Arquivo da tag: gratuitos

Em parceria com Governo de Solânea, unidade “Sesc Saúde Mulher” realiza exames gratuitos

Os especialistas da unidade Sesc Saúde Mulher, em parceria com o Governo de Solânea e a Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (AEMP) iniciaram os atendimentos em Solânea de mamografias e exames citopatológicos desde o último dia 04 de julho e estarão em atividade até o dia 31 deste mês.

O Sesc Saúde Mulher realiza exames de prevenção de câncer de mama e de câncer de colo de útero. As mulheres interessadas devem comparecer ao local, primeiramente, para agendar os exames com as cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. Para fazer a mamografia, as mulheres precisam ter entre 50 e 69 anos ou mais de 35 anos se houver histórico familiar (parente de primeiro grau) de câncer de mama. Já o exame citopatológico pode ser feito por mulheres entre 25 e 64 anos. As mamografias realizadas na unidade móvel são enviadas para o Hospital do Câncer de Barretos, referência no assunto, para emissão dos laudos.

A unidade está instalada em frente à Policlínica Municipal Dr. Orlando Cavalcante. Para realizar agendamento o atendimento é das 8 às 10 horas ou das 13 às 15 horas de segunda a sexta-feira, ou pode ser feito na Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Com informações AssCom Sesc

 

Serão abertas inscrições para cursos profissionalizantes gratuitos em Solânea

Nas áreas de estética e beleza, cursos acontecerão em parceria entre Prefeitura, Senac e AEMP.

A Prefeitura de Solânea, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, e em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de João Pessoa e a Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (AEMP), oferecem 45 vagas em cursos gratuitos nas áreas de beleza e estética para a população solanense. Interessados devem fazer as inscrições entre os dias 01, 02 e 03 de abril, até a próxima quarta-feira.

Para o prefeito Kayser Rocha essa é uma parceria importante que traz oportunidades de qualificação profissional. “O intuito é que com essa capacitação os alunos possam encarar novas oportunidades de emprego e aperfeiçoamento do trabalho. Em uma área de expansão na nossa região que é a área de beleza e estética”, avaliou.

Serão ofertados os cursos de Cabeleireiro Assistente, Manicure e pedicure e Produção de Noivas que serão ministrados por excelentes profissionais do Senac e ao todo somam 430 horas aulas. Os cursos iniciam dia 17/04 e acontecerão na unidade móvel “Carreta Escola de Beleza” que será estacionada no pátio do Ginásio de Esportes Adauto Silva.

Inscrição e documentação

Para realizar a inscrição, que acontece na Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de Solânea entre os dias 01/04 (tarde), 02/04 (manhã e tarde) e 03/04 (tarde), é necessário ter idade mínima de 18 anos e pelo menos o Ensino Fundamental incompleto além de ser cadastrado (a) no CadÚnico. É solicitado também RG, CPF, comprovante de escolaridade, título de eleitor, o número do NIS e comprovante de residência.

Ascom-PMS

 

PB tem cursinhos gratuitos para se preparar para o Enem

cursinho_aula_inauguralO resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 mal acabou de ser divulgado e alguns estudantes já começam a se preparar para as provas do exame deste ano. Além dos estudos no colégio e em casa, um cursinho também pode ajudar muito o aluno. Mas nem todos têm condições financeiras de arcar com aulas de reforço. Porém, há opções gratuitas que podem ajudar os vestibulando a ter um algo a mais em seus estudos. Tanto a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), quanto a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) ofertam cursinhos gratuitos, assim como o governo da Paraíba.

O governo da Paraíba oferece o PBVest, projeto que viabiliza os estudantes de baixa renda a participarem de um curso pré-vestibular. Segundo o Gerente executivo da educação profissional e coordenador do PBvest, Américo Falcone, o edital está para ser lançado até a última semana de fevereiro. A expectativa é que as aulas iniciem no dia 11 de março. Ao todo, são oferecidas 6 mil vagas em 40 municípios do Estado.Podem participar alunos da rede pública que estão no 3º ano do Ensino Médio ou egressos.

