Arquivo da tag: Goiás

Com recital de Arrascaeta e Gabigol, Flamengo atropela Goiás no Maraca

Massacre, atuação de gala, recital… faltam (e sobram), adjetivos para atuação do Flamengo na manhã deste domingo. Diante de 65 mil torcedores no Maracanã, com um show de Gabigol e Arrascaeta, o Rubro-negro não tomou conhecimento do Goiás e venceu por 6 a 1, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Flamengo alcança os 20 pontos, consolida-se no G4 e não pode ser mais alcançado na terceira colocação até o fim da rodada. O Rubro-negro volta a campo contra o Corinthians no próximo domingo, às 21h, na Arena Corinthians. O Esmeraldino, por sua vez, fica no meio da tabela, com 15 pontos, e na próxima rodada, enfrenta o Avaí fora de casa. As equipes se enfrentam às 19h, também no domingo.

RAFINHA CHEGOU!
Estreando pelo Flamengo, Rafinha mostrou logo suas credenciais. Na primeira vez em que pegou na bola, o lateral deu dois lençóis seguidos em jogadores do Goiás, seguiu o lance controlando a bola com a cabeça, no melhor estilo “foquinha”, e levantou a multidão no Maracanã.

FESTA RUBRO-NEGRA
Atuando com Arão entre os zagueiros, e exercendo uma pressão alucinante no campo do Goiás, o Fla não demorou a marcar. Aos cinco minutos, Everton Ribeiro buscou a tabela com Gabigol, passou para receber, mas Arrascaeta se adiantou ao camisa 7 e, da entrada da área, estufou as redes esmeraldinas.

AH, RODRIGO CAIO…
Time jogando bem, placar aberto, estádio em festa…tudo parecia bem para o Rubro-Negro, até o erro de Rodrigo Caio. O zagueiro tentou recuar para Diego Alves da intermediária, mas pegou mal na bola, que ficou à feição para Kayke. O atacante, cria do Ninho, invadiu a área e deixou tudo igual. Sentido o mal momento do Flamengo após o empate, o Goiás subiu a marcação e ainda chegou a colocar uma bola na trave carioca.

SHOW DO URUGUAIO! 
Quando o cenário perfeito para o Fla parecia desmoronar, Arrascaeta entrou em ação. Primeiro, com um passe entre as pernas do adversário, deixou Trauco livre para achar Bruno Henrique, que mesmo caído na pequena área, conseguiu marcar. Depois, o camisa 14 recebeu passe da Gabriel e, de frente para o gol, fuzilou de bico e fez o terceiro. Já aos 49 da etapa inicial, o camisa 14 encerrou seu recital ao receber na esquerda, tentar o cruzamento de canhota, e por acaso, acertar o ângulo de Tadeu. Foi o quarto gol do avassalador rubro-negro no Maracanã.

É ARTILHEIRO!
A dupla Arrascaeta-Gabigol estava determinada a fazer a melhor partida com a camisa do Flamengo. Aos 10 da etapa final, o meia cruzou para o atacante, que de cabeça, marcou o quinto Fla. Aos 35, recebendo de Everton Ribeiro na grande área, o uruguaio só rolou para o lado para Gabriel, que fez o sexto e deu números finais ao espetáculo rubro-negro no Rio de Janeiro. O jogador é o artilheiro do Brasileirão, com sete gols.

Abatido com a goleada, o Goiás desmoronou em campo, e graças ao goleiro Tadeu, livrou-se de sofrer um placar histórico no maior palco do futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 6 X 1 GOIÁS

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de julho de 2019, às 11h
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) – Nota L!: 6,5 – Não complicou um jogo fácil
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
Árbitro de vídeo: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Público e renda: 65.154 presentes; R$ 2.218.843,50
Gramado: 
Cartões Amarelos: Arão (FLA); Leandro Barcia, Geovane (GOI)

