Arquivo da tag: garota

Suspeito de espancar e matar garota de 16 anos morre após troca de tiros, em Manaíra, PB

O homem suspeito de espancar e matar a companheira de 16 anos, em Manaíra, no Sertão da Paraíba, morreu após uma troca de tiros, na manhã desta quinta-feira (17). Leonardo Pereira do Nascimento, de 22 anos, estava escondido no Sítio Constantino, localizado na zona rural do município.

O delegado Gutemberg Cabral, titular da Delegacia de Homicídios de Princesa Isabel e que acompanha o caso, informou que a polícia foi avisada sobre o confronto por vizinhos e ainda não sabe quem trocou tiros com o jovem, mas que existe a hipótese de que o crime tenha sido motivado por vingança.

Ainda segundo o delegado, uma arma foi encontrada ao lado do corpo de Leornardo. Ele tinha passagem pela polícia pelos crimes de furto qualificado, roubo e lesão corporal. O suspeito já havia sido preso três vezes e era considerado foragido porque fugiu da prisão.

O corpo dele foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos, também no Sertão do estado.

Adolescente foi espancada um dia antes de ser morta

Segundo o delegado, no domingo (13), a adolescente Fabrícia Ribeiro Nogueira, de 16 anos, foi espancada e torturada pelo suspeito. Na segunda-feira (14), a vítima foi até a Polícia Civil e denunciou as agressões cometidas pelas homem.

“Após a denúncia, a gente orientou que ela saísse da casa onde eles moravam e que fosse pra qualquer outro lugar distante, que a polícia ia tentar prender ele. Mas aí ela foi pra casa dos pais, e ele foi atrás dela lá, com a ajuda do irmão mais novo, o Pedro”, salientou o delegado.

Vítima foi morta com mais de dez facadas

De acordo com a perícia, a adolescente foi morta com mais de dez facadas, além de vários cortes feitos pelo suspeito no corpo dela. “Ela foi brutalmente assassinada, não teve nenhuma chance de defesa. Ele desferiu mais de 10 facadas nela, cortou todo o corpo dela, não tinha como ela sobreviver”, frisou Gutemberg.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) ainda foi acionado para tentar socorrer a adolescente, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Já o suspeito do crime fugiu do local e, até as 12h30 desta terça-feira (15), o homem ainda não havia sido localizado pela polícia.

Irmão do suspeito matar adolescente foi preso

O irmão do suspeito de espancar e matar a adolescente de 16 anos em Manaíra, no Sertão da Paraíba, foi preso na manhã da última terça-feira (15). De acordo com Gutemberg Cabral, o jovem de 18 anos ajudou o irmão a cometer o crime. Ele teria ficado de tocaia em frente à casa dos pais da vítima para informar ao irmão o momento em que a adolescente saísse da residência.

Conforme o delegado, na noite do crime, por volta das 23h30, o irmão, Pedro, avisou ao Leonardo Pereira que a polícia havia saído do local. Foi quando o suspeito foi até a casa dos pais da vítima e ficou chamando por ela.

O irmão de Leonardo está detido na Cadeia Pública de Princesa Isabel, onde permanece à disposição da Justiça. “Ele foi autuado por partícipe no crime de feminicídio e nós já conseguimos expedir um mandado de prisão preventiva contra o irmão dele”, disse o delegado.

G1

 

Ministro do STF suspende punição a juíza que deixou garota presa com 30 homens

stfO ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), suspendeu decisão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) que puniu a juíza Clarice Maria de Andrade Rocha. Em novembro de 2007, a magistrada manteve uma jovem de 15 anos presa com 30 homens durante 26 dias – a garota foi espancada e estuprada – na delegacia de polícia de Abaetetuba, no Pará.

As informações foram publicadas pelo site Consultor Jurídico (Conjur). A decisão de Marco Aurélio é de outubro de 2016. A liminar do ministro foi assinada em dezembro, mas só publicada nesta quarta-feira, 18.

Suspeita de furto, a jovem dividiu a cela com cerca de 30 homens na delegacia de polícia de Abaetetuba, no interior do Pará.

Três anos depois, o CNJ chegou a aplicar aposentadoria compulsória à juíza, por entender que ela havia homologado a prisão em flagrante mesmo tendo conhecimento das condições irregulares do local.

