Arquivo da tag: guia

Guia completo sobre Carlos Drummond de Andrade

Para prestar vestibular é necessário muito estudo. Para quem presta para Medicina a exigência é ainda maior. Se você está nesta fase, sabe que precisa ter muita disciplina e entrega. Para esta fase da vida, os cursinhos são uma grande ajuda.

E foi-se o tempo que só podia fazer um preparatório quem tinha tempo livre e dinheiro para pagar. Atualmente, há muitas opções de cursinho pré-vestibular medicina, por exemplo, para quem quer ter liberdade para fazer a própria grade horária.

Se você está se preparando para a maratona de provas do fim de ano, sabe que questões sobre arte têm sido cada vez mais comuns. Carlos Drummond de Andrade, um dos poetas mais importantes do Brasil e um dos mais influentes do século XX, é o assunto deste post.

Biografia

Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira, Minas Gerais, em 31 de outubro de 1902. Era o nono filho dos proprietários rurais Carlos de Paula Andrade e Julieta Augusta Drummond de Andrade.

Aos 8 anos, mudou-se para Belo Horizonte para fazer o curso primário. Acometido por uma doença, voltou para Itabira. Já um pouco maior, em 1918, tornou-se aluno do internato Colégio Anchieta, em Nova Friburgo, no estado do Rio de Janeiro. Mas, um ano depois, foi expulso por “insubordinação mental”.

Mudança para Belo Horizonte

Novamente, teve abrigo na casa dos pais, em Itabira. Junto deles, mudou-se para Belo Horizonte em 1920. Na capital, começou a trabalhar na imprensa e passou a ter contato com alguns escritores modernistas.

Em BH, formou-se em Farmácia e casou com Dolores Dutra de Morais, única companheira que teve.

Modernismo

Embora tenha produzido alguns poemas logo que o Modernismo Brasileiro surgiu, a produção de Drummond é vinculada à segunda geração deste movimento que vai do ano 1930 a idos de 1945.

Para recordar…

1ª Geração modernista (1922- 1930)

Os primeiros modernistas queriam revolucionar a arte brasileira rompendo com o padrão estético dos parnasianos. Os primeiros modernistas tentaram usar uma linguagem mais coloquial e informal nas produções.

Também se interessavam em pensar a identidade brasileira e, por isso, acabaram se debruçando sobre temas como o folclore, a música popular e a própria língua.

2ª Geração (1930- 1945)

Os ideais modernistas já estavam consolidados na produção literária. Os poetas e escritores da 2ª geração passaram a se preocupar com questões mais ligadas à política e economia brasileira e mundial.

Era o período de intensos conflitos armados, como a Guerra Espanhola e a 2ª Guerra Mundial. O desenvolvimento de armas e bombas, como a atômica, eram motivo de grande medo e preocupação.

Por isso, questões existenciais como a morte, a solidão, o envelhecimento eram muito comuns na poética desta geração.

Estética

Drummond ficou famoso pelos versos livres, aqueles em que não se tem uma métrica rígida, nem preocupações com a rima. O poeta mineiro soube como poucos manipular a língua portuguesa a ponto de criar poemas simples, mas, ao mesmo tempo, extremamente sofisticados.

Em um primeiro momento, é mais irônico e trata os assuntos com mais distanciamento e humor. Já em um segundo momento, mais reflexivo, fica mais sério, preocupado com as questões do mundo.

Temáticas

Drummond escreveu sobre os mais diversos assuntos. Desde Itabira, sua terra natal, até partes do corpo humano, como o bumbum. Tratou de questões mais cotidianas e triviais, como a vida corrida nas grandes cidades, mas também falou sobre a saudade, sobre a dor da guerra, sobre as desigualdades sociais do Brasil.