GOLS: Arrascaeta 05’/1ºT (1-0), Kayke 11’/1ºT (1-1), Bruno Henrique 43’/1ºT (2-1), Arrascaeta 45’/1ºT (3-1), Arrascaeta 49’/1ºT (4-1), Gabriel B. 10’/2ºT (5-1), Gabriel B. 35’/2ºT (6-1)

FLAMENGO
Diego Alves; Rafinha (Rodnei, 13’/2ºT), Léo Duarte, Rodrigo Caio e Trauco; Willian Arão (Cuéllar, 13’/2ºT); Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique (Vitinho, 26’/2ºT) e Gabriel Barbosa. Técnico: Jorge Jesus

GOIÁS
Tadeu; Daniel Guedes, Yago (Paulo Ricardo, 42’/2ºT), Rafael Vaz e Jefferson; Geovane (Léo Sena, 16’/2ºT) Yago Felipe e Giovanni Augusto (Marlone, 16’/2ºT); Michael, Kayke e Leandro Barcia. Técnico:Claudinei Oliveira

 

 

Lance

 

 

PF faz operação contra suspeitos de fraudes no FGTS, PIS e INSS na Paraíba, Pernambuco e Goiás

Uma operação com objetivo de cumprir 18 mandados de prisão temporária e outros 11 mandados de busca e apreensão foi deflagada pela Polícia Federal na ParaíbaPernambuco Goiás, nesta quarta-feira (13). A Operação Quimera II tem como objetivo desarticular uma organização criminosa suspeita de realizar saques de benefícios previdenciários e seguros, por meio de fraude.

O prejuízo estimado causado pelo grupo é de R$ 4 milhões. Segundo as primeiras informações divulgadas pela Polícia Federal na Paraíba, o grupo usava documentos falsos para sacar saldos de Fundo de Garantir por Tempo de Serviço (FGTS), do Programa de Integração Social (PIS), além de seguro desemprego e previdência social.

De acordo com as investigações da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da Polícia Federal na Paraíba, a organização criminosa tinha como base o estado de Goiás, com ramificações na Paraíba e em Pernambuco. As fraudes eram aplicadas na Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Rondônia, Mato Grosso, Amazonas, Paraná, Amapá e Sergipe.

Os mandados foram expedidos pela 16ª Vara da Justiça Federal da Paraíba, em João Pessoa. A Polícia Federal marcou uma coletiva de imprensa, marcada para as 10h (horário local) desta quarta-feira, na sede da superintendência em João Pessoa.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Árbitro erra e Inter se mantém na briga pelo título com vitória em Goiás

Fornecido por Fundação Cásper Líbero

Acabou o jejum do Internacional no Campeonato Brasileiro da Série B. Na tarde desse sábado, o Colorado se aproveitou de um erro incompreensível da arbitragem, bateu o Goiás por 2 a 0 no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e voltou a vencer após cinco rodadas (desde 21 de outubro, quando superou o Criciúma). Dessa forma, com o empate do América-MG em Londrina, os gaúchos vão para a última rodada da competição ainda com chance de título, já que os mineiros seguem na liderança com 70 pontos, dois a mais que o Inter. Enquanto isso, o Goiás, aliviado pela permanência garantida na Série B, chega ao sexto jogo seguido sem vitória, fica nos 44 pontos, na primeira posição acima da zona de rebaixamento.

 

A 38ª e última rodada terá o Internacional recebendo o Guarani no Beira-Rio e o América, também em casa, diante do CRB. Ambos os jogos estão marcados para às 17h30 (de Brasília) do sábado. No mesmo dia e horário, o Goiás fechará sua campanha contra o Oeste, em Barueri.

Como já não corria mais qualquer risco de rebaixamento, o Goiás entrou em campo mais relaxado e corajoso. Em um primeiro tempo sem grandes emoções, o Esmeraldino foi pelo menos o time com mais ímpeto no ataque. Sonolento, o Colorado irritou Odair Hellmann e seus torcedores na maior parte do tempo.

