Arquivo da tag: imagens

Com ajuda de imagens de câmeras, policiais prendem em Pilõezinhos suspeito de furto

Com a ajuda de imagens de câmeras, policiais militares e civis identificaram e prenderam nesta segunda-feira (1º), em Pilõezinhos, um homem de 40 anos de idade suspeito de um furto praticado ao funcionário de um supermercado localizado no Bairro Novo, em Guarabira, no último sábado (29). O homem a quem ele vendeu por R$ 100 a bicicleta furtada, e que é o seu vizinho, também foi preso suspeito de receptação.

No momento em que foi abordado pelos policiais, o suspeito estava com a mesma camisa com a qual tinha praticado o furto e que aparecia nas imagens. Ele já tinha sido preso anteriormente, também por furto, e chegou a cumprir uma pena de quatro anos em um presídio de Guarabira.

A ação integrada foi realizada por policiais da guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Superintendência de Polícia Civil. Os dois presos e o objeto recuperado foram conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

PM divulga imagens de suspeitos em assalto que deixou 16 feridos na UEPB

O comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar (2ºBPM), tenente-coronel Rogério Damasceno divulgou no início da noite desta segunda-feira (1º) imagens de dois suspeitos em ação, no roubo a um carro-forte e uma agência bancária que ocorreu na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande. Uma aluna e um vigilante foram baleados e outras 14 pessoas ficaram feridas ao tentar fugir do local.

As duas fotos enviadas foram reproduzidas do circuito de câmeras da UEPB. A Polícia Civil também já está em posse das imagens e investiga o caso. O delegado de Roubos e Furtos da Polícia Civil, Victor Melo, informou que está analisando os vídeos para identificar o suspeito. As forças de segurança da Paraíba destacam que a população pode ajudar na identificação através das linhas 190 e 197.

O caso ocorreu por volta as 10h desta segunda-feira. Até as 16h, nenhum dos suspeitos que participaram do assalto foi preso. Segundo a Polícia Militar, os criminosos entraram no local fingindo serem estudantes. Um dos assaltantes portava um fuzil dentro de um “case” de violão.

No momento da ação criminosa, havia cerca de 5 mil alunos e funcionários no prédio da Central Integrada de Aulas da UEPB, onde fica a agência bancária. Ocorreram vários disparos e os alunos não sabiam inicialmente o que estava ocorrendo. Muitos estudantes entraram em desespero temendo que estivesse ocorrendo um massacre semelhante ao que ocorreu em Suzano, São Paulo, no mês de março.

A assessoria de imprensa da universidade informou que um grupo armado chegou em dois carros e assaltou um carro-forte que levava malotes de dinheiro para uma agência bancária localizada na Central de Integração Acadêmica. Os criminosos conseguiram fugir levando malotes de dinheiro e uma arma de um dos vigilantes. Ainda não há informações da quantia roubada.

G1

 

Só 4 das 50 imagens mais replicadas no WhatsApp nas eleições são reais

Um estudo em conjunto da USP, UFMG e da Agência Lupa analisou o grau de veracidade de 50 imagens que mais circularam em grupos de WhatsApp entre os dias 16 de agosto e 7 de outubro de 2018, período de campanha do primeiro turno das eleições. Segundo o levantamento, apenas quatro imagens eram verdadeiras.

O estudo usou como base um levantamento feito com 347 grupos públicos de discussão política no WhatsApp, monitorados pelo projeto “Eleições sem Fake”, mantido pela UFMG. Nesses grupos públicos, 18.088 usuários postaram 846.905 mensagens. Dentre elas, 107.256 eram imagens; 71.931 eram vídeos; 13.890, áudios; 562.866, mensagens de texto e 90.962, links externos”.

Foram destacadas as 50 imagens mais compartilhadas, que passaram por checagem da Agência Lupa. Dessas, apenas quatro eram comprovadamente verdadeiras, segundo o estudo.