As inscrições para o PBVest são feitas através do portal do projeto e vão até o número de vagas serem preenchidos. As aulas vão até o último dia de prova do Enem. Apesar de um número limitado de vagas, Américo explica que o aluno que não conseguir se inscrever, terá acesso a todo material online.

“A gente presencialmente tem as seis mil vagas, mas o sistema aberto ilimitado. O estudante pode acompanhar de casa, tem o material em download e pode estudar independente, a inscrição só é necessária para a entrega do material”, explicou.

Universidades também oferecem cursinhos

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) abriu nesta segunda-feira (13), as inscrições para o Programa Pré-Vestibular Solidário, no campus de Cajazeiras. Ao todo, são oferecidas 100 vagas para alunos que tenham concluído ou estejam concluindo o ensino médio em 2017 em escolas públicas ou particulares, caso sejam bolsistas integrais.

As inscrições vão até 17 de fevereiro e serão feitas na sala da Coordenação do Restaurante Universitário das 7h às 11h e das 19h às 21h. Para a inscrição, é necessário levar o formulário de inscrição disponibilizado no edital junto de uma foto 3×4, uma cópia da identidade e CPF, comprovante de residência e uma cópia do histórico do ensino médio (para os que já concluíram o ensino médio) ou uma declaração de concluinte (para os que ainda estão cursando o ensino médio).

Vagas também no campus de Campina Grande

No campus de Campina Grande, a UFCG está disponibilizando 350 vagas. As inscrições serão realizadas de 13 a 17 de fevereiro no Hall da Biblioteca Central da UFCG, das 8h30min às 11h30min e das 14h às 17h30min. Serão exigidos: uma foto 3×4, cópias da identidade, CPF, Histórico do Ensino Médio (para quem já terminou), declaração de concluinte (para os que vão concluir o Ensino Médio em 2017), comprovante de residência e o pagamento de uma taxa de R$ 10.

Os candidatos serão selecionados mediante sorteio, a ser realizado no dia 18 de fevereiro, às 14h30min, no Ginásio de Esportes da UFCG. Os sorteados devem confirmar a matrícula de 20 a 24 de fevereiro, das 18h30min às 21h30min, Bloco CA, 1º andar.

As aulas iniciarão no dia 06 de março no Bloco CA, de segunda a sexta-feira, das 18h30min às 21h30min.

UFPB oferece 60 vagas

O Grupo PET/Conexões de Saberes “Acesso e Permanência do Jovem de Origem Popular à Universidade” lançou o edital 02/2017 para o preenchimento de 60 vagas no Cursinho Pré-Universitário. Poderão se inscrever os estudantes egressos do Ensino Médio provenientes de escolas públicas e/ou alunos que cursaram o Ensino Médio da rede privada com bolsa integral.

As inscrições serão realizadas até o dia 17 deste mês, de segunda a sexta, das 18h às 20h, no ambiente 34, no Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Campus de João Pessoa.

Os interessados devem apresentar cópia do Histórico Escolar completo para alunos que já concluíram o Ensino Médio em instituições públicas; cópia do comprovante de rendimento familiar de até três salários mínimos mensais (contracheque, recibos ou declarações comprovadas); cópia do comprovante de residência; cópia da Carteira de Identidade (com foto legível); CPF; cópia da declaração de isento do Imposto de Renda – 2016; formulário de inscrição devidamente preenchido; e declaração de raça/etnia.

Mais informações pelo telefone (83) 3216-7446 ou acessando o edital 02/2017 Cursinho Pré-universitário.

Rammom Monte do Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PB tem mais de 450 mil fumantes e Saúde faz testes e exames gratuitos

cigarroA Paraíba tem 453.546 fumantes (11,5% da população) e, destes, 89.784 estão em João Pessoa, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A OMS estima que um terço da população mundial adulta – cerca de 1 bilhão e 200 milhões de pessoas – seja de fumantes. Nesta terça-feira (15) ocorre o Dia Estadual de Combate ao Fumo, com ações em todo o estado;

Em João Pessoa, o Hospital Universitário Lauro Wanderley tem programação a partir das 8h até as 11h30, com o objetivo de trabalhar a prevenção do tabagismo.

