Arquivo da tag: integrantes

‘Operação Sem Divisas’ prende nove integrantes de quadrilha de explosões bancárias

As Polícias Civis da Paraíba e de Pernambuco realizaram, na manhã desta sexta-feira (27), a ‘Operação Sem Divisas’, que teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão em desfavor de suspeitos de integrar uma organização criminosa responsável pela prática de roubo qualificado, latrocínio tentado e explosões bancárias, entre outros delitos.

Em território paraibano, nove pessoas foram presas pelo cumprimento das ordens judiciais e também em flagrante, entre elas o vereador Moisés Marques Sousa, da cidade de Alcantil.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

De acordo com o delegado da 2ª Superintendência de Polícia Civil na Paraíba, Luciano Soares, a ação de repressão qualificada teve como base investigações desenvolvidas de forma integrada.

“Paraíba e Pernambuco trocaram informações sobre os investigados e a consequência foi o deferimento dos mandados judiciais pela comarca de Macaparana. A Polícia Civil da Paraíba deu apoio à operação empregando 45 policiais. Destacamos a integração que deve existir entre as polícias judiciárias, principalmente aquelas que fazem divisa”, frisou a autoridade policial.

Foto: Secom/PB

Além da cidade de Alcantil, outras prisões foram realizadas em Campina Grande e Alagoa Grande. Durante as buscas, foram apreendidas três pistolas (.45, 9mm e 380), além de R$ 3 mil.

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, as investigações tiveram início há aproximadamente nove meses e na operação foram empregados 245 policias de ambos os estados, para cumprimento de 45 mandados judiciais sendo 16 de prisão temporária, três de condução coercitiva e 26 de busca e apreensão.

Dos mandados de prisão decretados, três se relacionam a alvos que atualmente estão dentro do sistema penitenciário.

Na Paraíba, os presos em flagrante foram conduzidos para Central de Polícia de Campina Grande, onde permanecem à disposição do Poder Judiciário para audiência de custódia. Já os presos por cumprimento de mandado serão encaminhados para o estado de Pernambuco.

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Polícia prende integrantes de grupo suspeito de assaltos a casas e sítios no Brejo

 (Foto: Reprodução/WhatsApp)
(Foto: Reprodução/WhatsApp)

A polícia desarticulou e prendeu cinco integrantes de um grupo suspeito de praticar vários assaltos em residências e sítios das cidades de Serraria, Pilões, Borborema, Bananeiras e Solânea. As prisões aconteceram na madrugada desta quinta-feira (30) na Zona Rural de Serraria durante uma operação conjunta da Polícia Civil com o 4º Batalhão de Polícia Militar.

De acordo com informações da polícia, os últimos assaltos do grupo, que era composto por três homens e duas mulheres, teriam sido uma invasão a uma escola pública em Lagoa do Mato, da qual roubaram toda a merenda, e um assalto a fazenda de um vereador.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Os suspeitos foram presos depois de um cerco a uma casa abandonada. O grupo comemorava o sucesso em um dos assaltos quando foram presos pela polícia. Binha, Junior, Adriano e a mãe e a irmã do chefe da gangue conhecido como Charuto foram encaminhadas na manhã desta quinta-feira (30) para delegacia de Solânea, onde devem prestar depoimentos.

 

 

manchetepb

Integrantes do MST ocupam dois bancos e fecham trânsito na Avenida Epitácio Pessoa

Imagem: Câmeras da Semob
Imagem: Câmeras da Semob

Cerca de 300 integrantes do Movimento Sem Terra (MST), fazem uma Marcha na manhã desta terça-feira (10) e interditaram a Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, reivindicando terras e reforma agrária.

O grupo está ocupando a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil e interdita  os dois sentidos da Avenida e não há previsão de desobstrução da via.

Durante a caminhada, as mulheres do movimento chama atenção para as questões femininas, como segurança, crédito próprio e a conquista de direitos. A Marcha faz parte da Jornada Nacional de luta pela Reforma Agrária.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A marcha acontece simultaneamente em vários estado do país, e a intenção é de que na próxima segunda-feira (16) eles entreguem a pauta de reivindicação na Governadoria do Estado.

