Arquivo da tag: João

Após anúncio de desfiliação, João confirma que fará reforma administrativa

A decisão do atual governador, João Azevêdo de rachar com Ricardo Coutinho e anunciar nesta terça-feira (2) a saída do PSB levantou expectativa enquanto os cargos e quadros de prestadores de serviços e contratados, já que com a separação, o gestor confirmou uma reforma administrativa.

Segundo João, não há motivo para preocupação, pois serão mantidos aqueles que têm compromisso com o povo da Paraíba. “A reforma, eu sempre tenho dito, que quando necessária será feita. Diariamente, a cada semana não tem prazo nem estabelecimento de nenhuma rotina para fazer modificações na equipe. A equipe sempre vai ter modificações quando eu achar necessário ou quando alguém, por vontade própria, deixe o governo não tem essa coisa de reforma para acomodar aliado. As pessoas têm que estar no governo para contribuir, colaborar e ter responsabilidade com o povo da Paraíba. Se não tiver com esse foco, está fora do governo”, esclareceu.

O gestor ainda ressaltou que nenhuma perseguição será feita. “Eu não desço a discussão para fazer perseguição de funcionário. Os funcionários do Estado são quem carrega essa máquina nas costas. Agora, quem tem compromisso e obrigação de conduzir os destinos de uma secretaria, aí sim, eu vou cobrar e permanentemente eu vou cobrar. Se não tiver evidentemente num patamar que eu entenda ser importante, vai sair do governo, não tenha dúvida nenhuma”, alertou.

 

clickpb

 

 

João sobre Lula Livre: “Demorou quase 20 meses para que justiça fosse feita”

Pelas redes sociais o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) comemorou a soltura do ex-presidente Lula Livre (PT), realizada na tarde desta sexta-feira (08) após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proibiu a prisão de condenados em 2ª instância.

Na publicação, ele afirma que a justiça “tardou mas chegou”.

“Demorou quase 20 meses para que a justiça fosse feita. Tardou mas chegou”, disse o governador João Azevêdo na publicação.

PB Agora

 

 

‘Ninguém recebeu mais deputados do que eu’, reage João a queixas

O governador João Azevêdo (PSB) reagiu, na manhã desta sexta-feira (18), à insatisfação de deputados da base governista que não estariam conseguindo audiência com o chefe do Poder Executivo.

O socialista chegou a fazer um desafio aos aliados se na Paraíba houve um gestor que mais recebeu parlamentares em um período tão curto de governo.

“Não conheço um governador que, com nove meses de governo, tenha recebido mais deputado estadual do que eu. Eu faço um desafio. Em nove meses de governo, a quantidade de vezes que eu me sentei com cada deputado para discutir as coisas. Reuniões coletivas, isoladas e individualmente tratando de reuniões com cada um. Então, eu não tenho essa preocupação. Essa crítica não me cabe porque eu tenho recebido sim os deputados, discutido, dialogado e colocado pessoas para fazer interlocução”, pontuou.

Na tarde de ontem, uma equipe de secretários estaduais e deputados governistas trataram, no Palácio da Redenção, do princípio de insatisfação de parlamentares. O encontro contou com as presenças dos secretários Nonato Bandeira (Comunicação), Ronaldo Guerra (Chefe de Gabinete), Edvaldo Rosas (Chefia de governo) e João Gonçalves (Articulação Política), além dos deputados Adriano Galdino (Presidente da Assembleia), Wilson Filho (líder do blocão), Edmilson Soares e Genival Matias.

MaisPB

 

 

“Estamos mudando a realidade de muita gente”, destaca João sobre ações na PB

O governador João Azevêdo lançou, nesta segunda-feira (12), a programação alusiva ao Mês da Juventude – que abrange cerca de 320 atividades em mais de 130 municípios do Estado –, durante solenidade na Vila Olímpica Parahyba, em João Pessoa. Na ocasião, o gestor também assinou a ordem de licitação para obras de manutenção nas instalações da Vila – orçadas em R$ 1,3 milhão –, e premiou jovens empreendedores beneficiados pelas linhas de crédito do Empreender Juventudes.

