Arquivo da tag: implantação

Deputado Tião Gomes cobra do Governo do Estado urgência na implantação do Centro de Hemodiálise em Solânea

O deputado estadual Tião Gomes (Avante) cobrou do Governo do Estado urgência na implantação do Centro de Hemodiálise na cidade de Solânea, Brejo Paraibano, com capacidade para atender tanto à população local, como os demais municípios da região que somam 200 mil habitantes.

A primeira indicação do deputado foi efetivada no ano passado, quando destinou uma emenda de R$ 6 milhões à Lei Orçamentária Anual (LOA) no exercício de 2020 do Governo do Estado da Paraíba, para a instalação do centro.

Tião, que foi o relator da LOA, justificou a emenda informando que o Centro de Hemodiálise a ser instalado no Hospital Dr. Francisco de Assis Freitas vai contribuir para salvar vidas de muitos moradores da região do Brejo, já que os pacientes têm que se deslocar até João Pessoa ou Campina Grande para fazer o tratamento.

“A emenda de seis milhões foi efetivada na LOA 2020 com aprovação da Assembleia e o Governo do Estado tem a obrigação de executar essa obra que já está prevista no orçamento. Portanto, vou acompanhar os trâmites para garantir que a obra seja realizada e que o serviço seja implantado na cidade de Solânea para atender toda região do Brejo”, afirmou Tião.

O parlamentar frisou que os pacientes com doença renal precisam se deslocar três vezes por semana para fazerem sessões que duram de três a cinco horas.

“É uma necessidade da população. Não poderia deixar de ajudar a salvar vidas e amenizar o sofrimento dessas pessoas que passam horas em uma máquina. Vir para João Pessoa pra quem já está com a saúde debilitada é um sofrimento, mas sei que com o Centro em Solânea vai melhorar a saúde da população que busca por esse atendimento. Reforço esse pedido ao governador João Azevêdo e ao secretário Geraldo Medeiros para que agilizem o processo de construção e implantação desse centro, considerando que a emenda já foi destinada”, explicou o deputado.

 

portaldolitoralpb

 

 

Em Solânea, principais ruas do centro tem implantação de coleta seletiva com veículo

Com o apoio da Gestão Municipal, Catasol realiza parceria com o comércio para coleta dos materiais recicláveis.

Foi implantado um novo sistema de coleta seletiva nas principais ruas do centro da cidade. A Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Solânea (Catasol) recebeu reforço no trabalho através de um veículo cedido pela Gestão Municipal e desde a última terça-feira, 30, os catadores, com o apoio da gestão, firmaram parceria com os comerciantes formalizando o trabalho de coleta. Todos os dias a partir das 17h00 é realizada a coleta seletiva nas principais ruas do centro.

O comerciante parceiro recebeu um selo de – Parceiro da Catasol – em adesivo fixado na parede. “A coleta seletiva em nossa cidade caminha para 100% de implantação. Estamos animados com os resultados positivos que já estamos colhendo, vislumbrando muito mais”, contou a Secretária de Meio Ambiente, Ieda Pereira. Ela informou que, por enquanto, a coleta com o veículo está no comércio e ruas principais, mas este é um projeto inicial que poderá se estender as demais ruas. Atualmente os catadores continuam nos bairros trabalhando porta a porta e através do Disk Coleta.

Campanhas incentivam população para realizar coleta seletiva

A Engenheira Ambiental de Solânea, Camila Prudêncio, explicou que foi realizado pré-cadastro dos comerciantes parceiros e está sendo acordado um termo de compromisso para formalizar parceria entre empresa e Catasol. A Secretaria de Meio Ambiente, com o apoio da Catasol, já vem realizando campanhas visando estruturar a coleta seletiva na cidade: “Solânea Lixo Zero” “ Disque Coleta” , “Coleta Seletiva nas Escolas” e a “Adote um Catador”. Entre os matérias coletados estão plástico, vidro, metal e papelão.

 Assessoria de Comunicação

Chió reivindica implantação de maternidade e reformas nos hospitais de Serraria e Solânea

Em audiência com o secretário de Saúde do Estado, Dr. Geraldo Medeiros, na tarde da terça-feira, 01 de Outubro, o deputado estadual Chió (REDE) reivindicou atenção do Governo do Estado para melhorias em saúde de alta complexidade, nas regiões do Brejo, Curimataú e Borborema.  

O parlamentar relatou a difícil situação de famílias, em uma região com mais de 400 mil pessoas, que não possuem cobertura de uma maternidade.