Mesmo assim, o lance de maior destaque de toda a primeira etapa acabou sendo dos gaúchos. Aos 44, Thales completou escanteio cobrado por D’Alessandro e marcou o gol. No entanto, a jogada já estava anulada por Heber Roberto Lopes, que viu falta de Cuesta fora do lance da bola.

O árbitro catarinense, porém, se tornaria alvo de críticas pesadas no inicio do segundo tempo. Logo aos três minutos, o Goiás chegou ao gol em jogada bem trabalhada. Bolt lançou Carlinhos, que infiltrou na área com liberdade e, na saída de Danilo Fernandes, só rolou para o meio, onde chegava Gustavo para mandar para as redes. Jogada toda legal, mas, de repente, depois de toda a comemoração, Heber Roberto Lopes acabou anulando o lance.

Por muitos minutos, mesmo com o jogo transcorrendo, as pessoas no Serra Dourada, fossem em campo ou nas arquibancadas, tentavam entender o que o árbitro marcou no gol do Esmeraldino. Nem o quarto árbitro soube informar a causa da anulação do gol.

Para piorar ainda mais o clima, o Goiás perdeu uma segunda chance clara de gol com Carlos Eduardo, que ficou cara a cara com Danilo Fernandes, mas acertou o peito do goleiro Colorado. E o castigo veio logo em seguida, assim que Camilo entrou na vaga de Sasha.

Em seu primeiro toque na bola, Camilo deixou William Pottker livre para cabecear para o fundo do gol de Marcelo Rangel. Apenas seis minutos depois, aos 19, Camilo acertou outra linda assistência para o camisa 99, que teve tranquilidade para deslocar o goleiro rival e marcou o segundo gol, seu e do Inter.

Daí para frente, o Goiás se desmotivou de vez, a torcida passou a cobrar os atletas em campo e o Inter não teve muitos problemas para administrar a vitória até o apito final de Heber Roberto Lopes, o grande protagonista do duelo, apesar dos dois gols de Pottker.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 X 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 18 de novembro de 2017, sábado

Horário: 17h (horário de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Cartões amarelos: Victor Bolt (Goiás); Leandro Damião (Inter)

GOLS: Internacional: William Pottker, aos 13 e aos 19 minutos do 2T

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Alex Alves, Fábio Sanches (David Duarte) e Carlinhos; Elyeser (Andrezinho), Bolt (Saavedra) e Léo Sena; Carlos Eduardo, Gustavo e Nathan

Técnico: Hélio dos Anjos

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Victor Cuesta, Thales e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro, William Pottker (Nico López) e Eduardo Sasha (Camilo); Leandro Damião (Charles)

Técnico: Odair Hellmann

 

Gazeta Esportiva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Atores ‘causam’ com foto nus em lugar paradisíaco de Goiás

nusUm grupo de atores jovens tem causado durante as férias na Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Entre eles está o casal de namorados Gabriel Leone, de “Velho Chico” e Carla Salle; a atriz e apresentadora Mônica Iozzi; os atores Maurício Destri (ex-affair de Bruna Marquezine), Alejandro Claveaux, Carolina Abras, Juliana Lohmann e Ícaro Silva. Um registro publicado pelo ex-Malhação Rael Barja mostra parte do grupo posando peladão e exibindo os bumbuns numa área onde o nudismo é permitido.

Monica Iozzi (em pé, de branco), Gabriel Leone (sentado, de preto), e Maurício Destri (na frente), com o grupo de amigos na Chapada
Monica Iozzi (em pé, de branco), Gabriel Leone (sentado, de preto), e Maurício Destri (na frente), com o grupo de amigos na Chapada Foto: Reprodução/Instagram
Destri, Alejandro, Carol, Gabriel Leone, Carla Salle e Ícaro Silva: viagem entre amigos
Destri, Alejandro, Carol, Gabriel Leone, Carla Salle e Ícaro Silva: viagem entre amigos
O casal Carla Salle e Gabriel Leone viajam com o grupo
O casal Carla Salle e Gabriel Leone viajam com o grupo Foto: Reprodução/Instagram

O belo cenário já havia inspirado o ator Ícaro Silva, que publicou em novembro uma foto nu durante uma visita ao mesmo local.

