Arquivo da tag: ganhar

Flamengo pode ganhar título inédito ainda em 2019

Dois títulos em menos de 24 horas: o maior do Brasil e o maior da América do Sul. Mais de R$ 100 milhões em premiações. Todo este ano espetacular pode render ao Flamengo um “título” inédito no futebol nacional: ser o primeiro time brasileiro a atingir o faturamento de R$ 1 bilhão ao ano e entrar para a história.

flamengo-novo-titulo-2019


Um fim de semana emocionante. Depois de uma final de Libertadores eletrizante contra o River Plate, da Argentina, o gigante carioca se consagra Campeão Brasileiro de 2019 em menos de 24 horas.

A emocionante virada ao fim do segundo tempo na tão esperada final da Libertadores da América já seria motivo suficiente para fazer o final de semana entrar para a história do rubro-negro, mas tem mais: pouco menos de 24 horas depois, o time se fez campeão mais uma vez.

Além de vencer o torneio mais almejado da América do Sul e verdadeira obsessão dos torcedores, o Flamengo também se fez campeão nacional, após um tropeço do Palmeiras em casa contra o Grêmio, único time que ainda ameaçava seu título.

Um fim de semana histórico em um ano que ainda promete. Com todas as premiações e um ano bastante recheado em relação às outras fontes de receita, o Flamengo pode se tornar o primeiro time brasileiro a ter um faturamento bilionário. Veja o resumo das premiações abaixo1:

  • Taça Guanabara – R$ 1 milhão
  • Campeonato Carioca – R$ 3,5 milhões
  • Libertadores – R$ 85 milhões
  • Copa do Brasil – R$ 2,4 milhões (até as quartas de final)
  • Brasileiro – R$ 33 milhões
  • Mundial Interclubes2 – R$ 20 milhões (se vencer)*

“Título” inédito: primeiro bilionário do Brasil


Cálculos da Somoggi3 mostram que, chegando à final do campeonato mundial interclubes, o Flamengo pode atingir um patamar de receita próximo a U$ 250 milhões, cifra que se aproxima de R$ 1 bilhão (considerando a cotação atual do dólar acima de R$ 4,00).

Dessa forma, o time se tornaria o primeiro bilionário brasileiro, com receitas superiores a alguns times da Premier League, como, por exemplo, o inglês West Ham, que fatura cerca de U$ 200 milhões.

Contudo, ainda é um valor tímido quando comparado ao de outros grandes times europeus, tais como o principal rival no Mundial Interclubes, Liverpool, que fatura cerca de U$ 600 milhões (aproximadamente R$ 2,5 bilhões).

A soma inédita na realidade brasileira, porém, não pode ser apenas atribuída aos valores recebidos de premiações nas competições. De acordo com balancetes trimestrais4 disponibilizados pelo clube, o valor apurado de receita até o fim do terceiro trimestre de 2019 (set/19) pode ser resumido em:

  • Venda de atletas: R$ 295,0 milhões
  • TV: R$ 161,3 milhões
  • Bilheteria / Sócio-Torcedor: R$ 105,4 milhões
  • Publicidade: R$ 52,0 milhões
  • Social: R$ 29,0 milhões
  • Outras: R$ 12,7 milhões

Obs.: A venda de atletas em 2019 contabiliza os valores recebidos por Paquetá, Uribe, Jean Lucas, Léo Duarte, Trauco e Cuéllar.

Tais valores podem ser visualizados no infográfico interativo abaixo.

O valor somado dessas receitas até o terceiro trimestre de 2019 mostra a cifra de R$ 655,4 mi até setembro/2019. Com os ganhos provenientes das competições e outras receitas do último trimestre do ano, é plenamente possível que o Flamengo atinja a marca histórica de 1 bilhão de reais.

Essa marca, porém, é composta por alguns elementos de receita não recorrente, como a venda de jogadores (responsável por quase R$ 300 milhões do total acumulado) e os ganhos provenientes das premiações das competições, que não é uma receita fixa e garantida.

Valor de mercado dos times em diferentes competições


Com o objetivo de comparar os diferentes investimentos em elenco nas múltiplas competições nas quais o Flamengo participou em 2019, a equipe do Bons Investimentos criou um comparativo, com base nos dados da Transfermarkt5, dos valores de mercado de cada um dos principais adversários do Flamengo em cada campeonato disputado em 2019.

