Arquivo da tag: Jogador

Jogador Thalles, revelado pelo Vasco, morre em acidente no RJ

O atacante Thalles Lima de Conceição Penha, de 24 anos, morreu, na manhã deste sábado (22), após um acidente na Avenida Almirante Pena Boto, no bairro Monjolos, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Além de Thalles, outra pessoa morreu e três ficaram feridas.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu após uma batida entre duas motos, que atropelaram outras pessoas. As vítimas foram levadas para o Hospital Estadual Alberto Torres. Segundo testemunhas, o jogador estaria voltando de um baile funk na comunidade da Cerâmica.

No hospital, o pai e tios do atleta reclamaram da demora no atendimento às vítimas. “O socorro demorou muito a chegar. Chegaram a nos falar que iriam chamar um helicóptero, o que não aconteceu. Os bombeiros também demoraram demais para saírem do local do acidente até o hospital – foi coisa de uma hora, uma hora e meia. Isso nos deixa muito revoltados”, afirmou Jorge da Conceição, tio de Thales.

Jogador Thalles morreu após acidente envolvendo duas motos em São Gonçalo — Foto: Reprodução / redes sociais

Jogador Thalles morreu após acidente envolvendo duas motos em São Gonçalo — Foto: Reprodução / redes sociais

Atacante cedido à Ponte Preta

Thalles foi revelado pelo Vasco da Gama, mas atualmente estava emprestado à Ponte Preta. Em nota, o Vasco lamentou a perda do atleta.

“Ainda chocados com a notícia do acidente, lamentamos profundamente o falecimento do atacante Thales Lima de Conceição Penha. Desejamos muita força aos familiares e amigos neste momento difícil”.

O atacante começou na base do Vasco e ganhou espaço no elenco principal a partir de 2013. Em cinco temporadas pelo clube carioca, disputou 154 jogos e fez 36 gols. No ano passado, foi emprestado ao Albirex Niigata, onde marcou seis vezes em 41 partidas. Em janeiro desse ano, o atacante foi cedido à Ponte Preta.

Atacante Thalles foi levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã deste sábado (22) — Foto: Carlos Brito / G1

Atacante Thalles foi levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã deste sábado (22) — Foto: Carlos Brito / G1

 

G1

Foto: Rodrigo Zanotto / Estadão Conteúdo

 

Raposa anuncia contratação de jogador campeão do mundo pelo São Paulo

Um campeão na área. Após anunciar Jaelson Marcelino como o novo comandante para o restante da Série D do Brasileiro, o Campinense fez uma verdadeira reformulação no elenco. Seis jogadores foram desligados do elenco, e quatro contratações, anunciadas, dentre as quais uma impactante.

A grande novidade foi a contratação do experiente Richarlyson, de 36 anos, tricampeão brasileiro (2006, 2007 e 2008) e campeão mundial (2005) com o São Paulo Futebol Clube.  O anúncio foi feito futuro diretor de futebol da Raposa José Pereira, o Pezão.

Polivalente, já que atua no meio-campo e também na lateral esquerda, Ricky estava disputando a Série A-3 do Paulista pelo Noroeste de Bauru, cidade natal da sua família. Ele fez 16 partidas e anotou um gol, com a última atuação no dia 13 de abril.

Além de Richarlyson, o Campinense confirmou também os acertos com o lateral esquerdo Jackinha, que estava no Atlético de Cajazeiras e agora retorna ao Renatão, e os atacantes Soares, ex-Jaciobá de Alagoas, e Carlos Caaporã, cria do CSP que tem passagens por Treze, América de Natal e por último Esporte de Patos. Jackinha é o quarto nome anunciado pelo Campinense que vem do Atlético de Cajazeiras. Antes dele, a Raposa já havia buscado no Trovão Azul o goleiro João Manoel, o volante Ferreira e o atacante Yerien. Na semana passada, a Raposa repatriou o volante Negreti.

Enquanto uns chegam outros saem. A direção rubro-negro anunciou o desligamento do zagueiro Jean, o lateral esquerdo James, o volante Vitor Maranhão, o meia Alex Mineiro e o atacante Chaveirinho.

Já o centroavante Lopeu, artilheiro da equipe na temporada até então com cinco gols anotados, pediu para deixar o Campinense. Segundo a assessoria de imprensa raposeira, o atleta alegou problemas particulares para solicitar o desligamento.

Jaelson Marcelino vai começar a treinar o time para a partida de domingo (26), contra o ASA de Arapiraca, no Amigão, pela quarta rodada do Grupo A-7 da Série D. A Raposa está na 3ª posição, e precisa recuperar os pontos perdidos em casa e fora de seus domínios para obter a classificação para o restante da competição, e manter o sonho do acesso para a Série C do Brasileiro em 2021.

