Arquivo da tag: investimentos

Por que os investimentos a longo prazo são um bom negócio?

De modo geral, os brasileiros pensam mais no curto prazo; então, economizar e preparar-se para daqui 20 ou 30 anos não é algo que se ouve comumente nas rodas de conversa. No entanto, é sim um assunto que deve ser pensado para que se tenha, acima de tudo, tranquilidade.

Mais do que estar milionário, pensar no futuro é estar preparado para imprevistos e para mudanças grandes de vida que venham a acontecer, como comprar uma nova casa ou ter um filho. Com isso, ainda que não saiba onde estar daqui a 10 anos, já é possível ter a certeza de que estará preparado.

Mas como realmente se prevenir? Um dos caminhos mais assertivos é o dos investimentos: assim, ao pensar no longo prazo e adquirir aplicações que tenham essa característica, o investidor fica preparado para colher bons retornos no futuro.

Mas o que é longo prazo? Quanto tempo deve ter?

No mundo dos investimentos, considera-se longo prazo investimentos que tenham duração maior que um ano. Claro, esse é um período padrão, mas não significa que é válido para todos os investidores.

Nesse momento, é natural pensar: “mas um ano parece muito pouco”. Sim, isso é certo; mas levando em conta que existem muitas negociações na bolsa de valores que duram segundos, ou dias, um ano é, na realidade, um tempo aceito como longo prazo.

Ainda assim, tudo vai depender do perfil do investidor e da sua estratégia de aplicação, pois há situações que o longo prazo dura cerca de 5 anos, ou mesmo 10 e, em outros momentos, 1 mês é considerado longo prazo.

De todo modo, uma coisa é certa, a ideia de longo prazo é válida para quem pensa no futuro, com o propósito de aumentar e proteger o patrimônio atual. Por isso, é muito comum observar que é um período indicado para quem pensa na aposentadoria, na criação dos filhos ou mesmo na compra de uma casa.

Por que é vantajoso investir no longo prazo?

A regra de qualquer investimento é que, quanto mais tempo determinada quantia fica na aplicação maior são seus rendimentos. Isso, porque a ação dos juros compostos tem mais peso conforme o tempo.

Com isso, fica mais simples entender o porquê aplicações de longo prazo são mais interessantes do que as de curto e médio prazos. Junto a isso, entra também o fator orçamento, pois a maioria das pessoas não possuem recursos para economizar grandes quantias em pouco tempo.

Em grande parte das vezes, resta apenas alguns poucos reais do salário para poder investir e multiplicar o patrimônio; por isso, é fundamental que elas se antecipem o máximo que podem a fim de conseguir grandes montantes para realizar seus objetivos.

Nesse ponto, novamente, entram o poder dos juros composto!. Claro, é possível lembrar-se desse poder de modo negativo, quando os juros do cartão de crédito ou do cheque especial comprometem o orçamento, mas é importante saber que eles podem fazer grandes coisas positivamente também.

Outro ponto interessante é a união do prazo com a liquidez. Para quem não sabe, liquidez é a capacidade de determinado investimento tornar-se dinheiro em conta, ou seja, o quão fácil é, por exemplo, vender um ativo no mercado financeiro.

Para o longo prazo, quando se pretende resgatar os rendimentos apenas no fim da aplicação, não é preciso preocupar-se com a liquidez. Como ativos menos líquidos tendem a gerar mais rentabilidade, o investidor pode optar por produtos financeiros mais vantajosos.

Por fim, mas não menos importante, demorar mais para resgatar um investimento significa também pagar menos Imposto de Renda. Como as cobranças — principalmente em títulos de renda fixa — são feitas de forma regressiva, é possível diminuir o valor da alíquota ao mínimo.

Lembrando de novo: tudo depende, claro, do objetivo que se pretende realizar. Investir no longo prazo é excelente, desde que se tenham sonhos em um futuro mais distante; do contrário, é mais inteligente encontrar uma aplicação que esteja em concordância com as metas.

