Arquivo da tag: inclusive

Congressistas eleitos são donos de 55 emissoras de rádio ou TVs, inclusive na PB

tassoHerdeiros de família com tradição na política, líderes evangélicos e empresários estão entre os 33 deputados federais e senadores eleitos que declararam ser proprietários de emissoras de rádio ou TV.

Levantamento feito pela Folha aponta que ao menos 55 concessões pelo país pertencem a políticos que vão tomar posse em 2015. Juntas, as rádios e televisões somam patrimônio de R$ 8,3 milhões.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entre elas, estão afiliadas das principais redes de TV do país. O deputado Sarney Filho (PV), por exemplo, declarou ter R$ 2,7 milhões em participação na TV Mirante, retransmissora da Globo no Maranhão. O ex-presidente Fernando Collor (PTB), reeleito ao Senado, é sócio da afiliada da Globo em Alagoas.

São sócios de afiliadas da Bandeirantes o senador eleito Tasso Jereissati (PSDB-CE) e a deputada Elcione Barbalho (PMDB-PA), ex-mulher do senador Jader Barbalho.

Na lista dos donos de rádios eleitos também estão Celso Russomanno (PRB-SP) e o ex-ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

O senador Aécio Neves (PSDB) declarou na eleição ser sócio em uma emissora de rádio que retransmite a Jovem Pan em Belo Horizonte.

Dois governadores eleitos também são sócios: Robinson Faria (PSD), que possui rádio no interior do Rio Grande do Norte, e o alagoano Renan Filho (PMDB), que declarou participação em outras duas.

O número de congressistas proprietários deve ser ainda maior, já que é comum o registro permanecer no nome de familiares ou laranjas.

Em 2011, cadastro do Ministério das Comunicações mostrou 56 congressistas como sócios ou com parentes no controle de emissoras.

A legislação diz que eleitos podem ser sócios de emissoras desde que não ocupem cargo na direção delas. Projetos em tramitação buscam proibir qualquer vinculação.

Para o professor de comunicação da Unesp Carlo Napolitano, o fato de a lei não permitir que políticos ocupem cargos na direção não impede, na prática, que eles tirem proveito eleitoral disso. “Ele pode usar do meio de comunicação para se favorecer com um serviço público”, diz.

Há ainda casos como o do atual deputado tucano Bonifácio Andrada (PP), que integra a Comissão de Comunicações da Câmara, que analisa pedidos de concessão.

O deputado Arolde de Oliveira (PSD-RJ) diz que impedir sócios de emissoras de se candidatar seria “discriminação”. “Se até analfabeto pode ser candidato, eu não posso por ter uma emissora?”, questiona. Reeleito, ele é sócio de uma rádio no Rio, mas diz que a empresa é de familiares.

O deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), sócio em duas rádios, diz que a internet mudou o cenário que esses meios costumavam ter. “Hoje os meios de comunicação são democráticos”, diz.

Folha de SP

Eleições podem acabar no 1º turno em 15 estados, inclusive na PB, apontam pesquisas

urnaUm levantamento entre as pesquisas de intenção de votos realizadas e divulgadas nos últimos dias aponta que as eleições em 15 estados brasileiros podem acabar ainda no primeiro turno, inclusive na Paraíba.

O Ibope apontou possibilidade de vitória logo no primeiro turno em locais como Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo, Acre, Amazonas, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Ceará, São Paulo, Minas Gerais e Paraíba. Por sua vez, o Vox Populi indicou que o Tocantins pode ter só um turno nas eleições de 2014. Institutos locais de pesquisa apontam que Maranhão e Piauí podem encerrar as eleições sem necessidade de 2º turno.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A última pesquisa do Ibope divulgada com intenções de voto na Paraíba aponta o candidato Cássio Cunha Lima (PSDB) na liderança com 47% das intenções de voto. Em segundo lugar está o governador e candidato a reeleição, Ricardo Coutinho (PSB), com 33%. O Candidato Vital do Rego tem 4%, Major Fábio (PROS) 1%, enquanto que Antônio Radical (PSTU) junto com Tárcio Teixeira (PSOL) somaram 1%.

Em São Paulo, o atual governador Geraldo Alckmin (PSDB) lidera com 47% das intenções de voto, contra 23% de Paulo Skaf (PMDB) e 7% de Alexandre Padilha (PT) segundo o Ibope. Os oito concorrentes de Alckmin, juntos, somam 33% das intenções de voto.

Ainda conforme o Ibope, no Amazonas, ex-líder do PMDB no Senado Eduardo Braga (PMDB) lidera com 52% das intenções de voto contra 24% de José Melo (Pros) e 3% dos candidatos Chico Preto (PMN) e Marcelo Ramos (PSB).

Já o Vox Populi aponta, atualmente, vitória do pemedebista Marcelo Miranda, no Tocantins, por 52% das intenções de voto contra 22% de Sandoval Cardoso (SDD), 2% de Ataídes Oliveira (Pros) e 1% de Joaquim Rocha (Psol). No Maranhão, o ex-presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Flávio Dino (PcdoB), conforme o instituto Data-M, aparece com 57,8% das intenções de voto contra 23,1% do senador Edson Lobão Filho (PMDB). Os outros quatro candidatos na disputa ao governo maranhense aparecem com menos de 1% das intenções de voto.