 

Severino Lopes

PB Agora

 

 

 

Esporte de Patos é punido por escalar jogador de maneira irregular e é rebaixado

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou procedente a acusação feita pelo CSP de que o Esporte de Patos utilizou de maneira irregular o atacante Carlos Caaporã na última rodada da primeira fase do Campeonato Paraibano, no jogo do clube contra o Nacional de Patos. Em julgamento realizado na manhã desta sexta-feira (12), na sede do tribunal, no Rio de Janeiro, os auditores decidiram que o clube perde 3 pontos e, com isso, cai para a segunda divisão do estadual. Ainda cabe recurso da decisão.

Pelo regulamento da competição, o pior time de cada grupo seria rebaixado. No campo, o Serrano-PB foi o clube que menos pontuou no Grupo A. Já no Grupo B, o CSP foi o lanterna da primeira fase e caiu de divisão.

Com a decisão judicial, o Esporte de Patos, até então vice-lanterna do torneio com 10 pontos, passa a ter 7, ficando com um ponto a menos do que o Tigre e, portanto, sendo a pior equipe da chave, caindo, assim, para a segunda divisão do estadual no lugar do time de João Pessoa. O Pato ainda foi multado em R$ 500.

Entenda o caso

Tudo começou na quarta rodada do Campeonato Paraibano. A partida era Esporte de Patos x Serrano-PB, no Estádio José Cavalcanti. O Patinho vinha muito mal no estadual, havia perdido os três primeiros confrontos e chegava pressionado. A cobrança foi tanta que, ao abrir o placar para o time alvirrubro, o atacante Caaporã, em vez de comemorar, foi direto para a arquibancada cobrar a própria torcida. Com ânimos elevados, o jogador acabou xingando os torcedores e, foi expulso diretamente pelo árbitro Marcelo Aparecido de Souza.

O tempo passou e, no último dia 21 de março (após a nona rodada e antes da décima), Caaporã foi julgado pelo Pleno do STJD e, por decisão unânime, foi punido com duas partidas de suspensão. O primeiro o atacante já havia cumprido contra o Nacional de Patos, na quinta rodada.

Por estar machucado, o atleta não jogou alguns jogos posteriores. Só que, como o julgamento só aconteceu no dia 21 de março, o atleta teria que cumprir suspensão após a decisão. O atleta, portanto, tinha que ficar de fora na última rodada, diante do Nacional de Patos, o que não aconteceu. O jogador disputou a partida, e o CSP, após ter caído de divisão, entrou com uma Notícia de Infração Disciplina no STJD, informando o fato.

Nesta sexta-feira, o STJD julgou o caso e, em primeira instância – o STJD atualmente realiza uma intervenção do TJDF-PB – condenou o Esporte de Patos a perda de 3 pontos, por descumprir o artigo 214 do Código Brasileira de Justiça Desportiva, que trata sobre escalação irregular de atletas.

(Foto: Reprodução)

Globoesporte.com

 

 

Jogador do Treze fica ferido em acidente de moto no Agreste

O jogador Júlio Machado, zagueiro do Treze, foi vítima de um acidente na noite desta sexta-feira (23), na PB-130, nas proximidades do município de Areial, no Agreste paraibano. Júlio estava em moto quando colidiu contra um cavalo na rodovia.

O zagueiro estava voltando para a sua residência quando o animal surgiu na pista. Júlio não conseguiu desviar do animal, perdeu o controle da motocicleta e caiu.

O jogador foi atendido por uma equipe do Serviço Médico de Urgência (SAMU) e levado ao Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Após passar por exames na unidade de saúde, foi possível constatar uma fratura no punho esquerdo.

Ainda não foi possível afirmar quanto tempo o jogador deve ficar longe dos gramados. Existe ainda a possibilidade de que Júlio venha a passar por um procedimento cirúrgico.

 

PB Agora
Foto: João da Paz/Ascom/Trauma-CG

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

EM MARI-PB: Thiago Santos, jogador do Flamengo, fará jogo beneficente para arrecadar alimentos

jogoO jogador paraibano Tiago Santos que é natural da cidade de Mari e hoje joga no clube carioca Flamengo, está na Paraíba e mais uma vez irá realizar a famosa pelada dos amigos de Thiago. É uma pelada beneficente que tem como intuito doar alimentos, (cestas básicas as pessoas carentes da cidade de Mari). O jogo é realizado entre amigos de infância de Thiago, o que o faz lembrar à época de infância em que jogava sem compromisso com os seus amigos.

Alguns convidados também profissionais estarão presentes nesta pelada beneficente, que será realizado no campo do Lebre na referida cidade, às 15:30h. Na ocasião Thiago irá fazer sorteios entre os amigos de camisas do seu clube, chuteiras e entre outros. A entrada para quem for assistir é apenas 2 quilos de alimentos não perecíveis.