Produção Literária

Drummond é sempre lembrado por suas poesias, mas, além delas, ele também escreveu contos, ensaios e crônicas. Algumas de suas principais produções de poesia são:

Alguma Poesia

Livro de estreia de Drummond, foi lançado em 1930. A poesia de abertura é seu famoso Poema das setes faces:

Quando nasci, um anjo torto

desses que vivem na sombra

disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

Sentimento do Mundo

Terceiro livro de poesias de Drummond, esta obra foi lançada em 1940. O poeta está menos introspectivo e mais ligado à situação do mundo; suas aflições remetem ao pessimismo pela Guerra Mundial e a esperança de paz.

Sentimento do mundo, Confidência do Itabirano e Mãos dadas são 3 dos poemas mais famosos deste livro.

José

Quarto livro de poesias, foi lançado em 1942. Um de seus poemas mais famosos está nesse livro:

E agora, José?

A festa acabou,

A luz apagou,

O povo sumiu

a noite esfriou

e agora, José?

A rosa do povo

Lançado em 1945, é um dos livros mais importantes da literatura brasileira. Drummond escreveu esta obra mais uma vez impactado pela 2ª Guerra Mundial e pela bomba atômica lançada sobre Hiroshima. No entanto, tentava enxergar uma esperança de paz, esperança que era frágil como a rosa que rompia o asfalto.

 

Conteúdo Gear SEO

 

Multa para candidato que infringir Legislação em guia eleitoral pode chegar a R$ 30 mil

treA propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV para candidatos a prefeitos e vereadores vai ao ar a partir desta sexta-feira (26) em todo o país. Entre as principais mudanças provocadas pela reforma eleitoral, está a redução no tempo do guia, que agora terá dois blocos no rádio e dois blocos na televisão com 10 minutos cada. O período da propaganda também foi diminuído de 45 para 35 dias. A geração do guia do primeiro turno encerra no dia 29 de setembro. A punição para quem infringir a legislação vai de multa – que varia, em média, de R$ 5 mil a R$ 30 mil – a direito de resposta e retirada do programa do ar. Este último costuma ocorrer em caso de reincidência.

Apenas os candidatos a prefeito farão uso dos blocos de 10 minutos, que vão ao ar às 7h e ao meio dia, no caso do rádio, e às 13h e às 20h30, na televisão. Já os vereadores terão direito a inserções que ocorrerão durante a programação. São 70 minutos diários em inserções, distribuídos entre os candidatos a prefeito (60%) e vereadores (40%).

Outra mudança destacada pelo juiz José Ferreira Ramos Júnior, coordenador da Propaganda Eleitoral em Rádio, TV e Mídia em João Pessoa, é a proibição de atores na apresentação do guia. O próprio candidato será responsável pela apresentação e condução do guia eleitoral no rádio e na TV. Trucagens, montagens, efeitos especiais e chroma key também estão proibidos. “O candidato pode fazer externa, mostrar um buraco, uma obra inacabada, mas não pode fingir que está numa locação”, destacou Ferreira Júnior.

A participação de padrinhos (políticos com e sem mandato, gestores, entre outros) está liberada, mas é preciso respeitar o tempo de aparição, que é de 25% do tempo total do programa. Nas inserções dos candidatos a vereador, o candidato a prefeito pode aparecer, mas não pode pedir voto para si próprio.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Guia Eleitoral: Cássio volta a acusar desvio do Empreender; RC desmente denúncias e mostra beneficiados

ricardo-e-cassioO Guia Eleitoral dos dois candidatos ao governo do estado desta quarta-feira (22) investiu num misto de propostas e denúncias. O guia de Cássio Cunha Lima (PSDB) reafirmou denúncias de desvios no programa Empreender Paraíba. Enquanto isso,  guia de Ricardo Coutinho (PSB) negou os desvios e mostrou vídeos com depoimentos dos beneficiados.

O programa de Cássio, reforçando denúncia que já havia sido veiculada no portal do candidato e em outro guia eleitoral, voltou a atacar o que considerou irregularidades no programa Empreender Paraiba.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O guia alegou que houve escolha de contemplados e fraudes para encobrir desvios de recursos. De acordo com a denúncia, foram fraudados endereços, onde pessoas de um cidade estavam recebendo como se morassem em outra. A cidade de Rio Tinto, localizada no Litoral Norte, é um desses municípios.

