Arquivo da tag: graças

Templo Lotado – Grande Culto de Ação de Graças pelo Niver do Pastor Gessé em Areia

cultoCom a presença de vários pastores,Prefeito Paulo do (PRB) de Areia e vereadora Vanilda foi celebrado no sitio chã da pia um culto em ação de graças pelo aniversário do Gesse, Louvores, homenagens especiais dos departamentos e uma emocionante apresentação feita pela mocidade marcaram o evento. Em cada manifestação foi possível sentir o carinho da igreja pelo seu pastor. No final o Pastor Gesse agradeceu a sua família, amigos, membros, obreiros e em especial o Apoio de todos os irmão de chã da pia. O Prefeito Paulo Gomes, e a primeira dama do município Aurimar, também prestigiaram a festa deixando suas homenagens e felicitações de muito ano de vida para o pastor e sua família.

 A vereadora Vanilda de chã da pia, também representante da comunidade ficou responsável de deixa uma homenagem para o pastor e entregar um simples lembranças representados dos os irmãos da congregação. Há menos de dois Anos Pastoreando na comunidade de chã da pia, o Reverendo Homem de Deus Pastor Gesse, além da conquista da reforma da sede em chã da pia, também comemora a construção de uma igreja que fica localizada no assentamento oziel Pereira para ele é mais uma obra construída em parceria com os irmão da localidade que segundo o pastor os mesmo não mede esforços para ajuda direta i indiretamente na congregação.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Além de tudo isso o Pastor já fés a formação de um coral, que já conta com mais de 20 componente segundo ele Em breve, o grupo se apresentará ao pastor presidente e deve ganhar um nome Assembleia de Deus em Chã da Pia é uma congregação marcada por histórias de fé e perseverança. A data oficial da sua criação ainda é incerta, mas segundo fiéis mais antigos da região, ela foi criada em 1968, começando a funcionar de forma informal em uma pequena residência de uma mulher conhecida como Irmã Nevinha. O primeiro crente da comunidade foi Antônio Honório. Conforme relatos de moradores, ele começou evangelizar na região e a partir daí mais crentes foram surgindo, transformando Gostaria de agradecer a todos, que ofereceu ao nosso Deus esse culto de ação de graças por ocasião do meu aniversário e a todos que compareceram, aos que organizaram este culto e aos amados Pastores que estiveram presentes; aos amigos, a todos o meu cordial abraços , obrigado, que Deus abençoe a todos.
”O homen que tem muitos amigos pode congratular-se, mas há amigo mais chegado do que um irmão”. Pv.18.24 Disse: Pastor Gessé.
Veja Aqui Mais Imagens
Portal Arara
Fonte: Clemilson Santos

Enquanto ‘Em família’ despenca no Ibope, ‘Meu Pedacinho de Chão’ ganha as graças do público

meu-pedacinho-de-chaoMeu Pedacinho de Chão (Globo, 18 horas, de segunda a sábado) é o maior aglomerado de citações literais ou implícitas da história da tevê brasileira. Começa por citar a si mesma, aqueleMeu Padacinho de Chão que se estendeu por 185 longuíssimos capítulos, de 1971 a 1972, estreando o que viria a ser o horário cativo da novela das 6, e escrito pelo mesmo Benedito Ruy Barbosa que, num remake que ele diz não ser um remake, recorre desta vez à expertise de duas gerações da família (a filha Edilene e o neto Marcos assinam com ele a trama).

O enredo é meio conto de fadas, meio cordel, meio romance armorial, como se Ariano Suassuna fosse subitamente aparecer em cena trazendo pelas mãos Dom Quixote e Dulcineia. Tem ecos de chanchada e alvoroços de saltimbancos, o que justifica o talentoso casting de atrizes do Galpão (Inês Peixoto, Teuda Bara), a trupe jogralesca de Minas. A toada nordestina é temperada pelo eventual sotaque de caipira paulista. Total melting pot.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na cenografia, as alusões explodem em fartura policromática que evoca, do início ao fim, o Tim Burton de Peixe GrandeA Fantástica Fábrica de Chocolate. O figurino de golas, perucas e looks à Maria Antonieta promove um revivalenigmático que, de tão irreal, de tão fictício, provoca a nostalgia ambígua de um tempo jamais vivido. Desde o seriadoHoje é Dia de Maria, Luiz Fernando de Carvalho (agora, com Carlos Araújo) se esmera num faz de conta corajoso e inovador, de persongens que, propositalmente caricatos, ainda assim não deixam de ser ligeiramente espectrais.

