Arquivo da tag: intriga

Peixe de 250kg aparece e intriga pescadores em Bertioga, SP

peixe-luaUm enorme e diferente peixe apareceu na rede de um pescador, na noite da quarta-feira (9), na praia de Boracéia, em Bertioga, no litoral de São Paulo. Os pescadores do local ficaram intrigados com o tamanho da espécie e disseram que tem cerca de 250 quilos. Já um especialista em oceanografia biológica disse trata-se de um ‘peixe-lua’.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O pescador Manoel Raimundo Valentim, 58 anos, conta que deixou uma rede no mar na quarta-feira e voltou para buscar a pesca apenas a noite. Ele notou ter pegado um peixe bem grande já que não conseguia puxar a rede sozinho. Já na manhã desta quinta-feira (10), Raimundo voltou ao local com outras pessoas. Para retirar a rede do mar com o grande peixe foi necessário deslocar cinco homens. Eles colocaram o peixe de quase dois metros no barco do pescador.

Animal encontrado possui muitas toxinas, tornando seu consumo inapropriado (Foto: Luiz Paulo Valentim/ Arquivo pessoal)Animal não é próprio para o consumo
(Foto: Luiz Paulo Valentim/ Arquivo pessoal)

Raimundo disse que sempre trabalhou com pesca e nunca tinha visto algo parecido. “Nunca vi peixe assim, não sei nem o que fazer com ele. Por isso, a gente está pedindo ajuda, para ter informação sobre o que fazer com ele”, falou o pescador.

Michel Donato Gianeti, que atua na área de oceanografia biológica da Universidade de São Paulo (USP), recebeu as fotos do animal e disse se tratar de um peixe conhecido como ‘peixe-lua’, que tem o nome científico de Mola mola, da família Molidae. “É um peixe relativamente comum em águas oceânicas brasileiras apesar de não abundante. Não tem valor comercial, ou seja, sua carne não é apreciada para consumo, felizmente, pensando na preservação da espécie”, analisou o especialista.

Segundo Gianeti, o consumo desse tipo de peixe é inapropriado e ele não tem um valor comercial. Por isso, é interessante ter esse animal para realização de estudos mais profundados sobre a espécie. “O exemplar das fotos é um belo espécime. Pena que foi capturado. A Universidade teria o interesse em manter preservado esse peixe, se o pescador for descartar”, disse ele.

Espécie pode chegar a quatro metros e pesar mais de duas toneladas (Foto: Luiz Paulo Valentim/ Arquivo pessoal)Espécie apareceu em Bertioga, SP (Foto: Luiz Paulo Valentim/ Arquivo pessoal)

G1

 

Revelações de detalhes sobre tortura de Dilma intriga Brasil, diz ‘NYT’

Detalhes das sessões de tortura sofridas por Dilma na ditadura militar têm intrigado os brasileiros, informa matéria publicada pelo ‘New York Times’ no sábado (4).

Sergio Lima/Folhapress
Presidente Dilmase emociona durante a cerimonia de Instalação da Comissão Nacional da Verdade, no Palácio do Planalto, em maio
Presidente Dilmase emociona durante a cerimonia de Instalação da Comissão Nacional da Verdade, em maio

Com os avanços das investigações da Comissão da Verdade, muitas informações dos abusos do regime que perseguiu seus opositores políticos, incluindo a presidente, tornam-se públicas e vem “fascinando” o país.

Os detalhes revelados pelas investigações abrangem diversas vítimas e algozes, e incluem os nomes dos torturadores de Dilma, como do oficial de reserva Maurício Lopes Lima, 76. Lopes foi um dos alvos de “esculacho”, protestos que tiram do anonimato os antigos militares com pichações e buzinaços na frente às suas residências.

A publicação explica a atuação de Dilma na clandestinidade nos anos 1970, com sua atuação na organização de esquerda Var-Palmares, sua relação com o ex-marido Carlos Franklin Araújo e suas passagens pelas prisões militares.

Desde de quando foi eleita, segundo o jornal, Dilma se recusou a fazer papel de vítima, enquanto tomava medidas para aumentar a transparência em relação aos dados dos anos da ditadura no Brasil.

PASSADO

O interesse faz parte da relação delicada com o recente passado autoritário do Brasil, somado à grande popularidade da presidente, que mesmo com a desaceleração da economia tem 77% de aprovação.

Os veículos de comunicação buscam conhecer cada vez mais a vida íntima de Dilma, como seus hobbies, e também os relatos das sessões de tortura que sofreu, diz o jornal norte-americano.

Os depoimentos da presidente sobre as sessões que sofreu vieram a público em junho passado, com a revelação de que ela foi torturada também em Juiz de Fora (MG), além de no Rio de Janeiro e em São Paulo, como já se sabia.

Os relatos de Dilma contam como era a tortura, nas quais ela sofreu com sessões de palmatória, pau de arara e espancamentos.

PERFIL

A personalidade forte de Dilma, diz o texto, chama a atenção dos brasileiros. Seu estilo “linha-dura” e sua fama de fazer chorar até experientes chefes de governo com suas broncas transformou a presidente em alvo de inúmeras sátiras e paródias, algo que seria impensável para um presidente na ditadura militar.

O jornal compara a trajetória de guerrilheira de Dilma com a ex-presidente do Chile, Michelle Bachelet, e o presidente do Uruguai, José Mujica, também ex-militantes de esquerda que combateram regimes totalitários em seus países na década de 70.

Folha.com