O microempresário José Antônio Ferreira, dono de uma pequena funerária na cidade, informou no guia como funcionaria a operação. Ele recebeu um financiamento de R$ 10 mil do Empreender, mas no endereço onde consta o contrato, está Rua Com Ventania, S/N, no município de Casserengue. Comprovante de domicílio falso, já que o empresário reside e manteria o negócio em Rio Tinto.

Segundo José Antônio, o presidente do PSB e coordenador do Orçamento Democrático de Rio Tinto, Fernando Naia, controla a liberação de todos os contratos e viabiliza a falsificação dos comprovantes de residência.

Outro caso seria de Simone Costa da Silva e o filho Felipe, proprietários de uma pastelaria, também receberam cheques no valor de R$ 2.042,82, cada um, se utilizando de endereços da cidade de Baia da Traição.

O Guia de Ricardo, que foi reprisado, rebateu as informações, informou que os comprovantes apresentados por José Antônio correspondem exatamente a cidade onde funciona a funerária. “Ele já fez três empréstimos e todas as notas de pagamento confirmam o endereço em Rio Tinto, mas numa atitude política tenta enganar a população”, frisou o apresentadora Dani Monteiro. O vídeo com o empresário mostra ele falando que está com Cássio e não vota mais em Ricardo.

Outro beneficiário do Empreender, Evaldo Gonzaga, teria sido enganado numa ligação telefônica. “Estava na minha casa e uma ligação tocou dizendo que era o pessoal do empreender. Eu vim aqui, porque eu fiquei indignado com o que fizeram com a minha pessoa. Eu assisti a gravação e vi que aquilo foi totalmente uma montagem”, informou.

A apresentadora também disse que o programa de Cássio acusou “levianamente Felipe e sua mãe, Simone da Costa, dona de uma pastelaria, de forjarem o programa que oferece crédito. Se apresentaram como funcionários do Empreender e filmaram escondidos. A própria Simone conta qual é a verdade dos fatos”.

“Meu filho acordou de manhã com uma pessoa chamando. Quando ele abriu a porta o rapaz se identificou como era uma pessoa do empreender. Me senti muito humilhada, porque eu sou uma trabalhadora, pago meus impostos em dia, sustento meus filhos com isso. A gente somos pessoas humildes. Como uma pessoa de Rio Tinto eu sou muito conhecida e sabem a minha luta. Passei muita dificuldade para chegar onde eu estou e queria que essa pessoa tivesse um coração bom.e não usasse de má fé, principalmente do meu filho, ele é um menino bom. Usasse a imagem dele para querer ganhar campanha”, desabafou Simone.

A empresária garantiu que não estava usando enderenço de outra cidade. “Eu tenho provas. Ali não é uma fraude”, pontuou.

Paulo Dantas

Horário de verão começa no domingo e antecipa exibição do Guia Eleitoral

horario de verãoA apresentação do Guia Eleitoral será antecipada em uma hora a partir do próximo domingo, quando começa a vigorar o horário de verão em alguns estados do País. Embora a Paraíba não adote a mudança de horário a exibição do programa seguirá o horário de Brasília. Os guias eleitorais serão exibidos às 6h e às 11h no rádio, e às 12h e às 19h30 na televisão.

A Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba informa aos representantes partidários que fiquem atentos quanto à mudança de horário da exibição pois isso significa uma hora a menos no horário da entrega do material às emissoras que geram os programas no rádio e na TV.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A mudança de horário, entretanto, se dará apenas no que diz respeito ao Guia Eleitoral. A votação no dia 26 de outubro seguirá o horário local permanecendo das 8h às 17h.

