Arquivo da tag: Gabarito

Gabarito preliminar do concurso para professor da rede estadual da Paraíba é divulgado

Foram liberados na manhã desta segunda-feira (22) os gabaritos preliminares das provas objetivas do concurso para professor da rede estadual da Paraíba. A organizadora do concurso, o Instituto AOCP, também colocou à disposição dos candidatos os cadernos de questões. Do total de 43.104 candidatos inscritos para o concurso público da Educação do Governo da Paraíba, 8.303, cerca de 19,3%, faltaram à prova objetiva que aconteceu nesse domingo (21)

O concurso realizado no domingo (21) em João Pessoa outras 13 cidades da Paraíba contou com 43.104 candidatos inscritos para mil vagas de professor em 13 disciplinas. As vagas são para as 14 Gerências Regionais de Ensino, em todas as regiões da Paraíba.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração da Paraíba (Sead), responsável pela parte operacional do certame, os candidatos podem solicitar recurso contra o gabarito preliminar, a partir da 0h da terça-feira (23) até as 23h59 da quarta-feira (24), também pelo site da AOCP.

O maior número de oportunidades, 199, segundo o edital, é para a disciplina de matemática, seguido por língua portuguesa, com 195. O vencimento previsto pelo edital é de R$ 2.110.12, para uma carga horária de 30 horas semanais.

G1

 

Réus da Operação Gabarito vão ser julgados pela Justiça Federal, decide STJ

Relatório da Operação Gabarito (Foto: Lucas Sá/Polícia Civil da Paraíba)
Relatório da Operação Gabarito (Foto: Lucas Sá/Polícia Civil da Paraíba)

O julgamento dos réus envolvidos em fraudes de concursos, no esquema criminoso desarticulado pela Operação Gabarito, passou a ser responsabilidade da Justiça Federal na Paraíba (JFPB), conforme decidiu o Superior Tribunal de Justiça (STJ) no fim da tarde desta sexta-feira (2). Da decisão, ainda cabe recurso.

A Operação Gabarito desarticulou uma organização criminosa tratada como “empresa” pelos mais de 82 suspeitos envolvidos, sendo 31 já presos pela polícia. O grupo fraudou concursos em pelo menos 15 estados, aprovou mais de 500 pessoas e movimentou R$ 29 milhões em 12 anos de atuação.

Em dezembro de 2017, a 16ª Vara Federal (Exclusiva Penal) havia reconhecido a sua incompetência para julgar duas ações penais decorrentes da Operação Gabarito, com o entendimento de que os fatos abrangidos em duas das ações penais diziam respeito às supostas fraudes cometidas em âmbito estadual: uma para preenchimento de vaga no curso de medicina em uma faculdade particular de João Pessoa por meio do Enem e outra para o Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Uma terceira investigação, instaurada pela Polícia Civil, havia sido remetida pela juíza federal Cristiane Mendonça Lage para tramitação no Ministério Público Federal (MPF) e na Polícia Federal (PF), para apurar fatos criminosos que envolvessem órgãos federais. Ao remeter o Inquérito Policial, a magistrada entendeu ser necessário aprofundar a investigação sobre possíveis fraudes a concursos públicos das esferas federal e estadual, neste último caso, desde que conexas com fraudes a concursos federais, quando, então, ocorreria a competência da Justiça Federal para o processamento de futura ação penal.

A decisão da juíza federal Cristiane Lage ocorreu após a 4ª Vara Criminal da Justiça Estadual ter declinado a competência nos três processos para a Justiça Federal, identificando a possibilidade de os investigados terem atuado em concursos federais.

Operação Gabarito

A ação desarticulou uma organização criminosa tratada como “empresa” pelos suspeitos envolvidos. Em quatro fases, foram 31 pessoas presas pela polícia, incluindo dois irmãos que são considerados os chefes da organização pela polícia. O grupo fraudou concursos em pelo menos 15 estados, aprovou mais de 500 pessoas e movimentou R$ 29 milhões em 12 anos de atuação.

Além dos 98 concursos públicos municipais, estaduais e federais onde foram identificados indícios de fraude pelos suspeito, o titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa ainda disse que os criminosos já tinham uma agenda de concursos a serem fraudados em 2017 e 2018, incluindo o Enem 2017, cujas provas do primeiro dia foram aplicadas no domingo (5).