A medida foi anulada em 2012, quando o STF concluiu que os documentos levados a Clarice de Andrade na época não informavam a presença da garota entre homens.

Marco Aurélio, relator daquele acórdão, afastou a imputação de desídia ou dolo e determinou que o CNJ deveria analisar apenas se a juíza praticou falsidade ideológica na assinatura de um documento – ela afirma que determinou expedição de ofício sobre o caso à Corregedoria de Justiça, mas a data teria sido rasurada.

O processo administrativo disciplinar voltou à pauta do Conselho Nacional de Justiça em outubro do ano passado, levando à pena de disponibilidade – quando o magistrado fica proibido de exercer suas funções por ao menos dois anos, recebendo vencimentos proporcionais. Inconformada, a defesa da juíza foi ao STF.

Para Marco Aurélio, embora o CNJ tenha citado a decisão anterior do Supremo, foi contraditório ao imputar a prática de conduta desidiosa.

Estadão

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Garota é achada morta após publicar carta com “Senhor Noel, por favor me mata”, na PB

criancaA estudante Letícia Pereira da Luz, de 14 anos, foi encontrada morta na noite dessa terça-feira (7), dentro de um quarto da casa onde morava com a família, na cidade de Nova Olinda, na região do Vale do Piancó, a 433 km de João Pessoa. A morte aconteceu dois dias depois da garota compartilhar uma foto em uma rede social com a frase: “Senhor Noel, eu nunca te pedi nada de Natal, mas neste natal, por favor me mata, obrigado” (sic).

De acordo com o major Antônio Guedes, comandante do 13º Batalhão da PM, os pais da garota informaram que tinham saído para a escola e quando o pai retornou para casa, encontrou a filha morta dentro do quarto e um revólver calibre 38 ao lado do corpo.

“Ele ficou desesperado quando viu a cena e ainda tentou se matar, mas o contivemos para não acontecer mais uma tragédia. O local foi isolado para a chegada da Polícia Civil”, explicou o major.

Ainda segundo major, duas cápsulas foram encontradas deflagradas ao lado do corpo e os vizinhos informaram que ouviram dois tiros. O major disse que a arma seria ilegal já que o pai da garota era o proprietário e não possuía autorização para usá-la.

O delegado Glauber Fontes, chefe da Polícia Civil no Vale do Piancó, disse que a polícia requisitou exames para confirmar se o crime foi um homicídio ou suicídio. “Não podemos descartar nada ainda. Vamos esperar os resultados dos exames para ter um diagnóstico preciso sobre homicídio ou suicídio. O caso é investigado”, falou.

Imagem postada no facebook

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Patos onde passou por perícia e foi liberado para velório e sepultamento.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem é preso com garota de 13 anos em motel

motelUm jovem de 21 anos foi preso em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (13), com uma menor de 13 anos em motel na cidade de Piancó, Sertão paraibano. Ele foi flagrado por conselheiros tutelares com uma menor no motel.
O jovem foi autuado por estupro de vulnerável. De acordo com informações do delegado José Pereira, que atuou no caso, o rapaz negou saber que a garota era menor de 14 anos. Segundo relatos do jovem, não houve relação sexual entre ele e a menor de idade.
Ainda segundo relatos dele, logo que entrou no motel foi até o banheiro, momento em que chegou o conselho tutelar e efetuou o flagrante.
Ainda de acordo com o delegado José Pereira, a menor confirmou a versão do acusado, de que não houve relação sexual e confessou já ter tido outros parceiros. Segundo relatos dela na polícia, o envolvimento não passou de um beijo. No entanto, para a lei, por se tratar de menor de 14 anos, o ato já configura estupro de vulnerável.
O jovem  se mostrou arrependido e bastante emocionado pelo ocorrido. Ele é um rapaz bem quisto na sociedade e conhecido como trabalhador.
MaisPB com Vale do Piancó Notícias 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Vídeo: Mãe de garota torturada diz que não perdoa menores por ato: ‘Desumano’

A mãe da adolescente de 14 anos torturada em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia, disse que não perdoa as quatro menores flagradas cometendo o ato infracional. As próprias garotas filmaram as agressões, que segundo a polícia, foi motivada por ciúmes do ex-namorado de uma delas. O grupo está apreendido, mas, de acordo com a mulher, a sensação ainda não é de alívio.

