Arquivo da tag: Imaterial

Projeto de Tião Gomes transforma festa da padroeira de Bananeiras em patrimônio histórico, cultural e Imaterial da Paraíba

A Festa de Nossa Senhora do Livramento, padroeira do município de Bananeiras, no Brejo paraibano, pode se tornar um patrimônio histórico, cultural e bem imaterial da Paraíba. Isso será possível através de um Projeto de Lei do deputado estadual Tião Gomes (Avante). A Assembleia Legislativa deverá apreciar o projeto ainda nesta semana.

O deputado que é um dos participantes assíduos do evento justificou o PL informando que a festa é centenária e já está no calendário de um dos mais tradicionais eventos da região do Brejo.

“A festa ocorre anualmente nos dias 5 e 6 de janeiro e coincide com a Festa de Reis. A festa da padroeira tem mais de 100 anos e atrai uma multidão durante os dois dias. Nada mais justo que reconhecer o evento como um patrimônio histórico, cultural e bem e imaterial da Paraíba”, defendeu o deputado.

Tião Gomes ressaltou ainda que durante os dois dias do evento religioso milhares de pessoas participam de novenas, missas, procissão, quermesses e ainda há presença de parque de diversão, comidas típicas, shows e bingo.

Além de assegurar a inserção dos festejos no calendário oficial cultural/religioso do Estado, o projeto facilita a receptação de investimentos por parte do poder público estadual e federal, além de assegurar convênios com instituições públicas e privadas.

 

portaldolitoralpb

 

 

Em Cabedelo, vereadora apresenta projeto instituindo encenação da Paixão de Cristo como Patrimônio Cultural e Imaterial do município

 

jacquelineA encenação da Paixão de Cristo na Fortaleza Santa Catarina será oficialmente considerada Patrimônio Cultural e Imaterial do Município de Cabedelo. É o que prevê o Projeto de Lei apresentado pela vereadora Jacqueline (PRP) e aprovado na terça-feira (26) pela Câmara Municipal da cidade.

“Esse espetáculo é realizado há 36 anos e tornou-se referência cultural-religiosa em nosso município, abordando a grandiosidade dos ensinamentos de Cristo, que estão acima de qualquer religião. É um evento promovido por artistas da nossa terra, que nos presenteiam com a beleza do seu trabalho, sua competência e determinação”, ressaltou a vereadora Jacqueline.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A autora do Projeto de Lei comentou ainda que a inclusão definitiva da Paixão de Cristo no Calendário Cultural do Município de Cabedelo está sendo apenas o primeiro passo, pois a vereadora também solicitará a regulamentação do apoio da Prefeitura de Cabedelo ao espetáculo.

 

 

 

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Forró será indicado para se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

A iniciativa é da União Nacional dos Estudantes com o apoio do Ministério da Cultura

 

Divulgação/Empresa Brasil de ComunicaçãoForró será indicado para se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

  • Forró será indicado para se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

Projeto da União Nacional dos Estudantes (UNE) de fazer com que o Forró seja considerado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade será apoiado pelo Ministério da Cultura. A secretária executiva da pasta, Jeanine Pires, afirmou nessa quinta-feira (24), durante a 8ª Bienal de Arte e Cultura da UNE, que o ministério irá com os estudantes ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) levar o projeto adiante.

“Fiquei muito feliz quando o frevo entrou nesse rol das preciosidades que temos. O forró, com toda a sua raiz e significância, tem chance de se tornar patrimônio e representar o País no mundo”, disse Jeanine.

A inscrição do Frevo – Expressão Artística do Carnaval do Recife, em Pernambuco, como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade foi aprovada, por unanimidade, na 7ª Sessão do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, no dia 5 de dezembro de 2012.

A secretária também convidou os estudantes a participarem ativamente da divulgação da cultura brasileira nos grande eventos que o País sediará: a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. De acordo com Jeanine, o ministério tem como uma das prioridades a juventude e, por isso, a cultura nas universidades deve receber incentivos do ministério.

O presidente da UNE, Daniel Iliescu, afirmou que, quando as atividades da bienal se encerrarem, a entidade se reunirá com o Iphan para encaminhar o pedido e acompanhará os trâmites junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

 

Forró

O forró é o principal ritmo nativo do sertão nordestino. Popular em todo o Brasil, sua disseminação se deu por meio da imigração dos nordestinos para outras regiões do País.

Como patrimônio imaterial da humanidade, o forró será protegido a fim de que permaneça vivo para as gerações futuras. O título é concedido pela Unesco. A lista de patrimônios culturais imateriais reúne, atualmente, 232 elementos de 86 países.

 

Bienal de Arte e Cultura

 

A 8ª Bienal de Arte e Cultura da UNE é considerada o maior evento estudantil da América Latina e deve reunir em Olinda cerca de 10 mil estudantes de todos os estados brasileiros. O evento acontece desde a última terça-feira (22) e termina neste sábado (26).

A bienal une política estudantil e cultura em mostras de teatro, música e cinema, seminários de esportes, além de apresentações de trabalhos acadêmicos e de extensão. O tema desta edição é A Volta da Asa Branca, uma Homenagem ao Sanfoneiro Luiz Gonzaga, cujo centenário foi comemorado em 2012. As atividades são gratuitas e abertas à comunidade. A programação completa pode ser consultada no site da bienal.

 

 

Fonte:
Agência Brasil
Portal Brasil