Os concursos teriam sido fraudados por um esquema criminoso que vendia um “kit completo de aprovação” por até 10 vezes o valor do salário pretendido para o cargo.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cespe divulga gabarito de concurso para Tribunal de Contas da Paraíba

O Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade Federal de Brasília (Cespe), divulgou,  nesta terça-feira (16), o gabarito oficial do concurso público do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).

O gabarito divulgado pelo Cespe pode ser conferido no endereço abaixo.

http://www.cespe.unb.br/concursos/TCE_PB_17/

O concurso do TCE ofereceu 20 vagas, sendo 15 para auditor de contas públicas e cinco para agente de documentação.

O resultado final da prova objetiva e o resultado provisório da prova discursiva serão divulgados no dia 8 de fevereiro.

As provas foram realizadas no nos últimos sábado (13 ) e domingo (14).

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Operação Gabarito tem prisões na Paraíba, Pernambuco e Distrito Federal em nova etapa deflagrada nesta segunda

(Foto: Lucas Sá/Polícia Civil da Paraíba/Arquivo)

Uma nova etapa da operação Gabarito cumpriu cinco mandados de prisão na manhã desta segunda-feira (15) na Paraíba, em Pernambuco e no Distrito Federal contra suspeitos de integrarem uma organização criminosa que fraudava concursos públicos. De acordo com a Polícia Civil da Paraíba, foram duas prisões em Pernambuco, dois mandados de prisão cumpridos na Paraíba contra dois líderes da quadrilha que já estavam presos, e uma prisão de um policial civil no Distrito Federal.

Somente na Paraíba foram quatro mandados no total, sendo dois de prisão contra suspeitos já presos, Flávio Borges e Luiz Paulo Silva, e dois mandados de busca e apreensão. Conforme informações do delegado Lucas Sá, responsável pela Operação Gabarito, o policial civil do Distrito Federal era um membro importante na quadrilha. Em nota, a Corregedoria-Geral da Polícia Civil do Distrito Federal (CGP-DF) explicou que ainda não está confirmada a participação do policial na organização.

“O policial preso no Distrito Federal atuava como um dos principais professores da Organização Criminosa, responsável pela resolução de provas da área de Direito”, explicou o delegado Lucas Sá.

A atuação do policial civil do Distrito Federal havia sido detectada no concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte. Lucas Sá comentou que chegou a pedir por duas vezes a prisão preventiva à Justiça da Paraíba, mas teve os pedidos negados.

O suspeito permaneceu em liberdade, trabalhando normalmente desde o início da operação Gabarito, e só foi preso nesta segunda-feira, em razão da decretação de sua prisão pela justiça do Piauí, com base nas informações encaminhadas pela Delegacia de Defraudações de João Pessoa.

Todos os mandados cumpridos pela Operação Gabarito nesta segunda-feira foram expedidos pela Justiça de Piauí. Durante as investigações da Polícia Civil da Paraíba, foi constatada a fraude do concurso público para agente penitenciário no Piauí pela organização criminosa sediada em João Pessoa, possibilitando a integração das ações da Gabarito na Paraíba com a Justiça piauiense.

A Polícia Civil do Piauí, por sua vez, colabora com a operação Sem Barreiras, deflagrada dentro do escopo da Gabarito. Foram cumpridos mandados de prisões preventivas e buscas e apreensões nas cidades de João Pessoa, Teresina no Piauí; Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Petrolina em Pernambuco; e Brasília no Distrito Federal.

Operação Gabarito

A operação iniciada pela Polícia Civil da Paraíba em maio de 2017 desarticulou uma organização criminosa tratada como “empresa” pelos mais de 82 suspeitos envolvidos, sendo 31 já presos pela polícia. O grupo fraudou concursos em pelo menos 15 estados, aprovou mais de 500 pessoas e movimentou R$ 29 milhões em 12 anos de atuação.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Gabarito oficial do Enem 2017 será divulgado na quinta-feira

Tomaz Silva/Agência Brasil

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado na próxima quinta-feira (16) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A correção das provas é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Dessa forma, um item em que grande número dos candidatos acertarem será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Por isso, não é possível calcular a nota final apenas contabilizando o número de erros e acertos em cada uma das provas. Dois candidatos que acertarem o mesmo número de questões podem ter pontuações diferentes.  O estudante só tem como saber a nota final no Enem quando o resultado sair.