 

Conteúdo Gear SEO

 

 

João Azevêdo anuncia investimentos de R$ 2 milhões do Empreender-PB

O governador João Azevêdo anunciou, nesta terça-feira (16), no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande, a abertura de inscrições para concessão de créditos do Programa Empreender Paraíba para 300 comerciantes que irão participar dos festejos juninos da Rainha da Borborema. Na ocasião, também foram assinados 24 contratos com empreendedores do município. As ações totalizam investimento superior a R$ 2 milhões.

Prestigiaram a solenidade, o deputado estadual Inácio Falcão, os vereadores Anderson Maia, Pâmela Vital, Bruno Faustino e Galego do Leite, além de auxiliares do Governo da Paraíba.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou a importância do programa Empreender para o fortalecimento da economia. “Hoje nós estamos em Campina Grande, às vésperas do São João, numa ação que beneficia cerca de 300 comerciantes com mais de R$ 2 milhões em investimentos; isso é importante porque temos uma lógica de que quanto mais a gente injetar recursos na base da economia, mais ela se desenvolve. Esses recursos não só beneficiarão os que foram afetados pelo incêndio do ano passado, mas aos comerciantes de uma forma geral. Esse tipo de injeção na economia tem retorno na base porque o cidadão beneficiado transforma isso em consumo imediato”, observou.

João Azevêdo lembrou que o Empreender já investiu mais de R$ 150 milhões, beneficiando cerca de 30 mil famílias da Paraíba e continua proporcionando a realização de sonhos. “Eu não tenho dúvida nenhuma de que uma ação como essa, além de fortalecer a maior festa da Paraíba, vai permitir que os comerciantes transformem e multipliquem esses recursos, com aquisição de equipamentos e materiais para se manter durante o ano; 2019 marcará o São João de todos nós”, acrescentou.

O secretário do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano, enalteceu as ações do Governo em Campina Grande. “Eu quero louvar esse ato da gestão de investir mais de R$ 2 milhões no município, apesar do momento de crise. Eu sou de Campina Grande e sei do esforço das pessoas que dormem tarde e acordam cedo para que consigamos fazer essa grande festa”, comentou.

O presidente da Associação dos Comerciantes, Barracas Físicas e Ambulantes das Festas Juninas e Culturais de Campina Grande, Marconi Araújo, elogiou a atenção do Governo do Estado aos comerciantes da Rainha da Borborema. “Eu quero agradecer ao governador pelo empenho e dedicação e por garantir essa oportunidade aos comerciantes de Campina Grande que estavam precisando dessa ajuda por conta da dificuldade que enfrentamos com o incêndio; esse empréstimo chegou no momento certo e não vai beneficiar apenas quem foi prejudicado”, frisou.

O mesmo sentimento foi compartilhado pelo presidente da Associação dos Barraqueiros do Parque do Povo, Lucinei Cavalcante. “O Estado está disponibilizando mais de R$ 2 milhões via Empreender, respeitando a capacidade de pagamento de cada um, com carência e juros abaixo do mercado, só posso agradecer pela sensibilidade e coragem, dando alento e conforto para fazermos o melhor São João do mundo”, enfatizou.

A artesã Sebastiana Amorim, contemplada com o crédito do Empreender,  afirmou que pretende investir o dinheiro na ampliação do seu negócio. “Vou investir em material para conquistar novos clientes, conseguir atender a demanda de encomendas e ter capital de giro.  Os recursos estão chegando numa boa hora e é uma grande oportunidade que nós estamos tendo”, comentou.

Edival Farias, que comercializa bebidas e comidas no Parque do Povo, já planeja oferecer um ambiente mais confortável aos clientes. “Vai ser muito bom porque não tenho como investir como queria e temos muitos custos com espaço, bebidas, água e energia e com esse empréstimo vou fazer uma melhor decoração e comprar produtos de melhor qualidade”, disse.