O trio que coordenou o levantamento -Cristina Tardáguila, diretora da Agência Lupa, Fabrício Benevenuto, cientista da computação e professor da UFMG, e Pablo Ortellado, professor e colunista da Folha de S.Paulo- assinou um artigo no New York Times sobre o impacto das fake news compartilhadas pelo WhatsApp nas eleições presidenciais.

Com base no estudo, eles cobram uma ação do WhatsApp para uma ação contra a proliferação de fake news – notícias falsas, manipuladas e divulgadas na rede.

“Infelizmente, no primeiro turno o aplicativo foi usado para espalhar quantidade alarmante de desinformação, rumores e notícias falsas”, diz o texto. O artigo cita a pesquisa Datafolha que aponta que 44% dos eleitores dizem se informar pelo aplicativo de troca de mensagens.

O grupo que coordenou o estudo sugere três ações específicas que poderiam ser tomadas pela empresa: restringir o número de vezes que uma única mensagem pode ser replicada, restringir o número de destinatários para quem uma mensagem pode ser enviada e aumentar o limite do número de usuários em cada grupo – hoje são 256.

Folha de S. Paulo

Mulher faz fotos nuas em ponto turístico da Paraíba e imagens vazam na internet

pelada

Uma mulher não identificada  teria usado o Lajedo de Pai Mateus, da cidade de Cabaceiras, interior da Paraíba, para servir de paisagem para tirar toda a roupa e posar nua. O local é um dos pontos turísticos mais visitados do Estado por ser uma das sete maravilhavas da Paraíba e por ter uma formação rochosa que atrai muitos turistas.

As imagens foram enviadas foram compartilhadas nas redes sociais. As fotos mostram a jovem em momentos sensuais.

A mulher não identificada e ainda não se sabe a data em que as fotos foram feitas. Acredita-se que as fotos seriam amadoras e teriam vazado através de aplicativo de celular.

pbhoje

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Globo divulga imagens das celas de Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo no Rio

celaImagens exclusivas divulgadas pela edição de quarta-feira (1º) do “Jornal Nacional”, noticiário da “TV Globo”, mostraram detalhes das celas onde estão presos o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) e a ex-primeira dama Adriana Ancelmo.

Reprodução/TV Globo

Cela de Cabral tem telas para proteção contra insetos, ventiladores e televisão

Cento e cinquenta metros separam o casal: ambos estão dentro do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio.

As fotos mostram a cela de Cabral, com 16 m², e a cama de baixo de uma beliche, onde o ex-governador dorme. Nela, há um colchão coberto por um lençol branco, um travesseiro e um livro que, segundo a “Globo”, é uma biografia de Winston Churchill, ex-primeiro ministro do Reino Unido.

Na mesma imagem, é possível ver que Cabral guarda seus óculos embaixo do travesseiro e deixa seu relógio pendurado em um apoio do beliche. Embaixo da cama, há ainda um par de tênis e garrafas de água mineral.

Reprodução/TV Globo

No banheiro da cela de Cabral, uma parede separa dois vasos sanitários. Atrás da cortina, está o chuveiro de água fria

Tanto a janela quanto a porta da cela onde está Cabral têm uma tela verde para proteção contra insetos. Há também cinco ventiladores –dois na parede e três no chão– e uma televisão pequena no local.

Em outra imagem, aparece o banheiro da cela do ex-governador, onde uma parede separa dois vasos sanitários. Atrás de uma cortina, está o chuveiro de água fria. Também é possível ver alguns baldes no chão, que os presos utilizam para lavar o banheiro.

Cabral divide cela com seus ex-secretários e ex-assessores José Orlando Rabelo, Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, Hudson Braga e Luiz Paulo Reis, todos alvos da Operação Calicute, força-tarefa da Lava Jato. Paulo Fernando Magalhães Pinto Gonçalves, que também estava na cela, alegou estar diante de “situação de risco” e cumpre hoje prisão domiciliar.

