Arquivo da tag: jogado

Dinheiro de assalto é jogado na rua e população disputa cédulas

Correria da população e disputa para ver quem pegava mais dinheiro. Foi assim que terminou um assalto no início da tarde desta segunda-feira (7) em Cabedelo, na Grande João Pessoa. O crime começou quando um homem que estava em um carro foi abordado por um bandido armado, que queria o veículo e o dinheiro da vítima.

Ao conseguir o veículo e o dinheiro, o assaltante iniciou a fuga, mas o carro parou metros à frente de onde o crime foi praticado e não seguiu caminho.

Sem conseguir religar o veículo, o bandido desceu e fugiu a pé. Porém, ele não percebeu que o dinheiro roubado não havia sido guardado “corretamente” e parte da quantia caiu no chão durante a fuga. Com isso, testemunhas da ação correram em direção às notas e iniciaram uma disputa para ver quem conseguia pegar mais cédulas.

Ao Portal Correio, a Polícia Militar informou que o bandido conseguiu fugir após o crime e que a vítima foi orientada a prestar boletim de ocorrência na Central de Polícia Civil.

Quem pegou dinheiro pode ser penalizado

Segundo o delegado Braz Morroni, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de João Pessoa, caso as pessoas que pegaram o dinheiro não o devolvam à vítima do crime, poderão ser indiciadas por furto e ficarão sujeitas à condenação que varia de um a quatro anos de prisão.

“As pessoas que pegaram para si esse dinheiro podem, sim, ser indiciadas e futuramente condenadas por furto, até porque elas estão tomando posse de uma coisa que não é delas, que é fruto de um crime e que elas sabem disso. Se elas pegaram e não devolveram o dinheiro, é crime”, disse o delegado.

 

 

portalcorreio

 

 

Morre suspeito de roubar carro que foi esfaqueado e jogado em canal após atropelar criança

Imagem compartilhada por WhatsApp
Imagem compartilhada por WhatsApp

Morreu, na manhã desta quarta-feira (12), um homem suspeito de roubar um carro,  atropelar uma criança, ser ferido a facadas e jogado dentro um canal de esgoto pela população, na noite dessa terça-feira (11), em Campina Grande.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o suspeito estaria fugindo no veículo roubado quando teria perdido o controle do carro e atropelado uma criança.

Após o atropelamento, o veículo bateu em uma árvore e o suspeito ficou preso nas ferragens. Retirado pela população revoltada com o crime, o homem foi ferido a facadas e jogado dentro de um canal de esgotos.

Ainda segundo os bombeiros, o rapaz foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Trauma de Campina Grande. Ao Portal Correio, os bombeiros não souberam informar para onde a criança atropelada foi socorrida. O suspeito morreu no hospital após não resistir aos ferimentos.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Presos suspeitos de participar da morte de jovem que teve corpo jogado em fossa na cidade de Guarabira

Reprodução/WhatsApp
Reprodução/WhatsApp

Dois suspeitos de participar do assassinato de uma jovem que teve o corpo jogado em uma fossa séptica de uma residência em Guarabira (Brejo do estado, a 98 km de João Pessoa) foram presos na manhã desta terça-feira (19). O crime aconteceu na sexta-feira (15), no bairro Alto da Boa Vista, e corpo foi encontrado no domingo (17). Outras duas pessoas que participaram do homicídio já foram identificadas pela polícia, mas até as 7h permaneciam foragidas.

De acordo com as investigações, a vítima foi morta com um tiro de revólver calibre 38. O autor do disparo seria o companheiro dela, conhecido como “Mazzaropi”, que já cumpriu pena por tentativa de homicídio.

Em operação nas primeiras horas desta terça-feira, agentes do Grupo Tático Especial (GTE) e da Guarnição de Comando foram até a casa onde o corpo da jovem foi encontrado e apreendeu os suspeitos. Foram detidos pela polícia uma adolescente e um homem conhecido como “Gordinho da Al Qaeda”. A casa teria sido alugada pela menor e era usada como ponto de comercialização de drogas.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Viaturas seguem em diligências para prender o autor do disparo que matou a jovem e uma mulher que teria ficado responsável por retirar os entorpecentes e a arma do crime da casa após a execução para dificultar as investigações da polícia.

 

portalcorreio

Campinense lucra como formador de Hulk, que nega ter jogado pelo clube

-hulkO Campinense lucrou com a transferência do atacante Hulk do Porto para o Zenit. O clube paraibano foi reconhecido pela Confederação Brasileira de Futebol como um dos formadores do atleta e, respeitando o mecanismo de solidariedade da Fifa, recebeu uma porcentagem do que foi pago pelo clube russo à equipe portuguesa pela contratação do paraibano. A informação foi repassada por pessoas ligadas à Raposa e posteriormente confirmada pelo próprio presidente William Simões, que alega que R$ 189 mil foram repassados aos cofres do clube em 2013. O problema, contudo, é que agora a assessoria jurídica do jogador da Seleção Brasileira garante que o atleta nunca defendeu as cores do Rubro-Negro de Campina Grande. E que se existe algum documento que comprove isto, ele é falso.

