Arquivo da tag: João Azevedo

João Azevêdo anuncia mais 3 leitos de UTI para UPA de Guarabira

O governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania), anunciou a distribuição de ventiladores pulmonares e consequentemente a abertura de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento da Covid-19, no Estado. Serão entregues equipamentos para diversas cidades por conta da interiorização da doença. As novidades foram assuntos destaques no seu programa de rádio, Fala Governador, na Rádio Tabajara, na tarde desta segunda-feira (29).

A Unidade Pronto Atendimento de Guarabira, que está atendendo exclusivamente pacientes de Covid-19, receberá três novos leitos de UTI para atender a demanda da região.

Unidades de saúde de toda Paraíba, a exemplo de Princesa Isabel, Patos, Pombal, Cajazeiras, Mamanguape, João Pessoa e Santa Rita estarão recebendo novos leitos de UTI e ventiladores pulmonares para ampliar a capacidade de atendimento.

“Com isso, nós estamos atendendo todo o Estado da Paraíba e reforçando as estruturas existentes para que a gente possa atender melhor, principalmente, nesse momento de que há interiorização para todo estado”, frisou João Azevêdo.

 

portal25horas

 

 

Covid-19: “Alguns municípios podem recuar” aponta João Azevêdo sobre 2ª etapa de bandeiras de flexibilização na PB

O governador João Azevêdo, do Cidadania, declarou que dependendo da taxa de letalidade, transmissibilidade e disponibilidade de leitos de UTI, alguns municípios paraibanos poderão sim ter que recuar no esquema de bandeiras apresentado pelo governo da Paraíba na busca de flexibilizar as atividades por conta da covid-19.

Ainda segundo o governador, como o esquema não é fixo, não há como definir exatamente que a cada 15 dias haja mudança total e para melhor nas cidades, o que resta ao governo é analisar e verificar como cada cidade paraibana deverá se comportar para ir aos poucos adotando o ‘novo normal’.

“Esse plano é baseado em alguns pilares,  que vai desde as taxas de isolamento, de letalidade, disponibilidade de leitos de UTI e a transmissibilidade. Esse modelo não estabelece regra fixa, não existe a lógica de que a cada quinze dias as coisas vão ser flexibilizadas, se o município não atingir os parâmetros dentro dos eixos, terá que recuar” reforçou.

As novas cores das bandeiras das cidades paraibanas devem ser apresentadas aos gestores municipais em breve.

PB Agora

 

 

João Azevêdo divulga dados da Covid na Paraíba e alfineta Bolsonaro: ‘informação é fundamental’

O governador João Azevêdo (Cidadania), na noite deste sábado (06), publicou em sua conta no Twitter a atualização nos dados da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus, na Paraíba.

O gestor fez questão de ressaltar que as informações são repassadas sempre às 18 horas “porque informação é fundamental”.

A postagem parece ter sido uma indireta ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) que mandou o Ministério da Saúde excluir o número total de infectados pelo novo coronavírus e acumulado de óbitos no país desde o início da pandemia.

Na mesma semana, o Ministério passou a atrasar em cerca de cinco horas a distribuição dos boletins, para às 22h, horário depois do fim do Jornal Nacional e depois do horário de fechamento das edições impressas dos principais jornais do país.

“Acabou matéria do Jornal Nacional”, disse Bolsonaro ao ser indagado sobre a estratégia.

João Azevêdo

@joaoazevedolins

Dados da Paraíba, todos os dias às 18:00h, porque informação é fundamental.

Ver imagem no Twitter

Yves Feitosa

 

 

João Azevêdo explica medidas de isolamento e retomada econômica

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), realizou um pronunciamento oficial na tarde deste domingo (31), sobre o novo decreto prevendo novas medidas de isolamento social, que foi publicado nesse sábado (30). A fala foi transmitida através das redes sociais do governador. Veja o vídeo.

portalcorreio

 

 

João Azevêdo realiza live neste domingo, às 18h, para anunciar plano de retomada da economia na Paraíba

O plano de retomada da economia pelo Governo da Paraíba será anunciado neste domingo (31), às 18h, através de uma live nas redes sociais do governador João Azevêdo (Cidadania). Foi o próprio gestor que publicou nas redes sociais a notícia.

As medidas serão tomadas após o período de isolamento mais rígido que se inicia nesta segunda-feira (1º) e vai até o dia 14 de junho , cujo objetivo é reduzir a velocidade de propagação da doença.

A política de isolamento social mais rígida se estende aos municípios de João Pessoa, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Conde, Santa Rita e Pitimbu para o enfrentamento mais eficaz da pandemia, com o controle da circulação de pessoas e veículos nos espaços e vias públicas.

O documento dispõe sobre medidas gerais de contenção à proliferação da COVID-19 e estabelece uma política de isolamento social mais rígida em toda a região metropolitana de João Pessoa.

“O objetivando reduzir a velocidade de propagação da doença”, afirma o governador, no decreto.

Segundo o decreto, “as pessoas comprovadamente infectadas ou com suspeita de contágio pelo vírus deverão permanecer em confinamento obrigatório em casa, na unidade hospitalar ou em outro lugar determinado pela autoridade de saúde. Quem desobedecer estará cometendo uma infração e arcará com a devida responsabilidade, podendo responder até na esfera criminal.

Decreto

PB Agora

 

 

“Avançamos” diz governador João Azevêdo sobre resultado da reunião com o presidente Jair Bolsonaro

O governador João Azevêdo (Cidadania) declarou na tarde desta quinta-feira (21), logo após a reunião com o presidente Jair Bolsonaro e demais governadores do Brasil, que com relação ao auxílio do governo federal aos estados, a pauta avançou.