“Elas vão sair pior do que entraram. Aí elas vão matar não só a minha filha como qualquer outra que olhar para elas de cara feia. Não tem perdão uma coisa dessas porque isso aí é desumano”, desabafa a mulher, que prefere não se identificar.

Segundo a delegada Renata Vieira, responsável pelo caso, as quatro adolescentes, com idades entre 13 e 16 anos, foram encaminhadas para centros de internação em Goiânia e Formosa, no Entorno do DF. Elas ficaram nesses locais por até 45 dias, prazo que a Justiça tem para decidir se elas permanecem ou não internadas.

Elas serão indiciadas pelos atos infracionais análogos aos crimes de tortura e tentativa de homicídio. Se condenadas, podem ficar no máximo três anos internadas.

Agressões com pau e facão
A menina foi atraída para a casa de uma das suspeitas na última quinta-feira (29) sob o pretexto de que haveria uma festa no local. Ao chegar, ela foi esfaqueada e agredida com pedaço de pau e um facão em uma sessão de tortura que durou quase 4 horas.

Até mesmo uma cova foi feita no quintal da casa para que a menina fosse sepultada. “Elas começaram a me bater, me amarraram, me mostraram onde eu iria ser enterrada. Nisso, me deram uma facada e me colocaram na cova. Pensava só que eu ia morrer”, contou a vítima.

Após ser apreendida e relatar o que aconteceu, uma das menores, de 14 anos, se indignou porque a vítima conseguiu escapar. “Todo mundo aqui estava com raiva dela. Porque ela não gosta da gente por causa desse negócio de namoradinho. No nosso pensamento, íamos bater nela, ela ia morrer e nós íamos enterrar ela. Só que aí não deu certo porque nós somos a frouxa, sabe. Nós não damos conta de começar o serviço e terminar”, disse.

Mãe de garota torturada diz que não perdoa menores por ato: 'Desumano' em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Garota de 14 anos ficou com várias lesões nas costas após a tortura (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Resgate
A menina foi auxiliada por uma mulher, que assistia a um programa de televisão quando foi surpreendida pelos gritos da vítima. Ela olhou pelo muro e viu a menor machucada.

“Minha filha ajudou ela a pular o muro. Coloquei ela para dentro e tranquei as portas porque não sabia se tinha alguém atrás. A minha intenção foi ajudar. Mandei minha menina chamar a mãe dela na casa dela”, declarou a mulher, que prefere não ser identificada. Em seguida, a adolescente foi levada de carro para um hospital.

A testemunha conta que se assustou com a agressão. “Nossa, a gente fica num susto tremendo. Isso não é coisa que se faça com ninguém. O que tem na cabeça de uma pessoa dessas?”, questiona.

Segundo a polícia, a vítima estava contando com a ajuda do ex-namorado de uma das suspeitas para organizar sua festa de 15 anos. O fato teria provocado ciúmes e culminado com a tortura.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Garota de programa é esfaqueada após discussão com cliente em João Pessoa

Hospital-de-TraumaUma garota de programa, de 30 anos, cuja identidade não foi revelada, foi esfaqueada, na noite dessa terça-feira (23), após discutir com um cliente, no bairro do Geisel, em João Pessoa.

A mulher não revelou à polícia os motivos da discussão com o cliente,mas contou que durante o entrevero foi atingida com três golpes de faca, que atingiram o abdômen e os braços.

Uma equipe do Samu foi acionada e socorreu a vítima, que foi transferida para o Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena. Na unidade, a garota de programa foi submetida a procedimentos, mas já foi liberada.

A polícia investiga o caso e tenta encontrar pistas que levem ao acusado.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Garota de 14 anos é estuprada por dois homens em Campina Grande

galanteUma adolescente de 14 anos foi estuprada por dois homens, nessa quarta-feira (20), em Galante, distrito do município de Campina Grande. O crime aconteceu no período da tarde, no Sítio Santana, mas a polícia só divulgou informações na manhã desta quinta-feira (21).

Conforme a Polícia Militar, os pais da garota saíram para fazer compras e deixaram a menina sozinha em casa. Dois homens encapuzados invadiram o local e violentaram a adolescente. De acordo com relatos da menina, enquanto um praticava o ato sexual, o outro a segurava para evitar que ela fugisse. Depois de estuprar a garota, os criminosos fugiram.

