manhã deste domingo, a Polícia Militar não tinha informações sobre a autoria do crime. O caso está sendo investigado dela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, em Campina Grande. O G1 tentou entrar em contato com o delegado Francisco de Assis, mas as ligações não foram atendidas.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Cinco mil pessoas se despedem de jovem assassinada a tiro durante assalto na Capital

Foto: Cláudio Costa
Foto: Cláudio Costa

Cerca de cinco mil pessoas se despediram no final da tarde desta quinta-feira (16) da estudante Meirylane Thaís, 19 anos assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite desta quarta-feira (15), no centro de João Pessoa. O velório da estudante aconteceu durante toda a tarde desta quinta-feira (16) na Central de Velório Rosa Master, no centro de Itabaiana.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Cláudio Lima, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, além de diversos militares participaram do velório.

Ao conceder entrevista à Imprensa, o coronel Euller Chaves disse que não está descartada qualquer hipótese para explicar o assassinato da estudante.

A polícia já está de posse das imagens feitas para câmeras da rua onde o crime aconteceu e que já estão sendo analisadas.

Sobre o crime Meirylane Thaís,que cursava o 2º período do Curso de Biomedicina de uma universidade particular de João Pessoa, foi assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite desta quarta-feira (15) no centro de João Pessoa.

O tenente Santana, da Força Tática do 1º Batalhão, contou ao repórter Washington Luiz do Sistema Arapuan de Comunicação que jovem, que tinha 19 anos, caminhava pela Rua Barreto Sobrinho e na esquina com a Rua Adelino Cunha, no bairro de Tambiá, ele foi abordada por dois homens de moto.

Um dos homens, sacou de uma arma, anunciou o assalto e exigiu que a universitária entregasse a bolsa. Ele fez como o bandido mandou e logo em seguida, ele exigiu ela entregasse também relógio.

Nervosa, a estudante demorou a tirar o relógio e nesse momento o homem disparou um tiro acertando a cabeça da estudante que morreu no local. Logo em seguida, os bandidos fugiram levando apenas a bolsa da universitária.

O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi chamado apenas para constatar o óbito.

Paulo Cosme\Cláudio Costa\Esteniel Vieira

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Assaltantes ameaçam jovem e roubam moto na cidade de Arara

sireneDois assaltantes abordaram um jovem morador dá cidade de Arara e roubaram sua moto na noite dessa quinta-feira (02).

Por volta das 23h a Polícia Militar foi acionada pela vítima, que relatou que se encontrava na rua, quando foi surpreendido por dois indivíduos não identificados, sendo um armado de revólver, os quais chegaram a pé e anunciaram o roubo, levando uma moto Honda CG Fan 125 KS, cor vermelha, ano 2000, placa MOJ3267-PB, em seguida se evadiram do local com sentido a cidade de Remígio.

Compareceu no local a guarnição na viatura 6205 que constatou a veracidade da denúncia e efetuou diligências na tentativa de localizar e prender os acusados, porém não obteve êxito.

 

Focando a Notícia

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Idoso reage a assalto e baleia jovem suspeito na cabeça na PB, diz PM

sireneUm idoso de 60 anos reagiu a um assalto e baleou um jovem de 18 anos suspeito de tentar invadir a casa dele no Sítio Floriano, na zona rural de Lagoa Seca, no Agreste paraibano. O caso aconteceu na noite da quarta-feira (1°). Segundo a Polícia Civil, o homem confessou que atirou ao perceber que o rapaz tentava abrir a porta da residência.

Ainda conforme a polícia, o idoso afirmou que estava em casa quando quatro homens chegaram e tentaram invadir o local. Ele disse aos policiais que tinha um revólver em casa, atirou em direção as quatro pessoas e atingiu o jovem de 18 anos. Os outros três fugiram em motocicletas, segundo a polícia.

O próprio idoso acionou a Polícia Militar e contou o que tinha acontecido. Ele foi detido e levado para o Distrito de Segurança Pública (Disp) em Campina Grande, onde foi autuado, mas pagou fiança de R$ 450 e acabou sendo liberado.

O jovem baleado foi socorrido e deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande às 22h22. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, ele seguia internado na manhã desta quinta-feira (2) e o estado de saúde é considerado grave.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jovem diz que foi expulso de EJC por ser homossexual; Igreja fala em ‘mal entendido’

jovemO estudante universitário Janilson Mororó, da cidade de Tacima, no Curimataú do estado, a 153 km de João Pessoa, usou sua conta no Facebook para comunicar que estava deixando o Encontro de Jovens com Cristo (EJC) por ser homossexual. O pedido para saída teria sido do administrador da paróquia local.

A declaração do jovem tem gerado polêmica nas redes sociais. O estudante escreveu na mensagem que: “Ele [o padre] pediu pra todos aqueles que têm relacionamentos amorosos com outra pessoa do mesmo sexo, se afastassem do EJC. É esse o amor acolhedor que ele prega no altar? Estou me afastando, mas eu sou e sempre serei EJC, querendo ou não!”.

Janilson comentou o fato nas redes sociaisFoto: Janilson comentou o fato nas redes sociais
Créditos: Reprodução/ FacebookMororó estava no grupo religioso há quase um ano, mas, segundo ele, o envolvimento com os trabalhos da Igreja vem ocorrendo há muito tempo. “Sempre fui de dentro da Igreja. Ajudava em tudo. Canto no ministério, fui o responsável pela visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida nossa cidade, sempre estive à frente dos trabalhos da festa de nossa padroeira. Vários padres passaram por nossa paróquia e sempre tive bom relacionamento e respeito com todos”, disse.

O pedido de afastamento foi feito durante uma reunião entre o padre e coordenadores do EJC local. O pároco teria comentando que pessoas que têm relacionamentos entre homem com homem e mulher com mulher que se afastassem dos trabalhos do EJC. “Depois disso, decidi me afastar porque não ficaria bem pra imagem do grupo. Aliás, não só eu, mas a maioria do grupo se afastou por conta dessa decisão”, explicou Janilson Mororó.

Ao Portal Correio, o monsenhor José Nicodemos, administrador da Diocese de Guarabira, que coordena a paróquia de Tacima, disse que tudo não passou de um mal entendido e que determinou o retorno do jovem aos trabalhos que vem desenvolvendo na Igreja.

“Fiquei sabendo da história que ocorreu com o jovem Janilson, em Tacima. Os fatos chegaram até ele distorcidos. Determinei que ele retornasse aos trabalhos na paróquia e que nem eu nem o padre temos preconceitos com os homossexuais. Ele foi colhido por todos nós. Não podemos julgar nem condenar ninguém. O rapaz vem desenvolvendo um bom trabalho na Igreja e, além disso, é um bom moço”, falou o monsenhor.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br