Cela individual

A ex-primeira dama Adriana Ancelmo está sozinha em uma cela de 6 m², onde há livros, uma Bíblia e dois terços pendurados na parede.

Reprodução/TV Globo

Em sua cela, Adriana possui livros, entre eles uma Bíblia

Em uma das imagens, é possível ver um pacote de pão de forma, um adoçante e o controle remoto da televisão que está na cela.

Reprodução/TV Globo

Adoçante, pão de forma (em destaque), controle remoto e um ventilador estão na cela de Adriana

Outra imagem divulgada pelo Jornal Nacional mostra um buraco no chão do banheiro da cela da ex-primeira dama, que serve como vaso sanitário. Nela aparecem ainda alguns baldes com roupas de molho e garrafas de água.

Reprodução/TV Globo

Buraco no chão do banheiro da cela de Adriana Ancelmo serve como vaso sanitário

A comida servida é a mesma para todos os presos: além do feijão, eles podem escolher entre arroz ou macarrão e carne ou ovo.

Segundo a Seap (Secretaria de Administração Penitenciária), presos de uma mesma família podem se visitar. Cabral e a ex-primeira dama passaram por um processo de autorização e se encontram às quartas-feiras, das 9h às 16h, no pátio do pavilhão onde o ex-governador está preso.

Acusados de participarem de um esquema de desvio de recursos públicos federais em obras públicas, Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo estão presos desde o fim do ano passado. Eles vão responder pelos crimes de corrupção passiva e ativa, organização criminosa, lavagem de dinheiro e outras acusações.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

MC tenta ficar famoso dando tiro na própria boca; IMAGENS FORTES

bloguerUm rapper americano virou um dos assuntos mais comentados dos Estados Unidos. Isso porque ele realmente tenta de tudo para ficar famoso e quando falamos de tudo é de tudo mesmo. Em um vídeo feito para ser postado no Facebook, o homem conhecido como ‘Kasper Knighet’ aparece com um pequeno revólver na mão e atirando contra a própria boca. As imagens são fortíssimas, mas o Facebook decidiu que elas não deveriam ser bloqueadas. A rede social sempre faz isso, quando a situação pode ser evidenciada como um #Crime e não um incentivo a realizar novas ações criminosas. O rapper agora pode ser denunciado por abusar em querer os quinze minutos de fama.

A estratégia midiática também foi muito criticada por internautas americanos e de todo o mundo. Dizem que o tiro acabou saindo pela culatra. Apesar disso, as imagens já foram compartilhadas mais de 16 mil vezes, além de ter mais de 600 mil exibições apenas no Facebook. A mídia local americana também transmitiu o vídeo forte em seus telejornais. Nele, aparece com a pistola apontada para a bochecha esquerda. Em seguida, ela faz uma cara de dor e dispara o gatilho. O homem chega a ficar tonto, mas comemora o fato de ainda estar vivo. Sua boca, no entanto, começa a sangrar muito. Ele não se incomoda, porém, de mostrar tudo isso no vídeo.

Além do vídeo, o profissional da música que tenta ganhar a carreira como MC, explica que quis mostrar a façanha para todas as pessoas e que quer incluí-las nos videoclipes. “Eu fiquei um pouco desorientado após o tiro porque meus ouvidos estavam doendo”, disse o homem, que em seguida escreveu que acredita que engoliu o projétil que foi lançado na própria boca.

“Isso é um absurdo. Sua conta deveria ser bloqueada. Isso acaba sendo um estímulo à violência e isso não é nem um pouco saudável”, disse um internauta completamente revoltado por não concordar com a publicação.

Veja abaixo o vídeo em que o homem aparece com um revólver atirando contra a própria boca. Lembramos que as imagens são muito fortes. Por isso, cuidado:

Veja o Vídeo:

Blasting News

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Número de vítimas de imagens íntimas vazadas na web quadruplica em 2 anos

fotoO número de vítimas de vazamento de “nude selfies”, ou vídeos íntimos divulgados sem consentimento, quadruplicou no Brasil em dois anos. No ano passado, 224 internautas procuraram o serviço de ajuda da SaferNet, organização de defesa de direitos humanos na web, para denunciar o crime cibernético conhecido como “revenge porn” — pornografia de vingança, em tradução livre. Em 2012, 48 casos haviam sido registrados pela entidade.

