Arquivo da tag: jogo

Em jogo disputado, Belo vence o Nacional e entra na zona de classificação para semifinal do paraibano

Em um jogo disputado, o Botafogo da Paraíba venceu, na noite de quarta-feira (29), o Nacional de Patos pelo placar de 3 a 2. O jogo foi disputado no Estádio José Cavalcanti, na cidade Patoense, no Sertão paraibano.

Os gols do Belo foram marcados pelo atacante Lohan, lateral-esquerdo Mário e Pimentinha. Já pelo Nacional, marcaram o zagueiro Yuri Silva e o atacante Júnior Mandacaru.

O time Botafogo começou perdendo mas conseguiu uma virada em cima do Naça. Nos minutos finais, a partida esquentou e o Canário do Sertão teve algumas chances claras para tentar empatar.

O técnico Evaristo Piza aprovou a atuação do time que voltou a zona de classificação para a semifinal do Campeonato Paraibano. Evaristo disse que o torcedor precisa ter calma com o atacante Pimentinha, que entrou nos 18 minutos do segundo tempo e marcou um dos três gols.

paraiba.com.br

 

 

Homem é preso após confusão durante jogo do Treze e Crystal no Almeidão

A Polícia Militar prendeu na noite desta segunda-feira (27), suspeito de se envolver em uma confusão durante jogo entre o São Paulo Crystal e Treze, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O tumulto aconteceu na área externa do estádio durante os primeiros minutos do segundo tempo do jogo.

De acordo com a Polícia Militar, a confusão aconteceu entre as torcidas do Treze e do Botafogo-PB. O homem preso estava armado.

O suspeito preso foi encaminhado para a Central de Polícia Civil da Paraíba.

 

clickpb

 

 

Papudinhos e Lebres realizam a 5° edição do jogo dos amigos em Solânea

Na manhã desse sábado (28) aconteceu a 5° edição do “jogo dos amigos” envolvendo as equipes dos Papudinhos versos a equipe dos Lebres. O confronto de confraternização é realizado todos os anos no mês de dezembro e tem como propósito de reunir os amigos para uma confraternização misturando futebol, amizade e música. Com a bola rolando, a partida foi bastante equilibrada, sendo decidida nos últimos minutos e o time dos Papudinhos confirmou o favoritismo vencendo de virada a equipe dos Lebres pelo placar de 3 a 2.

Após a partida todos se reuniram em uma grande confraternização no Bar de “Marcos da galinha”, regado de muita alegria ao som do cantor Cidinho Duarte.

Assessoria

 

 

Solanense Luís Henrique, filho de Ronaldo estreia no Botafogo-RJ e vira destaque no jogo contra Atlético no Mineirão

O Botafogo mais uma vez foi presa fácil no Campeonato Brasileiro. Chegou à 21ª derrota – são 13 no returno – com os 2 a 0 sofridos diante do Atlético-MG. Um rápido exemplo da fragilidade alvinegra é a discrepância no número de finalizações: 28 a 13 para o Galo.

Enfim, nova partida ruim, a maioria das apostas não deu certo, substituições erradas, e os experientes também não corresponderam. De positivo só o garoto Luis Henrique, que substituiu Valencia no segundo tempo.

Luis Henrique foi o melhor jogador do Botafogo contra o Galo — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Luis Henrique foi o melhor jogador do Botafogo contra o Galo — Foto: Vitor Silva/Botafogo

O Alvinegro é o penúltimo colocado do returno. Perdeu 13 vezes, marcou apenas 12 gols em 18 jogos e só pontuou mais do que o Avaí: 15 a 6. Uma reta final incompatível com o apoio irrestrito que a torcida tem dado no Nilton Santos.

Ao lado do CSA, Botafogo é o segundo time com mais derrotas no Brasileirão 2019. São 21, sendo superado apenas pelo Avaí, que soma 23.

Primeiro tempo: início positivo, fim melancólico

O Botafogo começou relativamente bem, chegou a ter 60% de posse de bola, mas repetiu o problema crônico da equipe: criação zero. Sorte que o Galo pouco levava perigo também, mas começava a gostar do jogo.

