Arquivo da tag: interditado

Galpão com fogos de artifício é interditado pela polícia após explosão de fábrica em Solânea

Um galpão que armazenava fogos de artifício foi interditado pela Polícia Civil no começo da noite da terça-feira (8), após a explosão que aconteceu em uma fábrica que produzia os produtos, em Solânea, no Agreste da Paraíba. Segundo o delegado Diógenes Fernandes, responsável pela investigação, os dois estabelecimentos eram vizinhos, pertencem ao mesmo proprietário e funcionavam sem autorização.

No armazém que foi lacrado, todo o material já estava pronto para venda. “É mais um crime para investigar. Inclusive, não consta alvará, pelo menos atualizado, na fábrica de fogos”, contou Diógenes. Ainda de acordo com ele, as causas da explosão só serão identificadas após de 30 dias, com a conclusão de uma perícia feita pela PC.

O proprietário dos locais é um vereador da cidade. Segundo o parlamentar Flávio Evaristo, presidente da Câmara Municipal de Solânea, Josué Pereira dos Santos está no segundo mandato consecutivo.

Após o acidente, o vereador foi encaminhado para o Hospital de Trauma de João Pessoa. De acordo com informações da unidade hospitalar, o estado de saúde dele é estável. Ele sofreu uma fratura no braço e queimaduras.

Já outro homem que também estava no local, encaminhado para a mesma unidade, está em estado grave de saúde. Duas outras vítimas que foram encaminhadas com ferimentos leves para um hospital de Solânea já receberam alta.

Materias explosivos e de fácil combustão também foram encontrados no galpão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Materias explosivos e de fácil combustão também foram encontrados no galpão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Explosão

Um adolescente de 15 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas após a explosão de uma fábrica de fogos de artifício, em Solânea, no Agreste da Paraíba. O acidente aconteceu por volta das 15h30 da terça-feira (8). Com o impacto da explosão, o jovem teria sido arremessado a 50 metros de distância.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a fábrica onde o acidente aconteceu ficava localizada em um sítio, na zona rural do município. Parte do local ficou destruído com a explosão.

Fábrica de fogos de artifício explode em Solânea, PB — Foto: Diego Estéfani Carneiro/ Arquivo pessoal

Fábrica de fogos de artifício explode em Solânea, PB — Foto: Diego Estéfani Carneiro/ Arquivo pessoal

Acidente anterior

Segundo o delegado Diógenes Fernandes, titular da Delegacia Seccional de Solânea, um acidente semelhante teria acontecido em 2009, em uma fábrica de fogos de artifício, localizada no Centro de Solânea. O estabelecimento pertencia ao mesmo proprietário do local onde aconteceu a explosão desta terça-feira.

No acidente que aconteceu em 2009, um outro filho do proprietário teria morrido. A vítima também tinha 15 anos de idade. A polícia abriu um inquérito para investigar as causas da explosão.

G1

 

Hospital é interditado após inspeção do CRM-PB

O Pronto Atendimento do município de Dona Inês, no Agreste do Estado, foi interditado a partir das 00h desta terça-feira (27) após inspeção do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB).

A interdição ética da unidade de saúde foi necessária segundo o CRM-PB após avaliações feitas no Hospital Municipal nesta segunda-feira (26).

De acordo com o Conselho, o hospital apresentou diversas inconformidades que levaram à interdição. Foi constatada a falta de equipamentos para urgência, falta de medicamentos e déficit na equipe médica. O hospital infringiu os princípios fundamentais do Código de Ética de Medicina e as resoluções do Conselho Federal.

Clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Trecho interditado na Br-104, próximo a Remígio, causa transtornos a motoristas e provoca acidentes

ponteRevolta. Esse é o sentimento dos moradores do sítio Brocas e dos motoristas que trafegam pelo trecho interditado da Br-104 próximo ao município  de Remígio. A ponte sobre o Rio Piaba encontra-se interditada a quase 6 meses. Os motoristas estão precisando recorrer a um desvio improvisado ao lado da ponte e os criminosos estão aproveitando para realizar uma verdadeira Blitz de assaltos aos motoristas. Além disso, desde a interdição do trecho, já aconteceram vários acidentes.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Até a presente data não há nenhum sinal de que o DNIT irá resolver a situação e enquanto isso a população que precisa passar por este trecho da rodovia segue prejudicada.