O evento, prestigiado por prefeitos, deputados estaduais e auxiliares do Governo da Paraíba, ainda foi marcado pela posse do Comitê Intersetorial de Juventude. A quinta edição do Mês da Juventude, cujo tema é “Não vamos recuar: ocupar e resistir”, é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, em parceria com outros órgãos, representando o compromisso em promover políticas públicas voltadas ao segmento.

Na solenidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou a relevância de políticas voltadas para a juventude com o objetivo de promover inclusão. “Se você permite que o jovem participe do processo, seja pelo Empreender, Gira Mundo ou Prima, estamos mudando a realidade de muita gente. Não há outra forma de mudar a sociedade a não ser oferecendo à juventude a possibilidade de realizar seus sonhos e nós estamos proporcionando isso por meio do esporte, da educação e do empreendedorismo. Enquanto poder público, nós abrimos caminhos para que os jovens tenham chance, motivação e reconhecimento”, frisou.

Ele também destacou a importância das obras de manutenção que serão realizadas na Vila Olímpica. “Esse espaço tem uma função social em João Pessoa, não só em relação ao esporte, mas porque a sua qualificação valorizou todo o entorno, o que podemos perceber com a construção de vários prédios”, observou.

A secretária executiva da Juventude, Priscilla Gomes, enalteceu as parcerias com diversos órgãos do Estado, prefeituras e sociedade civil para promover diversas ações para a juventude. “Nós superamos todas as expectativas, chegando a um número considerável de municípios, oferecendo as mais diversas modalidades, a exemplo de ações no esporte, na cultura, rodas de debate sobre o empoderamento juvenil, empreendedorismo, segurança e políticas afirmativas”, declarou.

Representante do Comitê Intersetorial de Juventude, o coordenador do programa Gira Mundo, Tulhio Serrano disse que a missão do órgão é desenvolver um plano efetivo de ação para contemplar o segmento. “A nossa intenção é desenvolver, de forma intersetorial, as políticas públicas de juventude, ou seja, nós vamos atuar em conjunto com diversas Secretarias para planejar ações voltadas para os jovens do nosso Estado”, sustentou.

O deputado estadual Ricardo Barbosa parabenizou o Governo por integrar e interiorizar políticas para os jovens e agradeceu os novos investimentos na Vila Olímpica Parahyba. “Como amante e defensor do esporte, eu fico feliz e registro meu agradecimento, de forma pública, ao governador João Azevêdo pela importante iniciativa de promover essa licitação para manutenção deste equipamento tão importante para acolher a juventude que merece toda a atenção”, disse.

A estudante Vivian Cordeiro afirmou que as ações desenvolvidas no Mês da Juventude contribuem para a ampliação do conhecimento e crescimento dos jovens. “Eu acho muito importante englobar toda a juventude porque é uma forma de estarmos sempre inseridos nos assuntos importantes porque, às vezes, querem nos excluir por imaturidade, mas só teremos maturidade quando formos incluídos nas políticas que devem ser para todos”, relatou.

A jovem Rayssa Kathleen Ramalho, contemplada com créditos do Empreender e homenageada pelo sucesso de seu empreendimento, falou da importância do programa para iniciar seu negócio na área de vendas. “O Empreender é uma porta de acesso para tornar um sonho em realidade porque, às vezes, a gente tem uma boa ideia, mas não tem o capital, o que era o meu caso, porque eu tinha todos os contatos de fornecedores, mas precisava desse pontapé inicial para começar meu negócio”, lembrou.

Obras– Os serviços de manutenção irão contemplar arquibancada do campo, quadra de areia, arquibancada da piscina, ginásios, administração, piscina e a área externa, onde serão executados os serviços de recuperação das esquadrias de alumínio e forro em PVC, troca de filtros e bombas da piscina, revisão nas cobertas dos ginásios, revisão na rede hidráulica e elétrica, com substituição de luminárias e lâmpadas, correção estrutural da circulação da arquibancada – campo, iluminação recreativa da quadra de areia/campo e pintura geral.