“Na Paraíba há uma região descoberta de serviços públicos obstétricos de alta complexidade. Falta uma maternidade para atender as mães de toda uma região compreendida entre as cidades de Esperança, Areial, Remígio, Areia, Algodão de Jandaíra, Arara, São Sebastião de Lagoa de Roça e muitas outras. São mães que precisam não só de atendimento, mas, de todo um acolhimento e humanização na hora mais importante de suas vidas”, defendeu Chió.

O parlamentar informou que segundo o secretário de Saúde do Estado, Dr. Geraldo Medeiros, já existem estudos técnicos para implantação da maternidade e para que as reformas dos hospitais Solânea e Serraria, de fato aconteçam. “O nosso trabalho é para que esses dois hospitais sejam contempladas o mais rápido possível, com essas necessárias reformas”, enfatizou Chió.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE)

 

 

Câmara aprovou a implantação do prontuário eletrônico do paciente em Bananeiras

Na última terça-feira (16), na Sessão Ordinária da Casa Odon Bezerra, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei Nº 06/2019 de autoria do vereador Douglas Andrade da Costa (PSB). O citado projeto trata de implantar o prontuário eletrônico do paciente na rede pública de saúde no município de Bananeiras.

A ferramenta servirá como auxílio ao trabalho realizado pelos profissionais em todas as unidades de saúde, registrando os atendimentos realizados e permitindo ainda uma maneira eficiente de quantificar e qualificar os atendimentos realizados a população.

“O prontuário eletrônico permitirá manter um histórico dos atendimentos e tratamentos realizados, facilitando o acesso as informações dos usuários do sistema de saúde do município, otimizando recursos e consequentemente gerando um atendimento melhor”, disse Douglas Andrade.

A matéria agora segue para sanção e caberá ao Poder Executivo Municipal a adequação das Unidades Básicas de Saúde do município  para implantação do sistema.

Ascom-CMB

 

Temer sanciona projeto que prevê implantação de documento único

O presidente Michel Temer sancionou na tarde de hoje (11) a lei que institui a Identificação Civil Nacional (ICN), criada com o objetivo de unificar os cerca de 22 documentos de identificação usados no Brasil e dificultar a falsificação que, anualmente, gera prejuízos de R$ 60 bilhões. De acordo com o relator do projeto, deputado Júlio Lopes (PP-RJ), apenas passaporte e Carteira Nacional de Habilitação não serão substituídos pelo novo documento.

Além de foto, esse documento terá também um cadastro biométrico que está sendo organizado pela Justiça Eleitoral por meio dos registros feitos para o título de eleitor. “Está sendo estudada também a possibilidade de instalarmos algum aparato tecnológico como chip [para dar mais segurança ao documento]”, disse o deputado.

Segundo o deputado, não será necessária a troca do documento que ainda estiver válido. Entre os vetos ao projeto, está o que garantia a gratuidade da nova identificação. “Foi vetada a gratuidade deste documento, por causa das dificuldades do Brasil de hoje. Mas a lei foi construída sem a necessidade de troca do documento que ainda estiver válido”, acrescentou.

Também foi vetado o artigo que dava à Casa da Moeda a exclusividade para a implantação e fornecimento do documento. “Ela, no entanto, participará do fornecimento. Apenas não será feito de forma exclusiva”, explicou Lopes.

Um dos entusiastas do projeto é o presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Guilherme Afif Domingos. Ele explica que com a nova documentação será possível amenizar os prejuízos causados no país por conta de fraudes por dupla, tripla ou falsidade de identificação. “A tendência é unificar, a partir de mais um número, que englobará os demais referentes aos outros documentos. As pessoas vão entender que este número será o mais confiável para a identificação do cidadão”, disse Afif.

Segundo ele, primeiramente, será feito um cadastro central e, só depois, ao longo do tempo, a unificação do número. “A previsão inicial era de que concluiremos o cadastro entre os anos de 2020 e 2021”, acrescentou o presidente do Sebrae.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

MEC oficializa a implantação de tempo integral no Colégio SHL de Cacimba de Dentro

colegio-shlO MEC (Ministério da Educação) publicou na última sexta-feira (23), a lista de unidades escolares aprovadas para o Programa de Escolas em Tempo Integral. Na Paraíba, apenas 28 instituições foram deferidas após análise dos projetos apresentados. Confira a lista completa clicando aqui: programa-de-escolas-em-tempo-integral-no-brasil-2017

A Escola Estadual Senador Humberto Lucena, de Cacimba de Dentro, é uma das que foram contempladas pelo programa, passando a funcionar em tempo integral a partir de 2017. Para auxiliar no processo de implantação, o Governo Federal repassará 230 milhões de reais para os estados no início do próximo ano.

A intenção é equipar as escolas com laboratórios, refeitórios, salas temáticas, vestiários, além de inovar na proposta pedagógica, fazendo com que os alunos possam definir, na parte diversificada, o que desejam aprender, a partir da percepção que eles têm sobre o seu futuro profissional.

