Arquivo da tag: horas

Em Guarabira, homem é preso poucas horas depois de ser posto em liberdade

Um homem foi preso na noite desta quarta-feira (3), no bairro Bela Vista, em Guarabira, acusado de tentativa de furto e danos ao patrimônio público.

O acusado estava dentro de uma unidade do Programa de Saúde Família e foi detido por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) que faziam rondas nas proximidades. Ele cumpria pena por furto qualificado no Presidio Vicente Claudino e, após audiência, tinha sido posto em liberdade no mesmo dia, poucas horas de ser preso novamente.

Algumas pessoas informaram aos policiais que tinham escutado barulhos no interior da unidade de saúde e, após manter contato com funcionários, que abriram o local, os militares entraram e flagraram o homem no interior.

O acusado foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Guarabira, onde foi autuado em flagrante por tentativa de furto e danos ao patrimônio público.

Assessoria 4ºBPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Polícia registra mais um assassinato em menos de 24 horas em Bananeiras

zezinhoPor voltas das 20h00min dessa sexta-feira (17) a Polícia Militar foi acionada por um solicitante anônimo, que relatou que no conjunto do Eucalipto, mais precisamente no Salão Bar, Conjunto Major Augusto Bezerra, Bananeiras/PB, dois indivíduos encapuzados, armados de revolver chegaram em uma moto, e um dos indivíduos, entrou no bar e efetuou vários disparos contra a vítima, que veio a óbito no local.

JOSÉ ALVES RODRIGUES (Zezinho), 33 anos, profissão não declarada, residente na Rua Orlando Cavalcante de Melo , S/n, Bananeiras/PB.

Compareceu ao local a guarnição na VTR 6932, que encontrou a vítima acima citada, estendida ao solo, sem sinais vitais. O local foi isolado e foi solicitada a presença da perícia, após ser realizada a perícia, o corpo, foi removido pela equipe do GMOL para as devidas providências. Diligências foram realizadas na tentativa de localizar e prender os acusados, porem sem êxito.⁠⁠⁠⁠

 

7 Cia de Policia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Passageiros reclamam após esperar seis horas por voo em João Pessoa

(Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

Uma manutenção não programada em um avião fez com que passageiros esperassem mais de seis horas por um voo no Aeroporto Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, nesta terça-feira (10). De acordo com os passageiros, o voo deveria ter decolado à 1h20 (horário local), mas até as 7h30 (horário local) nenhum passageiro tinha sido embarcado. Por volta das 9h (horário local) alguns passageiros tinham desistido de esperar, outros conseguiram ser embarcados em outros vôos e outros seguiam esperando no aeroporto.

De acordo com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras, o voo 5275 deveria partir na madrugada desta terça de João Pessoa com destino ao aeroporto de Viracopos, em Campinas, São Paulo, mas foi cancelado devido a uma manutenção não programada na aeronave que faria o trajeto. A nota da companhia explica que os clientes estão recebendo a assistência necessária e sendo reacomodados em outros voos da companhia.

José Carlos, um dos passageiros do voo, explica que chegou às 23h (horário local) da segunda-feira e que até as 7h30 ainda não havia embarcado, quando estava deitado no saguão do aeroporto. “A situação não está boa. Sou hipertenso, tomo remédio controlado e me matando aqui. Falei com o rapaz às 2h, disse que não estou bem, não me deram nenhum remédio e estou aqui praticamente jogado no chão e não me falam qual a hora do voo que vou decolar”, explica.

Outro passageiro, que não quis se identificar, disse que os funcionários da companhia não passavam informações. “A única resposta que deram para a gente ali [no guichê] é que não podem fazer nada ou, como disseram para uma das passageiras, que se ofendeu, é que se ela quisesse procurar um hotel por conta dela, depois procurasse a Azul que teria o reembolso. Estamos esperando alguma satisfação”, explicou.

Ainda na mesma nota, a Azul lamentou o ocorrido e ressaltou que “medidas como esta são necessárias para conferir a segurança de suas operações”.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Veja os municípios paraibanos onde choveu nas últimas 24 horas

bananeirasfnVários municípios amanheceram com chuva forte na Paraíba, nesta quarta-feira (28). Em João Pessoa, segundo a Defesa Civil Municipal, entre terça-feira (27) e hoje foram registrados 26 milímetros de chuva, volume que corresponde à metade da média histórica para o mês de dezembro na Capital.

