Arquivo da tag: Gabriel Diniz

Deputados aprovam criação de medalha com nome de Gabriel Diniz

Na semana em que ocorre a Corrida do Bem em homenagem ao cantor Gabriel Diniz, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou o projeto de resolução 83/2019, de autoria do deputado estadual Wilson Filho (PTB), que cria medalha com o nome do artista, destinada a jovens talentos que impulsionem o nome da Paraíba nacional e internacionalmente através de arte.

“É uma honraria importante que carrega o nome de um cantor sul-matogrossense, mas que veio morar cedo na Paraíba e levou para todo o Brasil a bandeira rubro-negra com o dizer ‘Nego’. Ela objetiva homenagear artistas, que tenham nascido ou que seja filho de paraibanos, o que era o caso do nosso saudoso Gabriel, mas que carreguem a nossa bandeira para espaços de destaque no Brasil e no mundo” , comentou Wilson Filho.

O parlamentar ressaltou ainda a importância da Corrida do Bem, que acontece neste domingo (20) em João Pessoa. Além de homenagear o cantor, a Corrida acontece para angariar recursos ao Hospital Napoleão Laureano, referência no tratamento de câncer no estado, mas que vive crise financeira. O evento esportivo contará com participação do cantor Waldonys, que fará salto de paraquedas em alusão à música com o mesmo nome de GD.

“São três ações importantes em apenas um evento: a primeira, obviamente, é a prática de atividade esportiva e o bem-estar; o segundo, a caridade em prol do principal hospital da Paraíba no tratamento do câncer e, por fim, a homenagem ao saudoso Gabriel Diniz – que foi homenageado também pelo nosso mandato com a criação da medalha”, comemorou.

Sobre Gabriel Diniz

Natural de Campo Grande, GD mudou-se com a família para João Pessoa na adolescência, onde foi criado. Gabriel Diniz iniciou a sua carreira como músico cantando em algumas festas na UFCG, depois passou a integrar grupos de renome – a exemplo do Cavaleiros do Forró, até estourar em sua carreira solo. Neste ano, o hit ‘Jenifer’, interpretado por ele, foi uma das principais músicas do carnaval brasileiro. Em abril deste ano, tornou-se oficialmente cidadão paraibano em cerimônia na ALPB.

 

Assessoria

 

 

Ainda abalado por morte de Gabriel Diniz, Safadão cancela shows

Ainda muito abalado pela morte prematura do amigo Gabriel Diniz, o cantor Wesley Safadão cancelou a agenda de shows que faria neste final de semana no Mato Grosso.

De acordo com a empresa que gerencia a carreira de Wesley e que era a mesma de GD, Safadão não está em condições emocionais de se apresentar. Os shows serão remarcados.

Wesley foi um dos amigos de GD que estavam mais emocionados no velório do artista que aconteceu em João Pessoa. Ele ainda cantou um dos sucessos de GD em um momento que ficou marcado na memória de quem estava presente no Ronaldão.

PB Agora

 

 

Wesley Safadão e Xand Avião vão ao velório de Gabriel Diniz

Os cantores Wesley Safadão e Xand Avião também estiveram presentes no velório de Gabriel Diniz no início da tarde desta terça-feira (28). A chegada dos dois foi acompanhada de muita emoção. Em um dos momentos, Xand chegou a beijar o corpo de Gabriel e foi aplaudido pelos fãs presentes.

Os cantores eram muito amigos. Gabriel Diniz chegou a ser padrinho de casamento de Wesley Safadão, que durante o velório chorava muito a todo momento.

O corpo do cantor Gabriel Diniz, morto em um acidente aéreo nessa segunda-feira (27), está sendo velado no Ginásio Ronaldão, em João Pessoa. De acordo com as informações, o corpo chegou à Paraíba por volta das 3h e foi levado para a funerária para os procedimentos de praxe. Por volta das 5h, ele foi levado para o ginásio.

As primeiras horas do velório foram reservadas apenas para parentes e amigos. Por volta das 8h, os portões do ginásio foram abertos ao público. Músicos que integravam a banda de Gabriel Diniz chegaram no ônibus do artista. Os companheiros de palco deram as mãos em volta do caixão e rezaram.

 

portalcorreio

 

 

Fãs, familiares e amigos dão adeus a Gabriel Diniz em João Pessoa

O corpo do cantor Gabriel Diniz, morto em um acidente aéreo nessa segunda-feira (27), já está sendo velado no Ginásio Ronaldão, em João Pessoa. De acordo com as informações, o corpo chegou à Paraíba por volta das 3h da madrugada e foi levado para a funerária para os procedimentos de praxe. Por volta das 5h, ele foi levado para o ginásio.

