Arquivo da tag: importantes

Baixa umidade do ar: Cuidados importantes durante a prática de atividades físicas

Estamos vivendo períodos críticos com maior baixa da umidade relativa do ar, o que é preocupante porque tal condição climática provoca dificuldade em respirar, devido ao ressecamento das vias aéreas, dor de cabeça, cansaço prematuro e taquicardia. A umidade do ar é mais baixa principalmente no final do inverno e início da primavera, no período da tarde, entre 12 e 16 horas.

A umidade ideal para se exercitar, segundo a OMS, deve estar fica entre 40% a 70%. Abaixo dessa faixa ocorre um desconforto por causa da perda de líquido pelas células mucosas das vias aéreas e compromete não só a performance, mas a saúde do praticante.

Entre os principais cuidados, é essencial que o praticante de esporte seja orientado por um profissional e que acima de tudo, respeite seus limites individuais. “Costuma ser preocupante quando baixa a umidade relativa do ar, porque ela provoca o maior ressecamento das vias aéreas, potencializando o risco de infecções, alergias e desidratação”, explica a preparadora física Vanessa Menache, sócia-diretora da AV Treinamento Inteligente.

A preparadora física listou alguns cuidados simples a serem tomados para você treinar em baixa umidade do ar com tranquilidade:

– Mantenha o corpo hidratado durante a atividade física. Para isso, beba água antes, durante e depois dos treinos;

– Use roupas com tecidos leves transpiráveis;

– Evite treinar em ambiente não climatizado ou ao ar livre entre 10:00 e 16:00.

Treinamento Inteligente – Localizado no bairro do Itaim Bibi, na capital paulista, o espaço conta com um time de profissionais altamente qualificados e especializados em treinamento funcional embasados no Sistema Core 360.  O estúdio oferece aos seus clientes um programa de treino customizado por meio do relacionamento interdisciplinar e interação com os diversos profissionais da área da saúde como Medicina Esportiva, Nutrição, Fisioterapia e Terapeutas. Site: http://treinamentointeligente.com.br

 

Câncer de mama: cinco fatos importantes que todos devem saber

A­­­­­­ ingestão de verduras e frutas e praticar exercícios podem diminuir a incidência da doença

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são diagnosticados no Brasil cerca de 60 mil novos casos de câncer de mama por ano e aproximadamente 12 mil mulheres morrem em decorrência dessa doença. Motivado pelas altas taxas de incidência, que não param de crescer desde a segunda metade do século XX, o mês de outubro foi escolhido para serem realizadas atividades educativas e de prevenção para o câncer de mama, o chamado Outubro Rosa.

De acordo com Alfredo Barros, mastologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, a redução do número de filhos, a primeira gestação tardia e os curtos períodos de amamentação tornaram a mulher exposta a um maior número de ciclos menstruais e, consequentemente, a intenso e repetido estímulo hormonal estrogênico. “Esse estímulo promove a multiplicação de células mamárias, geneticamente modificadas, na direção do câncer. Além disso, a ausência de gestação implica que o tecido mamário deixe de receber proteção de certos hormônios da placenta como a gonadotrofina coriônica, que tornam as células da mama refratárias à lesão do DNA cromossomal, evento inicial do determinismo do câncer”, conta o médico.

Confira abaixo cinco fatos importantes relacionados à doença ressaltados pelo especialista:

Tendências: a obesidade, o sedentarismo, dieta gordurosa, ingestão alcoólica em excesso e a reposição hormonal prolongada na menopausa são condições que elevam o risco da incidência de câncer. “Pode-se diminuir a chance de formação do câncer de mama evitando estes fatores e aumentando a ingestão de verduras e frutas. Os vegetais contêm substâncias flavonoides, que dificultam a ligação dos estrogênios com proteínas receptoras no tecido mamário. Também é muito provável que agrotóxicos, pesticidas, poluentes orgânicos de diversos tipos e anabolizantes nos alimentos contribuam para a lesão no DNA e a proliferação celular”, afirma o mastologista.

A mamografia pode salvar vidas: para o diagnóstico na fase pré-clínica a mamografia é fundamental. Ela permite o reconhecimento de tumores a partir de 1 milímetro, muitos anos antes dele se tornar perceptível ao toque, por meio da identificação de sinais de suspeição, como microcalcificações ou pequenos nódulos. “Quanto mais precoce for o diagnóstico, maior será a chance de cura, menor a extensão da cirurgia e mais simples o tratamento complementar. Desde a primeira divisão celular anômala até um nódulo chegar a ser palpável com 1 centímetro, existe um intervalo aproximado de 10 anos. Se o tumor for descoberto nesse período, as possibilidades de cura oscilam ao redor de 95%”, ressalta o médico. A mamografia é indicada anualmente a partir dos 40 anos de idade, de acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) e pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

Quem tem caso de câncer na família, deve redobrar o cuidado: nas pacientes de alto risco familiar, a rotina do exame de mamografia precisa ser iniciada mais cedo, também com ultrassonografia e a ressonância magnética. “Geralmente solicita-se a mamografia nas pacientes de alto risco depois da idade correspondente a 10 anos antes quando foi diagnóstico o câncer na mãe ou nas irmãs, por exemplo”, conta o médico.