 

clickpb

PM prende integrantes de quadrilha interestadual acusados de aplicar golpe contra o INSS e bancos

algemasUm trabalho de investigação que já vinha sendo realizado há vários dias pela Polícia Militar da Paraíba terminou com a prisão de uma dupla acusada de aplicar golpes contra o Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) e instituições financeiras.

De acordo com o capitão Bruno Rodrigues, comandante do BOPE da Polícia Militar a quadrilha já vinha sendo investigada também pela Polícia Federal.

Depois de um trabalho minucioso e sigiloso de investigações feito pelo Serviço de Inteligência da PM e pelo BOPE foi presa no centro de João uma mulher no momento em que ela estava fazendo empréstimo no valor de R$ 5 mil em nome de uma pessoa falecida.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com a prisão da mulher, a PM deu continuidade as investigações e chegou até um homem que se encontrava numa residência na cidade de Sapé. Dentro do imóvel a polícia apreendeu vários documentos falsos, entre carteiras de identidade, registros e outras certidões além de um computador usado para praticar as fraudes.

De acordo com o capitão Bruno Rodrigues, a quadrilha tem sede no Rio de Janeiro mais tem ramificações em vários Estados e, no caso da Paraíba, eles estavam usando a cidade de Sapé como ‘ponto de apoio’. Para praticar os crimes, o bando usava nomes de pessoas falecidas para falsificar os documentos e a partir daí fazer empréstimos e receber benefícios do INSS.

Segundo o comandante ainda não previsão do rombo causado pela quadrilha e nem o tempo que eles estavam agindo na Paraíba, ‘ mas até agora somente no nome de uma vítima, eles conseguiram retirar cerca de R$ 30 mil em empréstimos e pensões”, completou Bruno Rodrigues.

Paulo Cosme

Em crise, integrantes da banda O Rappa estão prestes a se separar

rappa1Depois da saída do baterista Marcelo Yuka, em 2001, parece que uma nova crise se instaura na banda O Rappa. Segundo uma fonte da coluna que é próxima do grupo, o clima entre os integrantes é péssimo. Recentemente, eles inclusive fizeram uma reunião e, enquanto apontavam suas diferenças, chegou a ser cogitado por um deles que a solução só poderia vir com o rompimento do grupo.

É sabido no meio artístico que o temperamento do vocalista Falcão não é dos mais fáceis. Depois que saiu da banda, Yuka publicou sua biografia ‘Marcelo Yuka — Não se Preocupe Comigo’, na qual fez críticas ao vocalista. “Falcão não entende o que está cantando. Aliás, na grande maioria das músicas, ele nem sabe o que tem ali”, diz Yuka no livro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na publicação, o ex-baterista da banda também falou sobre sua decepção em relação aos colegas do Rappa: “Os caras foram gananciosos e me tiraram. Em nenhuma outra empresa eu poderia ser mandado embora naquela situação (de cadeirante), mas fui demitido da banda que criei.” Apesar da crise, a banda emplacou recentemente dois novos sucessos que tocam em todas as rádios do Brasil: Anjos (Pra Quem Tem Fé) e Fronteira (D.U.C.A.). Procurada pela coluna, a assessoria da Warner Music não se manifestou até o fechamento desta edição.

O Dia Online

Maranhão descarta união com PSDB; ‘Não existe aliança que não seja com integrantes tradicionais da oposição’

jose-maranhaoA tendência do PMDB é manter aliança com o PT nacionalmente e partidos tradicionais de oposição na Paraíba, foi o que destacou o presidente do partido e ex-governador José Maranhão em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação nesta quinta (6).

Para Maranhão, o possível entendimento nacional com o PSDB está sendo feito apenas por segmentos do partido e garantiu que o PMDB não dialoga dessa forma. “Não sei até que ponto essas opiniões teriam peso significativo na decisão final do PMDB”, diz.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Apesar disso, o presidente explicou que tem a impressão que o partido quer redescutir a aliança e esmiuçar alguns aspectos, contudo mantém a tendência dominante que é manter a aliança com o PT da presidente Dilma.

