Arquivo da tag: influencia

TSE alerta para a influência do crime organizado nas eleições

O Tribunal Superior Eleitoral acionou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Polícia Federal para que investiguem a influência de facções criminosas e milícias no processo eleitoral, destaca neste domingo o jornal O Globo.

No Estado do Rio de Janeiro, a ação do crime organizado foi identificada em 18 zonas eleitorais de sete cidades, que abrangem 9% do eleitorado fluminense, em 2016.

Criminosos tentam influir em resultados também em outros estados, e o relatório do TSE cita São Paulo, Amazonas e Maranhão.

O presidente do tribunal, ministro Gilmar Mendes, avalia que o fundo eleitoral, criado pela reforma política recém aprovada no Congresso Nacional, é insuficiente para financiar as eleições, o que poderá abrir brecha para um “laranjal” nas campanhas.

Para Gilmar, o domínio de territórios por facções, como ocorre no Rio, não permite campanhas e votos livres, ainda conforme o jornal.

paraibaonline

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Comer antes ou depois dos exercícios influencia na queima de gordura, diz estudo

Foto: Bruno Poppe / Extra/Agência O Globo/Arquivo
Foto: Bruno Poppe / Extra/Agência O Globo/Arquivo

Se você já não sabe mais o que fazer para se livrar dos “pneuzinhos”, um experimento feito por um médico da Universidade de Surrey, na Inglaterra, pode ter encontrado a solução. Testes feitos com 30 pessoas e exibidos no programa “Trust me, I’m a doctor”, da BBC britânica, mostraram que as mulheres conseguem queimar até 22% a mais de gordura se ingerirem carboidratos logo antes de se exercitarem. Para os homens, essa queima fica até 8% maior se o consumo de alimentos energéticos ocorrer imediatamente após a atividade física.

No estudo, conduzido pelo PhD em nutrição Adam Collins, os voluntários, que não tinham hábito de se exercitar, fizeram aulas de zumba, spinning e treinos de alta intensidade por um mês. Sete homens e sete mulheres bebiam uma mistura de carboidratos com quantidade controlada de calorias antes das atividades, enquanto seis homens e dez mulheres consumiam a preparação após as sessões. Para comparação de efeitos, às vezes, era dado a eles um placebo, sem calorias.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A explicação para homens queimarem mais gordura fazendo refeições após a malhação é que o corpo deles tem preferência por gastar carboidratos. Assim, na presença desse nutriente, utilizam-no como combustível em vez da gordura.

No caso das mulheres, o carboidrato é conservado mais facilmente durante o exercício, o que facilita a queima de gordura por até três horas depois. Comer apos a malhação, portanto, atrapalharia esse processo, de acordo com Adam Collins.

Jejum não é indicado para perda de peso

Segundo o ortopedista Rodrigo Freitas, especialista em medicina esportiva, as conclusões do teste não podem ser tomadas como verdade absoluta, já que diversas varáveis, como idade e percentual de massa magra, interferem na queima de gordura. O essencial é não se exercitar em jejum.

— Isso não é indicado para perder peso e é extremamente arriscado, porque pode gerar um estado de hipoglicemia e levar a desmaios, além de lesões como estiramento muscular — alerta.

O médico diz que comer carboidratos, ainda que uma porção mínima, antes da malhação é importante principalmente para as mulheres porque, para elas, o nutriente funciona como ativador da via metabólica que leva à perda de gordura. Sem esse substrato, o risco de queimar proteínas musculares é maior.

Extra

Amor do pai exerce forte influência na personalidade da criança

bebeUm estudo conduzido pela Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos, mostra que as demonstrações de afeto e de rejeição do pai têm uma forte influência na personalidade da criança.

A pesquisa estudou 36 trabalhos envolvendo mais de 10 mil pessoas, entre crianças e adultos, e a rejeição paterna tem essa influência tão grande pois é mais comum do que a materna. A figura do homem é associada a prestígio e poder, e quando a criança é rejeitada por ele a sensação é como se ela tivesse sido esquecida ou preterida por alguém que eles consideram ser mais importante.

