Arquivo da tag: início

Seleção para contratação de Facilitadores das oficinas do SCFV tem início nesta segunda em Bananeiras

editalO edital lançado nesta sexta-feira (24) pela Prefeitura de Bananeiras através da Secretaria de Desenvolvimento Social visa selecionar Facilitadores das Oficinas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV.

Os profissionais terão remuneração que variam entre R$ 702,75 e R$ 937.00, dependendo da função a exercer por quatro meses podendo ser renovado pelo igual período.

São oferecidas vagas para: Educador Social, facilitador das modalidades jiu jitsu, capoeira, esportes, violão, percussão e técnica vocal.

As inscrições estarão abertas de 27 a 31 de março, no prédio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (antigo Peti) nos horários de 8h às 11h e das 14 às 17h. Os documentos necessários para a inscrição são: CPF, RG, Diploma de graduação escolar, curriculum vitae, certificados e ou declarações correspondentes com a vaga de interesse.

O edital está disponível no link: http://www.bananeiras.pb.gov.br/jornal-oficial-24-03-2017/

Ascom – PMB 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Desde o início do governo Trump, 2.611 refugiados de países que seriam vetados entraram no país

trumpDados oficiais mostram que desde o início do governo de Donald Trump foram recebidos 2.611 refugiados dos seis países de maioria muçulmana que o presidente dos EUA quer vetar – Irã, Líbia, Síria, Somália, Sudão e Iêmen.

Todos foram instalados em território americano, e o grupo representa 32% dos 7.969 refugiados que entraram nos EUA entre 21 de janeiro e 16 de março. A Síria lidera o número de refugiados (1.036), atrás de Somália (956), Irã (422), Sudão (184), Iêmen (13) e nenhum da Líbia, entre 21 de janeiro e 16 de março.

A segunda lei proposta por Trump para proibir a entrada de cidadão destes seis países foi barrada pela Justiça federal na noite de quarta-feira (15) horas antes de entrar em vigor.

A primeira lei, barrada em janeiro, vetava ainda a entrada de cidadãos do Iraque. No mesmo período, foram recebidos nos EUA 931 iraquianos.

Em comparação com o mesmo período no ano passado, durante o governo Obama, os EUA receberam 9.589 refugiados, entre eles 2.587 cidadãos dos seis países alvo do veto de Trump e 1.262 iraquianos.

Os refugiados admitidos pelos EUA passam por um processo que dura entre 18 e 24 meses antes de serem recebidos em solo norte-americano. É feita uma investigação de cada pedido pelo Departamento de Estado, pelo Departamento de Segurança Interna, pelos Serviços de Imigração e por outras agências federais, além de triagens de saúde e orientações culturais para adaptação.

Todos que são recebidos têm um destino certo, uma residência fixa e um sistema de apoio de alguma organização.

Analisando dados de entrada de refugiados do ano fiscal de 2017 (que começa em outubro de 2016), foram recebidos 12.924 refugiados daqueles seis países e 5.588 do Iraque. Mas o maior número de refugiados no período vem da República Democrática do Congo (6.632).

Menos cristãos, mais muçulmanos

Em uma análise feita pelo Pew Research incluindo o número de refugiados recebidos durante o governo Trump, o instituto apontou que 45% dos aceitos nos EUA são muçulmanos, enquanto 43% são cristãos. Outras religiões são identificadas entre os demais refugiados (incluindo hindus, budistas e judeus).

UOL

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Experimento mostra que zika aumenta chance de aborto no início da gravidez

gravidaPesquisadores da Universidade Johns Jopkins, nos Estados Unidos, demonstraram por meio de um estudo com ratos que há maior chance de aborto espontâneo devido à infecção por zika no primeiro trimestre de gestação. O estudo foi publicado nesta terça-feira (21) na “Nature Communications”.

Outros estudos já haviam demonstrado que o vírus da zika pode atravessar a placenta, estrutura responsável por proteger o feto na barriga da mãe. Sabra L. Klein, imunologista e coautora do artigo, desenvolveu junto a seus colegas um modelo de rato com um sistema imune mais parecido com o dos seres humanos.