Os donos da casa tinham em Otero sua figura mais perigosa. Deu dois chutes perigosos na etapa. No segundo, Gatito voou e colocou para escanteio. Na sequência, o Botafogo saía para o contra-ataque, e Rhuan tomou a pior das decisões. Tocou a bola no vazio, Guga disparou e entregou a Cazares, que cruzou para Jair abrir o placar.

Após o gol, o Botafogo já tinha a cara do time que fez péssimo returno. Acuado, pressionado e mais perto de sofrer o segundo do que fazer o primeiro. Foi para o intervalo com apenas 1 a 0 de desvantagem. No lucro.

Segundo tempo: Luís Henrique se escala para pegar o Ceará

No segundo tempo, o Galo foi melhor de novo e não fez muita força para fechar o placar. Bem superior. De interessante mesmo pelo lado botafoguense só a entrada do garoto Luis Henrique.

O paraibano de 17 anos, que completa 18 no próximo dia 14, mostrou força e personalidade. Em seu primeiro lance, saiu arrastando o adversário em direção ao gol e acabou parado com falta. Natural de Solânea, Luis Henrique é filho do ex-jogador do vila Branca Ronaldo e atualmente dono da Escolinha do Ronaldo.

Se Rhuan, outra esperança da base alvinegra, esteve muito apagado, Luis foi para cima. Finalizou duas vezes, primeiro pelo lado esquerdo e depois, no fim da partida, em ótima jogada individual pela ponta direita. Além disso, lutou, deu opção e buscou o jogo o tempo todo.

Luis Henrique vai para cima de Igor Rabello após passar por José Welison — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Luis Henrique vai para cima de Igor Rabello após passar por José Welison — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Além das boas participações do jovem, destaque apenas para uma finalização de Cícero que tirou casquinha da trave. Completou bom cruzamento de Luiz Fernando com chute seco, mas não teve sucesso.

A animadora atuação de Luis Henrique fez Alberto Valentim confirmá-lo como titular para o jogo contra o Ceará, domingo, às 16h, no Nilton Santos.

– Sempre falo que preciso, no fim de temporada, sem tempo de recuperação, ver quais jogadores estão bem fisicamente. Gostei muito do Luis Henrique durante o jogo. Garoto que entrou bem. Vai ter oportunidade para jogar essa partida. As outras duas vagas vamos estudar direitinho – disse o treinador.

O segundo gol atleticano deu-se aos 23 minutos. E que facilidade! Igor Rabello, Jair e Otero trocaram passes com muito espaço até Guga invadir a área. Na sequência, Marcinho e Marcelo bateram cabeça, e Luiz Fernando e Cícero não se entenderam na saída de bola.

Resultado: o Galo se reorganizou, e Jair, totalmente livre, cruzou. Luan também teve muita tranquilidade para passar nas costas de Lucas Barros e marcar.

Titulares tomam cartões evitáveis e não fazem a diferença

Cícero, de 35 anos, nem jogou tão mal. Manteve o hábito de acertar a maioria dos passes tentados (errou três de 35), foi o autor da finalização mais perigosa do time na partida, mas levou cartão amarelo evitável. Chegou duro demais em Luan, por baixo e por cima em jogada que ainda não era tão promissora.

Jogadores "pendurados" do Botafogo recebe cartão amarelo

Jogadores “pendurados” do Botafogo recebe cartão amarelo

Diego Souza, de 34 e menos participativo do que o volante, levou cartão amarelo após desentendimentos na área atleticana. Isso aos 43 minutos do segundo tempo, quando o jogo já estava resolvido. Pisou na bola.

Luiz Fernando, de 23 e bem mais novo que os outros dois, foi amarelado por cotovelada em Jair. É jovem, mas, diante de um elenco desmantelado no início da temporada, já é um dos mais cascudos.

Léo Valencia não tomou amarelo, mas também não aproveitou a chance dada por Alberto Valentim. Foi discretíssimo em campo e o líder em erros de passes no jogo (cinco).

