Arquivo da tag: Hackers

Ataque de hackers a celulares de deputados da Paraíba faz mais uma vítima

A onda de clonagem a celulares de deputados estaduais na Paraíba tem nova vítima. Dessa vez, o deputado estadual Ricardo Barbosa teve seu número clonado e os hackers estão usando para aplicar golpes. A denúncia foi feita pela assessoria do parlamentar nesta segunda-feira (2) por meio das redes sociais.

Semana passada outros seis deputados, Wallber Virgulino, Jane Panta, Trócolli Junior, Branco Mendes e Lindholfo Pires sofreram o mesmo golpe.

As vítimas prestaram um Boletim de Ocorrência e foram nas operadas dos respectivos números clonados para resgatar um novo número.

A clonagem de telefones é um dos crimes mais recorrentes nos últimos anos e tipificada no Código Penal como Adulteração do IMEI – número de Identificação Internacional do equipamento, que tem punição de reclusão, de um a três anos, e multa não só para quem adulterar o número do aparelho, mas também para quem comercializar aparelhos alterados.

 

clickpb

 

 

Hackers invadem Facebook de prefeito e publicam pornografia

Zé-ArnaldoO prefeito de Amparo, Zé Arnaldo da Silva, teve a sua conta pessoal no Facebook invadida por hackers neste quarta feira (18), Os invasores publicaram e compartilharam imagens pornográficas e causaram transtornos ao gestor municipal, que foi comunicado por amigos sobre a situação.

Ao tomar conhecimento da invasão, o prefeito repudiou o ato e pediu desculpas aos amigos de sua rede social pelo transtorno.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Zé Arnaldo disse ainda que acionou sua assessoria jurídica e profissionais da área de informática para tentar identificar os responsáveis pela invasão e, assim, a Justiça punir os invasores.

“Considero a invasão um ato covarde e desumano”, comentou.

Nos últimos dias, o prefeito da Prata, Júnior Nóbrega, e o prefeito de São José dos Cordeiros, Fernando Marques Queiroz, também tiveram suas contas hackeadas.

MaisPB

Hackers invadem 100 mil sites com falha em plugin do WordPress

hackersA empresa de segurança Sucuri, especializada na segurança de sites na web, alertou no domingo (14) para uma onda de ataques contra sites que usam a plataforma WordPress. Hackers estão se aproveitando de uma vulnerabilidade em um plugin para invadir as páginas e injetar uma praga digital que contamina os visitantes e mecanismos para controlar os sites infectados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O WordPress é um sistema usado por sites de internet para gerenciar conteúdo e montar as páginas que serão enviadas aos visitantes. Projetado para facilitar a criação de blogs, o WordPress é usado por sites de todos os tamanhos. Uma de suas características é a possibilidade de acrescentar funções extras por meio de “plugins” e de alterar facilmente o visual do site com “temas”.

O “wordpress.com” oferece hospedagem de blogs usando uma versão própria e limitada do WordPress. Sites hospedados nesse serviço não devem ser afetados.

A Sucuri confirmou os detalhes técnicos do ataque nesta segunda-feira (15). O plugin atacado se chama Revslider e a vulnerabilidade é explorada desde setembro, mas em escala menor. O plugin foi corrigido em julho, mas o desenvolvedor não comunicou a existência da falha. O WordPress inclui uma função para atualizar plugins, mas o Revslider é incluído como parte de “temas” (mudanças de visual). Muitos temas não foram atualizados, segundo a Sucuri, o que deixou os sites vulneráveis.

A versão avulsa do Revslider não é gratuita, o que dificulta uma atualização manual dos temas que usam o código vulnerável. O download do plugin custa 18 dólares (cerca de R$ 50).

Limpar um site infectado é uma tarefa complicada. Remover a infecção requer a substituição de dois arquivos do WordPress, “swfobject.js” e “template-loader.php”. No entanto, os sites são alterados de outras maneiras para garantir que os hackers continuem tendo acesso ao blog, mesmo após o vírus ser eliminado. Não há informação sobre todas as mudanças feitas.