Da mesma forma o jogador realizou este evento em 2015 quando conseguiu arrecadar 113 cestas básicas para as famílias carentes da cidade de Mari.

TRAGETÓRIA

Natural de Mari, Thiago Santos iniciou a sua carreira jogando futsal na Escolinha do Messias, da sua cidade natal, com apenas 11 anos de idade. Aos 14 anos começou no futebol de campo. Em 2011, ele passou em uma peneira do Palmeiras realizada em Bayeux e foi pra São Paulo. Porém, após alguns problemas, de São Paulo foi para o Rio de Janeiro, quando um empresário o colocou pra jogar no Duque de Caxias. Lá, Thiago tinha idade de juvenil jogava no juniores. Alguns dias depois, foi chamado para as categorias de base do Flamengo.

FLAMENGO

Thiago Santos chegou no Mais Querido do Brasil em 2012. Menos de um ano após a sua chegada no Rubro-Negro Carioca, um técnico revelou a Thiago que ele estava na lista de dispensa por causa do seu problema de comunicação, que estava o prejudicando dentro de campo. Mas com o passar do tempo ele foi se soltando mais e fez muitas amizades dentro do clube. Dois meses depois, assinou seu primeiro contrato. Participou da Copa São Paulo de Futebol Júnior nas edições de 2014 e 2015, sendo um dos destaques da equipe em suas duas participações na tradicional competição. Vestindo a camisa 40, Thiago Santos fez sua estreia no time profissional em 1 de novembro de 2015, aos 20 anos, na partida contra o Grêmio, na Arena do Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Sua segunda partida como profissional vestindo a camisa rubro-negra foi no amistoso festivo pelo aniversário de 120 anos do clube contra o Orlando City, dos Estados Unidos, no Estádio do Maracanã, em 15 de novembro de 2015. Depois da vitória por 1 a 0 sobre o time americano, Oswaldo de Oliveira, treinador que lançou Thiago Santos no profissional, o elogiou.

portalmidia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Jogador Fábio Bilica paga pensão alimentícia e é solto na Paraíba

O jogador paraibano Fábio Bilica foi solto no fim da tarde desta terça-feira (24) após ser preso, na segunda-feira (23), por atrasar pouco mais de R$ 17 mil no pagamento de pensão alimentícia. Ele foi ouvido em uma audiência de custódia e, após ser comprovado o pagamento do valor devido, ele foi liberado pela juíza Hygina Simões de Almeida Bezerra, da Vara de Família.

O zagueiro estava preso na Central de Flagrantes da Polícia Civil da Paraíba e aguardava a audiência. Segundo o mandado de prisão, ele deveria ficar detido por 60 dias ou até pagar o débito.

O G1 tentou entrar em contato com o advogado de Fábio Bilica, mas ele ainda não foi localizado. Segundo a polícia, o advogado informou que a quantia devida foi depositada ainda na segunda-feira.

De acordo com a Seds, Fábio Alves da Silva, de 37 anos, foi ouvido pelo delegado Marcelo Bion e em seguida levado para a carceragem. Esta é a quinta vez que o atleta é detido.

Histórico de prisões
Bilica tem um histórico de problemas com a polícia. Em 2000, quando o jogador defendia a Seleção Brasileira Sub-23, e jogava no futebol italiano, o zagueiro chegou a ser preso suspeito de corrupção de menores. Já em 2009, ele foi preso no Recife e transferido para Campina Grande suspeito de não pagar pensão alimentícia.

Em 2013, Bilica foi preso suspeito de estuprar uma vizinha, que tem casa em Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Na última vez, no ano passado, ele foi preso ainda no campo de jogo, após participar de uma partida comemorativa de fim de ano na cidade de Araçagi, no Agreste paraibano, e foi levado para a Central da Polícia Civil de Guarabira.

Jogador Fábio Bilica também foi preso em 2009 por não pagar pensão alimentícia (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Acervo)Jogador Fábio Bilica também foi preso em 2009 por não pagar pensão alimentícia (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Acervo)
G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Jogador Fábio Bilica é preso por não pagar pensão alimentícia, diz polícia

 (Foto: Larissa Keren/Globoesporte.com)
(Foto: Larissa Keren/Globoesporte.com)

O jogador paraibano Fábio Bilica foi preso na tarde desta segunda-feira (24), em Cabedelo, na Grande João Pessoa, suspeito de atrasar pouco mais de R$ 17 mil no pagamento de pensão alimentícia, de acordo com a Polícia Civil. Segundo a família do jogador, o juiz deve depositar o valor da fiança ainda nesta segunda-feira. Esta é a quinta vez que o atleta é detido.