Serão oferecidos testes de espirometria (mede a função pulmonar); Fagerstrom (avalia o grau de dependência à nicotina) e monoximetria (avalia a concentração de monóxido de carbono no ar expirado); além de orientações sobre os malefícios do tabagismo e distribuição de material educativo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

As atividades serão realizadas por meio de parcerias com a Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa; Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa); Associação Médica da Paraíba (AMPB); Conselho Regional de Medicina (CRM); Sociedade Paraibana de Pneumologia; Sociedade Brasileira de Cardiologia/Região Paraíba; Liga os planos de saúde – que vão desenvolver atividades alusivas em seus respectivos espaços, também no dia 15 de março – Unimed, Afrafep, Cassi e Geap.

A nicotina, presente no cigarro, causa dependência e age na região do cérebro cerca de 50 doenças graves estão relacionadas ao tabaco, entre elas: câncer de pulmão, boca, laringe, estômago; leucemia; infarto; bronquite; infecções respiratórias; trombose vascular. A fumaça do cigarro tem mais de 4600 substâncias, entre elas 40 são cancerígenas.

Na Paraíba, existem hoje 37 Centros de Referência para Tratamento dos Fumantes, onde se pode buscar apoio para se livrar do vício em nicotina. O serviço é oferecido em Unidades de Saúde da Família; em Centros de Atenção Psicossocial (Caps); Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais); Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e Centros de Saúde. Em alguns casos, os pacientes abandonam o cigarro com menos de um mês de acompanhamento.

O tratamento nesses locais é mantido pelo Ministério da Saúde, que repassa medicamentos ao Estado. Este, por sua vez, é responsável pela qualificação das equipes, monitoramento do trabalho nos centros e pelo encaminhamento do material enviado pelo Ministério. Os municípios entram com a administração das unidades de saúde.

Referência – Os hospitais de referência no Estado no combate aos tipos de câncer relacionados ao uso do tabaco – pulmão, esôfago e laringe – são o Napoleão Laureano; Oncoclínica e Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa; e Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (Fap) e Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande.

 

 

portalcorreio

Mais de 14 mil fumantes em 197 cidades vão receber remédios gratuitos a partir de segunda na PB

cigarro-mulherOs fumantes de 197 cidades da Paraíba passam a ter acesso, a partir desta segunda-feira (26), ao terceiro lote dos medicamentos para tratamento. Os remédios vão para os Municípios que aderiram ao Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), do Ministério da Saúde. São comprimidos de bupropina; adesivos e gomas de mascar de nicotina para um público estimado em 14.870 pacientes.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O PNCT é um programa criado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), coordenado em conjunto com o Ministério da Saúde, que visa a redução da população de fumantes no país e a melhoria no acesso ao tratamento na Rede SUS.

Desde 2013, quando houve a adesão de 197 municípios paraibanos ao PNCT, através do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), o serviço de tratamento do fumante passou a ser oferecido nas Unidades de Saúde da Família dessas localidades.

“Devido ao grande impacto das doenças crônicas no país, este programa possibilita um maior acesso do usuário ao tratamento, de forma integral, visto que a atenção básica configura-se em cenário oportuno para a execução das ações de controle do tabagismo”, disse a técnica da Gerência Executiva de Atenção a Saúde, referência para Atenção Básica da Secretaria Estadual de Saúde, Mayara Dinamine.

Além das Unidades de Saúde da Família, o atendimento ao fumante também é feito na Capital, nos Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais), dos bairros de Jaguaribe, Mangabeira e Cristo; no Centro de Saúde, de Mandacaru e no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), do Rangel e nos CAPS de Guarabira; Cuité; Patos; Piancó; Cajazeiras; Princesa Isabel; Sousa; Monteiro; Catolé do Rocha e Itabaiana.

