Arquivo da tag: Instituto

MEC anuncia liberação de mais R$ 30,2 milhões para universidades e instituto federais na Paraíba

O Ministério da Educação (MEC) anunciou a liberação de R$ 30,2 milhões para a UFPB, UFCG e IFPB referentes aos valores que tinham sido contingenciados em abril de 2019. De acordo com o MEC, foram liberados na sexta-feira (18) um total de R$ 30.293.852 para as três instituições mantidas pelo governo federal na Paraíba. O MEC havia liberado no dia 30 de setembro R$ 43,8 milhões para as três instituições.

Os dois desbloqueios feitos pelo MEC para as três instituições federais na Paraíba somam R$ 74.144.960. Ainda de acordo com o ministério, as duas liberações totalizam 100% do orçamento que tinha sido contingenciado em abril deste ano, embora, o valor somado a partir dos cortes informados por UFPB, UFCG e IFPB fosse de R$ 91 milhões.

A diferença de R$ 16,8 milhões a menos do que foi informado pelas instituições não foi explicada pelo MEC. Confira abaixo a divisão do valor liberado pelo MEC na sexta-feira (18) para as instituições federais no estado:

  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB): R$ 7.302.348
  • Universidade Federal de Campina Grande (UFCG): R$ 6.421.221
  • Instituto Federal da Paraíba (IFPB): R$ 16.570.283

Em nota, o ministério informou que “o orçamento de custeio das universidades e institutos foi 100% descontingenciado, o que torna possível à instituição a utilização de todo o orçamento de custeio”.

Segundo o ministro, foi liberado R$ 1,1 bilhão de reais – R$ 771 milhões para universidades e R$ 336 milhões para institutos federais –, após um remanejamento interno no orçamento da pasta. O MEC não informou quais áreas perderam recursos nesta troca.

G1

 

MEC libera mais de R$ 43,8 milhões para universidades e instituto federais da Paraíba

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta segunda-feira (30) o descongelamento de aproximadamente R$ 43,8 milhões para três Instituições de Ensino Superior (IES) na Paraíba. Dados repassados pelo MEC indicam que UFPB, UFCG e IFPB vão ter desbloqueados parte do orçamento que tinha contingenciado. No dia 3 de maio deste ano, o MEC anunciou o bloqueio de 30% do orçamento das IES na Paraíba, aproximadamente R$ 90 milhões.

Ainda de acordo com anúncio do MEC, foram liberados pelo governo federal um total de R$ 1,99 bilhão, sendo R$ 1,156 bilhão apenas para as universidades e institutos federais de educação, representando aproximadamente 58% do valor descongelado pelo MEC. Três meses após o bloqueio, as três IES mantidas pelo governo federal da Paraíba previam colapso financeiro se não houve a recomposição de parte do orçamento bloqueado em maio.

Verbas discricionáras geridas pelo MEC na Paraíba

Instituições de Ensino Superior Verbas bloqueadas em maio/19 verbas desbloqueadas em setembro/19 verbas que seguem bloqueadas
UFPB R$ 44 milhões R$ 21,4 milhões R$ 22,6 milhões
UFCG R$ 27 milhões R$ 13 milhões R$ 14 milhões
IFPB R$ 20 milhões R$ 9,3 milhões R$ 10,7 milhões
Total R$ 91 milhões R$ 43,8 milhões R$ 47,2 milhões

A UFPB é a instituição que vai ter o maior valor descontingenciado. De acordo com a planilha divulgada nesta segunda, vão ser repostos ao orçamento da Universidade Federal da Paraíba o valor de R$ 21.451.412. A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) vai ter R$ 13.061.303 desbloqueado e o Instituto Federal da Paraíba (IFPB) vai ter R$ 9.338.393 liberado pelo ministério.

De acordo com nota enviada pelo MEC, “os valores já estão disponíveis para despesas de custeio das instituições, como água, energia elétrica, aquisição de materiais de consumo e outras prestações de serviço”.

Com o descongelamento feito nesta segunda-feira, um volume de R$ 43.851.108 para as três IES de administração federal na Paraíba, seguem bloqueadas cerca de R$ 47,2 milhões dos aproximadamente R$ 91 milhões bloqueados em maio deste ano.

Bolsas desbloqueadas

Além da recomposição do orçamento para gastos de manutenção dos IES, o anúncio de verbas desbloqueadas do MEC incluem também o descongelamento de bolsas mantidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes). O MEC liberou aproximadamente R$ 270 milhões para manutenção de bolsas de incentivo à pesquisa.

