Arquivo da tag: idoso

Idoso é encontrado morto com vários tiros no Sertão da Paraíba

Um idoso foi encontrado morto na tarde deste sábado (18), no Sítio Pereiro, zona rural de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba.

Lourival Batista da Silva, 77 anos, foi encontrado com perfurações de disparos de arma de fogo no corpo. Moradores encontraram o corpo por volta das 16h20.

A vítima cumpria pena por tentativa de homicídio em regime semiaberto. A Polícia Militar foi acionada e isolou o local até a chegada da perícia.

O corpo da vítima foi encaminhado para no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal para exame cadavérico.

Não há informações sobre o motivo ou autoria do crime.

 

clickpb

 

 

Idoso engole dentadura enquanto almoçava e é levado às pressas ao Trauma

Era para ser uma refeição cotidiana como de praxe, mas durante um almoço, um idoso acabou engolindo a própria dentadura. O caso foi registrado na tarde desta quarta-feira (15), no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa.

Os familiares ao perceberem a situação acionaram uma ambulância do Samu. O homem foi levado até o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Um dos familiares disse que a dentadura já vinha apresentando problemas e que estava folgada.

O idoso passou por um exame de raio-x. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

 

clickpb

 

 

Acidente entre van e carro deixa 10 feridos e idoso é socorrido pelo Acauã

Um acidente entre uma van e um carro deixou pelo menos dez feridos e um idoso precisou ser levado pelo helicóptero Acauã até o Hospital de Emergência e Trauma na tarde deste domingo (15).

A colisão aconteceu em Tabatinga II, próximo a Praia Bela, em Conde, Litoral Sul. De acordo com as primeiras informações, a van perdeu o controle e bateu em um Uno que vinha na outra faixa. O idoso, de 63 anos, ficou preso nas ferragens e sofreu fratura exposta.

Na van estavam crianças que seguiam com destino à Caaporã. Algumas receberam os primeiros socorros no local, outras precisaram ser encaminhadas para o Hospital de Trauma.

Além do idoso, pelo menos mais uma vítima foi levada em estado grave para o Trauma pelo Samu.

Três unidades de suporte avançado do Samu, duas equipes do Corpo de Bombeiros e duas Motolâncias foram acionadas para socorrer as vítimas.

 

paraiba.com.br

 

 

Idoso morre afogado após cair na cisterna do vizinho na Paraíba

Um idoso de 63 anos morreu afogado, na noite deste domingo (8), após cair na cisterna do vizinho, no sítio Jenipapo, na PB-063, próximo à Alagoinha, na Paraíba.

De acordo com os Bombeiros, a guarnição de Busca e Salvamento (ABS-17), foi acionada para retirar o corpo de um idoso de dentro de uma cisterna.

Não foi informado o que a vítima estaria fazendo no local. A Polícia vai investigar o acidente.

 

clickpb

 

 

Idoso é baleado durante assalto na PB por não ter nada para dar a ladrões

Um idoso de 62 anos foi alvejado com dois tiros, ontem, sábado (07), no município de Pilar por não ter nada para dar a dois ladrões que tentaram assaltá-lo. A vítima contou a polícia que estava voltando para casa, que fica na zona rural da cidade, quando foi abordado pelos bandidos.

Ao mostrar que não transportava nenhum pertence, os bandidos se irritaram e desferiram os disparos.  O idoso foi ferido na coxa, na virilha e no abdômen e teve que ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. O estado de saúde é regular.

 

PB Agora

 

 

Idoso morre após queda de elevador em Cabedelo, PB, diz Corpo de Bombeiros

Um idoso, de 83 anos, morreu no início da noite desta segunda-feira (25), após a queda de um elevador instalado na casa onde ele morava, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o equipamento despencou de aproximadamente quatro metros de altura.

O idoso sofreu um ferimento na cabeça e uma parada cardiorrespiratória. Uma equipe do Corpo de Bombeiros tentou reanimar a vítima, que não resistiu e morreu ainda no local.

Uma idosa, que é cadeirante e também mora na residência, ficou ferida e foi socorrida para o Hospital de Trauma de João Pessoa com ferimentos leves. De acordo com a unidade hospitalar, o estado de saúde dela é estável. À TV Cabo Branco, socorristas disseram que a cadeira de rodas dela amorteceu a queda.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, o elevador liga o térreo ao primeiro andar da residência. Ainda não é possível apontar as causas do acidente, que devem ser indicadas através de uma perícia, que será realizada pela Polícia Civil.