 

portalcorreio

Sisutec do meio do ano terá 289 mil vagas para cursos técnicos gratuitos

sisutcO Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (18) que o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) oferecerá 289.341 vagas para cursos técnicos gratuitos em instituições públicas e privadas no segundo processo seletivo de 2014.

As inscrições para o sistema de seleção poderão ser feitas a partir desta segunda-feira (21) pelo site www.sisutec.mec.gov.br. O prazo termina às 23h59 do dia 25 de julho. O edital que regulamenta a seleção foi publicado no “Diário Oficial da União” desta sexta.

O ministro da Educação, Henrique Paim, afirmou, em entrevista coletiva, que apenas os estudantes que fizeram o Enem 2013 e tiveram nota superior a zero na redação poderão participar do Sisutec. “O aluno terá a complementação de curso profissional, o que permite que ele receba um certificado adicional após o ensino médio. E o Brasil precisa muito desses profissionais em todos os setores. Precisamos valorizar os cursos técnicos nesse país”, declarou o ministro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O total de vagas ofertadas na segunda edição de 2014 é 20% maior ao montante anunciado na segunda edição de 2013. Do total, 247.888 vagas são em instituições privadas (IES e escolas técnicas); 10.457 em escolhas públicas (institutos federais, escolas técnicas vinculadas às universidades federais e escolas estaduais e municipais) e 30.996 no Sistema S (Senai e Senac).

O MEC ainda informou que 85% das vagas do Sisutec são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsistas.

Principais cursos
Haverá vagas para o Sisutec em todos os estados brasileiros, sendo que a maior parte está concentrada em São Paulo (79.274 vagas), em Minas Gerais (40.112) e no Rio Grande do Sul (20.527).

Os principais cursos técnicos ofertados nesta edição, segundo informou o MEC, são técnico em logística (40.712 vagas), em segurança do trabalho (29.397), em enfermagem (25.557), em informática (21.819) e em edificações (9.171).

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 29 de julho e da segunda chamada no em 5 de agosto. O início das aulas ocorre entre os dias 18 de agosto e 15 de setembro.

Veja os cursos oferecidos no Sisutec do meio do ano:
Técnico em logística
Técnico em segurança do trabalho
Técnico em enfermagem
Técnico em informática
Técnico em edificações
Técnico em radiologia
Técnico em eletrotécnica
Técnico em redes de computadores
Técnico em massoterapia
Técnico em meio ambiente
Técnico em mecânica
Técnico em informática para internet
Técnico em gerência de saúde
Técnico em computação gráfica
Técnico em estética
Técnico em programação de jogos digitais
Técnico em farmácia
Técnico em análises clínicas
Técnico em eletrônica
Técnico em cuidados de idosos
Técnico em química
Técnico em manutenção e suporte em informática
Técnico em desenho de construção civil
Técnico em nutrição e dietética

Sobre o sistema
O Sisutec reúne vagas para cursos de ensino técnico tanto na rede pública quanto na privada. No caso da rede particular, se contemplado, o aluno terá bolsa de estudo. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. Para concorrer, o aluno não pode ter tirado zero na redação.

Entre as vagas oferecidas nesta seleção, 85% serão destinadas para estudantes que, independentemente de renda per capita familiar, tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas, na condição de bolsista integral.

Além disso, metade dessas vagas serão reservadas para alunos com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. Mas, para ocupar uma dessas vagas, não é permitido que o aluno continue matriculado em outro curso técnico de nível médio ou superior, ou curso de graduação, em instituições públicas ou privadas como bolsista.

O Sisutec tem um modelo parecido ao do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), usado pelo MEC para selecionar alunos para vagas em cursos de graduação. Pela internet, os estudantes que fizeram o Enem usam seus dados do exame (número de inscrição e senha) para se inscreverem no sistema. Lá, poderão escolher até duas opções de cursos, dentro das modalidades de concorrência (ampla concorrência ou pelas cotas).