Carvalho não tem à mão Johnny Depp ou Marion Cotillard, mas tem Irandhir Santos (o Zelão) e Bruna Linzmeyer (a Juliana) roubando a cena em meio a um elenco de notáveis. O horário das 6 agradece. A novela, quando criativa, quando irrequieta, ainda tem seu lugar.

Carta Capital

Náufrago passa mais de um ano à deriva no Pacífico, sobrevivendo graças a sangue de tartaruga

naufrago-realCom uma barba espessa, segurando uma latinha de Coca-Cola e caminhando com dificuldade, o náufrago que afirma ter ficado mais de um ano à deriva no Oceano Pacífico após zarpar do México desembarcou nesta segunda-feira em Majuro, capital das Ilhas Marshall.

Segundo ele, seu nome é José Salvador Albarengo, é pescador, nasceu em El Salvador, e sobreviveu parte do tempo em alto mar bebendo sangue de tartaruga. Um enfermeiro teve que ajudá-lo a desembarcar, após a viagem de 22 horas desde o atol de corais de Ebon. Cerca de mil pessoas aguardavam para ver a chegada do náufrago, que sorriu e acenou antes de ser levado para um hospital onde se submeterá a exames médicos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

José tem 37 anos e afirma ter zarpado do México no fim de 2012 com um companheiro, que desapareceu no mar. Eles estavam em uma pequena embarcação de fibra de vidro, de 7,3 metros, cujos motores perderam as hélices. Ele conta ter se alimentado de peixes e aves, que teria apanhado apenas com as mãos.

Ele foi encontrado a 10 mil quilômetros de distância, desorientado, em um remoto atol de corais com o qual havia topado no fim de semana.

– Ele saiu do barco com uma barba bem grande – contou o cineasta Jack Niedenthal, que vive em Majuro. – Ele está com dificuldades para caminhar, suas pernas estão muito finas. Não estou pronto para chamar isso de farsa, acho que esse sujeito passou um bom tempo no mar.

O Globo

“RC só é governador graças a Cássio”, diz Sopão

“RC só é governador graças a Cássio”, diz Sopão Deputado mais votado nas eleições de 2010, Toinho do Sopão apresenta-se como pré-candidatura a sucessão do prefeito Luciano Agra pelo seu PTN. Ele tem a cara de uma causa. A causa dos vendedores ambulantes, bandeira maior de uma possível postulação a prefeitura do principal colégio eleitoral do Estado.

Desgostoso com os governos socialistas no plano estadual e municipal de João Pessoa, Toinho do Sopão produziu uma frase soprada nos ouvidos nos estúdios do programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação.

“Passou de Bayeux, Ricardo Coutinho é um mero desconhecido. Se não tivesse sido Cássio (Cunha Lima) ele não teria sido eleito governador”. Eis a frase soprada nos ouvidos dos repórteres Batista Silva, Petrônio Torres e João Costa.

Toinho do Sopão diz que gostaria de ter sido deputado no período do governo Cássio, “onde os colegas tiveram um tratamento respeitoso e de que têm saudades”.

“O senador Cássio sempre é muito respeitoso e devemos respeito sempre; lamento não ter sido deputado durante o período do governo dele”, complementou. Na linha de frente das criticas do parlamentar, além do governador Ricardo, o prefeito Luciano Agra. “Os camelôs sofrem as turras no governo deles na prefeitura de João Pessoa; chega a ser desumano”, pronuncia feita pelo deputado Toinho do Sopão hoje, amanhã e sempre.

Toinho pronuncia tudo sem ofensas.

A análise é do Blog de Marcone Ferreira

PB Agora