O vazamento de imagens íntimas atinge principalmente mulheres, que representam 81% dos casos denunciados. A cada quatro vítimas, uma delas é menor de idade.

A estudante Mônica Pimentel, de 18 anos, de Sorocaba, interior de São Paulo, encaixa-se nos dois perfis: é mulher e era menor de idade quando sofreu com o vazamento de material íntimo. Cinco fotos e um vídeo em que aparece tomando banho foram feitos quando tinha 14 anos e começaram a ser compartilhados pela primeira vez após dois anos, em sites, grupos de bate-papo e redes sociais.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

— Eu pensava: o que vou fazer? Vou sentar e chorar? Não. Eu sou a vítima disso. Posso ter agido com irresponsabilidade, mas a culpa não foi minha, porque o opressor foi quem divulgou.

Hoje, ela é mãe de um bebê de dois meses.

No ano passado, aos 17, surgiu um novo capítulo do pesadelo para Mônica, quando estava grávida. As fotos e o vídeo voltaram a ganhar espaço na web. O assunto reverberou tanto que, na época, a jovem ouviu comentários de uma garçonete, em um bar e da veterinária onde costumava levar seus cachorros. Até a mãe, que mora em Minas, acabou ouvindo histórias sobre a própria filha.

— Minha mãe ficou bem triste [quando soube do vazamento]. Meu pai ficou bravo de início, mas depois ignorou. Foi pesado. E eu só me preocupava com o meu bebê.

Com uma repercussão bem maior do que antes, a estudante resolveu procurar a Justiça para processar o garoto com quem havia ficado três anos antes, a única pessoa com a qual compartilhou o material.

— Recorri à Delegacia da Mulher de Sorocaba. Só que o processo é tão enrolado, tão demorado e burocrático, que você acaba até desistindo. Parece que quanto mais contato você faz em relação a isso, mais próxima [do caso fica] e mais constrangimento sente.

Morosidade

Para Juliana Cunha, coordenadora psicossocial da SaferNet, a lentidão e a dificuldade para punir o responsável pelo vazamento das imagens são fatores que contribuem para que os casos continuem crescendo — apesar de o número da ONG ser expressivo, ela destaca que há ainda muita subnotificação. Quando as imagens envolvem menores de idade, o crime é classificado como pornografia infantil. Já quando as imagens são de maiores de idade, o crime previsto pode ser o de injúria ou difamação ou então ser levado para a vara cível.

Por não confiar que haveria uma punição, Ana Beatriz Unello, de 21 anos, não quis denunciar um ex-namorado que divulgou suas imagens quando ela tinha 17 anos.

— Eu não queria continuar essa história, ter de ir atrás dele e continuar pensando nesse assunto.

As fotos de Ana Beatriz foram divulgadas pelo ex-namorado após o fim do relacionamento.

— Ele usava as imagens [capturas de telas de conversas pela webcam] para me chantagear a voltar para ele.

Após quatro meses de ameaças, o rapaz, que na época tinha 18 anos, criou um perfil falso em uma rede social para publicar as imagens da ex-namorada.

A jovem procurou ajuda na SaferNet quando o ex-namorado ainda fazia apenas ameaças e, por isso, foi orientada a pedir apoio para a família.

— Ter meus pais ao meu lado foi fundamental. Porque foi essa a primeira coisa que eu pensei: que eu iria perder o amor, o apoio, o carinho deles. Só depois é que pensei na minha reputação, no que os outros iriam pensar, no meu emprego.

Mesmo três anos após o vazamento das imagens, Ana Beatriz diz que ainda tem medo de que as fotos possam ser divulgadas novamente.

