Arquivo da tag: homem

Homem é morto a facadas durante briga de vizinhos em Alagoa Nova

Um homem foi assassinado a golpe de faca durante uma briga de vizinhos, na noite desta quinta-feira (18), em Alagoa Nova, no Brejo paraibano.

Heronide Gregório da Silva, de 39 anos, foi atingido foi perfurado próximo a clavícula. Ele ainda chegou a ser socorrido para o hospital da cidade mas não resistiu ao ferimento morreu.

O jovem Renilson da Silva Neri, de 18 anos, é apontado como o suspeito do crime e está foragido. De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava armada com um facão na hora que foi ferido.

Ainda segundo a PM, vítima e acusado já tinham rixa antiga e isso pode incentivado a desavença que acabou com uma morto.

MaisPB

 

 

Homem mata esposa e depois se mata, em João Pessoa

Um homem matou a esposa a tiros, no fim da manhã desta quinta-feira (18), no bairro da Torre, em João Pessoa, e logo depois se matou com um tiro no ouvido. O crime aconteceu em frente a uma concessionária de veículos. De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima do feminicídio, Tâmara de Oliveira Queiroz, chegou a ser socorrida pelo filho do suspeito, mas não resistiu e morreu.

Conforme informações repassadas pelo sargento Edmilson, da Polícia Militar, o casal era dono da concessionária. Os funcionários da empresa informaram à PM que os dois eram casados, mas a mulher queria se separar e, por isso, brigavam muito. Antes de atirar, o suspeito identificado como Marconi Alves Diniz teria discutido com Tâmara.

Uma moradora da região disse que ouviu três disparos e, quando chegou ao local, encontrou o homem morto. Segundo informações da Polícia Militar, Marconi Alves se matou com um tiro no ouvido. A arma foi encontrada embaixo do corpo dele.

Foto: Walter Paparazzo/G1

G1

 

Homem que matou esposa em motel na PB contatou irmão após o crime: ‘Matei Dayse’

O homem que matou a esposa na noite desta segunda-feira (15) em um motel na BR-104, entre a saída de Campina Grande e a cidade de Queimadas, no Agreste paraibano, mandou mensagens no WhatsApp para o irmão dele informando que matou a mulher e que iria se matar em seguida com um revólver.

A conversa foi divulgada à TV Paraíba pelo irmão de Aderlon Bezerra de Souza, de 42 anos, na manhã desta terça-feira (16). As capturas de tela mostram que às 21h02 o homem mandou “Ei, matei Dayse, estou me suicidando agora”. Em seguida ele liga duas vezes para o irmão e continua “Estou no parque motel, suíte 24, agora não tem mais jeito. ‘Xau mano’”. O irmão ainda tenta perguntar “com quem?” e Aderlon responde: “revólver”.

Para a polícia, Aderlon planejou a morte da esposa. Ainda segundo o irmão dele, no dia do crime o homem deu um abraço nele e na mãe, como estivesse se despedindo. O casal deixa duas filhas, uma de 8 anos e outra de 17.

A delegada de homicídios responsável pelo caso, Nercília Dantas, contou que os corpos de Aderlon e de Dayse Ariceia da Silva Alves, de 40 anos, foram encontrados vestidos, um ao lado do outro na cama da suíte 24 do motel.

Segundo a delegada, o homem teria utilizado um revólver calibre 38 para atirar na boca da mulher e, em seguida, deitou ao lado dela e atirou na própria boca. “A perícia cadavérica é que vai afirmar quantos tiros foram exatamente em cada corpo”, disse.

Casal estava separado

De acordo com a polícia, o casal estava separado há 9 dias. Mas, segundo a família, Dayse e Aderlon já não viviam na mesma casa há cerca de um ano, quando o homem decidiu ir morar na casa da mãe dele.

Também em depoimento à TV Paraíba nesta segunda, o irmão de Aderlon contou que o casal se conheceu quando Dayse tinha apenas 15 anos. “Eles foram casados há 21 anos, mas fazia um ano que estavam separados”.

“Desde que ela deixou ele, ele estava em depressão e não aceitava o fim do relacionamento, acompanhava tudo o que ela publicava nas redes sociais. Na sexta-feira (12), foi o aniversário dela e eu fiquei monitorando ele o dia todo, já imaginando que ele poderia fazer algo contra ela”, disse o irmão de Aderlon.

Aderlon e Dayse foram casados durante 21 anos — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Aderlon e Dayse foram casados durante 21 anos — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Mulher fez aniversário na sexta

Dayse Ariceia da Silva Alves completou 40 anos na sexta-feira (12). Amigos e familiares fizeram um aniversário surpresa para ela na manhã desta segunda (15), na Secretaria de Educação do município de Boa Vista, no Cariri paraibano.

A mulher era gerente administrativa da Secretaria de Educação de Boa Vista desde 2015. Segundo o prefeito da cidade, na prática, ela atuava como secretária de educação do município.