Segundo as informações apuradas pela reportagem, o Campinense dispõe de documentação comprovando que foi a própria CBF quem confirmou, junto ao clube russo, que Hulk passou pelo Campinense no começo de sua carreira. Já William Simões é mais taxativo:

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Temos ampla documentação que comprova que o jogador atuou pela Raposinha, que é como chamamos as nossas categorias de base. Isto é conhecido. O pagamento foi feito e é passado. Não entendo porque agora este assunto voltou à tona – declarou.
Na época da transferência, inclusive, o Campinense chegou a publicar em seu perfil oficial numa rede social da internet uma foto em que, supostamente, Hulk aparece vestindo a camisa raposeira, que segundo o clube é de 2000 ou de 2001.
Hulk deixou o Porto em setembro de 2012, numa negociação que foi considerada uma das mais caras da história do futebol mundial. O Zenit desembolsou a quantia de €$ 60 milhões (cerca de R$ 128 milhões) por um contrato de cinco anos. Além do Campinense, outro clube paraibano, o Serrano, que também é de Campina Grande e já não atua mais profissionalmente, também foi contemplado pelo mecanismo de solidariedade da Fifa.
O paraibano, contudo, por meio de sua advogada Marisa Alija, só reconhece o Serrano como clube formador no Estado.
– Hulk jogou uma única partida pelo Serrano. Único clube em que ele jogou na Paraíba. Qualquer documento que comprove uma eventual passagem de Hulk pelo Campinense é falso. E é caso de polícia – declarou.
Marisa Alija, contudo, descarta qualquer possibilidade do jogador acionar judicialmente a Raposa. Ela explica que o atleta não é parte da ação e não foi nem lesado nem beneficiado com a questão, porque esta envolve única e exclusivamente os clubes.
– Se alguém tem que se sentir lesado são os clubes formadores. Porque de acordo com o mecanismo de solidariedade da Fifa, os clubes formadores dividem uma porcentagem do valor da transação. Então se algum clube se apresenta indevidamente como formador, ele está lesando os demais clubes e não o atleta. Neste caso, Hulk simplesmente não é parte interessada.
Em outro momento, a assessoria de imprensa do atleta publicou uma nota. Num dos trechos, destacando parte do que a advogada já tinha dito: “Hulk afirma que infelizmente nunca jogou pelo Campinense ou pelo Treze. Em nenhum momento de sua carreira. O único clube que ele defendeu em uma única partida, aos 16 anos, foi o Serrano, também de Campina Grande, após retornar a sua cidade. Hulk lembra que saiu da Paraíba aos 13 anos para tentar a sorte no futebol e que retornou algumas vezes.
Sempre lembrado nas listas de convocação do técnico Luís Felipe Scolari, Hulk é dado como um dos nomes certos entre os 23 jogadores que vão representar o Brasil na Copa do Mundo deste ano. Ao lado de Neymar e Fred, o jogador formou o sistema ofensivo que foi fundamental na conquista da Copa das Confederações do ano passado.

GloboEsporte

 

 

 

Mãe confessa ter jogado filha recém-nascida em matagal por já ter 3 filhos

matagalUma mulher de 29 anos confessou ter jogado a filha recém-nascida em um matagal usado como depósito de lixo por moradores de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. A delegada da Polícia Civil Mariell Antonini Dias, que investiga o caso, disse que a mulher é de classe média e teria condições financeiras para cuidar da criança.

“Ela contou que abandonou o bebê porque o marido, que trabalha como técnico de informática, tinha ameaçado se separar dela caso ela engravidasse novamente”, afirmou Mariell. A menina foi encontrada na manhã de segunda-feira (7) por moradores da região, que acionaram o Conselho Tutelar. Ela foi resgatada e encaminhada para um hospital da cidade.

A mulher já tem outros três filhos e, por isso, quis se desfazer da criança. Segundo a delegada, a mulher não tem nenhum tipo de distúrbio mental nem não toma remédios. “Ela é uma pessoa conhecida na cidade. Trabalha como vendedora de uma loja ‘famosa’ daqui. Depois de jogar a filha, continuou com a rotina normal dela”, disse Mariell.

Câmeras de segurança da rua registraram imagens do momento em que o carro da mulher passou pelo local. “Não conseguimos identificar a placa do veículo, mas pelas características conseguimos chegar até o marido dela, que alegou não saber que a mulher estivesse grávida”, afirmou a delegada. A polícia abriu um inquérito, e a mulher deve responder por tentativa de homicídio qualificado. A suposta participação do pai do bebê também deve ser apurada.