Moradores da região disseram à polícia que viram dois homens rondando a região do sítio durante a manhã. Um deles, segundo as testemunhas, era alto, gordo e moreno, enquanto o outro era baixo, magro e branco.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A Polícia Civil pede para que a população entre em contato com o telefone 197 caso saiba o paradeiro dos suspeitos.

 

 

portalcorreio

Supostos ‘pais de santo’ espancam e queimam garota de 15 anos em centro de umbanda na PB

casos-de-policiaUma adolescente de 15 anos foi agredida, na noite desse domingo (1º), em um terreiro de umbanda da cidade de Campina Grande. Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 20h45, no bairro do Mutirão.

Conforme denúncia feita por familiares da vítima à polícia, a adolescente saiu de casa dizendo que iria até um centro de umbanda. Ao chegar lá, dois supostos ‘pais de santo’ teriam agredido a menina com pancadas na cabeça e usado cigarros para queimar a menina. A adolescente contou que eles diziam que ela estava “possuída por demônios”.

A adolescente foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade. A polícia foi acionada e realiza buscas na região, mas até a manhã desta segunda-feira (2) os suspeitos não tinham sido presos. Eles já foram identificados e teriam rixas com a família da vítima. O motivo da briga não foi divulgado.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 

portalcorreio

Garota de programa é presa acusada de usar WhatsApp para extorquir R$ 5 mil de cliente

modeloA modelo Iane Silveira Melo, de 22 anos, será indiciada nesta quarta-feira (26) pela Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos de Pernambuco, acusada de extorquir pelo WhatsApp um homem que teria agendado com ela um programa e não comparecido. A suspeita também atuaria como garota de programa e usaria o nome Nelice em um famoso site local.

Antes, Iane já havia sido presa em 18 de agosto e liberada no dia seguinte após receber liberdade provisória. Ela teve que devolver R$2.500 à vítima. A acusada, em sua suposta página, dizia cobrar 200 reais por programa.

Segundo a justiça pernambucana, a vítima  entrou em contato com Iane em julho e agendou um programa. Antes de encontra-la, porém, o homem mudou de ideia e não compareceu ao encontro.

Iane teria então adicionado a vítima ao WhatsApp e passado a extorqui-lo. Ela chegou a acessar o perfil da vítima no Facebook e descobriu que ele tinha um bebê recém-nascido.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Bom dia senhor. Estou precisando de 10 mil. Se já não sabe, estava vendo seu baybe (sic) muito lindo. Vai ser um rapaz lindo né? Assim espero. Causar sucesso com as garotas”, teria escrito Iane para a vítima.

A garota de programa passou a pressionar a vítima cobrando depósitos urgentes em dinheiro. O homem chegou a pagar R$ 5 mil a ela e tinha, inclusive, que mostrar fotos do dinheiro também pelo WhatsApp para que Iane não procurasse a sua família.

Quando foi presa, Iane negou as acusações e disse que estava sem celular. Os policiais, porém, encontraram o aparelho escondido em sua calcinha e nele descobriram as mesmas imagens divulgadas no site de acompanhantes do Recife. O aparelho depois foi enviado para a perícia.

Contatar garotas de programa pelo WhatsApp é comum

O WhatsApp se tornou uma das principais ferramentas dispobilizadas por garotas de programa para seus clientes. Em sites especializados com catálogos de modelos, o aplicativo é oferecida como principal forma para contatar a grande maioria das anunciantes. Há, inclusive, vários sites na internet com dicas para realizar contato com garotas de programa com o WhatsApp.

Veja mais fotos de Iane Melo retiradas de seu perfil no Facebook:

 

RedeTV

Garota é estuprada por quatro adolescentes, em Cacimba de Dentro

plantão policialO fato aconteceu na madrugada desta segunda-feira (13), segundo o boletim divulgado pela polícia local.

Uma estudante de 15 anos foi abusada sexualmente por quatro adolescentes na zona rural de Cacimba de Dentro. De acordo com informações, a menina será submetida a exames para comprovar os abusos.

Os adolescentes, sendo um de 14 anos e os outros de 17, tentaram fugir num veículo Celta de cor prata, no entanto, os policias conseguiram apreender os infratores, que foram reconhecidos pela vítima.

Os participantes foram levados à DP local na presença do representante do Conselho Tutelar para serem ouvidos e aguardar que todas as medidas cabíveis sejam tomadas.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

portalindependente