O estudo também mostrou que as partes do cérebro que são ativadas quando a criança se sente rejeitada é a mesma que se tornam ativas quando ela se machuca, mas com uma diferença: a dor psicológica pode ser revivida por anos e leva à insegurança, hostilidade e uma tendência à agressividade.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Já o pai que é presente e carinhoso tem o efeito contrário na formação da personalidade de seu filho: a criança cresçe feliz, segura e capaz de estabelecer ligações afetivas muito mais facilmente na vida adulta.

 

 

redetv

Agripino pediu propina por influência em obras da Arena das Dunas, diz PGR

FOTOS: ABR E DIVULGAÇÃO
FOTOS: ABR E DIVULGAÇÃO

Em abril de 2014, o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Augusto Nardes, participou do seminário Diálogo Público – Para a Melhoria da Governança Pública, em Natal. Segundo a assessoria de imprensa do governo potiguar o evento foi uma realização do Tribunal de Contas da União (TCU) com o objetivo de apresentar “conceitos de governança” e de “aproximar o TCU com os gestores públicos do Rio Grande do Norte para aprimorar os métodos e decisões da administração na esfera municipal, estadual e federal”.

A aproximação do TCU com os gestores públicos do estado incluiu uma visita à Arena das Dunas guiada pela então governadora Rosalba Ciarlini (DEM). O ministro conferiu o campo de futebol, as instalações do estádio e, no final, rasgou elogios à governadora do DEM pelo fato de, segundo ele, o projeto da Arena ter sido feito com economia de 3% em relação ao valor original.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Enquanto cobriu a governadora do DEM e a “transparência” da obra de elogios, Nardes deu uma “pedalada” ao elogiar o custo do estádio 3% menor em relação ao valor original. “Pedalada” porque as contas da obra fugiam à sua competência e a seu conhecimento, seja para criticar, seja para elogiar, pois cabia ao Tribunal de Contas do Estado a fiscalização, inclusive se o valor original estava correto ou não

Um ano depois do “agrado”, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, aceitou a solicitação de abertura de investigação feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador e presidente nacional do partido Democratas (DEM), José Agripino Maia, por acusação de ter recebido propina da empreiteira OAS nas obras de construção da Arena das Dunas.

A arena custou R$ 423 milhões e foi construída para a Copa do Mundo de 2014 por meio de uma parceira público-privada. Desse total, R$ 100 milhões foram financiados pela OAS e o restante, pelo governo do Rio Grande do Norte, por meio do BNDES. A licitação para construir o estádio foi vencida pela OAS em 2011, na gestão de Rosalba Ciarlini.

O ministro Luís Roberto Barroso, relator do inquérito no STF, disse que há indícios de que Agripino Maia teria recebido recebido propina da empreiteira em troca de auxílio na superação de entraves à liberação de recursos. De acordo com o pedido de investigação, feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte identificou irregularidades e proferiu decisões que desaconselhavam a continuidade dos repasses.

No entanto, essas decisões do TCE-RN foram revogadas depois da interferência de Agripino Maia. Em contrapartida, a empreiteira pagou R$ 500 mil ao senador em forma de doações eleitorais. Para a Procuradoria-Geral da República, Agripino Maia conseguiu a liberação de recursos do BNDES para a OAS concluir as obras do estádio em troca de propina

As acusações contra Agripino foram embasadas em mensagens obtidas pela PGR junto à Polícia Federal na Operação Lava Jato. As informações foram descobertas pelas autoridades policiais no celular de José Aldelmário Pinheiro, que é um dos executivos da empreiteira OAS condenado na operação. Na acusação consta que as solicitações de valores foram feitas entre 11 de agosto e 19 de setembro do ano passado.