FN com GE

 

Rafinha deixa o jogo com um afundamento no crânio e é levado ao hospital

Rafinha, do Flamengo, deixou a Arena da Baixada neste domingo ainda com a partida contra o Athletico-PR em andamento. Substituído no intervalo, o lateral-direito do Flamengo, com um afundamento no crânio, foi encaminhado a um hospital em Curitiba.

O jogador levou a pior em dividida com Rony no primeiro primeiro tempo do jogo. O atacante do Furacão acertou a cabeça de Rafinha em disputa pelo alto. O lateral foi ao chão, ficou caído por alguns minutos, recebeu atendimento médico e seguiu em campo até o fim da primeira etapa.

De acordo com o departamento médico do Flamengo, o jogador está consciente. Após o trauma, ainda antes dos exames, Rafinha entrou em contato para tranquilizar os familiares e afirmou que não acredita que seja algo mais grave.

O jogo

Em mais uma atuação consistente e convincente, o Rubro-Negro venceu o Atheltico-PR em Curitiba, neste domingo, pela 25ª rodada do Brasileirão, e quebrou um tabu de 45 anos. Bruno Henrique foi o herói com dois gols que mantêm a equipe com oito pontos de vantagem para Palmeiras, segundo colocado.

Xô, tabu!

O triunfo deste domingo se torna ainda mais representativo se levado em conta a pedra no sapato que o Athletico é para o Flamengo historicamente no Brasileirão. Desde 1974, com um 2 a 1 no Couto Pereira, gols de Zico e Paulinho, os cariocas não venciam o Furacão como visitante pela competição.Gol do Flamengo! Éverton Ribeiro faz grande jogada, Renê cruza e Bruno Henrique marca, aos 45 do 2º tempo

Na Arena da Baixada, o feito é inédito. Até então, o Flamengo tinha vencido apenas um jogo: 1 x 0, em 2011, pela Copa Sul-Americana, gol de Ronaldinho. Na ocasião, os dois times usaram times reservas.

Na tabela

Com a vitória, o Flamengo segue nadando de braçada no Brasileirão. Agora, são 58 pontos e 18 vitórias contra 50 e 14 vitórias do Palmeiras. O Santos, que começou a rodada na segunda posição, empatou com o Inter e tem 48. Já o Furacão caiu para décimo, com 35 pontos.

Na próxima rodada, as duas equipes jogam fora de casa. O Flamengo visita o Fortaleza, quarta-feira, às 20h (de Brasília), no Castelão, enquanto o Athletico vai até o Rio de Janeiro encarar o Fluminense, quinta-feira, às 21h, no Maracanã.

Foto: Alexandre Vidal/CRF

Globo Esporte

 

 

Brasil empata com a Colômbia em jogo com pênalti não marcado

Neymar voltou a jogar depois de três meses, fez um gol e mostrou muita vontade durante o empate por 2 a 2 entre Brasil e Colômbia, mas não conseguiu sair de campo apenas com a boa atuação. O camisa 10 também foi protagonista de uma áspera discussão durante e após a partida. Ele e o volante Barrios trocaram farpas minutos antes do apito final e seguiram se estranhando depois do fim do jogo.

As câmeras da transmissão oficial da partida flagram ambos levando o braço ao rosto do rival e tentando um empurrão. Os dois ainda conversaram por um longo tempo em campo. O brasileiro deixou a partida irritado com a violência dos colombianos. Ele reclamou bastante de um pênalti não marcado pela arbitragem após ser empurrado por Davinson Sánchez no segundo tempo.

Neymar foi o jogador que mais sofreu faltas na partida, quatro. Na avaliação do comentarista Paulo César de Oliveira, a falta recebida pelo brasileiro foi um pênalti claro. Na ocasião, o lance foi exibido no telão e gerou revolta para todos os jogadores da Seleção.

– O contato foi nas costas do Neymar. A bola estava dentro do campo ainda, e o zagueiro da Colômbia é imprudente. Sánchez chega atrasado e vai nas costas do Neymar. É pênalti não marcado pelo árbitro – avaliou Paulo.