Romildo Cavalcanti elogiou a iniciativa da gestão estadual de investir no pequeno comerciante. “A gente realmente precisava dessa ajuda do Governo do Estado para poder movimentar o comércio e esse investimento gera desenvolvimento econômico para nossa cidade. O Maior São João do Mundo não é só de Campina, mas é do Brasil e, agora, as pessoas estarão mais preparadas e com mais condições de trabalhar”, pontuou.

Luiz Pereira disse que o Empreender representa a possibilidade de recomeço, após perder R$ 15 mil em produtos e materiais por conta do incêndio ocorrido em 2018, no Parque do Povo.

“Eu perdi freezer, fogão, televisão, pratos, chapas, bebidas, enfim, eu perdi tudo. O Empreender vai chegar numa boa hora porque numa crise dessa não teria como comprar tudo de novo e torço para que tudo dê certo”, falou.  Ao longo da história do Empreender PB, já foi investido no município de Campina Grande o montante de mais de R$ 12 milhões em quase dois mil contratos efetivados.
O Programa Empreender PB tem como prioridade a concessão de crédito produtivo orientado com o objetivo de incentivar a geração de ocupação e renda entre os empreendedores paraibanos, bem como apoiar e fortalecer a economia solidária, o microempreendedor individual, o microempresário, o empresário de pequeno porte e as cooperativas de produção da Paraíba.

Secom-PB 

Foto: Secom-PB

 

Governo Estadual anuncia equipamentos para o abatedouro, investimentos no Hospital e melhorias no abastecimento de água de Solânea

Prefeito Kayser Rocha comemorou as conquistas e afirmou a continuação do trabalho para lutar pela qualidade de vida e benefícios para os solanenses.

Durante o Orçamento Participativo que ocorreu em Solânea, no último sábado (13) o Governador João Azevedo anunciou que o Governo vai adquirir equipamentos para posterior funcionamento do Abatedouro Público de Solânea, além de investimentos de R$ 250 mil em infraestrutura do Hospital Público e ampliação da Adutora Nova Camará, que vai melhorar o abastecimento no município. A população de Solânea e dos municípios vizinhos estiveram presentes e foram representados pelos “Conselheiros do Orçamento” que se dirigiram ao Governador e Secretários sobre as ações mais urgentes de cada cidade.

O Prefeito Kayser Rocha, destacou a importância das parcerias de trabalho com o Governo, que vem rendendo frutos para a população e agradeceu os pleitos recebidos. “A abertura do abatedouro é um pleito de mais de 20 anos e estamos nesse esforço contínuo para essa conquista, que agora alcançamos com muita alegria” disse no discurso de abertura.

Prioridades e ações

Algumas das prioridades ditas pela população através da fala do Prefeito Kayser Rocha, dos conselheiros e representantes da sociedade civil foram a reforma e ampliação do Hospital Público de Solânea, a extensão da Adutora de Arara com interligação da água e consequente melhoramento do abastecimento na cidade, abertura do Abatedouro Público de Solânea e mais segurança na Zona Rural da região no entorno da Borborema, além da implementação da Delegacia da Mulher e reforma física do Presídio de Solânea.

Azevedo falou que o Governo vai estruturar os equipamentos para a abertura do abatedouro. Durante o evento, também foi assinado um termo de compromisso entre os prefeitos das cidades de Solânea, Bananeiras, Arara, Borborema, Casserengue e Damião que se comprometeram em gerenciar os serviços e trabalhos do local. Sobre o hospital, foi anunciado que já está previsto um investimento de R$ 250 mil para melhorias na infraestrutura, e se comprometeu analisar o processo de reforma para inclusão no orçamento 2020.