No despacho no qual decidiu pela abertura da investigação, o ministro Barroso cita mensagens que revelam “solicitação e recebimento de vantagens indevidas” pelo senador. Em uma das mensagens, José Aldelmário cita o senador em uma conversa com um executivo responsável pela arena, que pedia ajuda do parlamentar para agilizar o repasse dos recursos. A obstrução dos repasses decorria dos pareceres do TCE-RN.

“SMS de Agripino: ‘Reuni hoje pela manhã, em Natal, o secretário da Copa, o conselheiro relator no TCE e Dr. Charles, para esclarecer o problema e apelar por solução que evite interrupção no fluxo de pagamentos e interrupção da obra. Vou acompanhar de perto os desdobramentos. Abs. Agripino’.”, diz a mensagem.

Além das mensagens de celular, há o depoimento do doleiro Alberto Youssef, um dos delatores da Lava Jato, que afirmou ter administrado o caixa dois da OAS e enviou R$ 3 milhões em espécie para Natal por meio de seu ex-funcionário Rafael Ângulo Lopez, que admitiu ter transportado valores para a capital potiguar

Como Agripino tem foro privilegiado, Janot pediu abertura de inquérito no STF para poder investigar o senador. O relator sorteado foi o ministro Luis Roberto Barroso, que já autorizou a investigação.

Não é o único inquérito onde Agripino é investigado por corrupção no STF. Em março deste ano, a ministra Cármen Lúcia autorizou a abertura de inquérito para investigar a delação premiada do empresário George Olímpio, que afirmou ter pago R$ 1 milhão em propina ao senador em troca de ganhar a exploração do serviço de inspeção veicular no estado. Olímpio apresentou gravações registrando a voz do próprio Agripino pedindo a quantia. Até o Fantástico, da TV Globo, levou ao ar depois de a gravação ter sido publicada na imprensa regional e viralizado na internet.

Agora, o TCU está se eximindo de responsabilidade. Neste sábado (7) o Tribunal de Contas da União informou ter encaminhado um relatório ao STF para ser anexado ao processo, onde se exime de responsabilidade sobre eventuais irregularidades na obra da Arena das Dunas. Informa que o órgão só fiscalizou a regularidade da aprovação e liberação do empréstimo feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

De fato, a obra e a licitação foram de responsabilidade do governo estadual e é competência do Tribunal de Contas do Estado fiscalizar. Mas o ministro Augusto Nardes poderia pelo menos explicar que conceitos de governança ele ensinou para as autoridades potiguares, já que não deu muito certo o aprendizado.

redebrasilatual

Época: Ministério Público Federal investiga Lula por tráfico internacional de influência

lulaepocaQuando entregou a faixa presidencial a sua pupila, Dilma Rousseff, em janeiro de 2011, o petista Luiz Inácio Lula da Silva deixou o Palácio do Planalto, mas não o poder. Saiu de Brasília com um capital político imenso, incomparável na história recente do Brasil. Manteve-se influente no PT, no governo e junto aos líderes da América Latina e da África – líderes, muitos deles tiranetes, que conhecera e seduzira em seus oito anos como presidente, a fim de, sobretudo, mover a caneta de seus respectivos governos em favor das empresas brasileiras. Mais especificamente, em favor das grandes empreiteiras do país, contratadas por esses mesmos governos estrangeiros para tocar obras bilionárias com dinheiro, na verdade, do Banco Nacional de Desenvolvimento, o BNDES, presidido até hoje pelo executivo Luciano Coutinho, apadrinhado de Lula. Como outros ex-presidentes, Lula abriu um instituto com seu nome. Passou a fazer por fora (como ex-presidente) o que fazia por dentro (como presidente). Decidiu continuar usando sua preciosa influência. Usou o prestígio político para, em cada negócio, mobilizar líderes de dois países em favor do cliente, beneficiado em seguida com contratos governamentais lucrativos. Lula deu início a seu terceiro mandato. Tornou-se o lobista em chefe do Brasil.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