As primeiras horas do velório foram reservadas apenas para parentes e amigos. Por volta das 8h, os portões do ginásio foram abertos ao público. Veja imagens do início da movimentação de fãs de Gabriel Diniz no Ronaldão:

Sepultamento

Gabriel Diniz deve ser sepultado no cemitério Parque das Acácias, em João Pessoa, por volta das 16h. Antes, às 15h será realizada uma missa de corpo presente.

O acidente

O cantor Gabriel Diniz estava em uma aeronave que caiu no sul de Sergipe, que tinha como destino Maceió, em Alagoas. Em nota, a Luan Promoções, responsável pela carreira do cantor, confirmou as informações e lamentou a tragédia.

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com esta triste notícia que pegou todos de surpresa nesta manhã, 27. Com muito pesar, confirmamos a morte do Gabriel Diniz e de todos os tripulantes. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde”, diz o texto.

“Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma! Estendemos nossos sentimentos também aos familiares dos outros tripulantes envolvidos”, finaliza a  nota da Luan Promoções.

Agenda na Paraíba

Gabriel Diniz estava escalado para se apresentar na cidade de Campina Grande, durante o Maior São João do Mundo. Em Patos, ele também iria cantar, mas os shows foram cancelados por causa da crise financeira e administrativa na cidade.

Em abril deste ano, o dono do hit ‘Jenifer’ recebeu título de cidadão paraibano na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

O cantor sertanejo se destacou no Carnaval deste ano com a música “Jenifer”.

 

 

Por

 Nice Almeida

 

 

Velório de Gabriel Diniz será no Ginásio Ronaldão, diz Sejel

O velório do cantor Gabriel Diniz acontecerá nesta terça-feira (28) no Ginásio Ronaldão, em João Pessoa. A confirmação foi dada pelo secretário de esportes da Paraíba, Hervásio Bezerra. Apesar de ter nascido no Mato Grosso do Sul, Gabriel Diniz é filho de paraibanos e cresceu na Paraíba.

O cantor Gabriel Diniz, de 28 anos, morreu após um acidente aéreo na tarde desta segunda-feira (27). Segundo a Record TV, ele estava em uma aeronave que caiu no sul de Sergipe, que teria como destino Maceió, em Alagoas.

Em nota, a Luan Promoções, responsável pela carreira do cantor, confirmou as informações e lamentou a tragédia.

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com esta triste notícia que pegou todos de surpresa nesta manhã, 27. Com muito pesar, confirmamos a morte do Gabriel Diniz e de todos os tripulantes. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde”, diz o texto.

“Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma! Estendemos nossos sentimentos também aos familiares dos outros tripulantes envolvidos”, finaliza a  nota da Luan Promoções.

Gabriel Diniz estava escalado para se apresentar na cidade de Campina Grande, durante o Maior São João do Mundo. Em Patos, ele também iria cantar, mas os shows foram cancelados por causa da crise financeira e administrativa na cidade. Em fevereiro deste ano, o dono do hit ‘Jenifer’ recebeu título de cidadão paraibano na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

O cantor sertanejo se destacou no Carnaval deste ano com a música “Jenifer”. A assessoria de imprensa do cantor informou que ele estava na aeronave, mas, até o momento, não foi encontrava nenhuma vítima.

No local do acidente foram encontradas fotos de documentos de Gabriel Diniz. Segundo informações, quatro pessoas foram encontradas mortas no local em que o avião caiu, mas ainda não foram identificadas.

 

portalcorreio

 

 

Gabriel Diniz, cantor de ‘Jenifer’, morre aos 28 anos em queda de avião em Sergipe

O cantor Gabriel Diniz, conhecido pelo hit “Jenifer”, morreu nesta segunda-feira (27), aos 28 anos, na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.

De acordo com a Polícia Militar, há três mortos. Inicialmente, o Grupamento Tático Aéreo (GTA) havia informado que eram quatro ocupantes na aeronave, que decolou de Salvador.

Amigos de Gabriel Diniz reconheceram o corpo do artista entre as vítimas. A assessoria de imprensa da produtora do artista confirmou que ele estava no avião. Também foi encontrado o passaporte do cantor perto do local do acidente. Na noite deste domingo (26), ele havia feito um show em Feira de Santana (BA).

O GTA sobrevoa o local do acidente, onde trabalham ainda equipes da PM e do Corpo de Bombeiros. Elas chegaram numa embarcação dos bombeiros, já que a área é de difícil acesso, de mangue e mata fechada.

A queda do avião vai ser investigada pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, com sede no Recife e que abrange o estado de Sergipe.

Segundo documentos achados no local do acidente ao lado do passaporte de Gabriel Diniz, a aeronave é um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares e registrado em nome do Aeroclube de Alagoas.