Ele confirmou também que já está em andamento a licitação para a ampliação da Adutora Nova Camará que irá beneficiar o abastecimento em Solânea, Bananeiras e Casserengue. E a construção de dois Ginásios de Esportes em Solânea: na Escola Estadual Alfredo Pessoa de Lima e Escola Estadual Padre Geraldo da Silva Pinto.

Assessoria de Comunicação

Com investimentos de US$ 80 milhões; Governo do Estado lança Programa Paraíba Rural

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (18), o lançamento do Programa Paraíba Rural Sustentável, executado pelo Cooperar, que tem como objetivo melhorar o acesso à água, reduzir a vulnerabilidade agroclimática e aumentar o acesso a mercados da população rural da Paraíba. O Programa será lançado nesta terça-feira (19), às 10h, na Sala de Concertos Maestro José siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa. O anúncio foi feito durante o programa Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara e também através das redes sociais do Governo.

Na oportunidade, o governador João Azevêdo lembrou que no dia 13 de março assinou no Escritório do Banco Mundial, em Brasília, o contrato de empréstimo no valor de US$ 50 milhões, mais US$ 30 milhões de contrapartida do Estado, totalizando US$ 80 milhões, o equivalente a aproximadamente R$ 330 milhões. Serão beneficiadas 117 mil famílias paraibanas que trabalham com a agricultura familiar.

“O Projeto Cooperar esteve paralisado durante algum tempo, porque um empréstimo foi aprovado há um ano e cinco meses com o Banco, mas o Estado não tinha sido autorizado pelo Governo Federal, até dezembro do ano passado, a contrair empréstimo. Então fomos chamados este ano pelo Banco Mundial dizendo que teríamos até dia 20 de março para cumprir todas as etapas, se não os recursos desse convênio não viriam mais para a Paraíba. Montamos uma equipe e num esforço muito grande conseguimos assinar esse empréstimo”, frisou João Azevêdo.

Serão investidos recursos na parte de segurança hídrica, perfuração de poços, implantação de dessalinizadores, implantação de sistemas de abastecimento, para levar à comunidade rural recursos de uma maneira direta, “implantando inclusive os arranjos produtivos locais, seja de usinas de beneficiamento de mel, seja na produção de qualquer produto que venha a partir da agricultura”, afirmou o governador.

Secom-PB 

 

 

Governo perfura poços na zona rural e investimentos já ultrapassam R$ 1 milhão em 2017

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia e Diretoria de Recursos Minerais e Hidrogeologia (DRMH), vem dando continuidade na perfuração de poços em todo o estado da Paraíba. Este ano já foram perfurados 164 poços, o que representa um investimento superior a R$1 milhão.

Os poços tubulares profundos estão sendo construídos com recursos próprios e do Fundo de Combate à Fome e Erradicação da Pobreza no Estado da Paraíba (Funcep-PB). De acordo com Deusdete Queiroga, secretário Executivo de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, além dos investimentos na construção das adutoras que atendem as cidades, o acesso à água na zona rural também é uma preocupação do Governo.

“Esse programa de perfuração de poços do Governo do Estado complementa outros programas como Água Doce, Água Para Todos, programas de abastecimento na zona rural feitos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Projeto Cooperar, ou seja, o Estado tem uma série de ações de enfrentamento da situação de falta d’água. Realizamos diversas parcerias com as prefeituras que se encarregam de instalar os poços e o Governo faz a parte mais complexa, que é a locação, perfuração e teste de vazão dos poços com análise físico-química das águas”, destacou.

Neste ano houve perfuração nos municípios de Alagoa Nova, Tenório, Campina Grande, Bananeiras, Mãe D’Água, Alcantil, Patos, Queimadas, Aroeiras, Cabaceiras, Emas, Logradouro, Fagundes, Santa Cecília, Coremas, Zabelê, Juarez Távora, Riacho de Santo Antônio, São João do Cariri, Belém do Brejo do Cruz, Amparo, São João do Cariri, Ingá, São domingos, Itatuba, Nova Palmeira, Caturité, Puxinanã, Lagoa Seca, Natuba, Riacho do Poço, Guarabira, Caiçara, Catolé do Rocha, Juazeirinho e Serra Branca.