documento-01

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nos últimos quatro anos, Lula viajou constantemente para cuidar de seus negócios. Os destinos foram basicamente os mesmos – de Cuba a Gana, passando por Angola e República Dominicana. A maioria das andanças de Lula foi bancada pela construtora Odebrecht, a campeã, de longe, de negócios bilionários com governos latino-americanos e africanos embalada por financiamentos do BNDES. No total, o banco financiou ao menos US$ 4,1 bilhões em projetos da Odebrecht em países como Gana, República Dominicana, Venezuela e Cuba durante os governos de Lula e Dilma. Segundo documentos obtidos por ÉPOCA, o BNDES fechou o financiamento de ao menos US$ 1,6 bilhão com destino final à Odebrecht após Lula, já como ex-presidente, se encontrar com os presidentes de Gana e da República Dominicana – sempre bancado pela empreiteira. Há obras como modernização de aeroporto e portos, rodovias e aquedutos, todas tocadas com os empréstimos de baixo custo do BNDES em países alinhados com Lula e o PT. A Odebrecht foi a construtora que mais se beneficiou com o dinheiro barato do banco estatal. Só no ano passado, segundo estudo do Senado, a empresa recebeu US$ 848 milhões em operações de crédito para tocar empreendimentos no exterior – 42% do total financiado pelo BNDES. Há anos o banco presidido por Luciano Coutinho resiste a revelar os exatos termos desses financiamentos com dinheiro público, apesar de exigências do Ministério Público, do Tribunal de Contas da União e do Congresso. São o segredo mais bem guardado da era petista.

Moralmente, as atividades de Lula como ex-presidente são, no mínimo, questionáveis. Mas há, à luz das leis brasileiras, indícios de crime? Segundo o Ministério Público Federal, sim. ÉPOCA obteve, com exclusividade, documentos que revelam: o núcleo de Combate à Corrupção da Procuradoria da República em Brasília abriu, há uma semana, investigação contra Lula por tráfico de influência internacional e no Brasil. O ex-presidente é formalmente suspeito de usar sua influência para facilitar negócios da Odebrecht com representantes de governos estrangeiros onde a empresa toca obras com dinheiro do BNDES. Eis o resumo do processo: “TRÁFICO DE INFLUÊNCIA. LULA. BNDES. Supostas vantagens econômicas obtidas, direta ou indiretamente, da empreiteira Odebrecht pelo ex-presidente da República Luis Inácio Lula da Silva, entre os anos de 2011 a 2014, com pretexto de influir em atos praticados por agentes públicos estrangeiros, notadamente os governos da República Dominicana e Cuba, este último contendo obras custeadas, direta ou indiretamente, pelo BNDES”.

Os procuradores enquadram a relação de Lula com a Odebrecht, o BNDES e os chefes de Estado, a princípio, em dois artigos do Código Penal. O primeiro, 337-C, diz que é crime “solicitar, exigir ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções, relacionado a transação comercial internacional”. O nome do crime: tráfico de influência em transação comercial internacional. O segundo crime, afirmam os procuradores, refere-se à suspeita de tráfico de influência junto ao BNDES. “Considerando que as mencionadas obras são custeadas, em parte, direta ou indiretamente, por recursos do BNDES, caso se comprove que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva também buscou interferir em atos práticos pelo presidente do mencionado banco (Luciano Coutinho), poder-se-á, em tese, configurar o tipo penal do artigo 332 do Código Penal (tráfico de influência)”, diz o documento.

A investigação do MPF pode envolver pedidos de documentos aos órgãos e governos envolvidos, assim como medidas de quebras de sigilos. Nas últimas semanas, ÉPOCA obteve documentos oficiais, no Brasil e no exterior, e entrevistou burocratas estrangeiros para mapear a relação entre as viagens internacionais do ex-presidente e de integrantes do Instituto Lula com o fluxo de caixa do BNDES em favor de obras da Odebrecht nos países visitados. A papelada e os depoimentos revelam contratos de obras suspeitas de superfaturamento bancadas pelo banco estatal brasileiro, pressões de embaixadores brasileiros para que o BNDES liberasse empréstimos – e, finalmente, uma sincronia entre as peregrinações de Lula e a formalização de liberações de empréstimos bilionários do banco estatal em favor do conglomerado baiano.