A aeronave, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), só pode ser usada para voos de instrução.

Aeronaves da categoria “Privada – Instrução” só podem ser usadas para instrução, adestramento de voo por aeroclubes, clubes ou escolas de aviação civil, segundo o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil. Isso significa que não podem ser utilizadas para táxi aéreo, por exemplo.

Uma moradora da região do acidente disse que o avião passou por cima da casa dela e caiu em seguida. Foi ouvido um estrondo nas imediações.

Perfil de Gabriel Diniz

Gabriel Diniz canta em gravação do programa 'SóTocaTop', da TV Globo, no Rio de Janeiro, em julho de 2018 — Foto: Fábio Rocha/TV Globo

Gabriel Diniz canta em gravação do programa ‘SóTocaTop’, da TV Globo, no Rio de Janeiro, em julho de 2018 — Foto: Fábio Rocha/TV Globo

Gabriel Diniz tinha 28 anos e nasceu em Campo Grande (MS). Ele foi criado em João Pessoa (PB), onde morava, e teve uma banda com amigos da escola. GD, como era conhecido, era um astro do forró, mas transitava bem no sertanejo.

O estouro veio no segundo semestre do ano passado, com “Jenifer”, o grande hit do último verão. A música divertida sobre uma mulher encontrada no Tinder foi a primeira de Diniz a chegar ao topos das paradas de todo o Brasil.

Os maiores sucessos anteriores dele eram “Paraquedas”, com Jorge e Mateus (18 milhões de visualizações no YouTube) e “Acabou, acabou”, com Wesley Safadão (62 milhões). Ele tinha empresários em comum com Safadão.

“Jenifer” foi escrita pelo grupo de compositores Big Jhows, originalmente para Gusttavo Lima. A interpretação de GD deu um tom mais leve e quase humorístico à letra.

Gabriel conseguiu comprar de Gusttavo a exclusividade de “Jenifer”, pelo mesmo valor que ele tinha pago aos compositores (eles não revelam a quantia). Tudo de forma amigável.

“Desde 2015 eu vou para Goiânia atrás de compositores. Fui o primeiro cara que saiu do Nordeste nessa busca. Depois foi o pessoal todo pra Goiânia: Wesley, Xand, até Simone e Simaria. Abrimos esse espaço para músicos e compositores”, explicou o cantor ao G1, no começo deste ano.

“Ninguém achou que ia ser esse sucesso. Nem o pessoal do meu escritório, nem meu empresário. O Wesley [Safadão] não acreditou, ninguém acreditou. Foi uma aposta minha, sozinho mesmo.”

Documento de Gabriel Diniz encontrado em local de queda de avião — Foto: Reprodução/ Jornal Hoje

Documento de Gabriel Diniz encontrado em local de queda de avião — Foto: Reprodução/ Jornal Hoje

Passaporte de Gabriel Diniz encontrado em local de queda de avião — Foto: Reprodução/ Jornal Hoje

Passaporte de Gabriel Diniz encontrado em local de queda de avião — Foto: Reprodução/ Jornal Hoje

Documentos do avião encontrados no local do acidente em Sergipe — Foto: Reprodução/Jornal Hoje

Documentos do avião encontrados no local do acidente em Sergipe — Foto: Reprodução/Jornal Hoje

Mapa mostra local da queda do avião — Foto: Arte G1/Rodrigo Sanches

Mapa mostra local da queda do avião — Foto: Arte G1/Rodrigo Sanches

Dados do Registro Aeronáutico Brasileiro que mostram que o avião onde estava Gabriel Diniz não poderia fazer táxi aéreo — Foto: Reprodução

Dados do Registro Aeronáutico Brasileiro que mostram que o avião onde estava Gabriel Diniz não poderia fazer táxi aéreo — Foto: Reprodução

Avião de pequeno porte cai em Sergipe

Avião de pequeno porte cai em Sergipe

 

G1

 

 

 

Bruno e Marrone, Luan Estilizado, Márcia Felipe e Gabriel Diniz estarão na Festa da Luz

bruno-e-marroneAs primeiras atrações da Festa da Luz 2017 começaram já foram confirmadas pela administração municipal.

Bruno e Marrone, Luan Estilizado, Pedrinho Pegação, Márcia Felipe e Gabriel Diniz estão na lista dos contratos confirmados pela Prefeitura Municipal. Outros nomes devem ser divulgados em breve.

A Festa da Luz é uma das mais importantes do Nordeste brasileiro e atrai milhares de pessoas para o Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima.