A perfuração e instalação de poços ficam a cargo da DRMH. Marcelo Falcão, diretor do órgão, ressalta que para este ano está programada a perfuração de cerca de 300 poços. “A DRMH vai investir todos os esforços para continuar o trabalho de perfuração de poços. Vamos colocar todas as equipes em campo para otimizar as demandas dos municípios que ainda sofrem com o problema da seca”, ressaltou Marcelo.

Para minimizar os efeitos da estiagem nas cidades que estão com quadro de emergência pela ausência das chuvas, o Governo do Estado já investiu, desde 2011, R$14 milhões na perfuração de 2.060 poços beneficiando em média 39 mil pessoas.

Há cidade que são perfurados, em média, cinco poços a exemplo de Serra Branca, no Cariri, onde as máquinas estão trabalhando na perfuração de seis poços só neste ano, como explica Deusdete Queiroga. “Em Serra Branca, o Governo Estado instalou equipamentos para bombeamento em cinco poços e perfurou mais seis”, explicou.

Estrutura de Trabalho – Atualmente três conjuntos de perfuratrizes estão atuando na perfuração dos poços. As equipes são formadas por um sondador e dois auxiliares de perfuração. Segundo os estudos históricos da DRMH, a média de profundidade dessas estruturas é de 50 metros e as instalações buscam aproveitar o volume máximo de água existente nas fraturas das rochas.

Secom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Ricardo recebe delegação do Botafogo-PB e destaca investimentos do Estado no futebol

ricardo-e-botafogoO governador Ricardo Coutinho recebeu atletas e dirigentes do Botafogo da Paraíba, na manhã desta sexta-feira (22), na Granja Santana, em João Pessoa. Durante o encontro, os atletas agradeceram os investimentos do Governo do Estado no futebol paraibano, como a criação do Programa Gol de Placa e a reforma de estádios, a exemplo do ‘Almeidão’, na Capital, e o ‘Marizão’, em Sousa.

Na ocasião, Ricardo parabenizou a equipe do Botafogo pela inédita classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Ele destacou também os investimentos do Governo do Estado no futebol paraibano. “Mesmo diante do atual cenário econômico que estamos enfrentando, o Governo do Estado manteve todos os recursos do Gol de Placa, não apenas mantendo, mas também desburocratizando todo o processo. Hoje o dinheiro chega aos clubes”, disse.

O governador ressaltou o atual momento vivido pelos clubes paraibanos. “Podemos afirmar que temos um futebol que anda em harmonia – direção, atletas. Isso tudo é fruto de políticas públicas desenvolvidas a favor desse esporte. Com reformas de estádios, como fizemos, você cria uma identidade, aumenta a autoestima do torcedor, dos atletas, fazendo com que feitos inéditos sejam alcançados, como estar nas oitavas de final da Copa do Brasil”, afirmou.

O presidente do Botafogo da Paraíba, Guilherme Novinho, avaliou o encontro. “É um governo que sempre se mostrou comprometido com o futebol paraibano. Foi um momento de muita honra para nós que fazemos o Botafogo paraibano. Saímos desse encontro cientes e confiantes de que muito mais será feito”, destacou.

O técnico do Botafogo, Itamar Schülle, comentou a classificação da equipe para as oitavas de final da Copa do Brasil. “Ficamos muito felizes. Isso é o resultado de nossa fé em Deus, da nossa disciplina. Mas também não podemos esquecer do apoio que temos recebido. Sabemos o quanto o futebol é importante para movimentar a cidade. Estamos muito felizes em poder retribuir tanto os investimentos públicos quanto o carinho da torcida”, pontuou.