A correção é feita por meio de um sistema de reconhecimento no qual a Fundação Getulio Vargas e a Cesgranrio extraem os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante, durante a etapa de digitalização. Por isso, é imprescindível que o preenchimento do cartão-resposta tenha sido realizado com caneta esferográfica de tinta preta.

O Boletim de Desempenho deverá ser disponibilizado aos participantes em 19 de janeiro de 2018. Com informações da Agência Brasil.

Notícias Ao Minuto

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Operação Gabarito divulga lista com 81 concursos investigados por suspeita de fraude

(Foto: Reprodução/Relatório da Polícia Civil)

A lista com o número de concursos com suspeita de fraude investigados pela Operação Gabarito, que completou dois meses na sexta-feira (7), foi divulgada pela Polícia Civil da Paraíba. De acordo com o delegado de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, Lucas Sá, até este sábado (8), 93 concursos foram identificados, sendo que 81 foram divulgados e os demais estão sob sigilo de investigação. Veja abaixo a lista de concursos investigados na Operação Gabarito.

A operação está na 4ª fase e, dois meses depois da deflagração da 1ª fase, a Polícia Civil identificou um novo suspeito de fazer parte do grupo, que seria líder do esquema. De acordo com o delegado, o homem seria sócio dos líderes e mandados de busca e apreensão já foram cumpridos na casa dele.

Ponto eletrônico apreendido na Operação Gabarito, durante concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Ponto eletrônico apreendido na Operação Gabarito, durante concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

As investigações da operação começaram em fevereiro de 2017, após a polícia receber denúncias anônimas. Desde a realização da primeira fase, em 7 de maio, até esta sexta-feira (7), 31 pessoas foram presas suspeitas de participar do esquema. Destas, 23 tiveram a prisão mantida, três estão em prisão domiciliar e três respondem ao processo em liberdade.

Mais de 100 pessoas, entre integrantes do grupo e beneficiados, estão sendo investigadas. A polícia estima que em 12 anos, o grupo desarticulado na Operação Gabarito movimentou pelo menos R$ 60 milhões com as fraudes. Parte do dinheiro era investido em imóveis, que supostamente eram comprados como uma forma de lavar o dinheiro.

Os concursos teriam sido fraudados por um esquema criminoso que vendia um “kit completo de aprovação” por até 10 vezes o valor do salário pretendido para o cargo. De acordo com o delegado, com a análise do material apreendido, que deve acontecer na quinta fase da operação, o número final de concursos pode passar de 100.

Polícia encontrou fotos de provas de concursos tiradas em banheiros, aparentemente ainda nos locais de prova, durante a Operação Gabarito (Foto: Reprodução/Polícia Civil da Paraíba)

Polícia encontrou fotos de provas de concursos tiradas em banheiros, aparentemente ainda nos locais de prova, durante a Operação Gabarito (Foto: Reprodução/Polícia Civil da Paraíba)

Confira lista dos concursos investigados na Operação Gabarito:

