Arquivo da tag: inativas

Onze agências da Caixa na PB abrem no sábado (10) para saques em contas inativas do FGTS

(Foto: João Ricardo/G1)

Onze agências da Caixa Econômica Federal abrem no sábado (10) na Paraíba para atender os trabalhadores com direito a sacar o saldo de contas inativas do FGTS. Elas vão funcionar das 9h às 15h e apenas o público beneficiado nesta nova fase de saques vai ser atendido. Nesta quarta fase, têm direito a sacar os recursos de contas inativas os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro.

O prazo dos saques estava previsto para começar no dia 16, mas a antecipação foi anunciadas nesta terça-feira (6). Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada. A última fase de saques, que vai atender os nascidos em dezembro, está prevista para começar no dia 14 de julho.

Para continuar atendendo os trabalhadores que têm direito ao saque, todas as agências da Caixa no estado vão abrir mais cedo entre segunda-feira (12) e quarta-feira (14). O horário das 8h às 10h também vai ser exclusivo para atender este público.

Em João Pessoa, vão funcionar no sábado as agências Cabo Branco e Trincheiras, no Centro, Cruz da Armas e Epitácio. As agências Bayeux, na avenida Liberdade, e Santa Rita, na avenida Flávio Ribeiro Coutinho, são outras opções na Região Metropolitano. Em Campina Grande funcionam as agências Campina Grande, na rua Epitácio Pessoa, e Borborema, na avenida Presidente Getúlio Vargas. Também funcionam nas agências de Patos, no Shopping Guedes, Souza e Cajazeiras.

Quem tem direito

De acordo com a Medida Provisória 763/16, tem direito ao saque o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015. Antes da MP, o trabalhador somente poderia sacar caso permanecesse três anos fora do Regime do FGTS, em caso de aposentadoria, utilização para moradia, dentre outros.

Valores até R$ 1.500,00 podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cidadão. Para valores até R$ 3.000,00, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes CAIXA. Acima de R$ 3.000,00, os saques devem ser feitos nas agências CAIXA.

Para facilidade no atendimento, os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e Carteira de Trabalho, ou outro documento que comprove a rescisão de seu contrato. Para valores acima R$ 10 mil é obrigatória a apresentação de tais documentos.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

MP que libera contas inativas do FGTS precisa ser votada até o dia 1º de junho

O Congresso Nacional tem até o dia 1º de junho para votar a Medida Provisória 763/2016 – que libera o saque das contas inativas do FGTS – para que os nascidos entre setembro e dezembro possam ter direito ao benefício.
A votação da MP não poderá ser mais prorrogada e, considerando a atual crise política que paralisou os trabalhos do Congresso, é bastante possível que não ocorra a votação, segundo especialistas.

O pagamento das contas inativas teve início no dia 10 de março para os nascidos em janeiro e fevereiro.

33% dos paraibanos prejudicados

No caso da não ser votada a MP, a regra deixaria de valer, prejudicando 33% do total de paraibanos que têm direito ao saque das contas inativas do FGTS e que nasceram no período. De acordo com a Caixa Econômica Federal, 54.112 paraibanos que nasceram entre setembro e dezembro teriam direito ao saque do FGTS das contas inativas.

A MP tem força de lei e é válida por 60 dias, podendo ser prorrogada por igual período. No entanto, essa prorrogação só pode ocorrer uma vez. Por ter sido publicada em dezembro do ano passado, durante o recesso parlamentar, a MP só passou a valer a partir de fevereiro deste ano, tendo sido prorrogada uma vez. Assim, resta ser aprovada no plenário da Câmara e do Senado.

“O que se fala é em possibilidade, mas já estamos perto do fim de maio, ou seja, estamos muito próximos do prazo da votação. Os deputados e senadores estão bastante envolvidos nessa instabilidade política provocada pelas delações que citam o presidente e é possível que não haja a votação. Se isso ocorrer, a MP só poderá ser reeditada novamente em 2018”, explicou o economista Fernando Aquino, conselheiro do Conselho Federal de Economia (Cofecon) e doutor em Economia pela Universidade de Brasília (UnB).