 

.BR 104 1 BR 104 2 BR 104 3

 

remigionews

Extrato de tomate com pelo de rato é interditado pela Anvisa

extratoUm lote do extrato de tomate Bonare, fabricado pela empresa Goiás Verde Alimentos Ltda, foi interditado por 90 dias pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por ter pelo de rato acima do limite tolerado. Segundo a agência reguladora, pesquisas no lote 29 H1 mostraram resultado insatisfatório na análise de matéria estranha macroscópica e microscópica, “devido à presença de fragmentos de pelo de roedor, matéria estranha indicativa de risco à saúde, acima do limite de tolerância estabelecido, que é 1 em 100g”.

A Anvisa também suspendeu a distribuição, venda e uso da Máscara Care Repair Portier Fine Professional Hair, fabricado por Di Fiorena Indústria Cosmética Ltda EPP. O lote 0940713020 tem validade até julho de 2016. O lote apresentou resultado insatisfatório no ensaio de identificação de formaldeído. O fabricante protocolou o cancelamento a pedido de produto notificado, por suspeita de falsificação, disse a agência.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Acompanhe o noticiário de Economia pelo Twitter @AnoteePoupe

Extra

 

Interditado por tempo indeterminado, Engenhão ainda não tem solução

Paes observou ser inadmissível que um estádio construído inaugurado há apenas seis anos apresente um problema estrutural desse porte Foto: JP Engelbrecht / Divulgação
Paes observou ser inadmissível que um estádio construído inaugurado há apenas seis anos apresente um problema estrutural desse porte Foto: JP Engelbrecht / Divulgação

Interditado a partir desta terça-feira, o Engenhão ainda não tem qualquer previsão de reabertura, e nem mesmo há qualquer solução definida para sanar o problema da cobertura do estádio. Segundo o prefeito Eduardo Paes, três laudos respaldaram a decisão de fechar o estádio, porque havia risco de danos aos frequentadores. Paes não deu detalhes técnicos do problema do estádio, mas informou que há falhas estruturais e de projeto na cobertura do Engenhão.

 

“Já amanhã não poderemos realizar nenhum jogo no estádio. Temos o problema diagnosticado, mas ainda não foi apresentada solução. Há ideias conceituais, e pedi que haja uma solução na maior brevidade possível”, afirmou Paes, em entrevista coletiva, após reunião com dirigentes dos clubes do Rio.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Se nos derem uma solução que dure um mês, vamos aguardar esse tempo. Se levar um ano, vamos esperar isso”, acrescentou.

 

O prefeito observou ser inadmissível que um estádio construído inaugurado há apenas seis anos apresente um problema estrutural desse porte, e informou que vai apurar as causas do problema para que culpados pelos problema sejam apontados.

 

Se for verificado realmente que o problema é estrutural, a responsabilidade seria das construtoras. Se a falha for estrutural, a prefeitura será apontada como responsável. “Isso tudo vai ser apurado para que pessoas possam responder pelos eventuais equívocos”

 

O Engenhão começou a ser construído em 2003, pela construtora Delta. No final da obra, quando a cobertura seria colocada, a construtora alegou que não teria condições de complementar a obra, e abandonou a obra. A Delta é a construtora do empresário Fernando Cavendish, acusada de ligações com o esquema do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

 

As construtoras OAS e Odebrecht assumiram, então, a obra. Segundo Paes, elas colocaram, no contrato, uma cláusula de que não se responsabilizariam pelo projeto. “A responsabilidade seria do município. Isso foi acertado pelo meu antecessor [o ex-prefeito Cesar Maia]”, comentou Paes.

 

Ainda não está definido se os jogos entre Fluminense x Macaé e Botafogo x Friburguense, agendados, respectivamente para amanhã e quinta-feira, no estádio, será adiado, ou alterado para outro dia, assim como toda a rodada. Dirigentes dos clubes se reunirão agora à noite, na federação de Futebol do Rio (Ferj) para definir o que será feito.

 

“Vamos nos reunir na federação para traçar estratégia para ver qual é o melhor caminho. Se vai adiar rodada, se vai transferir o jogo. Existem várias possibilidades”, explicou o presidente da Ferj, Rubens Lopes.

 

 

Terra

Em Alagoa Nova (PB), ginásio interditado interrompe aula prática de educação física

Foto Escola Estadual Monsenhor José Borges/Fundos
Nossa redação recebeu na manhã dessa quarta-feira (28) uma denúncia anônima, do estudante matriculado na escola Estadual Monsenhor Borges em Alagoa Nova, o aluno afirma estar sem aula de educação física há meses, isso por que  Ginásio da escola está interditado.