 

BlogdoGordinho

TRE sorteia nesta quinta-feira a ordem no Guia Eleitoral

guiaeleitoralO sorteio da ordem dos candidatos na veiculação do Guia Eleitoral para o 2º turno das Eleições 2014 será realizado às 9 horas da próxima quinta-feira, dia 9,  na Sala de Treinamento no 4º andar da sede do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, com a presença de representantes das coligações que vão disputar o pleito, do Ministério Público, da TV Arapuan e Rádio Tabajara, emissoras que vão gerar o programa na televisão e no rádio.

De acordo com o calendário eleitoral, o horário gratuito no rádio e na TV pode começar a ser exibido 48 horas após a proclamação dos eleitos no primeiro turno das eleições.  O Guia terá a duração de 40 minutos, sendo 20 para os candidatos a presidente da República e 20 para os candidatos a governador. Nessa fase da disputa eleitoral a divisão do tempo é igualitária com dez minutos para cada partido ou coligação.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na Paraíba, a proclamação dos candidatos eleitos para disputar o segundo turno será feita pelo presidente do TRE, desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides,  na sessão de julgamento desta quarta-feira, 8 de outubro.

 

TRE/PB

Efeito do Guia Eleitoral: TRE-PB recebe 67 representações em uma semana

TRE-PBO Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba já recebeu 116 representações contra candidatos, partidos e coligações que disputam as Eleições 2014. Dessas, 67 ocorreram na última semana, de 19 a 25 de agosto, 44 foram protocoladas entre 1º de janeiro e 18 de agosto, e cinco chegaram ao TRE ainda em 2013 e são referentes a denúncias de propaganda extemporânea.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Um levantamento feito pela Secretaria Judiciária do TRE-PB mostra que das 67 apresentadas após o início do Guia Eleitoral no rádio e na TV, ocorrido na última terça-feira, 24 são denúncias de irregularidades durante o horário eleitoral ou pedido de resposta.

As carreatas geraram 15 representações e 12 são por propaganda irregular na internet. O envelopamento de veículos gerando o efeito outdoor deu origem a 13 representações e duas são por irregularidades em pesquisas eleitorais. Uma é referente a placas justapostas.

Registros de candidaturas

Dos 582 requerimentos de registros de candidaturas recebidos pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, até esta segunda-feira, 25, foram deferidos 416 e indeferidos 57. Os deferidos com recursos são 17 e 33 indeferidos recorreram. O Tribunal homologou 42 renúncias e não conheceu quatro requerimentos. Oito foram cancelados e cinco aguardam julgamento.

De acordo com o levantamento feito pela Secretaria Judiciária 35 destes candidatos entraram com pedido individual de registro, 30 foram para ocupar vagas remanescentes e nove são candidatos substitutos.

 

TRE-PB

TRE tem até o dia 12 de agosto para definir ordem de veiculação do guia eleitoral

guiaeleitoralOs candidatos já estão liberados para fazer campanha nas ruas e na internet, mas o guia eleitoral só começará a partir do dia 19 de agosto.

De acordo com o calendário eleitoral, os Tribunais Regionais Eleitorais têm até o dia 12 de agosto para realizarem o sorteio para a escolha da ordem de veiculação da propaganda de cada partido político ou coligação no primeiro dia do horário eleitoral gratuito.

A divisão do tempo de guia eleitoral obedece a dois critérios: 1/3 igualitariamente entre todos os partidos e coligações e 2/3 proporcionalmente ao número de representantes na Câmara dos Deputados, considerando, no caso de coligação, o resultado da soma do número2/3 de representantes de todos os partidos políticos que a integram.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na Paraíba, o candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB) deve ficar com o maior tempo de guia eleitoral. A coligação ‘A vontade do povo’, encabeçada por ele, conta com 14 partidos.

O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato a reeleição pela coligação ‘A força do trabalho’ deve ficar com o segundo maior tempo de TV, se conseguir manter o PT em sua coligação.