Celina Modesto do Correio da  Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Agências da Caixa abrem neste sábado para saques das contas inativas do FGTS

(Foto: Iago Bruno/G1)

As agências da Caixa Econômica Federal (CEF) abrem neste sábado (13) entre 9h e 15h para atendimento exclusivo aos trabalhadores que pretendem sacar o dinheiro das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Veja aqui a lista das agências que abrirão neste dia.

Além dos saques, os clientes podem ir às agências neste sábado para tirar dúvidas, emitir senha do Cartão Cidadão e regularizar seus cadastros. Não é preciso estar dentro do calendário do mês de abril para comparecer à agência.

O terceiro lote do calendário de saques começou nesta sexta-feira (12) e vale para pessoas nascidas nos meses de junho, julho e agosto. Os trabalhadores com data de aniversário anterior a estes meses e que ainda não sacaram os recursos e que têm direito ainda podem fazer a retirada até 31 de julho, quando se encerra o calendário de saques.

Na segunda-feira (15) e na terça-feira (16), as agências da Caixa também abrem 2 horas mais cedo para atendimento exclusivo aos saques das contas inativas do FGTS, informou o banco.

Na véspera, as agências da Caixa tiveram filas em diversas cidadesbrasileiras, mesmo com a abertura antecipada de duas horas. Em São Paulo, a espera em uma agência na Zona Sul chegou a 2 horas e 30 minutos.

Desde o anúncio do saque das contas inativas, mais de 1,8 mil agências foram abertas em dois sábados: dias 18 de fevereiro e 11 de março. Os demais sábados em que agências abrirão serão dias 17 de junho e 15 de julho.

Os saques vão acontecer até o meio do ano. Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber.

Mais de R$ 16 bilhões sacados

A Caixa já pagou, até o dia 3 de maio, mais de R$ 16,6 bilhões em saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores nascidos entre janeiro e maio. O número de trabalhadores nascidos neste período que já sacaram alcançou 10,6 milhões de pessoas.

O valor sacado na primeira e na segunda fase do calendário equivale a 91% do total inicialmente previsto (R$ 18,1 bilhões) para as duas fases, e aproximadamente 84% dos trabalhadores (12,5 milhões) nascidos entre janeiro e maio, segundo a Caixa.

G1

Caixa abre mais cedo até quarta-feira para saque de contas inativas do FGTS

caixaDe hoje (10) a quarta-feira (12), todas as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo para o atendimento de trabalhadores que precisam sacar ou tirar dúvidas sobre as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

As unidades que normalmente começam a funcionar para o público às 11h vão operar a partir das 9h. As que abrem às 10h, atenderão a partir das 8h. As que normalmente começam as atividades às 9h, vão funcionar a partir das 8h, com fechamento uma hora mais tarde.

A orientação do banco é de que o trabalhador, ao procurar a agência, leve a Carteira de Trabalho e o termo de rescisão do contrato. Os que vão sacar no autoatendimento devem prestar atenção à mensagem que aparece no terminal, para o caso de ter mais de uma conta inativa.

Em todo o país, de acordo com a Caixa, são 3.412 agências com horário especial nestes primeiros dias da segunda etapa de pagamento. Não terão horários especiais os 837 postos de atendimento que ficam no interior de repartições públicas e as oito unidades móveis (caminhões), por não serem caracterizados como agência.

Desde sábado (8), 7,7 milhões de brasileiros nascidos em março, abril e maio podem sacar os recursos das contas inativas do FGTS. O valor total disponível para essa segunda fase chega a R$ 11,2 bilhões e equivale a 26% do total disponível. Esses trabalhadores têm até 31 de julho para fazer o saque, caso não recebam automaticamente em conta.

A Caixa lembra que apenas o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015 tem contas inativas aptas a serem sacadas.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mais de 3 milhões de trabalhadores já fizeram saques em contas inativas do FGTS

dinheiroNos primeiros sete dias após a abertura do calendário para saques de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), mais de 3 milhões de trabalhadores sacaram R$ 4,81 bilhões.

Os valores foram creditados diretamente nas contas correntes dos beneficiados ou sacados nas agências da Caixa Econômica Federal.