Abaixo, você poder verificar um resumo dos principais valores dos elencos e a seguir são apresentadas as informações completas em um infográfico interativo.

Obs.: Os valores estão em milhões de euros, pois essa é a base reportada pela Transfermarkt.

Brasileirão (em milhões de euros)**

  • Flamengo (CAMPEÃO): 125,35
  • Santos (2º): 63,50
  • Palmeiras (3º): 118,45
  • Grêmio (4º): 121,35
  • Athletico-PR (5º): 40,15
  • São Paulo (6º): 86,55
  • Internacional (7º): 64,70
  • Corinthians (8º): 81,85

**Posições atualizados até o dia 25/11/19

Libertadores (em milhões de euros)

  • Flamengo (CAMPEÃO): 125,35
  • River Plate (2º): 154,65
  • Grêmio (semi-finalista): 121,35
  • Boca Júniors (semi-finalista): 120,33

Copa do Brasil (em milhões de euros)

  • Athletico-PR (CAMPEÃO): 40,15
  • Internacional (2º): 64,70
  • Grêmio (semi-finalista): 121,35
  • Cruzeiro (semi-finalista): 50,05
  • Flamengo (parou nas quartas-de-final): 125,35

Campeonato Carioca (em milhões de euros)

  • Flamengo (CAMPEÃO): 125,35
  • Vasco da Gama (vice-campeão): 46,65
  • Fluminense: 58,60
  • Bangu: 0,5

Mundial Interclubes (em milhões de euros)

  • Flamengo (BRA): 125,35
  • Liverpool (ING): 1.070
  • Monterrey (MEX): 84,10
  • Al Hilal Riad (ARS): 45,60
  • Espérance Tunis (TUN): 17,25
  • Al Sadd Sports Club (CAT): 27,88
  • Hienghène (NCL): 0,68

Analisando os valores, percebe-se discrepâncias em relação ao preço de cada elenco nas competições.

No Mundial Interclubes, por exemplo, percebe-se que o Liverpool tem elenco quase 8 vezes mais caro que o segundo elenco mais valorizado, o do Flamengo.

Ainda assim, elenco mais caro não garante a vitória. Exemplo disso é a final da Libertadores, posto que o River Plate, mesmo com elenco de maior precificação, sucumbiu ao gigante carioca.

Muitas pessoas se surpreendem ao saberem que o elenco do River Plate possui maior valor de mercado do que o galático elenco do Flamengo, mas isso se deve à maior presença de jovens promessas no time argentino em comparação ao elenco mais “envelhecido” do Flamengo.

As vendas de Vinícius Junior e Rodrygo para o Real Madrid, por exemplo, mostraram que os gigantes europeus não poupam dinheiro para comprar as jovens estrelas sul-americanas e, por isso, times mais jovens e com grandes promessas acabam tendo seu valor de mercado inflacionado.

“Arrumando a casa”: do endividamento à maior receita da história


O caso do Flamengo realmente chama atenção. Num período pouco maior do que 3 anos, o clube foi capaz de sair de uma situação de imenso déficit à de maior receita da história.

A efetividade dos investimentos do clube foi tamanha que, conforme ilustrado no infográfico abaixo, o time deixou uma situação de mais de R$ 300 milhões de déficit (Receita – Custo) para uma possibilidade imensa de superávit em 2019. Veja essa e outras informações ilustradas no infográfico abaixo.

infográfico

Este infográfico e o respectivo estudo para a sua elaboração foram desenvolvidos pela equipe do site bonsinvestimentos.com.br. A sua reprodução e divulgação em outras mídias é autorizada desde que seja citada a origem.

 

bonsinvestimentos

 

 

Fani faz 1ª ensaio após ganhar 15kg: ‘Mulheres torcem o nariz para mim depois que engordei’

Com 83kg, Fani Pacheco decidiu virar uma espécie de porta-voz das minorias e do feminismo. A ex-BBB, considerada um dos símbolos sexuais mais marcantes da história do programa, quer ser vista como uma mulher comum, porém, empoderada. Inclusive pela ala feminina.