  1. 2005 – CBTU João Pessoa
  2. 2006 – Câmara Municipal de João Pessoa – Funiversa
  3. 2008 – Polícia Militar da Paraíba – Comvest/UEPB
  4. 2008 – Fundac-PB – Cespe
  5. 2009 – Polícia Civil do RN – Cespe
  6. 2010 – Guarda Municipal de Cabedelo – IBFC
  7. 2010 – Detran-RN – Fundação Getúlio Vargas/FGV
  8. 2011 – Concurso da Coperve – IFPB
  9. 2012 – Guarda Municipal de Bayeux – Contemax Consultoria Ltda
  10. 2012 – Guarda Municipal de João Pessoa – IBFC
  11. 2012 – Prefeitura de Santa Rita – Asperhs
  12. 2012 – Concurso da UFAL – Fundepes
  13. 2012 – IFAL
  14. 2013 – CFO Bombeiros Paraíba – CPCon/UEPB
  15. 2013 – Concurso do IFPB – IFPB
  16. 2013 – TRT 19ª Região (Alagoas)
  17. 2013 – Departamento Penitenciário Nacional (Depen) – Cespe
  18. 2013 – ALPB – Assistente Administrativo – Fundação Carlos Chagas/FCC
  19. 2013 – Detran-PB – Funcab
  20. 2013 – Delegado da Polícia Federal
  21. 2014 – CFO PM Paraíba – Funape
  22. 2014 – Agente da Polícia Federal – Cespe
  23. 2014 – Polícia Civil do Distrito Federal
  24. 2014 – CFO Bombeiros Paraíba – IBFC
  25. 2014 – UEPB – CPCon/UEPB
  26. 2014 – TRT 13ª Região – Fundação Carlos Chagas/FCC
  27. 2014 – Concurso da Conab 1
  28. 2014 – Guarda Municipal de Recife
  29. 2014 – Polícia Rodoviária Federal – Cespe
  30. 2014 – Câmara Municipal de Cabo de Santo Agostinho/PE
  31. 2014 – Agência Estadual de Regulação de Pernambuco (ARPE)
  32. 2015 – Ministério Público da Paraíba – Fundação Carlos Chagas/FCC
  33. 2015 – Concurso do IFPB – IFPB
  34. 2015 – UFPB – Coperve
  35. 2015 – TRE-SE – Fundação Carlos Chagas/FCC
  36. 2015 – Guarda Municipal de Vitória de Santo Antão/PE
  37. 2015 – Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe)
  38. 2015 – Prefeitura de Ipojuca/PE
  39. 2016 – Prefeitura de João Pessoa – Agente de Fiscalização – Quadrix
  40. 2016 – Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE
  41. 2016 – UFPE – Covest
  42. 2016 – TRE-PB – Fundação Carlos Chagas/FCC
  43. 2016 – Concurso Contemax – Contemax
  44. 2016 – IBGE – Fundação Getúlio Vargas/FGV
  45. 2016 – Ebserh – Hospitais Universitários – Instituto AOCP
  46. 2016 – Prefeitura Municipal do Conde – Advise
  47. 2016 – Prefeitura de Alhandra – Fiscal Tributário – Educa-PB
  48. 2016 – Polícia Militar de Pernambuco
  49. 2016 – Dataprev
  50. 2016 – Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  51. 2016 – Guarda Municipal do Conde
  52. 2016 – Departamento Penitenciário Nacional (Depen)
  53. 2016 – HUAC
  54. 2016 – Anvisa
  55. 2016 – Enem 2016 – INEP
  56. 2016 – TRE-SP
  57. 2016 – CRM-PB
  58. 2016 – UNB – Professores
  59. 2016 – Auditor Fiscal do Piauí
  60. 2017 – Ebserh – HUAC – Instituto AOCP
  61. 2017 – Técnico Administrativo da UEPB – CPCon/UEPB
  62. 2017 – Ministério Público do Rio Grande do Norte – Comperve
  63. 2017 – Anvisa
  64. 2017 – IFAL
  65. 2017 – IFBA
  66. 2017 – Bombeiro Militar do Rio Grande do Norte
  67. 2017 – TRE-PE
  68. 2017 – TRE-SP – Fundação Carlos Chagas/FCC
  69. 2017 – Polícia Civil de Pernambuco
  70. 2017 – TRE- PE
  71. 2017 – UFBA
  72. 2017 – TRE 11ª Região (Amazonas) – Fundação Carlos Chagas/FCC
  73. 2017 – Prefeitura de Maceió (Alagoas) – Copeve
  74. 2017 – Concurso do TRF 2ª Região – Consulplan
  75. 2017 – TRF Rio de Janeiro
  76. (ano não identificado) Polícia Civil do Piauí
  77. (ano não identificado) Polícia Civil de Sergipe
  78. (ano não identificado) Governo do Estado do Piauí
  79. (ano não identificado) Agente Penitenciário do Ceará
  80. (ano não identificado) Bombeiro Militar do Piauí
  81. (ano não identificado) TRE – Roraima

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pai e filha são presos na 3ª fase da Operação Gabarito, que investiga fraudes em concursos

Aposentado foi preso por posse ilegal de arma e a filha dele por falsa identidade (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Mais duas pessoas, pai e filha, foram presas na manhã desta terça-feira (30) durante a terceira fase da Operação Gabarito, deflagrada pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa e que investiga um grupo suspeito de fraudes em concursos públicos. Na ação desta terça-feira, ainda foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão em João Pessoa e Cabedelo. Desde o começo da operação, 30 pessoas foram indiciadas e 29 foram presas, suspeitas de envolvimento no esquema de fraudes em concursos e vestibulares.

