Arquivo da tag: indefinidas

Todas as chapas ainda estão indefinidas na Paraíba, diz Wilson Santiago

wilson-santiagoO presidente estadual do PTB, ex-senador Wilson Santiago, declarou, nesta segunda-feira (9), que a formação das possíveis chapas majoritárias do PSB e do PMDB para as eleições estaduais deste ano na Paraíba, com a escolha de seus respectivos nomes para o Senado, neste momento da pré-camapnha, é apenas “conversa fiada”.

Durante entrevista ao Correio Debate, da 98 FM, Santiago foi questionado se já não estava tarde para ele se definir como senador na chapa de Cássio Cunha Lima (PSDB), pois o mesmo espaço na aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) já teria sido prometido a Rômulo Gouveia (PSD) e na de Veneziano Vital do Rêgo (PmDB) destinado a Lucélio Cartaxo (PT); e disse que ainda tem tempo para se definir as coligações.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Apesar de acreditar que os nomes indicados não são os definitivos nas composições, Wilson Santiago disse que em nenhum momento recebeu convite para ser o senador na chapa de nenhum dos pretendentes ao Palácio da Redenção.

O petebista revelou que chegou a conversar pessoalmente com o governador Ricardo Coutinho, mas não chegou a receber nenhum chamado para a composição.

Já em relação ao PMDB, o ex-senador declarou que não recebeu sequer uma só ligação da cúpula do partido.

“Isso deve ser por conta do tamanho da minha insignificância”, brincou Wilson Santiago.

Roberto Targino – MaisPB

Municípios têm eleições indefinidas por pendência de candidatos na Paraíba

A situação de Coremas é parecida com a de Barra de Santana. A candidata Pâmella Sonnaly (PSD) conseguiu 100% dos votos válidos, 4.329 votos. No entanto, o outro concorrente, Antônio Lopes (PSDB), segundo o que foi divulgado pelo TSE 4.877 votos, que foram considerados como nulos pelo fato de ele ter tido a candidatura indeferida com base na Lei da Ficha Limpa. Lopes teve contas rejeitadas quando foi prefeito da cidade. O caso também está em análise no TSE.

Em Pedra Branca, a situação é diferente. O candidato Allan Feliphe (PR) entrou na disputa em substituição a Antônio Bastos (PMDB), mas ainda está aguardando que a Justiça Eleitoral análise o seu pedido de registro e por isso os votos dados a ele também foram considerados como nulos. Alan conseguiu no total 1.422 votos, já o candidato Anchieta Nóia (PTB) obteve 1.392 votos, 100% dos válidos, e foi declarado prefeito eleito.

De acordo com a Legislação Eleitoral, até que a decisão transite em julgado, isto é, seja definitiva, todos os candidatos têm o direito de concorrer às eleições. Porém, os votos dados aos candidatos que tenham pendência, serão considerado nulos e só serão transferidos se a candidatura for deferida em última instância. Segundo o TRE-PB, mais de 200 candidatos da Paraíba entraram na disputa com pendências.

G1PB