O secretário da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Hervázio Bezerra, enalteceu mais uma ação do Governo do Estado para fortalecer e apoiar a juventude. “Nós recebemos sete mil pessoas por dia na Vila Olímpica e, desde que ela foi inaugurada, não passou por uma manutenção e houve a decisão extremamente importante do governador João Azevêdo de assinar a licitação para a realização de serviços de manutenção de um espaço que não pertence apenas à Paraíba e ao país, pois ela é conhecida e reconhecida internacionalmente”, falou.

A superintendente da Suplan, Simone Guimarães, destacou a importância das intervenções que serão feitas no local. “Nós vamos fazer serviços de pintura, recuperação e correções para manter a vida útil do prédio. Estamos com o olhar atento porque a nossa meta não é só entregar obras, mas é também fazer a manutenção de tudo que foi feito nos prédios públicos”, explicou.

 

pbagora

 

 

João lamenta cortes de recursos federais e mostra preocupação com possível retaliação à Paraíba

O governador João Azevêdo (PSB) voltou a cobrar uma melhor relação institucional por parte do Governo Federal com o Estado. Em duas ocasiões essa semana, o Chefe do Executivo Estadual expôs a sua preocupação com o corte de recursos da união para ações importantes na área de infraestrutura, a exemplo da dragagem do Porto de Cabedelo e das obras de construção da barragem de Cupissura, que, após concluída, deve garantir a segurança hídrica da região litorânea por mais algumas décadas.

Segundo João Azevêdo, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, já informou os cortes de alguns recursos esperados para obras no Estado. “Isso é preocupante, o ministro informou que os recursos destinados a dragagem do Porto, e que os recursos destinados a construção da barragem de Cupissura, que garante água por mais 30 anos para a Região Metropolitana, não estariam mais disponíveis”, comentou.

Mesmo diante dos cortes, e após a polêmica criada após o vazamento de áudio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) tratando os governadores do Nordeste de “Paraíba”, João Azevêdo diz que prefere não acreditar ainda em retaliação ao Estado.  “Eu quero crer que não! Mas, é importante entender e saber o motivo pelo qual isso está acontecendo”, disse.

LIBERAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

João Azevêdo disse também que espera do Governo Federal a liberação de pedidos de empréstimos do Estado, essenciais para realização de ações e obras em toda a Paraíba.

“Temos que ter uma relação com o Governo Federal dentro daquilo que é natural, que é exigir uma relação republicana. Existem alguns pleitos de empréstimos, e aprová-los não é favor do Governo Federal, é uma obrigação considerando que o Estado fez o seu papel e o seu dever de casa. Esperamos que não haja nenhum tipo de retaliação, não trabalho pensando nisso, espero que o Governo do Estado receba os recursos e que não sejam cortados, nem bloqueados”, comentou em entrevista à imprensa na última sexta-feira (2) (Confira abaixo).

MAIS RESPEITO

Na quinta-feira (1), João Azevêdo já tinha cobrado mais respeito por parte do governo Jair Bolsonaro com a Paraíba. “(…) não tem favor nessa relação, tem relação de respeito. O Estado da Paraíba tem feito um esforço gigantesco para ser um Estado que tem a menor taxa de desemprego, que paga os seus fornecedores em dia pelo seu 107° mês pagando servidores em dia, pagando metade do 13° desse ano, fazendo concurso para 1000 professores, implantando PCCR para agentes penitenciários, ou seja, é um Estado que está redondo e cumpre com suas obrigações, é um Estado que está redondo e faz a sua obrigação e quando pleiteia um empréstimo, com o aval do Governo Federal, não é um favor que ele [Bolsonaro] dá ao Estado, é uma obrigação”, disse.