Temor

Juliana diz que o medo da volta das imagens persegue as vítimas por muitos anos, uma vez que não é possível saber se todas as cópias foram de fato apagadas. Na semana passada, o Google anunciou que vai retirar as fotos e vídeos de “pornografia de vingança” de seus resultados de busca se houver solicitação das vítimas.

— Temos visto alguns avanços para proteger as vítimas, mas, ainda assim, elas não conseguem ter total segurança de que as imagens não voltarão à tona.

Para ela, é preciso que seja feita uma mudança no comportamento machista da sociedade, que ainda trata as mulheres como culpadas por terem feito as imagens.

— As imagens foram produzidas por elas, mas sua publicação não foi consentida. O erro não está em fazer as imagens, mas na divulgação.

Mônica concorda com a psicóloga e diz que o próprio pai de seu bebê, com quem hoje não namora mais, chegou a ofendê-la quando a repercussão mais grave do caso aconteceu durante a gravidez.

— Ele falou para mim: ‘Qual vai ser a visão do seu filho em relação a isso [fotos e vídeos íntimos na Internet]? Você não se preocupa?” Eu falei: “Não fui eu que mandei minhas fotos para todos os sites, não fui eu quem publiquei. E mesmo se tivesse publicado, qual é o problema? É o meu corpo. De qualquer forma, não fui eu. Isso vai mudar minha índole como mãe?”

R7

Pastor quebra imagens e MPF acusa intolerância religiosa

pastorO Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba denunciou pastor evangélico que quebrou objetos e imagens de entidades sagradas das religiões de matrizes africanas, fotografou o ato e publicou em seu perfil na rede social. Os objetos estavam num terreiro de umbanda e o acusado confessou ter quebrado uma das imagens para “acomodá-la melhor” no interior de um veículo modelo F-4000, a fim de transportá-la. Os fatos ocorreram em 2012.
Na ação, o Ministério Público Federal aponta que numa das fotos o pastor aparece segurando um machado e uma imagem e “faz ‘pose’ para a foto, com uma mão levantada, insinuando que quebraria aquela imagem”. Há toda uma sequência de fotos que retratam sempre a mesma conduta de profanação das imagens de religião diferente da professada pelo denunciado. “Ele não só pratica como também incita a discriminação religiosa aos adeptos das religiões de matrizes africanas”, argumenta o procurador regional dos direitos do cidadão, José Godoy Bezerra de Souza, que assina a denúncia.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 Ao ser questionado sobre a publicação das fotos na rede social, o pastor denunciado justificou que a intenção era divulgar, entre os membros da igreja. Porém, a divulgação das imagens não ficou restrita apenas aos contatos da rede social do denunciado, ganhando repercussão e discussão regional, através de páginas na internet, como também em outras redes sociais.
Para o Ministério Público, restou comprovada a violação da garantia dada pela Constituição Federal que estabelece em seu artigo 5º, inciso VI a “liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”. “Ora, esta garantia fundamental foi explicitamente violada pelo denunciado, na medida em que este, em local, que já foi espaço para culto da religião umbanda, praticou atos discriminatórios, proferindo insultos às entidades sagradas da religião profanada”, argumenta José Godoy.
MaisPB 

Anderson Silva surge sorridente nas primeiras imagens após doping

Anderson Silva esteve em academia para gravação da nova temporada do TUF Brasil (Foto: Reprodução SporTV)
Anderson Silva esteve em academia para gravação da nova temporada do TUF Brasil (Foto: Reprodução SporTV)

Mantido como um dos técnicos do The Ultimate Fighter Brasil 4 (TUF Brasil 4) depois de ser flagrado no exame antidoping por uso de drostonolona e androsterona, o brasileiroAnderson Silva reapareceu nesta quinta-feira, em Las Vegas, para a gravação da nova temporada do programa. Embora não tenha concedido entrevista, o lutador surgiu sorridente em frente da academia, como mostram as imagens, as primeiras de Spider após o doping.