O grupo de cientistas injetou cepas diferentes do vírus da zika nos animais. Usaram o tipo encontrado nos surtos na Nigéria e no Camboja, em 1968 e 2010, respectivamente. E aplicaram nos ratos o zika mais recente detectado nas epidemias no Brasil e em Porto Rico.

A viabilidade da gestação ocorreu para 71% das gestações da cepa mais antiga e para 56% para o vírus mais recente. Ou seja: há uma taxa de abortos que varia entre 29% e 44% após a infecção. De acordo com o estudo, isso pode ocorrer por uma infinidade de fatores, já que a relação entre o zika e a perda dos fetos ainda não foi totalmente estudada.

Outra fator é que, quando a infecção dos ratos ocorreu no segundo trimestre de gravidez, o número de abortos foi menor. Isso sugere, segundo o artigo, que há menos vulnerabilidade ao vírus com o decorrer da gestação.

“Precisamos encontrar uma forma de impedir a transmissão do zika através da placenta para o feto, porque é onde o dano é causado”, disse Klein. “Nas placentas dos nossos ratos, vemos uma defesa contra o vírus que é montada, mas não é suficiente, especialmente no início da gravidez, tempo que corresponde ao primeiro trimestre da gestação dos seres humanos”.

Os pesquisadores também observaram como funciona a ativação das defesas do corpo contra o vírus nas placentas dos ratos utilizados durante a pesquisa. Eles identificaram alguns receptores em células da placenta usados pelo vírus para chegar até o feto. Tais receptores podem ser alvos potenciais para tratamentos contra a doença, disseram os professores.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

FPF confirma início do Paraibano 2017, mas liberação de estádios ainda é empecilho

amadeuO presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, afirmou que o início do Campeonato Paraibano de 2017 já tem data confirmada. De acordo com o dirigente, a competição terá início já no dia 8 de janeiro, porém, alguns ajustes em relação a liberação de estádios ainda precisam ser feitos e o diálogo a esse respeito vem sendo estabelecido com o procurado Valberto Lira

De acordo com Amadeu Rodrigues, administrativamente está tudo pronto para dar início ao Paraibano, mas a FPF segue trabalhando em busca de obter a liberação dos estádios para a realização dos jogos. “Estamos trabalhando nisso há cerca de quatro meses. Estou conversando com o doutor Valberto para tentarmos, antes do final do ano, termos todos os estádios liberados, pois a previsão para o início do campeonato é para o dia 8 de janeiro”, relatou Amadeu.

O presidente da FPF declarou que os estádios precisam e melhorias e que, inclusive, algumas já vêm sendo feitas e o objetivo é fazer com que a liberação para a realização de jogos nesses estádios ocorra antes do início da competição. “Desejamos que antes do início do campeonato a gente consiga essa liberação, até para que o torcedor saiba onde serão os jogos do seu clube”, argumentou Amadeu. Ele acrescentou que ainda esta semana irá conversar com o procurador Valberto Lira e com secretários do estado e das prefeituras a respeito das obras de melhorias nos estádios.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Pagamento do Abono Natalino na PB tem início em cidades com Correios

Cronogrma do Abono Natalino
10/12/16 Municípios sem agência dos Correios
12/12/2016 NIS com final 1
13/12/2016 NIS com final 2
14/12/2016 NIS com final 3
15/12/2016 NIS com final 4
16/12/2016 NIS com final 5
19/12/2016 NIS com final 6
20/12/2016 NIS com final 7
21/12/2016 NIS com final 8
22/12/2016 NIS com final 9
23/12/2016 NIS com final 0

Começa nesta segunda-feira (12) o pagamento do Abono Natalino para beneficiários do Bolsa Família na Paraíba com Número de Inscrição Social (NIS) com final 1. A programação de pagamento segue até o dia 23.

Em João Pessoa, será no Estádio Almeidão e, em Campina Grande, na Universidade Estadual da Paraíba (no Centro de Arte e Cultura, vizinho aos Correios). Nos demais municípios, o pagamento ocorre também de 12 a 23, nos postos dos Correios.