“Continuo sendo sexy para os homens. As mulheres torceram mais o nariz para mim quando engordei 15 quilos, afinal, quem repara em celulite, eles ou nós?”, questiona.

Fani Pacheco vai protagonizar websérie
Fani Pacheco vai protagonizar websérie Foto: Faya/divulgação

Para dividir sua nova experiência num corpo que ela chama de plus size, Fani lança nesta quinta-feira, no Club Blankara, na Barra da Tijuca, uma websérie em seu canal no Youtube. “Fani quebra o padrão” é uma espécie de reality show da vida da loura, que pretende levar assuntos espinhosos para serem discutidos.

“Quero botar abaixo os padrões de beleza, os culturais, mostrar que podemos ser felizes do jeito que somos. Eu sou hoje uma gordinha feliz. Quando pesava 65 kg me desesperava porque me achava gorda”, observa.

Fani Pacheco no auge da boa forma: ela se achava gorda
Fani Pacheco no auge da boa forma: ela se achava gorda Foto: reprodução

Solteira, Fani diz que o foco mudou: “Sou romântica, até vejo uns gatos quando saio, sou paquerada, mas não me dá vontade de fazer nada. Gosto de ser amada”.

Fani Pacheco: homens a acham sexy
Fani Pacheco: homens a acham sexy Foto: Faya/divulgação

Extra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mulheres tiram a roupa em boate pela chance de ganhar um iPhone

mulheres-nuasDuas frequentadoras de uma boate em Berezniki (Rússia) tiraram a roupa, subiram ao palco e se exibiram para dezenas de pessoas. Tudo para participar de um concurso cujo prêmio era um iPhone 5s, de acordo com o “Mirror”.

A “apresentação” da dupla agradou ao público da casa noturna, mas nas redes sociais foi bastante criticada.

“Tentando demais ganhar a porcaria de um iPhone. Essas garotas e os organizadores do concurso são desmiolados”, criticou a usuária do Instagram lena120893.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Acabaram a escola e estão prontas para a sacanagem e a luxúria”, escreveu outra usuária, honeymary23.

Não há informação se uma das duas peladonas ganhou o aparelho.

Assista:

Page Not Found

Detentos reeducandos da Paraíba passam a ganhar vale-transporte

presosUma resolução publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) da Paraíba deste sábado (25) determinou o pagamento mensal de uma quantia em dinheiro equivalente ao vale-transporte para todos os detentos reeducandos que desenvolvem algum tipo de trabalho em órgãos da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba (Seap).

O benefício foi publicado em caráter excepcional e temporário, até que um convênio entre o governo da Paraíba e a Associação de Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC-JP) seja firmado. Apesar de ter sido publicado no DOE deste sábado, a resolução data de 16 de abril de 2015 e tem efeito retroativo para 1º de abril.

O G1 tentou entrar em contato com a Seap para saber quantos detentos reeducandos seriam beneficiados com a resolução, mas as ligações não foram atendidas. Em 2014, 524 reeducandos prestaram Enem na Paraíba.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Do G1 PB

Após ganhar em 2º lugar, ex-BBB Amanda vai ser a capa da ‘Playboy’ de junho

amandaAline achou que era cedo demais e que a proposta não mudaria a sua vida. Mas Amanda pode mostrar ao mundo o que Fernando viu no “BBB 15”. A morena está negociando para ser a capa da “Playboy” em junho. Mas, como de costume com as modelos que saem na revista, ela faz a desentendida. “Não sei de nada, muitas pessoas me procuraram, mas não falei com ninguém ainda, não acertei nada”, desconversa.

Amanda tem tempo de sobra para as fotos que só serão exibidas no meio do ano. A própria paulista disse à Retratos da Vida que posaria nua por um bom projeto e uma proposta financeira interessante. “Não tenho problemas com a nudez ou pudor com o corpo. Acho a anatomia feminina linda e se for para fazer algo bem feito, por que não?”, justifica.

Além de Amanda, a revista vai trazer as seguintes capas: em maio, a bailarina Ivi Pizzott, do “Domingão do Faustão”; em julho, Renata Santiago, musa fitness; para agosto, a revista procura um nome forte para estrelar a capa de aniversário, e em setembro, Janaina Santucci, sósia da ex-panicat Aryane Steinkopf.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM




 

 

FONTE:

  • Jornal Extra

O que é terceirização? Trabalhar mais e ganhar menos

empregoA palavra é feia, mas ainda não inventaram outra melhor para expressar o que ela significa: sistema de aluguel de mão de obra para reduzir os custos das empresas, aumentando a carga de trabalho e diminuindo os salários dos empregados.