Segundo o delegado Lucas Sá, titular da DDF, um aposentado de 72 anos e a filha dele, de 39 anos, foram presos em flagrante na casa de parentes de um dos investigados na operação, onde a polícia cumpria um mandado de busca e apreensão nesta terça.

“O homem estava com uma arma de fogo e munições e a filha dele se apresentou como advogada e tentou dificultar a ação policial. Descobrimos que ela não é advogada e que era apenas estudante de direito. O homem foi preso por posse irregular de arma de fogo e a filha dele por falsa identidade”, explicou.

Os mandados foram cumpridos nos bairros de Portal do Sol, Ponta de Seixas, Miramar, Valentina, Mangabeira e Centro de João Pessoa, além de um local em Cabedelo. Durante a operação, foram apreendidos documentos relacionados a concursos públicos, atestados médicos, laudos periciais em branco e documentos relacionados a licitações públicas do estado de Alagoas.

 Terceira fase da Operação Gabarito cumpriu 16 mandados de busca e apreensão de documentos relacionados à quadrilha investigada (Foto: Lucas Sá/DDF - João Pessoa)

Terceira fase da Operação Gabarito cumpriu 16 mandados de busca e apreensão de documentos relacionados à quadrilha investigada (Foto: Lucas Sá/DDF – João Pessoa)

“A terceira fase da operação tem como objetivo principal a análise do material apreendido e a identificação dos membros da organização criminosa que ainda estão em liberdade. Durante esta fase foram encontrados documentos importantes, como planilhas de valores de cargos públicos, o planejamento para o ano de 2017, com os concursos futuros que seriam fraudados, além de nomes de diversos candidatos e membros da organização”, explica Lucas Sá.

Ainda de acordo com o delegado, durante a análise, subiu para 100 o número de pessoas envolvidas diretamente com as fraudes, além de provas e indícios de que mais de mil pessoas teriam sido beneficiadas pelo esquema.

“Na quarta fase da operação, vamos aprofundar a investigação em cada concurso fraudado no estado da Paraíba e enviar cópia integral das provas encontradas a outras instituições para a instauração de investigações específicas nos outros estados”, completou.

Onze carros foram apreendidos na Operação Gabarito, em João Pessoa (Foto: Diogo Almeida/G1)

Onze carros foram apreendidos na Operação Gabarito, em João Pessoa (Foto: Diogo Almeida/G1)

Operação

A Operação Gabarito, da Polícia Civil da Paraíba, investiga um grupo suspeito de fraudar pelo menos 100 concursos públicos e vestibulares e lucrar pelo menos R$ 18 milhões com a aprovação de mais de mil pessoas. Segundo a polícia, as fraudes começaram em 2005.

Os suspeitos cobravam, em média, o valor correspondente a 10 vezes o salário inicial do cargo pleiteado. A venda do ‘kit completo de aprovação’ custava até R$ 150 mil. Em 12 anos, o valor acumulado pelo grupo com o esquema já passa de R$ 21 milhões, segundo Lucas Sá.

A primeira etapa aconteceu no dia da realização das provas do concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte, quando 19 pessoas foram presas em flagrante tentando fraudar o concurso com pontos eletrônicos. Outros seis suspeitos foram presos durante a segunda etapa da operação.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PRF inicia investigação e pode expulsar envolvido na Gabarito

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba abriu uma sindicância investigativa para apurar envolvimento de um  agente na quadrilha que fraudava concursos na Paraíba e vários estados, como apontou a Operação Gabarito, da Polícia Civil.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a PRF informou que este é o primeiro procedimento que a Corregedoria adota quando recebe qualquer informação contrária a conduta de algum servidor. Ao encontrar indícios de irregularidades, um processo administrativo será aberto  e poderá  levar  da  advertência até a expulsão do agente.