O autoexame não deixa de ser tão importante quanto a mamografia: o exame físico das mamas realizado pelo especialista permite o diagnóstico precoce de tumores a partir de 1 centímetro de diâmetro. “Já o autoexame das mamas, realizado pela própria paciente, todos os meses na semana após a menstruação, identifica nódulos geralmente maiores que 2 centímetros de diâmetro e deve ser ensinado e praticado especialmente para quem não tem acesso à mamografia. Tem a virtude de estimular a atenção com o próprio corpo e o autocuidado”, afirma Alfredo.

Não tenha medo: o receio das doenças, quando enfrentado com racionalidade, pode levar à uma atitude pragmática sadia e à adoção de medidas preventivas úteis. Ainda existe muita falta de informação. “Quando a mamografia é repetida anualmente o medo do câncer vai diminuindo porque a mulher sabe que depois de um exame normal qualquer anormalidade que surgir no próximo ano deverá ser muito inicial e, portanto, curável”, conta o mastologista.

A mama é órgão muito especial para a mulher. Mais do que fonte de nutrição para recém-nascidos, desempenha papel essencial para a autoestima e autoimagem. “Por isso, é possível uma mudança de hábitos para redução de risco e é muito importante o diagnóstico precoce para um tratamento altamente eficiente e geralmente não mutilante. Os próximos outubros serão certamente mais cor-de-rosa se recomendações simples como as aqui mencionadas forem seguidas por mais e mais mulheres”, finaliza o médico.

Sobre a BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo

A Beneficência Portuguesa de São Paulo agora é BP, um polo de saúde moderno e atualizado que valoriza a vida de todos e de cada um. Composto por 4 hospitais com foco em alta complexidade e que atendem diferentes perfis de clientes e outros 3 serviços que contemplam medicina diagnóstica, atendimento ambulatorial e educação e pesquisa, a BP compreende mais de 220 mil m² construídos, 7.500 colaboradores e 4.500 médicos distribuídos em 8 edifícios e cerca de 50 clínicas nos bairros da Bela Vista, onde são concentrados os serviços privados, e da Penha, onde são oferecidos os serviços para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O polo de saúde é composto pelo Hospital BP, referência em casos de alta complexidade, pronto-socorro geral e corpo clínico especializado para clientes de planos de saúde e particulares; pelo BP Mirante, hospital que oferece um corpo clínico renomado, pronto atendimento privativo, hotelaria personalizada e cuidado intimista para clientes particulares e de planos de saúde premium; pelo BP Essencial, hospital que tem foco na qualidade assistencial e oferece acomodações compartilhadas para clientes de planos de saúde básicos e particulares; pelo BP Hospital Filantrópico, que oferece cuidado humanizado e eficaz para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS); pela BP Medicina Diagnóstica, um completo e atualizado centro de diagnósticos e de terapias, que oferece exames laboratoriais, de imagem, métodos gráficos e de todas as outras especialidades diagnósticas; pelo BP Vital, um conjunto de iniciativas da BP com foco em promoção de saúde por meio do cuidado integral, num um olhar atento e acolhedor da instituição para fora dos seus muros, contribuindo para a melhoria das condições de saúde da população como um todo; e pela BP Educação e Pesquisa, tradicional formadora de profissionais de saúde que capacita profissionais por meio de cursos técnicos e de pós-graduação, residência médica, eventos científicos e é responsável por gerenciar mais de 100 estudos e pesquisas na área da saúde com o intuito de contribuir para a evolução da Medicina no País.

LLYC – LLORENTE & CUENCA

 

 

Entenda por que os links externos são importantes para um site

Muitas empresas que procuram alguma agência de consultoria SEO ainda ficam meio perdidas quando o assunto são os fatores de rankeamento do Google. Existem diversos fatores e ninguém — de fora do Google — sabe nomear todos.

No entanto, através de testes, podemos observar quais ações são mais efetivas para, assim, focar nelas. Nesse cenário, é interessante se aprofundar em cada uma delas.

Por isso, vamos explicar um pouco mais sobre um dos fatores que auxiliam no bom posicionamento de sites, os links externos. Eles são responsáveis por diversos fatores de avaliação e também podem prejudicar o rankeamento do seu site. Veja só!