Em resumo, é isso. Enquanto todo mundo se distrai com as ações de Levy na economia e Temer na política, a Lava-Jato e os novos rumos dos movimentos pelo impeachment da presidente Dilma, nossos deputados, discretamente, sob o comando do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, estão armando aquilo que o sociólogo Ruy Braga chamou de “maior derrota dos trabalhadores desde o golpe de 1964”.

Eu iria um pouco mais longe. Se terminar de ser votada nesta terça-feira, a Lei 4330, que regulamenta a mão de obra terceirizada, significará o enterro da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a grande conquista da Era Vargas, ao garantir os primeiros direitos sociais aos assalariados brasileiros.

Para se ter uma ideia do que está em jogo neste momento, é preciso citar alguns números. Estudos apresentados pelas centrais sindicais, que combatem a nova lei, mostram que os  terceirizados trabalham três horas a mais por dia do que os empregados formais para ganhar, em média, um salário 24% menor.  A diferença vai, é claro, para os bolsos dos empresários, tanto os que alugam como os que contratam mão de obra terceirizada.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Temos hoje no país 35 milhões de empregados formais e 13 milhões de terceirizados. Caso esta lei seja aprovada na Câmara, e depois no Senado, em pouco tempo a relação será certamente invertida porque nenhuma empresa vai querer pagar mais se pode gastar menos com seus funcionários.

Quando trabalhei no governo, no começo dos anos 2.000, tive um bom exemplo de como isto funciona: os motoristas terceirizados do Palácio do Planalto ganhavam até cinco vezes menos do que seus colegas contratados pela Câmara, do outro lado da praça dos Três Poderes, para executar o mesmo serviço.

Aluguel de mão de obra é mais ou menos a mesma intermediação que os antigos “gatos” faziam ao fornecer “boias-frias” para as lavouras de cana dos fazendeiros paulistas, que combateram Getúlio Vargas desde 1932 e nunca se conformaram com a derrota.

Se Paulo Skaf, presidente da Fiesp, e o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, estão do mesmo lado, em defesa da Lei 4.330, os trabalhadores brasileiros que vivem de salário podem ter certeza de que coisa boa para eles não é. Terceirização pode ser traduzida por precarização do trabalho.

Na marcha batida para o retrocesso em que caminha o país, a terceirização ora regulamentada é apenas mais um passo, ao lado da redução da maioridade penal, do estatuto da família, do fim do estatuto do desarmamento e da reforma política congressual, que pretende constitucionalizar o financiamento empresarial das campanhas políticas.

Estão agora ameaçadas as conquistas sociais das últimas décadas, destinadas a diminuir a desigualdade e os preconceitos, para tornar o país mais contemporâneo do mundo civilizado. E parece que quase ninguém está se dando conta dos perigos deste processo, de volta à Idade Média.

Vida que segue.

 

 

R7

João Pessoa pode ganhar voos para as cidades de Patos, Monteiro e Cajazeiras

aviãoAté o final do ano, as pessoas que fazem a ponte João Pessoa – Patos terão mais uma opção de transporte. O empresário Delano Campos da Mota anunciou que a Anac – Agência Nacional de Aviação Civil aprovou a abertura da empresa TAG – Transportes Aéreos Glória, que fará a rota entre as duas cidades, em quatro voos diário, com o avião pernoitando em Patos.

No próximo ano, poderão ser incluídas na rota Monteiro e Cajazeiras.O investimento será de R$ 10 milhões, com a criação de até 45 empregos, entre pilotos, comissários de bordo, pessoal de terra e administrativo. Uma empresa especializada em seleção de pessoal será contratada.De acordo com Mota, presidente da TAG, os preços das passagens deverão ficar bem próximos dos praticados pela empresa Guanabara, de R$ 61,20, ou pelos motoristas de vans, que cobram em média R$ 70 a viagem, apenas de ida.