Testemunhas que convivem com a vendedora relataram à polícia que a mulher não aparentava estar grávida. Ela fez o parto sozinha no banheiro de casa na noite de domingo (6) e teria rasgado o cordão umbilical. “Como ela já tinha tido três filhos por meio de parto normal, foi mais fácil”, apontou Mariell. Somente no dia seguinte, a mulher levou a bebê até o matagal e a abandonou. Ela não chegou a amamentar a menina.

A polícia fez busca e apreensão na casa da vendedora e encontrou algumas evidências de que a criança teria nascido no local. Foram encontrados uma lâmina, fios de cabelo e um absorvente que a mãe havia usado.

À polícia, a mulher disse que pretende ficar com a criança. “A bebê correu o risco de ter sido atacado por um cachorro ou de ter morrido de fome. Estava toda suja de fezes da mãe. Ela não se deu ao trabalho nem de limpar a criança”, destacou a delegada. A prisão da vendedora não foi pedida.

180 Graus

Após denúncia, polícia encontra feto dentro de pote de sorvete jogado no lixo em João Pessoa

Imagem: Jorge Filho

Um feto aparentando ter entre quatro e cinco meses de vida foi encontrado na manhã desta quinta-feira (17), dentro de um pote de sorvete em um tambor de lixo, no bairro do Ernani Sátiro, em João Pessoa.

A descoberta se deu após a Polícia Militar receber uma denúncia anônima pelo número 190 de que haveria um feto jogado no lixeiro.

Ainda não se tem informações sobre quem jogou o bebê, mas uma câmera de segurança da empresa de ônibus São Jorge, que fica próxima ao local, vai ser analisada pela polícia.[bb]

Ainda segundo a PM, o feto aparentava ter entre quatro e cinco meses de vida e foi deixado durante a madrugada desta quinta. A perícia foi ao local para analisar o caso.

P.H Lima

Portalcorreio

Requintes de Crueldade: Jovem é assassinado a tiros; corpo é arrastado e jogado dentro do mato

Um crime praticado com requintes de crueldade foi registrado na noite desta sexta-feira (12) em João Pessoa. Adriano Vasconcelos Gomes de Melo, 22 anos foi assassinado a tiros e o corpo encontrado dentro do mato.

De acordo com a polícia, por volta das 21 horas ele estava participando de uma festa numa granja na comunidade Engenho Velho com amigos quando teve início uma discussão. Alguns dos colegas dele já tinham ido embora e quando se encontravam em casa foram informados da confusão.

Eles voltaram para a granja e quando chegaram ao local não tinha mais ninguém apenas rastros de sangue na entrada da casa. A Polícia Militar foi acionada e iniciou as investigações e buscas e poucos minutos depois o rapaz foi encontrado morto. O corpo estava dentro do matagal e coberto de folhas.

A polícia suspeita de que o rapaz foi assassinado dentro de casa e arrastado até o mato.

Paulo Cosme\David Martins

Suposto estuprador é morto, tem corpo esquartejado e jogado no meio da rua em JP

Um crime bárbaro chamou atenção da polícia na noite desta terça-feira (29), no bairro Funcionários I, em João Pessoa. Um homem suspeito de estupro foi assassinado e teve o corpo esquartejado.

Foto: TV Correio

Foto: TV Correio

Nas nádegas da vítima, os bandidos deixaram um bilhete afirmando: “Estuprado tem que morrer assim”.

Segundo informações do repórter Emerson Machado, TV Correio, por volta das 22h40, os moradores da comunidade Alvorada viram quando um carro parou e jogou um saco no meio da rua.

Foto: Plantão 190

Foto: Plantão 190

As pessoas foram até o local e quando o saco foi aberto encontraram um homem esquartejado. Até o momento, a vítima não foi identificada.

 

Hyldo Pereira

Portalcorreio

Homem é apedrejado e jogado em vala na BR-230

Um homem ainda não identificado foi apedrejado e depois jogado em uma vala às margens da BR-230, próximo a passarela de Tambay, em Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa, por volta das 18h, desta quinta-feira (19).

A vítima

A vítima (Foto: Bayeux em Foco)

Segundo o Major Lucas, que esteve no local, informações dão conta que a vítima estava bebendo com dois amigos no bairro quando um provável desentendimento ocorreu e as agressões iniciaram.
Moradores da localidade disseram que o homem é sempre visto bêbado com freqüência nas imediações. A vítima teve o rosto todo machucado com as pedradas.

A vítima

A vítima jogada em uma vala (Foto: Bayeux em Foco)

Uma equipe do Samu socorreu a vítima para o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. A polícia investiga o caso.

Priscila Andrade com Bayeux em Foco