Tentamos contato com a direção mais não tivemos êxito, segundo uma professora que preferiu não se identificar, o Ginásio poliesportivo está interditado porque existe uma rachadura onde compromete a estrutura, “Existe uma rachadura enorme na estrutura e não podemos comprometer a segurança dos alunos, os professores estão dando aulas teóricas, ou levam os alunos para o Moraesão ou até mesmo dentro da própria sala de aula ” Afirmou .
Mais não é só esse o problema ao investigar essa denúncia encontramos outro problema, foi constatado como mostra a imagem abaixo que não existe mais muro, ou seja, a escola está mais vulnerável a entrada de maus elementos para cometerem atrocidades dentro da instituição, sem falar na insegurança que os alunos dos turnos manhã, tarde e noite estão sendo obrigado a  conviver. Segundo um morador que possui um terreno próximo ao local, o muro não existe a quase um ano.
“Eu estou aqui quase todos os dias e me deparo com essa situação faz mais de 8 meses que o muro está assim e nenhuma previdência foi tomada” Afirmou seu Antônio.
Isso mostra o abandono do governo estadual com a educação local. Além destes existe outros problemas que também cercam o município, temos outro ginásio que também encontra-se abandonado pelo governo estadual, além  da PB097 que encontra-se com várias crateras necessitando com urgência de completo recapeamento. 
Resta apenas uma esperança para os Alagoanovenses, esperar que algum deputado governista eleito na cidade, ou até os gestores da instituição possa reivindicar e clamar pelo município, o que não vem acontecendo.
Luiz Carlos Rodrigues /Redação Blog do Luiz Missionário

Abrigo de Idoso de Esperança continuará interditado

O Albergue Eliane Correia de Sales, instituição de longa permanência para idosos (Ilpi) do município de Esperança (PB) que foi interditada em abril, vai continuar interditada até que se adeque às normas legais. A decisão foi tomada durante audiência pública realizada na terça-feira (15), pela Promotoria de Justiça. Ficou decidido ainda que haver uma participação efetiva do Poder Público Municipal na entidade, através das áreas de saúde e da assistência social, desde que haja compartilhamento na administração.

Participaram da audiência e fizeram exposição sobre a situação caótica da instituição, representantes dos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia-PB, Corjesu Paiva, de Medicina, Euripedes Mendonça, de Farmácia, Josimar, de Enfermagem, Alecsandro, e do Corpo de Bombeiros, Josenildo, integrantes da Comissão Permanente de Monitoramento e Fiscalização das Ilpis, além do Coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania e Direitos Fundamentais, promotor Valbero Lira.

A audiência pública foi presidida pela promotora de Justiça Paula Camillo e teve a participação, além de vários segmentos da sociedade civil organizada, do procurador-geral do Município, representando o prefeito, Wallison, a secretária municipal da Ação Social, Taiana Grangeiro, a secretária de Saúde, Cecília Almeida, o presidente do Conselho Municipal do Idoso (CMI) de Esperança, Hélio Medeiros, o diretor da Vigilância Sanitária Municipal, Daniel Oliveira, conselheiros municipais do idoso de esperança.

O presidente do CMI, Hélio Medeiros, comunicou que uma entidade espirita da cidade disponibiliza uma casa para que seja destinada a uma das modalidades de abrigamento prevista no estatuto do idoso.

Segundo o Promotor Valberto Lira, Coordenador do Centro de Apoio da Cidadania e integrante da Comissão, ainda no mês de junho serão fiscalizadas Ilpis em todo o Estado, como ocorreu no ano passado, podendo outras instituições virem a ser interditadas se não sanaram as irregularidades encontradas nas fiscalizações anteriores.

Serão fiscalizadas instituições em Uiraúna, Cajazeiras, Sousa, Pombal, Patos, Santa Luzia, Sumé, Monteiro, Campina Grande, Lagoa Seca, Remígio, Belém, Solânea, Santa Rita, Bayeux e João Pessoa. “Como essas instituições que foram fiscalizadas anteriormente tiveram todas mais de um ano para corrigirem as irregularidades e se não o fizeram, pelo menos em parte, com certeza, deverão ocorrer novas interdições”, afirmou o promotor.

Fonte: MPPB
Focando a Notícia