No sábado, receberam 32.924 mil famílias de 41 municípios paraibanos que não têm ou estão com os postos dos Correios e Telégrafos temporariamente sem funcionar.

O investimento total do Governo do Estado na ação que beneficia cerca de 500 mil famílias é de R$ 18 milhões.

Para ter acesso ao Abono Natalino é necessário que o beneficiário apresente documento como CPF, documento com foto como identidade e o Cartão do Bolsa Família, que tem o Número da Inscrição Social.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Operação cumpre mandados por tráfico de drogas e assaltos em Serraria e Solânea

presosPelo menos 10 pessoas foram presas durante a Operação Macaíba no início da manhã desta terça-feira (22). De acordo com informações do delegado Diógenes Fernandes, o grupo é suspeito de vários assaltos e tráfico de drogas nas cidade de Solânea e Serraria, no Agreste paraibano.

Ainda segundo o delegado, o objetivo era cumprir nove mandados de prisão preventiva. Desse total, oito foram cumpridos e outras duas pessoas foram presas em flagrante. Com elas, a polícia apreendeu um celular e uma quantidade não divulgada de maconha.

Todos foram levados para a Delegacia Seccional de Solânea. O delegado Diógenes Fernandes informou que a operação segue até a polícia cumprir o último mandado de prisão expedidos.

Operação Macaíba aconteceu nas cidades de Solânea e Serraria nesta terça-feira (22) (Foto: Sílvia Torres/TV Cabo Branco)

(Foto: Sílvia Torres/TV Cabo Branco)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Medalhistas atribuem início de vida esportiva a programa da era Lula

atletasA Globo, que há dois anos lidera uma campanha contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já quebrou as principais empreiteiras do País e colocou a economia brasileira na maior recessão de sua história, viu ontem dois heróis olímpicos atribuírem seu sucesso a um programa lançado por ele, em seu primeiro mandato: o Segundo Tempo.

Na edição do Jornal Nacional, a apresentadora Renata Vasconcellos quis saber como dois atletas, Isaías Queiroz, nascido em Ubaitaba (BA), e Erlon Silva, de Ubatã (BA), começaram a praticar um esporte tão pouco conhecido, a canoagem, mesmo longe dos centros mais desenvolvidos do País.

A resposta foi um tapa com luva de pelica. “A gente começou com um programa do governo federal, o Segundo Tempo, que tinha vôlei, futebol e canoagem. Como eu gostava de água, fui para a canoagem”, disse Erlon. “Mesma coisa, foi no Segundo Tempo, um programa do governo federal e do Ministério do Esporte”, disse Isaquias, o maior medalhista brasileiro em todos os tempos.

O Segundo Tempo foi lançado pelo governo Lula em abril de 2003, quando ele tinha apenas quatro meses de mandato, como um instrumento de inclusão social. Naquele momento, o Brasil nem sonhava em sediar as Olimpíadas – direito conquistado apenas em 2009.

Em 2003, quando o Segundo Tempo começou, Erlon tinha apenas 12 anos. Isaquias, por sua vez, tinha apenas 9. Nenhum dois dois poderia imaginar que chegaria tão longe.

Assista, aqui, à reportagem do Jornal Nacional.

Abaixo, a notícia de quando o Segundo Tempo foi lançado:

23/04/2003 às 12:27h – Ministérios do Esporte e da Educação lançam o programa Segundo Tempo

Os ministros do Esporte, Agnelo Queiroz, e da Educação, Cristóvam Buarque, assinaram hoje protocolo de cooperação para desenvolver projetos de parceria entre os dois ministérios. O primeiro programa será o “Segundo Tempo”, que criará uma estrutura nas escolas públicas, para o estudante permanecer na instituição em tempo integral. A idéia é que nesse tempo os alunos desenvolvam atividades esportivas, culturais e pedagógicas.

O programa vai beneficiar 100 mil crianças na fase inicial. Ao final dos quatro anos do governo Lula, o benefício deverá ter atingido quatro milhões de crianças e adolescentes em todo o País, segundo meta dos dois ministérios. Agnelo e Cristóvam destacaram que o programa “Segundo Tempo” faz parte de uma estratégia de governo para melhorar a qualidade da educação e tirar crianças e adolescentes da violência e das drogas.