Assista abaixo:

 

Por Ângelo Medeiros /Portal WSCOM

 

 

Bolsonaro ataca João e mostra perseguição à PB: “Nada pra esse cara”

“O governador de Paraíba é pior que esse do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”, disse o presidente antes de uma coletiva, sem saber que seu áudio estava aberto; ele se referia a Flávio Dino (PCdoB) e João Azevêdo (PSB), que estão entre os governadores mais bem avaliados do país.,

Em café da manhã com jornalistas nesta sexta-feira (19), no Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro atacou Flávio Dino (PCdoB), que é governador do Maranhão, e João Azevêdo (PSB), que é governador da Paraíba.

Sem saber que seu áudio estava aberto em uma transmissão ao vivo, Bolsonaro disse ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni: “O governador de Paraíba é pior que esse do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”.

Em seu ataque, o presidente se referiu justamente a governadores que estão entre os mais bem avaliados do Brasil.

Flávio Dino foi reeleito em primeiro turno como governador do Maranhão em 2018 e sua aprovação ultrapassa os 50%. Sob sua gestão, o estado atingiu os melhores níveis socioeconômicos já vistos na região e é lá que os professores ganham os melhores salários do país. Dino foi eleito o melhor governador do Brasil por sites especializados em duas ocasiões.

O deputado federal Márcio Jerry reagiu aos ataques de Bolsonaro e criticou a postura do presidente. “Agride de novo a democracia, se mostrando totalmente despreparado para o exercício da Presidência”, afirmou.

Já João Azevêdo, que está em seu primeiro mandato, se elegeu em primeiro turno e tem altos índices de aprovação. Em abril, ao completar os cem primeiros dias de governo, pesquisa de opinião apontou que o governo do socialista é considerado ótimo e bom por 46,6% da população, enquanto apenas 13,3% o consideram ruim ou péssimo.

Em janeiro, logo após assumir a presidência, Bolsonaro chegou a dizer em entrevista que não é o presidente dos nordestinos ao comentar os resultados eleitorais na região.

 

Revista Fórum

 

 

‘Fim do Fundeb será desastre total para os municípios’, diz João e defende alternativa

O governador João Azevêdo (PSB), comentou em entrevista nesta segunda-feira (20) a respeito do fim do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), previsto para acabar em 2020. Ele alertou que o fim dos recursos seria desastroso, principalmente para os municípios e defendeu a alternativa apresentada pelos governadores do Nordeste que aumenta o repasse do governo em 2% ao ano, até chegar a 40%.
“O Fundeb é fundamental para a manutenção do ensino básico, principalmente nos municípios. Foi criado por um tempo que termina no próximo ano e geraria um impacto nos municípios que não teriam condições de manter o ensino”, disse.
João explicou que nos moldes atuais, o Governo Federal só entra com 10% do Fundeb, o restante é estado e municípios. “Para o estado o impacto é menor, daria para sobreviver, mas o prejuízo é muito grande e para os municípios seria um desastre total”, afirmou, lembrando que a proposta apresentada no Fórum de Governadores e aceita pelo Senado, foi a de um Projeto de Lei que passasse de 10 para 20% o repasse do governo federal e acrescentasse a isso 2% ao ano até chegar a 40%.
Este projeto está tramitando no Congresso e João afirmou que espera que ele seja aprovado dessa forma. “Afinal, Educação é o único caminho para desenvolver o país. 15 dias atrás entregamos diretamente ao presidente uma carta que pedimos a retomada das obras paralisadas e tratasse do débito do antigo Fundef; do final do Fundeb e corte das universidades. Não concordamos com os cortes feitos, isso gera paralisação da maioria das universidades já em setembro, é um desastre, uma perda irreparável, não se consegue resgatar isso, vai demorar muito tempo para o país entender o prejuízo”, finalizou.

Marília Domingues

 

 

 

João Azevêdo autoriza, nesta segunda-feira, realização do concurso com 400 vagas na Fundac

O governador João Azevêdo lança oficialmente e autoriza, nesta segunda-feira (20), às 10h, a realização do concurso público com 400 vagas para agentes socioeducativos da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac). A solenidade de formalização do certame acontecerá no Palácio da Redenção, no Centro de João Pessoa.