Já Aderlon era motorista da prefeitura. O prefeito informou que nesta terça-feira (16) será ponto facultativo para os servidores do município e que decretou luto por três dias.

Dayse completou 40 anos na sexta-feira (12) e ganhou festa supresa de amigos na manhã desta segunda (15), na PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Dayse completou 40 anos na sexta-feira (12) e ganhou festa supresa de amigos na manhã desta segunda (15), na PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Investigações da polícia

À princípio, a polícia acredita que Aderlon teria convidado a esposa para comemorar o aniversário dela no motel onde o crime aconteceu. Na manhã desta terça-feira (16), a delegada Nercília Dantas informou ao G1que, pelas circunstâncias do crime, o casal teria entrado no local em comum acordo.

“A gente não tem informações de como ele planejou tudo porque não conseguimos desbloquear o celular dele ainda. Eles foram juntos para o motel no carro dela. No local não havia nenhum sinal de que ela teria entrado forçada”, explicou a delegada.

Ainda conforme Nercília Dantas, na cena do crime tudo estava organizado. “A malinha do trabalho dela estava na cadeira, a bolsa na mesa, os celulares arrumados em outro ponto, então pela forma que o local estava, não tem indícios de que ela entrou lá forçada, entraram em conjunto, mas isso de fato só será comprovado após as investigações serem concluídas”, disse.

Funcionários do motel ouviram disparos

Ainda de acordo com a polícia, o casal deu entrada no motel às 17h30 desta segunda (15). Por volta das 20h, alguns funcionários do local escutaram um barulho como de um tiro. Cerca de uma hora depois, às 21h, quando Aderlon mandou mensagem para o irmão dele, os funcionário ouviram outro disparo.

Crime aconteceu dentro de suíte em motel entre as cidades de Campina Grande e Queimadas, na PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Crime aconteceu dentro de suíte em motel entre as cidades de Campina Grande e Queimadas, na PB — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Velório e sepultamento

De acordo com o IML, os corpos de Aderlon e Dayse foram liberados na manhã desta terça-feira (16). As famílias informaram que os velórios estão previstos para às 16h no Campo Santo da Paz, em Campina Grande. Já o sepultamento está previsto para esta quarta-feira (17), no mesmo horário.

O que diz o motel

A direção do Parque Motel Campina informou que, para preservar a privacidade dos clientes, solicita apenas documento de identificação na entrada do estabelecimento e não faz revistas nos hóspedes. Por isso, tragédias como essa fogem do controle da administração, segundo a nota.

“O Parque Motel tomou todas as medidas necessárias e salienta que está à disposição dos órgãos responsáveis para sanar quaisquer dúvidas”, diz a nota. “Lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com os familiares pelas suas perdas”.

G1

 

Homem morre vítima de ataque de abelhas na zona rural de Mari/PB

Um homem morreu na noite desta segunda-feira (15) na zona rural de Mari, mais precisamente no sítio Soares de Oliveira, após um ataque de abelhas.

A vítima foi identificada como Severino Ancelmo de Oliveira, o mesmo se utilizada de um método antigo para colher o mel, queimando estrumo de gado para afastar as abelhas, sem necessariamente utilizar-se de vestimenta adequada para esse tipo de atividade.

Seu Severino foi surpreendido por milhares de abelha e não teve tempo de se defender do ataque.

O corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar ao local a vítima já estava morta.

Da Redação 
Do ExpressoPB 

 

 

 

Criança é morta a tiros em carro com homem que havia acabado de deixar a prisão na PB

Uma criança de 9 anos foi morta com dois tiros dentro do carro onde estava um ex-detento, recém liberado da prisão, na noite desta quinta-feira (15), em Santa Rita, na Grande João Pessoa. O homem recebeu um alvará de soltura no mesmo dia e estava sendo solto, após passar três meses preso.

Letícia Agripino estava no carro com o pai, a madrasta, um irmão de 3 anos e um amigo da família, que dirigia o carro. Eles iriam ao médico, mas antes passaram no Presídio Padrão de Santa Rita para buscar um primo do pai da criança, preso por posse ilegal de arma. Nesse momento, o carro foi alvo de vários tiros.

Segundo o delegado Hugo Helder, ao pegar o ex-detento, o carro foi atingido por vários tiros, ainda perto do presídio. O pai da criança ficou ferido por estilhaços das balas. A menina de 9 anos ainda foi socorrida e levada para UPA de Santa Rita, mas não resistiu e morreu.

A Polícia Civil ainda não sabe explicar o que pode ter acontecido. O ex-detento informou, em primeiro depoimento à polícia, que não esperava ser solto nesta segunda-feira. Ele afirmou que não conversou com nenhum advogado e que só ficou sabendo do alvará de soltura praticamente na hora de deixar o presídio.

Ainda conforme o delegado Hugo Hélder, o ex-detento informou que um agente penitenciário teria feito a ligação para a família informando do alvará de soltura.