G1

 

Aposentados e pensionistas de Bananeiras têm manhã de cidadania com serviços gratuitos

 

04A Prefeitura Municipal de Bananeiras, por meio do Instituto Bananeirense de Previdência Municipal (IBPEM), realizou na última sexta-feira (26) uma manhã de cidadania para os aposentados e pensionistas do instituto. Durante o evento foram disponibilizados serviços de saúde e um grande café da manhã para os presentes.

 

O prefeito Douglas Lucena esteve presente acompanhado do presidente do IBPEM, Augusto Aragão, e do presidente da Câmara Municipal, Ramom Moreira, além de alguns vereadores.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na oportunidade, os aposentados e pensionistas receberam suas carteirinhas de beneficiários que visa garantir mais conforto e segurança para eles.

01

 

06

03

 

Redação/Focando a Notícia

Prefeitura de Solânea beneficia população com serviços gratuitos do ‘Cidadania na Praça’

 

15A população do município de Solânea foi beneficiada, durante toda a manhã dessa terça-feira (12), com uma série de serviços gratuitos fornecidos pela Prefeitura Municipal por meio do Programa Cidadania na Praça. Os moradores da cidade que estiveram no local tiveram acesso a atendimentos nas áreas de saúde, ação social e ainda puderam emitir documentos de graça, além de outros tipos de serviço.

 

Comemorando o resultado do projeto, o prefeito Beto do Brasil (PPS) informou que todas as secretarias municipais estiveram envolvidas no processo que resultou no evento desta terça-feira planejado para melhor atender ao povo solanense.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“A intenção foi levar os serviços da prefeitura à praça pública para atender ao povo solanense. Com este objetivo todas as secretarias estiveram a disposição da sociedade”, disse Beto.

 

Secretários de Estado prestigiam evento

 

10O Programa Cidadania na Praça contou com o apoio do governo do estado, por meio da Emater, e secretários de estado estiveram presentes. Um dos auxiliares do Executivo Estadual que se dirigiu a Solânea para prestigiar o programa foi o do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca, Marenilson Batista. Ele fez a distribuição de palma aos produtores rurais.

 

Marenilson disse que o programa é um alento ao produtor rural neste período de estiagem. “Além de salvar o rebanho, será desenvolvida uma cultura resistente da palma no nosso Estado”, completou o secretário lembrando que a meta do governador Ricardo Coutinho (PSB) é levar a palma para toda a Paraíba e que cada agricultor poderá ser um multiplicador de novas mudas de palma, que repassará para seu vizinho.

 

22Detran – Outro órgão que esteve colaborando com o Cidadania na Praça foi o Detran que entregou ao prefeito a nova sinalização no centro da cidade e esteve presente com a caravana da Lei Seca orientando aos condutores e pedestres sobre a importância de respeitar a sinalização.

 

Representado pelo Capitão J. Ferreira, o Detran, além de levar algumas orientações sobre o trânsito, também trouxe algumas dicas sobre a segurança pública. O município já iniciou o projeto para municipalização do trânsito.

Também estiveram presentes no evento os prefeitos das cidades de Bananeiras, Douglas Lucena, e de Casserengue, Luiz Carlos, além do deputado estadual Domiciano Cabral e outras autoridades da região.

 

Termo de compromisso para alcançar os objetivos do milênio é assinado

 

18Outro benefício para o município de Solânea trazido durante o evento foi a assinatura do termo de compromisso com o projeto “Nós podemos” para alcançar os objetivos do milênio que são: erradicar a pobreza extrema e a fome, atingir o ensino básico universal, promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças, garantir a sustentabilidade ambiental e estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.

 

Escavação de poços é garantida

 

O prefeito Beto do Brasil também assinou o termo de compromisso junto ao governo do estado para escavação de poços em vários pontos da cidade para amenizar os problemas de falta de água no município.