Desde o último dia 10, trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro que têm direito ao saque já podem receber os valores, depositados por empresas com as quais eles não têm mais vínculo.

A partir de 10 de abril, poderá sacar o dinheiro quem faz aniversário em março, abril e maio.

O prazo limite para saque vai até 31 de julho, de acordo com o calendário estipulado pela Caixa. O banco informou que já receberam os valores 3,28 milhões dos 4,8 milhões de trabalhadores que têm direito ao primeiro lote.

A estimativa é que eles saquem quase R$ 7 bilhões dos R$ 35 bilhões que, segundo as expectativas do governo, devem ser injetados na economia com a medida.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Dependentes podem sacar contas inativas de falecidos

Erik Salles | Ag. Servphoto
Erik Salles | Ag. Servphoto

Com a liberação dos recursos em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), famílias de trabalhadores que morreram antes da edição da medida podem sacar o dinheiro, informa a Agência Brasil.

Nesse caso, para ter acesso aos recursos, é necessário apresentar a carteira de trabalho do titular da conta, além da identidade do sacador ao solicitar o resgate junto à Caixa Econômica Federal.

Entre as pessoas que têm legitimidade sobre os bens do trabalhador que morreu, estão o cônjuge ou os herdeiros. Caso a família não tenha um inventário deixado pelo ente falecido indicando a divisão de bens, é preciso ir até o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e solicitar a emissão de uma declaração de dependência econômica e da inexistência de dependentes preferenciais.

Além disso, o INSS emite uma declaração de dependentes que podem receber a pensão por morte e que têm direito aos valores.

Também é necessário apresentar a identidade e o CPF dos filhos do trabalhador que forem menores de idade. Os recursos serão partilhados e depositados na caderneta de poupança desses dependentes, que só poderão acessá-la após completarem 18 anos.

Estadão

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Pessoa com mais de 70 anos já pode sacar dinheiro de contas inativas do FGTS

dinheiroPessoas com 70 anos ou mais já podem sacar o dinheiro de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse benefício aos idosos é previsto em lei e, portanto, neste caso, não é necessário respeitar o calendário divulgado pelo governo nesta semana para fazer a retirada dos recursos.

Ao todo, a lei prevê 17 hipóteses em que os saques das contas do FGTS, ativas ou inativas, são liberados, entre elas: trabalhadores ou dependentes portadores do vírus HIV; pessoas em tratamento contra o câncer; doentes em estágio terminal em razão de doença grave.

Veja ao final desta reportagem todas as 17 hipóteses em que os saques de contas do FGTS estão liberados e independem do calendário divulgado pelo governo nesta semana.

Calendário

Os saques, para quem tem menos de 70 anos, serão liberados a partir de 10 de março, mas haverá períodos específicos para que as retiradas sejam feitas, de acordo com a data de aniversário do trabalhador. O prazo para os saques termina em 31 de julho.

Uma conta inativa de FGTS é aquela que deixou de receber os repasses de uma empresa, porque o trabalhador, titular dessa conta, deixou o emprego. Mas não são todas as contas inativas que poderão ter os recursos sacados.

Segundo o governo, o trabalhador poderá retirar o dinheiro apenas daquelas contas do FGTS que se tornaram inativas até 31 de dezembro de 2015, ou seja, contas vinculadas a empregos dos quais a pessoa se desligou até essa data.

Portanto, contas que ficaram inativas após 31 de dezembro de 2015, ou contas ativas (vinculadas a empregos a que o trabalhador ainda está ligado), não poderão ter os recursos sacados.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Dinheiro de contas inativas do FGTS será isento de IR, diz Receita

fgtsO dinheiro de contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) liberado para saque este ano será isento de cobrança de Imposto de Renda, segundo a Receita Federal.

São R$ 43,6 bilhões em cerca de 49,6 milhões de contas inativas, segundo o governo, mas uma pessoa pode ter mais de uma conta inativa em seu nome. O pagamento será feito de 10 de março a 31 de julho.

O dinheiro do FGTS já é considerado rendimento isento para cobrança do Imposto de Renda, e para o recurso de conta inativa não será diferente.

Os contribuintes deverão informar os valores recebidos na declaração do Imposto de Renda de 2018, como “rendimentos isentos e não tributáveis”, de acordo com a Receita.