Casemiro, que questionou Sánchez após o empurrão em Neymar, criticou a postura dos colombianos na partida.

– O pessoal vem jogar contra o Brasil e quer intimidar, botando a mão, querendo bater, xingar. Isso não existe mais, tem que ganhar na bola. Falei pra ele que não precisava. Eles têm as táticas dele e a gente tem as nossas. Mas normal, é do jogo – declarou o volante.

Não é a primeira vez que Neymar se envolve em polêmicas durante uma partida contra a Colômbia. Na Copa América de 2015, ele foi expulso após o apito final depois de uma discussão generalizada e o camisa 10 chutar a bola em cima do lateral Armero.

Foto: Steve Mitchell

Globo Esporte

 

Clássico Tradição terá torcidas do Galo e do Belo no Amigão; jogo será dia 24

O Clássico Tradição da 18ª e última rodada da Série C do Campeonato Brasileiro deve mesmo contar com trezeanos e botafoguenses nas arquibancadas. De acordo com Valberto Lira, que é procurador de Justiça e também presidente da Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, órgão ligado ao Ministério Público da Paraíba (MPPB), a sua recomendação é apenas o veto para as organizadas do Belo, o time visitante do jogo marcado para o próximo dia 24.

Valberto Lira garantiu que a sua recomendação foi apenas para as organizadas do clube visitante. Enquanto isso, as organizadas do Treze estão liberadas para apoiar o time, com exceção da Jovem do Galo, que foi punida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ainda no início da Série C.

A expectativa é de que a partida tenha ares de final de campeonato, já que Treze e Botafogo-PB podem entrar na rodada decisiva da Terceirona com objetivos para lá de importantes pensando em 2020. É que o Galo ocupa a nona colocação, com 15 pontos, e luta para não ser rebaixado. Do outro lado, o Belo é quinto, com 24 pontos, e briga por uma vaga no G-4, que leva para o mata-mata do acesso à Série B.

No primeiro duelo entre os dois clubes este ano, disputado no Almeidão, o Belo venceu por 3 x 1.

PB Agora

 

 

BAND Nordeste anuncia transmissão de jogo decisivo do Botafogo-PB contra o Náutico

A BAND Nordeste transmitirá o jogo decisivo entre o Botafogo-PB e o Náutico que ocorrerá neste sábado, às 17h, no estádio Almeidão. A partida é válida pela Série C do Campeonato Brasileiro.

A fase de grupos está na reta final e o confronto é decisivo na trajetória do Belo. O clube pessoense e o Náutico estão brigando na parte de cima da tabela e toda vitória é essencial para garantir a vaga no mata-mata.

Além da Band, as emoções do jogo também estarão disponíveis no DAZN.

Portal WSCOM

 

 

Dupla suspeita de acionar rojões em direção a policiais militares é detida durante jogo, no Almeidão

A Polícia Militar apreendeu um adolescente e prendeu um homem suspeitos de acionar rojões em direção de policiais militares, no estádio Almeidão, em João Pessoa. As detenções aconteceram na noite deste domingo (4), durante o jogo entre Botafogo-PB e o Confiança, pela Série C do Campeonato Brasileiro.

O menor e o homem foram levados para a Central de Polícia Civil, no Geisel, para prestar esclarecimentos.

Eles estavam com uma bolsa com mais materiais, além dos rojões.

 

clickpb

 

 

 

Adolescente leva tiro na cabeça enquanto assistia a jogo em Santa Rita

Um adolescente de 19 anos ficou ferido na noite de ontem (1º) em um ginásio na cidade  de Santa Rita, na Grande João Pessoa. As investigações da polícia apontam que a vítima estava no local assistindo um jogo quando foi atingido com um tiro na cabeça e outro no tórax.

Logo após o ocorrido o adolescente foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital de Emergência e Trauma. De acordo com o complexo hospitalar, o estado de saúde é considerado grave.

A polícia quer agora saber os motivos da tentativa de homicídio, até o momento nenhum suspeito foi identificado.

 

 

pbagora