O que são os links externos?

Os backlinks são links externos de um página, postados em outros sites. Esse tipo de estratégia promove o aumento — ou diminuição —  de dois dos principais fatores do Google, conhecidos como Page Authority e Autoridade de domínio.

Geralmente, os backlinks são postados em conteúdos, produzidos por especialistas em SEO e postado em diversos sites. Essa estratégia é conhecida como Link Building e é uma das frentes do processo de otimização de sites para o melhor rankeamento da busca orgânica.

No entanto, a postagem destes links não podem ser feita de forma aleatória, já que a autoridade de domínio tem extrema importância para o Google. Por isso, é necessário que um profissional qualificado realize todo o processo, para garantir que seu site não seja penalizado.

O que é autoridade de domínio?

Autoridade de domínio é o nome que se dá à métrica do Google, avaliada de 0 a 100. Quanto maior avaliado o seu site, mais chances ele possui de aparecer entre as primeiras posições nos motores de busca.

Quando um link externo é postado em outro site, uma porcentagem do domínio é transferida para ele, agregando mais valor perante o Google. A essa autoridade, chamamos de Link Juice. Mas, não é tão fácil assim! O Link Juice é dividido entre todos os outros links que estão no site e, nem sempre pode ocorrer.

Existem dois tipos de links externos. São eles:

  • Dofollow: agregam a autoridade do site em que foi postado,
  • Nofollow: não agregam a autoridade do site em que foi postado.

Alguns sites não permitem que links dofollow sejam postado —  o Facebook é um deles — e, por isso, nem sempre a autoridade de domínio é transferida. Por isso, é válido lembrar que em relação ao links externos, qualidade é a prioridade, ao invés da quantidade.

Também é muito importante ressaltar que links nofollows não têm Link Juice, mesmo que sejam postados em sites com autoridades de domínio alta. Neste sentido, é bom entender um pouco de HTML para saber de qual maneira o link será postado.

Como saber se um site é bom para postar meus links?

Além da autoridade de domínio, diversos outros fatores devem ser olhados com atenção na hora e analisar um site para fazer a postagem do seu link. Esses pontos também são ligados aos fatores de rankeamento do Google e, caso não sejam bem avaliados, podem prejudicar —  e muito — o seu site.

Sites com pouco conteúdo escrito, muitas imagens e más configurações de HTML não são tão recomendados para o Link Building. Geralmente, esses sites são penalizados pelo Google e podem acabar diminuindo a autoridade do seu link.

Sites com conteúdos adultos, muitos banners e janelas pop-up também podem ser nocivos para o seu site. Por isso, tenha bastante atenção antes de cometer qualquer erro.

E lembre-se do mais importante! Sempre que for postar um link externo em outro site, produza um conteúdo original e exclusivo. O Google também penaliza conteúdos duplicados e além de desindexar sua páginas, poderá prejudicar o site no qual a postagem foi feita!

Por isso, se você deseja melhorar autoridade de domínio do seu site, procure as ferramentas que analisam outros sites e não perca tempo postando links em páginas aleatórias!  Antes de tudo, analise e, assim, você irá garantir resultados muito melhores.

 

Conteúdo Gear SEO

 

 

Quando a falta de dinheiro emperra decisões importantes da vida

DinheiroPara muitos de nós a lista de tarefas de amanhã parece ficar cada vez mais extensa.

Segundo uma pesquisa do Instituto Americano de CPAs, 51% dos norte-americanos atrasam boa parte das decisões importantes de suas vidas por causa da ansiedade – um enorme aumento do nível pré-recessão, de 31%, em 2007.

O ensino superior lidera o quadro dos itens mais impactados: 24% das pessoas adiam o início da faculdade devido a preocupações financeiras.

Outros 22% tiveram que adiar o sonho de comprar uma casa no ano passado, enquanto 19% decidiram abrir mão de um procedimento médico caro e 18% abandonaram temporariamente seus planos de aposentadoria. A vida familiar também foi afetada: 12% decidiram deixar mais para frente seus casamentos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A falta de poupança é o principal motivo (citado por 60% dos entrevistados) para o adiamento de planos, seguido por preocupações sobre a economia dos EUA, pela dificuldade de pagar as contas, por necessidade de cuidar dos pais ou de outros parentes, ou ainda por preocupações com as dívidas de cartão de crédito.

Ernie Almonte, presidente da Comissão Nacional CPA Financial Literacy do AICPA, acredita que a recessão também ensinou duras lições.