O presidente da Capes, Anderson Correia, explicou que ainda não foram definidos quais programas vão ser beneficiados com a liberação e que um estudo deve ser feito para indicar como vai ser usada a verbo disponibilizada. Até o início de setembro, a Paraíba havia perdido 580 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado mantidas pela Capes.

“De posse dessa visão oficial do governo federal, de disponibilizar R$ 270 milhões para a Capes, e da possibilidade de novos descontingenciamentos, vamos revisitar os programas e verificar o que pode ser flexibilizado até o final do ano”, frisou.

G1

 

Aprovação de projeto que torna Instituto Casa Azul em utilidade pública gera emoção durante sessão na Câmara de Solânea

A sessão da Câmara Municipal de Solânea teve um contexto diferente na última terça-feira (24). Isso porque um projeto à parte chamou a atenção tanto dos vereadores, como também da comunidade solanense que se fez presente na Casa Antônio Melo.

Com a presença dos membros do instituto, a Câmara foi tomada pela emoção dos presentes. Agora, com o reconhecimento de utilidade pública, a Casa Azul fica apta a firmar convênios com órgãos públicos.

O vereador e autor do Projeto de Lei, Flávio Evaristo, se emocionou quando usou a tribuna para falar da importância do instituto para os solanenses. Durante sua fala também mencionou a solidariedade de muitos empresários para construção da sede do instituto. “Não tem como falar do Instituto Casa Azul e não se emocionar, isso inicialmente pela solidariedade de muitos solanenses em ajudar esse instituto e pela dedicação e compromisso dos voluntários, e o mais importante, por saber que com a Casa Azul, as crianças do nosso município estarão bem cuidadas”, relatou em tom de emoção o vereador Flávio.

O instituto Casa Azul de Solânea tem finalidade de promover assistência psicológica, médica e pedagógica para crianças com autismo.

A sessão da Câmara ainda teve a aprovação do Projeto de Lei do Poder Executivo que autoriza a gestão pública a realizar a doação no valor de R$ 1.000,00 ao hospital Napoleão Laurentino, o que faz o município de Solânea se juntar a tantos outros no apoio ao hospital.

Também com a presença de vários membros do grupo Help, foi aprovado o Projeto de Lei que reconhece a atividade dos Bombeiros Civis de Solânea para realização de eventos no município e fiscalização por parte dos mesmos em locais públicos ou privados da cidade.

Ascom-CMS

 

 

Vereador Flávio Evaristo apresenta Projeto de Lei que torna Instituto Casa Azul em Utilidade Pública

O vereador Flávio Evaristo apresentou na Câmara Municipal um Projeto de Lei que torna o Instituto Casa Azul em utilidade pública. Para o parlamentar esse é um reconhecimento importante para instituição, que com a ajuda de muitos voluntários tem prestado um serviço de referência na cidade.

“O instituto Casa Azul hoje já é uma referência não só em nossa região, como no Estado. É um trabalho que merece nosso reconhecimento e apoio, digo sempre que tudo que for de nosso alcance, enquanto Poder Legislativo, vamos fazer para melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, comentou Flávio.

Um dos benefícios em tornar o instituto em utilidade pública é que a partir da publicação do projeto, a Casa Azul poderá formar convênios com órgãos públicos fortalecendo o trabalho da instituição.

 

Redação FN

 

 

Universidades e Instituto Federais disponibilizam 35 vagas para professores na PB

ufpbAs Universidades Federais da Paraíba e de Campina Grande estão com pelo menos 14 vagas abertas para professores de várias áreas. Já o IFPB, encerra hoje as inscrições para 21 vagas em todo o estado. Como os processos são diferentes, algumas das vagas já estão com inscrições abertas enquanto outras devem ser abertas durante a semana.

A UFPB disponibiliza 10 vagas distribuídas nos campi de João Pessoa, Mangabeira e Areia. Estão disponíveis vagas para professores das áreas de Sociologia, Saúde, Matemática, Filosofia, Economia e Zoologia. No edital publicado no Diário Oficial da Uniãoé possível conferir os detalhes de cada uma das vagas e o prazo de inscrição.

Já a UFCG disponibiliza quatro vagas para professores substitutos nos campi de Campina Grande e Patos, nas áreas de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Mecânica e Medicina Veterinária. Os detalhes das inscrições podem ser conferidos nos editais publicados.

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) encerra nesta segunda-feira (10) inscrições para preenchimento de 21 vagas destinadas a professores substitutos. As oportunidades são disponíveis para todas as regiões do estado nas áreas de segurança do trabalho, ciências biológicas, informática básica, programação e banco de dados, sistemas operacionais, programação, física, educação física, legislação e construção civil.