A Secretaria de Educação do Estado da Paraíba já reuniu parte dos pais de alunos do Colégio SHL para apresentar as mudanças na instituição, garantindo que os investimentos em infraestrutura já serão iniciados em janeiro, a fim de que, no início das aulas, o alunado já possa contar com uma escola que oferte um ensino de melhor qualidade, tenha uma estrutura melhor e atenda às expectativas da comunidade.

As escolas em tempo integral funcionarão das 7h30min da manhã às 17h00min, com intervalos para lanche às 9 da manhã e às 15 horas, além de almoço e descanso ao meio dia. O Governo do Estado da Paraíba já garantiu que haverá transporte para todos os alunos residentes na zona rural. Além dos alunos, os funcionários das escolas, incluindo equipe de apoio, professores e diretores, permanecerão na escola durante todo o dia, de segunda a sexta-feira.

Portal Opinião

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Ministro pede pressa na implantação de prontuário eletrônico no SUS

José Cruz/Agência Brasil
José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, pediu nessa quinta-feira (20) a colaboração de gestores municipais para a implantação do prontuário eletrônico em unidades básicas de saúde. Durante o 7º Fórum Nacional de Gestão da Atenção Básica, Barros voltou a afirmar que as prefeituras que não implementarem o chamado E-SUS ou que não justificarem a não implantação vão sofrer bloqueio de recursos. O prazo vence no dia 10 de dezembro.

“Não queremos interferir na autonomia dos municípios, mas precisamos saber o que está sendo feito com esse dinheiro”, disse, ao se referir aos repasses feitos pelo ministério às secretarias de saúde. “Vamos poder ter uma visão global de tudo o que é feito na saúde dos brasileiros. Precisamos de vocês. Sem vocês, não alcançaremos essas informações”, completou Barros em discurso no encerramento do encontro.

De acordo com o ministro, é preciso aumentar o que ele chamou de “resolutividade” na atenção básica, sobretudo por meio da humanização do atendimento aos pacientes. “Isso significa conseguir fazer com que as pessoas sejam atendidas e se sintam bem atendidas”, disse. “É importante que procuremos avançar cada vez mais na humanização do atendimento, que é o que dá satisfação às pessoas”, acrescentou.

Nova plataforma

Uma nova versão do prontuário eletrônico foi lançada no início do mês pelo governo federal. O modelo permite que todos os serviços de saúde do município possam acompanhar o histórico, os dados e o resultado de exames dos pacientes. Também é possível verificar em tempo real a disponibilidade de medicamentos em farmácias e registrar visitas de agentes de saúde.

A expectativa do Ministério da Saúde é que a transmissão digital dos dados da rede municipal à base nacional possibilite também a verificação online dos gastos feitos via Sistema Único de Saúde. A plataforma digital será oferecida gratuitamente, mas o envio de dados também poderá ser feito por meio de sistema próprio. A expectativa do governo é economizar R$ 84 milhões por ano com tecnologias da informação.

Bloqueio de recursos

A partir de 10 de dezembro, o pagamento do Piso da Atenção Básica variável para as prefeituras – equivalente a R$ 10 bilhões ao ano – ficará condicionado à implantação do prontuário eletrônico. O recurso é aplicado no custeio de atendimentos de pediatria e de programas como Saúde da Família e Brasil Sorridente.

Os municípios que não se adequarem à proposta terão os repasses bloqueados. O ministério informou, entretanto, que vai apoiar cidades que apresentem dificuldades para implantar a nova versão da plataforma, conforme necessidades encaminhadas pelos gestores e que serão analisadas caso a caso.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

DNIT publica edital para obra de implantação da terceira faixa da BR-230

raimundoliraO Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) publicou, nesta sexta-feira (12), o edital de licitação para a contratação da obra de implantação da terceira faixa na BR-230, entre a cidade de Cabedelo e o Viaduto do Oitizeiro, na entrada de João Pessoa (PB), trecho que é conhecido como “Estrada de Cabedelo”.

A informação foi confirmada pelo diretor geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira, ao senador Raimundo Lira (PMDB).

A terceira faixa da Estrada de Cabedelo, considerada uma obra de extrema importância não apenas para a capital, João Pessoa, mas para todo o estado, por ser um corredor de escoamento do Porto de Cabedelo, será viabilizada graças a uma Emenda de Bancada, que tem a participação dos parlamentares da bancada paraibana no Congresso Nacional.