Rafael San

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

São Pedro de Todas as Cores em Caiçara teve Espora de Ouro. Gabriel Diniz é uma das atrações da última noite

 

espora de ouroNem a chuva que caiu na noite deste sábado, 12 de Julho, fez com que o público presente na Praça Dois Antônios arredasse o pé. Foi ao som de Fátima Marques, Espora de Ouro e Capital do Sol, que a diversão foi garantida na festa do São Pedro de Todas as Cores.

 

Com um repertório variado, passando pelo tradicional forró, brega e outros ritmos, chegando até os sucessos do momento, foi a banda Espora de Ouro, liderada pelo Felipe Brasil e Vivi Lima, que sacudiu o público presente.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O evento que teve início na última quinta-feira, 10 de Junho, promovido pela Prefeitura de Caiçara, já atraiu mais de 15 mil pessoas nas primeiras noites de festa. Além do palco principal, uma vila temática foi montada, onde o forró pé de serra é o carro chefe.

 

Para a organização do evento o sucesso tem sido o esperado. Tradicional, a festa de São Pedro reúne todos os anos gente de toda a região e de parte do País. “É a oportunidade que muitos que moram em outras regiões encontram de reencontrar os amigos, os parentes. Tem gente que passa o ano inteiro se programando para estar em Caiçara nesse período.” Destacou o Prefeito Cícero que faz questão de prestigiar todas as noites do evento.

 

A programação segue neste domingo (13) com forró pé de serra na Vila de todas as Cores a partir das 19h00 e com Adriano José, Gabriel Diniz e Cascavel, no palco principal, a partir das 22h00.

 

AsCom-Prefeitura de Caiçara/PB

Festa de emancipação política de Remígio vai ter Vicente Nery e Gabriel Diniz; confira a programação

 

RemígioO município de Remígio comemora, nos próximos dias 30 e 31, o seu aniversário de 56 anos de emancipação política. E, para celebrar a data, o prefeito Melchior Naelson (Chior-PSB) vai promover uma festa recheada de atrações. Na programação, além de vários outros artistas, estão o cantor Vicente Nery e a banda Cheiro de Menina e, também, Gabriel Diniz e Forró na Farra.

 

Também farão parte da festa a banda Clã Brasil, Forró de Januário, Forrozão Vip, Garota Bronzeada e Gigahertz.

 

História – No dia 02 de agosto de 1956, o deputado Tertuliano de Brito apresentou a Assembléia Legislativa da Paraíba o Projeto de Lei Nº129/1956, pedindo a emancipação de Remígio, sancionada em 14 de março de 1957, pelo Governador Flávio Ribeiro Coutinho, entrando em vigor no dia 31 de março do mesmo ano. Na época, Epitácio Bronzeado foi nomeado para administrar o município, de 31 de março de 1957 a 06 de fevereiro de 1958.

 

Entretanto, por volta de 1700 já havia homens brancos na região Remígio, porém os registros históricos datam a partir de 1788, quando o alferes Luiz Barbosa da Silva Freire, de tradicional família portuguesa, e residente no Rio Grande do Norte, negociou suas terras com o senhor João de Morais Valcácer, adquirindo a propriedade denominada “lagoas”, onde hoje está situado o município, tendo como garantia para o negócio, uma simples troca de fios de barba, a permuta das propriedades.

 

A história relata, porém, que os primeiros habitantes de Remígio foram os Índios Potiguares, que se dividiram em três grandes aldeias: Jandaíra, Queimadas e Caxexa.

 

Remígio dos Reis, genro de Luiz Barbosa, construiu sua residência próxima a uma das cinco lagoas existentes na propriedade (atual Lagoa Parque). Remígio que pertencia a Areia viveu os mesmos ideais da sede tomando parte ativa nas lutas da Confederação do Equador, uma das mais belas páginas da história areiense.

 

O número de habitantes e as edificações cresciam em ritmo acelerado, foi quando Frei Herculano, com a ajuda da população edificou uma Capelinha no morro próximo à lagoa (hoje Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio), e o senhor Francisco Tonel construiu o mercado, fortalecendo o comércio.

 

Em 30 de março de 1938, Remígio passa à categoria de vila, e em 15 de novembro do mesmo ano a Lagoa da cidade ganha a sua atual denominação, “Remígio”, em homenagem ao seu fundador. O primeiro projeto para o desmembramento da vila de sua sede, o município de Areia, foi apresentado pelo Deputado Remigense Dr. Luiz Bronzeado, reprovado pelo Governador João Fernandes de Lima, que substituía o titular José Américo de Almeida, alegando que o desmembramento traria vários prejuízos a economia de Areia.

 

Atualidade – De acordo com o censo demográfico de 2010, Remígio tem, atualmente, 17.581 habitantes.

Programação:

BANNER REMIGIO

Redação/Focando a Notícia