Se os mecanismos de controle deixados pelos hackers não forem removidos, o site voltará a ter o código maliciosos “em minutos”, de acordo com a Sucuri. O Google já bloqueou 11 mil sites, mas a Sucuri estima que pelo menos 100 mil estejam contaminados. A onda de ataques foi batizada de “SoakSoak”, porque o redirecionamento incluído nos sites leva os visitantes para o endereço “soaksoak.ru”.

Ataque aos visitantes
Os hackers invadem os sites para alterar códigos e incluir um redirecionamento para um site com vírus. A Sucuri não informou que tipo de vulnerabilidade ou técnica é usada pelo ataque para contaminar os visitantes dos sites invadidos. A recomendação é manter o navegador e todos os plugins (Flash, Adobe Reader e Java) atualizados. Dessa maneira, o computador não deve ser infectado apenas ao visitar um site.

G1

Hackers atacam site da prefeitura de Remígio

 

O site da Prefeitura de Remígio, situado no Brejo Paraibano, foi vítima de duas invasões  hackers na última segunda-feira, dia 26 de maio. Esta é a primeira vez que o portal da prefeitura sofreu esse tipo de invasão.  Ações como essa têm sido frequentes nos últimos dias, e nem os sites do governo federal escaparam.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A Secretária de Comunicação já está investigando o que aconteceu e descobriu que as duas tentativas foram oriundas do estado do Mato Grosso. O secretário de Articulação Politica, Antônio Junior afirmou que apenas a ‘front page’ do portal do município foi trocada durante a invasão, no entanto, nenhum dado foi retirado ou alterado pelos hackers.

 

“O site tem como provedor um sistema operacional seguro, mas também está sujeito a ação dos hackers.  Hoje a espionagem na internet é uma realidade e este artifício pode ser utilizado para diversas finalidades, até mesmo políticas”, afirmou.

 

‘Espionagem de Dilma’ fortaleceu ação de hackers

 

Após a polêmica envolvendo a Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que estaria espionando autoridades brasileiras, incluindo a presidente Dilma, a ação de hackers se fortaleceu.

 

O caso de Dilma teve repercussão mundial após o ex-técnico da NSA, atualmente asilado na Rússia, vazar informações específico denunciando a espionagem americana ao governo brasileiro.

 

A ONU (Organização das Nações Unidas) aprovou na quarta-feira uma resolução antiespionagem. O documento cria um compromisso entre os países da ONU para “fazerem uma revisão de seus procedimentos e legislação”.

 

SECOM

 

Hackers usam cartões falsos e levam US$ 40 milhões em caixas eletrônicos

caixa_eletronicoOs caixas eletrônicos dos Estados Unidos estão sofrendo mais uma onda de invasões hackers, mas dessa vez a ameaça é mais grave do que um simples caso de ataque por SMS. Os ladrões estão invadindo os dados dos bancos e removendo as restrições de saques dos clientes, permitindo que, por meio de cartões falsos, eles consigam roubar grandes quantias de dinheiro – chegando a totalizar US$ 40 milhões neste esquema.

Os roubos, que tem três fases separadas, iniciam com uma invasão às redes dos bancos por meio de malwares instalados nos computadores, muitas vezes instalados por funcionários descuidados que clicam em emails infectados. Com isso, os hackers conseguem acesso remoto aos dados dos clientes e alteram o limite diário de saques.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em seguida, os ladrões utilizam cartões falsificados para ir aos caixas eletrônicos e retirar o dinheiro, conseguindo sacar valores até maiores que os disponíveis na conta da vítima. Para garantir que o ataque traga boas somas, os hackers ainda agendam eles para os fins de semana e feriados, quando há menos movimento e mais dinheiro nas máquinas automáticas.

O governo dos Estados Unidos está cobrindo as perdas das vítimas, tornando uma situação extremamente incômoda para os cofres públicos do país. Enquanto isso, não há nenhum registro de ação semelhante no Brasil – embora seja sempre seguro dar uma olhada na conta bancária para garantir que ela não está sendo alvo de nenhum acesso ilegal.

Tec Mundo