A outra informação do DNIT diz respeito a uma luta que o Senador Raimundo Lira abraçou desde o início de seu mandato: a duplicação da BR 230, trecho compreendido entre as cidades de Campina Grande e Cajazeiras. Segundo Lira, a informação do DNIT dá conta de que o Ministério dos Transportes aguarda, tão somente, a Licença Ambiental, para licitar a obra, pois todos as outras etapas anteriores já foram concluídas.

o senador Raimundo Lira, na condição de relator do Orçamento do Ministério dos Transportes, conseguiu viabilizar a aprovação, no Orçamento Geral da União – OGU, de uma dotação orçamentária no valor de R$ 165 milhões, para o início da duplicação.

Raimundo Lira confirmou que o Estudo de Impacto Ambiental já foi feito e que a obra será licitada logo após a publicação da Licença Ambiental, e que, quando tiver a sua execução iniciada, começará pelo primeiro trecho, considerado o de maior movimentação de veículos, que compreende Campina Grande e a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).

“Sem dúvidas, duas importantes notícias para a Paraíba e para os paraibanos. Vamos continuar atentos e dando nossa contribuição para que estas obras se tornem realidade”, destacou Lira, que tem dedicado uma atenção especial para estas duas intervenções rodoviárias.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Governo reúne secretários municipais e apresenta apoio para implantação de UPAs

reuniãoA Secretaria de Estado da Saúde (SES)/Rede de Urgência e Emergência, promoveu, nesta quinta-feira (28) pela manhã, uma reunião com secretários municipais de Saúde; diretores de Unidade de Pronto Atendimento (UPA); grupo condutor da Rede de Urgência e Emergência e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems). O encontro foi realizado no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor), na capital, com o objetivo de apresentar todo o apoio que a SES oferece para a implantação da UPA de forma adequada. O evento contou com a presença da técnica do Ministério da Saúde, Lidiane Costa, que falou sobre as Portarias Ministeriais referentes ao funcionamento das unidades de saúde.

Na Paraíba, atualmente, existem 10 UPAs, dessas quatro são estaduais (Cajazeiras, Santa Rita, Princesa Isabel e Guarabira) e seis municipais. Estão em fase de implantação mais 16, sendo uma em Bayeux; duas em Campina Grande; uma no Conde; uma em Cuité; uma em Esperança; uma em Ingá; uma em Itabaiana; duas em João Pessoa; uma em Patos; uma em Rio Tinto; uma em Sapé; uma em Serra Branca e duas em Sousa.

“A SES está apoiando todas as UPAs que estão sendo implantadas. Damos orientações de funcionamento com atendimento humanizado; especificações de equipamentos; fluxo; portarias; educação permanente; classificação de risco; demanda ofertada e organização da rede. Ou seja, vamos orientar o passo a passo, segundo os critérios das Portarias, com o grande objetivo de ofertar um serviço de qualidade para a população”, disse a coordenadora da Rede de Urgência e Emergência do Estado, Rafaella Keyla.

A secretária de saúde de Rio Tinto, Gerlânia Pereira, disse que o prédio onde a UPA vai funcionar já está pronto e, no momento, está na fase da compra dos equipamentos. “Esta orientação do Estado é muito importante porque evita que tenhamos prejuízos. Quanto aos equipamentos, por exemplo, temos que adquirir as máquinas adequadas, evitando gasto em algo que não terá a mesma eficácia que outro equipamento com o valor bem mais em conta”, falou.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Vereadores de Dona Inês pedem por melhorias em estradas vicinais, limpeza de açude, calçamento e implantação de faixas de pedestres

vereadoresOs Vereadores da Câmara Municipal de Dona Inês aprovaram em sessão ordinária, realizada na noite desta segunda-feira, 17 de agosto, cinco requerimentos.

Foram aprovados os Requerimentos de Nº 033/2015 e 034/2015, de autoria do Vereador José Henrique Gomes (PSB), que solicitam melhoramento na estrada vicinal que liga a cidade ao Sítio Zé Paz e cozinha e a conclusão da limpeza do açude do açude do Zé Paz –respectivamente-, os de Nº 035/2015 e 036/2015, de autoria da Vereadora Rosinha (PSD), que solicitam implantação de faixas de pedestres na cidade e a construção de um muro no tanque velho –respectivamente- e o de Nº 037/2015, de autoria do Vereador Ivonaldo Rodrigues (PR), que solicita a construção de calçamento de diversas Ruas da cidade.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Matérias apresentadas

Foram apresentados dois projetos de Lei do Poder Executivo Municipal; o de número 027/2015, que altera o anexo de meta da LDO do PPA para o exercício de 2016 e o de Nº 028/2015 que estima a receita e fica a despesa da Prefeitura Municipal para o exercício econômico e financeiro de 2016.

As matérias foram encaminhadas para as comissões e devem ser votadas nas próximas sessões.

Impactar Assessoria