Candidato a governador pela coligação ‘Renovação de Verdade, o senador Vital do Rêgo (PMDB) espera obter êxito na Justiça Eleitoral para atrair o PT para sua base.

O PROS, do candidato Major Fábio, o PSOL, do candidato Tárcio Teixeira, e o PSTU, do candidato  Antônio Radical, não se coligaram com nenhum partido.

 

Blogdogordinho

Guia de etiqueta para o sexo casual

Ganhando cada vez mais adeptos, o sexo casual deixa, aos poucos, de ser um tabu. A possibilidade de ter uma noite destinada exclusivamente à satisfação física parece irresistível. Porém, com essa liberação sexual, chegam diversas dúvidas também: vale tudo na cama com um desconhecido? Tem lugar para o carinho? Pode tomar banho junto?

Não existe um manual que explique o que se deve fazer na cama ou fora dela, portanto sentir o clima é muito importante antes de tomar alguma atitude. “O sexo casual não é para crianças, é para adultos. Tem que estar preparado para não receber telefonema, não ter comprometimento. Quem pratica, tem que se proteger e não pode fazer cobranças”, comenta o sexólogo Amaury Mendes.

Getty Images

Quem pratica sexo casual tem que estar preparado para não receber telefonema e não ter comprometimento

Com a possibilidade – ou a concretização – do sexo casual, vários dilemas comuns aparecem. Especialistas explicam a melhor forma de agir antes, durante e depois de uma noite de sexo sem compromisso:

Segurança
A preocupação mais importante que se deve ter é com a segurança antes, durante e depois do sexo. “O uso do preservativo é fundamental e avisar algum amigo onde vai estar e com quem também é aconselhável. Não pode abusar de álcool e de drogas, pois a pessoa fica mais vulnerável nessas condições. É preciso estar consciente para esse tipo de relacionamento”, explica a psicóloga sexual Ana Canosa.

A transa
Mesmo sem a expectativa de um compromisso futuro, os especialistas acreditam que vale de tudo na hora H: sexo oral, vaginal, fantasias, fetiches e o que mais o casal desejar fazer. “Vale tudo na primeira noite, só não pode falar sobre coisas desagradáveis como desemprego e problemas pessoais”, explica o sexólogo João Batista Pedrosa. Aqui, a dica mais importante é relaxar e curtir o momento.

Dormir junto
“Se o sexo foi bom, com uma certa intimidade emocional, dormir junto não é um problema”, explica Ana. Se a experiência não foi das melhores ou a vontade que você tem é de sair correndo, espere um pouco. “Pior do que qualquer coisa é uma pessoa que transa e já vai levantando. Fica uma situação chata. Mesmo que a noite não tenha sido muito agradável, espere um pouco para ir embora”, completa.

Getty Images

O sexo é uma prática íntima, portanto não há problema em ser carinhoso e gentil

Trocar telefones
Todo relacionamento, seja ele de uma noite ou de uma vida, está repleto de expectativas, porém é necessário saber domá-las. O mais comum após a relação é que o casal não troque telefones ou contato. “Quando optam pelo sexo casual, as pessoas, normalmente, não estão buscando um relacionamento. Elas querem viver emoções e sensações. Isso precisa ficar claro e bem assimilado pelos envolvidos”, explica Amaury.

A hora do banho
Tomar banho é uma atitude sempre bem-vinda, principalmente se for a dois. Ela não está vinculada com intimidade, e sim com higiene. A escolha do parceiro para esse tipo de relação é, inicialmente, física, portanto atitudes como higiene e educação são pontos positivos.

Café da manhã
Se quiser ficar para o café da manhã, pergunte antes. E não fique ofendido se a pessoa negar. Lembre que o propósito da noite já foi alcançado. Chame um táxi e vá embora. “A pessoa que faz sexo casual precisa ser capaz de não se envolver emocionalmente. Cabe a cada um tomar conta de si”, comenta Amaury Mendes.