“Quando você olha para o passado, começa a ver que o que eles experimentaram – seus pais e amigos perderam casas ou trabalhos e muita gente pediu falência de tão endividadas que estavam. As pessoas estão olhando para as coisas agora e dizendo: ‘Eu não tenho poupança suficiente para isso’ ou  ‘vou deixar isso de lado durante um ano ou dois até que eu volte a estar financeiramente estável.'”

Outro dado importante da pesquisa: a grande maioria (85%) dos entrevistados disse ter feito mudanças positivas em seu comportamento financeiro desde a recessão, como apertar e seguir à risca o orçamento do mês, aumentar a taxa de poupança e colocar mais dinheiro em um fundo de emergência .

E, apesar de 13% dos entrevistados estarem adiando o plano de ter filhos, as taxas de natalidade dos EUA estão aumentando ligeiramente pela primeira vez em sete anos, sugerindo um cenário econômico mais otimista.

Se preocupações com falta de dinheiro estão invadindo suas madrugadas, verifique quais são seus medos financeiros mais comuns e aprenda a bani-los.

 

 

ivie

Cássio critica adesão das oposições a Ricardo, mas afirma que foram importantes para vitória do socialista

Foto: Paraibaonline
Foto: Paraibaonline

O senador Cássio Cunha Lima, (PSDB),  candidato ao Governo do Estado nas eleições desse ano, criticou a adesão de vários partidos de oposição ao atual Governador, mas admitiu que essa união foi importante para que Ricardo Coutinho fosse reeleito. “Como é  que esses partidos passaram quatro anos na oposição e agora, há vinte dias do pleito, decidem apoiar o Governo”? indagou o senador.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Cássio destacou que o apoio do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, do seu irmão, Lucélio Cartaxo foi de fundamental importância para reeleição de Ricardo Coutinho em João Pessoa, da mesma forma como aconteceu com Efraim Morais, e os deputado Efraim Filho, Manoel Júnior além de outras lideranças políticas no interior do Estado.

 

Entre as dificuldades para vencer as eleições, Cássio Cunha Lima destacou que teve que enfrentar as ‘três máquinas públicas’: Estado, município e o Governo Federal, “mas quero agradecer a todo a Paraíba por esse um milhão de votos, que eu considero com um milhão de amigos”, destacou.

Paulo Cosme

Congresso deixa de votar projetos importantes para o país

O Legislativo encerrou o ano sem avançar em projetos considerados fundamentais para o país. Para alguns parlamentares, a culpa foi do período eleitoral, que esvaziou o Congresso. Para outros, o insucesso de algumas matérias passa longe das eleições: tem a ver com a falta de consenso e de empenho do governo para garantir as votações.

A relação de propostas legislativas importantes paradas é grande. Projetos que tratam de reforma política e tributária foram os mais citados entre os parlamentares ouvidos pela Agência Brasil.

Para o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), a não votação do Fundo de Participação dos Estados (FPE) tornou-se um problema. Em 2010, o STF julgou inconstitucional a regra de partilha do FPE entre os estados e determinou ao Congresso que aprovasse outra até 31 de dezembro de 2012. “Foi o maior mico do Congresso não cumprir o prazo determinado pelo Supremo Tribunal Federal”, criticou

O FPE é uma parcela das receitas federais repassada aos estados. Cabe à Secretaria do Tesouro Nacional efetuar as transferências, calculada pelo Tribunal de Contas da União com base na população apontada pelo IBGE. O fundo é formado por  21,5% de tudo o que o governo federal arrecada com o Imposto de Renda e com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

“Continuamos com o sistema em que o Congresso repercute a pauta do Executivo. Não constrói uma pauta própria e fica como votador de medida provisória”, disse Randolfe.

O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), destacou que, desde o Plano Real, não houve nenhuma reforma estrutural no país. “Não avançamos, mas o governo não tem do que se queixar, porque aprovou tudo que quis. Todos os projetos e medidas provisórias de interesse passaram”.

Segundo o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), apesar de serem temas importantes, a falta consenso trava essas votações. “Eu aprendi uma coisa quando fui governador e prefeito. Matérias polêmicas, você tem que resolver no primeiro ano de governo, se não, fica difícil. Mesmo havendo decisão política, como foi no caso dos royalties, não é da noite para o dia que a coisa se resolve, a briga continua”, ponderou.

Na avaliação de Braga, no caso da reforma política, em pelo menos três pontos – o fim das coligações proporcionais, o financiamento público de campanha e a unificação das eleições – poderia haver entendimento. “O problema é quando você fala em fim das coligações partidárias, por exemplo, os partidos pequenos se rebelam. Eles talvez não tenham voto para derrubar, mas têm voto para atrapalhar”, explicou.