Em Campina Grande, a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) não registrou precipitação na noite de terça-feira.

Já na manhã de hoje, a chuva voltou à cidade, provocando alguns pontos de alagamento, como o registrado na avenida Manoel Tavares (foto), no bairro do Alto Branco.

Confira no quadro abaixo, os 29 municípios em que a Aesa registrou chuva entre a noite de terça e a madrugada de quarta-feira.

Alagoa Grande 3,4
Alagoinha 10,4
Alhandra 15,7
Araruna 5,5
Araçagi 7,5
Areia 7,0
Bananeiras
Bayeux 14,2
Belém
Borborema 6,0
Cacimba de Dentro 0,9
Caiçara 3,1
Campina Grande/EMBRAPA
Capim 6,0
Conde/Aç. Gramame Mamuaba 28,0
Cruz do Espírito Santo
Dona Inês 3,0
Esperança
Guarabira 7,6
Ingá
Jacaraú 0,9
João Pessoa/DFAARA 9,2
João Pessoa/Mares 16,4
Juarez Távora 46,9
Juripiranga
Logradouro 1,8
Mamanguape 4,9
Mari 21,8
Mataraca 3,9
Matinhas
Montadas
Pedras de Fogo
Pilões 5,6
Pirpirituba 4,2
Remígio
Rio Tinto 20,5
Salgado de São Félix
Santa Rita 4,5
Serraria 5,9
Sertãozinho 3,6
Solânea 3,2
São Miguel de Taipu

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Bebê que morreu ficou cinco horas esquecido dentro de carro, diz polícia

O bebê de cinco meses que morreu nesta quarta-feira (23) após ser esquecido dentro do carro da família pelo pai quando foi trabalhar, em Araçatuba (SP), ficou cerca de cinco horas dentro do veículo, segundo a polícia. O bebê foi encontrado no banco de trás do carro, deitado na cadeirinha.

O pai foi levado até a Polícia Civil para ser ouvido e foi liberado. Ele não quis falar com a imprensa. De acordo com o delegado Marcelo Cury, o caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O pai, de 25 anos, contou ao delegado que, como faz todos os dias, saiu de casa com os dois filhos, um de 5 anos e o bebê, de cinco meses. A polícia disse que o pai deixou o mais velho na creche e se esqueceu de levar o mais novo na casa da sogra. Ele foi direto para o trabalho, estacionou o carro em uma rua, onde quase não existe sombra, e foi trabalhar.

Cerca de cinco horas depois ele voltou e encontrou o filho desacordado. O próprio pai levou o bebê para o pronto-socorro do bairro Santana, informou a polícia. O bebê chegou ao hospital com vida, mas não resistiu. “Chegamos ao local, fizemos contato com equipe médica, tentaram processo de ressuscitação, mas sem êxito. Não foi constatada agressão, lesão, então foi uma fatalidade”, afirma o cabo Fabiano Sonego Bodo.

Segundo o delegado, o caso é bem delicado. “Tem uma norma que diz que o próprio fato já pune o autor, então o juiz deixa de aplicar a pena. A maior pena dele já é a perda do filho. Uma ocorrência que eu não queria atender nunca na minha vida. Tenho 27 anos de carreira, tenho filhos, me coloco no lugar desse pai e dá vontade de chorar”, afirma o delegado Marcelo Cury.

Carro em que a criança foi esquecida em Araçatuba (Foto: Reprodução/TV TEM)Criança ficou cerca de cinco horas dentro do carro (Foto: Reprodução/TV TEM)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

PM registra duas mortes na região Agreste da Paraíba em seis horas

sireneDois homicídios foram registrados na região Agreste da Paraíba entre a noite de sábado (19) e a madrugada deste domingo (20), em um intervalo aproximado de seis horas. Conforme informações repassadas pelo relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), os crimes foram registrados nas cidades de Pilõezinhos e de Pocinhos. Em um dos casos, no assassinato em Pilõezinhos, um suspeito foi preso pela polícia.