A Odebrecht tem receita anual de cerca R$ 100 bilhões. É uma das principais empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, que desmontou um esquema de pagamento de propinas na Petrobras. Segundo delatores, a construtora tinha um método sofisticado de pagamento de propinas, incluindo remessas ao exterior trianguladas com empresas sediadas no Panamá. A empreiteira, que foi citada pelo doleiro Alberto Youssef e por ex-funcionários do alto escalão da Petrobras, nega as acusações.

Saiba mais sobre a investigação do Ministério Público Federal em ÉPOCA desta semana. A reportagem detalha os casos dos documentos e imagens abaixo:

lula-danilo-medina

lula-john-mahama

lula-investigacao-padrao-que-se-repete

 

 

Blog do Gordinho

Brics se reúnem com líderes sul-americanos para ampliar influência do bloco

bricssChefes de Estado dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) se reúnem nesta quarta-feira em Brasília com líderes da América do Sul para tentar ampliar a influência do bloco entre países emergentes. O governo brasileiro espera que todos os chefes de Estado sul-americanos estejam presentes.

No encontro, que ocorrerá em meio à sexta cúpula dos Brics, iniciada na terça-feira em Fortaleza, os Brics apresentarão aos sul-americanos seu recém-criado Novo Banco de Desenvolvimento (NBD).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Inspirada no Banco Mundial, a instituição financiará investimentos em infraestrutura em países pobres e emergentes que integrem ou não os Brics.

Em entrevista recente a jornalistas, o subsecretário do Ministério das Relações Exteriores José Alfredo Graça Lima disse que o Novo Banco de Desenvolvimento poderá se abrir a outros bancos multilaterais ou de desenvolvimento regionais.

Como, segundo Lima, os critérios para essas participações ainda não foram definidos, é possível que os líderes sul-americanos também tratem desse tema com os membros dos Brics.

O diplomata diz que o convite dos Brics aos chefes de Estado sul-americanos integra a estratégia do bloco de expandir suas ações, com prioridade aos países em desenvolvimento.

Na última cúpula do bloco, em 2013, na África do Sul, os Brics se reuniram com líderes de países africanos.

Em entrevista recente à TV estatal NBR, o embaixador Flávio Damico disse que a presença de líderes de outros países “é muito positiva tanto para os Brics, por enriquecer seus debates com outras perspectivas, e também permitir a outros países em desenvolvimento que conheçam melhor os Brics e suas potencialidades”.

Adesão argentina

Nesta quarta, é possível que a Argentina reforce junto aos Brics seu interesse de integrar o bloco. Na semana passada, a agência oficial de notícias da Argentina, Telám, divulgou que a China apoiaria a entrada da Argentina no grupo.

Entre os demais membros do bloco, porém, não há consenso quanto à questão.

Damico lembrou que a composição dos Brics já mudou uma vez, com o ingresso da África do Sul, em 2010.

Ele mostrou-se contrário, porém, a novas adesões.

“Acreditamos que estamos com a composição ideal neste momento, mas isso não significa que os Brics estejam fechados ao diálogo com outros países em desenvolvimento e economias emergentes.”

Na última semana, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, também expôs cautela quanto às aspirações da Argentina.

“A questão de aumentar o número de seus membros por enquanto não está em questão”, ele afirmou à agência Prensa Latina, durante visita a Cuba.

Segundo observadores, a crise econômica vivida pela Argentina seria um dos principais entraves à sua adesão.

Crescimento inclusivo

O tema oficial desta cúpula dos Brics é “Crescimento inclusivo: soluções sustentáveis”. O encontro desta quarta deve se iniciar às 11h, no Palácio Itamaraty, em Brasília.