O formulário de inscrição está disponível no portal do IFPB. A taxa de inscrição é R$ 100. Os candidatos irão passar por prova de desempenho, com caráter eliminatório e classificatório, e prova de títulos, caráter classificatório.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Instituto de Previdência de Bananeiras lança cordel sobre o trabalho do órgão

cordelO Instituto Bananeirense de Previdência Municipal lançou o Cordel do IBPEM com o lema “Semente de Transformação Social”. A intenção é através da leitura lúdica estimular o conhecimento sobre o instituto.

“O Cordel está sendo distribuído nas escolas como uma forma de incentivar não só a leitura, mas o conhecimento sobre o instituto e sua importância, acredito que as crianças e adolescentes precisam saber a importância da aposentadoria para suas famílias, especialmente em tempos como o atual diante de tanta discursão sobre a aposentadoria”, comentou Augusto Aragão, presidente do instituto.

O Cordel é inspirado na obra de Newton Moreira, Cordel “Sabedoria e emoção em uma aula de extensão”.

O que é o IBPEM?

Explico com paciência

É um órgão, ou melhor,

Instituto de previdência

 

Seu objetivo é bem simples:

Ajudar nossa sociedade

Assegurando os direitos

Dos servidores da nossa comunidade

 

Melhor que o INSS

Nos trouxe muita alegria

Você não perde nenhum direito

Quando chega o tempo da aposentadoria

 

Criando em mil novecentos e noventa e um

Para o servidor municipal

Baseado no artigo 40

Da constituição Federal

Este é apenas um trecho do Cordel, seus folhetos podem ser encontrados na sede do instituto localizado no prédio da prefeitura municipal.

O instituto tem atualmente como o presidente Augusto Carlos Bezerra Aragão, diretora financeira Josiene Nunes Barbosa e diretora de previdência Danniely Cristina, a gestão atual é do prefeito Douglas Lucena.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Temperaturas do verão vão superar as de 2014, diz instituto

calorDaqui a um mês começa a estação mais popular do Rio. E o verão de 2015 não deve dar trégua para quem detesta calor. De acordo com o Instituto Climatempo, o primeiro bimestre do ano que vem terá temperaturas ainda mais elevadas do que as registradas no ano passado. Em janeiro, a média será de 32ºC. Em fevereiro, 36ºC. Em 2014, a média não superou os 34ºC.

A expectativa da chegada do El Niño aumentaria ainda mais os termômetros. Em junho, a Organização Meteorológica Mundial emitiu um alerta recomendando aos governos que se preparem para eventos como secas e inundações.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A temperatura das águas do Oceano Pacífico está 1 grau Celsius acima da média. Há 60% de chances de formação do El Niño, que se manifestaria com mais força no ápice do verão, entre janeiro e fevereiro.

 

O fenômeno pode bagunçar as precipitações do verão na Região Sudeste. Curtas ondas de calor seriam seguidas por tempestades. Para o climatologista José Marengo, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), este é um indício de que as mudanças climáticas já estão em vigor:

— Quando falamos em eventos extremos, já sabemos que cada ano tem sido pior do que o anterior.

UMIDADE CAUSARÁ MAIS CHUVAS NO FIM DA TARDE

O verão carioca de 2015 pode ser o segundo consecutivo com características atípicas. Em 2014, dois bloqueios atmosféricos — um no Pacífico, outro no Atlântico — impediram a passagem de frentes frias na Região Sudeste durante quase dois meses, entre dezembro de 2013 e fevereiro de 2014. A falta de nuvens possibilitou o aumento das temperaturas. Foi a estação mais quente do Rio dos últimos 50 anos. Houve apenas 16 dias com chuvas — a média histórica é 40.

Embora a temperatura do verão fique acima da média em 2015, a umidade também será mais alta. Com isso, a sensação térmica pode ser menor.

— A temperatura chega ao topo até o meio da tarde e depois a chuva resfria a atmosfera — descreve o meteorologista Alexandre Nascimento, do Climatempo. — Por isso, já que temos precipitações, o próximo verão pode ser menos quente do que o anterior.

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTec) confirma que a temperatura e a umidade em janeiro e fevereiro podem ficar acima do normal. O instituto e o Climatempo devem divulgar previsões mais detalhadas sobre o verão nas próximas semanas.

O ANO MAIS QUENTE DESDE 1880

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (Noaa) confirmou esta semana que 2014 é o ano mais quente desde o início dos registros, em 1880, considerando os dados obtidos entre janeiro e outubro. No século XX, a temperatura média do planeta foi de 14,1ºC. Em 2014, é de 14,8ºC.