Todos os ocupantes do carro, segundo a Polícia Militar, são de Odilândia, Zona Rural de Santa Rita.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Homem morre atropelado em rodovia, na saída de Guarabira

Um jovem morreu ao ser atropelado na noite desta segunda-feira (15), próximo ao Distrito de Contendas, nas imediações do antigo Ninho das Garças, zona rural de Guarabira, Agreste paraibano. Um equipe de resgate confirmou o óbito.

A polícia informou a identidade do rapaz, trata-se de Antônio da Galinha. Moradores relataram que ele sempre frequentava a localidade.

Populares também relataram que Antônio é morador da comunidade. Ninguém informou qual foi o veículo que atropelou Antônio.

 

Fonte: Blog do Galdino

 

 

Homem é preso suspeito de estupro e cárcere privado de adolescente de 16 anos, na PB

Um homem foi preso na noite da sexta-feira (12) suspeito de estuprar e manter em cárcere privado uma adolescente de 16 anos, em São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima.

Segundo a polícia, o homem foi preso após denúncias anônimas que levaram a Polícia Militar até a casa da vítima, no Sítio Alagamar, zona rural do município. Em depoimento, a adolescente relatou que o homem era o ex-companheiro dela, mas que ele não aceitava o fim do relacionamento e teria a obrigado a manter relações sexuais.

A adolescente relatou ainda que o ex-companheiro a ameaçou de morte caso ela não voltasse para a casa dele e, ao retornar para a residência do homem, ela teria sido estuprada e agredida por ele.

Após o relato da vítima, a polícia conseguiu localizar o homem, que foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras, na mesma região. A adolescente também foi levada à delegacia acompanhada do Conselho Tutelar do município.

Na manhã deste sábado (13), a polícia informou que o suspeito permanecia detido na delegacia de Cajazeiras aguardando audiência de custódia prevista para a terça-feira (16).

G1

 

Homem é preso suspeito de estupro e cárcere privado de adolescente de 16 anos, na PB

Um homem foi preso na noite da sexta-feira (12) suspeito de estuprar e manter em cárcere privado uma adolescente de 16 anos, em São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a vítima.

Segundo a polícia, o homem foi preso após denúncias anônimas que levaram a Polícia Militar até a casa da vítima, no Sítio Alagamar, zona rural do município. Em depoimento, a adolescente relatou que o homem era o ex-companheiro dela, mas que ele não aceitava o fim do relacionamento e teria a obrigado a manter relações sexuais.

A adolescente relatou ainda que o ex-companheiro a ameaçou de morte caso ela não voltasse para a casa dele e, ao retornar para a residência do homem, ela teria sido estuprada e agredida por ele.

Após o relato da vítima, a polícia conseguiu localizar o homem, que foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras, na mesma região. A adolescente também foi levada à delegacia acompanhada do Conselho Tutelar do município.

Na manhã deste sábado (13), a polícia informou que o suspeito permanecia detido na delegacia de Cajazeiras aguardando audiência de custódia prevista para a terça-feira (16).

G1

 

Homem é preso suspeito de matar jovem a facadas e pauladas após descobrir zoofilia, na PB

Um homem foi preso na manhã desta quinta-feira (11) suspeito de matar um jovem a facadas e pauladas no distrito de Galante, em Campina Grande. De acordo com a delegada de Homicídios responsável pelo caso, Nercília Dantas, o suspeito alegou que cometeu o crime após descobrir que a vítima estaria praticando zoofilia com um dos animais dele.

Francisco de Assis Ferreira da Silva foi preso após mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. Segundo a delegada, o crime aconteceu no dia 16 de novembro de 2018. O suspeito teria contado com a ajuda de um sobrinho dele, um adolescente de 16 anos, para assassinar José Matias da Silva.

Ainda de acordo com a polícia, o adolescente de 16 anos já havia sido apreendido em flagrante um dia após o crime. Ele responde por ato infracional na Vara da Infância e Juventude de Campina Grande.

Francisco de Assis Ferreira foi encaminhado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande, onde permanece aguardando audiência de custódia prevista para esta sexta-feira (12).

G1

 

Adolescente infrator acusado de tentar matar homem e atear fogo na casa dele é apreendido em Cuitegi

Um adolescente infrator de 17 anos de idade foi apreendido por policiais militares e civis na tarde desta quarta-feira (10), na cidade de Cuitegi. Contra ele havia um mandado de busca e apreensão expedido pela Comarca de Guarabira pelo ato infracional semelhante à lesão corporal grave.

Ele é acusado de, junto com outro, espancar um homem a pauladas até quase a morte e ainda tocar fogo na residência dele. Devido à gravidade das agressões, a vítima passou várias semanas internada no Hospital de Trauma, mas conseguiu sobreviver.

O adolescente infrator foi apreendido por policiais da guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, com o apoio do Destacamento local, comandado pelo sargento Djevaldo.

Ele foi localizado na sua residência e conduzido pelos policiais para a Delegacia de Polícia Civil.

Assessoria 4º BPM