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), lamentou a falta de acordo para a votação do projeto que trata do fim do fator previdenciário. “Já votamos isso há três ou quatro anos atrás, mas depois foi vetado porque não foi construído o entendimento. A idéia agora não é apenas votar por votar. É votar uma matéria acordada, negociada e que possa se transformar efetivamente em realidade”, disse.

Também não avançaram outros projetos de lei considerados importantes ou polêmicos, entre eles, os que tratam da Lei Anticorrupção, com punições às empresas favorecidas por desvios de recursos públicos; dos royalties do minério, com revisão da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem); da renegociação da dívida dos estados com a União; do Marco Civil da Internet; e do que criminaliza a homofobia no país.

Agência Brasil

Com desfalques importantes, Bahia e Atlético-MG duelam em Salvador

Bahia e Atlético-MG fazem nesta quarta-feira, em Pituaçu, o confronto dos remendados. Com desfalques importantes, as duas equipes se enfrentam pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro em meio a estreias, improvisações e muita expectativa de que ausências como as de Gabriel, Ronaldinho Gaúcho e Réver não prejudiquem o espetáculo.

Do lado do Bahia, o lateral Jussandro é desfalque certo. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo no triunfo sobre o São Paulo, no último final de semana, e está suspenso. No lugar do ala, o técnico Jorginho deve utilizar o recém-contratado Romário, que chegou ao clube na segunda-feira e pode ter a chance de estrear pelo Tricolor.

Além de Jussandro, o técnico Jorginho tem outro problema para armar o time tricolor. O meia Gabriel sentiu dores na coxa no treino que encerrou a preparação para o duelo contra o Galo e virou dúvida para a partida. A suspeita é de que o jogador sofreu um estiramento muscular.

Apesar dos desfalques, Jorginho tem a vantagem de viver um bom momento no Brasileirão. Sob comando do treinador, o Bahia encerrou o jejum de 77 dias sem triunfos em casa e se afastou um pouco da zona de rebaixamento. O discurso do time, no entanto, continua o de atenção máxima. Tudo para tentar a terceira vitória seguida na Série A, feito que o Tricolor não alcança desde 2001.

O Atlético-MG, por sua vez, tem quase meio time de desfalques, quatro deles confirmados. Na zaga, Réver está à disposição da Seleção Brasileira. Junior Cesar está suspenso. Ronaldinho Gaúcho, que vem sendo o maestro do time, mas que foi parado pela eficiente marcação do Corinthians no último final de semana, também tomou o terceiro amarelo. No ataque, Jô teve um estiramento muscular confirmado, sem previsão de volta. Danilinho, com dores na coxa, é dúvida.

Além disso, o Galo vive o momento de maior instabilidade no Brasileirão. Com três jogos sem vencer (dois empates e uma derrota), os comandados de Cuca esperam que a reação se dê diante o Bahia, apesar da promessa do Pituaçu lotado. Mesmo com o jejum de vitórias, o Galo se mantém na ponta da competição, com 44 pontos, mesma pontuação do Fluminense. Os mineiros, porém, têm uma vitória a mais, além de um jogo a menos.

A partida terá início às 19h30m (horário de Brasilia) e será transmitida pelo canal PFC, através do sistema pay-per-view. O GLOBOESPORTE.COM também acompanha o duelo em tempo real, com vídeos exclusivos, a partir das 19h.

header as escalações 2

Bahia: com pouco mais de uma semana no Bahia, o técnico Jorginho começa a dar uma nova cara ao time tricolor. Para enfrentar o Galo, o treinador não poderá contar com o lateral Jussandro, que está suspenso. Recém-contratado, Romário deve ser a opção para a equipe titular. No meio, Gabriel é dúvida. O jogador reclamou de dores na coxa direita no treino da última terça-feira e tem participação incerta no duelo com o Atlético-MG. O Bahia deve ser escalado com Marcelo Lomba; Neto, Titi, Danny Morais e Romário; Fahel, Hélder, Diones e Gabriel (Lulinha); Zé Roberto e Souza.

Atlético-MG:  mesmo com vários desfalques, Cuca não deverá surpreender na hora da escalação. Na zaga, entra Rafael Marques no lugar de Réver. Pelo lado esquerdo, Richarlyson substitui Junior César. Na vaga de R49, entra Guilherme. Confirmada a ausência de Danilinho, Serginho e Escudero são as opções. No ataque, Leonardo entra na vaga de Jô. O provável Galo: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rafael Marques e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Danilinho (Escudero ou Serginho), Guilherme e Bernard; Leonardo.

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Bahia: o lateral Jussandro e o meia-atacante Jones Carioca estão suspensos. Machucado, Ávine continua vetado pelo departamento médico. Outro desfalque é Coelho, que voltou a treinar, mas ainda não está à disposição do técnico Jorginho.