O primeiro homicídio foi registrado por volta das 20h15 (horário local) em Pilõezinhos, a cerca de 111 km de João Pessoa. Um homem foi baleado várias vezes por um grupo em duas motocicletas. Ele não resistiu e morreu antes de ser levado para o hospital. Ao ser informada, a polícia passou a fazer buscas e pouco tempo depois um dos suspeitos foi preso na cidade de Guarabira, vizinho a Pilõezinhos. Após a prisão, o suspeito foi encaminhado para delegacia da cidade.

O outro caso registrado entre a noite de sábado e a madrugada de domingo foi em Pocinhos. Um homem de 32 anos foi esfaqueado, não resistiu ao ferimento e morreu por volta das 2h30 (horário local). O Samu chegou a ser acionado, mas ao chegar para realizar o atendimento, a vítima já havia morrido. De acordo com a Polícia Militar, o homem morreu após ser esfaqueado no peito, próximo ao coração. A polícia fez buscas, mas até o início da manhã deste domingo, nenhum suspeito tinha sido localizado e preso.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Vírus da zika pode sobreviver horas fora de organismo, diz estudo

 (Foto: Reprodução/TV TEM)
(Foto: Reprodução/TV TEM)

Um estudo divulgado nesta terça-feira (15) nos Estados Unidos mostra que o vírus da zika pode sobreviver por até oito horas fora do organismo. Apresentado na tarde desta terça na cidade de Denver, na reunião anual da Associação Americana de Ciências Farmacêuticas (AAPS, na sigla em inglês), o estudo mostrou que o vírus consegue se manter vivo e “altamente contagioso” sobre superfícies duras e não-porosas, e ser transmitido por meio de seringas contaminadas ou em contato direto com feridas na pele.

Porém, o estudo, liderado pelo pesquisador Steve Zhou, diretor de virologia e biologia molecular nos Laboratórios Microbac, em Pittsburgh, mostrou ainda que os desinfetantes mais comuns são “extremamente eficazes” para matar o vírus. De acordo com a AAPS, não existem registros até agora de casos de infecção do vírus pelo ambiente, mas existe um caso documentado de infecção dentro de laboratório.

Os meios mais comuns de transmissão do vírus são por meio de uma picada de um inseto infectado, ou pelo contato direto com uma pessoa infectada.

“O zika pode sobreviver a superfícies duras e não-porosas por até oito horas, possivelmente por mais tempo se o ambiente contém sangue, o que é mais provável de ocorrer no mundo real”, afirmou Zhou, segundo um comunicado divulgado pela AAPS.

“A boa notícia é que descobrimos que desinfetantes como o álcool isopropílico e o amônio quaternário são geralmente eficazes em matar o vírus nesse tipo de ambiente, e podem fazer isso em até 15 segundos”, continuou ele.

A maior parte dos casos de contágio do vírus acontecem por meio da picada do mosquito Aedes aegypti ou por meio de relação sexual. De acordo com a AAPS, as descobertas do estudo apresentado nesta terça-feira podem ajudar a desenhar medidas de controle da infecção tanto para a população quanto para os profissionais de saúde que atendem os caso ou atuam na pesquisa em laboratórios.

O próximo passo, segundo o pesquisador, é testar os índices de resistência do vírus em superfícies não-porosas no calor, e quais são as melhores formas de eliminar o vírus.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Clientes na PB têm 72 horas após fim de greve para pagar faturas sem juros

(Foto: André Resende/G1)
(Foto: André Resende/G1)

Os consumidores têm até três dias úteis após encerrada a paralisação dos bancos para pagar suas faturas sem a cobrança de multas e juros, de acordo com Lei Municipal de João Pessoa. O Procon municipal alerta nesta quinta-feira (6) que a legislação é específica para o período de greve dos funcionários de bancos e garante que a cobrança de juros e multas só será permitida 72 horas após o fim do movimento. As multas para os bancos que não cumprirem a lei variam entre R$ 500 a R$ 1 milhão.

A lei prevê que as instituições financeiras que descumprirem a norma municipal estarão sujeitas às sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC). De acordo com Marcos Santos, secretário do Procon-JP, órgãos de defesa do consumidor que atuam na capital são os responsáveis pela aplicação dessa legislação municipal.