 

 

Prefeito lança novo slogan da cidade: Solânea, cidade do bem

 

Na ocasião o prefeito Beto do Brasil também lançou o novo slogan da gestão: Solânea, cidade do bem. Com esse lema, segundo o chefe do Executivo Municipal, o objetivo é fazer com que a imagem negativa da cidade seja desmanchada. “Durante estes últimos anos Solânea foi ficando com uma imagem negativa. Agora queremos reverter este quadro e levantar o nome de nossa cidade”, declarou.

Galeria de fotos:

Redação/Focando a Notícia

Inscrições abertas para cursos gratuitos em gestão de recursos hídricos e irrigação

O curso sobre recursos hídricos é oferecido à um público diversificado com versão em espanhol, já sobre irrigação, o curso atenderá 18 cidades brasileiras, tidas como pólos de irrigação no País

O Projeto Água: conhecimento para gestão está com inscrições abertas em oito cursos na área de gestão de recursos hídricos. Os cursos são

Divulgação / Portal Brasil Os cursos oferecidos também promovem a conservação e o uso racional dos recursos hídricos para a participação efetiva e eficiente na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos.

  • Os cursos oferecidos também promovem a conservação e o uso racional dos recursos hídricos para a participação efetiva e eficiente na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos.

oferecidos à 1.000 técnicos da America Latina e Caribe que poderão optar entre três modalidades no idioma espanhol:  Qualidade de água em reservatórios, Hidrologia Básica e Gestão Territorial para Recursos Hídricos com Software Livre de Código Aberto. Os cursos são gratuitos e desenvolvidos on line com carga horária de 40h.

Além de estreitar as relações de cooperação entre os países da América Latina e Caribe, o projeto pretende desenvolver ações de comunicação, difusão, mobilização social, capacitação e educação para a gestão de recursos hídricos no Brasil e demais países da América Latina. São 24 cursos de capacitação complementar, além de ferramentas de educomunicação que atingirão 300 mil pessoas até julho de 2014.

Entre as capacitações previstas há cinco temas principais a serem abordados: Hidrologia, Qualidade da Água, Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos, Educação e Participação Social e Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto.

Mesmo se tratando de cursos à distância, também são oferecidas capacitações no formato semipresencial. As atividades acontecerão nos meses de novembro e dezembro. Para realizar a inscrição, clique aqui.

Projeto

O projeto Água – Conhecimento para Gestão é um convênio entre a Agência Nacional de Águas (ANA), a Fundação Parque Tecnológico Itaipu – Brasile a Itaipu Binacional.

Ao longo do projeto serão desenvolvidos e aplicados 24 cursos de capacitação complementar, além de ferramentas de educomunicação em diferentes linguagens midiáticas e interativas, de modo a incentivar a sociedade brasileira para a conservação e o uso racional dos recursos hídricos e também para sua participação efetiva e eficiente na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos.

O projeto atingirá cerca de 300 mil beneficiários localizados na América Latina, prioritariamente nas entidades integrantes do Sistema Nacional e Estaduais de Recursos Hídricos do Brasil. Desse público total, 290 mil estarão envolvidos nas ações de comunicação, difusão e mobilização social e cerca de 10.000 participarão das ações de capacitação, nas quais aproximadamente 1.000 vagas serão disponibilizadas em cursos na versão espanhol.

As ações do projeto se destinam aos seguintes públicos-alvo: Instituições de Ensino, que formarão futuros profissionais para atuação na Gestão de Recursos Hídricos; profissionais que já atuam na gestão de recursos hídricos na América Latina; membros e lideranças participantes em colegiados de decisão participativa em gestão das águas; usuários de recursos hídricos, sobretudo empresas na área de energia; sociedade em geral, com ênfase no público jovem.

Curso sobre irrigação

A ANA também oferece oportunidade de capacitação para mais de 1000 pessoas em 18 cidades brasileiras, tidas como pólos de irrigação no País. Os cursos “Manejo da irrigação: onde, quando e quando irrigar” e “Avaliação e manutenção de equipamentos de irrigação” são gratuitos e estão com inscrições abertas pelo Portal da Capacitação da ANA.