Atlético-MG: Réver, Junior Cesar e Ronaldinho Gaúcho, suspensos. O primeiro ainda está com a Seleção Brasileira. Jô está lesionado.

header pendurados (Foto: ArteEsporte)


Bahia:
Gabriel, Kleberson e Souza

Atlético-MG: Junior Cesar, Leandro Donizete, Leonardo Silva, Rafael Marques e Richarlyson

header o árbitro (Foto: ArteEsporte)

Pablo dos Santos Alves (ES) apita a partida, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (ES) e Rogério Pablos Zanardo (SP). Pablo Alves arbitrou cinco jogos no Brasileirão, marcou 179 faltas (média de 35,8 por jogo), aplicou 29 amarelos (média de 5,8 por jogo), um vermelho (média de 0,2 por jogo) e nenhum pênalti. O campeonato tem média de 4,9 amarelos, 0,28 vermelho, 36,5 faltas e 0,23 pênalti. O árbitro apitou um jogo de cada equipe na Série A deste ano: Bahia 0 x 0 Corinthians, pela 13ª rodada, Atlético-MG 1 x 0 Coritiba, pela 15ª rodada.

header fique de olho 2
Bahia:
O goleiro Marcelo Lomba é um dos grandes destaques do Bahia na Série A. Com defesas importantes, o jogador se tornou ídolo da torcida e garantiu pontos importantes para o time tricolor na competição.

Atlético-MG: Leonardo. Esta será a primeira oportunidade que o jogador, recém-contratado junto ao Coritiba, terá de atuar como titular desde o início de uma partida. Resta ver como ele atuará em um esquema tão bem encaixado como o de Cuca, principalmente com os desfalques do meio, setor que ajuda o titular Jô na função do ataque.

header o que eles disseram

Gabriel, meia do Bahia: “Nossa responsabilidade não diminui por conta dos desfalques do Atlético-MG. Quem entrar no lugar deles vai tentar dar conta do recado. Além disso, eles têm um grupo muito forte. Vai ser um jogo duro”.

Cuca, técnico do Atlético-MG: “Um jogo que temos muitas baixas, algumas por suspensão, e o Jô machucado, quatro jogadores fora. E provavelmente o quinto. O Danilinho está acusando uma dor. Então, é o que sempre falei: é se fazer força de grupo, porque é um campeonato difícil. O Bahia tem um bom time. Venceu o Santos lá, 3 a 1, o São Paulo aqui”.

header números e curiosidades

* O Bahia não vence o Atlético-MG desde 2002, quando bateu o Galo na Fonte Nova pelo placar de 5 a 3.

* Neste ano, Atlético-MG e Bahia se enfrentaram no Independência, em Minas Gerais, pela 3ª rodada da Série A. A partida terminou com o placar de 1 a 1, único empate do Galo em casa no primeiro turno do Brasileirão.

* O Atlético-MG ganhou a fama de visitante indigesto na Série A. Das 10 partidas longe de casa, o Galo obteve cinco triunfos, três empates e duas derrotas, aproveitamento de 60%.

* O Bahia tem o terceiro pior ataque da Série A com apenas 19 gols marcados, média inferior a um tento por partida. O desempenho ofensivo do Tricolor só é superior ao do Sport (16 gols) e Palmeiras (18 gols).

*Já o Atlético-MG possui o melhor ataque do Campeonato Brasileiro. Foram 35 gols marcados em 20 partidas, média de 1,75 por jogo.

header último confronto v2

  Bahia e Atlético-MG se enfrentaram pela última vez no dia 6 de junho deste ano, em partida disputada no estádio Independência, em Minas Gerais, pela 3ª rodada da Série A. O duelo terminou com o placar de 1 a 1, gols de Jô para o Galo e Fahel para o Tricolor. O time mineiro foi escalado com Giovanni; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Junior César; Pierre, Bernard (Mancini), Richarlyson e Escudero (Juninho); Danilinho (Paulo Henrique) e Jô. Já o Bahia entrou em campo com Omar; Fabinho, Danny Morais, Titi e Ávine; Diones, Fahel, Zé Roberto (Lulinha) e Gabriel; Diego (Junior) e Jones (Ciro).

Globoesporte.com

Adepdel comemora posse de delegados de carreira em importantes cargos na Segurança

A diretoria da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraíba (Adepdel) esteve presente na solenidade de posse dos novos auxiliares da secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, na noite desta sexta-feira (3), na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), em Mangabeira. Na oportunidade, foram empossados o secretário executivo da pasta, Jean Francisco Bezerra Nunes; a delegada geral de Polícia Civil, Ivanisa Olímpio de Almeida, e o adjunto da Delegacia Geral, André Luís Rabelo de Vasconcelos.