Nos outros estados, os líderes das pesquisas venceriam no primeiro turno se considerando apenas os votos válidos. Em Minas Gerias, por exemplo, Fernando Pimentel (PT) tem 37% das intenções de votos. Mas seus outros seis adversários, juntos, somam 30% das intenções de voto conforme o Ibope. Minas é o Estado com maior número de eleitores indecisos ou que votariam nulo nesse momento da eleição. Pelo levantamento Ibope, os votos brancos ou nulo somam 11%. Os indecisos somam 22%.

No Distrito Federal, a última pesquisa Ibope apontou que José Roberto Arruda (PR) estaria próximo de vencer no primeiro turno se conseguir crescer cerca de três pontos percentuais. Atualmente, Arruda tem 37% das intenções de voto, contra 39% dos outros cinco candidatos. Entretanto, a candidatura de Arruda foi indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ele depende de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) para concorrer.

Atrás de Arruda, o petista Agnelo Queiroz e Rodrigo Rollemberg (PSB) estão empatados com 16% das intenções de voto. Toninho do PSOL (PSOL) aparece em quarto com 4% das intenções de voto e o tucano Luiz Pitman, em quinto, com 3%.

 

IG

Rixa entre famílias deixa três pessoas feridas, inclusive uma idosa de 78 anos


O jovem Luiz Carlos Vieira da Silva, de 18 anos adentrou a residências da idosa Francisca Roque Félix, de 78 anos de idade, na noite do sábado (02), no bairro São Francisco, cidade de Cajazeiras.

O acusado estava com fortes sintomas de embriaguês e tinha uma rixa antiga com a família da idosa. Ele estava armado com um facão e chegou a atingir Francisca com golpes na cabeça, nos braços e pernas.

O jovem atingiu ainda duas pessoas que estavam na residência da aposentada. A vítima José Roberto Roque, de 28 anos foi atingido no braço esquerdo e Cícero Félix Rodrigues sofreu golpes nas pernas e nos braços.

Na residência ainda estava Carla da Conceição Oliveira, de 22 anos, que não saiu ferida. As vítimas foram socorridas pelo SAMU para o Hospital Regional de Cajazeiras.

Fonte: Diário do Sertão

Focando a Notícia

TCU ameaça suspender obra da Transposição do Rio São Francisco, inclusive na PB

 

TCU - Obras Transposição do Rio São Francisco
O Tribunal de Contas da União (TCU) verificou várias irregularidades nas obras de Integração do Rio São Francisco e ameaça suspender mais uma vez a o projeto de transposição na Paraíba, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte.
As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento. O relator da análise, o ministro Raimundo Carreiro constatou algumas falhas como fiscalização deficiente, alteração injustificada de quantitativos dos contratos, e providências inadequadas para evitar atrasos no andamento das obras.
O relator verificou que esses atrasos decorrem de paralisações indevidas das obras. E determinou ao Ministério da Integração Nacional que assegure que as empresas refaçam os serviços danificados.

Fonte: TCU
Focando a Notícia

Luigi pede para torcida vaiar, inclusive Abel, Edinho e Sobis

Luigi quer torcida vaiando Abel, Sóbis e Edinho (Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)

Amigos, amigos, negócios à parte. Este é o espírito do Inter para o confronto desta noite contra o Fluminense, às 21h50, no Estádio Beira-Rio. E se depender do presidente Giovanni Luigi, a trajetória vitoriosa de Abel, Edinho e Rafael Sobis na equipe colorada será “esquecida” por uma noite. Em busca da vantagem em casa, o dirigente quer os torcedores vaiando o time carioca durante toda partida.

– Os torcedores devem aplaudir somente a nossa equipe. Os outros são adversários, temos de vaiá-los, precisamos da classificação. É importante que o torcedor não caia em armadilha. O Fluminense deve ser vaiado o tempo inteiro. Tem que vaiar. Claro que um cumprimento respeitoso é natural, mas quando jogarmos lá no Rio de Janeiro não teremos nenhuma consideração da parte deles – afirmou Luigi em entrevista à Rádio Gaúcha.

Nesta quarta, os jornais de Porto Alegre estamparam um anúncio pago pelo Inter que diz: “Colorado, hoje é dia de decisão: somos nós ou eles. Não se iluda, o técnico e os jogadores do Fluminense vão tentar ficar com a nossa vaga. Por isso, aplauda somente quem veste a camisa vermelha e vai lutar até o fim para garantir a classificação do Inter. Contamos com o seu grito, do primeiro ao último minuto, para vencer mais essa batalha”.

Dorival Júnior ainda faz mistério sobre a escalação da equipe. Lesionado, D’Alessandrio não joga e Kleber ainda é duvida para a partida. O provável time do Inter: Muriel, Nei, Índio, Moledo e Kleber (Fabrício); Guiñazu, Sandro Silva, Tinga (Jajá) e Dátolo; Dagoberto e Damião.

Globoesporte.com