A reunião se encerrará após o almoço, por volta das 15h.

Antes do encontro, a presidente Dilma Rousseff deverá se encontrar às 8h30 com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, no Palácio da Alvorada.

Na quinta-feira, será a vez de Dilma se reunir em privado com o presidente da China, Xi Jinping, que fará uma visita de Estado ao país.

BBC Brasil

Um copo de leite por dia durante a gestação influencia na estatura da criança

Crédito: Shutterstock
Crédito: Shutterstock

Rico em cálcio, vitaminas e proteínas, o leite é um alimento completo e ótimo para garantir os nutrientes do dia a dia, sendo que, durante a gravidez, ele pode ser ainda mais importante. Isso porque foi revelado em uma pesquisa que a ingestão de um copo diário da bebida durante a gestação faz com que os bebês se desenvolvam melhor e se tornem adultos mais altos.

Além disso, o estudo mostrou que ao final da adolescência essas crianças também tinham níveis mais elevados de insulina na corrente sanguínea, o que sugere que eles eram menos propensos a contrair diabetes tipo dois.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A equipe de cientistas monitorou os bebês nascidos no final dos anos oitenta e descobriu que a altura deles durante a adolescência estava diretamente relacionada com a quantidade de leite que as suas mães consumiram quando eles ainda estavam no útero. Apesar

Processo de pesquisa

Os especialistas em nutrição da Islândia, Dinamarca e Estados Unidos queriam saber se os benefícios observados nos primeiros estágios de vida obtidos pelo consumo de leite foram estendidos nos anos posteriores. Então, eles acompanharam os bebês nascidos de 809 mulheres na Dinamarca em 1988 e 1989, depois de monitorar a quantidade de leite que as mulheres tinham consumido durante a gravidez.

Os bebês foram pesados e medidos logo após o nascimento e novamente quase 20 anos depois. Os resultados mostraram que os adolescentes mais altos eram filhos de mães que tinham bebido mais de 150 mililitros por dia durante a gravidez, em comparação com crianças nascidas de mulheres que bebiam menos ou nenhuma quantidade de leite.

Outra pesquisa publicada no início deste ano também comprovou que mulheres grávidas podem aumentar o QI de seus bebês bebendo mais leite, pois o alimento é rico em iodo, uma substância importante para o sistema neurológico e para a tireoide, que tem um efeito direto no desenvolvimento do cérebro do feto.

 

 

todaela

Alimentação influencia a saúde da pele; faça boas escolhas à mesa

alimentacao-saudavelPara quem busca manter a pele impecável e adiar o máximo possível o aparecimento das rugas e sinais, tratamentos estéticos não faltam. No entanto, não há nada que substitua os cuidados com a nutrição, que trata a pele de dentro para fora, conferindo maciez, elasticidade e brilho. Com a ajuda de nutricionistas e dermatologistas, listamos dez alimentos que deixam a pele mais bonita e saudável e outros dez que devem ser consumidos com moderação, sob o risco de prejudicar a aparência.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Conte com eles!

Alguns alimentos são ricos em princípios ativos que beneficiam diretamente a pele:
• Cenoura – é uma boa fonte de betacaroteno, precursor das vitaminas A e E. Tem efeito antioxidante e anti-inflamatório, além de facilitar o bronzeado. O ideal é comer uma unidade por dia.

• Laranja – a vitamina C presente no fruto tem ação antioxidante que combate os radicais livres, principais causadores do envelhecimento da pele. Consuma uma unidade por dia.

• Peixes como salmão, arenque e sardinha – possuem ômegas, substâncias que previnem a inflamação e ajudam a tratar a acne. Além disso, a gordura desses peixes reforça a barreira hidrolipídica da pele, prevenindo a desidratação. Consumir um filé médio (150g), três vezes por semana, é o suficiente para começar a notar os benefícios.

• Mamão papaia – o fruto é rico em vitamina A, capaz de promover a renovação celular e a recuperação dos tecidos. Para isso, basta uma fatia uma vez ao dia.