A PRF também está colaborando com a Policia Civil da Paraíba no sentido de identificar e localizar o acusado, Marcus Vinicius Pimentel, que se encontra foragido. Para a PRF é de total interesse da instituição elucidar o caso por não tolerar qualquer desvio de conduta de seus membros.

Roberto Targino – MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Gabarito do Enem 2016 é divulgado

gabarito-do-enemO gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado na manhã desta quarta-feira (9) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Veja aqui.

GABARITO DAS PROVAS DE SÁBADO (5/11)
PROVA ROSA
PROVA AMARELA

Com o gabarito, o estudante saberá quantas questões ele acertou, porém, as notas só serão divulgadas no dia 19 de janeiro, segundo o Ministério da Educação. A Teoria de Resposta ao Item (TRI) permite que um mesmo número de acertos gere notas diferentes, pois as questões têm pesos diferentes.

Veja as imagens do gabarito do primeiro dia de prova

gabarito

Gabarito do Enem 2016 – 1º dia – Prova Azul (Foto: Inep)

gaba2

Gabarito do Enem 2016 – 1º dia – Prova Branca (Foto: Inep)

gaba3

Gabarito do Enem 2016 – 1º dia – Prova Amarela (Foto: Inep)

gaba4

Gabarito do Enem 2016 – 1º dia – Prova Rosa (Foto: Inep)

Vejas as imagens do gabarito do segundo dia de prova

gaba5

Gabarito do Enem 2016 – 2º dia – Prova Cinza (Foto: Inep)

gaba6

Gabarito do Enem 2016 – 2º dia – Prova Azul (Foto: Inep)

gaba7

Gabarito do Enem 2016 – 2º dia – Prova Amarela (Foto: Inep)

gaba8

Gabarito do Enem 2016 – 2º dia – Prova Rosa (Foto: Inep)

O Enem 2016 foi aplicado no sábado (5) e domingo (6) em todo o país – exceto aos estudantes que fariam a prova nas escolas que estão ocupadas em protesto contra a reforma do ensino médio.

Nos dias 3 e 4 de dezembro, farão o exame os cerca de 271 mil candidatos que não puderam prestar o exame por causa das ocupações. Os novos locais de provas devem sair na próxima semana.

Ainda não foi divulgada a data de abertura das inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que considera as notas do Enem para distribuição de vagas em universidades públicas.

Além da seleção de vagas em universidades públicas, o Enem é obrigatório para estudantes de escolas públicas interessados em bolsas de estudo parciais ou integrais em universidades particulares por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni), em bolsas de intercâmbio pelo Ciência sem Fronteiras e para universitários que querem financiar um curso superior por meio do Fies.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Inep divulga gabarito oficial do Enem; Confira

enemO Ministério da Educação divulgou na manhã desta quarta-feira (12) o gabarito oficial da edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Confira abaixo:

GABARITO DAS PROVAS DE SÁBADO (8/11)
 PROVA AMARELA (sábado)
– PROVA ROSA (sábado)
– PROVA AZUL (sábado)
– PROVA BRANCA (sábado)

GABARITO DAS PROVAS DE DOMINGO (9/11)
– PROVA AMARELA (domingo)
– PROVA ROSA (domingo)
– PROVA AZUL (domingo)
– PROVA CINZA (domingo)

Segundo o ministro da Educação, as notas do Enem 2014 devem ser divulgadas em janeiro de 2015.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Enem foi realizado no sábado (8) e domingo (9) e bateu recorde este ano com a participação de mais de 6,2 milhões de candidatos, segundo dados divulgados pelo próprio MEC na noite deste domingo (9). No total, 8,7 milhões de pessoas se inscreveram para a prova, mas o índice de abstenção foi de 28,6%, abaixo da taxa de 29% registrada na edição anterior. O número de pessoas que fizeram as provas foi cerca de 24% mais alto que em 2013, quando 5 milhões de candidatos compareceram ao exame.

Em 2014, pelo menos 1.519 pessoas foram eliminadas durante a aplicação das provas. Desses, 236 foram eliminados por uso de celular, disse o ministro Henrique Paim. As provas foram aplicadas em 1.752 municípios.

 

(Com G1)


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627