Veja como conferir se tem dinheiro para receber e saiba como e quando sacá-lo.

Quem pode sacar

Pode sacar o dinheiro de conta inativa o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Não pode sacar quem não tem dinheiro em contas inativas do FGTS ou deixou o trabalho a partir de 1º de janeiro de 2016.

Número importante

Antes de tudo, é preciso saber o número do PIS/Pasep ou o NIT (Número de Identificação do Trabalhador). O NIT é um código de identificação fornecido pela Previdência Social para quem não tem inscrição no PIS ou no Pasep –como o trabalhador doméstico, por exemplo.

Esses números podem ser localizados no cartão PIS/Pasep ou na carteira de trabalho. Se não encontrar, é possível ligar na Central de Atendimento da Previdência Social: telefone 135, funciona de segunda-feira a sábado, das 8h às 23h.

Como conferir se tem dinheiro no FGTS

– Aplicativo: aplicativo FGTS está disponível para download gratuito para celulares de qualquer sistema operacional: Android (na Google Play), iOs (na App Store) e Windows (na Windows Store).

– Pela internet: Pelo endereço www.caixa.gov.br/contasinativas

– Por telefone: 0800-726-2017

– Nas agências da Caixa: O trabalhador pode ir a uma agência da Caixa levando documento com foto, carteira de trabalho e o número do PIS/Pasep ou NIT. Consulte os endereços das agências no site http://zip.net/bntqZm (link encurtado e seguro).

Nesta semana, de quarta (15) a sexta-feira (17), todas as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo. Algumas agências também abrirão neste sábado (18), das 9h às 15h, e em outros quatro sábados: 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho. Para saber quais agências terão horário especial de funcionamento, consulte o site http://zip.net/bwtDmy (endereço encurtado e seguro).

Quando sacar

O saque deve ser feito de 10 de março até 31 de julho. Para evitar que muita gente vá ao mesmo tempo nas agências da Caixa Econômica Federal, foi definida uma ordem para os saques, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador:

Como sacar

Os trabalhadores terão quatro opções para receber os valores de contas inativas do FGTS, segundo o governo:

  • Crédito em conta (para clientes da Caixa)
  • Caixas eletrônicos (para valores até R$ 3.000)
  • Agências lotérias e correspondentes (para valores até R$ 3.000)
  • Agências da Caixa (também será possível transferir o dinheiro para outros bancos, sem custo).

A Caixa orienta que os trabalhadores consultem o site www.caixa.gov.br/contasinativas ou o 0800-726-2017 para serem informados sobre a melhor opção de pagamento antes de irem a um dos canais oferecidos.

O banco recomenda também que os clientes que serão atendidos nas agências, além dos documentos pessoais, apresentem a carteira de trabalho para agilizar o atendimento em caso de dúvidas, independentemente do valor de saque.

(Com Agência Brasil)

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Abril deve ser o mês com mais saques de contas inativas do FGTS, diz Caixa

caixaA maioria das pessoas que têm direito a sacar dinheiro de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderá retirar o valor em abril, informou nesta quarta-feira (15) o superintendente regional da Caixa Econômica Federal em São Paulo, Clayton Rosa Carneiro.

De todos os trabalhadores que podem sacar o benefício, 26% devem fazer a retirada em abril. Já o mês com a menor proporção é julho, com 8%.

Veja abaixo a proporção mês a mês:

Março: 16%

Abril: 26%

Maio: 25%

Junho: 25%

Julho: 8%

O mês em que o trabalhador tem direito a retirar o dinheiro de sua conta inativa do FGTS depende de sua data de nascimento (veja o calendário abaixo). Porém, não é necessário que o beneficiário retire a quantia apenas nesse mês, desde que não ultrapasse o prazo que vai até julho. Uma pessoa que tenha direito ao saque a partir de abril, por exemplo, poderia fazer a retirada também em maio, junho e julho.

Calendário FGTS (Foto: Arte/G1)

Calendário FGTS (Foto: Arte/G1)

Calendário

O governo divulgou nesta terça-feira (14) o calendário de saque das contas inativas do FGTS. A partir de março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro. De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados por trabalhadores.