Segundo a repórter Karin Duarte, Spider estava bastante descontraído e sorridente. Apesar de não ter concedido entrevista, mantendo uma postura que já havia sido informada através da assessoria de imprensa, Spider parecia tranquilo e chegou fazer um sinal de positivo e acenar para as câmeras.

Em comunicado divulgado nesta quinta, o brasileiro afirmou que vai se pronunciar “no momento exato”.  Anderson Silva voltou ao octógono no último sábado, dia 31, quando venceu Nick Diaz no UFC 183. Na terça, o UFC divulgou o resultado do exame antidoping, realizado dia 9 de janeiro, que flagrou a presença das substâncias proibidas. Anderson passou por mais dois testes nos dias 19 e 31 de janeiro, mas que ainda não tiveram os seus conteúdos revelados.

Anderson Silva aparece após doping (Foto: Reprodução SporTV)
Anderson Silva foi à academia em Las Vegas (Foto: Reprodução SporTV)

O lutador, que ainda pode solicitar contraprova, deve aparecer frente à comissão de Nevada em 17 de fevereiro para uma audiência e provavelmente será suspenso preventivamente até março, quando será julgado.

Confira comunicado de Anderson Silva na íntegra

“Gostaria de esclarecer a grande imprensa que ainda não dei nenhum tipo de entrevista, depoimento e nenhuma declaração sobre o caso em questão. As únicas pessoas nas quais eu falei foi com a minha família, meus empresários Marcelo Magalhães, Ed Soares e Jorge Guimarães (Joinha). Fiquem certos de que no momento exato irei me pronunciar e me posicionar. Gostaria de agradecer ao apoio de todos que torcem por mim. Muito obrigado!”

 

Por 

Imagens fortes: fotos de Andressa Urach no hospital são divulgadas

andressaA agência de fotos The Grosby Group divulgou nesta segunda-feira (5) imagens de Andressa Urach durante sua internação no hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre. A modelo sofreu com complicações devido a aplicação de hidrogel nas coxas e esteve em estado grave em função da infecção gerada pelo produto.

Nas fotos é possível ver as cavidades por onde o hidrogel foi retirado, assim como os danos feitos pela infecção que colocou a vida da modelo em risco. Depois do período de internação, Urach recebeu alta e foi fotografada pela primeira vez em público em Florianópolis, no último dia 3, enquanto passeava pela praia lendo um livro. A modelo ainda exibia curativos nas coxas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entenda o caso
Andressa Urach ficou internada entre os dias 30 de novembro e 24 de dezembro de 2014 após ter graves complicações devido a aplicação de cerca de 500 ml de hidrogel em cada uma das pernas, feita há cinco anos.

O produto acabou gerando inflamações e a modelo passou por cirurgias para a retirada da substância. Ela chegou a apresentar quadro de sepse que foi combatido com medicamentos. Ela também sofreu uma parada cardíaca, e, no dia 1º de dezembro, teve parada respiratória, precisando da ajuda de aparelhos para respirar. O hospital nega que tenha ocorrido uma parada cardiorrespiratória, bem como rumores de que a modelo tenha sofrido amputações.

Quem é Andressa Urach?
Andressa Urach ficou conhecida depois de ser uma das participantes do concurso Miss Bumbum em 2012, e levar o título de vice campeã. A loira também foi o centro das atenções ao afirmar ter tido um caso com o jogador Cristiano Ronaldo.

A modelo foi dançarina do cantor Latino em 2012, mas abandonou a carreira para procurar novos projetos. Em 2013, Andressa participou da sexta edição do reality show A Fazenda da TV Record e protagonizou momentos inesquecíveis, como quando tirou a roupa na piscina.

Atualmente, Urach integra a equipe do programa Muito Show da RedeTV!, onde entrevistava políticos com perguntas indiscretas.

***ATENÇÃO: AS IMAGENS A SEGUIR SÃO FORTES***

Fotos: The Grosby Group

Terra