A intenção da Agência é oferecer aos irrigantes a difusão de técnicas que promovam a conservação e o uso racional dos recursos hídricos na agricultura irrigada. Redução de perdas e de custos de produção, otimização do consumo de recursos hídricos e eficiência nos processos de irrigação são resultados esperados com a adoção de novas tecnologias.

Distribuídos por pólos de irrigação no País, o cursos serão compostos por turmas de acordo com o principal sistema de irrigação utilizado na região de sua ministração, com foco para agricultores irrigantes, gerentes agrícolas e operadores de equipamentos de irrigação, podendo também ser realizado por extensionistas rurais, técnicos e profissionais de instituições do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (Singreh) com interesse em se aperfeiçoar no tema. Cada curso será composto de 16 horas, divididos em aulas teóricas e práticas, com turmas de no máximo 30 alunos.

Clique aqui e conheça a programação completa.

 

 

Portal Brasil

Medicamentos gratuitos chegam a 10,9 mi de brasileiros

A ação oferece 17 opções de medicamentos para diabetes, hipertensão e asma que podem ser retirados gratuitamente em mais de 20 mil farmácias em todo o País

O Saúde Não Tem Preço – marca do Aqui Tem Farmácia Popular – beneficia cada vez mais brasileiros e amplia o acesso ao tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). Medicamentos para diabetes e hipertensão são distribuídos gratuitamente à população desde fevereiro de 2011 e para asma, desde junho deste ano. Desde sua implantação, o Saúde Não Tem Preço já beneficiou 10,9 milhões de pessoas.

Deste total, 10,7 milhões se referem somente a pacientes com diabetes e hipertensão. O total mensal de atendimentos passou de 853 mil, em janeiro de 2011, para 4,1 milhões, em agosto em 2012, uma ampliação de acesso de 383%.

Em junho deste ano, com intuito de aumentar o acesso e diminuir o número de internações por asma, o governo federal decidiu incluir no Saúde Não Tem Preço três medicamentos para asma, beneficiando 204 mil pessoas em três meses – 111% de aumento. Ao total, são 17 medicamentos gratuitos para diabetes, hipertensão e asma.

Em todo o País, são mais de 20 mil farmácias, entre públicas e particulares credenciadas, que distribuem os medicamentos. Para obter os produtos disponíveis no Saúde Não Tem Preço, o usuário precisa apresentar CPF, documento com foto e receita médica dentro do prazo de validade. Pessoas com mais de 60 anos ou com dificuldades de locomoção ficam dispensadas da presença física, podendo o medicamento ser retirado com procuração por familiares ou amigos.

FARMÁCIA POPULAR – Criado em 2004 para ampliar o acesso da população a medicamentos para as doenças mais comuns entre os cidadãos, o programa Farmácia Popular do Brasil oferta medicamentos gratuitos ou com até 90% de desconto. São medicamentos para o tratamento de doenças como colesterol, osteoporose, doença de Parkinson, além de contraceptivos e fraldas geriátricas.

No último ano, o programa registrou um crescimento de 300% no número de pessoas beneficiadas, saltando de 1,2 milhão em janeiro de 2011 para 5 milhões em agosto de 2012.

O número de farmácias que ofertam esses medicamentos também aumentou. A participação das farmácias privadas credenciadas cresceu de 14 mil, no ano passado, para cerca de 20 mil, em 2012. No mesmo período, o número de municípios cobertos com farmácias credenciadas passou de 2.467 para 3.353. Desses, 1.060 são municípios de extrema pobreza – eram 578, em 2011. A meta é contemplar mais 1.305 municípios de extrema pobreza até 2014.

Na rede pública de saúde, o ministério ampliou a quantidade de produtos da lista de medicamentos do SUS de 342, em 2008, para 550, em 2010. Este ano, a lista já soma 810 itens.

Agência Saúde