Também tomaram posse o delegado Regional de Campina Grande, Marcos Paulo dos Anjos Vilela; o gerente Executivo de Inteligência, Rodolfo Rafael Santa Cruz, e o delegado titular do Grupo de Operações Especiais (GOE), Cristiano Jacques de Lima Araújo.
De acordo com o presidente da Adepdel, Cláudio Lameirão, a posse dos novos auxiliares da Segurança Pública e Defesa Social representa um marco para toda a categoria dos delegados e um reconhecimento por parte do Governo do Estado aos bons serviços prestados pela Polícia Civil. “São alguns dos melhores nomes que temos, e quem vai sofrer as consequências dessas mudanças é a criminalidade organizada. Tenho absoluta certeza que num prazo curto os índices de criminalidade em nosso Estado vão melhorar substancialmente. São pessoas extremamente capacitadas, selecionadas a dedo pelo governo, e nós temos certeza de que quem ganha com essas mudanças é a população”, comentou.
O novo secretário executivo da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Bezerra Nunes, comemorou o fato de um delegado de carreira assumir o segundo posto mais importante da segurança pública do Estado. Segundo ele, é a concretização de uma carreira de oito anos na Polícia Civil galgada através da participação em outros cargos importantes, a exemplo das gerências do Grupo de Operações Especiais (GOE) e do Centro de Inteligência.
“Recebi essa indicação com muita alegria, mas, também tenho a consciência de que ela representa uma carga de responsabilidade muito grande. A Polícia Civil fica feliz com esse reconhecimento. Mas, o fato é que mesmo sendo delegado de polícia de carreira, essa função que passo a assumir hoje é macro, ou seja, teremos que focar os olhos não só para Polícia Civil, mas para todos os órgãos operativos, como a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, o sistema de Perícia, entre outros que trabalharão integrados durante as operações. E esta é a nossa meta!”, disse Jean Francisco.

Primeira mulher na Delegacia Geral

A delegada Ivanisa Olímpio de Almeida foi empossada como a primeira mulher na história à frente da Delegacia Geral de Polícia Civil da Paraíba. Ela, que também recebeu o título de presidente do Conselho Superior de Polícia, afirmou que a indicação é um reconhecimento do Governo do Estado aos 30 anos de bons serviços prestados ao serviço público.
“Fiquei muito feliz com essa indicação. É uma conquista da mulher paraibana em si, mas também uma quebra de paradigmas, porque esse cargo sempre foi exercido por indicação política e hoje passa a ser exercido por uma pessoa que não é política, mas que tem 33 anos e sete meses de vida profissional e muita dedicação a Polícia Civil da Paraíba”, comentou.
Durante a transmissão do cargo, o ex-titular, delegado Severiano Pedro, foi homenageado pelos bons serviços prestados à frente da Delegacia Geral de Polícia Civil. Ele agradeceu a oportunidade ao governador Ricardo Coutinho e parabenizou os colegas pelo empenho e a parceria durante as operações realizadas. “Agradeço demais a todos vocês [delegados] pela colaboração ao longo dos anos. Foi uma dádiva de Deus completar 30 anos de serviço público a frente da Delegacia Geral. Obrigado!”, disse Severiano.
Em seguida, também tomou posse o delegado adjunto da Delegacia Geral, André Luís Rabelo. Segundo ele, é um novo momento que se inicia em sua carreira. “O interessante é que nós chegamos com a vontade redobrada de trabalhar, de continuar o projeto que vem sendo implantado pela Secretaria de Segurança e Defesa Social, que nós já vínhamos desempenhando em outras localidades como Catolé do Rocha e Campina Grande. Então é importante pela vontade de prestar um melhor serviço de segurança a sociedade”, comentou.

Mudanças para melhor

Por sua vez, o governador Ricardo Coutinho disse que a posse dos novos auxiliares representa a vontade de melhorar as ações integradas de segurança pública com o objetivo de garantir a tranquilidade para a população. “São mudanças normais, de quem busca se aperfeiçoar e cumprir as metas. Estamos fazendo vários remanejamentos em busca de melhorar a qualidade da nossa segurança. Eu tenho a absoluta certeza de que a Polícia Civil e a secretaria deverão funcionar de uma forma cada vez mais articulada e com uma maior agilidade, o que é fundamental”, disse.
O governador também destacou a importância da posse de uma mulher na Delegacia Geral de Polícia Civil. “A doutora Ivanisa tem uma carreira de mais de 30 anos na Polícia Civil, o que já é um requisito fundamental, além disso, ela exerce uma liderança natural perante os colegas. Também é importante compreender que hoje não existe qualquer tipo de diferenciação, ou seja, o que o homem pode fazer, a mulher também pode, o Brasil é governado por uma mulher, e a Polícia Civil hoje passa a ser governada por uma também. Então cada vez mais isso é bom para a sociedade. Além disso, leva-se em conta a experiência e a capacidade”, concluiu.