Além do governador Ricardo Coutinho, estiveram presentes secretários de Estado, como Luís Tôrres, da Comunicação Institucional, e Zé Marco, secretário executivo da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). “Ficamos, particularmente, muito satisfeitos e honrados com esse encontro. Sei da importância do esporte para a nossa juventude. Esse resultado do Botafogo motiva novos esportistas e, ao mesmo tempo, aumenta a nossa responsabilidade – na condição de gestores públicos – de fazermos cada vez mais pelo esporte paraibano”, finalizou Zé Marco.

Secom PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Ricardo Coutinho revela que investimentos contra seca só terão duração de seis meses

RCO governador Ricardo Coutinho comemorou investimentos destinados ao combate à seca anunciados durante solenidade, na manhã de hoje, muito embora tenha dito que os recursos irão suprir as necessidades do estado por um período de seis meses. Coutinho disse que recebeu do Governo Federal recursos na ordem de R$ 18 milhões para assistência emergencial e outros R$ 32 milhões para investir em construção de sistemas de abastecimentos de água.

O Governo do Estado irá investir R$ 80 milhões decorrentes de remanejamento proposto pelo governador: “Eu decidi fazer remanejamentos importantes dentro do governo para que a gente pudesse implementar um plano muito mais generoso. Eu estou aqui com essa parte que dá R$ 53 milhões do Governo Federal, colocando mais R$ 80 milhões em recursos do Governo do Estado”, explicou.

O governador afirmou que é constitucional o remanejamento tendo em vista que o problema da seca, por ser uma questão climática, é de responsabilidade da União, mas requer  intervenção estadual também.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

De acordo com Ricardo Coutinho, serão construídos 35 sistemas de abastecimento de água para comunidades que estão ao redor do eixo da transposição do São Francisco. Além disso, com apoio do Exército serão perfurados poços e distribuída 15 mil toneladas de ração para alimentar os rebanhos.

Embora o investimento seja de grande quantia, terá duração de apenas seis meses. O governador disse que depois desse período aguarda novo ciclo de chuvas: “no ponto de vista de carro pipa e ração dura seis meses, até o final de ano e aí vem o novo ciclo das chuvas que eu espero que chegue. Ou chove ou tem transposição. Esse é o caminho para a Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Não há outra saída”, concluiu.

 

 

blogdogordinho

Investimentos na saúde foi destaque no programa de rádio da Prefeitura de Tacima

tacimaA Secretária de saúde do Município de Tacima, Jaquiele, participou na manhã do último sábado, 28 de fevereiro, do programa institucional da Prefeitura do município de Tacima.

Jaquiele apresentou investimentos e ações importantes na área da saúde. Segundo o que informou a Secretária, o município tem assegurado a execução de várias as políticas públicas de saúde. De acordo com o que disse, os recursos do PMAQ não são suficientes para a oferta de alguns serviços à população. “O que recebemos do PMAQ não chega a 50% dos recursos que aplicamos no atendimento à população.” Disse.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A Gestora de saúde no município informou alguns dos gatos, ações e serviços realizados pela Prefeitura mensalmente. “São cerca de 100 a 120 ultrassonografias realizadas mensalmente, um custo para o município de aproximadamente 4 mil reais. Com Ginecologista o município investe cerca de 3 mil em exames e consultas. O município oferece ainda a consulta e pequenas cirurgias com o dermatologista, com um custo de 2 mil. São cerca de mil e quinhentos reais com a endoscopia que oferecemos.” Informou.

Jaquiele informou ainda que o município tem garantido o transporte para atendimento à pacientes em outras cidades. “Isso custa para os cofres públicos do município, algo em torno de 20 mil por mês, sem falar na refeição que é oferecida a quem vai receber atendimento na Capital João Pessoa, que somente em fevereiro, chegou a três mil e oitocentos reais de custo para a Prefeitura.” Destacou.