Agnelo Queiroz acredita que o programa “Segundo Tempo” além de incentivar a inclusão social por meio da prática esportiva, permitirá ainda uma melhor formação das crianças e adolescentes. De acordo com a proposta, a criança ficará durante um turno na escola e, no outro, fará atividades pedagógicas. Nesse período, ela poderá fazer seus deveres escolares, receber reforço alimentar e ainda praticar uma atividade esportiva.

“A proposta desse programa é tornar a escola atrativa e alegre”, destacou Cristóvam. Ele também lembrou que esporte tem um papel importante no processo de formação do cidadão e poderá contribuir na redução da evasão escolar, que hoje atinge 60% dos alunos do ensino médio.

“Esse é um programa que dá oportunidade às crianças, cuja situação familiar não permite maiores investimentos no desenvolvimento escolar”, disse Agnelo. O Ministério do Esporte está firmando parcerias com o Sesc, clubes sociais, organizações não-governamentais (ONGs), prefeituras e as Forças Armadas para ampliar o programa.

Ação de governo – O projeto é parte da iniciativa do governo Lula em fazer uma ação articulada entre seus ministérios. A principal função de cada um neste caso será capacitar os professores de educação física de todo o país, oferecendo cursos aos profissionais. O Ministério do Esporte deverá, ainda, distribuir material esportivo para as escolas e o Ministério da Educação terá a função de esclarecer as universidades do País para que disponibilizem seus estudantes de educação física para trabalhar como monitores dos programas.

A cooperação entre os dois ministérios foi elogiada pelo presidente da Comissão de Educação e Desporto da Câmara, deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), que esteve presente ao ato de assinatura. Segundo ele, o acordo mostra que o governo tem o firme propósito de melhorar a qualidade do ensino brasileiro. “O esporte é um grande instrumento educacional, de lazer e rendimento”, destacou o ex-jogador e deputado Deley (PL-RJ).

Brasil 247

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

TCE libera lista de candidatos ‘fichas-sujas’ até o início de julho, revela Arthur Cunha Lima

arthurO presidente do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE), conselheiro Arthur Cunha Lima, confirmou para o início de julho a divulgação da lista de candidatos ‘fichas-sujas’ por problemas relacionados à prestação de contas no estado. O conselheiro lembrou que a relação é direcionada ao período eleitoral e, por isso, só será revelada após a apresentação das candidaturas.

“O Tribunal faz a lista a cada dois anos, retroagindo oito anos, que seria o prazo que a lei estabelece para impedimentos de candidatos fichas-sujas. A nossa praxe tem sido encaminhar até, no máximo, no dia 5 de julho, porque a legislação eleitoral recebe as atas das convenções partidárias até esta data. Mas acredito que entre os dias 2 ou 3 de julho estaremos encaminhando a relação”, avaliou Arthur Cunha Lima.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Segundo ele, a lista será enviada ao Ministério Público Eleitoral com os considerados inelegíveis, com exceção daqueles casos de que o julgamento foi pela condenação e reprovação, mas que o gestor entrou com recurso de reconsideração. “É o único caso em que se suspende a vigência da decisão para uma análise posterior”, explicou.

O conselheiro também considerou um grande avanço a mudança na legislação que permite a validade da lista do TCE para impugnação por parte do Ministério Público Eleitoral sem a confirmação das Câmara Municipais. “O órgão técnico com competência para analisar as contas são os Tribunais de Contas e através dessa análise é que se identifica os problemas. Isso fortalece os tribunais e quem ganha é a sociedade”.

 

 

blogdogordinho

Ricardo recebe Girassóis e assegura início do contorno viário em Guarabira ainda este ano

AudiênciaCom articulação do presidente do PSB e secretário-executivo da Comunicação, Célio Alves, o governador Ricardo Coutinho recebeu, em audiência, a dupla Josa da Padaria (PSB) e Beto Meireles (PDT), pré-candidatos a prefeito e vice de Guarabira, respectivamente. O encontro se deu na capital do estado, nesta segunda-feira (09).