Na Paraíba, o senador Vital do Rego Filho (PMDB) teve conversas com o também senador Cássio Cunha Lima (PSDB) pouco antes do rompimento do tucano com o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB). Para isso, Maranhão explicou que não chegou ao seu conhecimento nenhuma articulação visando uma aliança diferente que não seja com os integrantes tradicionais da oposição na Paraíba.

“Acho que o PMDB continua no campo da oposição, na cabeça de chapa. Temos um candidato já lançado que está em plena atividade como candidato sendo recebido de forma positiva em todos os segmentos da vida política na Paraíba”, conta.

A conversa entre Cássio e Vital, para o ex-governador foi apenas para tratar de questões da bancada federal. “Não perguntei, mas foi uma conversa cordial, civilizada de parlamentares que estão no mesmo nível. De senadores. É importante que haja essa conversa não só com Cássio, mas com todos os integrantes da bancada federal, inclusive partidos que não estejam aliados ao PMDB”, diz.

Marília Domingues / Fernando Braz

Polícia identifica nova facção criminosa na Paraíba; integrantes do ‘PCB’ são de uma só família

Reprodução/PortalCorreio
Reprodução/PortalCorreio

Uma nova facção criminosa foi identificada pela Polícia Civil da cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, localizada a 468 quilômetros de João Pessoa. Integrantes de uma mesma família seriam responsáveis pelo ‘PCB’ – Primeiro Comando dos Baianos.

O grupo dos Baianos, como é conhecida a família, seria responsável pela expansão e comercialização do tráfico de drogas no bairro do Asa. Os integrantes do ‘PCB’ picham os muros das residem da localidade, como forma de expressar o domínio entre os moradores.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O delegado da Polícia Civil, Gilson Teles, por meio de um trabalho integrado ao Serviço de Inteligência, monitora as ações da facção, com o intuito de combatê-la.

Durante operação integrada entre as secretarias de administração penitenciária e de segurança pública e defesa social do Estado, na manhã desta terça-feira (17), quatros integrantes do ‘PCB’ foram detidos em cumprimento a mandados de busca e apreensão, segundo o secretário de administração penitenciária, Wallber Virgulino.

Na Paraíba, outras duas facções são apontadas como responsáveis pela criminalidade no Estado: Al-Qaeda e EUA (Estados Unidos). A disputa entre os dois grupos já provocou diversas mortes, principalmente na Capital paraibana.

Nas casas de detenção (presídios), os integrantes dos grupos são isolados em alas diferenciadas, para que seja evitado o confronto entre os detentos rivais.

Grupo domina tráfico no AsaFoto: Grupo domina tráfico no Asa
Créditos: Reprodução/PortalCorreio

 

 

portalcorreio

Prefeitura de Guarabira continua cadastrando integrantes do meio artístico-cultural

André-e-ZTA Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, comunica que o cadastramento dos integrantes do meio artístico-cultural e literário de Guarabira, está ocorrendo no

Centro de Documentação, próximo à Catedral, onde está localizada a referida secretaria.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dessa forma, os participantes dos segmentos das artes visuais e cênicas, da música, dança e literatura, do artesanato e da cultura popular e demais manifestações culturais, podem comparecer para realizarem o cadastro individual ou em grupo, até o próximo dia 28, no horário das 08 às 11:00h, e das 14 às 17:00h.

 

Codecom/PMG

Corpos de integrantes de banda que sumiu são encontrados no México

Ao menos 12 corpos foram encontrados nesta segunda-feira (28) em um poço no estado de Nuevo León, no México, sendo que quatro deles já estão identificados como de integrantes do grupo musical Kombo Kolombia, que tinham sido sequestrados na quinta-feira (24), informou o governo estatal.

“Os parentes já identificaram (quatro dos cadáveres localizados) por algumas características de seus corpos, como tatuagens, e continuaremos identificando os outros oito corpos que foram encontrados”, disse em uma entrevista coletiva à imprensa Jorge Domené, porta-voz de segurança do governo de Nuevo León, na fronteira com os Estados Unidos.

