Arquivo da tag: Hélder

Senado divulga lista de agraciados com a Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara

O presidente do Conselho da Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), leu em Plenário, na quarta-feira (17), a lista dos cinco agraciados com o prêmio este ano.

Receberão a comenda em virtude de sua história de luta em defesa dos direitos humanos o bispo Dom José Maria Pires, o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, o procurador da República Felício Pontes Júnior, o advogado e professor João Baptista Herkenhoff e o líder camponês Manuel da Conceição Santos. Foram analisados 21 indicados para a escolha dos cinco premiados.

A cerimônia de premiação ocorrerá em sessão do Senado no mês de dezembro, em data a ser marcada. Esta é a terceira edição da comenda, criada em 2010.

– Foram escolhidas figuras ilustres da vida brasileira que dedicaram suas vidas à causa de defesa dos direitos humanos – disse Inácio Arruda.

Já receberam a comenda em anos anteriores o ministro do Supremo Trunal Federal Carlos Ayres Britto, o cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, o historiador Jair Krischke, o arcebispo Dom Marcelo Pinto Carvalheira, os bispos Dom Tomás Balduíno, Dom Pedro Casaldáliga e Dom Manuel da Cruz, os deputados Paulo César Fonteles de Lima e Marcelo Freixo, e os defensores públicos Wagner de La Torre e Antônio Roberto Cardoso.


Fonte: Agência Senado

Focando a Notícia

Couto indica arcebispo emérito da PB para receber Comenda de Direitos Humanos ‘D. Hélder Câmara’


O deputado Luiz Couto indicou o arcebispo emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires, para receber a Comenda de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, que é concedida pelo Senado Federal a personalidades que tenham oferecido contribuição relevante à defesa dos Direitos Humanos no Brasil.
Em pronunciamento na quarta-feira (4), o deputado Luiz Couto chamou o arcebispo de “paraibano nascido em Minas Gerais” e o intitulou de “profeta que não desiste”. Ele falou da trajetória do religioso quando esteve à frente da Arquidiocese da Paraíba, como seu arcebispo, e pediu para que fosse registrado nos anais da Câmara dos Deputados um texto proferido por D. José Maria Pires em homilia para a missa de ação de graças quando D. Helder Câmara celebrava os 65 anos sacerdotais, realizada em Recife, em 15 de agosto de 1966.
“Bispo inquieto, que sempre se manteve atento aos anseios do povo, acompanhando com atenção as mudanças da sociedade, protagonizou momentos que enriqueceram a história da Igreja na Paraíba; idealizou uma Igreja profética; nunca deixou sem respostas as inquietações do povo, sempre pronto a sacrifícios para levar conforto espiritual e satisfação de viver aos pobres e marginalizados, apontando luz quando a escuridão se prolonga depois do alvorecer”, pronunciou Luiz Couto em homenagem a Dom José.

Dom José Maria Pires nasceu em 15 de março de 1919, no distrito de Córregos, no município mineiro de Conceição do Mato Dentro, localizado no Vale do Jequitinhonha. Entrou para o Seminário aos 12 anos, sendo ordenado sacerdote aos 22 anos, em 20 de dezembro de 1941. Em 22 de setembro de 1957 foi consagrado Bispo e elevado a Arcebispo em 02 de dezembro de 1965, ficando à frente da Arquidiocese da Paraíba, como seu Arcebispo, durante 30 anos.

Ascom do deputado para o Focando a Notícia