 

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 

O voo entre João Pessoa e Patos vai girar em torno de 40 minutos. De carro, essa viagem pode ser superior a 4 horas, sem parada, segundo o empresário. “Além da rapidez da viagem, a segurança e o conforto serão dois diferenciais da nossa empresa”, afirmou o executivo, que fez a apresentação do projeto para os representantes da Câmara Setorial do Turismo, ontem, na Federação do Comércio da Paraíba.

A aeronave a ser utilizada nas operações está praticamente fechada. A TAG negocia com a Embraer a aquisição – por meio de compra direta ou leasing – duas aeronaves MB 120 Brasília, com uma configuração que permite transportar 30 passageiros. “A Embraer, que é uma empresa brasileira, está nos dando total apoio e orientação para que façamos a compra da aeronave que melhor atenda a nossa demanda”, disse Mota. Ele já esteve na fábrica da empresa, em São José dos Campos (SP), para negociar a compra dos equipamentos. Há mais de 400 unidades desse avião no mundo, dos quais, 200 apenas nos Estados Unidos.

Mercado

O presidente da TAG revelou, que o investimento na aviação civil para explorar o mercado paraibano é uma ambição cativada há muitos anos. Foi feita uma consultoria de mercado por uma empresa de Recife (PE), que viu no interior da Paraíba uma forte demanda de pessoas que fazem o circuito entre João Pessoa e Patos, além de Cajazeiras, Monteiro e até Pombal. São empresários, universitários, gestores públicos, profissionais da área médica e políticos.

A TAG também investirá no segmento de cargas, o que encurtará o tempo de entrega das mercadorias.Assim como a mãe do empresário, pessoa que mais incentivou o filho a investir no segmento, segundo Mota – e que leva o nome da companhia -, o executivo se diz um grande otimista com o Brasil, em especial, a Paraíba.

O investimento em época de crise não assusta. Mota disse que os dados de crescimento econômico do Nordeste são animados e permitem que o segmento se mantenha em crescimento. “Nosso PIB (Produto Interno Bruto) é um reflexo de que a nossa economia está em expansão e há mercado para novos investimentos”, enfatizou o empresário.

 

 

 

Portal Correio

MPU abre vagas na Paraíba e aprovados no concurso podem ganhar até R$ 24 mil

ministérioO Ministério Público da União abre inscrições para o cargo de Procurador da República. Três vagas estão sendo oferecidas na Paraíba, sendo duas para João Pessoa e uma para Guarabira. O salário é de cerca de R$ 24 mil.

As outras vagas do concurso são para os estados de Alagoas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os interessados nas vagas devem ser graduados em Direito e ter três anos de atividade jurídica. As inscrições são realizadas no site www.pgr.mpf.mp.br/para-o-cidadao/concursos-1. O usuário deve confirmar envio de formulário e imprimir o boleto da taxa de inscrição no valor de R$ 210 até o dia 16 de dezembro de 2014. Depois, no horário das 12h às 18h, o candidato deve ir a uma das Procuradorias da República nos Estados e no Distrito Federal ou das Procuradorias da República nos Municípios relacionadas no Anexo III do edital para finalizar o processo de inscrição.

O processo de avaliação será feito com provas objetivas (previstas para 1 de março de 2015), provas subjetivas (nos dias 16, 17, 18 e 19 de maio de 2015), inscrições definitivas, provas orais (14 a 18 de agosto de 2015) e provas de títulos.

Confira o edital.

 

portalcorreio

Professor deveria ganhar R$ 9.500, diz senador Cristovam Buarque em entrevista

cristovam-buarqueO senador Cristovam Buarque é um incansável defensor da educação como causa transformadora do Brasil: “A bandeira do Brasil, em vez de ‘Ordem e Progresso’, seria ‘Educação é Progresso’”, disse em entrevista a Roberto D`Avila neste sábado, na GloboNews.

Inconformado com o Brasil atual, o senador acredita que só a indignação é capaz de mudar o país. “Eu não tenho dúvidas do que hoje o que falta é uma força moral. Eu me lembro inclusive que recomendei a Marina Silva que em vez de criar um partido, ela fosse uma espécie de Betinho do século XXI, trazendo uma liderança moral. E hoje a gente precisa. Só uma força moral vai fazer com que a educação fique boa”, afirma Buarque, que foi ministro da Educação entre 2003 e 2004, durante o primeiro governo Lula.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“A saúde de qualidade é uma questão moral. Educação de qualidade é uma questão moral. Enquanto ficarmos apenas no discurso político-econômico, este país não desperta para a necessidade de acabar com essas duas indignidades. Isso sem falar na corrupção – que já é,  em si, uma imoralidade sem precisar de nenhuma análise”, avalia.