“Imediatamente após o fim da greve, vamos notificar as superintendências dos bancos para que cumpram o que manda a Lei Municipal 13013/2015, sob pena de sofrerem as sanções previstas no CDC, que prevê, inclusive, multas que vão de R$ 500,00 a um milhão de reais”, disse.

A greve teve início no dia 6 de setembro em todo o país. Os bancos e os bancários tentam nesta quinta-feira uma nova rodada de negociações. A greve completou 31 dias nesta quinta-feira e supera a de 2004, primeiro ano em que os bancários se uniram para negociar melhores condições para a categoria, segundo a Confederação Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

TRE-PB prevê proclamar resultado das eleições de domingo até as 20 horas

eleiçõesO presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador José Aurélio da Cruz, afirmou nesta quinta-feira (29) que a expectativa para divulgação do resultado das eleições, que acontecem neste domingo (2), ocorra até ás 20h.

“Dentro do possível tentaremos agilizar o resultado da eleição. Até as 20h espero que tenhamos dado o resultado pelo menos das eleições majoritárias”, disse.

Segundo ele , a realização da biometria de mais 66% do eleitorado paraibano e o planejamento do pleito deve ajudar a ajudar o processo de apuração da votação.

“Toda a estrutura está montada. O encaminhamento das mídias e das urnas já estão nos locais devidos. Nós fizemos a maioria do eleitorado paraibano. Foram 66% e esperando que com isso seja mais rápida a eleição”, declarou.

Para ele, a expectativa é que o pleito aconteça dentro da normalidade e destacou que o TRE-PB focou no planejamento para não enfrentar contratempos no dia das eleições.

“A expectativa para o pleito é a melhor possível. Desde o inicio eu tenho dito que estamos usando o planejamento para sair tudo da melhor maneira durante todo o processo das eleições”, disse.

O presidente também orientou os eleitores a chegarem cedo nos locais de votação para evitar filas. “Conclamar o eleitor paraibano para comparecer as urnas com antecedência para evitar atropelo de última hora e não acontecer filas longas. Que o eleitor vote consciente e com cidadania”, pediu.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Das 6h de ônibus para treinar ao pódio: Ítalo é bronze nos 100m costas

O primeiro dia da natação brasileira nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 não ficou marcado apenas pelo ouro do astro Daniel Dias. Aos 20 anos, Ítalo Pereira também subiu ao pódio do Estádio Aquático na noite desta quinta-feira. Foi terceiro lugar na final dos 100m costas, categoria S7. Bronze com jeito de ouro para fechar a noite: torcida barulhenta e muita comemoração. o brasileiro completou a prova em 1m12s48. O ouro ficou com o ucraniano Ievgenii Bogodaiko (1m10s55), e a prata foi para o britânico Jonathan Fox (1m10s78).

Parecia que ouro era verde-amarelo. Italo comemorou muito, dentro e fora da piscina. Lembrou dos tempos em que encarava seis horas diárias de ônibus – quatro viagens – para treinar.

– Foram muitos sacrifícios, desde quando eu pegava seis horas de ônibus por dia para treinar. Depois tive que deixar minha família para buscar condições melhores de treino em São Paulo.

Ítalo Pereira conquista bronze nos 100m costas S7 (Foto: André Durão)Descrição da imagem: Ítalo Pereira comemora com o braço direito para o alto após conquistar o bronze nos 100m costas S7 (Foto: André Durão)

Italo tem mobilidade reduzida por conta de uma rubéola congênita. A natação entrou na vida dele aos 13 anos, como alternativa à fisioterapia. E rapidamente virou paixão. Quando morava com a família, em Goiânia, treinava em dois períodos, de manhã e à tarde. E passava seis horas em deslocamentos.

– Minha mãe trabalhava, era empregada doméstica. Eu ia treinar de manhã e à tarde.

Era uma hora e meia pra ir e uma hora e meia para voltar. Voltava para casa na hora do almoço, levava a irmã à escola, descansava uma hora. Encarava mais uma hora e meia de ônibus para ir ao treino…

– E mais uma hora e meia para voltar para casa, ia para a escola. Ia dormir umas 23h.

Sacrifício recompensado no pódio, em cada grito que escutou da arquibancada.

– É inesquecível. Ganhar uma medalha dentro do seu país, com toda a torcida a seu favor… Não é uma conquista só minha, é de todos.

Globoesporte.com

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br