Como o ClickPB havia adiantado, o concurso terá 400 vagas para agente socioeducativo. As vagas serão destinadas para os municípios de João Pessoa, Sousa e Alagoa Grande.

Com a assinatura e formalização do contrato, deverá ser divulgado o edital do concurso e todos os detalhes das vagas.

Atualmente, o agente socioeducativo possui uma remuneração de R$ 1.500, mais gratificações e auxílio alimentação.

Esse já é o quarto concurso que João Azevêdo lança em seu mandato, que começou em janeiro de 2019. Inicialmente o governador lançou edital com vagas para o Magistério e depois foi anunciado certame para a Procuradoria Geral do Estado e outro para engenheiros da AESA.

 

clickpb

 

 

Em Brasília, João entrega carta com reivindicações do NE a Bolsonaro

Os governadores dos estados que compõem a região Nordeste entregaram, nesta quinta-feira (9), durante audiência em Brasília, uma carta de reivindicações ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

O chefe do Executivo paraibano assinou carta solicitando diálogo com o presidente para tratar de temas relacionados à Educação e a manutenção de obras na região.

Além da negociação, em razão de condenações judiciais sobre diferenças do Fundef, devidas pela União aos estados, João e os demais gestores também pediram a prorrogação e ampliação do Fundeb e a revisão dos cortes em desfavor das universidades e institutos federais de ensino.

O grupo também solicitou a retomada de obras paralisadas no Nordeste, em especial para obras rodoviárias, de recursos hídricos e habitacionais.

Assinaram a carta os governadores do Ceará, Camilo Santana; de Pernambuco, Paulo Câmara; de Alagoas, Renan Filho; de Sergipe, Belivaldo Chagas; do Piauí, Wellington Dias; do Maranhão, Flávio Dino; da Bahia, Rui Costa e da Paraíba, João Azevêdo.

JOÃO AZEVÊDO

O governador paraibano demonstrou ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ao ministro da Economia, Paulo Guedes, sua preocupação em relação a Medida Provisória 868/18. A matéria pode resultar no sucateamento de empresas estaduais, privatizar e aumentar tarifas dos serviços de saneamento. Com a aprovação, por 15 votos a 10, o relatório agora passa a tramitar como um projeto de lei de conversão (PLV) e seguirá para votação em Plenário.

PB Agora

 

 

João exonera servidora presa na Calvário e nomeia secretários

O Diário Oficial do Estado trouxe, na edição desta terça-feira (7), nomeações de secretários e a exoneração de Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro, presa na semana passada na quarta fase da Operação Calvário.

Maria Laura era assistente de gabinete da Procuradoria-Geral do Estado, logo, trabalhava diretamente com o ex-procurador Gilberto Carneiro, citado nas investigações e alvo de mandado de busca e apreensão. Carneiro foi exonerado, a pedido, na mesma manhã em que a assistente foi presa.

A edição também confirmou a exoneração de Amanda Araújo Rodrigues, do cargo de secretária das Finanças. A saída dela do governo já havia sido anunciada no sábado (4). Mário Sérgio de Freitas Lins Pedrosa assume a função.

Outra mudança feita pelo governador João Azevêdo (PSB) foi na pasta de Planejamento, Orçamento e Gestão. Gilmar Martins de Carvalho Santiago foi nomeado novo secretário, função que até pouco tempo era ocupada por Waldson de Souza, outro citado na Operação Calvário. Waldson também foi exonerado, a pedido, na semana passada. Fábio Luciano de Araújo Maia havia sido designado para responder cumulativamente pelo cargo até nova deliberação.

A Operação Calvário expõe um esquema responsável pelo desvio de mais de R$ 1 bilhão da Saúde. Conforme investigações do Gaeco/MPPB, as fraudes envolviam agentes públicos e Organizações Sociais (OS) que gerenciavam hospitais.

 

portalcorreio