Arquivo da tag: joelhos

Na África do Sul, camisinhas são usadas para aliviar dores nos joelhos

camisinha coloridaO governo da África do Sul tem incrementado os esforços para conter o alastramento da Aids no país. Um deles é a ampliação da distribuição gratuita de preservativos.

Só que muitas das camisinhas distribuídas à população estão sendo usadas para outro fim: combater as dores decorrentes de artrite nos joelhos.

De acordo com Candith Mashego-Dlamini, chefe de saúde de Mpumalanga, os idosos estão esfregando os preservativos nos joelhos a fim de aliviar o sofrimento causado pela doença crônica. As pessoas acreditam que o lubrificante pode lhes trazer benefícios.

“Não é a cura para a minha artrite, mas faz a dor diminuir”, disse uma idosa da Cidade do Cabo, segundo os site “Times Live”.

Além de “remédio” para artrite, as camisinhas também estão sendo usadas no país africano para limpar CDs e dar bilho em sapatos.

180 Graus

Lesões nos joelhos são comuns naqueles que andam muito de bicicleta

A condropatia patelar é uma das lesões mais comuns naqueles que andam de bicicleta com frequência, segundo o cirurgião ortopedista especializado em trauma ortopédico e cirurgia de joelho Paulo Henrique Araujo. O problema é um desgaste da cartilagem da patela (ou rótula), osso que protege a parte anterior da articulação do joelho.

O ortopedista explica que, durante a pedalada, os joelhos realizam movimentos cíclicos de flexão e extensão (esticar e dobrar) que levam a patela a subir e descer em contato com uma região do fêmur onde ela se articula. “Quando o joelho fica dobrado além de 40 graus, seja pedalando ou em qualquer outra situação, a patela passa a fazer contato com uma região do fêmur chamada tróclea e isso pressiona a cartilagem que reveste essas duas estruturas. Quanto maior o grau de flexão do joelho, maior é a pressão que recai sobre a cartilagem dessas estruturas, o que pode levar à lesão”, explica.

Segundo o médico, isso ocorre, principalmente, quando o ciclista posiciona o selim da bicicleta numa altura muito baixa, fazendo com que os joelhos tenham graus altos de flexão, aumentando a carga (força de atrito) que passa na articulação patelo-femoral e desgastando a cartilagem desta região. Além disso, quando o ciclista realiza esforços maiores, como uma subida, a pressão que passa na articulação patelo-femoral aumenta ainda mais, contribuindo para o desgaste articular.

O tratamento para lesões no joelho requer avaliação adequada e individual. O médico afirma que é preciso considerar o equipamento utilizado pelo ciclista e também a técnica de pedalada. Quando uma inconformidade é detectada, ela deve ser corrigida. Problemas como altura do selim ou alinhamento dos joelhos em relação aos pés durante o movimento cíclico de pedalada são exemplos citados por ele como potenciais problemas na prática da atividade física. “Além disso, deve-se buscar o equilíbrio da musculatura da coxa e panturrilha com adequação da força e alongamentos musculares”, ressalta o profissional.

EVITANDO LESÕES – Uma bicicleta bem ajustada e adequada a altura e peso do ciclista vão contribuir para evitar grandes lesões. O ângulo de ataque do pedal também pode influenciar no desgaste sofrido pelo corpo do atleta ao andar de bicileta. Segundo o fisioterapeuta Joelson Araújo, especialista em adaptação de bikes a ciclistas, o ideal é que a pessoa peça orientação desde o momento da compra do equipamento.

“Você deve pedir orientação na própria loja onde vai comprar ou realizar a manutenção da bicicleta para encontrar alguma que mais se aproxime da sua anatomia. O ideal, porém, é realizar um bike fit (adaptação da bicicleta a anatomia do ciclista), pois cada corpo tem uma anatomia diferente e um ajuste personalizado proporcionará mais saúde e conforto durante o pedal”, afirma.

http://www2.uol.com.br/JC/_ne10/cotidiano/foto/kit_bike.jpg

ne10