Continuidade das ações

Já o secretário de Estado da Defesa e Segurança Social, Cláudio Lima, comentou que a chegada dos novos auxiliares representa a continuidade do bom trabalho que vem sendo realizado na área de segurança no Estado da Paraíba. “Fico muito feliz em ver delegados competentes ocupando novas responsabilidades em suas carreiras. Lembrem-se todos que os cargos ocupamos tem um sentido essencial, que é a missão de servir a população de forma corajosa, destemida, e combativa”, frisou.
O evento contou com a presença da primeira dama do Estado, Pâmela Bório, do comandante Geral de Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller de Assis Chaves, do comandante Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Jair Carneiro de Barros, delegados regionais de todo o Estado, secretários do governo, entre outras autoridades.

Assessoria

Conheça algumas dicas importantes sobre higiene íntima feminina

Higiene íntima feminina é um assunto delicado, mas sério. Nem todas as mulheres, porém, sabem como fazer isso corretamente. Há dúvidas sobre qual tipo de sabonete usar, como secar a região e até sobre se, na hora de dormir, deve-se deixar de lado a calcinha ou não.

Além de reduzir a ocorrência de odores desagradáveis, a higiene íntima adequada previne corrimentos, lesões vaginais e na vulva, além de doenças mais graves. Deixando a vergonha de lado, a mulher deve sim, buscar informações sobre como fazer a própria higiene íntima. E deve passar isso adiante, ensinando às próprias filhas como fazê-lo.

Pensando nisso, a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) elaborou um guia de condutas sobre a higiene íntima das mulheres, preparado após a revisão de cerca de 120 artigos científicos. Segundo a entidade, o ginecologista é sempre a melhor pessoa para responder a qualquer dúvida sobre esta questão.

A ginecologista Rosa Maria Neme, do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, ensina: a mulher deve, no banho, aplicar uma quantidade pequena de sabonete íntimo na vulva, esfregar bem e depois enxaguar bastante. Para secar a região, basta usar uma toalha comum, seca e limpa.

“Se possível, é recomendável secar os pelos pubianos com secador de cabelos. Isso diminui a umidade na base do pelo”, recomenda a ginecologista.

Novidade dos últimos anos, os sabonetes íntimos geram dúvidas sobre qual tipo é o melhor e se devem realmente ser utilizados. Rosa Maria explica que, sim, o sabonete íntimo é indicado. Ele tem em sua formulação o ácido lático, que melhora o pH vaginal, fazendo com que a vagina se torne um ambiente inóspito para bactérias e outros agentes prejudiciais à saúde.

Mas limpeza deve vir acompanhada de outros cuidados. Roupas apertadas aumentam o calor e a umidade no local, o que pode favorecer ocorrências de infecções vaginais ocasionadas por fungos e bactérias. Uma das consequências é a candidíase, doença causada pelo fungo Candida albicans.

A ginecologista Viviane Monteiro indica as melhores roupas para evitar doenças: “O ideal é usar roupas mais largas, preferir calcinhas de algodão e evitar roupas sintéticas e roupas de ginástica fora do período de atividade física”. Dormir sem calcinha é outra atitude que ajuda a evitar problemas na região, diz a especialista.

Os cuidados com a região íntima feminina valem também para as idosas. Nesse momento, é ainda mais indicado procurar a ajuda de um médico para receber orientações.

“As recomendações para idosas são as mesmas, mas elas precisam de uma avaliação e orientação individualizada, pois a mudança do PH vaginal pode influenciar no aparecimento de infecções oportunistas na terceira idade”, diz Viviane.

[B]Veja as dicas do Guia de Condutas sobre Higiene Íntima Feminina da Febrasgo:[/B]

– Ao escolher o sabonete íntimo, prefira os hipoalergênicos. Eles são mais apropriados para a higiene íntima, porque foram testados para essa finalidade, reduzindo a chance de alergias

– Sempre seque bem a região após o banho. Isso evita a proliferação de bactérias, fungos e vírus

– Use roupa íntima de algodão. Elas favorecem a ventilação da área

– Durante o período menstrual, faça a higiene do local com mais frequência

– Após lavar, enxague bem as roupas íntimas para retirar os resíduos químicos do sabão em pó e do amaciante

– Durma sem calcinha ou use roupas largas para dormir. Isso aumenta a ventilação da região genital

Minha Saúde