Carinho
Só porque o encontro dura uma noite, não significa que carinho está proibido. O sexo é uma prática íntima, portanto não há problema em ser carinhoso e gentil. Só não tente forçar uma intimidade que pode não existir. “Sempre tem que ter carinho. Não é sinal de comprometimento. Ele é fundamental para a gente se sentir bem”, afirma Ana Canosa.

 

iG

Guia básico de primeiros socorros em crianças

Mesmo vigiadas de perto, crianças podem surpreender e, em questão de segundos, se envolver em alguma situação de risco. Cortes, quedas, engasgos e queimaduras são alguns exemplos. Você saberia como prestar os primeiros socorros para uma criança?

“Prestar os primeiros socorros é muito diferente de medicar. Estamos falando apenas da primeira assistência a quem está precisando. O próximo passo é procurar um hospital para se certificar que está tudo bem”, resume Kátia dos Santos Narciso, enfermeira docente do curso de Enfermagem e de Primeiros Socorros em Crianças da filial de São Paulo da Cruz Vermelha Brasileira.

Confira orientações com os procedimentos mais adequados em algumas situações de emergência comuns.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

>>> Engasgo

O que fazer: A técnica indicada para crianças de até sete anos é a da tapotagem, que consiste em inclinar o corpo da criança para frente e com as mãos em concha bater nas costas até que o objeto seja expelido pela boca. A orientação é da professora titular de primeiros socorros da Faculdade de Educação Física UNI-FMU e autora do livro “Turminha dos Primeiros Socorros” (Editora Phorte), Flavia Maria Serra Ghiroto.

Depois dessa idade, pode-se aplicar a manobra de Heimlich, também conhecida como compressão abdominal. Essa técnica é parecida com abraçar uma pessoa pelas costas e fazer compressão com a mão para dentro e para cima ao mesmo tempo.

“Antes dos sete anos a manobra de Heimlich não é a primeira indicação porque é mais agressiva. Se a pessoa que a fizer não souber aplicá-la corretamente poderá comprometer as costelas da criança”, afirma Flavia.

O que NÃO fazer: A professora lembra que o reflexo imediato de muitas mães de tentar tirar o que estiver obstruindo as vias respiratórias colocando o dedo na garganta da criança não é indicado se o objeto não estiver visível e com fácil acesso. Isso pode fazer com que o problema se agrave.

>>> Queimadura

O que fazer: Queimaduras por líquido quente são bastante comuns em crianças. O mais indicado, se for uma queimadura leve, é colocar a parte do corpo queimada debaixo de água corrente por 15 minutos.

“Se a queimadura for muito grave e a pessoa não estiver respirando, tem que fazer respiração boca a boca. Nesse caso, chame o resgate imediatamente”, recomenda a enfermeira Kátia.

O que NÃO fazer: Ao contrário do que muitos acreditam, não é indicado passar pasta de dente ou colocar pó de café.

>>> Intoxicação

O que fazer: O melhor a se fazer é levar a criança até um hospital. Se possível, leve junto a embalagem do produto ingerido para que os médicos possam recomendar procedimentos mais eficazes.

O que NÃO fazer: “Uma coisa que muitos fazem equivocadamente é dar leite para cortar o efeito. Está errado. Da mesma forma, induzir a criança ao vômito também não pode”, afirma Kátia.

>>> Fratura e torção

O que fazer: A única maneira de ter certeza se houve ou não fratura, quando ela não é visível, é através da radiografia. A indicação inicial é colocar gelo no local, observar o inchaço e verificar se tem hematoma.

Se o inchaço persistir e tiver muito hematoma, é muito provável que tenha ocorrido algum tipo de comprometimento ósseo. “Além de diminuir o inchaço, o gelo tem um fator analgésico que é benéfico para acalmar a dor. Se a dor persistir, procure um hospital”, recomenda Flavia Maria Serra Ghiroto.

