Arquivo da tag: intensa

TRE alerta o que eleitores podem e não podem fazer no dia da eleição; fiscalização será intensa

eleiçõesA diretora geral do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Alessandra Cordeiro, explicou o que o eleitor pode e não pode fazer no dia da eleição. E destaca que o voto é obrigatório, mas também um ‘grande direito’ de uma luta que foi travada no processo da ditadura.

Alessandra comentou que os deveres do eleitor é comparecer a sua sessão eleitoral, manifestar sua escolha e não se omitir neste processo democrático. “Ele precisa participar efetivamente. O voto é obrigatório, mas é um grande direito diante de uma luta que foi travada no processo de ditadura”, conta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para votar, o cidadão precisa estar munido de documento com identificação e título de eleitor. As pessoas podem portar bandeira ou botom do partido ou candidato, mas não podem se aglomerar com outros eleitores ‘porque aí se identificaria como boca de urna, é hostensividade, propaganda no dia da eleição’.

Também não é permitido que os eleitores se reúnam e fiquem próximos dos locais de votação ‘às vezes todos eles com bandeira, isso é crime e a polícia irá inibir’.

A diretora falou também da fiscalização, que além da Justiça Eleitoral também é feita por eleitores e pelos próprios partidos que veem o outro partido fazendo esse tipo de propaganda e denuncia. “O eleitor é livre para manifestar individualmente sua escolha. Ele não deve fazer isso reunido com outras pessoas”, diz.  Também está proibida a distribuição de santinhos.

 

Marília Domingues

Movimentação nas rodovias da PB é intensa e deve aumentar a partir deste sábado, diz PRF

Thiago Casoni (Jornal Correio da Paraíba)
Thiago Casoni (Jornal Correio da Paraíba)

Polícia Rodoviária Federal estima que o trânsito nas principais estradas que cortam a Paraíba deve registrar maior fluxo de veículos a partir deste sábado (1º). De acordo com o inspetor Genésio Vieira, nesta sexta-feira (28), a movimentação nas pistas está tranquila, mesmo nos trechos que ligam aos vizinhos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.

Nas estradas que ligam João Pessoa, até as demais cidades da Paraíba, motoristas já reclamam do trânsito, principalmente, entre a Capital e Campina Grande, distantes 125 quilômetros. A viagem que em média, levaria em torno de 1h30, é completada em até 2h30.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda segundo o inspetor, as BRs 101 e a 230 devem ser as rodovias com maior fluxo de veículos. “São pistas que dão acessos tanto ao Litoral Sul quanto ao Litoral Norte da Paraíba, localidades muito procuradas neste período”, ressaltou ele.

A economista Paula Carvalho optou por viajar com a filha e o marido, logo após o expediente desta sexta-feira (28), com destino a cidade de Natal/RN. Como é pertinho de João Pessoa, decidimos sair daqui no final da tarde para chegarmos lá, no início da noite e aproveitarmos ainda mais o feriadão”, revelou ela.

Já a funcionária pública Maria Medeiros deixou para pegar a estrada em direção a Recife/PE, apenas no sábado (1º), pois assim, evitar viajar com a família no período noturno. “Iremos sair logo cedinho, para evitarmos o trânsito intenso que deve aumentar ao longo do dia”.

Pelo menos quatro pontos, segundo levantamento, devem ter atenção redobrada dos motoristas que pretendem viajar para curtir os festejos carnavalescos, em outras cidades. O primeiro está entre João Pessoa e Santa Rita, na Região Metropolitana. O segundo fica próximo a alça Sudoeste de Campina Grande. O terceiro e o quarto ficam na divisa Paraíba/Ceará e Paraíba/Pernambuco.

Pelo Terminal Rodoviário de João Pessoa, pelo menos 31 mil pessoas devem embarcar durante o período carnavalesco, seguindo principalmente para as cidades de Cajazeiras, Sousa e Campina Grande, na Paraíba, além de Olinda/PE, Natal/RN e Salvador/BA. Também deve ser registrado o desembarque cerca de 24 mil visitantes que querem passar o Carnaval 2014 na Capital paraibana.

 

portalcorreio

PRF lança campanha para evitar presença de animas solto em rodovias; Fiscalização deve ser intensa na PB 306

A Polícia Rodoviária Federal– PRF, lançou uma campanha que visa chamar atenção da sociedade sobre o perigo de soltar animais às margens das nossas rodovias. Segundo números da campanha, de 2008 a 2011, a presença de animais na pista de rolamento já provocou a morte de 335 pessoas no país.

A campanha lembra que deixar, ou soltar animais às margens das rodovias é crime, punível até com a detenção do responsável pelo animal. A PRF estará fiscalizando todas as rodovias, entre elas a PB 306. No mês passado pelo menos 17 pessoas se chocaram com animais deixando 5 vítimas fatais nas estradas que ligam Maturéia à Princesa Isabel.
Os motoristas que trafegam pela PB 306, que liga Princesa Isabel à Tavares, ficam cada vez mais receosos quando precisam realizar alguma viagem. Mesmo com a estrada recuperada, a preocupação dos condutores de veículos é com a grande quantidade de animais soltos nas proximidades da pista, o que aumenta o risco de acidentes. No mês de julho, 6 acidentes foram registrados, com uma vítima fatal.

Matureia1.com