Na ocasião, o governador comunicou que ainda neste ano dará início às obras do contorno viário de Guarabira, que deve custar mais de R$ 10 milhões. O anel externo é visto como fundamental para atenuar os problemas do trânsito local, visto que possibilitará o tráfego por fora da cidade de quem, atualmente, passa pelo centro com destino a outras partes da região do Brejo. “É compromisso meu com Guarabira e com meus companheiros. E quando assumo, eu cumpro o compromisso”, afirmou Ricardo Coutinho.

O governador ainda informou a Célio, Josa e Beto que assinará a ordem de licitação de uma escola técnica que será construída na cidade. O ato será durante a audiência do Orçamento Democrático Estadual, em Guarabira, no próximo dia 27. Nesta terça-feira, Ricardo Coutinho assinou o termo de compromisso da obra, juntamente com o presidente do FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação), Gastão Vieira. O investimento nesse equipamento deve chegar a R$ 14 milhões.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Se o governador está trabalhando tanto por Guarabira, mesmo o prefeito e os deputados da cidade sendo adversários seus, imagine como será quando ele tiver um prefeito parceiro, a partir de 2017″, disse Josa da Padaria.

Segundo Beto Meireles, ” Ricardo Coutinho, com esses novos investimentos, consolida cada vez mais a presença produtiva de seu governo na cidade, e isso o povo guarabirense saberá reconhecer”.

Para Célio Alves, “o governador responde com trabalho aos críticos de sua gestão. São muitas obras, como essas novas, o Cidade Madura e o grande investimento na Escola John Kennedy, que será inaugurada no final deste mês”.

Ricardo Coutinho ainda gravou um vídeo para ser exibido nas plenárias populares que o PSB e partidos aliados têm realizado semanalmente. Demonstrando entusiasmo com o sentimento de mudança que Guarabira tem externado, o governador confirmou presença na plenária do Bairro do Nordeste, no dia 16 de junho.

“O povo de Guarabira não suporta mais essa gangorra, que é boa para alguns, mas não para a população”, disse ele.

Com Assessoria 

Ministros do STF divergem sobre início da proibição de doações de empresas

stfMesmo após o encerramento do julgamento e com decisão proibindo a doação de empresas a partidos políticos, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ainda divergem sobre o início de vigência da proibição.

Depois da sessão plenária dessa quinta-feira (24), o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, informou que a decisão é válida a partir da data da sessão que votou a matéria.

“O que posso afirmar é que a ata da sessão que trata do tema foi aprovada por unanimidade, já está sendo publicada e o que decidimos naquele momento foi que a decisão valeria a partir da própria sessão, independentemente da publicação do acórdão. Não houve modulação”, afirmou Lewandowski.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Perguntado se as empresas já estariam proibidas de doar para partidos, o presidente foi evasivo. Disse apenas que “essa é uma interpretação que aqueles que vão ler a ata poderão fazer”. A ata do julgamento diz que “[…] a decisão aplica-se às eleições de 2016 e seguintes, a partir da sessão de julgamento, independentemente da publicação do acórdão”.

Pela manhã, durante sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Dias Toffoli, que também preside o TSE, afirmou entender que a proibição só poderia valer a partir de 2016, uma vez que 2015 começou com uma regra e deveria terminar sem mudanças.

“Temos de dar uma disciplina a respeito disso. Se o exercício financeiro se iniciou sobre determinada regra, penso que deve terminar sobre essa determinada regra. Depois, se alguém entender que não é adequado, que vá ao Supremo”, acrescentou Toffoli.

No início da semana, o ministro Gilmar Mendes, que também integra os dois tribunais, disse que uma votação seria necessária para definir o início da vigência da proibição. “Pelo que entendi do que está proclamado, quer dizer que a decisão tem efeito para o futuro. Para isso, precisamos de oito votos se quisermos seguir o que está escrito na lei.”

Mendes acrescentou que, caso não haja votação sobre a vigência, a proibição teria valor retroativo e “todas as eleições realizadas no Brasil são nulas”. “Por isso, é importante que haja segurança jurídica nesse tema. A questão terá de ser aberta em algum momento para esclarecer”, concluiu.

 

 

Agência Brasil