Monica Iozzi (deitada, de bruços) viaja com amigos atores por Goiás
Monica Iozzi (deitada, de bruços) viaja com amigos atores por Goiás Foto: Reprodução/Instagram
Atores se divertem na Chapada dos Veadeiros
Atores se divertem na Chapada dos Veadeiros Foto: Reprodução/Instagram
Os atores Alejandro Claveaux, Carla Salle e um amigo
Os atores Alejandro Claveaux, Carla Salle e um amigo Foto: Reprodução/Instagram
Os ex-Malhação Juliana Lohmann e Ícaro Silva
Os ex-Malhação Juliana Lohmann e Ícaro Silva Foto: Reprodução/Instagram
ÍCARO SILVA E JULIANA LOHMANN EM
ÍCARO SILVA E JULIANA LOHMANN E

Extra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Vasco empate com Goiás e ‘divide’ liderança da Série B com Atlético-GO

Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O Vasco entrou em campo pressionado com a vitória do Atlético-GO sobre o Bragantino, o que o tirou provisoriamente da primeira colocação. Apesar de não conquistar o resultado esperado, o empate por 1 a 1 com o Goiás foi o suficiente para chegar aos mesmos 45 pontos dos goianos e retomar a liderança nos quesitos de desempate. Marcelo Mattos abriu o placar e Léo Gamalho deixou tudo igual.

Vasco e Atlético-GO somam os mesmos 45 pontos, mas os cariocas levam vantagem pelos números de vitórias: 13 contra 12. O Cruzmaltino volta a campo na sexta-feira, quando receberá o Joinville, em São Januário. Os goianos medirão forças com o Paraná, no sábado, no Serra Dourada. Já o Goiás visita o Bahia, também no sábado, em Salvador.

Jorginho reprova primeiro tempo e volta com duas alterações do intervalo

A tática adotada por Jorginho não surtiu o efeito esperado no primeiro tempo. Tanto que o treinador voltou para a etapa complementar com duas alterações e uma nova forma de jogar. Ederson deu lugar a Marcelo Mattos com o objetivo de ajustar o sistema defensivo. A equipe mudou para o 4-2-3-1, com Pikachu aberto pela esquerda e Júnior Dutra como único atacante.

Walter desfalca Goiás por causa de lesão no joelho direito

Um dos reforços esmeraldinos para lutar contra o rebaixamento para a Série C, Walter sofreu uma lesão no joelho direito e ficará de molho alguns dias. O primeiro desfalque já ocorreu contra o Vasco. Sua presença é improvável diante do Bahia, em Salvador, no sábado.

Joia toma conta da posição e deixa experiente Marcelo Mattos no banco

Bastou o primeiro jogo como titular para Douglas tomar conta da posição. O jovem volante tem sido um dos principais destaques do time nos últimos jogos e vai se firmando a cada dia no time de Jorginho. Pior para Marcelo Mattos, que parece ter ficado com vaga cativa no banco de reservas.

Após banco, Marcelo Mattos entra no 2º tempo e quase faz gol da vitória

O banco parece ter feito bem a Marcelo Mattos. O volante entrou o intervalo e teve bom desempenho. Além da forte pegada na marcação, ele conseguiu marcar seu segundo gol com a camisa do Vasco. Se não fosse o vacilo da defesa, teria garantido os três pontos para a Colina.

Luan evita virada do Goiás e tira gol em cima da linha

O empate não era o resultado que o Vasco queria. Mas poderia ter sido bem pior. Isso porque Luan evitou a virada do Goiás já depois dos 45min do segundo tempo. Zagueiro cada vez mais ídolo da torcida vascaína.