• Castanha-do-pará – rica em selênio, age como potente antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce da pele. O ideal é ingerir de duas a três unidades todos os dias.

 

  • ThinkstockO iogurte fornece proteínas essenciais para a reconstrução dos tecidos; as frutas vermelhas são ricas em vitaminas C e E, que combatem os radicais livres

• Frutas vermelhas – frutas como amora, framboesa, morango e mirtilo são ricas em vitaminas C e E, que combatem os radicais livres, prevenindo o aparecimento das rugas. Consuma uma porção correspondente a uma xícara de chá dessas frutas por dia.

• Iogurte – fornece proteínas fundamentais para a construção, reparação e renovação de todos os tecidos. A vitamina A também é fundamental para a saúde da pele. A recomendação é consumir um copo (200 ml), duas vezes por dia. Prefira as versões desnatadas, que possuem menos gordura.

• Chocolate amargo – fonte de polifenois antioxidantes, que reforçam a proteção da pele contra a radiação UVB e ainda ajudam a combater os radicais livres. Os mais indicados são os que contêm 70% de cacau. O ideal é consumir um quadradinho (10g) por dia.

• Tomate – rico em licopeno, betacaroteno e vitaminas A, C e E, substâncias antioxidantes, o fruto previne o envelhecimento. Inclua quatro fatias do alimento nas saladas do almoço e do jantar, diariamente, para beneficiar a pele.

• Azeite – tem vitamina E, antioxidante responsável por diminuir o ressecamento da pele e acelerar o processo de cicatrização. No entanto, como é um alimento calórico, o recomendado é consumir não mais do que uma colher das de sopa duas, vezes ao dia.

Com muita moderação

Outros alimentos provocam efeito totalmente contrário: intoxicam o organismo e deixam a pele sem vida. Por isso, o melhor é evitar o consumo:

• Leite – as glândulas da pele contêm enzimas que convertem os hormônios presentes na bebida, levando a um processo que culmina no aumento da produção de oleosidade e na obstrução dos poros, e que pode resultar no aparecimento de acne em pessoas que já têm tendência a este problema.

• Doces – o açúcar aumenta a quantidade de glicose disponível na corrente sanguínea. Esta glicose, por sua vez, se liga às proteínas responsáveis por manter a elasticidade e a firmeza da pele, impedindo que cumpram plenamente suas funções.

• Sal – o ingrediente estimula a retenção de líquidos pelo organismo, favorecendo a inflamação da pele. Além disso, o inchaço deixa a celulite mais evidente.

• Bebidas alcoólicas – levam à desidratação do organismo, provocando a perda de umidade da pele e o aparecimento de rachaduras e fissuras.

• Café – uma quantidade maior do que quatro xícaras de café por dia favorece o aumento dos níveis do hormônio cortisol no organismo, levando ao envelhecimento da pele e à desidratação.

• Óleo de soja – quando utilizado para frituras, ele é absorvido pelo alimento. Em excesso, pode levar ao acúmulo de gordura, prejudicando a circulação sanguínea e a oxigenação das células da pele. Com isso, ela perde a elasticidade e as rugas aparecem.

• Mariscos – a ingestão diária destes alimentos aumenta a incidência de acne na pele, devido à grande quantidade de iodo que carregam.

• Embutidos – alimentos como salame, mortadela e presunto são ricos em gordura saturada, sódio e nitratos, substâncias que promovem a inflamação da pele, a retenção de líquidos e ainda intoxicam o organismo, acelerando o envelhecimento precoce.

• Pães e massas – no organismo, eles são convertidos no mesmo tipo de açúcar dos doces, prejudicando a elasticidade e a firmeza da pele.

• Carne vermelha – contém grande quantidade de gordura saturada, que pode prejudicar a circulação e a oxigenação das células, além de acelerar a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento.