Outubro é, também, o terceiro mês consecutivo e o quinto do último semestre a marcar um recorde histórico da temperatura global. Os termômetros elevados no mês passado ocorreram devido ao calor tanto na superfície terrestre como nos oceanos. A América do Sul e a Austrália tiveram contribuição decisiva para o aquecimento recente do planeta.

No Hemisfério Norte, a Costa Leste dos EUA registrou temperaturas recordes, assim como o Oeste da Rússia. Na Europa, a região mais afetada pelo calor foi o Sul do continente.

 

O Globo

Instituto Butantã se prepara para desenvolver um soro contra o vírus Ebola

ebola-O Instituto Butantã está se preparando para desenvolver um soro contra o vírus Ebola, em parceria com o Instituto Nacional da Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. Segundo o diretor do instituto paulista, Jorge Kalil, os últimos trâmites estão sendo feitos para a assinatura do contrato com o NIH e, se as autoridades brasileiras liberarem a pesquisa, o novo soro estará disponível dentro de nove meses para aplicação em humanos.

Kalil explicou que o soro é diferente de uma vacina. Na aplicação de vacinas, ocorre a chamada “indução de imunidade ativa”: o organismo é induzido a produzir os próprios anticorpos. Já na aplicação de soros o que ocorre é a “indução de imunidade passiva”. “Nesse caso, pegamos os anticorpos já produzidos por outra pessoa, ou por outro animal.”

O novo soro deverá ser desenvolvido com base na imunização de cavalos com o vírus da raiva, em versão modificada com a proteína do ebola.

IstoÉ

Em nota, Ibope nega que presidente do Instituto tenha ligado para Aécio informando vitória

 

redação fnO Ibope enviou nota, nesta quinta-feira (30) ao FOCANDO A NOTICIA, onde nega a informação veiculada na Folha de S. Paulo e repercutida pelo site solanense de que o presidente do Instituto teria ligado para o então candidato Aécio Neves (PSDB), confirmando a sua possível vitória nas eleições.

No último dia 28, o Focando a Notícia reproduziu reportagem do jornal de circulação nacional onde eles falam sobre essa suposta ligação.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira a nota:

Esclarecemos que ao contrário do que diz notícia publicada no Portal Focando a Notícia, Carlos Augusto Montenegro, presidente do IBOPE, não telefonou para o candidato à Presidência Aécio Neves no domingo 26/10, dia da eleição.

 

Redação/Focando a Notícia

Consultor do instituto 6Sigma diz que por divergência de interesses não vai mais comercializar pesquisas eleitorais

cesarEm entrevista a Rádio Campina FM, o consultor do grupo 6Sigma, Pedro César Coelho, revelou que o instituto não vai mais comercializar pesquisas eleitorais este ano devido ao confronto de interesses. Desde 2008, que o 6Sigma vem realizando pesquisas eleitorais, se destacando por acertar a maioria das consultas, batendo inclusive o Ibope. As pesquisas já foram divulgadas em veículos como TV Itararé, TV Master e Campina FM.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Pedro César explicou os boatos e especulações que tomaram conta das redes sociais, sobre um possível cancelamento de registro e da divulgação de uma pesquisa com números da disputa ao Governo do Estado no segundo turno das eleições 2014.

Pedro frisou que o registro foi retirado segundo normas do TSE e que foi apenas uma pesquisa com resultados abortados.

– Temos adotado estratégias, pois algumas empresas e partidos teimam em segurar os números da pesquisa. Especulou-se muito sobre um registro de uma pesquisa. Na verdade existiam dois registros, uma pra ser divulgada no dia 12, sexta-feira, e uma pesquisa para o sábado. O registro da pesquisa do sábado foi tirado seguindo todas as resoluções do TSE – elucidou.

Enfático, ele disse ainda que a pesquisa não foi divulgada devido a cláusula vigente, que diz que caso uma das partes envolvidas não queira o resultado não pode ser veiculado.

– Todo mundo fala que pesquisa é o retrato do momento e se forem olhar no site a pesquisa é de uma semana atrás. Como ela é comprada pelo Sigma tecnologia, existe uma cláusula que diz que caso o candidato não deseje a gente não divulga. E como ficou defasado, o contratante resolveu por bem não divulgar e gerou um monte de especulação – ressaltou.

César finalizou explicando que a diretoria decidiu não mais comercializar pesquisas devido às divergências de interesses. A pesquisa do 6Sigma para governador deveria ter sido divulgada no sábado, o que gerou especulações. Algumas pessoas chegaram a afirmar via redes sociais, que os números da pesquisa haviam vazado. Ontem Pedro César divulgou uma nota desmentindo o vazamento das informações.

PB Agora