GOIÁS 1 X 1 VASCO

Data e hora: 13/09/2016, terça-feira, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Auxiliares: Andre Luiz Severo e Diogo Morais (PR)
Gols: Marcelo Mattos, aos 30min, e Léo Gamalho, aos  41min do segundo tempo
Cartões amarelo: Henrique, Alan e Jomar (VAS) Juninho (GOI)

Goiás
Márcio; Ednei (Léo Gamalho), Felipe Macedo, Alex Alves e Juninho; Adriano, Patrick, Léo Sena e Daniel Carvalho (Davi); Carlos Eduardo e Marcão
Técnico: Gilson Kleina

Vasco
Martín Silva; Madson, Jomar, Luan e Henrique (Alan); Douglas, Yago Pikachu, Andrezinho e Nenê (Willian); Júnior Dutra e Ederson (Marcelo Mattos)
Técnico: Jorginho

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

São Paulo vence nos acréscimos, vai à Libertadores e rebaixa Goiás

jogoO São Paulo conseguiu seu objetivo de terminar na quarta colocação do Campeonato Brasileiro no último jogo da temporada, mas a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, neste domingo, no Serra Dourada, passou longe de ser emocionante. Em uma partida amarrada, lenta e com pouquíssimas chances criadas, a equipe paulista só conseguiu balançar as redes nos acréscimos do segundo tempo, com um golaço de Rogério, e confirmou o rebaixamento dos goianos à segunda divisão.

O resultado deixou os tricolores com 62 pontos, dois a mais que o quinto colocado Internacional. Desta forma, o clube do Morumbi está classificado à fase preliminar da Libertadores. Já o Goiás, com 38 pontos, seria rebaixado mesmo se vencesse o jogo, já que a combinação de resultados de que o time precisava não aconteceu – o Figueirense venceu o Fluminense e escapou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O técnico Milton Cruz surpreendeu ao deixar Alexandre Pato, artilheiro do time na temporada e fazendo seu último jogo pelo clube, no banco de reservas, escalando apenas Alan Kardec à frente. Já Luís Fabiano e Rogério Ceni, lesionados, despediram-se do São Paulo assistindo ao jogo das tribunas do estádio, ao lado de outros jogadores não relacionados.

Mesmo precisando da vitória para não cair, o Goiás jogou na defesa e tentou explorar os contra-ataques – assim como na vitória por 3 a 0 no primeiro turno, no Morumbi –, mas não teve sucesso. Já o São Paulo mostrou lentidão na armação de jogadas e criou pouco, até o belo gol de Rogério no final. Um jogo final nada memorável para um ano que certamente não ficará guardado no coração dos tricolores.

GOIÁS 0 x 1 SÃO PAULO

Data: 6 de dezembro de 2015 (domingo)
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Público: 35.875
Renda: R$ 329.310,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos: Liniker, David, Arthur e Patrick (Goiás); Ganso (São Paulo)

Gol: Rogério, aos 48 minutos do segundo tempo

Goiás: Renan; Gimenez (Arthur), Alex Alves, Fred e Rafael Forster; William Kozlowski (Ruan), David e Patrick; Liniker (Carlos Eduardo); Erik e Bruno Henrique.Técnico: Danny Sérgio

São Paulo: Denis; Bruno (Wesley), Lucão, Edson Silva e Reinaldo; Hudson; Ganso, Thiago Mendes (Lyanco), Carlinhos e Michel Bastos (Rogério); Alan Kardec.Técnico: Milton Cruz

 

 

Uol

Belinho perde do Goiás e se complica na Copa SP

botaO Botafogo-PB perdeu para o Goiás na Copa SP de Futebol Júnior e se complicou na competição. A garotada do time de João Pessoa não conseguiu segurar a equipe goiana, que conseguiu vencer pelo placar tranquilo de dois gols à zero, no Estádio Comendador Souza, na capital de São Paulo, na tarde desta quarta-feira (7).