Mas o criador do programa Bolsa-Escola, precursor do Bolsa-Família, acredita que a grande transformação no Brasil só será possível com a federalização da educação. “Nenhum prefeito, nenhum governador tem condições disso; só o governo federal. Eu tenho chamado de ‘adoção’ pelo governo federal das escolas nas cidades cujas prefeituras não têm dinheiro para dar uma boa educação para os seus filhos”, explica sobre a política de educação ampla, que deverá levar uns 20, 30 anos.

Discípulo de Darcy Ribeiro, Buarque também defende as escolas públicas em período integral. E afirma que o salário dos professores deveria ser muito maior do que é na prática: “Eu tenho chamado isso de ‘Escola Ideal’, com o professor ganhando R$ 9.500 por mês – porque menos que isso não consegue trazer os melhores quadros da juventude para o magistério, que prefere ir para o direito, para a engenharia – com dedicação exclusiva, e ao mesmo tempo sem a estabilidade plena, sujeita a avaliações periódicas, e sabendo manejar os equipamentos modernos. Dar aula em uma lousa inteligente, usar televisão, celular como equipamento pedagógico. Isso se faz ao longo do tempo”.

Cristovam sabe que não é fácil chegar a esse ideal e lamenta não ter reformulado as escolas do Distrito Federal quando governou a capital federal, entre 1995 e 1998. Mas garante que dinheiro para isso não falta no governo federal. “Não precisa de tanto dinheiro assim. Você pagar R$ 9.500 a um professor – desde que seja realmente bom, bem dedicado, bem formado e avaliado – leva a um custo de R$ 9.500 por ano por aluno. A gente vai ter 52 milhões de alunos daqui a 20 anos. Se você fizer as contas, isso vai custar 6,4% do PIB. Tem uma lei chamada Lei do Plano Nacional de Educação que já obriga a colocar 10%. Então, se você tem 6,4% para isso, incluindo a pré-escola, universidade e um grande programa de educação das massas do Brasil, custaria uns 9,4% do PIB. Além disso, já se gasta 5,5%. Só precisaria de uns 4% a mais. É possível”, explica Buarque, ressaltando que o plano leva em conta uma estimativa do PIB para daqui a 20 anos, supondo que ele cresça 2% ao ano – “que é uma taxa pequena na história do Brasil”.

GNews

RC diz que aliança não foi feita apenas para ganhar a eleição, mas para garantir uma governabilidade

ricardo-coutinhoO Governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB) disse, em entrevista coletiva à Imprensa,  que essa eleição terá um novo aspecto para a Paraíba que é o da governabilidade,  de uma pactuação.

Ele deixou claro que a aliança com os partidos não foi uma aliança simplesmente para vencer a eleição, “mas foi uma aliança programática e de governabilidade e temos a obrigação de fazer com isso se torne realidade e para isso criarmos um projeto político de curto e médio prazos para que esse Estado possa evoluir cada vez mais e esse será o nosso desafio”, destacou o governador.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ricardo Coutinho disse que outro ensinamento que tirou dessas eleições é que não se deve subestimar ninguém. “ Nós não somos ninguém para subestimar o próximo e temos que ter muito cuidado porque quem escolhe é o povo e o povo escolhe a partir de comparações”, comentou o governador.

Ricardo Coutinho lembrou que participou de cerca de 14 debates e aqueles que não participou não entrou na Justiça para tentar impedir que ocorresse, “pelo contrário, deixei acontecer, porque esse é o jogo da democracia”, destacou.

“Nós tivemos uma vitória bonita, maiúscula, que consolida uma coisa nesse estado: Nenhum de nós somos imbatíveis e o povo tira que achar que deve tirar”, comentou o governador ao lamentar a perda de vários companheiros durante a campanha eleitoral dentre eles, o governador do Pernambuco Eduardo Campos.

Paulo Cosme