Consultoria: Claudia Talan Marin, nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP); Daniela Cierro, nutricionista consultora da Associação Brasileira de Nutrição; Érica Monteiro, dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); Patrícia Bertolucci, nutricionista pela Universidade Federal de Goiás (UFG); Roberta Pacca, nutricionista da Food Coach Consultoria Nutricional.
Louise Vernier e Rita Trevisan
do UOL

Ex-prefeitos utilizam influência para tentar reverter decisões do Tribunal de Contas do Estado

TCEEx-prefeitos paraibanos estão usando a influência política que exercem nas câmaras para reverter decisões técnicas que rejeitaram suas prestações de contas no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Agindo assim, eles podem se livrar da Lei da Ficha Limpa nas eleições futuras.

 

Com apoio dos aliados, ex-gestores estão conseguindo anular pareceres contrários às prestações de contas emitidos pelo TCE. As câmaras vêm, inclusive, reformulando as próprias decisões. Isto porque o Poder Legislativo é soberano quando o assunto é prestação de contas. É o que afirma o presidente do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE), conselheiro Fábio Nogueira.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O caso mais recente aconteceu no município de Santo André, Cariri paraibano. Mesmo tendo sete contas rejeitadas pelo TCE e pela câmara, o ex-prefeito José Herculano Marinho conseguiu anular todas as ações do Poder Legislativo. O argumento utilizado por José Herculano foi o de que não houve o devido processo legal, ou seja, que o Legislativo não lhe deu direito à ampla defesa durante o julgamento das contas.

 

Fábio Nogueira declarou que, havendo discordância da Câmara com o parecer do TCE, ela emitirá um Decreto Legislativo com a decisão que será anexado ao processo do Tribunal de Contas. “Quando a Justiça Eleitoral solicitar alguma consulta, o que valerá é o decreto. Quando este não constar no processo, fazemos uma ressalva para que seja consultado o Poder Legislativo”, explicou.

Fonte: Correio da Paraíba

Temer teria usado de tráfico de influência para liberar outorga de rádio comunitária

MICHEL TEMER- JENIPAPONEWSO prefeito de Capivari Luis Donisete Campaci revela que quando deputado federal e presidente da Câmara Federal, o atual vice-presidente da República, Michel Temer, teria enviado um bilhete para o ministério das Comunicações solicitando urgência na liberação da Rádio R 107,9 da cidade de Rafard.

O prefeito conta detalhes do episódio, incluindo as idas e vindas do bilhete elaborado por Temer, e revela que por conta disso teria saído no mesmo dia com a portaria da liberação da rádio do Ministério.

O prefeito diz que o bilhete foi escrito por Sanchez, assessor de Temer. À época o ministério das Comunicações era da cota do PMDB. Campaci também revelou na ocasião do lançamento da rádio que o chefe de gabinete de um deputado federal do PR teria escrito o parecer que deveria ser feito pelo relator da comissão de Comunicação da Câmara Federal e que este assessor colocou uma data “mais antiga” no documento “porque esses pedidos são analisados com base na ordem cronológica”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
O relato do prefeito não deixa dúvidas de que houve claro favorecimento na outorga desta rádio. E a presença de um vídeo do atual vice-presidente Michel Temer na solenidade do evento, onde dá ao prefeito de Capivari o crédito pela concessão da rádio, reforçam este relato.

Temer aproveita para “lançar um abraço a todas as autoridades de Rafard, como o prefeito Márcio”. E também manda um abraço ao prefeito de Capivari, Luis Donisete Campaci, que foi “inclusive o portador deste pedido para a Rádio R FM. Ele que tem me prestado muitas atenções aí na região”.

Para Jerry de Oliveira, da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), o depoimento do prefeito de Capivari é uma prova contundente de favorecimento no processo de outorgas de rádio e é ainda mais grave porque “o prefeito é categórico ao dizer que a outorga foi uma troca pelo possível apoio a Michel Temer para deputado”.

Caricatura de Michel Temer: Netto
JenipapoNews