G1

 

Idoso é preso suspeito de abusar criança de 10 anos, em Campina Grande

Um idoso foi preso suspeito de abusar uma criança de dez anos na manhã deste domingo (20), no bairro Jardim Quarenta, em Campina Grande. Segundo a polícia, o menino teria sido atraído para dentro do bar de propriedade do suspeito.

Ainda de acordo com a polícia, o idoso, de 62 anos, teria oferecido um pirulito ao menino e logo depois teria tentado acariciar as partes íntimas da criança. O menino conseguiu correr para casa dos pais e contou o que havia acontecido.

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para a carceragem da Central de Polícia Civil de Campina Grande, onde aguarda por audiência de custódia.

G1

 

Idoso é preso suspeito de fazer sexo com cadela, em Patos, PB

Um idoso, de 68 anos, foi preso em flagrante suspeito de fazer sexo com uma cadela, em Patos, no Sertão da Paraíba. A prisão aconteceu na tarde desta sexta-feira (4).

Segundo o delegado Manoel Martins, a Polícia Militar recebeu uma denúncia da companheira do suspeito. De acordo com a mulher, de 46 anos, o homem a ameaçou quando ela flagrou o momento em que ele abusava do animal.

A mulher também contou à polícia que ele possuía uma arma. Após buscas na casa onde o casal morava, a PM encontrou um revólver calibre .38.

O suspeito foi autuado por crime ambiental, violência doméstica e posse ilegal de arma. Ele foi encaminhado para Penitenciária Padrão Romero Nóbrega, em Patos, ainda na tarde da sexta-feira.

G1

 

Chá da tarde e Baile anos 60 celebram Dia Internacional do Idoso, na LBV

Nesta sexta-feira, 4 de outubro, às 14h, na Sede da LBV no Jaguaribe, cerca de setenta idosas, que integram o serviço de convivência Vida Plena da Instituição, terão uma tarde toda especial, é a celebração do Dia Internacional da Pessoa Idosa, com um delicioso chá e baile anos 60.

Em João Pessoa, o grupo da LBV, tem uma característica específica é formado 100% por mulheres idosas, oriundas de comunidades em vulnerabilidade social e de situação de pobreza. Elas buscam no grupo um espaço para desenvolver atividades que fortalecem a cidadania, como também, esportivas, musicais e artesanais, que contribuem para uma melhor qualidade de vida.

O evento, todo programado pela Equipe Técnica da LBV, está organizado com um acolhimento ao som de músicas dos anos 60, as idosas virão a caráter à época, vídeo com os melhores momentos das atividades ocorridas ao longo de 2019, e cada, idosa homenageará umas às outras pelo seu dia. Ao final, um baile dos anos 60 e um delicioso chá da tarde.

A psicóloga da LBV, Luciane Borges, ressalta a importância do grupo Vida Plena para os idosos. “Valorizamos as vivências individuais e fortalecemos os vínculos familiares e comunitários, dos quais estão inseridas. Elas se deparam um novo olhar de pensar e agir em prol de um estilo de vida mais saudável. Com todas essas ações nos mostra o quão é possível envelhecer com qualidade”, declara.

A LBV entende que participar de momentos de lazer e ludicidade, em um espaço agradável com troca de experiências, é fundamental para um envelhecimento saudável. Já que envelhecer é um processo natural da vida, nada melhor que viver esse momento ativamente.

O evento acontece nesta sexta-feira, 4 de outubro, às 14h, na Sede da LBV, localizada à Rua das Trincheiras, 703 – Bairro de Jaguaribe.

Visite e colabore com o trabalho empreendido pela LBV em João Pessoa.  As doações para manter todo esse trabalho podem ser feitas no site www.lbv.org/digasim, pelo 0800 055 50 99.

 

 

Dia do Idoso: Seguro DPVAT indenizou mais de 200 mil vítimas acima de 65 anos na última década

Dados revelam alto índice de atropelamentos em acidentes envolvendo a terceira idade
A expectativa de vida de quem nasce no Brasil vem crescendo cada vez mais, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dados da instituição indicam que, nos próximos sete anos, a terceira idade corresponderá a 14,6% da população do país. Neste sentido, o Dia do Idoso (1º/10) é uma oportunidade de valorizar a faixa etária e refletir sobre os cuidados necessários para quem tem mais de 65 anos. No trânsito, esta cautela deve ser redobrada. Nos últimos dez anos (2009 a 2018), o Seguro DPVAT pagou mais de 201 mil indenizações a vítimas de acidentes com veículos nesta faixa de idade. As estatísticas ainda revelam um elevado índice de atropelamentos, já que a maioria dos atingidos (60% ou 121.529) estava na condição de pedestre no momento da ocorrência. Os automóveis foram responsáveis pela maior parte das colisões, somando 49% (ou 98.806) dos benefícios.