Os gols da partida foram marcados por Leônidas, de pênalti, aos 45 minutos do primeiro tempo e por Resende, de cabeça, aos 10 minutos da etapa complementar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mais cedo, pelo mesmo grupo, Rio Claro e Nacional-SP empataram por 2 a 2. Com os resultados, o Belinho fica na lanterna do grupo, com 1 ponto. Como passam de fase apenas os primeiros classificados de cada grupo, mais os seis segundo melhores colocados de acordo com os critérios técnicos, o Botafogo-PB está virtualmente eliminado, já que não possui chances de ser o primeiro do grupo, podendo alcançar no máximo 4 pontos, pontuação que historicamente não garante a vaga para o segundo.

Na última rodada, o time de João Pessoa enfrenta o Rio Claro, às 13h. Já o Goiás enfrenta o Nacional-SP, às 15h. Os jogos acontecem no Estádio Comendador Souza, que sedia o grupo X da competição.

Da Redação
WSCOM Online

Cruzeiro vence o Goiás por 2 a 1 e conquista o tetra do Campeonato Brasileiro

Ramon Bitencourt/Lancepress!
Ramon Bitencourt/Lancepress!

Líder praticamente de ponta a ponta, o Cruzeiro fez valer o favoritismo e venceu o Goiás, por 2 a 1, conquistando o tetracampeonato brasileiro diante de sua torcida, no Mineirão. O clube mineiro conquista, também, o bicampeonato de forma consecutiva.

Em um primeiro tempo de muita água e pouco futebol, quem tomou a iniciativa foi o Cruzeiro, conforme previsto. E foi o clube celeste que abriu o placar. Após cruzamento de Mayke pela direita, Ricardo Goulart testou bonito para fazer a festa da torcida mineira. Não poderia, porém, faltar emoção, e Samuel esfriaria os ânimos, ao marcar um bonito gol, empatando o jogo para os goianos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O segundo tempo foi mais disputado, com o Cruzeiro, necessitando do resultado, saindo para o jogo. Foi então que Willian cruzou na medida para Éverton Ribeiro, também de cabeça, colocar o Cruzeiro novamente à frente do placar. Minutos depois, o Goiás mandaria uma bola na trave, mas o título já estava encaminhado.

 

R7

Miss Bumbum Goiás: ‘Já fiquei com sertanejo famoso e mais novo que eu’

(Foto: Divulgação/João Valentino)
(Foto: Divulgação/João Valentino)

Quando decidiu participar do Miss Bumbum Brasil 2014, Ana Flávia Magalhães, a representante de Goiás, teve que enfrentar a resistência de seu pai, o vereador goiano Paulo Magalhães. “Ele não gostou muito da minha participação, ficou bravo. Disse ‘vai pra fora estudar’. Mas depois acabou me abençoando.”, conta ela, que tem 27 anos e 103cm de glúteos. “Tenho o bumbum mais bonito do Brasil”, afirma.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Apesar de estar focada no momento em ganhar a competição, Ana pretende investir em uma carreira política em um futuro próximo. “Penso em entrar na política. Mas quero me preparar. Tenho certeza que meu pai vai me apoiar, sem sentir ciúmes”, acredita ela.

Proposta indecente de cantor famoso
A visibilidade que participar do Miss Bumbum Brasil trouxe para Ana Flávia fez com que os olhares masculinos em cima dela aumentasse. “É intenso, estou sendo muito mais assediada. Mas o que mais fiquei surpresa foi com o assédio feminino, fiquei feliz”, conta ela, que afirma não ter interesse em mulheres: “Não me sinto atraída”.

Um cantor famoso me ofereceu dinheiro para transar com ele em um helicóptero”
Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás

Mas a beleza da goiana também trouxe momentos complicados. Ana fala que costuma sempre receber propostas indecentes, o que ela considera ofensivo. “Um cantor famoso queria me levar de férias para a Grécia em troca de eu ficar com ele. Antes, ele já tinha me oferecido dinheiro, coisa que eu recusei, claro, para transar com ele em um helicóptero”, lembra ela, que prefere não revelar o nome do cantor e nem o quanto ele queria pagar: “Acho chato falar de valores, não me sinto bem, pois não vivo disso. Para mim não é normal”.