O Portal G1 tentou entrar em contato com o advogado de Fábio Bilica, mas até às 18h10 ele ainda não havia sido localizado.

De acordo com o agente Baxendale da Central de Flagrantes, Fábio Alves da Silva, de 37 anos, foi ouvido pelo delegado Marcelo Bion e está na Central de Polícia, localizada no bairro do Geisel, aguardando decisão do juiz junto a familiares e advogados.

Conforme explicou o agente da Polícia Civil, se a liberação não acontecer ainda na noite desta segunda, Fábio Bilica será conduzido para a carceragem da Central de Polícia e na terça-feira (25) encaminhado para a audiência de custódia.

Histórico de prisões
Bilica tem um histórico de problemas com a polícia. Em 2000, quando o jogador defendia a Seleção Brasileira Sub-23, e jogava no futebol italiano, o zagueiro chegou a ser preso suspeito de corrupção de menores. Já em 2009, ele foi preso no Recife e transferido para Campina Grande suspeito de não pagar pensão alimentícia.

Em 2013, Bilica foi preso suspeito de estuprar uma vizinha, que tem casa em Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Na última vez, no ano passado, ele foi preso ainda no campo de jogo, após participar de uma partida comemorativa de fim de ano na cidade de Araçagi, no Agreste paraibano, e foi levado para a Central da Polícia Civil de Guarabira

Jogador Fábio Bilica também foi preso em 2009 por não pagar pensão alimentícia (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Acervo)Jogador Fábio Bilica também foi preso em 2009 por não pagar pensão alimentícia (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Acervo)
G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jogador sofre infarto e morre durante partida de futebol no Cariri Paraibano

Foto: Paraíba Mix
Foto: Paraíba Mix

Um jogador de futebol sofreu um infarto durante um jogo da final do Torneio Natalino Parirense neste domingo (14) na cidade de Parari, no Cariri paraibano.

A partida que acontecia por volta das 16h30 entre os times Santa Cruz e Grêmio foi paralisada quando o jogador José Júnior dos Santos, de 27 anos, conhecido como “Chibanquinha”, sofreu um infarto dentro de campo.

Imediatamente, o jogador foi atendido por enfermeiras e um socorrista que estavam no local, e encaminhado por uma ambulância da Secretaria de Saúde que prestava assistência. Quando o jogador chagou à cidade de São João do Cariri, não resistiu e acabou falecendo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O prefeito do município decretou luto oficial na cidade. O velório acontecerá em Parari nesta segunda-feira (15) a partir das 17h.

Paraíba Mix

Após ser agredido, árbitro de futebol atira em jogador e por pouco não é linchado

JOGOO ex-vereador de Taperoá, Salomão Marinho, quase foi linchado, na tarde deste domingo (06), durante uma partida de futebol no estádio municipal O Ribeirão. A confusão aconteceu, quando Salomão, que apitava o jogo, foi agredido.  Depois de ser agredido, o árbitro Salomão Marinho teria pegado uma arma, que estava em sua bolsa, e começou a briga. Na briga, ocorreu um disparo, que atingiu uma das pernas do atleta, que agrediu o árbitro. O jogador demorou a perceber que havia sido atingido (no vídeo abaixo é o de camisa vermelha que ferido é carregado por colegas). Nas imagens do vídeo é possível notar que jogadores encurralam o ex-legislador depois do tiro e que ele teria sofrido várias agressões. A vítima do disparo foi levado para o Hospital Geral de Taperoá e o ex-vereador teria sido encaminhado direto para unidade de tratamento fora da cidade.

MaisPB com Taperoá em Foco

Julio César é eleito melhor jogador em campo na vitória do Brasil

julio-cesarO goleiro da seleção brasileira, Julio César, foi eleito em votação da Fifa o melhor jogador em campo na vitória do Brasil sobre o Chile. O jogo foi difícil e o Brasil só conseguiu se classificar para as quartas de final da Copa do Mundo na ultima rodada dos pênaltis.

O jogo terminou empatado em 1 a 1, com gol do zagueiro David Luiz, foi para a prorrogação e, sem gols, para os pênaltis. Foi um jogo em que a defesa se destacou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Julio César defendeu dois pênaltis. O Brasil marcou três; Willian e Hulk perderam os pênaltis; David Luiz, Marcelo e Neymar marcaram.

Nas arquibancadas, 57.714 pessoas encheram Mineirão.A torcida gritou “É Júlio César” diversas vezes durante o jogo. Deu apoio ao time, cantou o hino durante o jogo e nos momentos mais difíceis ecoava “O campeão voltou” e “Sou brasileiro com muito orgulho”, “pula, sai do chão quem é pentacampeão”.

Valor Econômico