De acordo com o chefe do executivo estadual, a reunião foi objetiva e proveitosa.

João ainda destacou a celeridade com que o projeto que destinará R$ 60 bilhões de auxílio para manter o equilíbrio de estados e municípios será aprovado.

“Foi uma reunião proveitosa, objetiva. O presidente informou que irá vetar o artigo que previa aumento para funcionários até dezembro de 2021. Os governadores solicitaram que fosse sancionada rapidamente e que a primeira parcela fosse liberada ainda em maio. Acho que avançamos” pontuou.

PB Agora

 

 

João Azevêdo e outros governadores se reúnem com o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira

O governador João Azevêdo se juntará a outros governadores do Brasil, representantes do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF) em uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (21).

A reunião será realizada por videoconferência e o tema será a pandemia de covid-19 e o socorro aos estados e municípios, que, aprovado no congresso, ainda não foi sancionado pelo presidente.

O secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, já havia dito que Bolsonaro foi orientado pela equipe econômica a vetar pelo menos dois pontos do projeto de auxílio: o que amplia o número de carreiras que ficam de fora do congelamento de reajuste salarial e o que impede a União de executar as garantias contratuais no caso de estados e municípios não pagarem empréstimos firmados com bancos e organismos multilaterais internacionais.

 

clickpb

 

 

“Não tem a garantia da eficácia”, diz João Azevêdo sobre uso da Cloroquina no tratamento da covid-19

Em entrevista ontem (18), a CNN Brasil o governador João Azevêdo (Cidadania) reforçou a necessidade de debate em torno do uso da cloroquina. Ele comentou que na Paraíba existe um protocolo elaborado por uma equipe da Secretaria de Estado da Saúde que incluiu a Cloroquina em alguns casos, mas a utilização depende da autorização dos pacientes.

“Por falta de estudos que sejam conclusivos, ele não tem a garantia da eficácia, entretanto há uma aplicação sim em determinados casos. Sabemos que apenas em ambientes hospitalares esse medicamento pode ser ministrado, até porque as consequências que acontecem em termos de arritmia cardíaca, termos de danos na retina estão sendo comprovados em pacientes que fazem uso desse medicamento”, disse João.

O governador também frisou a importância do Comitê Científico criado pelo Consórcio Nordeste, que dá suporte e subsidia a tomada de decisão por parte dos governadores. “Temos que fazer a análise, eu não tenho dúvida que, se comprovada a eficácia do medicamento, os médicos farão a sua recomendação. Nesse momento, os médicos é quem têm a palavra final para utilização da Cloroquina. Espero que o próximo protocolo que saia do Ministério da Saúde tenha esse respaldo e dê garantia também para que os médicos e os estados possam analisar da melhor maneira possível”, finalizou veja a entrevista completa no link:

https://www.youtube.com/watch?v=_vXTG3MSWu0

 

pbagora

 

 

‘Onde iremos parar?’, questiona João Azevêdo após demissão de Teich

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), usou o Twitter para lamentar as instabilidades do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Os problemas se tornaram ainda mais evidentes com a rotatividade na chefia do Ministério da Saúde, no curso da pandemia do novo coronavírus, que já matou quase 14 mil pessoas em todo o Brasil, até a tarde desta sexta-feira (15), e é a maior crise de saúde pública do mundo no século.

João Azevêdo

@joaoazevedolins

Infelizmente um mês sem avançarmos e agora mais um vácuo que será criado na Gestão da Saúde do país, no pior momento da Crise Sanitária vivida pelo Brasil. Onde iremos parar?

O ministro da Saúde, Nelson Teich, informou por meio de nota que pediu exoneração nesta sexta-feira (15). Ele assumiu há menos de um mês, em 17 de abril, após a demissão de Luiz Henrique Mandetta da Pasta.

O ministro esteve no Palácio do Planalto para conversar com Jair Bolsonaro às 11h. De acordo com fontes, o secretário executivo da pasta, general Eduardo Pazuello, foi convidado para substituir Teich. Ele assume interinamente.

O Brasil teve 844 novos registros de mortes na quinta-feira (14) e total chegou a 13.993. O resultado representou um aumento de 6,4% em relação a quarta-feira (13), quando foram contabilizados 13.149 mil falecimentos pela Covid-19. A Paraíba contabilizava até a tarde desta sexta-feira (15) 3.361 casos confirmados de coronavírus, em 125 cidades do estado, com 160 mortes.

 

portalcorreio

 

 

Fake News: venda de bebida alcoólica não foi proibida por João Azevêdo, esclarece Governo

O Governo do Estado denunciou, nesta quarta-feira (13), mais fake news propagadas por grupos nas redes sociais. Em uma delas, uma publicação falsa no twitter aponta para uma suposta proibição na venda de bebidas alcoólicas na Paraíba.

Em outro post, da página ‘Direita SEM MEDO’, é apontado um suposto decreto que proíbe o consumo e comercialização de bebidas no Estado.

Através das redes sociais, o Governo esclareceu que não está em vigor ou sendo estudada qualquer proibição no consumo ou venda de bebidas alcoólicas na Paraíba.

Fake news

Divulgar fake news para criar alarme é crime, de acordo com o Artigo 41 da Lei de Contravenções Penais, que prevê prisão de 15 dias a seis meses.

A pessoa que comete este tipo de crime ainda poderá ser incluída na Lei Nº 11.659, que estabelece multa para quem divulgar por meio eletrônico notícias falsas sobre epidemias, endemias e pandemias no Estado da Paraíba.

Portal WSCOM