>>> Queda

O que fazer: Se bater a cabeça, a criança deve ser avaliada por um médico. Os pais precisam ficar atentos a vômitos e ao estado da criança. Se ela estiver amuada, confusa ou não dormir direito, o melhor a se fazer é levá-la ao hospital assim que possível.

O que NÃO fazer: Kátia explica que não deixar a criança dormir se ela bater a cabeça é um mito. “Isso foi criado porque pensavam que ela poderia entrar em coma. Mas uma pessoa dormindo, com respiração e batimentos cardíacos normais, é diferente de quem está em processo de perda de consciência”.

>>> Corte

O que fazer: “O local deve ser lavado com água e sabão. Depois, faça uma compressão com gazes ou um pano limpo para tentar parar o sangramento”, ensina Ariovaldo Lopes, pediatra do Hospital Infantil Sabará.

Se o corte não for claramente superficial, o indicado é procurar um hospital para avaliar a necessidade de dar ponto. “Deixar para suturar depois pode inviabilizar o procedimento, porque em poucas horas o risco de infecção aumenta e a sutura deixa de ser recomendada”, explica Kátia dos Santos Narciso, enfermeira docente do curso de Enfermagem e de Primeiros Socorros em Crianças da filial de São Paulo da Cruz Vermelha Brasileira.

>>> Afogamento

O que fazer: Nestes casos, o primeiro passo é checar se a pessoa está respirando. Se não estiver, deve-se iniciar um procedimento conhecido como Reanimação Cardiopulmonar (RCP). Essa técnica é complexa e o ideal seria aprendê-la através de um treinamento específico.

“Se ninguém souber e não houver tempo de chamar socorro, a respiração boca a boca é mais simples: ventila-se duas vezes dentro da boca da vítima, mantendo as narinas fechadas”, recomenda Kátia.

>>> Transporte da vítima

O que fazer: Chamar a ambulância. Transportar uma pessoa que tenha passado por algum tipo de trauma é contraindicado. “Em casos de fratura, por exemplo, o transporte deverá ser realizado com o membro fraturado sobre uma superfície plana. Em casos de suspeita de trauma na coluna, deve-se evitar manipulações e solicitar remoção por uma ambulância”, ensina Ariovaldo.

“É um risco fazer o transporte por conta própria”, ressalta Kátia. Só o transporte feito por profissionais treinados vai garantir a estabilidade da vítima.

 

 

iG

Bananeiras é destaque em guia italiano de viagens

PB-turismoO Guia Polaris Brasil, edição 2013/2014, começa a ser distribuído na Itália em junho deste ano. A informação é da jornalista italiana Francesca Zanutto, que realizou uma visita a alguns atrativos turísticos da Paraíba durante seis dias.

De domingo (27) até esta sexta-feira (1), a jornalista e editora do Guia Polaris visitou as praias do litoral Sul, João Pessoa, região do Brejo (Bananeiras), Lajedo do Pai Mateus (Cabaceiras) e aldeias indígenas em Baía da Traíção, no litoral Norte. Francesca explicou que o guia deve atingir uma tiragem de 7 mil exemplares. “O guia deverá estar disponibilizado em 120 livrarias italianas. Nesta edição iremos oferecer dicas e sugestões dos pontos e produtos turísticos, roteiros e serviços”, explicou.

Outro diferencial do guia editado pela Casa Editrice Polaris, especializada em livros de fotografia e guias de viagem, é que haverá uma distribuição junto a agências de viagens, operadoras e clientes VIPs. “O guia é uma ferramenta que atende, especialmente, a classe média alta, além de operadoras. É um guia direcionado àquelas pessoas que querem montar o roteiro de sua viagem”, disse.

Avaliação – A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, avaliou a estadia da jornalista italiana no estado como positiva, que pode gerar uma divulgação do “Destino Paraíba” em toda a Itália. “Ela nos informou que a Embaixada brasileira na Itália vai promover o lançamento do guia, o que demonstra a importância de estarmos presente nos roteiros do Brasil retratados no livro”.

Fonte: PB Agora