Namoro com sertanejo mais novo
Goiás, estado que Ana Flávia representa, é conhecido por ser o berço de muitos astros sertanejos. Porém, ao apontar o cantor de que ela mais gosta, a candidata ao Miss Bumbum escolheu um “mineirinho”. “Tem vários cantores sertanejos no estado de Goiás, mas o que mais acho bonito e sexy é o maravilhoso e abençoado Lucas Lucco”, elogia ela.

A loira revela ainda que já chegou a se envolver com um sertanejo, que não quis dizer o nome, por ser também muito popular e que ela acha estar comprometido.  “Já fiquei com um cantor sertanejo famoso, fui até a um jantar romântico na casa dele. Prefiro preservar a imagem dele, pois pode estar comprometido, mas sei que ele faz sucesso no Brasil inteiro. Ele é mais novo que eu”, entrega.

Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás (Foto: Divulgação/João Valentino)Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás (Foto: Divulgação/João Valentino)
Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás (Foto: Divulgação MBB4)Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás (Foto: Divulgação MBB4)
Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás (Foto: Divulgação MBB4)Ana Flávia Magalhães, Miss Bumbum Goiás (Foto: Divulgação MBB4)
EGO

Sem Kleina, Palmeiras espanta crise e impõe a primeira derrota ao Goiás

palmeirasA crise deu um tempo ao Palmeiras neste sábado. Depois das três derrotas consecutivas que culminaram na queda do técnico Gilson Kleina, o Verdão respondeu com uma boa vitória sobre um dos destaques deste início de Campeonato Brasileiro. Com o primeiro gol de Lúcio, impedido, e o terceiro de Henrique em três partidas, o time paulista bateu o Goiás por 2 a 0, no Pacaembu, e respirou aliviado. Valdivia dedicou a vitória a Kleina, e Jorginho, um dos quatro cotados para assumir o comando técnico do time, foi flagrado na arquibancada.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mais do que subir para seis pontos e pular para o meio da tabela, o Palmeiras voltou a jogar bem. Valdivia fez o papel de maestro, criou bons lances e mostrou que pode fazer uma dupla de sucesso com Henrique, que vai acabando com qualquer princípio de saudade de Alan Kardec. Já o Goiás, invicto até então, sofreu os dois primeiros gols no torneio e segue com sete pontos, ainda entre os primeiros colocados.

O início de partida parecia preocupante para o Palmeiras. O Goiás se lançou ao ataque, com bastante velocidade e levando perigo com o veterano Araújo. Mas durou pouco. Wesley, Valdivia e Leandro conseguiram fugir da marcação e abriram caminho para a vitória. Os gols saíram em lances de bolas paradas. Lúcio, em posição irregular, apareceu por trás da defesa goiana e bateu forte, aos 15. Depois, aos 31, foi a vez de Henrique – substituto de Alan Kardec, agora são-paulino – tocar de cabeça e ampliar.

O nível técnico desabou no segundo tempo com a vantagem paulista. O Palmeiras cumpriu seu papel de segurar o jogo e explorar os contra-ataques. Por muito pouco, não conseguiu ampliar. A melhor chance esteve nos pés de Marcelo Oliveira, chutando para fora um belo passe de Valdivia. O Goiás nada produziu. Apesar das mudanças, o time foi praticamente nulo no ataque e sequer chegou a assustar o goleiro Fábio.

O Palmeiras volta a jogar na quarta-feira, mas pela Copa do Brasil. Depois da derrota por 2 a 1, no Maranhão, enfrenta o Sampaio Corrêa, às 22h, no Pacaembu. Pelo Brasileirão, pega o Vitória, domingo, às 18h30, em Salvador. Já o Goiás encara o Botafogo, quarta, às 22h, em Juiz de Fora, pela quinta rodada do nacional.

 

 

Globoesporte.com


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627