A análise por tipo de cobertura também expõe outra realidade preocupante. Mais de 55% dos idosos indenizados pelo Seguro DPVAT, nos últimos dez anos, ficaram com algum tipo de invalidez permanente. Os casos de morte registraram a segunda maior estatística de pagamentos no período. Mais de 55 mil benefícios foram pagos a familiares de vítimas fatais na terceira idade. Já a cobertura por reembolso de despesas médicas e suplementares alcançou cerca de 35 mil indenizações.

Em relação ao tipo de vítima, os motoristas são, depois dos pedestres, os mais afetados em acidentes de trânsito com idosos. Entre 2009 e 2018, eles somaram 45.068 indenizações pagas pelo seguro obrigatório. Os passageiros, por sua vez, são os menos atingidos, com mais de 34 mil pagamentos em dez anos.

Depois dos automóveis, as motocicletas foram as principais responsáveis pelas indenizações pagas pelo seguro obrigatório a vítimas nesta faixa etária, com mais de 78 mil benefícios. Os acidentes com ônibus, micro-ônibus e vans tiveram mais de 12 mil pagamentos, enquanto os com caminhões e pick-ups concentraram mais de 11 mil sinistros.

Entre os estados, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul foram os que mais apresentaram idosos indenizados pelo Seguro DPVAT na última década. Já Distrito Federal, Roraima e Amapá registraram as menores estatísticas.

Fonte: Seguradora Líder

Já no primeiro semestre deste ano, o Seguro DPVAT pagou mais de 7 mil indenizações a pessoas com mais de 65 anos que se envolveram em acidentes com automotores. Nestes primeiros seis meses, o cenário segue a tendência dos últimos anos: a maioria dos atingidos circulava a pé no momento da ocorrência (4.335 sinistros) e ficou com algum tipo de sequela definitiva (3.681). Já em relação ao tipo de veículo, uma mudança chama atenção. Entre janeiro e junho, as motocicletas responderam por mais de 46% dos pagamentos. Os automóveis ocuparam a segunda posição.

O superintendente de Operações da Seguradora Líder, Arthur Froes, explica que as ocorrências de trânsito podem ter consequências mais graves para aqueles com mais de 65 anos. Segundo o especialista, o avanço da idade torna a vítima mais vulnerável aos efeitos de um acidente.

“Por conta do envelhecimento, as lesões em pessoas idosas tendem a atingir uma gravidade maior, resultando em longos períodos de internação e na redução da mobilidade, na maioria das vezes, por estarem na condição de pedestre. Os números de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT a vítimas que ficam com algum tipo de invalidez permanente refletem esta realidade”, explica o superintendente.

Uma pesquisa realizada pela Direção Geral de Tráfego, da Espanha, mostra que os principais problemas enfrentados por idosos, quando estão a pé, são distinguir a cor das luzes dos semáforos e dos faróis, perceber a velocidade dos veículos, bem como a distração ao trânsito. Além disso, costumam enfrentar uma postura imprudente por parte dos condutores.

“Este cenário reforça a necessidade de implementação de medidas que garantam mais segurança aos indivíduos com mais de 65 anos nas ruas. Fiscalização de velocidade e de avanço de sinal, e semáforos com mais tempo para os pedestres atravessarem são algumas delas. É também fundamental a conscientização dos motoristas sobre a importância de uma conduta prudente ao volante, além da atenção redobrada dos pedestres ao cruzar as vias”, sinaliza Arthur Froes.

Sobre o Seguro DPVAT

O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (valor de R$ 13.500), invalidez permanente (de R$ 135 a R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até 3 anos.

Sobre a Seguradora Líder-DPVAT

Em operação desde janeiro de 2008, a Seguradora Líder-DPVAT é uma seguradora privada responsável pela administração do Seguro DPVAT no Brasil. A seguradora se tornou uma das principais fontes para dados relacionados a acidentes de trânsito. No site www.seguradoralider.com.br estão disponíveis para o cidadão diversas informações sobre o Seguro DPVAT e estatísticas.