O Prefeito do município, Erivan Bezerra, lembrou que a saúde é um problema a nível nacional, mas que sua gestão tem feito de tudo para atender às necessidades da população. Disse que outras várias ações tem sido realizadas na sua administração na área de saúde. “Sabemos que ainda temos muito o que fazer, mas quem precisa da saúde pública, sabe dos nossos esforços e o que estamos oferecendo.” Concluiu.

Assessoria da Prefeitura de Tacima-PB

Projetos da Suplan na PB geram investimentos de R$ 693 milhões

Vila-OlimpicaProjetos sob a responsabilidade da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan) em todas as regiões da Paraíba estão gerando um investimento de R$ 693 milhões na Paraíba. A informação é da diretora-superintendente da Suplan, engenheira Simone Guimarães.

 

Segundo ela, atualmente existem 217 obras em execução no Estado. “São construções e reformas de escolas, hospitais, teatros, ciretrans, além de estradas em alguns municípios. Desse total, 41 obras estão sendo finalizadas ou prontas para serem inauguradas pelo governador Ricardo Coutinho”, explica.

“O teatro do Centro de Convenções; a Vila Olímpica que será Vila Paraíba e que está ficando bela; elevadores e quiosques dos estádios Almeidão e Amigão; o teatro Irácles Pires, de Cajazeiras, e o Santa Roza, em João Pessoa; o Centro de Formação de Educadores de Campina Grande, entre outras”.

Na área da Educação, a Suplan trabalha hoje em 123 obras, incluindo as Escolas Técnicas Estaduais, novas escolas padrões em alguns municípios e reformas de dezenas de outras unidades.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No campo da Saúde, as obras do Hospital Metropolitano de Santa Rita são o destaque. Essas obras estão sendo assumidas pela segunda empresa colocada na licitação já que o contrato foi rescindido com a primeira empresa. “O Estado está sendo contemplado com obras em todas as regiões”, disse Simone Guimarães.

 

MaisPB

Grupo de investimentos confirma Marcelo no Fla por três temporadas

marceloÉ questão de tempo para que Marcelo Cirino seja confirmado como reforço do Flamengo. A transação envolvendo o Atlético-PR, o Rubro-Negro carioca e o fundo de investimentos Doyen Group está selada e o anúncio depende somente do acordo salarial do atacante. Os termos da negociação são os mesmos da ida de Leandro de Damião para o Santos. O contrato será de três anos, mesmo período que o clube da Gávea tem para pagar o empréstimo de R$ 16,5 milhões para compra de 50% dos direitos econômicos do atacante.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Anualmente, o valor será ajustado em 10%. Caso o Flamengo venda o jogador neste período, fica com 20% deste montante, com os outros 80% indo para Doyen Group. Ambas as partes vêm o negócio com grande potencial de lucro técnico e financeiro, uma vez que Marcelo tem somente 22 anos e foi eleito a revelação do Brasileirão de 2013. A expectativa é de que o reforço já se apresente com o restante do elenco rubro-negro na segunda-feira, no Ninho do Urubu.

Representante da Doyen no Brasil, Renato Duprat confirmou o final feliz para transação.

– Já está tudo acertado, falta apenas o acordo salarial do Flamengo com o Marcelo. O contrato será de três anos, prazo que o clube terá para nos pagar o investimento realizado. Após este período, o Marcelo será do Flamengo. Se houver uma negociação, ficamos com 80% e o clube com 20% – revelou em contato com o GloboEsporte.com.

O Doyen é um grupo que tem como principal atividade a mineração – óleo, gás, ouro, ferro, etc. Com escritórios também em Istambul, na Turquia, e em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, o grupo iniciou os trabalhos esportivos em 2011, tornando-se “uma alternativa de financiamento” para clubes que têm menos recursos”. O modelo criado com a autorização da Uefa tira da mão de terceiros (grupos de empresários, por exemplo) os direitos econômicos dos jogadores, o que faz do grupo praticamente um banco.

 

Globoesporte.com