Veja as datas para os saques:

Nascidos em janeiro e fevereiro: sacam a partir de 10 março

Nascidos em março, abril, maio: sacam a partir de 10 de abril

Nascidos em junho, julho, agosto: sacam a partir de 12 de maio

Nascidos em setembro, outubro, novembro: sacam a partir de 16 em junho

Nascidos em dezembro: sacam a partir de 14 julho

Saldo

Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber.

Como faço para consultar o meu saldo?

O trabalhador pode consultar o saldo pelo site da Caixa ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail.

No aplicativo, é preciso informar o número do NIT e a senha criada para o acesso pela internet. Se ainda não tiver senha, é preciso clicar em “Primeiro Acesso”.

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a senha do Cartão Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos seis meses.

O beneficiário pode ainda consultar seu extrato do FGTS presencialmente no balcão de atendimento de agências da Caixa. Também é possível ir a um posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão, desde que tenha em mãos a senha. Em caso de problema com essa senha, o trabalhador precisa comparecer a uma agência da Caixa para regularizá-la.

Posso optar por deixar o dinheiro do FGTS onde ele está? Ele continuará rendendo? Ou é mais vantajoso retirar?

Com rentabilidade inferior a outras aplicações consideradas conservadoras, especialistas dizem que é vantajoso para o consumidor sacar o FGTS para pagar dívidas ou buscar outras aplicações mais rentáveis.

O FGTS rende 3% ao ano mais a taxa referencial (TR), enquanto a poupança rende 6,17% ao ano mais a TR. Em 2016, o rendimento financeiro da poupança foi de 8,3%. Já o do FGTS foi de 5,01%, abaixo da inflação oficial de 2016, que foi de 6,29%.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Quase 164 mil trabalhadores na PB podem sacar FGTS de contas inativas

dinheiroO governo federal divulgou nesta terça-feira (14) o calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Na Paraíba, 163.977 trabalhadores poderão retirar o dinheiro, segundo levantamento da Caixa Econômica Federal.

Ainda de acordo com a instituição, no estado, está disponível para saques um saldo total de R$ 149.071.677,08. O pagamento começa no dia 10 de março e segue até 31 de julho. Nesse período, para atender melhor os trabalhadores, as agências do banco estarão abertas nos seguintes sábados: 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho. O horário vai das 9h às 15h.

Na Paraíba, a Caixa tem 45 agências, quatro postos de atendimento, 317 casas lotéricas, 174 correspondentes Caixa Aqui e dois postos de autoatendimento. Ao todo, são 350 equipamentos, terminais de Banco 24h e 72 da Rede Compartilhada com o Banco do Brasil.

Medida beneficia 30,2 milhões
De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados por trabalhadores. Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber. Cerca de 30,2 milhões de trabalhadores devem ser beneficiados em todo o país.

Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem tem saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. O trabalhador deve estar afastado do emprego pelo menos desde o fim de 2015.

Antes, só tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos. Agora, a pessoa que pediu demissão ou foi demitida por justa causa até 31 de dezembro de 2015 vai poder sacar o saldo que ficou na conta.

Veja as datas para os saques:
Nascidos em janeiro e fevereiro: sacam a partir de 10 março
Nascidos em março, abril, maio: sacam a partir de 10 de abril
Nascidos em junho, julho, agosto: sacam a partir de 12 de maio
Nascidos em setembro, outubro, novembro: sacam a partir de 16 em junho
Nascidos em dezembro: sacam a partir de 14 julho

Consulta pela internet
O trabalhador pode consultar o saldo pelo site da Caixa ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail.

No aplicativo, é preciso informar o número do NIT e a senha criada para o acesso pela internet. Se ainda não tiver senha, é preciso clicar em “Primeiro Acesso”.

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a senha do Cartão Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos seis meses.

O beneficiário pode ainda consultar seu extrato do FGTS presencialmente no balcão de atendimento de agências da Caixa. Também é possível ir a um posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão, desde que tenha em mãos a senha. Em caso de problema com essa senha, o trabalhador precisa comparecer a uma agência da Caixa para regularizá-la.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br