Policiais mexicanos em trabalho de busca de membros desaparecidos da banda Kombo Kolombia (Foto: AP/Emilio Vazquez)Policiais mexicanos em trabalho de busca de membros desaparecidos da banda Kombo Kolombia (Foto: AP/Emilio Vazquez)

As vítimas identificadas são o tecladista do grupo, um colombiano, o saxofonista, o vocalista e um membro da equipe de apoio, todos mexicanos.

Pelos depoimentos de uma testemunha, acredita-se que os corpos de outros 20 músicos e membros da equipe de apoio desaparecidos possam estar no local, disse o porta-voz.

Os corpos foram encontrados na noite de domingo (27) em um poço localizado no município de Mina, próximo a Hidalgo, onde o grupo musical se apresentou na quinta-feira, antes que seus integrantes fossem sequestrados por homens armados.

As primeiras investigações apontam para !uma ação direta contra os integrantes deste grupo” musical, acrescentou Domené.

Notícia desta segunda-feira (28) no site da revista "Billboard" mostra membros da banda colombiana Kombo Kolombia (Foto: Reprodução / Billboard.biz)Notícia desta segunda-feira (28) no site da revista “Billboard” mostra membros da banda colombiana Kombo Kolombia (Foto: Reprodução / Billboard.biz)

O poço em Mina, localizado cerca de 200 km ao norte de Monterrey, capital de Nuevo León, foi descoberto graças às informações fornecidas por um dos membros do grupo que conseguiu escapar.

 

 

Da France Presse

Diocese de Guarabira se solidariza com integrantes do CEDH detidos quando visitavam penitenciária

O bispo dom Francisco de Assis Dantas de Lucena divulgou, em nome da da Diocese de Guarabira, Nota de Solidariedade e Repúdio aos
membros do Conselho Estadual de Direitos Humanos do Estado da Paraíba (CEDH) que foram detidos quando faziam vistoria na Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves de Abrantes, mais conhecida por PB1, em João Pessoa, no dia 28 de agosto deste ano.

Confira:

Nota de Solidariedade e Repúdio

DIOCESE DE GUARABIRA
Cúria Diocesana
NOTA DE SOLIDARIEDADE E REPÚDIO
“Deus vem ao encontro daquele que pratica a justiça” (cf. Is 64,4)
A Diocese de Guarabira-PB torna público a sua solidariedade aos membros do Conselho Estadual de Direitos Humanos – CEDH-PB, presentes na Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves de Abrantes, mais conhecida por PB1, em João Pessoa (PB), no dia 28 de agosto de 2012: Pe. João Bosco Francisco do Nascimento (presidente do CEDH-PB), Guiany Campos Coutinho (membro da Pastoral Carcerária), Socorro Praxedes (advogada da Fundação Margarida Maria Alves), a professora Maria de Nazaré T. Zenaide (Coordenadora do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB), Valdênia Paulino Lanfranchi (advogada e Ouvidora de Polícia da Paraíba) e Lídia Nóbrega (Defensora Pública da União); e seu veemente repúdio pela prisão arbitrária, sofrida pelos referidos membros do CEDH-PB, sendo liberados após três horas por intervenção do Ministério Público Estadual e da Ordem dos Advogados do Brasil, que no exercício de sua atribuição legal de “ter acesso a qualquer unidade ou instalação pública estadual para acompanhamento de diligência ou realização de vistorias, exames e inspeção”, previsto na Lei 5551/92, foram impedidos de concluir a averiguação de denúncias sobre irregularidades naquela unidade prisional – PB1. Há tempo, que urgentes medidas de melhorias no PB1 devem ser tomadas com relação à promoção dos direitos básicos que possibilitem uma ressocialização dos apenados na sociedade e nada é feito. Essa situação exige uma solução urgente e eficaz. Por isso, as autoridades competentes, no cumprimento das leis e não da própria vontade, tomem as medidas cabíveis de direito e dever. Assim, o quadro degradante do PB1 possa ser revertido, e mantido o princípio fundamental de que cada ser humano é pessoa.
Guarabira-PB, 18 de setembro de 2012
Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena
Bispo Diocesano de Guarabira